PARA QUE SERVE A COMUNICAÇÃO

Document Sample
PARA QUE SERVE A COMUNICAÇÃO Powered By Docstoc
					PARA QUE SERVE A COMUNICAÇÃO?
 João Alberto Ianhez

Lendo diariamente os principais jornais e publicações do eixo Rio / São Paulo e, de quebra,
algumas de outros estados, pergunto-me: Para que serve aquilo que se convencionou
denominar comunicação?

Para os poucos afeitos ao termo poderíamos dizer que a melhor definição de comunicação
seria; aquilo de que todas as pessoas se julgam entendidas e ensinam na “arte” de fazer com
que os outros compreendam o que elas querem transmitir e reajam de acordo com os seus
objetivos.

Provavelmente, serei criticado por essa definição, pelos mestres e teóricos             da
comunicação, mas na prática é isso o que ocorre. E é isso que se subentende da leitura dos
veículos de comunicação, das notícias de empresas, órgãos públicos, governo, pessoas etc.

Nota-se que não há um padrão, uma transmissão em uníssono de um conceito, de uma
imagem. Nota-se que não há planejamento da comunicação, o que fica mais complicado
quando todos entendem da mesma e se arvoram no direito de comunicar aquilo que julgam
correto, da forma que mais lhes aprouver. Não há uma visão de conjunto, nem
padronização de linguagem etc.

Para que ter executivos ou consultores de comunicação nas empresas, entidades de classe,
governos, ministérios, nas organizações em geral?

O que se vê, afinal, é uma confusão generalizada de conceitos díspares sobre as empresas,
governo, pessoas etc. Não porque as pessoas não saibam se comunicar. É simplesmente
porque comunicação é mais do que falar bem, escrever bem, ser simpático, ter carisma.
Comunicação é, também, planejamento, definições claras de objetivos e união de todos da
organização em relação aos mesmos. É ter, nas organizações entre outros intrumentos ,
mensagens preferenciais para orientarem os pronunciamentos de todos que fazem parte da
mesma, na busca da transmissão coerente dessas mensagens.

Quando as organizações ou as pessoas falam em comunicação devem pensar nisso. Em
transmitir uma mensagem, planejada, coerente com as mensagens do passado, de acordo
com a realidade do presente e coerente com a projeção do futuro, que os instrumentos de
planejamento da empresa indicam, e o trabalho de comunicação devem formalizar, sempre
com a visão voltada para que conceito a organização deseja ter junto ao seu público.

O que se vê, portanto, e que se reflete no dia-a-dia do que lemos, é a falta de planejamento
da comunicação por parte de empresas, entidades, governos, lideranças empresariais.

Respondendo a pergunta colocada como título, a comunicação serve para:

Definir qual o conceito que a organização objetiva junto ao público, baseado na sua visão,
missão, objetivos, valores, metas e o que mais que ela tenha como instrumento de direção
e estratégia.
Particularmente, denomino isto de conceito organizacional estratégico. Isto é, do ponto de
vista de todas suas estratégias e os instrumentos que a apóiam, como é que a organização,
idealmente, deve ser vista pelo público em geral (clientes, acionistas, comunidade,
imprensa etc. etc.).

Se as organizações - empresas, entidades em geral, governo - entenderem a comunicação
desta forma, verão quão produtiva e eficaz ela será, para todos os componentes de sua
estrutura, para seus produtos e serviços, para a visão clara do público do que ela é e do que
ela não é.

Para isso é preciso que entendam para que serve a comunicação. E dentro desse
conhecimento é importante que não esqueçam de arrumar a casa, isto é, de trabalhar em
primeiro lugar a comunicação com o público interno, priorizar o trabalho de comunicação
junto aos mesmos e cuidar para que as informações sejam passadas em primeiro lugar para
ele, caso isso seja inviável que, pelo menos, seja feita concomitantemente com os demais
públicos. Esta forma de agir, além de ser um instrumento de motivação dos funcionários,
transmite ao público coesão, coerência, profissionalismo e competência.

Neste momento é preciso, é premente, é necessário, é fundamental que as organizações
em geral, entre elas os órgãos governamentais, entendam para que serve a comunicação,
utilizando-a de maneira adequada para a tranqüilidade e serenidade do povo brasileiro.

Desta forma, serão abertos espaços nas organizações para uma comunicação objetiva, com
uma direção, com um sentido, com um significado, com coerência entre presente, passado e
futuro, com base nos objetivos visados e sabendo como usar e para que serve a
comunicação.