Your Federal Quarterly Tax Payments are due April 15th Get Help Now >>

SITE CAUSA OPERáRIA ED. 1656.pmd by xiuliliaofz

VIEWS: 67 PAGES: 23

									A repressão da polícia contra a população veio a tona como um esquema organizado como uma fábrica de extermínio,
                                    CAUSA clandestinos
15 de Junho de 2008 tortura e cemitérios OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE
com execuções sumárias,                                                                              Editorial 1

                                                                                     Repressão e corrupção
                                                                                                 Iniciado em 2 de dezembro de 2003
 Quinta-feira, 9 de agosto de 2007           Notícias Online
                                             Notícias Online     Domingo - 15 de junho de 2008                       n°1345
                                                                                                      Nesta edição: 39 matérias
                                                                                                            Edição n°1345
      www.pco.org.br - Um jornal diário dos trabalhadores em defesa do socialismo na Internet                           n° 1656

Unifesp, para defender os corruptos
Ditadura: estudantes ocupam
reitoria e são reprimidos pela
guarda fascista do reitor e
pela polícia
   Na noite desta sexta-feira, 48 estudantes da Unifesp
(Universidade Federal de São Paulo) e de várias outras
universidades ocuparam a reitoria e foram duramente
reprimidos por seguranças da Unifesp e pela PM
                                                 pág. 2
Semana em Revista                                                Nacional
Principais notícias                                              Invasão estrangeira


Mobilização de       Gringos são dono de
camelôs, professores 5,5 milhões de
e estudantes         hectares de terras
  Confirmando a tendência geral de mobilização, nesta
                                                                 brasileiras
semana ocorreu grande manifestação de camelôs,
ocupação na reitoria da Unifesp e greve dos professores             Lei aprovada pela ditadura militar abria as portas para
                                                                 a privatização do solo brasileiro garantindo às empresas
                                                                 estrangeiras o direito de comprar terras no Brasil,
                                                      pág. 3     intensificando o latifúndio e seus flagelos         pág. 5
Sindical                       Teoria                            Cultural                        Sindical
Demissões nos                  190 anos de seu                   Uma revolução                   Mobilizações...
Correios                       nascimento                        artística em 1917 -             Mobilização dos
                                                                 parte IV                        camelôs toma
Pela readmissão    Karl Marx por                                 Revolução Russa                 conta do centro
do companheiro     sua filha                                     vista através das
Edson Dorta e de                                                 lentes do cinema                   Os destaques desta se-
todos os demitidos Eleonora                                      soviético
                                                                                                 mana são a mobilização dos
                                                                                                 camelôs no centro de São
pela ECT             Leia nesta edição um tre-                       Dentre todas as formas      Paulo, a campanha salarial
                               cho do escrito de Eleonora                                        dos trabalhadores dos Cor-
   A política de demissões     Marx, a filha mais velha do       artísticas, o cinema surgido    reios e a campanha salarial
nos Correios é uma manei-                                        na revolução foi aclamado
ra de intimidar os trabalha-   fundador do socialismo cien-                                      dos professores estaduais
                               tífico, a respeito da vida e da   como a expressão típica da      de São Paulo, além de di-
dores que estão se organi-                                       Revolução Russa. Uma arte
zando contra a exploração      obra de Karl Marx em come-                                        versas denúncias setoriais
cada vez maior imposta         moração aos 190 anos de seu       de grande alcance, verdadei-    dos Correios de vários es-
pela empresa          pág.7    nascimento               pág.8    ramente coletiva      pág.8     tados              pág.11
15 de Junho de 2008                         CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                         2

Editorial

Repressão e corrupção                                                      so, bandido, ladrão, responsável
                                                                           por um rombo de R$ 170 milhões
                                                                                                                 interessados em ingressar no
                                                                                                                 ensino superior, mas no mundo
   Cerca de 50 estudantes foram          Enquanto o reitor é acusado de    das contas da Unifesp.                real a coisa é bem diferente. À
reprimidos e detidos pela Polícia    ter desviado R$ 75 mil do cartão         No mesmo dia vimos mobiliza-       medida que estudantes e traba-
Militar na madrugada de sábado       corporativo da reitoria com via-      ções dos ambulantes no centro de      lhadores começam a dar demons-
na reitoria da Unifesp (Universi-    gem para a Disney, em Orlando,        São Paulo, dos professores esta-      trações de um ressurgimento do
dade Federal de São Paulo) após      EUA, de compras de cosméticos,        duais na avenida Paulista e dos       movimento de massas indepen-
tentarem ocupar o prédio da uni-     material esportivo, aluguel de        estudantes na Unifesp não são         dente das burocracias e do gover-
versidade em manifestação con-       carro e diárias em hotéis, os estu-   casos desconexos e independen-        no, a repressão na cidade e no
tra o reitor Ulysses Fagundes        dantes que se apõe de forma           tes entre si, mas uma clara expres-   campo está levando a um choque
Neto, envolvido em crimes de         combativa ao roubo do dinheiro        são do avanço da crise política e     cada vez mais direto entre as clas-
desvio de verbas e rombo finan-      público para a educação são repri-    econômica dos governos federal,       ses.
ceiro durante sua gestão.            midos de maneira covarde pelos        estadual e municipais em não              O movimento dos estudantes
   A ação policial para dispersar    cães de guarda da burguesia. Isto     conseguir mais manter seus privi-     em defesa do ensino público e de
os estudantes e impedir a ocupa-     só prova a quem serve o governo,      légios.                               qualidade, que desde o ano pas-
ção já é um caso a parte, mas é      ou seja, aos corruptos ladrões do        No movimento estudantil, te-       sado teve a ocupação da reitoria
preciso destacar também a gran-      povo que deveriam estar atrás das     mos o exemplo da invasão polici-      da USP como o impulsionador de
de diferença de como o governo       grades.                               al na Fundação Santa André no         um movimento estudantil
lhida com um movimento político          Após os eventos na Unifesp,       ano passado. Os filhotes da dita-     combativo em oposição à buro-
em defesa dos interesses sociais     a instituição informou que adota-     dura espumam de raiva ao acusar-      cracia atrelada ao governo, prece-
e com os corruptos que - este sim    rá as medidas administrativas         mos a polícia de invadir a univer-    de a mobilização da classe operá-
- ocupam cargos em instituições      necessárias contra os estudantes.     sidade e não os estudantes. Ora,      ria brasileira, pois e este o momen-
públicas para beneficiar a si pró-   No entanto, tais medidas não são      a universidade deveria sim ser dos    to que a burguesia e os capitalis-
prio.                                adotadas contra um reitor crimino-    estudantes e de todos aqueles         tas mais temem.
Movimento Estudantil                                                                                             as mãos na cabeça. Os policiais
Unifesp, para defender os corruptos:                                                                             formaram um corredor no qual
                                                                                                                 batiam com os cassetetes nas
Ditadura: estudantes ocupam reitoria e são                                                                       costas dos estudantes que eram
                                                                                                                 obrigados a passar por ali, dan-
                                                                                                                 do ainda golpes em sua cabeça.
reprimidos pela guarda fascista do reitor e                                                                      Vários estudantes ficaram feri-
                                                                                                                 dos.
pela polícia                                                                                                        Os estudantes foram coloca-
                                                                                                                 dos como marginais na calçada
                                                                              A tropa do 16º DP entrou no        com as mãos nas costas e os
 Na noite desta sexta-feira, 48 estudantes da                              prédio jogando sprays de pi-          policiais se aproveitaram do
 Unifesp (Universidade Federal de São Paulo)                               menta para sufocar os estudan-        marasmo nas ruas para ameaçá-
 e de várias outras universidades ocuparam a                               tes, batendo com cassetetes e         los. Um deles gritou “Vamos
 reitoria e foram duramente reprimidos por                                 empurrando-os para o chão             fazer com os estudantes assim
 seguranças da Unifesp e pela PM                                           com tudo.                             como fizeram na ditadura. Vocês
                                                                              Os policiais ainda aponta-         não      querem       ser     os
   Por volta de meia-noite, es-      diram duramente os estudantes         vam armas para os estudantes.         revolucionariozinhos           e
tudantes de várias universida-       que tentavam contê-los.                  Inclusive pacientes do pron-       libertários?”. Um policial co-
des ocuparam a reitoria da              Os estudantes conseguiram          to-socorro ao lado da reitoria se     mentava que “Todos estudan-
Unifesp, localizada na Vila          dominar a segurança inclusive         sentiram mal com a quantidade         tes que não são aqui da Unifesp
Mariana. Os estudantes entra-        desarmando-os, mas a polícia          spray usada pelos policiais que       de medicina são de faculdades
ram pela Rua Botucatu, pela          chegou para reprimir e espancar       eram jogados na cara dos estu-        dos revolucionariozinhos”. Os
porta da frente da reitoria e logo   os estudantes. Cerca de 40 po-        dantes para sufocá-los. Estes         policiais jogavam sprays de pi-
montaram barricadas para orga-       liciais em 10 viaturas policiais      eram insultados pelos policiais       menta na cara dos estudantes.
nizar a segurança no prédio.         participaram da operação, qua-        e chamados de “maconheiros”,          As mulheres foram chamadas
   Rapidamente cinco seguran-        se um policial por estudante. Os      “vagabundos” e ainda recebi-          de “putas” e os negros foram
ças partiram para cima dos es-       policiais acabaram entrando           am golpes no chão, já domina-         tratados com violência e humi-
tudantes com barras de ferro na      por duas portas de trás do pré-       dos. Em seguida, os estudantes        lhados com frases racistas.
mão e xingando-os. Estes agre-       dio por um pronto-socorro.            foram colocados em fileira e com         A polícia ainda jogou os es-




          "Os cargos de confiança são, sim, financiamento de campanha.",

          Deputado Cézar Busatto (PPS), chefe da Casa Civil gaúcha, ao tentar explicar o uso das estatais do
          governo para financiar partidos aliados
15 de Junho de 2008                        CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                       3

tudantes em camburões da For-        rizar os estudantes passando         rece cursos de informática não       estudantes como verdadeiros
ça Tática em número de cinco         inclusive por cima da lei, sem       tem computadores suficiente e        marginais, defenderam o reitor
em cada. Os estudantes esma-         qualquer documento de reinte-        sequer internet contratada.          Ulysses Fagundes Neto. Este,
gados no camburão eram balan-        gração de posse e ainda agindo       Para esse e outros como o            que comprovadamente usou o
çados com violência pelos po-        em uma universidade federal          campus de Guarulhos, não há          dinheiro do cartão corporativo,
liciais que dirigiam o automóvel.    pública,        o      que     é     restaurante universitário ou         promoveu um rombo nas contas
   Os estudantes tiveram que         inconstitucional.                    moradia estudantil, além de mui-     da universidade que é apurada
permanecer no 16º DP até as 7           Os estudantes ocuparam            tos outros.                          pela própria Justiça.
horas da manhã, tendo sido to-       para protestar contra a reitoria        Na reitoria, no entanto, di-         Além disso, veio recente-
dos fichados.                        corrupta e o rombo imenso cau-       nheiro não falta. Uma das de-        mente veio a público que a ges-
   Equipamentos de gravação          sado nas contas públicas da          núncias é de um gasto de R$ 80       tão de Fagundes Neto deixou de
foram apreendidos arbitraria-        universidade. Estiveram pre-         mil em gastos estritamente pes-      prestar em contas somente em
mente como provas pela polícia       sentes também estudantes da          soais, como uma viagem para a        2005 mais de R$ 178 milhões e
e não foram feitos exames de         USP e da AJR (Aliança da Ju-         Disney e produtos de luxo.           ainda apareceram desde então
corpo delito entre os estudan-       ventude Revolucionária), que            O TCU (Tribunal de Contas         fraudes que vão desde falta de
tes que foram agredidos. Ao          foram apoiar o movimento.            da União) cobra 140 mil reais        licitação em gastos até a
contrário, foram os seguranças          Enquanto os campi da              que Ulysses acumulou em ati-         terceirização de imóveis da
que depuseram como vítimas           Unifesp sofrem com a falta de        vidades privadas realizadas de       Unifesp ilegalmente. A
para a polícia, apesar de estes      estrutura, a retioria da Unifesp     forma ilegal por ter um cargo de     Controladoria Geral da União
terem espancado os estudan-          está mergulhada nas denúnci-         dedicação       exclusiva      à     apontou 94 irregularidades na
tes.                                 as de corrupção. O campus de         Universidade.A polícia e a guar-     Unifesp.
   A ação policial foi de aterro-    São José dos Campos que ofe-         da universitária, que tratou os


Semana em Revista
Principais notícias                                                                                            terra e índios para
                                                                                                               salvar o imperialismo
Mobilização de camelôs, professores e                                                                             Lula entrega o País e massacra
estudantes                                                                                                     os sem-terra para usá-lo como
                                                                                                               válvula de escape da crise
                                                                                                               energética e financeira do capita-
 Confirmando a tendência geral de mobilização, nesta semana ocorreu                                            lismo. O acordo do etanol, e os
 grande manifestação de camelôs, ocupação na reitoria da Unifesp e                                             subsídios para outros tipos de
                                                                                                               biodiesel é o seguimento da
 greve dos professores                                                                                         cartilha seguida com o imperialis-
                                                                                                               mo e especialmente os EUA, que
                                                                                                               passam por sua maior crise
Segunda-feira, 9 de                  acarreta imediatamente a transfe-       Carlos Minc vem carimbando        energética com a derrota da ocu-
junho de 2008                        rência desta crise, desemprego,      verbas para os latifundiários a      pação no Iraque e no Oriente
                                     arrocho, inflação, para o restante   pretexto de cuidar do Meio Ambi-     Médio, com a qual pretendia rea-
Recessão nos                         dos países do mundo, ou seja,        ente.                                lizar uma colossal transferência de
Estados Unidos:                      uma desestabilização sem prece-         Somente no Mato Grosso, que       recursos energéticos de um povo
reação em cadeia                     dentes da economia mundial.          é um dos centros da ofensiva na      oprimido para seu próprio territó-
                                                                          Amazônia, há 1.377 propriedades      rio.
   Na última semana a economia       Reforma agrária de                   estrangeiras em 754,7 mil hecta-        Este será o cerne do conflito
norte-americana registrou o mai-     Lula: entregar toda a                res. Mato Grosso foi responsável     agrário no País e que no próximo
or índice de desemprego dos úl-      Amazônia para                        em 2007 por 70% de todo o aumen-     intensificará a luta pela terra em
timos 22 anos. O desemprego atin-    estrangeiros e                       to do desmatamento no País e         todo o País.
giu o patamar de 5,5% no mês de      massacrar os sem-                    segundo os satélites controlados
maio. Um aumento superior ao         terra e índios                       pelo INPE (Instituto Nacional de     Terça-feira, 10 de
registrado em abril, 5%. Apenas                                           Pesquisas Espaciais), houve um       junho de 2008
este dado econômico já indica o         Nunca se vendeu tantas terras     aumento de 600% de
grau da crise financeira pela qual   brasileiras para estrangeiros em     desmatamento no estado de áre-       Lula aprova maior
a maior economia do mundo está       todo o País. A crise na Amazônia,    as de florestas, um recorde abso-    rigor na lei para
passando.                            evidenciada pelo destaque com        luto.                                reprimir
                                     esta vem tomando na imprensa            No oeste baiano também há         trabalhadores
   A recessão norte-americana já     burguesa e também pelo aumento       empresas norte-americanas e ja-
é uma realidade há muito tempo       dos conflitos agrários na região     ponesas, em um acordo com o             Com o aprofundamento da
nos Estados Unidos.                  expôs uma realidade: a ofensiva      governo Lula, compraram uma          crise mundial, a burguesia brasi-
   O que importa é o resultado       estrangeira pelas terras que toma    área de 60 mil hectares para pro-    leira sentiu que a temperatura da
prático destes dados para a eco-     conta de todo o território.          duzir algodão e instalar usinas de   situação política está subindo e se
nomia mundial.                          Segundo dados do Banco            açúcar.                              une para aprovar o aumento das
                                     Central, os investimentos diretos                                         medidas repressivas do estado
  À medida que os Estados            estrangeiros em atividades imobi- Lula entrega o País e                   para aprofundar a punição a todos
Unidos se afundam na crise, isso     liárias no País.                  massacre os sem-                        aqueles que se levantarem contra
15 de Junho de 2008                            CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                       4

o estado.                               o fundo do problema e na medida     na rua 25 de Março, centro da         cando.
   Nesta segunda-feira, dia 9 de        em que as reservas se esgotam, e    cidade, uma manifestação contra           Na manifestação da segunda-
junho, Lula assinou três projetos       torna-se mais e mais improvável     a política de repressão e persegui-   feira os trabalhadores ambulantes
de Lei para mudar as regras do          que os EUA sejam bem-sucedi-        ção adotada pelo prefeito, Gilber-    resolveram realizar um grande
Tribunal do Júri.                       dos na empreitada de arrancar à     to Kassab (DEM), que através da       protesto, com cerca de 300 pesso-
   As medidas alteram os pontos         força o petróleo das mãos dos       GCM (Guarda Civil Metropolita-        as e a polícia os reprimiu duramen-
do Decreto-Lei 3689/41, o Código        iraquianos, iranianos, sírios, ára- na), vêem realizando uma série de     te com gás de pimenta, bombas de
de Processo Penal, com a desca-         bes etc. os preços tendem a au-     retiradas, apreendendo os produ-      efeito moral e cassetetes. A PM
rada desculpa de tornar “mais           mentar.                             tos dos trabalhadores e levando       chegou a prender um dos traba-
rápido o trâmite dos processos e                                            alguns dos comerciantes presos.       lhadores acusando-o de danos ao
simplificar as decisões judiciais.”     Estatização do solo.                    Os camelôs e todos os traba-      patrimônio público.
   Toda a imprensa em uníssono          Contra o monopólio                  lhadores devem se unir contra os
afirmou que o projeto aprovado          do latifúndio                       ataques dos governantes bur-           Em breve,
tem o objetivo de simplificar e         estrangeiro e                       gueses, que em defesa dos ban-        lançamento do
acelerar os julgamentos.                nacional                            queiros e empresários, estão ex-      folheto “Aonde vai a
   A aprovação desta medida é                                               plorando ainda mais a população       esquerda pequeno-
mais um passo no aumento da                 A devastação da Amazônia a fim de garantir os lucros desses           burguesa?”
repressão, que está diretamente         que os próprios institutos geo- tubarões.
relacionada com tendência à             gráficos do governo Lula não                                                  O Partido da Causa Operária
mobilização operária e popular          podem esconder expõe claramen- Quinta-feira, 12 de                        está lançando seu mais novo fo-
demonstrada no último período.          te a ofensiva do latifúndio nacio- junho de 2008                          lheto de polêmica política. A par-
                                        nal e estrangeiro em todo o País,                                         tir da análise dos mais recentes
EUA tem 8,5 milhões                     que em terras do Norte do País TSE não consegue                           acontecimentos protagonizados
de desempregados                        deixam um rastro com o aprovar lei de                                     pelos partidos que compõem a
                                        desmatamento recorde. É neces- perseguição política                       Frente de Esquerda e que desem-
   Demissões de 49 mil trabalha-        sário levantar um programa naci- para candidatos                          bocou no ato de 1º de maio.
dores no mês de maio eleva para         onal pela tomada de terras para o acusados pela justiça                       Realizando pelo terceiro ano
8,5 milhões o número de desem-          povo contra o monopólio crimino- burguesa                                 consecutivo um ato independen-
pregados na maior economia do           so da terra que será seguido de                                           te, revolucionário e de luta, em
planeta.                                uma imensa transferência de ri-         O Tribunal Superior Eleitoral     oposição e delimitação com os
   A recessão da economia nor-          queza nacional para o capital es- adiou a tentativa de aprovar leis       atos promovidos por toda a Fren-
te-americana está se desenvol-          trangeiro                           repressivas, como restrições de       te Popular, incluindo aí a sua ala
vendo gradativamente e levando                                              propaganda na internet e o impe-      esquerda composta por Psol,
os Estados Unidos a uma de suas         Nordeste tem a                      dimento dos candidatos com ficha      PSTU, PCB e seus satélites meno-
piores crises de toda a história. Foi   maior concentração                  criminal poderem concorrer às         res como LER-QI e LBI, o PCO
divulgado pelo Departamento de          trabalho infantil                   eleições.                             conseguiu reunir 1.500 pessoas
Trabalho dos Estados Unidos, na                                                 A burguesia, afundada em um       em torno às questões mais senti-
última sexta-feira, dia seis, o índi-       A exploração capitalista atin- mar de lama, encontra-se desmo-        das da população. Esse ato, que
ce de desemprego no País no mês         ge milhões de crianças no Brasil ralizada a ponto de não conseguir        mostrou claramente uma alterna-
de maio. No mês passado foi re-         e recai principalmente sobre o botar peso em sua campanha para            tiva à frente de esquerda e à alian-
gistrado um aumento do desem-           Nordeste, região mais pobre do extinguir os direitos políticos do         ça desta com a reacionária Igreja
prego que passou de 5%, no mês          país. Dos cinco primeiros estados povo. Votada na terça-feira (10)        Católica, foi alvo de crítica dos
de abril, para 5,5% em maio.            no ranking do trabalho infantil pelo TSE (Tribunal Superior Elei-         pequenos grupos que servem
   ¨:As centenas de milhares de         quatro se encontram na região toral), a possibilidade de candida-         como bonecos de ventríloquo
demissões nos Estados Unidos            mais pobre do país.                 tos com ficha pregressa na polí-      desta frente.
nos últimos cinco meses são re-             O nordeste, uma das regiões cia e que estão sofrendo proces-              O folheto, que deverá ser lan-
sultado do agravamento da               mais pobres do país, concentra os so não poderem concorrer a um           çado em breve o último e principal
recessão norte-americana inicia-        principais índices de exploração cargo público, não foi aprovada.         texto do folheto foi publicado na
da no setor imobiliário.                do trabalho infantil. Segundo                                             íntegra no Causa operária Notíci-
                                        dados do IBGE dos cinco primei- Gilberto Kassab                           as online.
Quarta-feira, 11 de                     ros estados na lista quatro perten- coloca a guarda civil
junho de 2008                           cem ao nordeste. O primeiro da e a PM para espancar                        Brasil trabalha para
                                        lista é o estado de Minas gerais trabalhadores da 25                      sustentar banqueiros
 O mundo se prepara                     com cerca de 306.090, seguido de março                                    e empresários
para o barril de                        dos estados nordestinos: Bahia                                            Governo aprova
petróleo a mais de                      (291.818), Ceará (216.893),             A prefeitura de Gilberto          imposto para
200 dólares                             Maranhão (197.096), Pernambuco Kassab está colocando um imen-             arrancar mais R$ 20
                                        (196.152).                          so efetivo nas ruas do centro da      bilhões em impostos
   O presidente da Gazpron, o                                               cidade de São Paulo para reprimir
monopólio estatal russo do petró-       Camelôs realizam                    os trabalhadores ambulantes.             O governo Lula aprovou, com
leo e do gás, afirmou na terça-fei-     protesto no centro                      Há algumas semanas os came-       o apoio dos corruptos do Con-
ra que espera que o barril chegue       da cidade contra a                  lôs vêm realizando protestos con-     gresso Nacional, a CSS imposto
a custar quase o dobro do preço         repressão policial                  tra a repressão e os casos de apre-   que tem como fachada mais verba
atual, cerca de 250 dólares, em um                                          ensões de mercadorias dos traba-      para a Saúde, mas que irá servir
“futuro previsível”.                        Os camelôs de São Paulo rea- lhadores, às vésperas das elei-          como mais um fundo reserva des-
   A escassez da matéria-prima é        lizaram na última segunda-feira, 9, ções municipais, vêm se multipli-     tinado aos capitalistas.
15 de Junho de 2008                           CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                       5

   Depois de tanto manobrar para                                O direitista Gilberto Kassab
                                        será submetido a nenhum referen-                                          da Colômbia está por detrás des-
impor mais um imposto sobre a                                (DEM) um dos prefeitos mais
                                        do. Obviamente ele não seria apro-                                        tes e muitos outros planos, mas o
população o governo Lula e a                                 impopulares de São Paulo, apesar
                                        vado por nenhum iraquiano,                                                imperialismo norte-americano, a
corja de “mensalões” do Con-                                 de toda a sua vontade de transfor-
                                        exceto os capachos que estão no                                           CIA, que coordena operações
gresso Nacional aprovaram na                                 mar a maior cidade do país em uma
                                        governo e as milícias sustentadas                                         clandestinas em toda América
última quarta-feira, dia 11, a CSS                           ditadura pessoal, se mostrou com-
                                        pelo imperialismo para combater                                           Latina, incluindo seqüestros,
(Contribuição Social para a Saú-                             pletamente impotente diante das
                                        os grupos insurgentes de oposi-                                           desaparecimentos e assassina-
de). Este imposto é a reedição, ou      ção.                 manifestações massivas dos ca-                       tos, exatamente como faziam nos
melhor, dizendo a ressurreição da                            melôs. É preciso apoiar, impulsi-
                                           A necessidade dos monopóli-                                            tempos de ditadura militar.
CPMF (Contribuição Provisória                                onar, organizar e dotar estas lutas
                                        os e do imperialismo de permane-
sobre Movimentação Financeira)                               de um programa claro de reivindi-
                                        cer no Iraque, uma necessidade                                            Polícia reprime
que estava extinta desde o início                            cações imediatas, de luta pela
                                        desesperada, empurra o país mais                                          manifestação e retira
de 2008. Fica claro, agora, que toda                         centralização das mobilizações
                                        poderoso do mundo para uma                                                estudantes à força da
a propaganda em torno da luta da                             operárias e por um governo pró-
                                        enorme crise política interna.                                            reitoria da Unifesp
CPMF nada mais era que jogo de                               prio da classe operária das cida-
cena.                                    Sábado, 14 de junho des e dos trabalhadores do cam-                          Na madrugada de sábado, 48
   Lula está utilizando o mesmo         de 2008              po.                                                  estudantes foram detidos pela
golpe de FHC quando criou a                                                                                       Polícia Militar momentos após
CPMF, cuja arrecadação seria            Mobilização dos                     Grupo ligado a                        terem ocupado o prédio da reito-
dedicada à saúde.                       camelôs toma conta                  paramilitares é preso                 ria da Unifesp na Vila Mariana, em
                                        do centro                           por planejar                          São Paulo.
Revelado plano                                                              assassinato do                            A polícia invadiu o prédio uti-
secreto para manter                         Os camelôs de São Paulo rea- presidente Rafael                        lizando a ligação deste com o
o Iraque sob                            lizam o maior protesto do último Correa                                   Hospital São Paulo, administrado
ocupação perpétua                       período. Mais de três mil trabalha-                                       pela universidade. No cerco mon-
                                        dores ambulantes tomaram a 25 de       A Unidade Anti-seqüestros          tado contra os estudantes, doen-
   Bush quer aprovar acordo para        março e as ruas próximas durante da Polícia Nacional do Equador           tes que aguardavam atendimen-
impedir a retirada das tropas, além     todo o dia colocando contra a (UNASE) prendeu na quinta-fei-              to reclamaram do uso do gás lacri-
de submeter o povo iraquiano a          parede a Polícia Militar e a Guarda ra (12) três colombianos e um         mogêneo dentro das dependên-
uma escravidão eterna para tomar        Civil Metropolitana do micro-di- equatoriano em Quito sob suspei-         cias hospitalares. Dez viaturas
de vez os poços de petróleo.            tador Gilberto Kassab (DEM), que ta de planejarem o assassinato do        cercaram a universidade e condu-
   Os EUA desejam transformar           ficaram completamente sem ação, presidente Rafael Correa.                 ziram os estudantes ao 16º DP da
o Iraque numa colônia. Segundo          mesmo com o financiamento da           Os colombianos Óscar Peña,         Polícia Civil, na avenida Onze de
a denúncia publicada pelo jornal        repressão aos ambulantes por Óscar Jiménez e Édgar González,              Junho, próximo ao local.
britânico The Independent em            parte dos lojistas e da máfia da e o equatoriano Santos Camacho               Os estudantes foram liberados
sua edição eletrônica no dia 5 de       propina.                            Sáenz foram detidos durante a         por volta de 6h da manhã, porém
junho, o governo de George W.               Os trabalhadores ambulantes madrugada nos arredores da Pra-           câmeras de filmagem e fotografia,
Bush tem um plano secreto militar       do centro de São Paulo organiza- ça da Independência, que fica em         com fitas e cartões de memória,
para manter o Iraque ocupado por        vam desde o início desta semana frente ao Palácio Carondelet (sede        foram apreendidas de maneira
tempo indefinido.                       um protesto massivo nesta sexta- da Presidência).                         completamente irregular, segun-
   O acordo militar, desta vez, não     feira.                                 Não só a Autodefesas Unidas        do a polícia, a título de “prova”.

Nacional
                                                                                                                  Amazônia Legal, foram cancela-
Invasão estrangeira                                                                                               dos inúmeros registros terras em
Gringos são dono de 5,5 milhões de                                                                                posse de empresários estrangei-
                                                                                                                  ros, a exemplo dos 280 mil hecta-

hectares de terras brasileiras                                                                                    res, compradas 1997, pela Madei-
                                                                                                                  reira Moss e outros para a empre-
                                                                                                                  sa Malbral Indústria e Comércio
 Lei aprovada pela ditadura militar abria as portas para a privatização                                           Ltda, dos malaios Henry Law, Lee
 do solo brasileiro garantindo às empresas estrangeiras o direito de                                              Konge, Robert Lao e Hoi Chew,
 comprar terras no Brasil, intensificando o latifúndio e seus flagelos                                            foram devolvidas. Há mais de três
                                                                                                                  anos que Ministério Público Fe-
   O Brasil passa por um proces-        tadura militar financiada pelo im-   Manicoré, Itacoatiara, Humaitá e     deral (MPF) espera a sentença do
so de distribuição de terras. Mas       perialismo, que regulamenta a        Lábrea. Com o levantamento nos       pedido de cancelamento do imó-
não para os milhões de campone-         compra de imóveis rurais por es-     cartórios, poderemos verificar a     vel Jacarecyca, de 352 mil hecta-
ses que não tem terras para plan-       trangeiros.                          possível ilegalidade na venda das    res. É dado que a justiça condena
tar, resultado do flagelo do latifún-       Depois de inúmeras denúnci-      referidas terras”, declarou o pro-   inúmeros ativistas da luta pela
dio, e sim para os próprios latifun-    as sobre venda da Amazônia pela      curador-chefe da PFE do INCRA        reforma agrária e marginaliza os
diários. Segundo o Instituto Na-        internet o INCRA começa a inves-     no Amazonas, Carlos Alberto de       movimentos sociais trabalhando
cional de Colonização e Reforma         tigar junto com a Procuradoria       Salles. (Noticias INCRA, 5/6/        diretamente para o latifúndio.
Agrária (Incra), empresas estran-       Federal Especializada (PFE) es-      2008). O INCRA estuda entrar com        Ao passo que os gringos são
geiras são donas de 5,5 milhões de      quemas ilegais de compra de ter-     o pedido de cancelamento de re-      donos de milhões de hectares, o
hectares, equivalente a 33 mil          ra. “Sabemos da existência de 47     gistros de terras compradas pelo     governo Lula reduziu drastica-
imóveis. Este é o resultado da lei      imóveis rurais que pertenciam à      empresário sueco Johann Eliasch.     mente o número de famílias assen-
5.709/71, aprovada durante a di-        Gethal nos municípios de                Na região que compreende a        tadas. Segundo o balanço do
15 de Junho de 2008                          CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                           6
Ministério do Desenvolvimento         Agricultura (Contag), Paulo           rária vem desenvolvendo uma             de famílias expulsas da terra pas-
Agrário, o governo Lula reduziu       Carallo.                              campanha contra os assassinatos         sou de 1.809 para 3.340.
em 60% o volume de terras desa-          Segundo o ministro do Desen-       e perseguições aos sem terra de             O monopólio da terra garanti-
propriadas para assentamentos.        volvimento Agrário, Guilherme         Rondônia, que foram vítimas de um       do pela força da lei promove uma
Em 2007, também houve menos           Cassel, durante o ano de 2007, foi    massacre organizado pelos latifun-      verdadeira corrida pela Amazô-
famílias assentadas. Segundo o        desapropriado o equivalente a         diários, deixando um saldo de 15        nia. Os milhões de hectares nas
mesmo documento, foram assen-         250 mil hectares de terras no País.   mortos e 30 desaparecidos.              mãos do capital estrangeiro ex-
tadas 50% menos famílias no cam-      Uma ínfima quantia comparada              No governo Lula, a repressão        põem todo o caráter parasitário da
po em comparação com o ano de         aos 5,5 milhões de hectares das       no campo expandiu violentamen-          política de rapina do imperialismo.
2006. “Há famílias que estão na       empresas estrangeiras.                te. De 2006 a 2007 houve um au-         Os saques das riquezas nacionais
beira da estrada há mais de 10 anos      A venda do solo brasileiro é       mento de 140% no número de              e a grande concentração de terras
esperando por um lote” ressalta o     seguida de uma onda de repressão      famílias expulsas de suas terras        agrava a situação de extrema mi-
diretor de política agrária da Con-   aos movimentos de luta pela terra.    por ações de fazendeiros e suas         séria enfrentada pelos milhões de
federação dos Trabalhadores na        Há meses o Partido da Causa Ope-      milícias. Neste período, o número       camponeses sem terra.

Nacional                                                                                                                Parágrafo único. Tratando-se
                                                                                                                    de pessoa jurídica estrangeira,
Veja abaixo a lei que permite a venda de                                                                            constará da escritura a transcri-
                                                                                                                    ção do ato que concedeu autori-
terras a estrangeiro                                                                                                zação para a aquisição da área
                                                                                                                    rural, bem como dos documentos
   Lei N° 5.709 - 07/10/1971 -           Art. 2º - (Revogado pela Lei nº        § 2º - Sobre os projetos de         comprobatórios de sua constitui-
Aquisição de imóveis por Estran- 6.815/80).                                 caráter industrial será ouvido o        ção e de licença para seu funcio-
geiro.                                   Art. 3º - A aquisição de imóvel    Ministério da Indústria e Comér-        namento no Brasil.
                                     rural por pessoa física estrangei-     cio.                                        Art. 10 - Os Cartórios de Regis-
   5.709 - 07/10/1971 - Aquisição ra não poderá exceder a 50 (cin-              Art. 6º - Adotarão obrigatori-      tro de Imóveis manterão cadastro
de imóveis por Estrangeiro           qüenta) módulos de exploração          amente a forma nominativa as            especial, em livro auxiliar, das
   LEI Nº 5.709, DE 07 DE OUTU- indefinida, em área contínua ou             ações de sociedades anônimas:           aquisições de terras rurais por
BRO DE 1971                          descontínua.                               I - que se dediquem a               pessoas estrangeiras, físicas e
   Regula a Aquisição de Imóvel          § 1º - Quando se tratar de imó-    loteamento rural;                       jurídicas, no qual deverá constar:
Rural por Estrangeiro Residente vel com área não superior a 3 (três)            II - que explorem diretamente           I - menção do documento de
no País ou Pessoa Jurídica Estran- módulos, a aquisição será livre,         áreas rurais;                           identidade das partes contratan-
geira Autorizada a Funcionar no independendo de qualquer auto-                  III - que sejam proprietárias de    tes ou dos respectivos atos de
Brasil, e dá outras                  rização ou licença, ressalvadas as     imóveis rurais não vinculados a         constituição, se pessoas jurídi-
   Providências.                     exigências gerais determinadas em      suas atividades estatutárias.           cas;
   O PRESIDENTE DA REPÚ- lei.                                                   Parágrafo único. A norma des-           II - memorial descritivo do imó-
BLICA:                                   § 2º - O Poder Executivo baixa-    te artigo não se aplica às entida-      vel, com área, características, limi-
   Faço saber que o Congresso rá normas para a aquisição de área            des mencionadas no art. 4º do           tes e confrontações; e
Nacional decreta e eu sanciono a compreendida entre 3 (três) e 50           Decreto-lei nº 200, de 25 de feve-          III - transcrição da autorização
seguinte Lei:                        (cinqüenta) módulos de explora-        reiro de 1967, com a redação que        do órgão competente, quando for
   Art. 1º - O estrangeiro residen- ção indefinida.                         lhe foi dada pelo Decreto-lei nº        o caso.
te no País e a pessoa jurídica es-       § 3º - O Presidente da Repúbli-    900, de 29 de setembro de 1969.             Art. 11 - Trimestralmente, os
trangeira autorizada a funcionar ca, ouvido o Conselho de Segu-                 Art. 7º - A aquisição de imóvel     Cartórios de Registros de Imóveis
no Brasil só poderão adquirir imó- rança Nacional, poderá aumentar          situado em área considerada in-         remeterão, sob pena de perda do
vel rural na forma prevista nesta o limite fixado neste artigo.             dispensável à segurança nacional        cargo, à Corregedoria da Justiça
Lei.                                     Art. 4º - Nos loteamentos rurais   por pessoa estrangeira, física ou       dos Estados a que estiverem su-
   § 1º - Fica, todavia, sujeita ao efetuados por empresas particu-         jurídica, depende do assentimen-        bordinados e ao Ministério da
regime estabelecido por esta Lei lares de colonização, a aquisição          to prévio da Secretaria-Geral do        Agricultura, relação das aquisi-
a pessoa jurídica brasileira da qual e ocupação de, no mínimo, 30%          Conselho de Segurança Nacional.         ções de áreas rurais por pessoas
participem, a qualquer título, pes- (trinta por cento) da área total            Art. 8º - Na aquisição de imó-      estrangeiras, da qual constem os
soas estrangeiras físicas ou jurí- serão feitas obrigatoriamente por        vel rural por pessoa estrangeira,       dados enumerados no artigo an-
dicas que tenham a maioria do seu brasileiros.                              física ou jurídica, é da essência do    terior.
capital social e residam ou tenham       Art. 5º - As pessoas jurídicas     ato a escritura pública.                    ï Parágrafo único. Quando se
sede no Exterior.                    estrangeiras referidas no art. 1º          Art. 9º - Da escritura relativa à   tratar de imóvel situado em área
   § 2º - As restrições desta Lei só poderão adquirir                       aquisição de área rural por pesso-      indispensável à segurança naci-
estabelecidas nesta Lei não se imóveis rurais destinados à im-              as físicas estrangeiras constará,       onal, a relação mencionada neste
aplicam aos casos de sucessão plantação de projetos agrícolas,              obrigatoriamente:                       artigo deverá ser remetida também
legítima, ressalvado o disposto pecuários, industriais, ou de co-               I - menção do documento de          à Secretaria-Geral do Conselho de
no art. 7º.                          lonização, vinculados aos seus         identidade do adquirente;               Segurança Nacional.
   ________                          objetivos estatutários.                    II - prova de residência no ter-        Art. 12 - A soma das áreas
                                         § 1º - Os projetos de que trata    ritório nacional; e                     rurais pertencentes a pessoas
   Nota:                             este artigo deverão ser aprovados          III - quando for o caso, autori-    estrangeiras, físicas ou jurídicas,
   Redação dada pela Lei nº 6.572/ pelo Ministério da Agricultura,          zação do órgão competente ou            não poderá ultrapassar a um quar-
78                                   ouvido o órgão federal competen-       assentimento prévio da Secreta-         to da superfície dos Municípios
   _______                           te de desenvolvimento regional na      ria-Geral do Conselho de Seguran-           onde se situem, comprovada
                                     respectiva área.                       ça Nacional.                            por certidão do Registro de Imó-
15 de Junho de 2008                             CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                           7
veis, com base no livro auxiliar de         Art. 13 - O art. 60 da Lei nº 4.504,   mas, compreendidas em quais-          de 1969, tiverem projetos de colo-
que trata o art. 10.                    de 30 de novembro de 1964, passa           quer dos incisos do caput do art.     nização aprovados nos termos do
   § 1º - As pessoas da mesma           a vigorar com a seguinte redação:          6º, que já estiverem constituídas     art. 61 da Lei nº 4.504, de 30 de
nacionalidade não poderão ser               “Art. 60. Para os efeitos desta        à data do início da vigência desta    novembro de 1964, poderão, me-
proprietárias, em cada Município,       Lei, consideram-se empresas par-           Lei, comunicarão, no prazo de 6       diante autorização do Presidente
de mais de 40% (quarenta por            ticulares de colonização as pesso-         (seis) meses, ao Ministério da        da República, ouvido o Ministé-
cento) do limite fixado neste arti-     as físicas, nacionais ou estrangei-        Agricultura a relação das áreas       rio da Agricultura, concluí-los e
go.                                     ras, residentes ou                         rurais de sua propriedade ou ex-      outorgar escrituras definitivas,
   § 2º - Ficam excluídas das res-          domiciliadas no Brasil, ou jurí-       ploração.                             desde que o façam dentro de 3
trições deste artigo as aquisições      dicas, constituídas e sediadas no             § 1º - As sociedades anônimas,     (três) anos e que a área não exce-
de áreas rurais:                        País, que tiverem por finalidade           indicadas neste artigo, que não       da, para cada adquirente, 3 (três)
   I - inferiores a 3 (três) módulos;   executar programa de valorização           converterem em nominativas suas       módulos de exploração indefini-
   II - que tiverem sido objeto de      de área ou distribuição de terras”.        ações ao portador, no prazo de 1      da.
compra e venda, de promessa de              Art. 14 - Salvo nos casos pre-         (um) ano do início da vigência           Art. 18 - São mantidas em vigor
compra e venda, de cessão ou de         vistos em legislação de núcleos            desta Lei, reputar-se-ão irregula-    as autorizações concedidas, com
promessa de cessão, mediante            coloniais, onde se estabeleçam em          res, ficando sujeitas à dissolução,   base nos Decretos-leis nºs 494, de
escritura pública ou instrumento        lotes rurais, como agricultores, es-       na forma da lei, por iniciativa do    10 de março de 1969, e 924, de 10
particular            devidamente       trangeiros imigrantes, é                   Ministério Público.                   de outubro de 1969, em estudos e
protocolado no Registro compe-              vedada, a qualquer título, a              § 2º - No caso de empresas         processos já concluídos, cujos
tente, e que tiverem sido cadastra-     doação de terras da União ou dos           concessionárias de serviço públi-     projetos tenham sido aprovados
das no INCRA em nome do                 Estados a pessoas estrangeiras,            co, que possuam imóveis rurais        pelos órgãos competentes.
promitente comprador, antes de 10       físicas ou jurídicas.                      não vinculados aos fins da con-          Art. 19 - O Poder Executivo
de março de 1969;                           Art. 15 - A aquisição de imóvel        cessão, o prazo de conversão das      baixará, dentro de 90 (noventa)
   III - quando o adquirente tiver      rural, que viole as prescrições               ações será de 3 (três) anos.       dias, o regulamento para execução
filho brasileiro ou for casado com      desta Lei, é nula de pleno direito.           § 3º - As empresas concessio-      desta Lei.
pessoa brasileira sob o regime de       O tabelião que lavrar a escritura e        nárias de serviço público não            Art. 20 - Esta Lei entrará em
comunhão de bens.                       o oficial de registro que a transcre-      estão obrigadas a converter em        vigor na data de sua publicação.
   § 3º - O Presidente da Repúbli-      ver responderão civilmente pelos           nominativas as ações ao porta-           Art. 21 - Revogam-se os Decre-
ca poderá, mediante decreto, au-        danos que causarem aos contra-             dor, se dentro do prazo de 3 (três)   tos-leis nº 494, de 10 de março de
torizar a aquisição além dos limi-      tantes, sem prejuízo da responsa-             anos, contados da vigência         1969, e 924, de 10 de outubro de
tes fixados neste artigo, quando        bilidade criminal por prevaricação         desta Lei, alienarem os imóveis       1969, e demais disposições em
se tratar de imóvel rural               ou falsidade ideológica. O                 rurais não vinculados aos fins da     contrário.
   vinculado a projetos julgados        alienante está obrigado a restituir        concessão.
prioritários em face dos planos de      ao adquirente o preço do imóvel.              Art. 17 - As pessoas jurídicas        EMÍLIO G. MÉDICI
desenvolvimento do País.                    Art. 16 - As sociedades anôni-         brasileiras que, até 30 de janeiro       D.O.U., 11/10/71

Movimento Operário
Demissões nos Correios
Pela readmissão do companheiro Edson Dorta e de todos os
demitidos pela ECT
                                                                                                                         te de sua diretoria do PT. O com-
 A política de demissões nos Correios é uma maneira de intimidar os                                                      panheiro trabalhava como cartei-
 trabalhadores que estão se organizando contra a exploração cada vez                                                     ro motorizado e foi demitido mes-
 maior imposta pela empresa                                                                                              mo tendo apresentado atestado
                                                                                                                         médico depois de um acidente de
   A demissão, em qualquer cate-        intransigentemente os interes-             trair os trabalhadores em troca de    moto enquanto trabalhava. Des-
goria, é uma forma da burguesia         ses dos trabalhadores contra os            privilégios cuidadosamente ne-        de então, o PCO e a corrente
intimidar os trabalhadores e deixá-     ataques da ECT (Empresa Brasi-             gociados a portas fechadas com        Ecetistas em Luta vem realizando
los na defensiva diante do risco        leira de Correios e Telégrafos).           a empresa. A corrente Ecetistas       uma campanha pela readmissão
de perder o emprego. Na maioria         São esses companheiros que                 em Luta se recusa energicamen-        do companheiro, demitido clara-
dos casos, as demissões aconte-         fazem um trabalho diário de de-            te a participar desse esquema de      mente por motivos políticos. Essa
cem contra os trabalhadores mais        núncias contra os desmandos da             traidores da categoria. Essa atu-     campanha tem como objetivo ata-
ativos dentro da empresa e são          empresa, o autoritarismo dos               ação está em confluência com o        car a empresa para que não haja
uma tentativa dos patrões de            chefes, a utilização dos Correios          que pensam os trabalhadores           novas demissões.
conter o movimento operário.            nos esquemas de corrupção do               dos Correios.                            Por isso, o Partido da Causa
   Nos Correios, os companhei-          governo e a tentativa de                       As demissões são inclusive        Operária chama todos os traba-
ros combativos da corrente de           privatizar a empresa.                      aplaudidas por essa corja. O Ban-     lhadores a exigir a readmissão
oposição nacional Ecetistas em             Para realizar essa campanha é           do dos Quatro não só nada fazem       imediata do companheiro Edson
Luta, do PCO, são constantemen-         necessária uma política de opo-            para defender os demitidos como       Dorta.
te perseguidos pela empresa.            sição à burocracia sindical forma-         apóiam o ataque da empresa.              Nesse momento, essa campa-
Vários são os casos de demis-           da pelo Bando dos Quatro (PT,                  Em 2006, o companheiro Edson      nha torna-se ainda mais urgente
sões sofridos por companheiros          PCdoB, PSTU e Psol) que domi-              Dorta foi demitido pela empresa       e necessária. A ECT vem com
da corrente de oposição, justa-         na a Fentect e a maioria dos sin-          com o apoio aberto da diretoria do    uma política de demissões em
mente por serem os únicos que,          dicatos. Essa burocracia é uma             Sindicato de Campinas. Foi inclu-     massa esse ano, já contando com
de maneira organizada, defendem         verdadeira máfia reunida para              sive vítima de agressões por par-     mais de 200 demitidos. A maioria
15 de Junho de 2008                           CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                            8
desses trabalhadores sofre com         estão cada vez mais mobilizados.       nunciar amplamente essa políti-         son Dorta colhendo abaixo-assi-
problemas de saúde e foi simples-         É necessária uma ampla cam-         ca de ataque da empresa contra          nados (baixe aqui) nos seus lo-
mente descartada pela empresa,         panha pela reintegração do Com-        os trabalhadores.                       cais de trabalho e denunciando
numa clara tentativa de intimidar      panheiro Edson Dorta e de todos           Participe da campanha pela           a política de demissões da ECT.
os trabalhadores ecetistas que         os demitidos pela empresa. De-         readmissão do companheiro Ed-

Teoria
190 anos de seu nascimento                                                    de moderna em dependência do            estas palavra: “Paris da Comuna
                                                                              concurso prático e teórico dos          será sempre precursora da socie-
Karl Marx por sua filha Eleonora                                              países mais avançados; conside-         dade nova. A lembrança desses
                                                                              rando que o despertar das classes       mártires estará sempre unida à sim-
 Leia nesta edição um trecho do escrito de                                    operárias nos países mais indus-        patia da classe operária. A história
 Eleonora Marx, a filha mais velha do fundador                                triais da Europa suscita novas          fixará os nomes dos verdugos,
 do socialismo científico, a respeito da vida e                               esperanças, porém é, ao mesmo           nada os justificará, nem mesmo as
 da obra de Karl Marx em comemoração aos 190                                  tempo, advertência para não se cair     rezas dos padres’
                                                                              nos mesmos erros anteriores, o que          Por proposta de Marx, o Con-
 anos de seu nascimento                                                                                               gresso da Internacional de Haia
                                                                              requer a imediata organização dos
    Em 1867, Marx publicou, em         pação dos trabalhadores há de ser      movimentos             atualmente       (1873) mudou a sede do Conselho
Hamburgo, O Capital, sua obra          obra deles próprios; consideran-       dispersos; fica resolvido dispor do     para Nova Iorque. O fracasso da
prima.                                 do que a luta pela libertação das      que for necessário para fundar a        Comuna colocou a organização em
    O movimento operário chegou        classes operárias não é uma luta       Associação Internacional dos Tra-       situação difícil. Nova orientação foi
a ter tanta importância, que Marx      para obter privilégios nem mono-       balhadores”.                            dada à entidade. Só o contato per-
pensou em realizar o projeto que há    pólios de classe, mas, sim, para           Focalizar a atividade de Marx na    manente entre os trabalhadores de
muito acariciava: organizar, com       conquistar a igualdade de direitos     Internacional equivaleria a escre-      todos os países – um dos resulta-
base nos países mais adiantados        e deveres e abolir toda espécie de     ver a história desta. Meu pai foi se-   dos da Internacional – demonstra
da Europa e da América, uma Inter-     predomínio de classe; consideran-      cretario das seções proletárias da      que a organização permanente não
nacional operária. Em abril de 1864,   do que a base da servidão em to-       Alemanha e da Rússia na Interna-        atende às necessidades do mo-
os trabalhadores de vários países      das as suas formas, da miséria         cional e o incentivador dos suces-      mento atual. Continua atuando, en-
reuniram-se para manifestar suas       social, da degradação intelectual      sivos Congressos. Os manifestos,        tretanto, ainda que de forma dife-
simpatias à Polônia. Nessa oca-        e da subordinação política, é a        com exceção de um ou dois desde         rente e com o tempo, sem dúvida,
sião, foi resolvido fundar a Inter-    dependência econômica do traba-        o documento que se intitulou A          há de progredir.
nacional, o que foi levado a efeito    lhador para com os que monopo-         Guerra Civíl na França, foram               A falta de saúde impediu, du-
em Saint Martin’s Hall, no dia 28 de   lizam os meios de trabalho, isto é,    escritos por Marx. Neste ultimo         rante alguns anos, que Marx se
setembro de 1864, sob a presidên-      as fontes da vida; considerando        trabalho, Marx explica a verdadei-      consagrasse à sua obra tal como
cia do professor Beesly. Foi eleito    que a emancipação econômica das        ra significação da Comuna, “esfin-      houvera desejado, porém, a partir
um Comitê ou Conselho provisó-         classes operárias é, por conseguin-    ge que intriga sobremaneira o es-       de 1873, dedicou-se inteiramente
rio. Marx escreveu um manifesto        te, o grande objetivo a que deve       pírito burguês”. Estigmatizou em        a ela. O segundo volume d’O Ca-
inaugural e estatutos não definiti-    subordinar-se todo movimento           magníficas frases o “Governo da         pital será brevemente editado pelo
vos. Em tal documento, Marx pin-       político como meio; considerando       Derrota Nacional”, que entregou         maior amigo de meu pai, o mais
ta a miséria da classe operária, mi-   esforços intentados até agora para     a França aos prussianos. Ferreteou      antigo companheiro: Friedrich
séria que se revela também nas         este fim têm fracassado por falta de   os membros do Governo, atacan-          Engels.
épocas de prosperidade comerci-        solidariedade entre as múltiplas ca-   do Favre, o falsário, Ferry, o usu-         Foi-me proposto apenas con-
al e pede a união dos esforços do      racterísticas ou modalidades do        rário e o infame Thiers “monstru-       signar dados estritamente históri-
operariado mundial. Como dez           trabalho em cada país e pela ausên-    oso gnomo, limpa-botas do               cos e biográficos sobre meu pai. De
anos antes, no Manifesto Comu-         cia de um laço fraternal de união      Imperio”. Após penetrante con-          sua personalidade, de sua ciência,
nista, o documento continha esta       internacional entre as classes ope-    traste que estabelece entre o hor-      de seu espírito, de sua bondade e
frase de Marx: “Proletários de to-     rárias; considerando que a eman-       ror consumado pelos “homens de          de seu caráter, que falem os outros.
dos os países, uni-vos!”               cipação do trabalho não é proble-      Versalhes” e o sacrifício heróico       Que me permitam, porém, dizer
    As razões que justificavam a       ma local nem nacional, mas, sim, so-   dos operários de Paris, morrendo        aqui: Karl Marx era desses espíri-
criação da Internacional eram estas:   cial, e que compreende o conjunto      para salvar essa mesma Repúbli-         tos favorecidos pela natureza. Era,
    “Considerando que a emanci-        de países em que existe a socieda-     ca, que Ferry preside, conclui com      acima de tudo, um homem.

Caderno Cultural
Uma revolução artística em 1917 - parte IV
Revolução Russa vista através das lentes do
                                                                                                                      A ofensiva da contra-
cinema soviético                                                                                                      revolução
 Dentre todas as formas artísticas, o cinema surgido na revolução foi
                                                                                                                         A década de 1930 marca o iní-
 aclamado como a expressão típica da Revolução Russa. Uma arte de                                                     cio de uma nova etapa do cinema
 grande alcance, verdadeiramente coletiva, internacionalista e                                                        soviético, caracterizada pela rea-
 revolucionária. Através de seus geniais diretores, o cinema soviético                                                lização de épicos grandiosos que
 constituiu um dos mais envolventes relatos da revolução social que                                                   marcaram época. Repletos de fei-
                                                                                                                      tos nobres e heróis idealizados,
 modificou para sempre a sociedade russa
                                                                                                                      além do início ao “culto à perso-
15 de Junho de 2008                            CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                           9
nalidade” dos grandes líderes           alastrando como um vírus pelo          modernidade.                           em linhas gerais, os preceitos que
históricos, da Rússia czarista ao       interior do país, e seus efeitos           Ao contrário do que muitos         deveriam ser seguidos pelos artis-
Estado soviético. Eram os primei-       caíram, como não poderia ser di-       teóricos pretendem mostrar, o          tas. ‘Realista’ na forma e ‘socia-
ros anos do realismo socialista,        ferente, implacavelmente também        problema do realismo socialista        lista’ no conteúdo, ou seja, des-
expressão que gradualmente foi          sobre todas as artes, mudando de       era o fato de ser uma tentativa do     crever sobre a realidade da classe
tomando conta de todas as artes         maneira definitiva sua direção a       Estado de limitar e conduzir o         trabalhadora no país sempre de
dentro do País, até a consolidação      partir dali.                           processo de criação artística de       maneira naturalista, linear, didáti-
definitiva do estilo, quando ofici-         Pelo fato de ser, provavelmen-     todo um país, sob uma fórmula já       ca e descritiva. Tal era a teoria. Na
alizado pela direção burocrática        te, a expressão artística mais com-    previamente estabelecida, e não        realidade, as obras do “realismo
stalinista em 1932, segundo o           pletamente dependente de um            o mero fato de ser “realista”. A       socialista”        são        toscas
decreto sobre a reestruturação          grande financiamento, devido às        fórmula do realismo, perfeitamen-      idealizações que retratam uma
das organizações artísticas. Esse       suas características técnicas de       te aceitável em si mesma, desde        imagem, um preconceito que a
decreto transformou o realismo          indústria e não de artesanato in-      que produto de uma verdadeira          burocracia governante queria
socialista em uma política de Es-       dividual, e por conseqüência, do       sensibilidade artística e honesti-     apresentar de uma classe operá-
tado para as artes, uma tentativa       Estado, o cinema sentiu de manei-      dade intelectual serviu para enco-     ria inexistente. Não eram pessoas
de condução da criação artística        ra imediata os efeitos dessa bru-      brir a proibição de qualquer ver-      reais, com contradições reais, mas
no País. Na realidade, uma das          tal transformação.                     dadeira criação através da impo-       ídolos e modelos artificiais que o
maiores camisas de força, ao me-                                               sição de um modelo pret-a-porter       regime burocrático pretendia
nos no plano estatal, porque não        O estabelecimento                      para todos os artistitas. O realis-    impingir às massas para ocultar a
há e nem nunca houve nada mais          do pesadelo                            mo foi o ápice da cultura burgue-      gigantesca luta que a classe ope-
tirânico que o capitalismo sobre        chamado realismo                       sa e produziu o mais extraordiná-      rária russa travava contra o atra-
as artes, que uma cultura já sofreu.    socialista                             rio período de criação cultural da     so econômico, contra o cerco do
    Politicamente, o período                                                   história humana, em particular na      imperialismo e contra a pressão da
correspondia à consolidação do             Uma outra faceta da mediocri-       literatura. O “realismo socialista”    própria burocracia detrás de uma
grupo encabeçado por Stalin den-        dade política desses novos líde-       jamais poderia ser considerado         fachada otimista. Os criadores da
tro do Estado operário. Era a crise     res stalinistas, era a sua completa    realista neste sentido, mas uma        grande época do realismo russo
da burocracia que levaria ao go-        ignorância também em relação às        caricatura de realismo. O realismo     de Turgeniev a Tólsoi passando
verno bonaprtista de Stálin. Des-       artes. Daí sua tentativa de condu-     foi a manifestação da maturidade       por toda a literatura populista e
de a morte de Lênin, em 1924, havia     zir seu desenvolvimento e suas         e da autoconfiança do artista          marxista morreriam de vergonha
se iniciado no interior do partido      expressões. O processo acarretou       burguês em seu capacidade de           diante desse gênero de “realis-
uma luta ferrenha pelo poder.           no surgimento de uma arte              dominar e expressar o mundo à          mo”. Todas as obras que tivessem
Seus diversos setores, ao final se      oficialista, artificial, que pregava   sua volta, o “realismo socialista”     um conteúdo crítico – caracterís-
dividiram em dois grandes blocos,       um otimismo sem limites, falso e       foi uma idealização das idéias         ticas indissociável das verdadei-
o de Trótski por um lado, defen-        acrítico, e a idolatria da imagem      preconcebidas dos mestres do           ras obras do realismo-naturalis-
dendo a continuidade da revolu-         dos líderes políticos, e particular-   regime burocrático que de socia-       mo - que os stalinistas consideras-
ção, e a de Stálin, que impulsiona-     mente de Stalin. Essa idolatria não    lista nada tinha.                      sem nocivo à perpetuação de sua
ria uma série de derrotas desas-        seguia nenhum critério além o de           No final das contas, o realismo    dominação no aparelho do Esta-
trosas e acabaria por se tornar a       “garantir a unidade da nação”. Os      socialista era a realização do so-     do, ou que mostrasse uma realida-
expressão mais acabada da con-          ideólogos do realismo socialista       nho de qualquer governante. A          de que não fosse aquela visão
tra-revolução que havia se              pregavam também uma única for-         glorificação e a defesa de seu         fantasiosa de fartura e bonança
infiltrado no interior do aparelho      ma expressiva aceitável: o realis-     próprio regime a um extremo que        por eles pretendida eram imedia-
do Estado. O Processo alcançou          mo, uma caricatura da maneira dos      nem Luís XIV havia chegado.            tamente censuradas e seus reali-
um de pontos altos em 1927, quan-       gigantescos pintores e escritores      Segundo a extremamente aguda           zadores perseguidos, em uma gi-
do os stalinistas referendaram no       do século XIX, ignorando com-          observação de Trótski, a arte          gantesca e espantosa caça às
Congresso do partido, uma san-          pletamente a irreversível evolução     cortesão do Rei Sol era apenas         bruxas.
ção contra a oposição liderada por      das artes para o modernismo e          uma idealização da monarquia,              Os artistas que se recusaram a
Leon Trótski, o líder do Exército       não conseguindo chegar nem             onde o artista no entanto acredi-      modificar suas linhas criativas
Vermelho. Acusando-a de ser um          mesmo perto da antiga tradição da      tava no que estava fazendo. O          foram “afastados”, e muitos deles
“desvio pequeno burguês”, o             cultura russa, da qual fizeram um      realismo socialista era a transfigu-   perseguidos. Foram milhares e
grupo foi dissolvido e seu líder        pastiche de péssimo gosto, com         ração de uma regime apodrecido         dezenas de milhares dos melhores
deportado. Após a derrota da            as devidas exceções.                   feita sob o cano de uma pistola e,     cérebros da pátria da Revolução
oposição de esquerda, ala prole-           Desta feita, todos os               portanto, totalmente falsa. Por-       de Outubro. Esse foi o destino de
tária e revolucionária do partido,      experimentalismos e buscas por         tanto, este pseudo realismo sur-       alguns dos principais criadores do
foi a vez da ala direita e, finalmen-   novas formas que dominou o ci-         gia apenas como a forma mais           “cinema de ouro” dos anos 20.
te, da própria facção stalinista em     nema durante toda a década de          adequada para esse processo de             Uma multidão de plumítivos de
uma perseguição política que            1920, foram tachados, de uma hora      aulicismo policial sem preceden-       aluguel disfarçados de teóricos da
parecia não ter fim. Desta situação     para outra, de “decadente”, “bur-      tes almejado por Stalin.               literatura como Georg Lukacs
extremamente crítica surge não          guês” e “formalista”. Karl Radek,                                             despejavam veneno contra os
apenas o impropriamente denomi-         ex-membro da oposição de es-           O fim dos                              “traidores do socialismo”.˜
nado culto da personalidade de          querda, renegado e transformado        vanguardismos                              Lev Kuleshov, por exemplo, o
Stálin como a necessidade da            em serviçal do stalinismo, decla-                                             pioneiro das montagens, profes-
burocracia de controlar todas as        rava James Joyce como manifes-            Esta ‘fórmula’ estética elabo-      sor de Pudovkin e Eisenstein,
manifestações de atividade inte-        tação da decadência capitalista e      rada pelos teóricos stalinistas        perdeu todo o financiamento para
lectual de maneira férrea, da polí-     o mesmo fazia o abominável Georg       adaptou-se de maneira diversa          seus filmes, abandonou o cinema
tica à música.                          Lukacs com o extraordinário Franz      para cada uma das manifestações        e caiu no mais completo esqueci-
    A política degenerada dos           Kafka, uma dos maiores e mais          artísticas, desde a literatura até o   mento, a ponto de a maioria de sua
stalinistas, gradualmente foi se        influentes escritores da               design de produtos. Ele definia,       obra nunca mais ter sido encon-
15 de Junho de 2008                             CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                          10
trada. Até o final de sua vida ele       onde quase 90% da população era        internacionalismo revolucionário,
restringiu suas atividades a dar         analfabeta, o advento do cinema        o diretor B. Barnet, consegue dar          Um traço característico da era
aulas no instituto de cinema em          falado foi recebido como o verda-      um tratamento íntimo e repleto de      stalinista era o uso indiscriminado
que trabalhava. Dziga Vertov, o          deiro e monumental progresso           anotações psicológicas para seu        de imagens das lideranças da
favorito de Lênin, com seus filmes       que realmente é, e imediatamente       filme, que descreve o reflexo dos      burocracia. Juntamente com isso,
sem roteiros, desafiava o pseudo         estimulado por toda a indústria.       grandes acontecimentos da his-         uma vez que todo clero necessita
didatismo do “realismo”                  Sempre vanguardistas, sempre           tória russa em um afastado vilarejo    de um santo, vinha a canonização
stalinista, e acabou sendo também        pioneiros Eisenstein, Pudovkin e       nos confins da Rússia.                 do grande Lênin, por sua autori-
afastado nos anos 30 para funções        Dovzhenko, entusiasmados, uni-             Um tratamento similar ocorre       dade incontestável como líder da
secundárias em filmes de propa-          ram-se em 1928 e redigiram o famo-     em diversos filmes históricos do       revolução, como ponto culminan-
ganda de produtos. O mesmo               so “Manifesto do Som” que teve         período. Muitos deles conse-           te da cultura política e intelectual
ocorreu a outros diretores da li-        repercussão internacional em sua       guem fazer uma síntese eficiente       russa, figura incomoda da qual o
nha de frente do cinema soviéti-         época. Apenas no final de 1927, a      entre o personagem coletivo e a        stalinismo não conseguia se des-
co, como Pudovkin, Kozintsev e           Warner Brothers lançava o pri-         utilização de um herói central, que    fazer. Sua imagem foi incansavel-
Trauberg.                                meiro filme falado, O cantor de        seria o foco da expressividade do      mente explorada e associada à
    Mesmo Dovzhenko, que ape-            jazz, com Al Jolson no papel prin-     realismo socialista dos anos pos-      imagem de Stalin na tentativa do
sar de seguir uma linha expressi-        cipal.                                 teriores. As principais realizações    infame pigmeu de mostrar-se
va já vinculada com a tradição              A primeira obra relevante do        dessa transição são filmes como        como legítimo sucessor do anti-
realista, tendo chegado a atacar o       cinema falado surgiu, porém, ape-      “Tchapaiev”, de 1934, dos irmãos       go líder bolchevique no poder.
vanguardismo de Eisenstein               nas em 1931. Era “O Caminho da         Vassiliev; “Os Marinheiros de              Essa operação foi acompanha-
como “excessivamente intelectu-          Vida”, de Nicolai Ekk. O jovem         Kronstadt”, de 1936, de E. Dzigan;     da também por outra transforma-
al”, acabou acusado pelo próprio         diretor seguia já naturalmente os      e “Homem com o Fuzil”, de 1938,        ção no formato dos filmes. Os
Stalin de “nacionalismo”                 preceitos realistas nos novos          de S. Yutkevitch. Em todos esses       heróis, que antes eram encarna-
ucraniano, e proibido de trabalhar       tempos, de maneira que realizou        filmes, chama a atenção o herói        dos por militantes do partido que
em seus próprios estúdios na             esse filme sem dificuldades, com       bolchevique que trabalha em con-       se confundiam com operários
Ucrânia. O que mostra que a esté-        intenções sociais e didáticas ex-      junto com outros heróis ‘inde-         comuns, nesta segunda etapa
tica do “realismo” stalinismo era        tremamente leves e vivazes. O fil-     pendentes’, geralmente operári-        passam a ser representados pelas
a menor das preocupação do “pai          me conta a história de alguns jo-      os, camponeses ou soldados             próprias                lideranças
dos povos” como Stálin era cha-          vens delinqüentes que são reco-        comuns, que se unem em torno da        bolcheviques, sobretudo Lênin e
mado pelos seus áulicos e                lhidos pela Comissão para a Infân-     luta por seus direitos políticos e     Stalin. Um número impressionan-
plumitivos em todas as áreas da          cia do Comitê Central Executivo,       acabam por descobrir a necessi-        te de filmes nesses moldes foram
cultura.                                 que começa a se mobilizar para         dade de uma rígida disciplina re-      realizados em finais dos anos 30.
    A maioria destes diretores           aacabar com o problema dos jo-         volucionária.                          Uma peculiaridade desses filmes
teve suas carreiras praticamente         vens abandonados no País. Os               Este recurso, os filmes realis-    era o fato de serem produzidos
encerradas devido ao censor ide-         garotos são inseridos dentro de        tas utilizariam até a exaustão, ter-   sempre segundo a historiografia
ológico stalinista, não conse-           uma comuna operária onde exer-         minando por substituir completa-       oficial do momento, sendo modi-
guindo mais realizar nenhuma             cem trabalhos e procuram come-         mente a multidão revolucionária        ficados ao longo dos anos confor-
obra relevante, com exceção de           çar uma vida nova fora da              pelo personagem individualizado        me a conveniência da burocracia.
Eisenstein. Mesmo ele chegou a           criminalidade. As vezes, porém o       que encarnava não só o partido         Desta maneira, foi completamen-
tentar, como último recurso, tra-        passado ressurge, com um dos           bolchevique como também a pró-         te suprimida a participação de
balhar em Hollywood, mas cons-           marginais que procura recuperar        pria revolução. Entre os diversos      Trótski, figura de proa da revolu-
tatou logo a seguir o despreparo         a influência sobre os garotos. O       filmes a utilizarem esse recurso       ção, sua figura sendo substituída,
da indústria imperialista em dige-       filme é um retrato da eficiência das   dramático, a “Trilogia de Máxi-        freqüentemente, pela do próprio
rir sua obra. Preferiu, por fim, ficar   novas políticas públicas coloca-       mo”, dirigido em parceria por          Stalin, de escasso protaganismo.
em seu País e enfrentar a burocra-       das nas mãos da população e            Grigori Kozintsev e Leonid             Nesses moldes é relevante citar os
cia stalinista. Após intensos con-       como ela conseguia resolver de         Trauberg, é um dos mais bem            filmes de M. Romm, o grande
flitos e discussões, acabou tendo        maneira eficiente seus problemas       sucedidos.                             sucesso “Lênin em Outubro”, e o
que se adaptar à nova estética           sociais. Usando o ‘realismo’ como          Realizada entre 1935 e 1937 a      posterior “Lênin em 1918”.
para continuar na ativa. Acompa-         recurso, Ekk conseguiu explorá-        trilogia é composta pelos filmes           Esta nova concepção dos he-
nhando sua carreira, pode-se tes-        lo no ele tinha de mais vigoroso e     “A Juventude de Máximo”, “A            róis soviéticos teve sua expressão
temunhar suas sucessivas tenta-          exuberante.                            Volta de Máximo” e “O Bairro de        derradeira nas obras monumen-
tivas de denunciar o governo                                                    Vyborg”, que narram o processo         tais de Mark Donskoy e de Serguei
contra-revolucionário de Stalin.         A retomada do herói                    de tomada de uma consciência           Eisenstein.
                                         individual                             revolucionária por Máximo, um              Donskoy é hoje lembrado prin-
O realismo socialista                                                           jovem de um longínquo vilarejo         cipalmente pela realização de sua
e o cinema sonoro                           Durante todo o período do           russo.                                 trilogia épica sobre a vida de um
                                         cinema mudo nos anos 20, a evo-            Esta guinada do herói coletivo     dos mais populares escritores da
   Apesar do estrito campo de            cação dos momentos históricos          para o herói individual expressa o     União Soviética: Máximo Gorki.
atuação em que os diretores tive-        recentes, como a Primeira Guerra       registro na consciência dos artis-     Sua série de três filmes sobre a vida
ram de trabalhar, ainda assim gran-      e as revoluções, de 1905 e 1917,       tas do refluxo da classe operária,     do escritor recebeu o título de
des obras puderam ser realizadas.        eram realizados num espírito de        única verdadeira força revolucio-      “Trilogia de Gorki”, e foi concebi-
   Ao mesmo tempo em que pare-           síntese, com audaciosos experi-        nária, substituída pela miragem e      da em apenas dois anos, entre
ciam os primeiros filmes                 mentos formais. Na etapa realista      pela ilusão do papel dos grandes       1937 e 1938. A descrição da brutal
sonorizados, uma grande onda de          dos anos 30 a coisa acontecia de       homens e grandes líderes.              e comovente vida do escritor foi
produções procurou adaptar-se a          maneira diversa. Em “Okraina”, de                                             dividida entre os filmes “A Infân-
esse novo e revolucionário recur-        1933, apesar da existência do per- A era do “culto à                          cia de Gorki”, “Ganhando o meu
so de comunicação. Em um país            sonagem coletivo e do personalidade”                                          Pão” e “Minhas Universidades”,
15 de Junho de 2008                           CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                          11
todos baseados nos escritos            antinazista, visando preparar os      ao pior estilo burguês-feudal.        tico. Até certo ponto, uma injus-
auto-biográficos desse que foi o       ânimos da população para a guer-      Além destes componentes, todo         tiça com o obcecado Ivan.
principal expoente da transição        ra que se armava sob a ameaça de      o filme é centrado na figura do           Mas a verdadeira cartada final
do realismo literário para a litera-   Hitler.                               “glorioso capitão” Alexandre          da megalomania de Stalin ainda
tura do século XX na Rússia.              O filme foi concluído em 1938.     Nevsky, herói nacional das            estava por se revelar. Antes do
                                       O lançamento, entretanto, demo-       Orígens do estado autocrático         início da refilmagem da segunda
A contra-revolução                     rou ainda cerca de três anos para     russo. Haveria personagens me-        parte de Ivan, Stalin comunicou a
nas telas                              acontecer. O motivo era a política    lhores a escolher...                  Eisenstein sua próxima encomen-
                                       de ziguezague da burocracia, que         Por outro lado, a parte que        da oficial. A realização do épico
   Com “Alexandre Nevsky”,             suspendeu seu lançamento ao ser       dependeu do brilhantismo de           definitivo, intitulado “Cáucaso,
Eisenstein iniciou-se também           firmado o pacto Hitler-Stalin que     Eisenstein não decepciona de          Moscou, Vitória”, que contaria os
neste terreno particularmente          entregava a Polõnia ao monstro        maneira alguma, já que o diretor      miraculosos feitos políticos do
novo para ele. Até então, o autor      nazista.                              colocou em prática, com grande        “grande pai” do povo russo, o
de “Outubro” só havia realizado           Mudanças substanciais apa-         êxito, todas suas teorias sobre a     próprio Joseph Stalin.
filmes com personagens coleti-         reciam nessa película e               articulação do som no cinema, em          Pouco tempo depois, antes de
vos, propagandistas da revolu-         correspondiam às radicais trans-      contraponto com a imagem.             mesmo de retornar ao trabalho,
ção mundial. Fazia já quase uma        formações ocorridas nos rumos            Seu último filme, encomenda-       Eisenstein teve um enfarte fulmi-
década que o cineasta não conse-       da revolução e o correspondente       do pelo “camarada timoneiro” é        nante e morreu.
guia concluir nenhum filme. To-        amadurecimento da burocracia          também um brado de revolta. O             Era já 1948, um dos períodos
dos eles interditados por ordens       soviética.                            grandioso épico “Ivan, O Terrí-       mais penosos de toda a existência
expressas de Stalin, incluindo seu        Filme é de uma impressionan-       vel”, concebido para ter três par-    do cinema soviético. Havia uma luta
“Prado de Bejin”, sob alegação         te beleza plástica, e teve a trilha   tes.                                  intensa contra o chamado
que este não se enquadrava nos         sonora composta por Serguei              Após ser ovacionado com o          “cosmopolitismo”. Um termo incer-
preceitos do realismo socialista.      Prokofiev. Mas ao contrário do        lançamento da primeira parte do       to que podia adquirir diferentes
   Já “Alexandre Nevski”, enco-        que se esperaria de um filme do       filme, o segundo acabou sendo         significados, mas que se referia a
mendado por Stalin em pessoa, foi      realismo “proletário” e “socialis-    retido pelos sensores stalinistas,    tudo o que a burocracia estatal
acompanhado de perto por agen-         ta”, ao invés de terem idealizado     que obrigou o diretor a se retratar   pudesse definir como novas dire-
tes policiais stalinistas, destaca-    uma película antinazista e prole-     pessoalmente perante o partido.       trizes para o cinema. Esses
dos especialmente para supervi-        tária, os brilhantes consultores      Nessa segunda parte de seu lon-       enfrentamentos criaram um clima de
sionar a produção do filme e evi-      políticos de Stalin acabaram por      ga, Eisenstein pintava Ivan como      temor e perseguição que desorga-
tar “deslizes desnecessários”.         realizar uma peça antialemã e ras-    um facínora, obcecado pelo po-        nizou por algum tempo toda a indús-
   O filme seria utilizado como        teiramente nacionalista, de           der, megalômano e paranóico, num      tria, e só pode se restabelecer de fato,
uma peça de propaganda                 exaltação à Grande “Mãe” Rússia,      paralelo óbvio com o líder sovié-     após a morte de Stalin, em 1953.
Semana Sindical                                                                                                        A partir das nove horas da
Mobilizações...                                                                                                    manhã, os ambulantes organiza-
                                                                                                                   dos iniciaram um protesto com
Mobilização dos camelôs toma conta do centro                                                                       cerca de 200 pessoas. Estes co-
                                                                                                                   meçaram percorrendo a rua 25 de
 Os destaques desta semana são a mobilização dos camelôs no centro                                                 março chamando os colegas a
 de São Paulo, a campanha salarial dos trabalhadores dos Correios e a                                              pararem sua atividade. Os traba-
 campanha salarial dos professores estaduais de São Paulo, além de                                                 lhadores que já estavam de so-
 diversas denúncias setoriais dos Correios de vários estados                                                       breaviso sobre o protesto e, por-
                                                                                                                   tanto, aderiram com facilidade às
Camelôs – SP                           te reprimidas pela guarda civil       sido espancada pela GCM a pon-        manifestações.
                                       metropolitana e a polícia militar,    to de ter rompido a placenta e ter        Os ambulantes portavam fai-
   Os trabalhadores ambulan-           os ambulantes resolveram reali-       sido obrigada a fazer um aborto.      xas com palavras de ordem que
tes do centro de São Paulo orga-       zar um protesto para responder           A repressão monstruosa             expressavam a sua situação,
nizavam desde o início desta           à total ofensiva repressiva de        nestes dois dias, financiada por      como “Não tememos a morte,
semana um protesto massivo             Gilberto Kassab e de sua polícia.     associações de lojistas, um cla-      tememos a miséria” e “Kassab
nesta sexta-feira.                     Nos protestos realizados na se-       ro plano destes preparando as         só governa para os empresários.
   Superando até mesmo as ex-          gunda-feira, um trabalhador am-       eleições para reeleger o prefeito     Fora GCM!”.
pectativas dos organizadores do        bulante foi morto e outros foram      da propina, teve como a gota              No início da manifestação, os
ato, que reivindicava o fim a re-      presos, o que foi completamen-        d´água entre os camelôs estes         trabalhadores também entoa-
pressão por parte da Guarda Ci-        te escamoteado pela imprensa          dois últimos casos. As manifes-       vam palavras de ordem como “O
vil Metropolitana (GCM), cerca         burguesa.                             tações desta sexta-feira foram o      camelô unido jamais será venci-
de três mil trabalhadores ambu-           Os casos de mortes na região       resultado, no entanto, de além da     do” e “Abaixo a GCM”.
lantes foram às ruas. A região         da 25 de março por parte da po-       intensidade da repressão, da              A partir das 11 horas da ma-
central foi tomada por protestos       lícia militar e a Guarda Civil Me-    destruição de todos os meios de       nhã os trabalhadores começa-
desde a manhã, que chegaram a          tropolitana são denunciados           sobrevivência da população            ram exigir que os comerciantes
se realizar em até três pontos         pelos ambulantes como uma             mais pobre da cidade pelos go-        abaixassem as portas. A Polícia
diferentes da região de forma          constante. Segundo estes, mais        vernos burgueses que se suce-         Militar formava barreiras em
simultânea.                            de seis ambulantes foram assas-       dem para saquear o povo.              frente aos estabelecimentos dos
   Após duas manifestações,            sinados desde janeiro deste ano                                             lojistas para que estes não abai-
uma realizada no último sábado         pelos carrascos da GCM.               O início dos                          xassem suas portas. No entan-
e outra na última segunda-feira,          Também nestes protestos            protestos                             to, nem a PM e nem a associação
depois de estas serem duramen-         uma trabalhadora grávida havia                                              de comerciantes formada de
15 de Junho de 2008                       CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                  12
mafiosos e bate-paus (inclusive     calçadões para despistar a polí-        Estes, no entanto, não con- da cidade com dezenas de milha-
skinheads), cujos membros in-       cia. No meio do caminho pediam       seguiram reagir.               res da ambulantes.
sistiam para que os lojistas man-   para que lojistas fechassem suas
tivessem suas portas abertas,       portas. O cenário do centro era         A Guarda Civil Metropolita-      Kassab vacilante em
conseguiram convencer os mé-        semelhante a de um campo de          na foi desmoralizada pela mani-     reprimir a
dios comerciantes a enfrentar os    guerra e a ação dos camelôs se       festação neste momento. Os tra-     manifestação
camelôs.                            realizava em uma espécie de “tá-     balhadores atiraram frutas e pe-
   A polícia militar, se sentindo   tica de guerrilha”, realizando       daços de pau em seu efetivo, que       O direitista Gilberto Kassab
acuada, prendeu um dos mani-        caminhos que surpreendiam a          apenas conseguia quando mui-        (DEM) um dos prefeitos mais
festantes por ter supostamente      polícia e protestando de surpre-     to desviar dos objetos. Neste       impopulares de São Paulo, ape-
provocado danos a uma loja.         sa contra algumas lojas.             momento os camelôs gritavam         sar de toda a sua vontade de
Após isto os trabalhadores fica-                                         palavras de ordem como “Fora        transformar a maior cidade do
ram por cerca de meia-hora em       Repressão covarde                    GCM”.                               país em uma ditadura pessoal, se
volta ao local onde a polícia       da polícia                                                               mostrou completamente impo-
mantinha o camelô cercado exi-                                              A manifestação então seguiu      tente diante das manifestações
gindo que este fosse então liber-      Próximos à prefeitura, na Pra-    novamente para outras ruas.         massivas dos camelôs. A bur-
tado.                               ça do Patriarca, os camelôs fo-         Neste momento já não eram        guesia que exigia uma repressão
   A polícia militar também to-     ram surpreendidos pela tentati-      os mesmos iniciadores dos pro-      generalizada ao setor mais opri-
mou da mão dos camelôs uma          va da polícia de impedir a sua ma-   testos que se manifestavam em       mido da cidade, literalmente jo-
bandeira de seu movimento. A        nifestação. Dois policiais em        diversos pontos da cidade, mas      gado às ruas, tem como obstá-
mesma cena então se repetiu.        uma viatura receberam então          formaram-se três grupos de ma-      culo o desenvolvimento de uma
Cerca de duzentas pessoas exi-      pedras e paus e foram obrigados      nifestantes de camelôs que ade-     ala combativa e uma tendência
giam que a polícia devolvesse a     a desobstruir o caminho e a sair     riram ao protesto, que percorri-    revolucionária surge entre os
bandeira, pressionando, esta        em retirada.                         am as ruas agora exigindo que os    desempregados assim como
em coro. Depois de cerca de 20         Ali, alguns trabalhadores,        lojistas baixassem suas portas,     surge em toda a população. Esta
minutos os policiais foram obri-    depois de ganharem confiança         o que efetivamente ocorreu em       tendência seguida de mais re-
gados a devolver a bandeira         graças à fuga da polícia, levan-     inúmeros estabelecimentos.          pressão geraria uma revolta ge-
roubada e os camelôs seguiram       taram a idéia de ocupar a sede da       A GCM e a Polícia militar cla-   neralizada e uma situação de
o protesto, que a cada momento      prefeitura de São Paulo, mas a       ramente defendiam as grandes        enfrentamento ainda maior, no
conseguia mais adesão.              maioria pressionou para que          lojas formando descaradamen-        qual claramente as forças poli-
   Os camelôs não aceitaram a       estes seguissem em outro sen-        te cordões em frente a estes es-    ciais estariam em desvantagem.
proposta da Polícia Militar de      tido, o da direção da Rua São        tabelecimentos, reforçando ain-        A direita e os grandes capita-
tomar uma única faixa da Rua e      Bento.                               da mais a prova de que esta         listas e seus governos buscam
continuaram o protesto.                Após os camelôs tomarem           guarda está sendo financiada        aumentar a repressão para con-
   A manifestação então se ex-      uma paralela desta via, a Guarda     por um pequeno grupo da média       ter estas tendências de luta que
pandiu, percorrendo diversas        Civil Metropolitana e a polícia      e grande burguesia comercian-       estão dando claros sinais de
das principais ruas do centro.      militar tentaram em conjunto         te, uma minoria que se alia à       crescimento em vários setores
Cerca de duas mil pessoas, prin-    cercar os manifestantes. Após        máfia da propina e que financia     dos mais pobres e dos mais ex-
cipalmente ambulantes das ruas      estes entrarem na rua formou-se      o armamento da guarda               plorados da classe operária e
próximas e anexas à 25 de março,    uma fileira de policiais militares   pretoriana de Gilberto Kassab       das massas. No entanto, mal co-
chegaram a aderir ao protesto.      atrás do protesto e, ao mesmo        no centro da cidade de São Pau-     meçam as manifestações de re-
                                    tempo, na esquina para retornar      lo para perseguir os camelôs.       belião contra esta verdadeira
Manifestação cresce                 à rua São Bento, um grupo de            Por volta das 14h30, termina-    ditadura,       os    governos
e ganha a adesão de                 Guarda Civis Metropolitanos,         ram os protestos, que duraram       direitistas mostram-se como o
ambulantes de todo                  em menos de dez homens atacou        quase seis horas                    que realmente são, fracos e im-
o centro                            os camelôs. Aí estes se dividi-         Este foi o maior protesto dos    populares, rejeitados pela gran-
                                    ram em dois grupos e alguns          últimos tempos, realizado no        de maioria e apoiados nos gran-
   A manifestação se expandiu       trabalhadores foram cercados         centro da cidade e, sem dúvida,     des capitalsitas, na direita e na
então para outras ruas. A Alame-    pela PM. Um deles foi derruba-       foi a manifestação mais             imprensa capitalista.
da Porto Geral foi a primeira de-   do pelos covardes policiais por-     combativa e mais politizada dos        O desenvolvimento de pro-
las na qual os camelôs agrupa-      que estava isolado do grupo.         camelôs que mostram não espe-       testos espontâneos em São Pau-
ram ainda mais pessoas.             Vários policiais em motos davam      rar terem atendidas suas reivin-    lo e outras capitais do País são
   O terminal Parque Dom Pedro      cobertura para a ação covarde.       dicações de nenhuma autorida-       a expressão de uma clara tendên-
foi o segundo destino. Este foi        Tendo tomado um golpe de          de a não ser pela força da sua      cia de crise do regime político,
tomado e então os camelôs su-       cacetete na cabeça e, cercado        mobilização. Os protestos na        aliado às cada vez mais sofríveis
biram a ladeira da Rua General      por policiais, foi agredido no       Rua 25 de março, segundo pro-       condições de vida do proletari-
Carneiro. Esta, que cotidiana-      chão covardemente. Com a che-        metem os camelôs, deverão con-      ado, especialmente aquele joga-
mente possui produtos sendo         gada de mais manifestantes, os       tinuar na próxima semana e suas     do ao desemprego. Estas mani-
expostos por ambulantes no          policiais novamente partiram em      manifestações contra as barba-      festações em São Paulo surgem,
chão e nas suas beiradas, foi       retirada.                            ridades do braço armado corrup-     como as que já ocorreram este
aberta totalmente hoje para ser        Os trabalhadores então            to e assassino da prefeitura        ano em M´Boi Mirim, quando 3
palco de protesto.                  retornaram para a 25 de março        paulistana deverão crescer com      mil pessoas tomaram umas das
   Um mar de pessoas tomava a       que estava então tomada por          adesão de camelôs de outras         principais avenidas da cidade
ladeira quase de uma extremida-     cordões policiais da GCM, da         partes da cidade. Na manifesta-     para protestar contra as condi-
de à outra. Os ambulantes segui-    Tropa de Choque, da Rocam, da        ção, podia-se notar a presença      ções calamitosas do transporte
am correndo em uma multidão         Polícia Militar e por policiais da   ostensiva de camelôs do Brás,       público além de outras manifes-
pelas vielas, ruas, passarelas e    Rota e do DEIC.                      uma das maiores concentrações       tações nas favelas contra a re-
15 de Junho de 2008                         CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                  13
pressão, como fruto da miséria        Fentect abandona                   Representantes de                    poderia fazer propaganda na te-
do povo e do aprofundamento           incorporação do                    executivos:                          levisão todos os dias em horá-
crise política da direita tradicio-   abono de 30% para                  Vergonha!                            rio nobre contra a política de de-
nal. Estas tendências revoluci-       apoiar mais um                                                          missão e privatização da direção
onárias são, não coincidente-         golpe da empresa                      A Fentect enviou documen-         da ECT e do governo Lula e ain-
mente, canalizadas neste mo-                                             to aos sindicatos informando         da sobraria dinheiro para carta-
mento pelos setores que sofrem           Na verdade já estão negoci-     que cada delegado enviado à          zes, adesivos, camisetas, jornais
mais diretamente com a crise          ando a proposta do ADICIO-         Brasília para o Conrep – Conse-      e carros-de-som e muito mais
econômica, como a inflação dos        NAL DE COLETA E DISTRI-            lho de Representantes – deverá       para se realizar uma vigorosa
alimentos e com a política de         BUIÇÃO.                            ser custeado com R$ 1.800,00,        campanha em defesa do empre-
rapina no País. Este é o caso da         Ficam repetindo, como bons      ou seja, o valor correspondente      go e dos salários dos trabalha-
população que sofre nos merca-        puxa-sacos da direção da ECT,      à cerca de 3 meses de salário de     dores ecetistas. Com este mes-
dos com o aumento do preço do         que “o Ministro disse que está     um trabalhador que ganha o piso      mo dinheiro poderiam ser reali-
alimento e é o caso dos campo-        trabalhando junto ao Ministério    da categoria, para que o delega-     zados vários outros econtros
neses sem-terra que estão sen-        do Planejamento para efetivação    do participe de um encontro que      nacionais para organizar a cam-
do atacados por novas leis de         do acordo, porém, mesmo que        durará três dias.                    panha salarial.
concessão ao latifúndio para          não consiga efetivar até o final      O Conselho de Representan-            O bando dos quatro (PT,
que este tome as terras dos cam-      do mês, o mesmo será pago ain-     tes será realizado no Hotel Na-      PCdoB, PSTU e PSOL), por es-
poneses para transferir tudo que      da como abono.” (Informe           cional, um dos mais caros e lu-      tar no bolso da empresa, não
é plantado como riqueza               Fentect nº 45).                    xuosos do distrito federal co-       quer que os trabalhadores se or-
energética para os EUA e outros          Companheiro ecetista, veja o    nhecido pela presença constan-       ganizem, já fizeram as assembléi-
países imperialistas.                 nível de canalhice do Bando dos    te de executivos de grandes em-      as que escolheram os delegados
   A tendência revolucionária         Quatro.                            presas e o preferido de muitos       escondidos dos trabalhadores
nestes setores da classe operá-          Abriram mão do direito da ca-   deputados mensalões para gas-        promovendo uma verdadeira
ria e do proletariado são um pre-     tegoria ao Termo de Compromis-     tarem o dinheiro do povo com         fraude, como a assembléias de
núncio do alastramento desta          so assinado pelo presidente da     “seus” cartões corporativos. A       SP e RJ e agora querem um
tendência no conjunto das clas-       ECT e o ministro das comunica-     distribuição do dinheiro dos tra-    Conrep de festa, farra e muita
ses exploradas, em particular ao      ções e estão discutindo um novo    balhadores em ano ano eleitoral,     corrupção para justamente faci-
poderoso contingente da clas-         acordo, que todo mundo sabe        mostra que os “sindicalistas” do     litar o ataque da direção da ECT
se operária industrial que já co-     será mais uma traição da catego-   Bando dos Quatro são fiéis imi-      nesta campanha salarial, na qual
meça a dar os primeiros sinais de     ria.                               tadores dos deputados corrup-        a empresa quer oficializar o
que está se colocando em movi-           Recusaram-se sequer a entrar    tos do congresso nacional.           PCCS do Cargo Amplo, a políti-
mento.                                na Justiça com ação exigindo da       Na categoria dos correios o       ca de demissão pelo GCR e pelo
   Esta situação guarda muita         empresa a incorporação do abo-     piso salarial é pouco mais de R$     absenteísmo, não reajustar os
semelhança ao ascenso operá-          no no mês de abril e já estão se   600,00,ou seja, vão gastar em        salários, dar o calote no adicio-
rio no País atrasem meados dos        acertando com a empresa para       apenas três dias de farra, o que     nal de risco dos carteiros, tudo
anos 80, e depois de um período       aceitar o ADICIONAL DE COLE-       o trabalhador ganha trabalhan-       isso para preparar a privatização
do refluxo, resultado da derrota      TA E DISTRIBUIÇÃO, isto é, a       do duramente durante três me-        da empresa.
da greves de 79 e 80 em São           aceitação das metas e resulta-     ses. Os brameiros, “lutadores da         - Abaixo o Conrep mensalão
Bernardo e no sindicato dos           dos do GCR (Gerenciamento de       categoria” vão torrar o salário de   da Fentect;
metalúrgicos de São Paulo.            Competência de Resultados) e       três meses de vários trabalhado-         - Por um verdadeiro Congres-
Aquele refluxo se encerrava com       da política de absenteísmo da      res em um Hotel cinco estrelas,      so dos trabalhadores dos Correi-
a retomada das lutas a partir dos     empresa.                           com piscina aquecida com ser-        os,       com      assembléias
saques de Santo Amaro promo-             O governo está impondo o        viço de bar, sauna seca e a va-      convocadas amplamente nas
vidos pelos desempregados, em         não cumprimento do adicional       por, hidromassagem, ducha es-        bases, longe de hotéis de luxo,
atos muito semelhantes aos atu-       de risco dos trabalhadores com     cocesa, massagem do-in, boate        antro de corrupção da política
ais.                                  total apoio da Federação, que      à meia luz e ....tudo que se pode    patronal;
   Desenvolve-se uma tendên-          enquanto isso negocia “a qua-      comprar numa boate.. Um verda-           - Que o dinheiro dos traba-
cia clara à reorganização dos         tro paredes” o Plano de Cargos,    deiro escândalo                      lhadores seja usado na organi-
trabalhadores brasileiros e quem      Carreiras e Salários (PCCS) de                                          zação da luta da categoria pelas
expressa esta reorganização são       implementação do cargo amplo,      Gastar o dinheiro                    suas reivindicações e não para
em primeiro lugar os setores          entregando uma luta de décadas     destinado da luta                    engordar os sindicalistas
menos controlados pela buro-          da categoria contra a ECT e os     para não lutar                       mensalões do bando dos quatro
cracia sindical pelega e o setor      governos burgueses de Collor,                                           (PT, PCdoB, PSTU e Psol).
mais sofrido do conjunto da           Itamar, FHC e Lula.                   No Conrep serão181 delega-
população.                               Na realidade, estão todos em    dos, 36 observadores e mais os       Professores
   É preciso apoiar, impulsionar,     conluio (governo e Bando dos       convidados do Bando dos Qua-         APEOESP: Diretoria
organizar e dotar estas lutas de      Quatro) contra os trabalhadores.   tro e a diretoria da Fentect, ou     unificada para
um programa claro de reivindi-           - Pelo cumprimento do Termo     seja, quase 250 pessoas, cada        tentar impedir a
cações imediatas, de luta pela        de Compromisso com incorpora-      uma pagando 1.800,00 reais para      vitória da greve
centralização das mobilizações        ção do abono e pagamento retro-    montar o circo do Conrep. O total
operárias e por um governo pró-       ativo do Fundo de Garantia, apo-   dos gastos será de aproximada-          Mais de cinco mil professo-
prio da classe operária das cida-     sentadoria e demais direitos que   mente de 450 mil reais, isto é,      res reunidos em Assembléia
des e dos trabalhadores do cam-       derivam da incorporação do         quase meio milhão de reais, um       Geral da APEOESP (Sindicato
po.                                   abono aos salários.                verdadeiro roubo do dinheiro da      dos Professores do Ensino Ofi-
                                                                         categoria.                           cial do Estado de São Paulo)
Correios: Traição:                    Conselho de                           Com este dinheiro a Fentect       aprovaram o início da greve da
15 de Junho de 2008                  CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                      14
categoria, nesta sexta-feira (13/                        tor mais conservador da cate-    greve deve ser comandada pelo
                        O decreto de Serra passou a
06), na Praça da República, São                          goria) que eles mesmos decla-    Conselho e Representantes,
Paulo.               vigorar em 28/05, em pleno pro-     raram ser mais de 40% dos as-    formado por uma maioria de fura-
                     cesso eleitoral do Sindicato. As
   Depois de uma série de “as-                           sociados nas subsedes onde       greves ligada à diretoria do Sin-
                     duas alas que compõem a dire-
sembléias” de mentirinha reali-                          eles detêm a maioria de eleito-  dicato).
                     toria (chapa 1, do PT e PCdoB
zadas pela diretoria (com menos                          res.                                 Além disso, tratou de deixar
                     e chapa 2, PSTU e PSOL), man-
de mil professores), a                                      A decisão da burocracia de    de lado na mobilização a luta por
                     tiveram suas campanhas eleito-
mobilização e a decisão a favor                          encaminhar a aprovação da gre-   questões centrais para a catego-
                     rais tranqüilamente sem se im-
da greve foram a expressão con-                          ve está diretamente ligada ao    ria. Na sua pauta, diante do vi-
                     portar, de fato com o ataque.
tida da revolta da categoria con-                        fato de que as eleições foram um olento arrocho salarial, aparece
                     Nas minúsculas reuniões de re-
tra o governo José Serra (PSDB),                         termômetro da revolta da cate-   apenas a reivindicação de “rea-
                     presentantes de Escolas orga-
principalmente, diante do decre-                         goria contra a burocracia e o go-juste salarial”, sem qualquer ín-
                     nizadas pela diretoria no último
to 53037/08 que estabelece, en-                          verno que eles, de fato, apóiam  dice mostrando a pré-disposi-
                     dia 3, os professores foram
tre outras medidas de ataque à                           (cuja temperatura eles sabem ao  ção de negociar qualquer esmo-
                     aconselhados pela burocracia e
categoria, a possibilidade de                            certo a que nível chegou).       la com o governo que possa ser
                     pelos seus advogados de que
demissão de mais de 72 mil pro-                             Isso ficou evidente, também   usada para acabar com a
fessores             o decreto criava restrições ape-
                   temporários                           na expressiva votação da Opo-    mobilização.
                     nas à transferência dos efeti-
(“ACT’s”), por meio da criação                           sição de Verdade (chapa 3) que       Tudo isso foi encaminhado
                     vos, que estavam sendo anali-
de concursos “simplificados”                             alcançou entre 5 e 21% em mais   em perfeita harmonia não só pe-
                     sadas medidas jurídicas, que
para contração de professores                            de 22 regiões da capital, Gran-  las duas alas da burocracia que
                     caberiam recursos coletivos e
(desprezando-se ou desvalori-                            de SP e Interior do Estado,      integram transformaram o Sindi-
                     individuais, ou seja, de que não
zando-se a classificação através                         mesmo com toda a fraude,         cato em um Condomínio pelego,
                     se tratava de algo tão desastro-
de pontos obtidos por tempo de                           agressões e cerceamento de       dominado pelo PT e PSTU/Psol,
                     so assim.
trabalho) e a criação de barreiras                       sua campanha pela burocracia.    como também pelos seus satéli-
                        Como de costume, os parla-
à remoção e transferência tem-                                                            tes regionais que participam da
porárias (dos cargos dos seus
                     mentares de “esquerda” vincu-       Não podendo                      burocracia através da sua pre-
atuais locais de trabalho) dos
                     lados a esta burocracia, Carlos     impedir a greve,                 sença consentida na administra-
mais de 140 mil professores efe-
                     Giannazi (PSOL) e Roberto           buscam contê-la                  ção de algumas das 94 subsedes
                     Felício (PT) apresentaram pro-
tivos, como um dos mecanismos                                                             da APEOESP (alguns dos quais
                     jetos de decreto legislativo pro-
de pressão para que estes peçam                             Ciente da revolta e vendo a integravam a Chapa 4, nas últi-
                     pondo a revogação do decreto
demissão ou se submetam total-                           disposição da categoria, mesmo mas eleições).
                     53037 como forma de abrir um
mente às condições draconianas                           diante do tradicional esquema
de trabalho impostas pelo go-
                     desvio para uma possível            da burocracia para conter a O caminho a seguir
verno.               mobilização da categoria em di-     mobilização, esta resolveu
                     reção ao covil da Assembléia
   O decreto é o estopim de uma                          posicionar-se pela greve, que        A tendência de luta dos pro-
                     Legislativa, tal qual se deu em
crise cujo centro é a profunda                           seria aprovada na Assembléia, fessores atingidos pelas medi-
                     outras mobilizações derrotadas
degradação das condições de                              seja qual fosse a posição da di- das de Serra e, de uma certa for-
                     da categoria, como no caso da
vida e de trabalho do professo-                          retoria.                         ma, do conjunto do magistério,
                     SPPREV, em 2007.
rado paulista. Seus salários per-                           A diretoria, PT-PSTU, tomou, é um fato incontestável. A cate-
                        Ao contrário da corrente dos
deram mais de 70% do seu poder                           no entanto, uma série de medi- goria está se organizando com
                     professores da Corrente Sindi-
aquisitivo nas últimas três déca-                        das que visam claramente impor uma rapidez surpreendente e
                     cal Causa Operária (chapa 3,
das (o piso que já foi equivalen-                        limites à mobilização: impediu a começa a ultrapassar os meca-
                     PCO) que fizeram da denuncia
te a R$ 3.000, hoje é de R$ 800),                        oposição (PCO) de falar na As- nismos de contenção da buro-
                     do projeto o ponto central de
encontram-se “congelados” há                             sembléia (com uso de seguran- cracia PT-PSTU. No entanto,
                     sua atividade (inclusive, no
três anos e não tiveram qualquer                         ças e as suas típicas provoca- ainda agora, esta tendência é
                     processo eleitoral) as chapas
reajuste em 13 anos dos 14 de                            ções policiais) – e ainda anun- apenas uma tendência porque o
                     da diretoria mal tocavam no
governos tucanos, desde a pos-                           ciou que estavam falando todas imenso aparelho burocrático da
                     assunto, procurando realizar as
se de Mário Covas, em 1995.                              as “forças” da categoria; propôs direção da entendida atua como
                     eleições como um processo
   Como parte do verdadeiro                              o início imediato da greve, sem um enorme freio a esta
                     descolado da realidade da cate-
apagão imposto à Educação, em                            qualquer preparação (para difi- mobilização, desinformando,
                     goria, no qual sob intensa frau-
São Paulo e em todo o País, os                           cultar uma adesão massiva); dispersando e paralisando a
                     de buscaram conter a revolta da
governos estadual e federal, im-                         marcou a próxima assembléia vontade de luta da categoria.
                     categoria.
puseram ainda um desemprego                              para uma semana depois (20/06);      É preciso fazer chegar a cada
em massa, por meio da   u Mesmo em meio a este           propôs a realização de ato co- professor o esclarecimento de
                     processo burocrático, a revol-
municipalização de mais de três                          mum de um ato comum com os que a diretoria PT-PSTU está
                     ta da categoria se manifestou
mil escolas, a desmoralização do                         sindicatos patronais de direto- planejando o enterro da
                     também no terreno eleitoral.
processo educacional por meio                            res (Udemo) e supervisores mobilização para aprovar as me-
                     Mesmo nos números fabrica-
da “aprovação automática”, a                             (Apase) que, no ano passado, didas draconianas de Serra.
                     dos pelas chapas da diretoria,
superlotação das salas de aula e                         usaram a mobilização dos pro-        Sobre a base deste esclareci-
                     esta realidade se expressou (ain-
um conjunto de outras medidas                            fessores para conseguir reajus- mento é preciso, a partir das esco-
                     da que com distorções). Mais
contra os trabalhadores da Edu-                          tes para si e, depois, sabotar a las e das regiões, mobilizar ampla-
cação.               de 60% dos associados não           mobilização “unitária” e nem mente os professores não apenas
                     votaram. E a chapa majoritária      sequer considerou a proposta de para a greve, mas principalmente
As eleições          (do PT) apresentou um “apoio”       eleger um comando de greve na para a realização de assembléias
mostraram a revolta minúsculo de cerca de 6% dos         assembléia (alegando que a massivas que possam determinar
contra o governo e a professores da categoria. Isso,     mesma fere o estatuto da o rumo da luta contra a traição da
burocracia           incluindo, os aposentados (se-      APEOESP, que determina que a burocracia PT-PSTU.
15 de Junho de 2008                             CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                      15


Novidades da Livraria do PCO

Veja aqui nesta semana, obras comentadas de Machado
de Assis, Emily Brontë e Anais Nin
    Nesta Edição Especial de Do-         reio Sul”, também é comentado             Da escritora inglesa Emily        PCO.
mingo de quinze de junho, a seção        nesta edição.                          Brontë comentamos sua única obra        Todos estes títulos aqui em
de Novidades na Livraria do PCO              Uma autobiografia da escritora     em prosa lançada, “O Morro dos       destaque e mais um acervo de mais
traz 10 títulos selecionados do          Anais Nin, “Henry and June”, tam-      Ventos Uivantes”.                    de 7.500 títulos da Livraria do PCO
acervo de mais de 7.500 obras dis-       bém é apresentada.                        O polêmico livro de Irving        podem ser adquiridos na página da
poníveis na livraria.                        De Lawrence Durrell apresen-       Wallace, “Os Sete Minutos”, tam-     livraria         na        internet
    Entre as resenhas desta sema-        tamos o romance “Livia” - O Enter-     bém é comentado na edição deste      (www.pco.org.br/livraria), pelo
na apresentamos “Toia”, do escri-        ro da Vida”.                           domingo.                             telefone (11) 5589-6023 ou pelo
tor Vianna Moog. Do escritor fran-           Da escritor César Arruda Cas-         Por fim apresentamos o livro do   endereço Avenida Miguel
cês Alexandre Dumas temos o co-          tanho comentamos a obra, “Apito        escritor brasileiro Jorge Amado,     Stéfano, 349 – Saúde, São Paulo.
mentário do livro, “A Tulipa Ne-         de Trem”.                              “Tereza Batista Cansada de Guer-     Os títulos também podem ser ad-
gra”.                                        Apresentamos também o con-         ra”.                                 quiridos pelos endereços eletrôni-
    O primeiro livro do escritor fran-   to “O Califa” do escritor brasileiro      Confira também uma lista com      cos: www.estantevirtual.com.br e
cês Antoine Saint-Exupéry, “Cor-         Machado de Assis.                      outras 50 novidades na Livraria do   www.sebosonline.com

“Correio Sul” - Antoine de Saint-Exupéry                                                                                 Sua obra mais conhecida é “O
                                                                                                                     Pequeno Príncipe”, uma história
    “Correio Sul”, publicado em          sua vida, solidão, silêncio e isola-   encontrava dificuldades em lidar     infanto-juvenil que revelaria seu
1929, é uma história de aventura         mento, cercado pelo mar e pelo         com a disciplina e a realidade.      lado mais poético. Alguns críticos
escrita enquanto Saint-Exupéry           deserto. Numa situação precária        Entre devaneios e fantasias,         relataram que “O Pequeno Prínci-
voava a rota entre Casablanca e          e acompanhado do mecânico              Exupéry escrevia poesias.            pe” além de um “conto-de-fadas”,
Dakar.                                   Totó, Antoine conseguiu cumprir            Iniciou o serviço militar em     é uma carta de amor de Exupéry (o
   Em 1927, Antoine de Saint-            sua missão e conquistar a confi-       1921 no 2º Regimento de Aviação      aviador e príncipe) para sua espo-
Exupéry recebeu a missão de as-          ança dos militares espanhóis.          de Estrarburgo, depois de ser re-    sa (a rosa), numa tentativa de re-
sumir uma base da empresa Cape              Foram essas as experiências         provado nos exames para a Esco-      conciliação e de entender as reais
Juby com o objetivo de resgatar          que lhe serviram de base para          la Naval. Em 1922, recebeu o brevê   diferenças do casal.
pilotos franceses civis que caís-        escrever seu primeiro livro, “Cor-     para pilotar, com o posto de             Faleceu durante uma missão
sem no deserto entre Casablanca          reio Sul”, sobre uma tábua apoi-       subtenente da reserva militar. Em    de reconhecimento sobre
e Dakar. A situação era                  ada em dois barris.                    1926 foi admitido na Sociedade       Grenoble e Annecy, em que, de-
emergencial, isso porque os pilo-           Depois do trabalho bem feito,       Latécoère de Aviação, onde co-       pois de um tiroteio seu avião teria
tos não podiam contar com o              Antoine foi condecorado e con-         meçou então sua carreira como        caído e sumido, assim como o
auxílio das forças espanholas em         fiado para mais uma missão, des-       piloto de linha. Suas primeiras      “Pequeno Príncipe” em sua histó-
território dissidente. Muitos de-        sa vez deveria abrir novos cami-       missões o incentivaram a escre-      ria.
les eram torturados e degolados          nhos para a mesma companhia            ver, nessa época publicou “Cor-
no deserto.                              aérea na costa da América Latina.      reio Sul” e anos depois “Vôo
   Antoine foi escolhido justa-                                                 Noturno”, ambos relatos de expe-
mente por se encaixar no perfil           O autor                               riências do piloto.                Título: Correio Sul
ideal da missão: diplomacia com                                                     Suas obras foram caracteriza-  Autor: Antoine de Saint-
os militares espanhóis, coragem              Antoine de Saint-Exupéry           das por alguns elementos em Exupéry
e disposição para voar. O piloto         nasceu em Lyon, França, no ano         comum, como a aviação e a guer-    Gênero: Romance biográfico
deveria obter permissão para a           de 1900. Viveu no castelo de           ra. Escreveu também para revistas  Editora: Nova Fronteira
construção de uma pista de pou-          Madame Tricaud, sua tia avó,           e jornais da França, entre as      Idioma: Português
so no deserto para resgatar seus         devido à morte prematura de seu        temáticas estava a guerra civil    Encadernação: Brochura
companheiros. Foi nesse período          pai. Seu melhor amigo era um velho     espanhola e a ocupação alemã da    Número de Páginas: 130
que viveu uma das piores fases de        fogão. Quando jovem emergia            França.                            Preço: R$ 10,00


“Livia - O Enterro da Vida” - Lawrence Durrell
    “Livia” faz parte do conjunto de     recheado de jogos sexuais, comple- nascido na Índia, estudou em vári-       anos e editou um pequeno magazi-
obras “Quinteto de Avignon”, tam-        xidade psicológica, personagens as escolas, porém, sem muito suces-         ne, “Booster”, mais tarde chamado
bém composto pelos livros                marcantes e erotismo.                so, mudou-se para a França em 1930,    por “Delta”.
“Monsieur,          “Constança”,                                              onde começou sua carreira de es-           Serviu na guerra em 1939 no
“Sebastian” e “Quinx”. O “Quinte-        O autor                              critor.                                serviço diplomático inglês no Cai-
to de Avignon”, lançado entre 1974                                                Com a morte do pai, deslocou-      ro e em Alexandria. Depois da guer-
e 1985, é a construção de um enig-          Lawrence Durrell foi discípulo se para a Grécia, acompanhando sua        ra, continuou no serviço diplomá-
ma subdividido em cinco partes e         de Henry Miller. Escritor britânico, mãe, onde permaneceu por cinco         tico em cidades da Europa Oriental
15 de Junho de 2008                           CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                          16
e Oriente Médio, também foi diretor    maioria de seus romances.                                                        Editora: Nova Fronteira
do British Council Institute, Argen-      Escreveu obras como “O Livro                                                  Idioma: Português
tina nos anos de 1947 e 1948.          Negro”, “Agon”, “Justine”,                Título: Lívia – O Enterro da Vida      Encadernação: Brochura
   Foi no Chipre, Mediterrâneo,        “Balthazar”, “Mountolive”, “Clea”         Autor: Lawrence Durrell                Número de Páginas: 294
como embaixador que ambientou a        e “O Quinteto de Avignon”.                Gênero: Literatura Estrangeira         Preço: R$ 12,00


“O Apito do Trem” - César Arruda Castanho                                                                          Escreveu, também, dois livros de
                                                                                                                   poesia: “Mar de Espanto” e “Po-
                                                                                                                   emas da Rua Andrade” e um dici-
    “O Apito do Trem” é o segun-                                                                                   onário que resume todas as corren-
                                          Participou da fundação de um        Brasília, foi crítico literário,
do romance do paulistano César                                                                                     tes filosóficas, “Dicionário Uni-
                                       dos primeiros jornais de bairro do     colunista do jornal “A Última
Arruda Castanho. Filho de profes-                                                                                  versal de Idéias”.
                                       Brasil, o “Jornal Pinheiros”, em       Hora” e diretor da “Relatório Re-
sores, passou grande parte de sua                                                                                     Faleceu em 1999, aos 81 anos.
                                       1939 e ajudou a fundar o periódico     servado”, revista especialista em
infância em Aireópolis e Duartina,     “A Rua”.                               economia e finanças.
mas foi em Tietê que começou a                                                                                        Título: O Apito do Trem
                                          Foi eleito vereador de São Pau-        Durante toda a sua vida dedi-
aprender o ofício de dentista. Mas,                                                                                   Autor: César Arruda Castanho
                                       lo em 1953 e três anos depois,         cou-se a literatura e ao teatro. Es-
por causa do trabalho do pai,                                                                                         Gênero: Literatura Brasileira
                                       deputado estadual, mas teve seus       creveu dois romances “Um Pingo
mudou-se par a Capital em 1934, e                                                                                     Editora: Clube do Livro
                                       direitos cassados durante a dita-      no Mapa” e “O Apito do Trem”, e,
passou a morar na Vila Madalena,                                                                                      Idioma: Português
                                       dura militar em 1969.                  entre as peças, duas foram ence-
onde trabalhou num escritório de                                                                                      Encadernação: Brochura
                                          Formado em Jornalismo pela          nadas: “As Violetas Nascem por
advocacia.                                                                                                            Número de Páginas: 150
                                       Pontifícia Universidade de             Vontade de Deus” e “Os Anjos”.
                                                                                                                      Preço: R$ 6,00


“O Califa” - Machado de Assis órfão de mãeum operário mestiço e
                                 Filho de
                                           desde muito cedo, foi
                                                                                                                     como censor teatral, apesar de não
                                                                                                                     receber nenhuma remuneração,
                                                                              cronista, contista, dramaturgo,        manteve-se no cargo pelo acesso
    “O Califa” é um conto árabe de     dasse arrancar o nariz de todos        jornalista, poeta, novelista, roman-   livre aos teatros.
Machado de Assis. O califa             seus súditos. A idéia “original”       cista, crítica e ensaísta.                 Em 1864, publicou seu primeiro
Schacabac, cheio de virtudes, era      veio carregada de premonições e            Apesar da saúde frágil             livro de poesias, “Crisálidas”. E seu
estimado por seus súditos, princi-     argumentações. Outro sugeriu que       (epilético e gago), trabalhou des-     primeiro romance foi “Ressurrei-
palmente por ser um dos homens         os impostos fossem pagos volun-        de criança. Primeiramente na igre-     ção”, publicado em 1872.
mais capazes de Platina.               tariamente. Mas o califa achou         ja Lampadosa, do morro do Livra-           Machado é considerado um
    Responsável por fundar a po-       melhor estudar mais a proposta,        mento, e depois como doceiro num       dos criadores da crônica no Brasil,
lítica de conciliação entre as fac-    seria mais recomendável que o          colégio do bairro, onde, supõe-se      além de ter traduzido importantes
ções do Estado, também incenti-        fosse feito próxima à vinda do         que tenha aprendido a ler devido       obras, como “Os Trabalhadores
vava as artes e as letras, protegia    Anticristo.                            ao contato com os professores e        do Mar”, de Victor Hugo e o poe-
a indústria e o comércio. Crente,          Assim, de proposta em propos-      alunos. Foi como doceiro que tam-      ma “O Corvo”, de Edgar Allan Poe.
empreendedor e jovem, tratava de       ta, o vizir se manifesta. Em um lon-   bém aprendeu o francês.                    Sua obra vêm sendo estudada
perdoar os “rebeldes” de seu go-       go raciocínio, propõe que as por-          Aos 16 anos, publicou seu pri-     por críticos de todo o mundo. Seu
verno.                                 tas de Platina fossem trancadas. O     meiro trabalho literário, o poema      estilo tem inspirado muitos escri-
    Porém, numa determinada noi-       motivo? A originalidade de não ter     “Ela”, na revista “Marmota             tores brasileiros e suas obras adap-
te, um anão amarelo lhe apareceu       motivos.                               Fluminense”. E um ano , em 1856,       tadas para a televisão, o teatro e o
em seus sonhos recomendando-o                                                 consegue o emprego de tipógrafo        cinema.
que fosse original, oferecendo          O autor                               na Imprensa Nacional. Nessa épo-
assim, um prazo de um ano e um dia                                            ca, conhece Manuel Antônio de             Título: O Califa
para cumprir o preceito, se não o                                             Almeida, autor de “Memórias de            Autor: Machado de Assis
fizesse, cairia num abismo, onde           Joaquim Maria Machado de           um Sargento de Milícias”, que se          Gênero: Literatura Brasileira
morreria de fome, sede, desespero      Assis nasceu no Rio de Janeiro em      torna seu protetor.                       Editora: Clube do Livro
e solidão.                             1839. Considerado um dos mais              Seu primeiro livro impresso foi       Idioma: Português
    Alguns dias depois, o califa       importantes nomes da literatura        “Queda que as mulheres têm para           Encadernação: Brochura
convoca seus conselheiros. Um          brasileira e o maior escritor negro    os tolos”, onde aparece como tra-         Número de Páginas: 158
deles lhe recomendou, que man-         de todos os tempos.                    dutor. E, no ano de 1862, trabalhou       Preço: R$ 6,00


“O Morro dos Ventos Uivantes” - Emily Brontë
     “O Morro dos Ventos               mental e violência física, sem con-    a solidão.
Uivantes” é considerada uma das        templações para com os defeitos            O livro, lançado em 1847, foi         Emily Jane Brontë nasceu em
histórias mais sombrias que já         e traumas humanos, o livro foi         adaptado para o cinema por duas        Thornton, Inglaterra, no ano de
existiu.                               escrito às vésperas da morte pre-      vezes. A primeira versão, de 1938,     1818. Sob o pseudônimo de Ellis
   O romance relata uma história       coce de Emily Brontë, que viveu        foi de sucesso absoluto. A obra,       Bell, foi escritora e poetisa.
de amor cruel e apaixonante. Um        em uma região quase inóspita da        a princípio rejeitada por incomo-         Irmã mais nova de Charlotte
misto de sensualismo, ódio, sadis-     Inglaterra. Uma região agreste,        dar a “moral burguesa” só foi re-      Brontë, foi incentivada pelo pró-
mo descrevem de maneira brutal         desolada e selvagem varrida pe-        conhecida como um clássico da          prio ambiente familiar. Seu pai foi
paixões além da morte, exploração      los ventos, esse ambiente não          literatura depois de décadas.          curador em 1820, e em meio aos
e abuso infantil.                      impediu que a autora encontras-                                               montes de livros, seu talento flo-
   Recheado de cenas de tortura        se prazeres, mesmo que em meio          A autora                              resceu.
15 de Junho de 2008                           CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                      17
   Depois da morte da mãe, o           ram, exceto por alguns poemas. se na cidade de Yorkshire, Ingla-              Gênero: Literatura Estrangeira
conjunto de cinco filhos passou           “O Morro dos Ventos terra.                                                 Editora: Martin Claret
a criar um universo próprio, inspi-    Uivantes” é sua única obra em                                                 Idioma: Português
ração para vários de seus roman-       prosa publicada.                  Título: O Morro dos Ventos                  Encadernação: Brochura
ces. Poucos dos trabalhos de              Emily morreu em 19 de dezem- Uivantes                                      Número de Páginas: 404
Emily deste período sobrevive-         bro de 1848, vítima de tuberculo- Autor: Emily Brontë                         Preço: R$ 18,00


“Os Sete Minutos” - Irving Wallace                                                                                partir do romance “The Seven
                                                                                                                  Minutes” e “The Man”, por
                                                                             Mundial, serviu na Força Aérea       Joseph Sargent.
     “Os Sete Minutos” é o roman-      Como agravante, o livro teria in-
                                                                             como escritor para a imprensa e         Em 1972, voltou a trabalhar
ce mais polêmico de Irving             fluenciado um caso de estupro
                                                                             cinema militares, escrevendo si-     como repórter, noticiando nos
Wallace. Clássico erótico que          brutal seguido de homicídio de
                                                                             multaneamente para revistas          periódicos “Chicago News” e
marcou época, trata de temas           uma jovem.
                                                                             como “American Legion Magazi-        “Sun Times”, cobrindo conven-
controvertidos como a pornogra-            A trama é um suspense que
                                                                             ne” e a “Liberty”.                   ções dos partidos Democrático e
fia.                                   relata a batalha entre a censura e
                                                                                A partir de 1948 passou a tra-    Republicano. Nesse mesmo ano
    O livro começa com a prisão de     a liberdade de expressão.
                                                                             balhar como argumentista para a      publicou “The World” e sete anos
um pacato livreiro, Ben Fremont,
                                                                             indústria Hollywoodiana, escre-      depois, publious “The Pigeon
da livraria Fremont, que vende          O autor
                                                                             vendo junto a Horace McCoy,          Project”. Em 1984, publica “The
exemplares do “livro mais porno-
                                                                             títulos como “The West Point         Miracle”. Irving Wallace morreu
gráfico que já foi escrito depois         Irving Wallace nasceu em
                                                                             Story”, “Bad To Each Other” e        em 1990 na cidade de Los Angeles
que Gutember inventou a impren-        Chicago no ano de 1916. Filho de
                                                                             “Jump Into The Hell”.                vítima de um cancro no pâncreas.
sa”. O código penal da Califórnia      russos, com quinze anos de idade
tratada em seu artigo 311, que o       deu início a uma carreira como           Seu primeiro romance, “The
                                                                             Sins Of Philip Fleming” foi publi-      Título: Sete Minutos
referido livro pode ser considera-     jornalista, publicando regular-
                                                                             cado em 1959, seguido de “The           Autor: Irving Wallace
do “material obsceno”, logo é um       mente artigos em publicações
                                                                             Chapman Report” e, em 1962,             Gênero: Suspense
objeto atentador da moral e dos        periódicas. Depois dos estudos
                                                                             “The Prize”.                            Editora: Rio Gráfica
bons costumes de toda a popula-        em Escrita de Criação no Instituto
                                                                                Grande parte de sua obra foi         Idioma: Português
ção. A história, supostamente,         Williamns, passou a trabalhar
                                                                             adaptada para o cinema, com des-        Encadernação: Brochura
seria a devassa de um “tarado          como jornalista independente,
                                                                             taque particular para o filme rea-      Número de Páginas: 634
sexual” que resolveu escrever          sendo inclusive correspondente.
                                                                             lizado em 1971 por Russ Meyer a         Preço: R$ 7,00
seus devaneios em noites de amor.         Durante a Segunda Guerra

“Tereza Batista Cansada de Guerra” - Jorge Amado
    “Tereza Batista Cansada de         comando de seu dono, capitão                                               obras, que compõe um conjunto
Guerra”, 1972, é a história de mais    Justiniano Duarte da Rosa, expe-       O autor                             de 49 livros.
uma das fascinantes persona-           rimenta a servidão. Cansada de                                                Em 1945 foi eleito deputado
gens de Jorge Amado. Tereza tem        guerra, mata seu algoz, é presa,          Jorge Leal Amado de Faria,       federal pelo PCB. Casado com
uma personalidade indomável e          enviada a um convento e, final-       nasceu em Itabuna no ano de 1912.    Zélia Gattai, teve dois filhos: João
imprevisível. Sua vida, desde a        mente, cai num bordel. Passa,             Um dos autores brasileiros       Jorge, sociólogo e Paloma.
infância, foi uma privação da liber-   então a viver com Emiliano Guedes     mais famosos e traduzidos passou        Ficou exilado durante os anos
dade, mas a moça está disposta a       um amor quase filial. Com a morte     a maior parte de sua infância em     de 1941 e 1942 na Argentina e no
chocar contra as convenções e se       desse, Tereza Batista prostitui-se,   Ilhéus, município que lhe serviu     Uruguai e em Paris nos anos de
rebelar contra os destino que lhe      lutando contra a polícia em favor     de inspiração para vários de seus    1948 a 1950. Também refugiou-se
tentam impor.                          de suas companheiras.                 romances.                            em Praga (1951 a 1952).
   Fortalece-se de seu valor en-          Desilude-se do amor, pega              Estudou na Faculdade Nacio-
quanto mulher, usa da sedução e        varíola e ajuda no atendimento        nal de Direito da Universidade       Título: Tereza Batista Cansada
sensualidade para marcar presen-       aos baianos doentes. Mas, ainda       Federal do Rio de Janeiro durante de Guerra
ça na sociedade, respondendo às        apaixonada, corre em busca de seu     a década de 30. Foi nesse período    Autor: Jorge Amado
opressões a que é submetida.           amor: Gereba, um marinheiro. Mas      que teve seus primeiros contatos     Gênero: Literatura Brasileira
   Tereza conheceu a miséria e a       o rapaz, viúvo, embarca num na-       com o movimento comunista or-        Editora: Martins
hostilidade do mundo quando            vio de carga estrangeiro. Até o       ganizado de orientação stalinista.   Idioma: Português
ainda pequena, primeiro pela or-       reencontro, Tereza, agora traba-          As injustiças sociais, o folclo- Encadernação: Brochura
fandade e depois quando é ven-         lhando como dançarina num ca-         re, a política, crenças e tradições  Número de Páginas: 462
dida pelo próprio tio. Sobre o         baré em Salvador, luta e sofre.       são temas constantes de suas         Preço: R$ 12,00

                                                                            vicção da personagem e de um             Clodomir Vianna Moog nas-
“Tóia” - Vianna Moog                                                        amor entre um diplomata brasilei-
                                                                            ro e uma bela mestiça para apre-
                                                                                                                  ceu em São Leopoldo no ano de
                                                                                                                  1906. O jornalista, advogado, ro-
                                                                            sentar toda a contradição da per-     mancista e ensaísta, estudou no
    Vianna Moog, ficcionista, faz      relada e cabelos densos, o que há
                                                                            sonalidade mexicana.                  Colégio Elementar Visconde de
de “Tóia”, publicado em 1962, um       de mais característico, típico e di-
                                       ferenciado na cultura da civiliza-                                         São Leopoldo, dirigido por sua
verdadeiro relato do México e sua
                                       ção mexicana.                                                              mãe, Maria da Glória Vianna
sociedade em forma de romance.                                               O autor
Vianna Moog constrói através de           Os mistérios e enigmas do                                               Moog, professora pública.
                                       México são entrelaçados à con-                                               Mudou-se para o Rio de Janei-
Tóia, uma mexicana de pele ama-
15 de Junho de 2008                          CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                    18
ro porque queria seguir a carreira    tenentismo nas colunas o “Jornal      interpretação da realidade amazô-    (1954); “Uma janela para Ulisses”,
militar, mas, naquele ano não abri-   da Noite”.                            nica e o segundo é uma sátira em     “Novela” (1959); “Tóia”, roman-
ram vagas para o vestibular da           Em 1932, como participante da      torno da situação política-social    ce (1962); “A ONU e os grandes
Escola Militar do Realengo, assim,    Revolução Constitucionalista,         nacional.                            problemas”, “Política” (1965);
voltou para Porto Alegre, traba-      foi preso e removido para a capi-         Foi nomeado para a Comissão      “Obras completas de Vianna
lhando no comércio.                   tal da Amazônia, só receberia a       Social das Nações Unidas, pela       Moog” (1966); “Em busca de
   Em 1925, entrou para a Facul-      anistia dois anos depois,             segunda vez, em 1961 e eleito        Lincoln”, biografia (1968).
dade de Direito e no mesmo ano        retornando para o Rio Grande do       presidente para a XIII Sessão.
foi nomeado guarda-fiscal interi-     Sul. Durante o exílio é que come-         Obras: “Eça de Queirós e o
no da Repressão ao Contrabando        çou propriamente sua carreira li-     século XIX”, ensaio (1938); “Um         Título: Tóia
na Fronteira. Em 1930, ao término     terária, tendo escrito dois livros:   rio imita o Reno”, romance (1938);      Autor: Vianna Moog
no curso de direito fez parte da      “Heróis da Decadência” e “Refle-      “Uma interpretação da literatura        Gênero: Literatura Brasileira
Aliança Liberal. Contrário à dita-    xões Sobre o Humor”.                  brasileira”, ensaio (1942); “Nós,       Editora: Nova Fronteira
dura de Getúlio Vargas, participou       Outras obras que marcam sua        os Republicanos”, ensaio (1946);        Idioma: Português
da Revolução de 1932. Foi nesse       carreira são “O Ciclo do Ouro         “Mensagem de uma Geração”,              Encadernação: Brochura
período que iniciou sua carreira de   Negro”, “Novas Cartas Persas”,        “Ensaio” (1946); “Bandeirantes e        Número de Páginas: 406
jornalista, combatendo o              o primeiro trata-se de um ensaio e    Pioneiros”, “Estudo Social”             Preço: R$ 10,00
                                                                                                                 estão “Cities of the Interior”,
 “Henry and June” - Anaïs Nin                                                                                    “Seduction of the Minotaur”,
                                                                                                                 “House of Incest” ou “Delta of
    “Henry e June” é um relato        beleza de June e pelas palavras deblicação de seus diários, que con-       Venus: Erotica”. Dedicou-se a
íntimo, tirado dos diários de Anais   Henry. O romance minou seu ca-    tam suas histórias desde os doze         escrita erótica a partir de 1940,
Nin, de todas as descobertas se-      samento com o banqueiro Hugh      anos.                                    devido à passagem de Henry em
xuais da autora.                      Guiler. Estava formado o balé de     Amante de Henry Miller, só            sua vida, praticamente um divisor
   A história é a narrativa dos       emoções em que os três jogariam   permitiu que os diários fossem           de águas em seu estilo literário.
anos que Anaïs Nin viveu em Paris     com a atração e a repulsão.       publicados depois da morte de seu        Mas, somente em 1960 é que seu
e conheceu o escritor americano          O livro, que é considerado um  marido, Hugh Guiler, com quem se         trabalho foi considerado como
Henry Miller e sua bela mulher        dos melhores da autora, foi publi-casou em 1923.                           algo de qualidade.
June.                                 cado em 1980. Alguns críticos        Durante anos Anaïs e Henry               Em 1973 recebeu honras espe-
   Henry Miller estava em Paris       ainda colocam em discussão até    Miller trocaram cartas. Nessa al-        ciais do Colégio de Arte de Fila-
tentando criar um texto que o le-     que ponto as histórias são verídi-tura, e após ter começado a escre-       délfia e do Instituto Nacional de
vasse ao sucesso, enquanto isso,      cas, o que não diminui a força do ver no momento em que seu pai            Artes, em 1974, e morreu três anos
esperava a volta de June da Amé-      texto de Anais.                   morreu (aos 12 anos), seus diári-        depois.
rica. É nesse meio tempo que se                                         os já percorriam os olhos de to-
envolve com Anaïs Nin. O que a        A autora                          dos, bem como as suas novelas e             Título: Henry and June
princípio parecia um simples caso,                                      poesias, ambas num estilo                   Autor: Anaïs Nin
evolui para um relacionamento                                           surrealista e erótico.                      Gênero: Literatura Estrangeira
                                         Anaïs Nin nasceu em Neuilly,      O erotismo de seus textos fas-           Idioma: Inglês
dos mais excitantes.
                                      próximo de Paris, no ano de 1903. cinava os artistas da época. Entre          Encandernação: Brochura
   Anaïs Nin apaixonou-se pela
                                      Famosa principalmente pela pu- os títulos que a tornaram famosa               Preço: R$ 12,00


Veja aqui mais novidades da Livraria do PCO
   Literatura Estrangeira                Título: A Dieta Revolucionaria Capitalismo na Rússia                    Política
                                      do Dr. Atkins                       Autor: V. Lênin                          Autor: Joan Garcés
   Título: Diário da Cia                 Autor: Robert C. Atkins          Editora: Abril Cultural                  Editora: Nova Cultural
   Autor: Philip Agge                    Editora: Arte Nova               Ano: 1982                                Ano: 1987
                                         Ano: 1972                        Preço: R$ 30,00                          Preço: R$ 18,00
   Editora: Círculo do Livro             Preço: R$ 15,00
   Ano: 1976
   Preço: R$ 12,00                                                             Sociologia                           Literatura Estrangeira
                                         Biografia
                                                            Título: Movimentos Culturais                            Título: Exodus
   Teatro                     Título: A Vida Gloriosa de de Juventude                                               Autor: Leon Uris
                            Castro Alves                    Autor: Antonio Carlos                                   Editora: Europa-América
  Título: Teatro y Publico    Autor: Américo Palha       Brandão                                                    Ano: 1960
  Autor: Jan Doat             Editora: Record               Editora: Moderna                                        Preço: R$ 20,00
  Editora: Compañia General   Ano: 1964                     Ano: 1992
Fabril                        Preço: R$ 10,00               Preço: R$ 10,00
  Ano: 1961                                                                                                         Literatura Brasileira
  Preço: R$ 12,00
                              Marxismo                      Biografias                                              Título: Café com Leite
                                                                                                                    Autor: Luciane Rinco
   Saúde                                 Título: O Desenvolvimento do          Título: Allende e as Armas da        Editora: Nankin
15 de Junho de 2008                     CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                19
  Ano: 2008
  Preço: R$ 20,00                                                      Título: Terras sem Fim              Título: Viagem ao Centro da
                                    Biografias                         Autor: Jorge Amado                África
                                                                       Editora: Martins                    Autor: Julio Verne
  Pedagogia                         Título: Na Sala com Danuza         Ano: 0000                           Editora: Clube do Livro
                                    Autor: Danuza Leão                 Preço: R$ 13,00                     Ano: 1971
  Título: Eleições de Diretores     Editora: Sciliano                                                      Preço: R$ 7,00
  Autor: Vitor Henrique Paro        Ano: 1992
  Editora: Xamã                     Preço: R$ 12,00                    Economia
  Ano: 2003                                                                                                Marxismo
  Preço: R$ 16,00                                                      Título: A Internacional Capita-
                                     Literatura Estrangeira        lista                                   Título: O Capital Vol IV
                                                                       Autor: René Dreifuss                Autor Karl Marx
  Economia                           Título: Sherlock Homes, O         Editora: Espaço e Tempo             Editora: Civilização Brasileira
                                  valer do Terror                      Ano: 1987                           Ano: 0000
  Título: Iniciação à Economia       Autor: Sir Arthur Conan Doyle     Preço: R$ 28,00                     Preço: R$ 35,00
  Autor Silvio Barretei              Editora: Melhoramentos
  Editora: Estrutural Ltda           Ano: 2003
  Ano: 1976                          Preço: R$ 12,00                   Literatura Estrangeira              Literatura Estrangeira
  Preço: R$ 12,00
                                                                       Título: A Religiosa                 Título: As Sandálias do Pesca-
                                    Literatura Estrangeira             Autor: Diderot                    dor
  Filosofia12                       Título: Contos de Tchecov          Editora: Círculo do Livro           Autor: Morris West
                                    Autor: Tchecov                     Ano: 1975                           Editora: Edibolso
  Título: Monarquia                 Editora: Edibolso                  Preço: R$ 10,00                     Ano: 1963
  Autor: Dante Aligheri             Ano: 1975                                                              Preço: R$ 12,00
  Editora: Editora da Américas      Preço: R$ 10,00
  Ano: 1964                                                            História do Brasil
  Preço: R$ 25,00                                                                                  Antropologia
                                    História Geral20               Título: Uma História da Repú-
                                                                blica                              Título: O Macaco Nu
  Biografias                      Título: Imperialismo e Guerra    Autor Lincon de Abreu Penna     Autor: Desmond Morris
                               na Iugoslávia                       Editora: Nova Fronteira         Editora: Círculo do Livro
  Título: Paulo Freire, Vida e    Autor: Osvaldo Coggiola          Ano: 1989                       Ano: 1967
Obra                              Editora: Xamã                    Preço: R$ 18,00                 Preço: R$ 20,00
  Autor: José Rubens Jardilino    Ano: 1999
  Editora: Expressão Popular      Preço: R$ 15,00
  Ano: 2001                                                        Literatura Estrangeira          Comunicação
  Preço: R$ 25,00
                                  Literatura Estrangeira           Título: A Escolha de Sofia      Título: O Processo da Comuni-
                                                                   Autor: William Styron         cação
  Poesias                         Título: U.S. A 1919              Editora: Record                 Autor: David K. Berlo
                                  Autor: John dos Passos           Ano: 1979                       Editora: Martins Fontes
  Título: Espumas Flutuantes      Editora: Abril Cultural          Preço: R$ 15,00                 Ano: 1985
  Autor Castro Alves              Ano: 1975                                                        Preço: R$ 15,00
  Editora: Escala                 Preço: R$ 20,00
  Ano: 0000                                                        Marxismo
  Preço: R$ 15,00                                                                                  Quadrinhos
                                  Literatura Estrangeira           Título: Do Socialismo Utópico
                                                                ao Socialismo Científico           Título: Palestina na Faixa de
  Filosofia                       Título: Lolita                   Autor: Friedrich Engels       Gaza
                                  Autor: Vladimir Nabokov          Editora: Global                 Autor: Joe Sacco
  Título: Pequena Filosofia da    Editora: Folha                   Ano: 1989                       Editora: Conrad
Vida                              Ano: 2003                        Preço: R$ 16,00                 Ano: 2003
  Autor: Victor Bessat            Preço: R$ 22,00                                                  Preço: R$ 33,00
  Editora: Edições de Ouro
  Ano: 0000                                                        Sociologia
  Preço: R$ 5,00                  Biografias                                                       Literatura Estrangeira
                                                                   Título: Introdução a Sociolo-
                                  Título: Jimi Hendrix          gia da Educação                    Título: O Colecionador
  Teatro                          Autor: Jimi Hendrix              Autor: Karl Mannhein            Autor: John Flowes
                                  Editora: Martin Claret           Editora: Cultrix                Editora: Abril Cultural
  Título: Rei Lear                Ano: 0000                        Ano: 1968                       Ano: 1980
  Autor: Shaspeare                Preço: R$ 13,00                  Preço: R$ 25,00                 Preço: R$ 15,00
  Editora: Marin Claret
  Ano: 0000
  Preço: R$ 11,00                 Literatura Brasileira            Literatura Estrangeira          Teatro
15 de Junho de 2008                    CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                             20
                                                                 cho                                   Editora: Brasil
  Título: 4 Estações de uma Ju-   Título: Apenas um Curumim e      Autor: Graham Greene                Ano: 0000
ventude                         Rio de Liberdade                   Editora: Civilização Brasileira     Preço: R$ 16,00
  Autor: Carlos Lira              Autor: Werner Zotz               Ano: 1960
  Editora: Mcta                   Editora: Círculo do Livro        Preço: R$ 12,00
  Ano: 2004                       Ano: 1982                                                            Direito
  Preço: R$ 15,00                 Preço: R$ 12,00
                                                                   Teatro                              Título: Mil Perguntas, Direito
                                                                                                     Penal
  Administração39                  Crítica Literária               Título: O Apocalipse                Autor: Miguel Pachá
                                                                   Autor: Georges Bourdokan            Editora: Rio
  Título: Curso de Rotinas Tra-    Título: A Arte do Combate       Editora: Casa Amarela               Ano: 1983
balhistas                          Autor: Marcelo Backes           Ano: 2003                           Preço: R$ 12,00
  Autor: José Serson               Editora: Boitempo               Preço: R$ 18,00
  Editora: Revista dos Tribunais   Ano: 0000
  Ano: 1993                        Preço: R$ 42,00                                                     Sociologia
  Preço: R$ 15,00                                                  História Geral
                                                                                                       Título: Alternativas do Brasil
                                   Sociologia                      Título: 1964 A Conquista do         Autor: Hélio Jaguaribe
  Poesia                                                         Estado                                Editora: José Olympio
                                   Título: Recursos Humanos        Autor: René Dreifuss                Ano: 1989
  Título: Cão sem Rosto do Lado    Autor: Idalberto Chiavenato     Editora: Voses                      Preço: R$ 12,00
B do horizonte                     Editora: Atlas                  Ano: 1981
  Autor: Mauro Sorge               Ano: 1991                       Preço: R$ 25,00                     Teatro
  Editora: FMU                     Preço: R$ 15,00
  Ano: 2002                                                                                            Título: Ciência Política
  Preço: R$ 10,00                                                  Literatura Estrangeira              Autor: Paulo Frateschi
                                   Literatura Estrangeira                                              Editora: Brasil Urgente
                                                                   Título: Memórias de um Burro        Ano: 1990
  Literatura Brasileira            Título: O Crepúsculo do Ma-     Autor: Condessa de Ségur            Preço: R$ 9,00




                 www.livrariadopco.estantevirtual.com.br

    Mais de 7.500 livros disponíveis na Internet
                                                                    Marxismo, Política, Artes,
                                                                  Socialismo, Ecologia, História,
                                                                 Literatura, Mulheres, Negros etc.
                                                                                    • Livros novos e usados
                                                                                     • Fitas VHS • Pôsteres
                                                                                     • Bótons • Camisetas •
                                                                                          CD´s • DVD´s




                                  LIVRARIA do PCO em São Paulo
     ENDEREÇO - Av. Miguel Stéfano, nº 349, bairro Saúde, São Paulo, Capital, CEP 04301-010. TELE-
                                       FONE - (11) 5589-6023
                 INTERNET – www.pco.org.br/livraria. E-MAIL - livraria@pco.org.br
                                 COMPRAMOS LIVROS USADOS
15 de Junho de 2008                          CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                    21



Livro da semana
Resenha
Cristianismo, suas origens e seus fundamentos – Karl
Kautsky
   A obra do revolucionário mar-      o papel da Igreja Católica. Essen-    de então, correspondentes ao         para servir contra os interesses
xista alemão Karl Kausty Cristi-      cial para compreender o proble-       regime escravista. Desse modo        que originalmente favorecia.
anismo, suas origens e funda-         ma de acordo com a perspectiva        expõe a origem e influência nos         O livro nunca foi publicado em
mentos é um dos melhores estu-        do materialismo-histórico.            estratos mais pobres no início do    português e o Causa Operária
dos até hoje já feito sobre a his-       Kautsky realiza uma minucio-       cristianismo primitiva, que guar-    notícias On Line irá publicar todo
tória e a política do cristianismo.   sa análise da sociedade romana        da, em seu início, similitudes com   domingo uma parte para que o in-
O autor traça um panorama e faz       na época do império, penetra as       o socialismo revolucionário          teressado no marxismo e no es-
uma análise do cristianismo des-      causas dos profundos antago-          como movimento dos oprimidos         tudo crítico do tema possa ter
de suas origens, ainda na época       nismos de classe que a dividiam       e explorados e em quais              contato com essa importante
do Cristo, até a época moderna e      e examina as idéias dominantes        circunstancias foi manipulado        obra.




Livro Marxista
Livro marxista                                                                                                      No momento em que o Brasil
A Questão Agrária – Lênin                                                                                        está assistindo ao aumento con-
                                                                                                                 siderável dos conflitos no campo,
                                                                                                                 com a política do governo de dar
 Croatas surpreendem os alemães e já estão nas quartas-de-final. No                                              mais terras aos latifundiários e,
 Outro jogo da Euro o resultado não passou do empate                                                             assim, para implementar a política
                                                                                                                 do agronegocio, da grande expor-
   O Causa Operária Notícias          mais urgente para aqueles que         sobre a questão do campo na          tação agrícola, principalmente do
on-Line está publicando a impor-      querem compreender o problema         Rússia do início do século. Seus     biocombustível. Todos os militan-
tante obra do revolucionário rus-     dos camponeses, do latifúndio e       estudos e suas conclusões têm        tes devem entender todos os fa-
so Wladimir I, Lênin, “A Questão      da luta pela reforma agrária. Lênin   grande valor até hoje para a com-    tores sociais e políticos da ques-
Agrária”. O livro é, sem dúvida, o    traça um estudo detalhado e rico      preensão do problema no Brasil.      tão agrária no capitalismo.

     De hora em hora - notícias do dia 14 de junho                       passou a ser o intérprete dos           cada ano. A China é a maior pro-
                                                                         desfiles da Mangueira e tornou          dutora e consumidora mundial de
   8h - Polícia reprime mani-            Os estudantes foram liberados um símbolo da Escola de Samba.            carvão e se mantém com a explo-
festação e retira estudantes à        por volta de 6h da manhã, porém       O corpo será velado na Man-          ração dos operários que lá traba-
força da reitoria da Unifesp          câmeras de filmagem e fotografia,  gueira, na tarde deste sábado.          lham em um regime de quase es-
                                      com fitas e cartões de memória,                                            cravidão. Não há qualquer preo-
    Na madrugada deste sábado,        foram apreendidas de maneira          10h - Explosão em mina de            cupação dos capitalistas que
43 estudantes foram detidos pela      completamente irregular, segun- carvão chinesa mata 27 operá-              enriquecem às custas destes tra-
Polícia Militar momentos após         do a polícia, a título de “prova”. rios                                    balhadores em aumentar a segu-
terem ocupado o prédio da reito-                                                                                 rança dos locais de trabalho.
ria da Unifesp na Vila Mariana, em       9h - Morre, aos 95 anos, o          Uma explosão ocorreu numa
São Paulo                             cantor Jamelão                      unidade da Anxin Coal Mining, na         11h - Diretor da Funai no MS
    A polícia invadiu o prédio uti-                                       província        chinesa      de       é mantido refém em
lizando a ligação deste com o            Na madrugada deste sábado Shanxi,enquanto 58 mineiros tra-              Aquidauana
Hospital São Paulo, administrado      morreu aos 95 anos, em decorrên- balhavam no subterrâneo. Quin-
pela universidade. No cerco mon-      cia de falência múltipla de órgãos, ze dos trabalhadores consegui-            O chefe do serviço de
tado contra os estudantes, doen-      o cantor Jamelão, no hospital ram escapar e outros nove foram              Patrimônio Indígena e Meio Am-
tes que aguardavam atendimen-         onde estava desde a madrugada resgatados. Mas a explosão ma-               biente da Fundação Nacional do
to reclamaram do uso do gás lacri-    de quinta-feira.                    tou 27 pessoas e deixou mais sete      Índio (Funai) e administrador
mogêneo dentro das dependên-             Jamelão consagrou-se como presos.                                       substituto da entidade em Campo
cias hospitalares. Dez viaturas       grande cantor de sambas e              No início do mês, nove operá-       Grande, Antônio Ricardo Araújo,
cercaram a universidade e condu-      emplacou sucessos dos princi- rios haviam morrido em explosão              está sendo mantido desde ontem
ziram os estudantes ao 16º DP da      pais compositores brasileiros da uma mina. As minas chinesas               à noite como refém de um grupo
Polícia Civil, na avenida Onze de     como Ary Barroso, Lupicínio são as mais perigosas do mundo                 de quase 500 índios de sete aldei-
Junho, próximo ao local.              Rodrigues e Zé Keti. Nos anos 50 e matam milhares de operários a           as do distrito de Taunay, em
15 de Junho de 2008                        CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                     22

Aquidauana, no Pantanal de             Os manifestantes entregaram       cem 150 homens do Bepe sejam             Camponeses e transportado-
Mato Grosso do Sul.                 um documento contendo as rei-        formados especificamente em re-       res se uniram para manter as bar-
   Os índios reivindicam de volta   vindicações a um suposto repre-      pressão qualificada e prevenção       ricadas nas estradas do interior da
as terras que, segundo os antro-    sentante do governo Lula que se      de crimes ambientais", afirma o       Argentina. Na cidade de
pólogos, fora terra dos índios      identificou apenas como inte-        secretário nacional de Segurança      Gualeguaychú, uma das que ga-
terenas. Na manhã deste sábado,     grante da Secretaria-geral da Pre-   Pública do Ministério da Justiça,     nhou maior destaque no conflito,
14, o grupo apreendeu um ônibus     sidência da República. "Com cer-     Ricardo Balestreri.                   a estrada 14 foi bloqueada pelos
que estava indo buscar nas aldei-   teza o documento será entregue          O investimento do governo na       manifestantes, o que gerou um
as índios que trabalham em pro-     ao presidente e vocês terão uma      repressão é alto: o Ministério da     confronto entre as seguranças e
priedades rurais da região. Os      resposta", afirmou o homem que       Justiça deve investir R$ 27 milhões   manifestantes, deixando um ho-
índios fecharam todas as saídas     não revelou seu nome. Um pouco       na compra de equipamentos para        mem ferido e Alfred de Angeli,
do distrito e prometem permane-     antes Pastori reclamava de o         o Bepe.                               dirigente da Federação Agrária
cer com a manifestação até serem    movimento não ser ouvido.                                                  Argentina, detido. Porta-vozes
atendidos.                                                                  15h - Produtores rurais fa-        dos camponeses alertaram que
                                       14h - Governo anuncia "tro- zem panelaço contra Cristina                também foram registrados inci-
    12h - Caminhoneiros argen- pa de elite" para aumentar re- Kirchner na Argentina                            dentes na cidade do Paraná.
tinos bloqueiam estradas             pressão no campo                                                             Desde o anúncio do aumento
                                                                            Centenas de manifestantes          dos impostos, trabalhadores e
    Caminhoneiros argentinos           O governo federal estuda criar argentinos saíram às ruas de             produtores rurais se uniram man-
bloquearam estradas no sábado uma tropa com pelo menos cem Buenos Aires, neste sábado, con-                    tendo protestos e barricadas du-
para exigir que o governo e o se- integrantes para combater espe- tra as medidas do governo da                 rante 21 dias, promovendo o
tor agropecuário acabem com um cificamente crimes ambientais. Os presidenta Cristina Kirchner.                 desabastecimento e a suspensão
conflito que os têm deixado sem membros do grupo devem fazer                Panelaços, buzinaços acompa-       da comercialização de seus produ-
trabalho.                            parte do Batalhão Especial de nhados de bandeiras gritavam                tos.
    O conflito já provocou três Pronto Emprego (Bepe), um novo "Argentina, Argentina" e um car-
greves dos produtores. Ainda que setor da Força Nacional criado taz dizia "Cristina, basta de ódio,               16h - Protestos no Peru se in-
a última tenha sido há uma sema- nesta semana com o objetivo de queremos paz" em apoio aos cam-                tensificam com problemas de
na, os granjeiros seguem venden- atender a situações de crise a poneses.                                       abastecimento
do apenas o mínimo de mercado- pedido dos Estados.                          Os protestos são em resistên-
ria necessária para sobreviver --o     A tropa está sendo formada cia ao aumento dos impostos às                  A greve na região peruana de
que deixa os caminhoneiros sem num momento onde se acirra a exportações de grãos, determina-                   Moquegua, que reivindica uma
nada para carregar.                  guerra entre sem-terra e latifundi- da em março pelo governo argen-       divisão mais igualitária dos lucros
    O governo ameaça reprimir os ários. Estes, com apoio total do tino.                                        mineiros, se intensificou hoje, no
protestos para acabar com os blo- governo, têm matado e torturado           Poucas horas antes da mani-        quinto dia de protestos, com o
queios. Neste sábado, a presen- dezenas de trabalhadores sem- festação, camponeses e transpor-                 desabastecimento de alimentos e
ça de forças de segurança nas terra.                                     tadores entraram em confronto         combustíveis na região de Tacna,
estradas era expressiva, mas ape-      "Atuaremos para que entre com autoridades argentinas.                   na fonteira com o Chile.
nas olhavam como os caminho-
neiros se instalavam.
                                                                         Salvador Allende, declara estado
    13h - Motoqueiros fazem         Datas Especiais                      de exceção na Província de San-          2003 - EUA lançam operação
protesto em frente à casa de                                             tiago, devido o assassinato do ex-    'Escorpião do Deserto' contra re-
Lula                                   1330 – Nascimento de Eduar- ministro Edmundo Pérez Zujovic              sistência iraquiana
                                     do, o Príncipe Negro, Principe de
    Um grupo de motoqueiros lide- Gales e herdeiro do rei Eduardo III       1996 - Morte da cantora nor-         632 - Morte de Maomé, funda-
rados pela Associação dos Men- de Inglaterra                             te-americana Ella Fitzgerald          dor e profeta do Islamismo
sageiros e Motociclistas de São                                          Charge
Paulo realiza protesto em frente a     1810 - Nascimento de Robert
casa do presidente da República, Schumann, compositor alemão
Luiz Inácio Lula da Silva, em São
Bernardo.                              1938 - Morte do pintor alemão
    Dez motoqueiros ocupam a Ernst Kirchner
calçada oposta à casa de Lula. Eles
reivindicam mudança no seguro          1968 - James Earl Ray é preso
obrigatório que subiu de R$ 182,00 pelo assassinato de Martin Luther
para R$ 254,00 no início do ano, King Jr
isenção de pedágio para motos
nas rodovias federais e a revoga-      1969 - Richard Nixon anuncia
ção das resoluções 203 e 219, que a retirada de 25.000 soldados
determinam o uso de colete e ca- norte-americanos do Vietnã
pacete com faixa refletiva. "Essas
medidas oneram os trabalhadores        1970 - Governo brasileiro bane
com motocicletas de forma vil e 40 militantes comunistas para a
arbitrária", afirmou Ernani Pastori, Argélia
presidente da associação. "Isso
atende apenas à máfia do colete e      1971 - O presidente do Chile,
do capacete", disse.
15 de Junho de 2008                            CAUSA OPERÁRIA NOTÍCIAS ONLINE                                                                  23
    A         região           sofre     suicida deixou pelo menos 25 pes-   voltar para a UE durante cinco           Os moradores acusavam o Exér-
desabastecimento de gasolina e de        soas feridas.                       anos.                                 cito pelo sumiço dos jovens.
produtos básicos. O presidente do           O atentado ocorreu próximo a        A lei foi aprovada em 5 de junho
Governo de Tacna, Hugo Ordóñez,          um café na cidade de Qara           pelos ministros de Interior Euro-        20h - Manifestantes
alertou hoje, em declarações a           Tappah, na província de Diyala.     peu, mas só entrará em vigor depois   relembram dois anos do massa-
"CPN" ("Cadeia Peruana de Notí-          Sete dos feridos estavam em         do respaldo do Parlamento Euro-       cre contra professores no Mé-
cias"), que Tacna está em estado         estado grave.                       peu, que se pronunciará em 18 de      xico
de emergência "social e econômi-                                             junho.
ca".                                        18h - Protestos na França con-                                          Milhares de mexicanos lembra-
    Paraoprimeiro-ministroperuano,       tra diretiva do governo                  19h -Moradores do Morro da ram hoje com uma manifestação
Jorge del Castillo, o Executivo de                                             Providência protestam contra em Oaxaca os dois anos do fracas-
Lima deve assumir "sua responsa-            Milhares de pessoas protesta- exército                               sado despejo policial contra a vi-
bilidade" e fazer "uso dos direitos de   ram hoje em Paris contra a diretiva                                     gília de professores em 2006 que
pôr ordem no país", ou seja, usar de     que estabelece critérios para o re-      Moradores do Morro da Provi- protestavam contra o governador
repressão contra trabalhadores que       torno de imigrantes ilegais a Euro- dência, Rio de Janeiro, em protes- Ulises Ruíz.
lutam pelo fim da exploração dos que     pa.                                   to contra o sumiço de três jovens    Na época, o confronto durou
lucram às suas custas.                      Cartazes exigiam uma "Europa da comunidade, atearam fogo em quatro horas, deixando dezenas de
                                         solidária".                           um ônibus na tarde deste sábado. feridos e diversas detenções. O
   17h - Ataque suicida deixa 25            A diretiva estabelece um perí-        Durante o protesto, moradores incidente marcou o início de uma
feridos no Iraque                        odo de saída de sete a 30 dias e para entraram em confronto com a po- série de manifestações, que se es-
                                         os imigrantes que não "coopera- lícia. Foram acionados policiais do tenderam por seis meses.
   Durante as comemorações da            rem" um tempo de retenção de até Grupamento de Policiamento em             A manifestação de hoje foi pa-
vitória da seleção do Iraque sobre       seis meses, ampliáveis para 18 de- Áreas Especiais, soldados do Exér- cífica. A marcha percorreu os arre-
a China nas partidas eliminatórias       pendendo do caso. Àqueles que cito e o Comando Militar do Leste dores de Oaxaca e terminou com um
da Copa do Mundo, um ataque              forem detidos, serão proibidos de para reprimir os protestos.           comício.




                    www.livrariadopco.estantevirtual.com.br

     Mais de 7.500 livros disponíveis na Internet
                                                                                Marxismo, Política, Artes,
                                                                              Socialismo, Ecologia, História,
                                                                             Literatura, Mulheres, Negros etc.




                                                                                                 • Livros novos e usados
                                                                                                  • Fitas VHS • Pôsteres
                                                                                                  • Bótons • Camisetas •
                                                                                                       CD´s • DVD´s



                                   LIVRARIA do PCO em São Paulo
      ENDEREÇO - Av. Miguel Stéfano, nº 349, bairro Saúde, São Paulo, Capital, CEP 04301-010. TELE-
                                        FONE - (11) 5589-6023
                  INTERNET – www.pco.org.br/livraria. E-MAIL - livraria@pco.org.br
                                  COMPRAMOS LIVROS USADOS

								
To top