A DEFESA NO JOGO DE HANDEBOL-6

					A DEFESA NO JOGO DE HANDEBOL
Apresentado por Carlos Alberto da Silva

Introdução
 








O resultado final de um jogo de handebol depende diretamente do êxito do jogador de defesa. Os defensores dependem da iniciativa dos atacantes para poderem agir. Ao primeiro movimento ofensivo, deverão os defensores partir com decisão para neutralizar o adversário. Para que isso aconteça a defesa tem de agir em bloco, pois desta forma, se um falhar sempre terá cobertura. Um bom trabalho defensivo permitirá sempre, bons contra-ataques. Uma boa defesa, forte e vibrante, constitui um suporte moral, favorecendo psicologicamente, estimulando a equipe a ter confiança nas suas próprias forças.

Defesa

Defender significa cooperação

Caracterização


Técnica Defensiva Handebol:


São os gestos individuais específicos do handebol que são utilizados para o desenvolvimento do jogo, na defesa. É a ação conjunta ou individual, que se realiza com o intuito de não permitir que o ataque adversário finaliza com sucesso. É a distribuição, de forma organizada, dos jogadores da equipe, na zona de defesa, com o intuito de não permitir que o ataque adversário finalize com sucesso.
ZAMBERLAN, 1997



Tática Defensiva Handebol:




Técnicas Defensivas Handebol


1. Posição básica defensiva:




É a postura que deve adotar os jogadores, posicionando-se para intervir na próxima ação defensiva com rapidez. O objetivo principal da posição básica defensiva é buscar uma posição ideal para intervir na ação posterior de maneira eficiente e rápida.

ZAMBERLAN, 1997

Técnicas Defensivas Handebol







Braço/antebraço: estendido para a lateral, cotovelo semi-flexionados, com a borda radial para cima. Mãos: espalmadas, voltadas p/ frente e á altura do obro. Tronco: com leve inclinação á frente. Pernas: com abertura lateral, paralelas, joelhos levemente flexionados.

Técnicas Defensivas Handebol


2. Deslocamento defensivo:




É a ação de mudar de um lugar para outro, na zona de defesa, buscando um melhor posicionamento defensivo. É utilizado na zona de defesa, quando o adversário prepara a finalização com os seguintes objetivos: acompanhar a trajetória da bola; posicionar frente o adversário com bola; dar cobertura ao companheiro; fazer a marcação; efetuar o bloqueio.
ZAMBERLAN, 1997

Técnicas Defensivas Handebol


Deslocamento defensivo



Divisão em função da execução:




Na corrida: suspensão alternada das pernas. Deslizamento: progressão, mantendose o contato com o solo (sem saltar), pelo menos com um pé, movendo-se na horizontal.

Técnicas Defensivas Handebol


3. Bloqueio defensivo:




É a ação de cortar a trajetória da bola, após ser lançada pelo adversário na direção á baliza, além de evitar, em alguns casos o próprio lançamento. Tipos:





a) Alto com apoio b) Baixo com apoio c) Em suspensão

ZAMBERLAN, 1997

Técnicas Defensivas Handebol


a) Bloqueio alto com apoio:
 



O defensor fica na frente do atacante; Ao momento do lançamento elevará os braços na vertical em direção a bola; As mãos deverão estar espalmadas oferecendo uma maior superfície de bloqueio.

Técnicas Defensivas Handebol


b) Bloqueio baixo com apoio:










O defensor fica situado entre o ombro de lançamento do atacante e a baliza; Adiantará ligeiramente a perna correspondente ao mesmo lado e coincidindo com o atacante; Inclinará o tronco e estenderá o braço para atacar a bola; No último instante, com a mão aberta.

Técnicas Defensivas Handebol


c) Bloqueio em suspensão:








Partindo da posição de frente para o adversário; O defensor tomará impulso, após o atacante ter saltado; Para no momento do lançamento elevar os braços; Dirigindo as mãos abertas para a bola no intuito de atacá-la de forma decisiva no último instante.

Técnicas Defensivas Handebol


4. Marcação:






É a ação de fixar o adversário com o fim de neutralizar seus movimentos, gestos ou jogadas, evitando assim que penetre ou lance a bola em direção à baliza. Objetivos:  Controlar o adversário  Impedir a progressão e penetração  Interceptar a bola  Evitar o arremesso Divisão quanto a execução:  a) Controle visual  b) Controle próximo  c) De impedimento
ZAMBERLAN, 1997

Técnicas Defensivas Handebol


a) Marcação por controle visual:










É quando o adversário estiver a distância, preparando a finalização mas não oferecendo perigo de lançamento ou penetração. O defensor deverá posicionar-se entre o atacante e a baliza, sem deixar espaço para o lançamento ou a penetração. A partir da posição básica deverá se deslocar acompanhando o adversário, observando suas ações ofensivas. O deslocamento deverá ser, normalmente para a lateral e deslizante. Além de observar o atacante , deverá também, controlar a bola e ter uma visão geral do jogo para evitar surpresa.

Técnicas Defensivas Handebol


b) Marcação por controle próximo:








O defensor se posiciona próximo ao atacante, para evitar a recepção da bola. O defensor deverá estar entre o atacante que está marcando, e a baliza, em posição básica de defesa. O deslocamento deverá ser em direção ao adversário com velocidade em momento oportuno, ou seja, antes da recepção da bola pelo seu correspondente. O deslocamento deverá ser feito na corrida, seguido de parada brusca diante e próximo ao adversário, não dando espaço para a recepção.

Técnicas Defensivas Handebol


c) Marcação de impedimento:




 





 

O defensor deverá evitar a penetração do adversário e, conseqüentemente, o lançamento da bola em direção ao gol. O defensor deverá estar posicionado entre o atacante e o gol, ligeiramente para o lado da bola. A ação deve ser no momento que o atacante pega na bola. As pernas devem estar á frente, correspondente ao braço de lançamento do atacante. Os braços deverão estar entre o braço da bola e a cabeça do atacante, com a palma da mão voltada para fora. O outro braço deverá estar na cintura ou quadril do lado posterior do atacante. As pernas deverão estar semiflexionadas. Se o adversário tentar a saída, deverá ser travado (imobilizado).

Tática Defensiva Handebol




Utiliza-se das técnicas defensivas do handebol para compor a tática.  Posição básica defensiva, deslocamento defensivo, bloqueio e marcação. Regras básicas para o defensor:  Posicionar entre o gol e o atacante;  Observar e marcar o braço de arremesso;  Manter-se na posição básica em equilíbrio;  Observar seu constantemente seu oponente;  Evitar a penetração;  Observar e acompanhar a trajetória da bola;  Evitar o bloqueio ofensivo;  Marcar o pivô;  Sair no momento oportuno para a marcação ou bloqueio.

Tática Defensiva Handebol


Fases da defesa:




Retorno:  após perder aposse de bola no ataque, os jogadores deverão retornar o mais rápido possível e pelo caminho mais curto.  A corrida deverá ser de frente até o centro da quadra, para observar o possível lançamento do contra ataque, de costas após passar o centro da quadra até a linha dos seis metros. Defesa temporária:  É o prolongamento da situação anterior.  O defensor deverá, as vezes atuar fora de sua posição.

Tática Defensiva Handebol


Fases da defesa:




Organização da defesa:  Após a defesa temporária, devem voltar a posição de origem.  Isso ocorrerá: com uma paralisação do jogo por falta, pelo árbitro ou contusão de jogador; quando a bola estiver no lado oposto ao do jogador. Defesa em sistemas:  É a aplicação do sistema defensivo estabelecido no momento, de acordo com o ataque adversário.  Isso dependerá das características do ataque adversário: equipe que só infiltra; equipe que tem jogador com arremesso de fora; com jogador bom na finta; com excelente jogador no arremesso e na finta, além de ser um bom organizador do jogo.

Tática Defensiva Handebol
Tipos de Sistemas Defesa


a) Defesa Individual:






Cada defensor tem um adversário específico definido para marcar e o acompanha de perto durante todo o tempo em que a equipe estiver atuando neste tipo de defesa, procurando não dar ao atacante oportunidade para receber a bola. Situações especiais: adversário em inferioridade numérica; contra uma equipe mal preparada fisicamente ou tecnicamente; final do jogo e inferiorizado no placar; como fator surpresa. Tipos de defesa: quadra toda; meia quadra e 1/3 da quadra.

Tática Defensiva Handebol
Tipos de Sistemas Defesa


a) Defesa Individual:




Vantagens:  Poderá recuperar a bola mais rápido do que a marcação por zona.  Pode ser empregado diante de qualquer sistema de ataque.  Quebra uma jogada combinada.  Dificulta passes e arremessos. Desvantagens:  Enorme desgaste físico.  Favorece a realização de bloqueios ofensivos.  Dificulta a cobertura de outro defensor.  Dificulta a saída para os contra ataques.

Tática Defensiva Handebol
Tipos de Sistemas Defesa


b) Defesa por Zona:  Cada defensor é responsável por uma determinada faixa de área nos seis ou nome metros.  Preferencialmente os mais altos ocupam as posições centrais.  Características:
       

É considerado o sistema de defesa básica; Posições são fixas; Não é tão exaustiva como a individual; Da sentido de responsabilidade coletiva; Possibilita ajuda a um companheiro; Reduz os arremessos a gol; Dificulta a movimentação do adversário; Obriga o adversário a arremessar de meia distância, facilitando a ação da defesa e do goleiro.

Tática Defensiva Handebol
Tipos de Sistemas Defesa


As Defesas por Zona dividi-se em:


b) Defesa por Zona


b1) 6 x 0
 

b1a) Sem flutuação b1b) Com flutuação




  

b2) 5 x 1 b3) Combinada 5 x 0 + 1 b4) 4 x 2 b5) 3 x 3 b6) 3 x 2 x 1

Tática Defensiva Handebol
Tipos de Sistemas Defesa


b1) Defesa por Zona 6 x 0:



 

 

Cada jogador é responsável por uma determinada área na zona de defesa na linha de seis metros. Este é a base de todos os demais sistemas. Os seis jogadores da equipe estão distribuídos ao longo da linha de seis metros. Desloca-se para direita, para a esquerda, para frente e para trás, de acordo com a trajetória da bola e intenção dos atacantes. Pode ocorrer o 6 x 0 avançado, onde os jogadores ficam passo a frente da linha de 6m. A defesa 6 x 0 pode ser executada de duas formas:  a) Sem flutuação  b) Com flutuação

Tática Defensiva Handebol
Tipos de Sistemas Defesa


b1a) Defesa por Zona 6 x 0 Sem flutuação:

Tática Defensiva Handebol
Tipos de Sistemas Defesa


b1b) Defesa por Zona 6 x 0 Com flutuação:

Tática Defensiva Handebol
Tipos de Sistemas Defesa


b2) Defesa por Zona 5 x 1:








Cada defensor é responsável por uma determinada área na zona de defesa nos seis e nos nove metros. Temo o objetivo de neutralizar os arremessos de meia distância e evitar a penetração do adversário. Se a defesa por zona com flutuação não estiver impedindo os arremessos de meia distância, então faz-se 5 x 1. Os jogadores ocupam a linha de 6 metros e um coloca-se na linha de 9 metros.

Tática Defensiva Handebol
Tipos de Sistemas Defesa


b3) Defesa por Zona Combinada 5 x 0 + 1:








É a combinação dos sistemas por zona e individual. Quando há um jogador que desequilibra, marca-se esse individualmente e os outros são marcados por zona. Tem o objetivo de neutralizar o melhor jogador adversário. Cinco jogadores estarão na linha de 6 metros enquanto que um jogador assume a marcação individual.

Tática Defensiva Handebol
Tipos de Sistemas Defesa


b4) Defesa por Zona 4 x 2:






Deve ser usada pela necessidade de anular dois atacantes eficientes. Os defensores escolhidos devem ter cuidado com as escapadas e bloqueios que possam favorecerem. Deve-se ter cuidado com este sistema, pois a defesa nos 6m fica frágil.

Tática Defensiva Handebol
Tipos de Sistemas Defesa


b5) Defesa por Zona 3 x 3:








É uma marcação por zona usada para evitar os arremessos de meia e longa distância. Dificulta também a infiltração. A equipe tem que ter um excelente preparo físico. Três jogadores ficam nos 6 metros e três jogadores ficam nos 9 metros.

Tática Defensiva Handebol
Tipos de Sistemas Defesa


b6) Defesa por Zona 3x2x1:
 





É de complexa execução. É uma defesa por zona, formada por três linhas defensivas, formando um triângulo. É utilizado para dificultar a penetração frontal, e os arremessadores de média distância. Sua vulnerabilidade está nas extremidades.

Vantagens e Desvantagens dos Sistemas
SISTEMA a) Defesa Individual VANTAGENS
Necessária em momentos de recuperação imediata da bola sem falta; quando o adversário é inferior tecnicamente ou fisicamente; Distribui tarefas aos defensores; forte bloqueio defensivo; fácil troca de marcação; deslocamentos curtos; menor desgaste físico. Interferência na armação jogadas; antecipação nos arremessos de média e longa distância; possibilidade de contra ataques simples; controle da troca de passes. Interfere na marcação das jogadas; anula o melhor jogador.

DESVANTAGENS
Bloqueios e cruzamentos vão ocorrer; ocorrera desgaste físico e a marcação cairá rendimento. Armação das jogadas adversárias sobre pouca interferência; facilita os arremessos de longa distância; saída p/ contra ataques lenta. Permite bloqueio mais eficientes; desgaste físico do jogador adiantado; aumenta a possibilidade de entradas (2º. pivô e infiltrações); erros de troca de marcação. Podem ocorrer bloqueios; facilidade com infiltrações.

b1) Defesa Zona 6x0
b2) Defesa Zona 5x1 b3) Defesa Zona 5x0+1

b4) Defesa Zona 4x2
b5) Defesa Zona 3x3 b6) Defesa Zona 3x2x1

Interferência maior na marcação das jogadas; impede arremessos médios e longos; facilita contra ataque; controle da troca de passe.
Anula os arremessos médios e longos; facilita saída para contra ataque; total interferência na armação jogadas; grande mobilidade dos armadores. Anula arremesso médios e longos; facilita saída organizada para contra ataque; grande interferência na armação jogadas; exige grande mobilidade dos atacantes.

Permite variedade de bloqueios; desgaste físico; possibilidades de entradas (2º. Pivô e infiltrações); erros da troca de marcação; espaços na defesa (fintas).
Infiltração do 2º. Pivô e bloqueios ofensivos; desgaste físico; erros na troca de marcação e marcação do pivô; todos devem defender muito bem. Infiltração do 2º. Pivô e bloqueios ofensivos, desgaste físico acentuado; erros na troca de marcação.

Jogos de Cooperação Defesa

2 x 2 na largura

Jogos de Cooperação Defesa

2 x 2 na profundidade

Jogos de Cooperação Defesa

3 x 3 na combinação de Largura e profundidade


				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Stats:
views:48831
posted:7/5/2008
language:English
pages:35
richard quintanilla richard quintanilla computer technician
About