Aprendendo a lixar

Document Sample
Aprendendo a lixar Powered By Docstoc
					                Aprendendo a Lixar
    LISTA DE EQUIPAMENTOS PARA LIXAR
SUPORTE DE LIXA:             LIXA DE PAPEL OU
Além dos blocos simples,     PANO:
existem modelos com uma      Escolha a lixa, papel ou
pega curva e travas.         pano, em função do tipo de
Também pode-se usar um       material e resultado
pequeno pedaço retangular    pretendido. Algumas lixas
de madeira para a mesma      podem ser usadas em
função.                      diversos materiais
                             diferentes.
LIXA EM CHAPA DE             LIXADEIRA ORBITAL:
AÇO:                         Para acabamentos finos e
Esta lixa fixa-se sobre um   mesmo profissionais.
suporte especial para        Existem diversos modelos:
utilização manual, ou numa   base retangular, base
máquina por meio a uma       quadrada, lixadeira de
fixação tipo "velcro"        canto, etc.
LIXADEIRA                    LIXADEIRA DE CINTA:
EXCÊNTRICA:                  A sua eficácia depende de
Discos com dois diâmetros    sua banda de lixar e da sua
diferentes podem equipar     velocidade máxima.
este tipo de máquina : 115
ou 125 mm.
LIMA ELÉTRICA:               ESCOVAS ABRASIVAS:
Este modelo utiliza lixas    As escovas de nylon têm
muito estreitas e por isso   uma duração 10 vezes
acede facilmente a locais    superior à das escovas
difíceis.                    metálicas.
DISCO PARA LIXAR:            MÁSCARA, ÓCULOS,
Escolha-o em função da       ETC:
natureza do material a ser   Se for lixar com máquina, o
trabalhado. Pode ser usado   uso de óculos de segurança
para desbastar ou apenas     e de uma máscara anti-
para lixar.                  poeira é recomendado.
                    OS ABRASIVOS
O PORQUE DE LIXAR :
Lixar tem como objetivo tornar uma superfície plana e lisa, eventualmente
com vista a um futuro tratamento (pintura, envernizamento, etc.). Lixar
manualmente é geralmente reservado aos acabamentos, após o grosso do
trabalho ter sido efetuado (geralmente) com a máquina .
DIVERSIDADE DOS ABRASIVOS :
Mesmo que lixe à mão ou à máquina, dispõe de uma grande variedade de lixas
de todos os tipos, granulometria e formatos. A maioria dos materiais
propostos são utilizáveis manualmente ou para equipar as máquinas, cada um
com as suas vantagens e usos específicos.
PAPEL E PANO :
Se a maioria das lixas de papel são sobretudo destinados a superfícies planas
as lixas de pano adaptam-se, devido à sua maleabilidade e robustez, aos
trabalhos com formas arredondadas tanto em madeira com também aos metais
ferrosos ou não ferrosos.
FOLHA OU FELTRO PARA LIXAR :
A folha de aço abrasiva apresenta um relevo que não se altera com o uso,
conservando por isso a sua eficácia. Pode também ser utilizada para a madeira
e plástico. O feltro para lixar, feito com fibras artificiais impregnadas de grãos
cortantes, serve sobretudo para o desbaste e para o polimento.
DIVERSOS TIPOS DE GRÃOS :
O papel amarelo com grãos de sílex, gasta-se rapidamente e serve para
trabalhos ligeiros sobre madeira macia. A pedra vermelha (vermelho-escuro)
permite também lixar madeiras mais duras. Os óxidos de zircônio e de
alumínio, bastante cortantes, utilizam-se em máquinas e para trabalhar o
metal. Mais duro ainda, o carbono de silício difusa também, rapidamente, o
calor da fricção (evita a fusão das matérias plásticas). A dita "lixa dágua",
pode ser umedecida para o trabalho do metal. As lixas de qualidade "seca à
prova de água" são revestidas com uma camada "auto-lubrificante".
DENSIDADE DO GRÃO :
Para os grãos idênticos o abrasivo mais eficaz é aquele cuja densidade em
grãos é maior. Neste caso ("grão fechado") o suporte satura mais depressa.
Prefira por isso, um grão mais aberto ("grão aberto") para madeira macia ou
resinada .
TAMANHO DOS GRÃOS :
A eficácia do lixamento depende da durabilidade, da forma e da densidade dos
grãos, assim como do seu tamanho. Se forem pequenos, a sua ação é mais
lenta, mas não arranham tão profundamente o material, ao contrário dos grãos
grossos que deixam marcas mais profundas.

             LIXANDO MANUALMENTE
TÉCNICA :
O poder abrasivo é indicado a partir de números (antigamente de 1 a 9/0),
atualmente de 30 a 600 e mais (número de grãos por cm²). Ao lixar deve-se
utilizar uma lixa de cada vez: cada lixa usada deve ser mais fina que sua
antecedente, isso irá remover as marcas deixadas por ela .
GRANULOMETRIA :
20, 30, 40, 50 : muito grosso - 60, 80 : grosso - 100, 120 : médio - 150, 180 :
fino - 220, 440 : muito fino.
SUPORTE DE LIXA :
Se lixar uma superfície segurando na lixa simplesmente com os dedos, não irá
remover as irregularidades : só enrolando a sua lixa num pequeno suporte é
que conseguirá obter uma superfície plana. Existem suportes feitos de cortiça,
plástico ou borracha, entretanto, pode-se usar um pequeno pedaço de madeira
retangular para essa função.

SENTIDO DO MOVIMENTO :
Para madeira, siga sempre que possível o sentido do veio, lixando contra o
veio danificará as fibras dando um resultado final muito ruim. Quando lixar os
cantos de um objeto, certifique-se de que não os está arredondando.
UMIDIFICAÇÃO :
Para obter um resultado impecável na madeira (ou folheado), umedeça muito
de leve, antes da passar a lixa mais fina. Deixe secar bem antes de lixar: as
fibras irão se endireitar . Agora já pode passar a lixa extra-fina. Depois limpe
com um pano embebido em "Aguarrás".
FORMAS ARREDONDADAS :
Para trabalhar as formas arredondadas, utilize um pedaço de lixa de pano, que
não se rasga e adapta-se à forma do objeto. Um exemplo freqüente desta
aplicação é o lixamento de tubos de cobre nas extremidades onde depois vão
ser soldados. Fixe-os eventualmente antes de lixar.
   USANDO A LIXADEIRA DE CINTA MANUAL
DESBASTE :
A lixadeira de cinta retira grandes quantidades de material, serve por isso,
para os trabalhos mais difíceis (decapagem de um assoalho ou de uma porta
por exemplo). Ela deve a sua eficácia à sua banda circular que roda a grande
velocidade (e na qual o sentido de rotação é indicado por setas).
DIREÇÃO DO MOVIMENTO :
Ligue a maquina antes de pousá-la sobre o trabalho, inclinando-a 15º em
relação ao veio. Faça-a efetuar um movimento regular e contínuo em vaivém,
no sentido do veio, ultrapassando sempre a superfície lixada. Levante a
máquina antes de pará-la .
PRESSÃO :
A lixadeira de cinta é um aparelho potente, é por isso que é normalmente
munida com duas pegas para permitir dirigi-la corretamente. O seu peso é
geralmente suficiente para assegurar um bom funcionamento : não é
necessário exercer pressão sobre a máquina .
UTILIZAÇÃO ESTACIONÁRIA :
Várias lixadeiras de cinta podem ser montadas sobre um suporte fixo, com a
base virada para cima ou em posição vertical. Ao encostar o seu trabalho
contra a lixa em movimento (a máquina está, necessariamente, equipada com
uma guia), pode-se lixar ou polir (arredondar, escavar,...).
A LIMA ELÉTRICA :
A lima elétrica está também munida com uma banda, mas com largura muito
reduzida, o que permite utilizá-la em locais de difícil acesso (entre barras de
uma grelha por exemplo). Pode servir também para polir dentro de uma peça
de madeira (colocar uma fechadura).

     LIXANDO COM A LIXADEIRA ORBITAL
TRABALHOS FINOS :
A lixadeira orbital ou oscilante oferece um lixamento mais fino para
superfícies planas, representando assim, uma boa alternativa (elétrica...) à
utilização dos suportes de lixa. A sua base efetua movimentos elípticos quase
imperceptíveis, resultando em um acabamento fino.
MOVIMENTO E PRESSÃO :
Não pressione muito a máquina, deixe-a fazer o seu trabalho. Efetue
movimentos de vaivém o mais amplos possível (não é necessário ser no
sentido dos veios) : libertando assim a aspereza da placa. Ultrapasse sempre as
zonas já lixadas.
                   AS LIXAS:
                   Corte as folhas de lixa um pouco maior que a base da lixadeira. Prenda a lixa
                   na base usando o sistema da maquina. Algumas maquinas têm grampos
                   dentados nas extremidades para prender as lixas.

                   A LIXADEIRA EXCÊNTRICA :
                   Esta permite, devido à sua base maleável, o lixamento e polimento de
                   superfícies não planas. O dispositivo de "arranque suave" evita esfolamentos
                   quando se inicia o funcionamento. Quanto mais apoiar, mais fino é o
                   lixamento (neste caso subsiste só o movimento excêntrico).
                   A ESMERILHADEIRA / LIXADEIRA ANGULAR :
                   A esmerilhadeira pode também-equipada com acessórios adaptados e ser
                   utilizada como uma lixadeira excêntrica executando os mesmos trabalhos
                   específicos. Existe igualmente um acessório que permite utilizá-los nos
                   ângulos.
                              LIXANDO COM A FURADEIRA
                   OS DISCOS DE LIXAR :
                   A montagem de discos numa furadeira permite sobretudo fazer trabalhos mais
                   delicados : remover ferrugem em metal, decapar superfícies pintadas (madeira
                   : reservado às superfícies côncavas ou não visíveis). O suporte de borracha
                   deve estar sempre inclinado 15º em relação à superfície a ser trabalhada .
                   UTILIZAÇÃO ESTACIONÁRIA :
                   Pode ser interessante utilizar em suporte fixo a sua furadeira equipada com um
                   disco abrasivo (este último deve estar perpendicular à superfície da bancada).
                   Uma guia regulada a 45º permitirá lixar os ângulos. Não pressione demasiado
                   o seu trabalho contra o disco, para evitar manchas negras de "aquecimento".
                   O ROLO DE LIXAR :
                   O rolo de lixar monta-se no mandril da furadeira. Ele é maleável, o que
                   permite o trabalho de superfícies arredondadas : a banda abrasiva que o
                   envolve adapta-se assim à forma do objeto a trabalhar (lixar objetos com
                   formas complicadas : cadeiras,...).
                   AS ESCOVAS DE NYLON :
                   Em regra geral, a cor das escovas de nylon, muito robustas, indicam a sua
                   utilização (vermelho : lixamento forte, azul : lixamento fino,...). Para trabalhar
                   a madeira são preferíveis às escovas metálicas cujas partículas se incrustam e
                   acabam por enferrujar.

                   A SEGURANÇA :
                   Lixar pode ser tão perigoso como serrar ou cortar. É recomendado utilizar
                   sempre um saco coletor. Use máscara e óculos de segurança. Antes de arrumar
                   a máquina desligue-a da tomada elétrica.



                                      RECAPITULANDO
GRÃO E UTILIZAÇÃO :
Qual o aparelho a utilizar e com que grão de lixa, em função da tarefa a ser efetuada ?
Para os trabalhos mais difíceis (eliminar grandes irregularidades da madeira bruta da serração,
decapar velhas camadas de tinta ou verniz), escolha um grão 24, 36, 40 ou 60 segundo o estado do
material.

Para a preparação antes de pintar, é aconselhável proceder em 3 etapas para fazer desaparecer
todas os esfolamentos. Para obter um acabamento suave, utilize lixas com grão cada vez mais fino
entre duas camadas de tinta ou verniz (120 após a primeira, 180 após a segunda, etc.).
                                                ACABAMENTO
 MAQUINA       DECAPAGEM   ANTES DE PINTAR
                                                   FINAL

LIXADEIRA DE
                 30 - 60       120 - 180            ------------
   CINTA

 LIXADEIRA
                 40 - 60     80 - 120 - 180         220 - 320
  ORBITAL

 LIXADEIRA
                   60        120 - 180 - 240        320 - 400
EXCÊNTRICA

 ACESSÓRIOS
MONTADOS NA        40         60 - 80 - 120           --------
 FURADEIRA

LIXAMENTO          40        80 - 120 - 180          A SECO:
  MANUAL                                       120 - 180 - 240 - 320

                                                    A ÁGUA:
                                               180 - 240 - 400 - 600

				
DOCUMENT INFO
Description: files turned into engineering, since files for beginners through to advanced and experienced users. Magazines and electronic projects.