Docstoc

Principio De Economia De Mankiw

Document Sample
Principio De Economia De Mankiw Powered By Docstoc
					                      GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO
                  SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA
                    UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO
                         CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP
                     DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS

                                   PLANO DE ENSINO
1 – IDENTIFICAÇÃO
CURSO: CIÊNCIAS ECONÔMICAS                                           PERÍODO LETIVO: 2009 / 2
HABILITAÇÃO: ECONOMIA                                                CARGA HORÁRIA: 60
DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A ECONOMIA                                    CÓDIGO DISCIPLINA: INEC
PROFESSOR(A): FELICIANO LHANOS AZUAGA                                SEMESTRE: 1º
PRÉ-REQUISITO(S):

2 – PERFIL DO EGRESSO E JUSTIFICATIVA DA INTEGRALIZAÇÃO NA GRADE CURRICULAR
O egresso deverá possuir possuir sólida formação histórico-teórico-quantitativa e visão
sistêmica e integradora do mundo econômico, com aptidões para aplicar, nos setores público e
privado, as teorias e técnicas econômicas, com competências para entender as
particularidades das condições nacionais e regionais nos contextos econômicos, sociais,
políticos e tecnológicos conduzindo eticamente, a sociedade e instituições, a mudanças
desejadas com vistas a melhorias das condições socioeconômicas. Estas prerrogativas
assumidas estão de acordo com o perfil profissional de egresso que atendem a Resolução
CNE/CES Nº7/2006 que institui as Diretrizes Curriculares do Curso de Graduação em Ciências
Econômicas e pelo Parecer CNE/CES Nº329/2004.

3 – INTEGRALIZAÇÃO DA DISCIPLINA NA ESTRUTURA CURRICULAR
Esta disciplina apresenta os conceitos, as aplicações e as ferramentas básicas da teoria
economica. Por se tratar de uma disciplina de introdução ela serve de base para o
entendimento das disciplinas subsequentes do curso como: macroeconomia e microeconomia
dentre outras e, fundamentalmente, dota o futuro economista de conhecimentos capazes de
subsidiar as suas ações gerenciais e políticas em instituições públicas e privadas.

4 – EMENTA
Ciência econômica: objeto que caracteriza as teorias econômicas. A escola clássica: objeto e
método. A escola marxista: objeto e método. A escola neoclássica: objeto e método; equilíbrio
parcial e geral. Valor e Preço nas teorias econômicas. Análise keynesiana: o princípio da
demanda efetiva. O excedente econômico e a repartição da renda.


5.1 – OBJETIVOS GERAIS DA DISCIPLINA
A disciplina de introdução a economia tem como principal objetivo propiciar aos estudantes a
familiarização com as noções básicas de economia, despertando-lhes o interesse por suas
aplicações. Alem de fornecer um instrumental capaz de facilitar a absorção dos conteúdos das
disciplinas básicas do curso como macroeconomia, microeconomia, finanças dentre outras.
5.2 – OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA DISCIPLINA
- Proporcionar aos alunos a familiarização com os conceitos básicos da teoria economica;
- Apresentar aos alunos as principais ferramentas de análise e aplicações da teoria
economica;
- Desenvolver nos alunos o interesse pelas aplicações da teoria economica;

6 – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO



           Avenida dos Ingás n° 3.000 – Centro – Sinop(MT) – CEP 78550-000 –  (66) 3531-2108
                           GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO
                       SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA
                         UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO
                              CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP
                          DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS


Parte I – Introdução

1    INTRODUÇÃO A ECONOMIA (Mankiw, cap.1, 2 e 3)

Parte II – Noções de Microeconomia

3    OFERTA E DEMANDA (Mankiw, cap.4)

4    ELASTICIDADES E SUAS APLICAÇÕES (Mankiw, cap.5)

5    OFERTA, DEMANDA E POLITICAS DO GOVERNO (Mankiw, cap.6)

6    CONSUMIDORES, PRODUTORES E EFICIÊNCIA DOS MERCADOS

7    APLICAÇÃO OS CUSTOS DA TRIBUTAÇÃO

8    EXTERNALIDADES

9    BENS PÚBLICOS E RECURSOS COMUNS

10    CUSTOS DE PRODUÇÃO DAS EMPRESAS (Mankiw, cap.13)

11    EMPRESAS EM MERCADOS COMPETITIVOS (Mankiw, cap.14)

12 MERCADOS NÃO COMPETITIVOS: MONÓPOLIOS, OLIGOPÓLIOS E CONCORRÊNCIA
MONOPOLÍSTICAS. (Mankiw, cap. 15, 16 e 17)

13 GANHOS E DISCRIMANAÇÃO (Mankiw, cap.19)

14 DESIGUALDADE DE RENDA E POBREZA (Mankiw, cap.20)

16 TEORIA DA ESCOLHA DO CONSUMIDOR (Mankiw, cap.21)

Parte III - Noções de Macroeconomia

17 MEDINDO A RENDA NACIONAL E MEDINDO O CUSTO DE VIDA (Mankiw, cap.23 e 24)

18 PRODUÇÃO E CRESCIEMNTO (Mankiw, cap.25)

19 POUPANÇA, INVESTIMENTO E SISTEMA FINANCEIRO (Mankiw, cap.27)

20 DESEMPREGO E TAXA NATURAL (Mankiw, cap.28)

21 O SISTEMA MONETÁRIO (Mankiw, cap.29)

22 CRESCIMENTO DA MOEDA E INFLAÇÃO (Mankiw, cap.30)

23 MACROECONOMIA DA ECONOMIA ABERTA (Mankiw, cap.31 e 32)

24 DEMANDA E OFERTA AGREGADA (Mankiw, cap.33)

25 TRADEOFF ENTRE INFLAÇÃO E DESEMPREGO NO CURTO PRAZO (Mankiw, cap.35)

Parte IV – Tópicos especiais




            Avenida dos Ingás n° 3.000 – Centro – Sinop(MT) – CEP 78550-000 –  (66) 3531-2108
                      GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO
                  SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA
                    UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO
                         CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP
                     DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS

12 TEMAS NÃO CONVENCIONAIS
13.1 Comportamento (GIANNETTI – AUTO ENGANO)
12.2 Escolhas intertemporais (GIANNETTI – O VALOR DO AMANHÃ)
12.3 Freakonomics (LEVITT)
12.4 Neuroeconomia ( The Economist)




7 – CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
Os acadêmicos serão avaliados por meio de quatro notas sendo três referente as provas, e
uma nota referente a trabalhos escritos e participação nas atividades soicitadas pelo professor.
As provas serão compostas de questões objetivas e discursivas. Os trabalhos envolverão:
pesquisas bibliográficas, listas de exercicios e desenvolvimento da capacidade associativa e
analítica e de exposição (oral ou expressa) de temas relacionados ao conteúdo. O
desempenho do acadêmico (nota) será atribuído e acompanhado individualmente pelo
docente, através da análise das avaliações e trabalhos, da demonstração de interesse pelos
temas, e da participação em debates e demais atividades programadas.

8 – METODOLOGIA DAS AULAS
Para alcançar os objetivos propostos será utilizado como leitura principal o livro “ Introdução a
Economia” de Gregory Mankiw (2002). Uma boa forma de organizar as anotações e
acompanhar as aulas é visitar o grupo da disciplina que será disponibilizado pelo professor no
“sitio” do Yahoo Grupos “http://br.groups.yahoo.com/group/introducao_economia_sinop/” e
acessar os materiais complementares. Como leituras complementares recomendamos Dubner
e Levitt (2006), Giannetti (2005) e Giannetti (1997). Ao ler os textos, é preciso lembrar que a
teoria econômica evolui, refletindo os resultados de novas pesquisas. Dentro dessa
perspectiva na 4ª parte da disciplina será abordado temas não convencionais da economia,
sendo que essa abordagem busca estimular o interesse dos egressos sobre as diversas
possibilidades de aplicação da teoria econômica. Além disso, cada texto reflete as
preferências dos autores quanto à ênfase dos temas. A indicação de partes específicas de
alguns desses textos será feita em sala de aula. Dados sobre a economia mundial e sobre a
economia brasileira podem ser obtidos nos sítios do IBGE, do Banco Central e do IPEA, dentre
outros.


9 – RECURSOS DIDÁTICOS E MATERIAIS
A metodologia adotada é suportada por aulas expositivas – e eventualmente por seminários-
síntese apresentados pelos acadêmicos – e dialogadas utilizando-se dos seguintes recursos
didáticos: trabalhos individuais e em grupo; exibição e discussão de vídeos; leituras dirigidas e
estudo de casos; resolução de exercícios e trabalhos individuais ou em equipes;
apresentações individuais ou em equipes; e pesquisas em livros, artigos e textos em jornais.
Adicionalmente poderá se ter aulas práticas e simulativas no laboratório de informática e o uso
de visitas técnicas a instituiçoes públicas e privadas. A didática tem o suporte da utilização dos
seguintes recursos materiais: quadro e pincel atômico, retro projetor, vídeo, DVD; projetor;
computadores com internet e softwares (simuladores) no laboratório de informática.

10.1 – BIBLIOGRAFIA BÁSICA

MANKIW, N.G. (2008)         Introdução a economia: princípios de macro e microeconomia.


           Avenida dos Ingás n° 3.000 – Centro – Sinop(MT) – CEP 78550-000 –  (66) 3531-2108
                      GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO
                  SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA
                    UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO
                         CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP
                     DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS

Tradução da 3ª.edição norte americana. São Paulo: Cencage Learning, 2008.

10.2 – BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

GIANNETTI, E. Felicidade. São Paulo: Companhia das Letras, 2003;
____________. O auto-engano. São Paulo: Companhia das Letras, 1997;
____________. O valor do amanhã. São Paulo: Companhia das Letras, 2005;
LEVITT, S; DUBNER, S. Freakonomics. Rio de Janeiro: Campus, 2005;
PINHEIRO, A.; GIAMBIAGI, F. Rompendo o Marasmo. Rio de janeiro: Campus, 2006.
ECONOMIST, The. London.




11 – OUTRAS INFORMAÇÕES
Conforme necessidades e desempenho dos discentes alguns conteúdos poderão sofrer trocas
de sequência, portanto, o cronograma é flexível. Sanando as dificuldades haverá continuidade
do conteúdo programado.

12 – ORIENTAÇÕES EXTRA CLASSE
O docente poderá ser encontrado na Unemat nos períodos de aulas, ficando o discente livre
para marcar um horário para eventuais esclarecimentos de dúvidas surgidas na matéria.

13.1 – OBSERVAÇÕES DO(A) PROFESSOR(A):




Sinop-MT, 02/08/2009
                                      _________________________________________________________________
                                              Prof. Feliciano Lhanos Azuaga, Msc.


13.2 – OBSERVAÇÕES E PARECERES DO DEPARTAMENTO DE ECONOMIA:




Sinop-MT, 02/08/2009
                                       ________________________________________________________________
                                                  Felipe Ferraz Vazquez, Msc.
                                         Chefe Departamento de Economia – Unemat-Sinop




           Avenida dos Ingás n° 3.000 – Centro – Sinop(MT) – CEP 78550-000 –  (66) 3531-2108

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:1248
posted:7/8/2011
language:
pages:4
Description: Principio De Economia De Mankiw document sample