Exame final 2ºano - EJA

Document Sample
Exame final 2ºano - EJA Powered By Docstoc
					EXAME FINAL LÍNGUA PORTUGUESA - 2º ANO - EJA EEEFM Prof. João Bento da Costa Aluno(a): ...............................................................................nº.: ...... 2º .........

Leia o texto a seguir para responder às questões de 1 a 7:

POR QUE ALGUNS ATLETAS TÊM MORTES FULMINANTES? Eles estão sujeitos a mortes súbitas na mesma freqüência que indivíduos comuns e sedentários. Para isso, basta o atleta ter predisposição ou uma doença crônica. “Como são pessoas públicas, eles são mais observados que um cidadão e o caso se torna maior. Mas mortes súbitas sempre aconteceram, não estão aumentando”, diz o fisiologista Turíbio Leite de Barros, da Unifest. Calcula-se que no Brasil, a cada ano, cerca de 160 mil pessoas sejam vítimas de mortes fulminantes. Só que isso não rende muita notícia. Mas basta a vítima ser um atleta mais conhecido [...] para o caso ganhar os jornais. É bom lembrar, porém, que algumas características do dia-a-dia dos atletas são fatores agravantes. A hipertermia, ou seja, o aquecimento excessivo do corpo, especialmente em dias de calor e de alta umidade do ar, é um deles. Outro é o possível uso de anabolizantes, pois o usuário tende a ter um aumento no nível de colesterol, o que compromete as funções cardíacas. Por falar nisso, ao contrário do que se pensa, essas mortes repentinas não são sempre relacionadas ao coração. Também podem acontecer óbitos fulminantes ligados a problemas pulmonares ou neurológicos. Para evitar novos sustos, os médicos recomendam, além de exames preventivos mais rigorosos, que estádios e ginásios passem a contar com mais recursos, como aparelhos adequados para ressuscitação.
Mundo estranho, ed. 26. Publicação mensal da revista Superinteressante.

1. Segundo o texto: a) ( ) Atletas e pessoas sedentárias têm a mesma chance de sofrer uma morte súbita, quaisquer que sejam suas condições físicas. b) ( ) Somente os atletas com predisposição ou doença crônica sofrem mortes súbitas. c) ( ) Óbitos fulminantes ocorrem mais por problemas pulmonares e neurológicos do que por problemas do coração. d) ( ) Atletas e indivíduos com vida sedentária têm a mesma chance de sofrer uma morte súbita, mas algumas características típicas da vida dos atletas podem aumentar as chances desse fato acontecer. 2. Assinale a idéia que se opõe ao trecho “Também podem acontecer óbitos fulminantes ligados a problemas pulmonares ou neurológicos”:

a) ( ) “ao contrário do que se pensa, essas mortes repentinas não são sempre relacionadas ao coração.” b) ( ) “Mas mortes súbitas sempre aconteceram.” c) ( ) “Mas basta a vítima ser um atleta mais conhecido [...] para o caso ganhar os jornais.” d) ( ) “basta o atleta ter predisposição ou uma doença crônica.”

3. Segundo o texto, os fatores que podem contribuir para que o número de mortes súbitas entre os atletas seja maior do que entre os indivíduos comuns são: a) ( b) ( c) ( d) ( ) a divulgação nos jornais; ) a hipertermia e o uso de anabolizantes; ) problemas pulmonares ou neurológicos; ) exames preventivos e mais recursos de ressuscitação nos estádios.

4. O trecho a seguir inicia-se por “Outro é...”, que indica que um fator relacionado à mesma idéia já foi apresentado no texto. Releia-o e assinale qual o trecho que complementa essa idéia: Outro é o possível uso de anabolizantes, pois o usuário tende a ter um aumento no nível de colesterol, o que compromete as funções cardíacas. a) ( ) “Também podem acontecer óbitos fulminantes ligados a problemas pulmonares ou neurológicos.” b) ( ) “A hipertermia, ou seja, o aquecimento excessivo do corpo, especialmente em dias de calor e de alta umidade do ar, é um deles.” c) ( ) “É bom lembrar, porém, que algumas características do dia-a-dia dos atletas são fatores agravantes.” d) ( ) “Calcula-se que no Brasil, a cada ano, cerca de 160 mil pessoas sejam vítimas de mortes fulminantes.” 5. No trecho “Só que isso não rende muita notícia”, o pronome isso refere-se: a) ( ) ao número de vítimas anuais de mortes fulminantes no Brasil; b) ( ) ao fato de que, se a vítima for um atleta conhecido, o caso ganha os jornais; c) ( d) ( ) à predisposição ou à doença crônica dos atletas; ) aos jornais, que tornam maior o caso da morte súbita de um atleta.

6. Qual a relação expressa pela expressão em destaque no trecho a seguir? Eles estão sujeitos a mortes súbitas na mesma freqüência que indivíduos comuns e sedentários. a) ( ) Comparação indicando superioridade do número de mortes dos atletas em relação aos indivíduos comuns. b) ( ) Comparação indicando igualdade entre o número de mortes súbitas de atletas e indivíduos comuns.

c) ( ) Alternância do número de mortes súbitas entre atletas e indivíduos comuns. d) ( ) Causa e conseqüência entre morte súbita e prática esportiva.

7. Identifique em qual dos trechos a oração intercalada em destaque foi usada como recurso para explicar o significado de um termo pouco usual: a) ( ) Calcula-se que no Brasil, a cada ano, cerca de 160 mil pessoas sejam vítimas de mortes fulminantes. b) ( ) Outro é o possível uso de anabolizantes, pois o usuário tende a ter um aumento no nível de colesterol, o que compromete as funções cardíacas. c) ( ) A hipertermia, ou seja, o aquecimento excessivo do corpo, especialmente em dias de calor e de alta umidade do ar, é um deles. d) ( ) Para evitar novos sustos, os médicos recomendam, além de exames preventivos mais rigorosos, que estádios e ginásios passem a contar com mais recursos, como aparelhos adequados para ressuscitação.

06 - Assinale a palavra cujo gênero está indevidamente indicado pelo artigo: ( ) o cal ( ) o champanha ( ) a dinamite ( ) a suéter 07 - Cometeu-se erro na flexão do substantivo composto em: ( ) guardas-civis ( ) grãos-de-bico ( ) navios-escola ( ) gentil-homens 078 - assinale a palavra masculina: ( ) alface ( ) omoplata ( ) eclipse

( ) faringe

( ) cataplasma

09- O plural de cidadão é cidadãos; a palavra que apresenta a forma do mesmo tipo (-ãos) é: ( ) alemão ( ) corrimão ( ) visão ( ) cinturão ( ) sessão 10 - Alternativa em que a separação se sílabas está cooreta. ( ) sub-li-nhar , mai-o-ri-a , su-bo-fi-ci-al ( ) su-bli-nhar , ma-io-ri-a , sub-o-fi-ci-al ( ) su-bli-nhar , mai-o-ria , sub-o-fi-cial

BOA SORTE!!!!!!!


				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:10
posted:5/23/2009
language:
pages:3