Docstoc

QUADRAS_POPULARES

Document Sample
QUADRAS_POPULARES Powered By Docstoc
					     QUADRAS POPULARES
           RICARDO AZEVEDO

VOCÊ ME MANDOU CANTAR
PENSANDO QUE EU NÃO SABIA
POIS EU SOU QUE NEM CIGARRA
CANTO SEMPRE TODO DIA.

LÁ NO FUNDO DO QUINTAL
TEM UM TACHO DE MELADO
QUEM NÃO SABE CANTAR VERSO
É MELHOR FICAR CALADO.

BATATA NÃO TEM CAROÇO
BANANEIRA NÃO TEM NÓ
PAI E MÃE É MUITO BOM
BARRIGA CHEIA É MELHOR.

EU VENHO DO DÁ E TOMA
E VOU PARA O TOMA E DÁ
NUNCA VI DÁ CÁ SEM TOMA
NEM TOMA LÁ SEM DÁ CÁ.

MENINA DOS OLHOS GRANDES
NÃO OLHA TANTO PRA MIM
SE NÃO QUERES MEU AMOR
POR QUE ME OLHAS ASSIM?
PASSE BEM SEJA FELIZ
CADA UM QUE FIQUE EM PAZ
QUANDO EU QUIS VOCÊ NÃO QUIS
AGORA NÃO QUERO MAIS.

Ô SEU MOÇO INTELIGENTE
FAÇA O FAVOR DE DIZER
EM CIMA DAQUELE MORRO
QUANTO CAPIM PODE TER?

SE O RAIO NÃO QUEIMOU
SE O GADO NÃO COMEU
EM CIMA DAQUELE MORRO
TEM O CAPIM QUE NASCEU.

A ROSEIRA QUANDO NASCE
TOMA CONTA DO JARDIM
EU TAMBÉM ANDO BUSCANDO
QUEM TOME CONTA DE MIM.

DOIS BEIJOS TENHO NA BOCA
QUE JAMAIS ESQUECEREI
O PRIMEIRO QUE ME DESTE
O PRIMEIRO QUE TE DEI.
EU AMO A QUEM NÃO ME QUER
E DESPREZO A QUEM ME AMA
FUJO DE QUEM ME PROCURA
QUERO BEM A QUEM ME ENGANA.

O FIADO JÁ MORREU
FOI COM O DONO ENTERRADO
QUEM QUISER BEBER CACHAÇA
SÓ PAGANDO ADIANTADO.

JÁ FUI GALO, CANTEI
JÁ FUI DONO DO TERREIRO
NÃO ME IMPORTO QUE OUTROS CANTEM
ONDE EU JÁ CANTEI PRIMEIRO.

EU VIVO EM BUSCA DA DITA
MAS A DITA NÃO APARECE
QUANDO EU DESÇO A DITA SOBE
BASTA EU SUBIR QUE ELA DESCE!

EU SOU MAIOR DO QUE A TERRA
MAIOR DO QUE O MAR PROFUNDO
EU SOU MAIOR DO QUE O CÉU
MAIOR DO QUE TODO MUNDO.
EU SOU MAIOR DO QUE DEUS
MAIOR DO QUE DEUS EU SOU
EU SOU MAIOR NO PECADO
PORQUE DEUS NUNCA PECOU.

NÃO HÁ TINTA NESSA RUA
NEM PAPEL NESSA CIDADE
NEM CANETA QUE CONSIGA
DESCREVER MINHA SAUDADE.

MINHA MÃE TÁ ME CHAMANDO
DIZ A ELA QUE EU JÁ VOU
ESTOU LENDO UMA CARTINHA
QUE O MEU AMOR MANDOU.

    MEU LIVRO DE FOLCLORE
    ARMAZÉM DO FOLCLORE
        EDITORA ÁTICA
         QUADRAS POPULARES
              RICARDO AZEVEDO

EU   QUERIA, ELA QUERIA
EU   PEDIA, ELA NEGAVA
EU   CHEGAVA, ELA FUGIA
EU   FUGIA, ELA CHORAVA.

JUREI NÃO AMAR NINGUÉM
MAS EU CONFESSO A FRAQUEZA
NÃO É TANTO CULPA MINHA
É CULPA DA NATUREZA.

FUI PRO POMAR COLHER LARANJA,
FRUTA QUE NO MAR NÃO TEM;
VIM DE LÁ TODO MOLHADO
DAS ONDAQS QUE VÃO E VÊM.

COITADINHO DE QUEM CANTA
NA PORTA DO SEU AMOR
NO SERENIO FAZ A CAMA
DAS ESTRELAS COBERTOR.
NA RUA NÃO SEI DE ONDE
PUSERAM NÃO SEI QUE SANTO
PRA REZAR NÃO SEI O QUÊ
E GANHAR NÃO SEI LÁ QUANTO.

APROVEITA MINHA GENTE
APROVEITA E NÃO DEMORA
QUE A LARANJA ESTÁ ACABANDO
QUE MEU CARRO JÁ VAI EMBORA.

EU VOU DAR A DESPEDIDA
COMO DEU O QUERO-QUERO
DEPOIS DE FESTA ACABADA
PERNAS PARA QUE TE QUERO.

NÃO TENHO MEDO DE HOMEM
NEM DO RONCO QUE ELE TEM;
O BESOURO TAMBÉM RONCA,
VAI SE VER NÃO É NINGUÉM.

VOCÊ DIZ QUE SABE MUITO,
BORBOLETA SABE MAIS:
ANDA DE PERNA PRA CIMA,
COISA QUE VOCÊ NÃO FAZ.
TODO MUNDO SE ADMIRA
DE MACACO ANDAR A PÉ,
O MACACO JÁ FOI HOMEM,
PODE ANDAR COMO QUISER.

SE    ME VIRES NÃO TE ASSUSTES,
SE   TE ASSUSTARES NÃO CORRAS,
SE   CORRERES NÃO TE ASSOMBRES,
SE   TE ASSOMBRARES NÃO MORRAS.

EU TE VI E TU ME VISTE,
TU ME AMASTE E EU TE AMEI,
QUAL DE NÓS AMOU PRIMEIRO
NEM TU SABES, NEM EU SEI.

QUEM ME DERA TER AGORA
UM CAVALINHO DE VENTO,
PARA DAR UM GALOPINHO
ONDE ESTÁ MEU PENSAMENTO.

VOCÊ ME CHAMOU DE FEIO,
SOU FEIO MAS SOU DENGOSO,
TAMBÉM O TEMPERO É FEIO
MAS FAZ O PRATO GOSTOSO.
JURASTE, JUREI, JURAMOS;
JURAMOS, JUREI, JURASTE;
QUEBRASTE, QUEBREI, QUEBRAMOS;
QUEBRAMOS, QUEBREI, QUEBRASTE.

NÃO SEI SE VÁ OU SE FIQUE,
NÃO SEI SE FIQUE OU SE VÁ,
INDO LÁ NÃO FICO AQUI,
FICANDO AQUI NÃO VOU LÁ.

ESTA NOITE TIVE UM SONHO
QUE NÃO ME SAI DA LEMBRANÇA,
SONHEI QUE VI A SAUDADE
ABRAÇADA COM A ESPERANÇA.

               MEU LIVRO DE FOLCLORE
               ARMAZÉM DO FOLCLORE
                   EDITORA ÁTICA

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:33
posted:7/31/2011
language:
pages:8