Arte- Renascimento by soniamar

VIEWS: 8 PAGES: 27

									Ensino Médio Beatriz de Jesus Moreira Alves

O Renascimento (ou Renascença) foi um movimento de renovação cultural e simultaneamente um período da história Europeia, que marcou o final da Idade Média e o início da Idade Moderna. O Renascimento é normalmente considerado como tendo começado no século XIV na Itália e no século XVI no norte da Europa.

O homem renascentista acredita que tudo se explica pela razão e pela ciência,. O homem descobriu que a Terra não era o centro do Universo e sim o sol; que a Terra não era plana, mas redonda e girava em torno de si mesma; que havia outros povos que habitavam o planeta, não só europeus e asiáticos, etc. A busca da verdade levou o homem à pesquisa. Procurou conhecer mais do mundo e de si mesmo, colocando-se como centro do Universo.

Durante toda a Idade Média, o artista foi considerado como um instrumento da manifestação divina, não tendo méritos próprios. Na Renascença, o artista começa a ser valorizado como pessoa. É considerado um criador, um gênio. É na Renascença que a arte ganha autonomia, pois o público começa a julgar a obra de arte por si mesma e não mais como parte integranteda religião.

O Renascimento está associado ao humanismo, o interesse crescente entre os académicos europeus pelos textos clássicos, em latim e em grego, dos períodos anteriores ao triunfo do Cristianismo na cultura europeia

A passagem do interesse pelo sobrenatural para o natural provocou uma arte mais voltada para o real e para a vida. A expansão do conhecimento científico, com maior compreensão da anatomia e da perspectiva, possibilitou Aos pintores do século XV e XVI superarem as técnicas Da Grécia e de Roma. Com os novos conhecimentos técnicos, os artistas evoluíram na arte de pintar retratos, paisagens e motivos mitológicos.

Na Alta Renascença (1500-1520), surgem pintores como Leonardo da Vinci, Michelângelo e Rafael. Neste período voltado para as ciências, o resultado foi a substituição do estudo de Deus (Idade Média) para o estudo do homem. Com o surgimento da tintaà óleo foi possível aumentar as opções de cores,com suaves nuances de tonalidades.

O artista busca representar o espaço pela primeira vez com a perspectiva, criando a ilusão de profundidade. Representa os volumes com luz e sombra, por intermédio do claro e escuro. Tenta descobrir formas de representar as texturas. Busca na Grécia antiga o estudo da anatomia dos corpos (Renascença Italiana).

Na Alemanha Artistas setentrionais foram influenciados pelas grandes inovações do sul; muitos foram estudar na Itália; e a preocupação renascentista em incorporar na arte a ciência e a filosofia modernas também se evidenciou no norte do continente.

Na Itália, a mudança inspirava-se no humanismo, com ênfase num interesse renovado pelos valores da Antiguidade clássica. No norte, a mudança orientava-se por outro conjunto de preocupações: reforma religiosa, o retorno aos antigos valores cristãos e a revolta contra a autoridade da Igreja

A Renascença nasceu em Florença. Os 3 primeiros grandes pintores que inventaram esse novo estilo são: Masaccio (pintor, Donatello (escultor) e Botticelli (pintor). No século XVI, a liderança chegou a Roma e Veneza, onde Leonardo, Michelângelo e Rafael criaram esculturas e pinturas com total domínio da técnica.

Leonardo da Vinci (15 de Abril de 1452 - 2 de Maio de 1519) nasceu em Anchiano, vilarejo de Vinci, Itália. Era filho de Piero da Vinci, e de Caterina. Foi pintor, arquitecto, engenheiro, cientista e escultor do Renascimento italiano.

Considerado por alguns o maior gênio da história, tendo seu QI estimado em cerca de 250, devido à multiplicidade de talentos para ciências e artes, à sua engenhosidade e sua criatividade.

("Miguel Ângelo")

di Lodovico Buonarroti Simoni pintor, escultor, poeta e arquitecto renascentista italiano. É famoso pela criação dos afrescos do tecto da Capela Sistina, Julgamento Final sobre o altar e do "Martírio de São Pedro" e da "Conversão de São Paulo" na Capela Paolina do Vaticano e cúpula da Basílica de São Pedro em Roma.

Teto da Basílica de São Pedro

Alessandro di Mariano Filipepi, mais
conhecido como Sandro Botticelli (Florença, 1º de março de 1445 – 17 de maio de 1510), foi um pintor italiano da Escola Florentina

Fases do Renascimento Costuma-se dividir o Renascimento em três grandes fases, correspondentes aos séculos entre o XIV e o XVI

Trecento

O Trecento (em referência ao século XIV) manifesta-se predominantemente na Itália, mais especificamente na cidade de Florença, pólo político, econômico e cultural da região. Giotto, Boccaccio e Petrarca estão entre seus representantes

Quattrocento Durante o Quattrocento (século XV) o Renascimento espalha-se pela península itálica, atingindo seu auge. Neste período actuam Botticelli, Leonardo da Vinci, Rafael e, no seu final, Michelangelo (que já prenuncia certos ideais anti-clássicos utilizando-se da linguagem clássica, o que caracteriza o Maneirismo, a etapa final do Renascimento), considerados os três últimos o "trio sagrado" da Renascença.

Cinquecento O Renascimento torna-se no século XVI um movimento universal europeu, tendo, no entanto, iniciado sua decadência. Ocorrem as primeiras manifestações maneiristas e a Contra reforma instaura o Barroco como estilo oficial da Igreja Católica. Na literatura atuaram Ludovico Ariosto, Torquato Tasso e Nicolau maquiavel, ja na pintura eram Rafael e Michelangelo.

O espaço perspéctico Um dado importante na definição da espacialidade do Renascimento é a incorporação da perspectiva como instrumento de projeto e da noção do desenho como uma forma de conhecimento

ESCULTURA Dois elementos se destacam: a expressão corporal que garante o equilíbrio, revelando uma figura humana de músculos levemente torneados e de proporções perfeitas; e as expressões das figuras, refletindo seus sentimentos.

Mesmo contrariando a moral cristã da época, o nu volta a ser utilizado refletindo o naturalismo.

ATIVIDADES

• Pesquise poesias e livros referentes ao período da renascença, destacando as idéias principais.

Créditos

http://www.historianet.com.br/conteudo/default.aspx? codigo=215

http://www.historiadaarte.com.br/renas cimento.html http://www.tg3.com.br/renascimento/


								
To top