DIABETE MELLITUS1 by soniamar

VIEWS: 137 PAGES: 10

									DIABETE MELLITUS
"(...) Algumas doenças são visitas: chegam sem avisar, perturbam a paz e se vão. (...) Outras doenças vêm para ficar. E é inútil reclamar. Se vêm para ficar, é preciso fazer com elas o que a gente faria caso alguém se mudasse definitivamente para nossa casa: arrumar as coisas da melhor maneira possível para que a convivência não seja dolorosa. Quem sabe se pode até tirar algum proveito da situação? (...)".
Rubem Alves

O QUE É DIABETES MELLITUS
É uma disfunção decorrente da falta de insulina, diminuição na produção ou incapacidade da insulina produzida exercer suas ações, ocasionando o aumento da glicemia (açúcar no sangue).
Principais Tipos de Diabetes: •Diabetes Mellitus tipo 1 •Diabetes Mellitus tipo 2

FUNÇÃO DA INSULINA
Garantir a entrada de glicose nas células para produção de energia.
A insulina é um hormônio fabricado no pâncreas, órgãos localizado no abdome entre o estômago e a coluna vertebral. Ao se alimentar, as pessoas ingerem vitaminas, proteínas, sais minerais e glicose (açúcar). A glicose é absorvida no intestino, entra na corrente sanguínea e com a ajuda da insulina penetra nas células para produzir energia, garantindo o funcionamento do organismo.

TIPOS DE DIABETES
Diabetes Mellitus Tipo 1
PÂNCREAS PARA DE PRODUZIR INSULINA
• • • •

Representa 5 a 10% das pessoas que tem diabetes; Mais comum em crianças, adolescentes e adultos jovens; Início súbito dos sintomas; Evolução clínica rápida se não tratado prontamente com aplicações de insulina.

TIPOS DE DIABETES
Diabetes Mellitus Tipo 2
PÂNCREAS DIMINUI A PRODUÇÃO DE INSULINA E/OU NÃO É BEM UTILIZADA
• • • • •

Representa 90% das pessoas que tem diabetes; Mais comum em adultos após 40 anos; 60 a 90% são obesos; Geralmente existem outras pessoas na família com diabetes; Início lento dos sintomas, podendo permanecer assintomático por longos períodos.

SINAIS E SINTOMAS
DIABETES TIPO 1 DIABETES TIPO 2

•Muita sede (polidipsia) •Muita fome (polifagia)

•Desanimo, fraqueza, cansaço físico •Alterações visuais •Infecções freqüentes de pele, urina e genitais •Lesões nas pernas ou pés de difícil cicatrização

•Muita urina (poliúria)
•Perda de Peso

TRATAMENTO

Educação em diabetes

Medicação oral Insulina

Monitorização

Atividade Física
Plano Nutricional

COMPLICAÇÕES DO DIABETES
AGUDAS E CRÔNICAS
• •

AGUDAS : são aquelas que se instalam rapidamente, em questão de horas ou dias; CRÔNICAS : são aquelas que se instalam lentamente, no decorrer de alguns anos e estão relacionadas com níveis elevados de glicemia.

O portador de Diabetes está sujeito a ambos os tipos de complicações.

COMPLICAÇÕES DO DIABETES
AGUDAS
•HIPERGLICEMIA – alta taxa de açúcar no sangue •HIPOGLICEMIA – baixa taxa de açúcar no sangue •CETOACIDOSE

CRÔNICAS
•COMPROMETIMENTO DOS VASOS CAPILARES – MICROANGIOPATIA DIABÉTICA •COMPROMETIMENTO DOS VASOS ARTERIAIS – MACROANGIPATIA DIABÉTICA •COMPROMETIMENTO DAS VIAS NERVOSAS – NEUROPATIA DIABÉTICA

1º

“A educação em DIABETES não é somente parte do tratamento do Diabetes, é o próprio tratamento”
Elliot Joslin, 1930


								
To top