Docstoc

Metodologia da Pesquisa - DOC

Document Sample
Metodologia da Pesquisa - DOC Powered By Docstoc
					Metodologia da Pesquisa
A sabedoria é como a prata e o ouro escondido, quem procurar encontrarás (provérbios) O termo metodologia é composto por três palavras de origem grega: meta, que significa amplo (lato); odos, que quer dizer caminho; e logo, que se traduz por estudo. (REIS, 2008)      A pesquisa: conceitos e definições Tipos de pesquisa Etapas da Pesquisa Científica O Primeiro Projeto de Pesquisa Exemplos

A Pesquisa: Conceitos e Definições O que é pesquisa? Fazer pesquisa é defender uma idéia, fundamentando-a com bibliografias. Conforme o assunto consultar através de questionários pessoas relacionadas ao mesmo para mostrar através de gráficos as análises e interpretação dos resultados obtidos com a pesquisa. Pois se observa que a pesquisa não é neutra, baseando-se em coleta, análise e interpretação dos dados. É neste tratamento de investigação dos pensamentos e ações que se busca um determinado conhecimento. Fazer pesquisa é crescer profissionalmente e adquirir conhecimento. Pesquisa é "... a produção científica é uma das atividades mais importantes para o alcance da qualidade e da eficiência universitária. Para muitos, como também em muitos ambientes, ciências é algo estranho e inatingível..." KESTRING, Silvestre. Metodologia do trabalho acadêmico: orientações para sua elaboração / Silvestre Kestring. Almerindo Brancher, Aparecida B. Schwad. Blumenau: Acadêmica, 2001.p 81. ISBN 85-87357-08-5. Para Gil [2002] pode-se definir pesquisa como o procedimento racional e sistemático que tem como objetivo proporcionar respostas aos problemas que são propostos... A pesquisa é desenvolvida mediante o concurso dos conhecimentos disponíveis e a utilização cuidadosa de métodos, técnicas e outros procedimentos científicos. Quando estudamos sobre Pesquisas, logo descobrimos que é um termo vasto, aberto e que para compreendê-lo é necessário muito tempo de estudo e dedicação, mais ainda, existe a necessidade de entender autores e construir metodologias próprias. As diferentes áreas do conhecimento também proporcionam diferentes possibilidades, delineamentos e metodologias de elaboração de pesquisas. Do material coletado e consultado observa-se claramente a diferenciação entre as pesquisas realizadas nas áreas de saúde e biológicas, das pesquisas sociais (na área de humanas) e ainda das pesquisas de mercado.
DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

1

Metodologia da Pesquisa
Essa diferenciação ocorre tanto do ponto de vista da elaboração (metodologia), quanto da análise, interpretação, rigor cientifico, generalizações e conclusões a respeito do assunto abordado.  Finalidades (Andrade, 2001): – Pesquisa pura (básica): satisfação do desejo de adquirir conhecimentos, sem que haja uma aplicação prática prevista – Pesquisa aplicada: os conhecimentos adquiridos são utilizados para aplicação prática voltados para a solução de problemas concretos da vida moderna  Tipos de pesquisa, classificados segundo: – A área da ciência – A natureza – Aos objetivos – Aos procedimentos – Ao objeto – A forma de abordagem 1. Tipos de Pesquisa:  Classificação quanto: – À área da ciência  Pesquisa teórica  Pesquisa metodológica  Pesquisa empírica  Pesquisa prática – À natureza  Trabalho científico original  Resumo de assunto – Aos objetivos  Pesquisa exploratória  Pesquisa descritiva  Pesquisa explicativa  Aos procedimentos – Pesquisa de campo – Pesquisa de fonte de papel – Ao objeto  Pesquisa bibliográfica  Pesquisa de laboratório  Pesquisa de campo – À forma de abordagem  Pesquisa quantitativa  Pesquisa qualitativa  Quanto à ciência – Pesquisa teórica – dedicada a estudar teorias – Pesquisa metodológica – se ocupa dos modos de fazer ciência 2

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

Metodologia da Pesquisa
– Pesquisa empírica – dedicada a codificar a face mensurável da realidade social – Pesquisa prática – voltada para intervir na realidade social (pesquisaação)  Quanto à natureza – Trabalho científico original – pesquisa realizada pela primeira vez e que contribui para a evolução do conhecimento da ciência – Resumo de assunto – dispensa a originalidade, sem contudo, abrir mão do rigor científico  Quanto aos objetivos – Pesquisa exploratória  Proporcionar maior familiaridade com o problema  Levantamento bibliográfico ou entrevistas  Pesquisa bibliográfica ou estudo de caso – Pesquisa descritiva  Fatos são observados, registrados, analisados, classificados e interpretados, sem interferência do pesquisador  Uso de técnicas padronizadas de coleta de dados (questionário e observação sistemática) – Pesquisa explicativa  Identificar fatores determinantes para a ocorrência dos fenômenos  Ciências naturais – método experimental; ciências sociais – método observacional  Tentando descomplicar prefiro definir os tipos de pesquisa desta forma: Pesquisa Experimental: É toda pesquisa que envolve algum tipo de experimento. Exemplo: Pinga-se uma gota de ácido numa placa de metal para observar o resultado. Pesquisa Exploratória: É toda pesquisa que busca constatar algo num organismo ou num fenômeno. Exemplo: Saber como os peixes respiram. Pesquisa Social: É toda pesquisa que busca respostas de um grupo social. Exemplo: Saber quais os hábitos alimentares de uma comunidade específica. Pesquisa Histórica: É toda pesquisa que estuda o passado. Exemplo: Saber de que forma se deu a Proclamação da República brasileira. Pesquisa Teórica: É toda pesquisa que analisa uma determinada teoria. Exemplo: Saber o que é a Neutralidade Científica.  Quanto aos instrumentos

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

3

Metodologia da Pesquisa
– Pesquisa de campo – observação e coleta de dados diretamente no local da ocorrência dos fatos – pesquisa bibliográfica e documental  Quanto ao objeto de Estudo – Pesquisa bibliográfica – elaborada a partir de material já publicado (livros, artigos de periódicos, etc.) – Pesquisa de laboratório – pesquisador procura refazer as condições de um fenômeno a ser estudado, para observá-lo sob controle – Pesquisa de campo      Construção de um modelo da realidade Formas de observá-la Campo da pesquisa Formas de acesso a esse campo Participantes

Meios de coleta e análise de dados

 Quanto à forma de abordagem – Pesquisa quantitativa  Traduz em números as opiniões e informações para serem classificadas e analisadas  Utilizam-se técnicas estatísticas – Pesquisa qualitativa  É descritiva  As informações obtidas não podem ser quantificáveis  Os dados obtidos são analisados indutivamente  A interpretação dos fenômenos e a atribuição de significados são básicas no processo de pesquisa qualitativa 2. O Projeto da Pesquisa: Escolha do Tema Existem dois fatores principais que interferem na escolha de um tema para o trabalho de pesquisa. Abaixo estão relacionadas algumas questões que devem ser levadas em consideração nesta escolha:  Fatores internos - Afetividade em relação a um tema ou alto grau de interesse pessoal. Para se trabalhar uma pesquisa é preciso ter um mínimo de prazer nesta atividade. A escolha do tema está vinculada, portanto, ao gosto pelo assunto a ser trabalhado. Trabalhar um assunto que não seja do seu agrado tornará a pesquisa num exercício de tortura e sofrimento. - Tempo disponível para a realização do trabalho de pesquisa. Na escolha do tema temos que levar em consideração a quantidade de atividades que teremos que cumprir para executar o trabalho e medi-la com o tempo dos trabalhos que temos que cumprir no nosso cotidiano, não relacionado à pesquisa.
DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

4

Metodologia da Pesquisa
- O limite das capacidades do pesquisador em relação ao tema pretendido. É preciso que o pesquisador tenha consciência de sua limitação de conhecimentos para não entrar num assunto fora de sua área. Se minha área é a de ciências humanas, devo me ater aos temas relacionados a esta área.  Fatores Externos - A significação do tema escolhido, sua novidade, sua oportunidade e seus valores acadêmicos e sociais. Na escolha do tema devemos tomar cuidado para não executarmos um trabalho que não interessará a ninguém. Se o trabalho merece ser feito que ele tenha uma importância qualquer para pessoas, grupos de pessoas ou para a sociedade em geral. - O limite de tempo disponível para a conclusão do trabalho. Quando a instituição determina um prazo para a entrega do relatório final da pesquisa, não podemos nos enveredar por assuntos que não nos permitirão cumprir este prazo. O tema escolhido deve estar delimitado dentro do tempo possível para a conclusão do trabalho. - Material de consulta e dados necessários ao pesquisador Um outro problema na escolha do tema é a disponibilidade de material para consulta. Muitas vezes o tema escolhido é pouco trabalhado por outros autores e não existem fontes secundárias para consulta. A falta dessas fontes obriga ao pesquisador buscar fontes primárias que necessita de um tempo maior para a realização do trabalho. Este problema não impede a realização da pesquisa, mas deve ser levado em consideração para que o tempo institucional não seja ultrapassado. Levantamento ou Revisão de Literatura O Levantamento de Literatura é a localização e obtenção de documentos para avaliar a disponibilidade de material que subsidiará o tema do trabalho de pesquisa. Este levantamento é realizado junto às bibliotecas ou serviços de informações existentes. Sugestões para o Levantamento de Literatura – Locais de coletas Determine com antecedência que bibliotecas, agências governamentais ou particulares, instituições, indivíduos ou acervos deverão ser procurados. – Registro de documentos Esteja preparado para copiar os documentos, seja através de xerox, fotografias ou outro meio qualquer. – Organização Separe os documentos recolhidos de acordo com os critérios de sua pesquisa. O levantamento de literatura pode ser determinado em dois níveis: a - Nível geral do tema a ser tratado.
DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

5

Metodologia da Pesquisa
Relação de todas as obras ou documentos sobre o assunto. b - Nível específico a ser tratado. Relação somente das obras ou documentos que contenham dados referentes à especificidade do tema a ser tratado. 3. Problema: O problema é a mola propulsora de todo o trabalho de pesquisa. Depois de definido o tema, levanta-se uma questão para ser respondida através de uma hipótese, que será confirmada ou negada através do trabalho de pesquisa. O Problema é criado pelo próprio autor e relacionado ao tema escolhido. O autor, no caso, criará um questionamento para definir a abrangência de sua pesquisa. Não há regras para se criar um Problema, mas alguns autores sugerem que ele seja expresso em forma de pergunta. Exemplo: Deixar a turma criar. 4. Hipótese: Hipótese é sinônimo de suposição. Neste sentido, Hipótese é uma afirmação categórica (uma suposição), que tente responder ao Problema levantado no tema escolhido para pesquisa. É uma pré-solução para o Problema levantado. O trabalho de pesquisa, então, irá confirmar ou negar a Hipótese (ou suposição) levantada. Exemplo: Deixar a turma criar. Hipótese: A sociedade patriarcal, representada pela força masculina, exclui as mulheres dos processos decisórios. 5. Justificativa: A Justificativa num projeto de pesquisa, como o próprio nome indica, é o convencimento de que o trabalho de pesquisa é fundamental de ser efetivado. O tema escolhido pelo pesquisador e a Hipótese levantada são de suma importância, para a sociedade ou para alguns indivíduos, de ser comprovada. Deve-se tomar o cuidado, na elaboração da Justificativa, de não se tentar justificar a Hipótese levantada, ou seja, tentar responder ou concluir o que vai ser buscado no trabalho de pesquisa. A Justificativa exalta a importância do tema a ser estudado, ou justifica a necessidade imperiosa de se levar a efeito tal empreendimento. 6. Objetivos: A definição dos Objetivos determina o que o pesquisador quer atingir com a realização do trabalho de pesquisa. Objetivo é sinônimo de meta, fim. Alguns autores separam os Objetivos em Objetivos Gerais e Objetivos Específicos, mas não há regra a ser cumprida quanto a isto. 6

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

Metodologia da Pesquisa
Um macete para se definir os Objetivos é colocá-los começando com o verbo no infinitivo: esclarecer tal coisa; definir tal assunto; procurar aquilo; permitir aquilo outro, demonstrar alguma coisa etc. Determinação de objetivos: O que pretendo alcançar com o projeto? Objetivo geral – qual o propósito do projeto? Objetivos específicos – abertura do objetivo geral em outros menores. Exemplos de alguns verbos para composição de objetivos – Conhecer, pesquisar, analisar, estudar Obs: para composição dos objetivos geral é necessário que utilize verbos direcionados mais para a área do conhecimento. Exemplos de alguns verbos para composição de objetivos específicos  Apontar, assinalar, citar, definir,escrever inscrever, marcar, relacionar, registrar, relatar, sublinhar, descrever ,discutir, explicar, expressar, identificar, localizar, narrar, reafirmar, revisar, traduzir, transcrever, conjugar, construir, criar, enumerar, esquematizar, formular, listar, organizar, planejar, reunir, etc. 7. Introdução  Para Reis (2008), A introdução deve ser uma síntese da abordagem temática tratada na monografia. É a introdução que induz o leitor a ler o texto. Portanto nela se deve: – – – – – – Expor o objetivo geral do trabalho; Anunciar e mostrar porque o tema foi escolhido; Esclarecer, de maneira resumida, o objeto de estudo; Mostrar a extensão e a profundidade que se deu ao tema; Evidenciar a relevância do assunto a ser tratado; Mostrar como o trabalho está organizado.

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

7

Metodologia da Pesquisa
8. Capa

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

8

Metodologia da Pesquisa
9. Folha de Rosto

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

9

Metodologia da Pesquisa
10. Resumo

     

O resumo deve ser digitado sem parágrafo Espacejamento simples. Fonte tamanho 10. Máximo de caracteres 250 até lato – sensu. Sctrito- sensu Máximo 500 caracteres. Deve ter palavras - chave

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

10

Metodologia da Pesquisa
Qual o Tamanho do Papel?  A4 (21 x 29,7cm) Largura - 21cm

Fonte e Tamanho de Letra:  Arial ou Times New Roman – tamanho 12 para títulos de seções e parágrafos  Arial ou Times New Roman – tamanho 10 para citações longas (4 linhas ou mais), notas de rodapé, tabelas, quadros, gráficos e ilustrações e resumos.

Altura – 29,7cm

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

11

Metodologia da Pesquisa
Parágrafo  Desloca-se a primeira linha em 1,5cm da margem esquerda com alinhamento justificado.

Entrelinhamento  O espaçamento entre linhas é 1,5 linha.

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

12

Metodologia da Pesquisa
Tabelas

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

13

Metodologia da Pesquisa

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

14

Metodologia da Pesquisa

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

15

Metodologia da Pesquisa
Citação   Informação extraída de outra fonte para esclarecer, ilustrar ou sustentar o assunto apresentado. Menção de uma informação extraída de outra fonte. (NBR 10520/2002)

Tipos de Citação:

Regras Gerais de Apresentação - Nas citações, as chamadas pelo sobrenome do autor, pela instituição responsável ou título incluído na sentença devem ser em letras maiúsculas e minúsculas e, quando estiverem entre parênteses, devem ser em letras maiúsculas. Segundo Derrida (1967, p. 293) “apesar das aparências, a desconstrução do logocentrismo não é uma psicanálise da filosofia [...]” “Apesar das aparências, a desconstrução do logocentrismo não é uma psicanálise da filosofia [...]” (DERRIDA 1967, p. 293).

- Para enfatizar trechos da citação, deve-se destacá-los indicando esta alteração com a expressão grifo nosso entre parênteses, após a chamada da citação, ou grifo do autor, caso o destaque já faça parte da obra consultada.

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

16

Metodologia da Pesquisa
“[...] para que não tenha lugar a producção de degenerados, quer phisicos quer moraes, misérias, verdadeiras ameaças à sociedade.” (SOUTO, 1916, p. 46, grifo nosso). “[...] desejo de criar uma literatura independente, diversa, de vez que, aparecendo o classicismo como manifestação de passado colonial [...]” (CANDIDO, 1993, v. 2, p. 12, grifo do autor).

Citação - Forma - Especificar no texto a(s) página(s); volume(s); ou seção(ões) da fonte consultada, nas citações diretas. Este(s) deve(m) seguir a data, separado(s) por vírgula e precedido(s) pelo termo, que o(s) caracteriza, de forma abreviada. - Nas citações indiretas, a indicação da(s) página(s) consultada(s) é opcional. “Houve sol, e grande sol, naquele domingo de 1888, em que o Senado votou a lei, que a regente sancionou [...]” (ASSIS, 1994, v. 3, p. 583). A ironia seria assim uma forma implícita de heterogeneidade mostrada, conforme a classificação proposta por Authier-Reiriz (1982). - Devem ser indicadas as supressões, interpolações, comentários, ênfase ou destaques: a) supressões: [...] b) interpolações, acréscimos ou comentários: [ ] c) ênfase ou destaque: grifo ou negrito ou itálico. Citação Direta Curta - Exemplo No texto de até três linhas e meia (citação curta): • • Deve ser inserida no parágrafo entre aspas duplas Conserva a grafia, a pontuação, o uso de maiúsculas e o idioma originais.

- No texto de até três linhas e meia (citação curta): tamanho da fonte: 12, espaçamento: 1,5. Segundo Sá (1995, p. 27); “[...] por meio da mesma „arte de conversação‟ que abrange tão extensa e significativa parte da nossa existência cotidiana [...]” Gil (1987, p. 19) afirma que pesquisa e o “procedimento racional e sistemático que tem como objetivo proporcionar respostas aos problemas que são propostos”.

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

17

Metodologia da Pesquisa
“Trabalho científico passa a designar a atividade científica, ou seja, a investigação e o tratamento por escrito de questões abordadas metodologicamente” (SALOMON, 1977, p. 136).

Citação Direta Longa - No texto, a partir de quatro linhas (citação longa): • • Deve ser destacada com recuo de quatro cm da margem esquerda, com letra menor que a do texto utilizado e sem aspas; Deve ser apresentada em parágrafo distinto, deixando-se espaço simples entre as linhas e um espaço (Duplo) entre a citação e os parágrafos anterior e posterior.

- A partir dos três cm da margem, m mais quatro cm, daí inicia-se a citação direta longa. Tamanho da Fonte 10 espaçamento simples.

Citação de Citação - É a menção à um documento ao qual não se teve acesso, mas do qual se tomou conhecimento por ter sido citado em outro trabalho.  Só deve ser usada na total impossibilidade de acesso ao documento original.

- No texto:
Korman , citado por Pasquali (1981, p. 54, afirma que outra variável que tem importância especial como característica de personalidade é a auto-estima, isto é, a extensão em que o indivíduo se percebe como competente capaz e que pode prover a satisfação de suas necessidades.
1

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

18

Metodologia da Pesquisa
No rodapé:
1

KORMAN, A. K. Task success, task popularity, and self-esteem as influences na task liking. J. Appl. Psychol., Washington, D.C., v. 52, n. 6, p. 484-490, 1968.

Citação Indireta • • É redigida pelo autor (o discente) do trabalho com base em idéias de outro autor ou autores da obra. Pode aparecer na forma de paráfrase ou condensação.

Paráfrase • • É a expressão da idéia de outro, com palavras próprias do autor do trabalho, mantendo a citação aproximadamente no mesmo tamanho do original. A paráfrase quando fiel à fonte, é preferível à uma longa citação direta.

Condensação - É a síntese dos dados retirados da fonte consultada, sem alterar fundamentalmente a idéia do autor. Imagem de Fundo - Evite a utilização de imagem de fundo na apresentação, pois atrapalha a compreensão do texto, mesmo que seja marca d‟água. Cores - Prefira cores mais fortes... (Azul, Preto, Verde, Vermelho) Tamanho da Fonte - Utilize fonte tamanho 28 ou mais Títulos curtos, Fonte Arial – Tamanho 36 - Texto, fonte arial tamanho de 28 a 34 - Pouca informação por slide: • • • Utilize apenas tópicos Afinal, você fez o trabalho, tem domínio do conteúdo Apresente tabelas, gráficos, quadros, etc.

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

19

Metodologia da Pesquisa
Cuidado com o tamanho e cores das tabelas

Cuidado com o tamanho e cores dos gráficos

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

20

Metodologia da Pesquisa

“Se alguém jamais cometeu um erro é porque nunca fez nada de novo.” Albert Einstein

Bom trabalho!!! Profª: DTd. Marzi

DTd. Marzi do Carmo profmarzi2004@yahoo.com.br

21


				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags: documentos
Stats:
views:75499
posted:4/6/2009
language:English
pages:21