Passagens da Imagem

Document Sample
Passagens da Imagem Powered By Docstoc
					mcl 2009 | comunicação visual II análise de imagens em movimento Passagens da Imagem Pintura, Fotografia, Cinema, Arquitetura
Nelson Brissac Peixoto {Doutor em Filosofia pela Université de Paris I, professor da PUC SP}

Alunos Hélcio Fabri e Neliffer Salvatierra

Paisagens urbanas é uma reflexão sobre a arte em relação definitiva com o lugar. É a relação entre arte e cidade: trata-se de despertar a experiência do mundo de que toda arte é expressão.

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | o que são as passagens nelson brissac peixoto
“ As passagens são o caminho do futuro das imagens.” PINTURA E FOTOGRAFIA | Pintores usam os recursos do instantâneo fotografias retomam técnicas do pictorialismo; PINTURA | FOTOGRAFIA | CINEMA | VÍDEO INTERFERÊNCIA NA ARQUITETURA E NA PAISAGEM URBANA DAS CIDADES | GRANDE CRUZAMENTO DE IMAGENS. PAISAGEM CONTEMPORÂNEA É UM VASTO LUGAR DE PASSAGENS: NEM PERTO NEM LONGE | NEM PASSADO NEM PRESENTE | ENTRE O REAL E O IMAGINÁRIO | ENTRE O FIGURATIVO E O ABSTRATO | ENTRE O MOVIMENTO E O REPOUSO | ENTRE O VISÍVEL E O INVÍSIVEL |ENTRE UMA COISA E OUTRA| Deleuze “ Este entrelaçamento de paisagens é o traçado da cidade de imagens.”
mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

e

mcl 2009 | o que são as passagens ? walter benjamin
Passagem: Lugar por onde se passa (presença de lugar) ou como o momento em que se passa (presença do tempo). Walter Benjamin, filósofo de origem judaica e um dos pensadores da Escola de Frankfurt, caracteriza sua obra inacabada, Livro das Passagens, por uma arquitetura que nos leva em direção a esse lugar e a esse tempo, expressos pela passagem; conseqüentemente, leva-nos à memória e à história. Paris | Início do Séc. XX | Surgimento da imagem na vida cotidiana (a técnica, o espaço urbano, a fotografia, a publicidade).
mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | o que são as passagens walter benjamin
Relação entre o movimento de surrealista e a vida na cidade, como esses aspectos se fundamentam na vida cotidiana e como influenciam a comunicação. “ A modernidade se apresenta na rua, espaço urbano onde o narrador reconhece a história, perceptível através dos letreiros, das lojas, das publicidades, da moda, da prostituição, da iluminação, ou seja, da imagem concreta que a cidade de Paris oferece, na passagem do século. A história se processa com fragmentos de memórias.
mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | passagens da imagem o que são?
“ A passagem de todos os tipos de imagens, confunde o imaginário das pessoas, que se encontram em um grande cruzamento de imagens na contemporaneidade. Estas pessoas estão entre o real e o imaginário, o figurativo e o abstrato, o movimento e o repouso, seja no filme ou na arquitetura, na pintura ou na TV. A imagem contemporânea é agrupada no vídeo, através da hibridização de imagens, da assimilação das outras imagens surge o vídeo, a imagem eletrônica. O vídeo é o ponto de intersecção entre duas partes, é o suporte destas experiências de decomposição e recomposição.”
mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | felice varini| anamorfismo arte e paisagem urbana

| felice varini | anamorfismo | trompe l‘oeil |
mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | anamorfismo | trompe l’oiel
Distorções obtidas na representação de figuras bidimensionais devido a mudança de perspectiva de sua visualização. Ilusão de Ótica Cálculos | Espelhos deformantes | Lentes Anamórficas | Fotografias realizadas com tempos inadequados de exposição. Denominador comum entre o cinema e a pintura | Dispositivo de trânsito | Dispositivo de cruzamento| Pintura e Cinema (Pictórico e Fílmico) tem relação com o movimento
mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | felice varini| anamorfismo arte e paisagem urbana

| passagem | recursos da pintura | efeitos de ilusão de ótica na arquitetura |
mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | felice varini | anamorfismo arte e paisagem urbana

| passagem | recursos da pintura | efeitos de ilusão de ótica na arquitetura |
mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | felice varini| anamorfismo arte e paisagem urbana

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | felice varini| anamorfismo arte e paisagem urbana

| passagem | recursos da pintura | efeitos de ilusão de ótica na arquitetura |
mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | felice varini| anamorfismo arte e paisagem urbana

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | anamorfismo arte e paisagem urbana

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | edgard mueller | anamorfismo arte e paisagem urbana

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | edgard mueller | anamorfismo

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | casa dançante| anamorfismo

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | casa dançante| anamorfismo anamorfismo pintura e paisagem urbana

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | casa dançante| anamorfismo

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | passagens fotografia | vídeo robert wilson | voom portraits
Exposição "Voom Portraits" exibe fotografias criadas pelo dramaturgo americano Robert Wilson a partir de imagens de alta definição. O resultado é uma fotografia que incorpora o movimento dos modelos, quase todos artistas famosos. A série sugere fotografias publicitárias ou “stills”, num olhar demorado, revelam sua linguagem teatral, feita de movimentos mínimos e gestos coreografados. Cada uma dessas fotografias tem sua própria trilha sonora.

“still life is a real life”

Robert Wilson Voom.flv

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 | passagens fotografia | cinema imagens congeladas cromakey | slow motion

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 |

Fotografia

• Multiplas interpretações – processo de interferência, mistura e incorporação – aquilo que troca e se desloca de um sentido ao outro “efeito – vídeo” .

“ A foto seria este momento onde não se pode isolar, o fotograma impossível. Entre o instante e a eternidade. ... Pontos de transcendência em que o cinema converte-se em outra coisa.”

FOTOGRAMA
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Fotograma

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 |

Fotografia

• Tratamento da imagem – retórica televisiva. 1° movimento aéreos, autonômos, camêra. Rompem o princípio ponto de vista subjetivo. da do

Zoom e a Steadycam – construção espaço abstrato.

do

2° - Chroma Key – mistura dos corpos e cenários, provenientes de fontes distintas e mixadas na imagem final.
CHROMA KEY
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Chroma_key

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 |

Godard

• Toma o vídeo como o lugar de sua relação com o cinema. • Filma como quem contribuição de terceiros. pinta quadros, sem

• Faz tentativas de descobrir novas formas de escritas em um novo campo de imagens. • Vídeo – ponto de intersecção das duas partes. • objetivo: “ver fronteiras”, o “metodo do e”, conjura o cinema do Ser: entre duas imagens, entre o sonoro e o visual, fazer ver o imperceptível.
JEAN – LUC GODARD
Fonte: http://revistaepoca.globo.com/Epoca/0,6993, EPT896426-1655-1,00.html

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 |

Godard

• Linking: mixagem eletrônica, seja colagem, wipes, keying ou superposições; • Não existem mais imagens simples, mas apenas imagens multiplas, dissolvendo-se umas nas outras. • Mixagem eletrônica substitui a montagem no interior da imagem, indo de uma imagem a outra através de um evento imagético.

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 |

DUBOIS

•“ Slow – Motion”, experimentação com a velocidade, através da sequência de cortes rapidos. • Não remete mais a fotografia, mas é propriamente vídeográfica. • É controlado pelo dedo e o olho, introduzindo uma dimensão tátil, manual, que é própria de toda a produção contemporânea de imagens.

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 |

DUBOIS

billar

• Os possíveis agenciamentos das imagens com as palavras e os sons. Seu objeto emblemático é uma máquina de somar: A “lógica do e”. • Vê-se simultaneamente várias fotos; no cinema, porém somos obrigados a vê-las separadamente, uma depois da outra: uma projeção. • Passagem de Número Deux , é uma nova forma de montagem ficcional, o vídeo faz aparecer aquilo que não se pode filmar, imagem entre os corpos.

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 |

DELEUZE

• Imagens tem poder de estocar outras imagens. • As imagens sonoras ditam percepção. • “método entre”, não é mais a associação de imagens, dada uma imagem escolher outra imagem que introduzirá um intervalo entre as duas. • O motor desse movimento, não é porém o fotográfico, mas o pictórico. • A pintura é o agente de passagem entre imagem-cinema e imagem-vídeo.

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 |

VÍDEO

• Pintura usa o diagrama para tornar-se uma arte analógica. • profundidade rasa, também é própria do vídeo. • nova profundidade, resultante da composição de rostos, corpos e paisagens. • manifesta a imagem entre as coisas, trabalhando a interpretação delas, rompendo a superfície fotográfica, para duplicá-la com uma profundidade material que é próxima da pictórica.

“ Uma linguagem de relações: a conexão de planos substitui a perspectiva: a modulação de cor suprime o contraste de luz e sombra e a massa destitui a relação entre forma e fundo. Um espaço efeito de junções – “e...e...” ”
mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 |

VÍDEO

• Trabalhada eletronicamente não distingue, a superfície do fundo, a luz da obscuridade. • Justaposição de áreas escuras e vibrações coloridas, que parecem iluminadas do interior. • Feita de camadas que sobrepõe de estratos que se dissociam. • Paisagens vídeo-eletrônicas: Videoscapes.

“ Uma linguagem de relações: a conexão de planos substitui a perspectiva: a modulação de cor suprime o contraste de luz e sombra e a massa destitui a relação entre forma e fundo. Um espaço efeito de junções – “e...e...” ”
mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 |

VÍDEO

• Vídeo ao contrário do cinema é paradoxal, parece uma “arte manual”. • A imagem não é mais constituída em função de um ponto de observação – a perspectiva retiniana -

“ ... Como a monotipia, o baixo-relevo, a xilogravura. Introduz o tátil a consistência material, em pleno campo eletrônico das imagens contemporâneas. A mesma preponderância da mão que – na fotografia – encontramos nas imagens do fotógrafo cego Evgen Bavcar.”
mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 |

TAVOLETTA DE BRUNELLESCHI

• Protótipo do espaço moderno da visualidade. • Demonstra a visão especular da perspectiva, fazendo coincidir o ponto de vista do ponto de fuga. • Para outros a Tavoletta é uma instalação que supõe uma hibridização das imagens. • É um dispositivo de realidade virtual que tende a confundir o espectador sobre o que é ou não verdade.

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II

mcl 2009 |

RAYMOND BELLOUR

• Este dispositivo tem o mérito de prefigurar o procedimento da mistura de imagens. • O vídeo consiste em uma tentativa de abolir a câmera. • O uso de efeitos de pintura produzem as primeiras imagens de vídeo sem câmera. • A imagem complexa, o entrelaçamento de paisagens é o traçado da cidade de imagens.

“ Um entre dois contemporâneos: se o céu permanece imóvel, remete à pintura ou à fotografia, se as nuvens passam, é ao cinema ou ao vídeo.”

mestrado comunicação e linguagens 2009 | disciplina comunicação visual II


				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Stats:
views:1322
posted:4/18/2009
language:Portuguese
pages:35
Description: Helcio e Neliffer