Docstoc

perguntas respondidas - redação

Document Sample
perguntas respondidas - redação Powered By Docstoc
					Perguntas respondidas

Qual o grau de dificuldade da prova do ENEM?
Eu queria saber entre 1 e 10, qual o grau de dificuldade do ENEM, e se teria alguma fonte de estudo de todas as matérias compatível com a prova? Alguma útil e confiável de estudos de matérias que realmente caiam na prova do ENEM. Quem puder ajudar, muito obrigado!

Melhor resposta - Escolhida por votação
O texto abaixo da pra vc ter uma noção, mas em geral ela fica entre a média 4 e 6, depende da sua paciência em ler tanto... Curiosidades da Prova do ENEM! O que estiver entre parênteses é comentário de professores e outros. "O sero mano tem uma missão...." ( A minha, por exemplo, é ter que ler isso! ) "O Euninho já provocou secas e enchentes calamitosas..." ( Levei uns minutos para identificar El Niño...) "O problema ainda é maior se tratando da camada Diozanio !" ( Eu não sabia que a camada tinha esse nome bonito ) "Enquanto isso os Zoutros ... tudo baixo nive..." ( Deus...!! ) "A situação tende a piorar: os madeireiros da Amazônia destroem a Mata Atlântica da região". ( E além de tudo, viajam prá caramba, não? ) " O que é de interesse coletivo de todos nem sempre interessa a ninguém individualmente". ( Entendeu??? Como que não????? ) " Não preserve apenas o meio ambiente e sim todo ele ". ( Faz sentido...) "O grande problema do Rio Amazonas é a pesca dos peixes. " ( Puxa, achei que fosse a pesca dos pássaros ) " É um problema de muita gravidez. " ( Com certeza... se seu pai usasse camisinha, não leríamos isso! ) " A AIDS é transmitida pelo mosquito AIDES EGIPSIO ." ( Vai levar o Oscar essa...) "Já está muito difícel de achar os pandas na Amazônia." ( Que pena. Também ursos e elefantes sumiram de lá.) " A natureza brasileira tem 500 anos e já está quase se acabando ". ( Foi trazida nas caravelas, certo? )

"O cerumano no mesmo tempo que constrói, também destrói, pois nós temos que nos unir para realizarmos parcerias juntos". ( Me esqueça, não conte comigo! ) "Na verdade, nem todo desmatamento é tão ruim. Por exemplo, o do Aeds Egipte seria um bom beneficácio para o Brasil". ( Vamos trocar as fumaças pelas moto-serras ) " Vamos mostrar que somos semelhantemente iguais uns aos outros ". ( Nem tão iguais assim, percebe? ) " .... menos desmatamentos , mais florestas arborizadas. " ( Concordo! De florestas não arborizadas, basta o Saara! Socorro...) "... provocando assim a desolamento de grandes expecies raras". ( Vocês não sabiam que os animais também tem depressão?) "Nesta terra ensi plantando tudo dá". ( Isto deve ser o português arcaico que Caminha escrevia...) "Isso tudo é devido ao raios ultra-violentos que recebemos todo dia". ( Meu Deus... Haja pára-raio! ) "Tudo isso colaborou com a estinção do micro -leão dourado" ( Quem teria sido o fabricante? Compac? Apple? IBM?) " Imaginem a bandeira do Brasil. O azul representa o céu, o verde representa as matas, e o amarelo o ouro. O ouro foi roubado e as matas estão quase se indo. No dia em que roubarem nosso céu, ficaremos sem bandeira ". ( Ainda bem que temos aquela faixinha onde está escrito "Ordem e Progresso") "Ultimamente não se fala em outro assunto anonser sobre o araras azuls que ficam sob voando as matas". ( Talvez por terem complexo de urubus!!!! ) "... são formados pelas bacias esfereográficas ". ( Imaginem as bacias da BIC ) "Eu concordo em gênero e número igual ". ( Eu discordo ) É isto que você está buscando?

Outras Respostas (6)
Ah... Ano passado tava fácil.. mas a prova é mto cansativa... Tem mto texto grande antes das questões, isso cansa qualker um e ninguém merece.. acaba chutando tudo da metade pra lá... mas no geral ela não é difícil.. talvez uma nota 7... Estudar num dá.. pq vc nunca sabe o que vai cair... Pode cair tudo que vc estudou no ensino médio...

1 Avaliação: Resposta boa Eu fiz a prova e obtive 86,8, uma boa nota, mesmo assim fui REPROVADO no obtenção de bolsa, por causa da renda familiar. A prova não existe muita fonte de estudos, pode até analisar as anteriores só que conta mesmo é a interpretação, se vc for um camarada que lê muito, terá bons resultados, pois são problemas que vive no seu dia-a-dia. Se preocupe mesmo é com a REDAÇÃO, leia os jornais e revistas que chegarem a sua mão sobre política, social, reflita sobre os assuntos, exprima a sua opinião, se possível discuta com seus amigos, colegas de trabalho e professores, isto lhe ajudará a ter uma visão global dos assuntos e romper a televisiva . Pegue livros que ensinam sobre os modelos de redação, exercite a escrita, solicite ajuda de algum professor de português em corrigi-las, refaça, treine e treine bastante. Os resto a gente corre atrás, pois o conteúdo, o tema da prova quase sempre é levado para o social.

Então leia tudo sobre isto, e volto a enfatizar, leia e escreva muito.
Eu daria nota 8,5, é só vc estudar o as matérias do ensimo médio mesmo, não tem nada mais,

mas cuidados com as pegadinhas, são muitas.....boa sorte quando for fazer....vai precisar.....
Eu fiz ano passado e não achei tão dificil,só que a prova e bem extensa,bem cansativa,mas vale a pena...você ja acaba estudando para o vestibular...quando fiz o ENEM eu nãoestudei pq fazia magisterio e qnd aconteceu a prova eu ja estava em estagio,dando aula...e pra falar a verdade num lembrava q quase nada do ensino médio.

Usuário Senha

Lembrar?
Logar

FórumGdH Registrar Calendário Pesquisar

Desafios da redação e desafio de redação.
Profissões, Empregos, Cursos e Certificações

1. Linux na Globo! 05/10 2. Firefox apresenta duas novas vulnerabilidades 3. Super-chip vai além da tecnologia "multicore"

4. Prouni ... e agora ???? :D 5. 31 soluções rápidas para problemas com o Windows XP ou com o Vista

Mais resultados? Use nossa pesquisa.

HP Photosmart C4280 (Multifuncional)

LG LCD Widescreen 19" L196WTQ

apenas R$ 401,94 à vista
28-01-2008

apenas R$ 695,62 à vista

Eletrobio

Desafios da redação e desafio de redação. A redação nos concursos está cada vez mais presente, daria para escolher o melhor engenheiro em um concurso, apenas com uma prova de redação.O medo do tema,erros de caligrafia, ortografia e coerência, desanima qualquer doutor em qualquer area. A redação tão temida, deveria ser respeitada pelo fato de nos dar a chance de demonstrar nossa opinião(coisa dificil no dia a dia), mesmo inventada na hora por falta de opção. A redação pode fazer o melhor candidato da primeira fase de um concurso, ser o ultimo no fim das contas. Perguntas A redação mesmo tendo o tema definido de antemão, acho que as pifias notas seriam as mesmas, o que vcs acham importante para ter sucesso em uma redação? Pq todas as ''boas'' redações que eu vi, o candidato simplismente estudou o tema antes, alguns tendo decorado textos de revistas sobre o mesmo. -O que estudar ? -Atualidades somente ? -Depende do nivel do concurso ? -Como defender uma opinião se eu nunca refleti sobre aquilo ? -Debates com amigos e professores resolveriam ? -1 livro de redação ou 1000 livros sortidos de ciência,religião...? __________________________________________ DESAFIO DE REDAÇÃO Quem quiser participar deste desafio feito por mim, é só escrever com o minimo de linhas dando a sua opinião ou somente uma explicação do tema que darei, não levará em conta erros gramaticais, apenas a síntese do que vc sabe sobre o assunto, sem pesquisas no google de preferência, podem colocar outros temas sobre informatica, claro, que gere oposição de ideias. Tema - O reflexo da posição fixista de parte da população dos EUA sobre a educação no ''mundo'' e a ciência com seus métodos em questões ainda filosóficas, em uma sociedade ''americanizada'' tendo como propulsor, a máquina capitalista.Entendendo que a sociedade se divide gerando desde lucro até a guerra, sobre bases que não remetem ao Estado. Lembrando que não há pegadinha aqui, sendo o meu objetivo, fazer com que as pessoas reflitam,o que já não é mais papel dos velhos filosofos ou sociologos modernos e sim, de quem simplismente quer um emprego. Vlw!

28-01-2008

Gordon

-O que estudar ? Não sei como é a redação em concursos, mas na maioria dos grandes vestibulares é necessário conhecer a estrutura de uma dissertação. Saiba como fazer uma, é o tipo de texto, digamos, mais "feio" que existe (do ponto de vista literário) pois tem uma estrutura fixa, na qual as idéias ficam dispostas quase sempre no mesmo molde só mudando o tema. Porém, é bem fácil de corrigir, pois fica claro quando o autor não soube expor seus argumentos, ou seja, não foi capaz de manter a coerência do texto. Além disto pontos fundamentais relacionados à linguagem usada são avalidados (gramática, coesão, etc). -Atualidades somente ? Não, ficar adivinhando o tema só o torna sua capacidade de dissertar mais restrita. Procure ler os editorias de bons jornais, neles, jornalistas e especialistas de várias áreas defendem seus pontos de vista é interessante pois você pode avaliá-los notando se foram coerentes em suas argumentações. -Depende do nivel do concurso ? Imagino que sim, não vejo como um concurso para técnico de nível médio possa ter o mesmo nível de outro para diplomata no Itamaraty, seria uma grande incoerência. -Como defender uma opinião se eu nunca refleti sobre aquilo ? Normalmente é dada uma coletânea de pequenos textos para contextualizar você na hora da prova (no caso dos vestibulares), e você tem que elaborar suas idéias baseando-se no que leu nos textos, há vestibulares (da USP, por exemplo) no qual ouvi dizer que a redação do candidato é desclassificada caso fuja do contexto da coletânea, por exemplo, se é pedido que você fale sobre violência no Brasil e há 5 textos falando de violência doméstica, você não deve falar sobre os tiroteios nos morros cariocas. -Debates com amigos e professores resolveriam ? Sim, pois vai melhorar sua capacidade de argumentação. -1 livro de redação ou 1000 livros sortidos de ciência,religião...? Vai depender mais da sua bagagem cultural, se alguém já leu esses mil livros é provável que precise do de redação para saber estruturar a argumentação, agora quem sabe apenas argumentar mas desconhece os fatos, também não faz muita coisa.

28-01-2008

Eletrobio

Citação:

Postado Originalmente por ichi Importante mesmo é botar gente qualificada para corrigir as provas. Tem gente de corrige a prova achando que tem que corrigir a opiniao do candidato. E isso é grave. As pessoas são qualificadas, mas ''opinião'' é algo sensivel para a sociedade, temas como religião, inibem o candidato e a banca, por isso o desafio que postei fala sobre religião,ninguem se arrisca ?
28-01-2008

rmaiabh

Citação:

Postado Originalmente por Eletrobio A redação mesmo tendo o tema definido de antemão, acho que as pifias notas seriam as mesmas, o que vcs acham importante para ter sucesso em uma redação? Pq todas as ''boas'' redações que eu vi, o candidato simplesmente estudou o tema antes, alguns tendo decorado textos de revistas sobre o mesmo.

Decorar textos de revista não ajudam muito.
Citação:

-O que estudar ? Estudar gramática. Escrever corretamente ajuda muito no entendimento.
Citação:

-Atualidades somente ? Atualidades é importante, tanto quanto história, geografia... O que tem que estar é antenado para os fatos, e de fato conseguir compreendê-los.
Citação:

-Depende do nivel do concurso ? Redação é redação. Não é porque o concurso é para gari que eu vou deixar de escrever da melhor maneira possível. Primar pela qualidade é sempre bom, e é um sinal de respeito com quem está corrigindo sua prova.
Citação:

-Como defender uma opinião se eu nunca refleti sobre aquilo ? Pense no impacto que aquilo tem sobre sua vida. Não é um exercício fácil, mas o grande segredo nesse caso é desenvolver sua forma de raciocínio lógico, concatenar idéias de acordo com o tema proposto e com suas experiências de vida.
Citação:

-Debates com amigos e professores resolveriam ? Ajudam a formar opinião.
Citação:

-1 livro de redação ou 1000 livros sortidos de ciência,religião...? Nem um nem outro. Não adianta comprar 1000 livros se você não sabe interpretar - e absorver - o conhecimento que ele contém. Até para ler um livro de programação você tem que ter um senso crítico. Tem que se exercitar a formação de opinião sobre as coisas, o senso crítico, não decorar regrinhas e matéria.
Citação:

Tema - O reflexo da posição fixista de parte da população dos EUA sobre a educação no ''mundo'' e a ciência com seus métodos em questões ainda filosóficas, em uma sociedade ''americanizada'' tendo como propulsor, a máquina capitalista.Entendendo que a sociedade se divide gerando desde lucro até a guerra, sobre bases que não remetem ao Estado. Esse tema é trecho de alguma redação ou de algum artigo?
29-01-2008

Eletrobio

Citação:

Postado Originalmente por rmaiabh Esse tema é trecho de alguma redação ou de algum artigo? Pode-se dizer que é uma mistura de temas, abrangendo ciência,religião e politica no contexto atual.Nas redações modernas, são apresentados varios textos para guiar o candidato, esse tema já defini especificamente a abordagem de quem porventura desenvolvesse uma opinião a respeito, sociologos, biologos, politicos, cientistas em geral e até leigos que estejam no ensino medio(principal momento para o assunto) podem fazer um esboço de interpretação, basta entender o assunto principal e dar sua opinião de acordo com o seu conhecimento, não precisa encarnar um cientista politico por

exemplo, basta apenas, considerar a visão do resto da sociedade, enfim, o assunto central é o que importa, para achá-lo basta saber o que é ''fixista'', desenvolver perguntas ''Pq nos EUA?'',''Pq a ciência depende da filosofia ?'' etc... Resumindo:É algo tão simples quanto tirar o pirulito da boca de uma criança, dando-lhe 10 reais. Na verdade não é um desafio,se fosse um artigo, seria um artigo de uma revista de psicologia, fisica, biologia, astronomia, direito... Lembrando que há afirmações que podem ser contrariadas.
29-01-2008

rmaiabh

Citação:

Postado Originalmente por Eletrobio Pode-se dizer que é uma mistura de temas, abrangendo ciência,religião e politica no contexto atual.Nas redações modernas, são apresentados varios textos para guiar o candidato, esse tema já defini especificamente a abordagem de quem porventura desenvolvesse uma opinião a respeito, sociologos, biologos, politicos, cientistas em geral e até leigos que estejam no ensino medio(principal momento para o assunto) podem fazer um esboço de interpretação, basta entender o assunto principal e dar sua opinião de acordo com o seu conhecimento, não precisa encarnar um cientista politico por exemplo, basta apenas, considerar a visão do resto da sociedade, enfim, o assunto central é o que importa, para achá-lo basta saber o que é ''fixista'', desenvolver perguntas ''Pq nos EUA?'',''Pq a ciência depende da filosofia ?'' etc... Resumindo:É algo tão simples quanto tirar o pirulito da boca de uma criança, dando-lhe 10 reais. Na verdade não é um desafio,se fosse um artigo, seria um artigo de uma revista de psicologia, fisica, biologia, astronomia, direito... Lembrando que há afirmações que podem ser contrariadas. Eu pensaria de outra forma. Mas redação é uma coisa muito complexa se pararmos pra pensar, pois a opinião de cada um é baseada no contato que cada um tem com a realidade e com a interpretação de cada um desta. Eu não levaria a coisa tão pro lado religioso, por exemplo, e talvez compararia com algo do tipo imposição da cultura greco-romana, ou de quando as colônias queriam tornar mais "civilizada" as colônias na época do início das colonizações, ou ainda da campanha de Hitler pela raça pura e superior ariana. Bom, enfim, poderia escrever um texto de páginas sobre isso. Mas em nenhum momento, porém, veria coisas do tipo: Na minha opinião, Eu acho, Creio eu... Isso se fosse um texto dissertativo. Se fosse a minha opinião expressa, aí sim poderia usar o que citei acima...
29-01-2008

Gordon

A última coisa que um examinador faz é levar em conta a opinião de um candidato. Se por acaso o tema for aquecimento global e o candidato for preciso em defender a idéia de que é necessário aquecer cada vez mais o pleneta e isto estiver de acordo com as especificações da prova, então ele terá uma boa nota, mesmo que não concorde com uma palavra do que ele próprio escreveu. Um bom examinador avalia o que o Gordon disse: Coerência, coesão, gramática, ortografia, paragrafação e estética. Era isso que era avaliado no 2º Grau na minha matéria de Redação (sim, tive redação, e dava bomba se não aprendesse).

29-01-2008

rmaiabh

O que faz as pessoas escreverem coisas totalmente ridículas hoje é a falta de conhecimento para escreverem corretamente, e a quantidade de coisas que tem para atrapalhar. Hoje uma criança de 12 anos escreve uma redação como se tivesse digitando no MSN. Lamentável. Outro aspecto é: Hoje existe acesso facílimo à informação, é só entrar no Google e ver. Só que, estranhamente o nível cultural das pessoas vem caindo vertiginosamente. Hoje são raros os que lêem jornal (mesmo que o online esteja aí, na cara de todo mundo), assinam um clipping, enfim, adquirem muito menos informações sobre o mundo que os rodeia do que seria interessante para formar uma opinião sobre as coisas.
29-01-2008

Eletrobio

Citação:

Postado Originalmente por rmaiabh Um bom examinador avalia o que o Gordon disse: Coerência, coesão, gramática, ortografia, paragrafação e estética. Era isso que era avaliado no 2º Grau na minha matéria de Redação (sim, tive redação, e dava bomba se não aprendesse). O que faz as pessoas escreverem coisas totalmente ridículas hoje é a falta de conhecimento para escreverem corretamente, e a quantidade de coisas que tem para atrapalhar. Hoje uma criança de 12 anos escreve uma redação como se tivesse digitando no MSN. Lamentável. Outro aspecto é: Hoje existe acesso facílimo à informação, é só entrar no Google e ver. Só que, estranhamente o nível cultural das pessoas vem caindo vertiginosamente. Hoje são raros os que lêem jornal (mesmo que o online esteja aí, na cara de todo mundo), assinam um clipping, enfim, adquirem muito menos informações sobre o mundo que os rodeia do que seria interessante para formar uma opinião sobre as coisas. Esse tema que postei, foi materia de meia hora no Fastástico!!
29-01-2008

rmaiabh

Citação:

Postado Originalmente por Eletrobio Esse tema que postei, foi materia de meia hora no Fastástico!! Ficou bem sintético. Na verdade expressa uma opinião de quem escreveu a reportagem. Mas é válido sim. Normalmente uma redação tem dois textos para que você veja algumas diferenças e nuances de pontos de vista.
29-01-2008

Eletrobio

Citação:

Postado Originalmente por rmaiabh Ficou bem sintético. Na verdade expressa uma opinião de quem escreveu a reportagem. Mas é válido sim. Normalmente uma redação tem dois textos para que você veja algumas diferenças e nuances de pontos de vista. O tema é muito debatido nos EUA desde adolescentes até cientistas, não tirei da reportagem, que por sinal não vi, apenas debati com amigos.O assunto central que é a teoria do ''design inteligente'' me fez complementar o tema.
30-01-2008

bird

O reflexo da posição fixista de parte da população dos EUA sobre a educação no ''mundo'' e a ciência com seus métodos em questões ainda filosóficas, em uma sociedade ''americanizada'' tendo como propulsor, a máquina capitalista.Entendendo que a sociedade se divide gerando desde lucro até a guerra, sobre bases que não remetem ao Estado. Eu, sinceramente, não entendi absolutamente nada do que se trata o tema... posição fixista de parte da população - Sim? Que parte da população? A parte do sul, a do norte, os mais abastados? Como se manifesta essa "posição fixista"?

O reflexo... ...sobre a educação no ''mundo'' e (sobre?) a ciência com seus métodos em questões ainda filosóficas - uh?? , em uma sociedade ''americanizada'' tendo como propulsor, a máquina capitalista - em uma sociedade americanizada (qual??), tendo como propulsora a máquina capitalista? Entendendo que a sociedade se divide gerando desde lucro até a guerra, sobre bases que não remetem ao Estado. - a divisão da sociedade (que divisão? racial? religiosa? entre fixistas e evolucionistas? social?) gera desde lucro até a guerra? Sobre bases que não remetem ao estado?? Entendendo?????????????? Me desculpe, o tema até parece ser interessante, mas a formulação está meio... embaraçada... Tanto do ponto de vista formal (pontuação, estrutura) como de conteúdo. Não entendi do que se trata...
30-01-2008

Eletrobio

Citação:

Postado Originalmente por bird Me desculpe, o tema até parece ser interessante, mas a formulação está meio... embaraçada... Tanto do ponto de vista formal (pontuação, estrutura) como de conteúdo. Não entendi do que se trata... Parabéns Bird,apesar de não entender o todo(confuso),vc estaria apto a desenvolver uma redação básica sobre o tema principal:FIXISMO, mas não sua influência. Fica embareçado mesmo(desafio), a pessoa que lê e já conhece o assunto poderia fazer um texto sobre ele apenas aumentando partes deste tema. ''Lembrando que há afirmações que podem ser contrariadas.'' como já disse. O reflexo da posição fixista de parte da população dos EUA sobre a educação no ''mundo'' e a ciência com seus métodos em questões ainda filosóficas, em uma sociedade ''americanizada'' tendo como propulsora, a máquina capitalista.Entendendo que a sociedade se divide gerando desde lucro até a guerra, sobre bases que não remetem ao Estado. EXPLICAÇÃO PARTE 1 Parte da população/parte= ideia de porção= partes iguais.Sendo uma porção fixista, a outra é evolucionista e derivados. Vamos ver o que é reflexo segundo o Aurelio. Reflexo= Que não atua diretamente; indireto: Por influência reflexa, a decisão do campeonato esvaziou a agressividade dos rapazes. Ou seja, quem está crescendo, o fixismo ou o evolucionismo ? O fixismo é claro.Onde ele vai atuar? Na sociedade é claro.Pq reflexo ? Pq para alcançar a sociedade, antes deve-se passar por filtros:IGREJA,CIÊNCIA,ESTADO. IGREJA--FIXISTA=1 CIÊNCIA MODERNA--EVOLUCIONISTA=1 ESTADO--''LAICO'' =0 TEORICAMENTE- 1 X 1

Ora, a porção fixista da população para crescer precisa mais do que a IGREJA.Ela buscará forças na ciência ? ''TALVEZ'' Primeiro buscará forças no ESTADO, que pode dar esse poder a IGREJA quando há interesses(?). Esse poder é a base da força ? Antigamente seria, mas é apartir da EDUCAÇÃO. Quer dizer que a EDUCAÇÃO sofre influências em suas bases por parte do ESTADO,quando a este lhe convém ? Sim!!!! Escorre sangue entre evolucionistas e criacionistas(fixistas) apenas pq a ciência não responde aos ataques da IGREJA ? Não, ainda não rola sangue na parada, vamos analisar isso depois... Aliás, pq a IGREJA já passando pelo ESTADO não detem a cobiçada EDUCAÇÃO ? Pq antes existe a fraca CIÊNCIA! Mas a chegada do homem a lua, as celulas-tronco e a robotica por exemplo, não dariam um certo poder a ciência em relação a sociedade ? Continua...
30-01-2008

mestre10

bom, não vou escrever uma dissertação, irei colocar oque entendi sobre o seu(eletrobio) tema, sobre oque voce citou a cima e um pouco da minha opnião. resumindo, esse tema é: religião(fixismo) X ciencia(razão) O faxismo não se resumi a parte da população dos EUA, pois, se eu, vc e mais um monte de pessoas acreditamos em um DEUS, independente da religião, podemos nos considera faxistas. por que somos fixistas? porque nem a biblia, o alcorão, o buda e etc..., nos diz sobre a evolução das especies através dos tempos, incluindo macaco<homem. o fato da ciencia ter menor poder sobre a sociedade, em comparação com a religião, é resultado da realidade de que poucas pessoas tem acesso a informação, seja cientifica ou não, devido as suas condições financeiras e como existem muito mais pobre no mundo, eis o resultado. Para difundir religião/filosofia precisa apenas ter boca para se comunicar, pode ser feita pelo ZÉ da carroça, lá do ceará ou pelo stephen hawking, mas para difundir ciencia dificilmente o ZÉ vai conseguir. não acho que o fixismo/religião seja algo ruim, alem da fé, é uma filosofia que ajuda a viver corretamenta e não sair por aí matando roubando, fazendo coisas ruins. (até onde eu sei não existe religião que suas escrituras são coniventes com a violencia, tirando os fanáticos do islã). acontece que a ciencia mesmo que fantastica, racional e concreta, ela tem limites, já a fé, não tem. será isso um problema, a solução ou uma leia que nunca será quebrada ? como diria einsten, um pouco de ciencia te afasta de DEUS , muita ciencia te aproxima. é mais ou menos isso.

30-01-2008

m0z4r7

Citação:

Postado Originalmente por Eletrobio A redação nos concursos está cada vez mais presente,... Vlw! Permita um adendo (mesmo com a imposição de não utilizar o Google, caro Mestre), mas queria falar antes sobre uma certa dificuldade, a respeito:
Citação:

Postado Originalmente por http://www.vemconcursos.com/opiniao/index.phtml?page_id=1481 Vejamos sucintamente: 1) Função emotiva: é a do emissor, centrada na 1ª pessoa do singular, no “eu”, subjetivamente. 2) Função conativa: é a do receptor, centrada na 2º pessoa, no “tu”; busca atuar sobre a imagem do receptor, persuadindo-o mediante o uso das palavras e de verbos no imperativo. 3) Função fática: é a do canal, serve apenas para manter o contato e ver se o receptor está realmente entendendo o emissor. 4) Função metalingüística: é a do código (no nosso caso, a língua portuguesa brasileira); usada quando temos de explicar a própria linguagem, como estou fazendo agora. 5) Função poética: é a da mensagem; privilegia o significante e o significado e depende dos recursos usados pelo autor do texto (envolvendo muito a conotação). 6) Função referencial: é a do referente, centrada na 3ª pessoa, no assunto; a intenção é apenas transmitir a informação, objetivamente (envolvendo a denotação). Claro que em um texto pode haver mais de uma função pois elas não são excludentes. A linguagem referencial ocorre quando o referente, ou seja, o assunto, é posto em destaque. Se o assunto é posto em destaque, o texto há de ser objetivo e claro, sem margem a duplas interpretações (como ocorre com a linguagem conotativa). Como o principal é passar a informação, o texto será escrito em 3ª pessoa – como vemos na maioria das teses científicas e textos jornalísticos. Por isso em uma dissertação o que predomina é a função referencial, aquela que visa passar o assunto da forma mais precisa possível. Muitas vezes procuro entender qual função é esperada na redação, inclusive sobre o tipo de redação, se igual à imprensa, na linguagem realista ou algo do tipo narrativo-descritivo...
Citação:

Postado Originalmente por Eletrobio Tema -O reflexo da posição fixista de parte da população dos EUA sobre a educação no ''mundo'' e a ciência com seus métodos em questões ainda filosóficas, em uma sociedade ''americanizada'' tendo como propulsor, a máquina capitalista.Entendendo que a sociedade se divide gerando desde lucro até a guerra, sobre bases que não remetem ao Estado. Problema político, que se dissemina sob forma fundamentalista é extremamente intensificado pelo capital, acaba gerando desarmonia e discordia que desestabilizam o coletivo. PS^> O Fundamentalismo citado não é apenas o religioso, mas o ainda mais 'radical', o fundamento 'fechado' ou 'extremista' em suas bases contrariando a 'mente aberta' do brando e articulado.
31-01-2008

m0z4r7

Citação:

Postado Originalmente por mestre10 [...]não acho que o faxismo/religião seja algo ruim, alem da fé, é uma

filosofia que ajuda a viver corretamenta e não sair por aí matando roubando, fazendo coisas ruins. (até onde eu sei não existe religião que suas escrituras são coniventes com a violencia, tirando os fanáticos do islã). acontece que a ciencia mesmo que fantastica, racional e concreta, ela tem limites, já a fé, não tem. será isso um problema, a solução ou uma leia que nunca será quebrada ? como diria einsten, um pouco de ciencia te afasta de DEUS , muita ciencia te aproxima. é mais ou menos isso. Isso também é relativo, temos Religiões e religiões, Ciência e ciência...explico:
Citação:

(até onde eu sei não existe religião que suas escrituras são coniventes com a violencia, tirando os fanáticos do islã). Retirados os links a pedidos, até por serem desnecessários...basta lembrar da maldade que campeia o mundo, há religiões e seitas satanistas, tem até uma na França que conseguiu disponibilizar um n° de telefone para onde vc liga e funciona ao contrário do CVV, induzindo o usuário ao suicídio, pregando que o Homem é o mal do mundo querem a 'extinção da humanidade para Salvar o Mundo'...é mole? por que não começam dando o exemplo eles mesmos? E na ciência temos de guerra biológica, drogas, tráfico de orgãos até corantes, conservantes e agrotóxicos...temos portanto Religião e religião, Ciência e ciência, concordam?
31-01-2008

mestre10

Citação:

Postado Originalmente por m0z4r7 Isso também é relativo, temos Religiões e religiões, Ciência e ciência...explico: Retirados os links a pedidos, até por serem desnecessários...basta lembrar da maldade que campeia o mundo, há religiões e seitas satanistas, tem até uma na França que conseguiu disponibilizar um n° de telefone para onde vc liga e funciona ao contrário do CVV, induzindo o usuário ao suicídio, pregando que o Homem é o mal do mundo querem a 'extinção da humanidade para Salvar o Mundo'...é mole? por que não começam dando o exemplo eles mesmos? E na ciência temos de guerra biológica, drogas, tráfico de orgãos até corantes, conservantes e agrotóxicos...temos portanto Religião e religião, Ciência e ciência, concordam? realmente esqueci das seitas do mal e macumbas, mas não sei se elas podem ser consideradas religião
31-01-2008

m0z4r7

Citação:

Postado Originalmente por mestre10 realmente esqueci das seitas, mas não sei se elas podem ser consideradas religião valew Realmente não devem ser, afinal religião vem do 'radical latim' religare e portanto não pode designar nada exceto o retorno ao Criador, chamado Deus...mas temos outras religiões mesmo assim, a xintoísta (dos Kamikazes) , hindú (Baghavad Guita), Budista (No início, Sidharta buscava 'ciência' mas atualmente é algo como 'religião' e o tal 'Nirvana'), e tem as mais 'primitivas' que adoram animais e elementos da natureza tais como as Africanas e as

Orientais. Particularmente 'creio' nas religiões como a síntese, a essência da pessoa, de sua índole na qual será 'conhecida' de acordo com as inteirações e atitudes desta pessoa em vida, como dizia Tao Te King, o místico despreza os meios e valoriza o fim enquanto para o profano 'os fins justificam os MEIOS', mas transferindo isso ao coletivo e social, algo como a separação das duas maneiras de existir por uma divindade, onde os maus serão separados para junto do 'mal' primeiro (aquele que viu tudo de ruim no Homem e rebelou-se contra Deus), enquanto os bons podem unir-se a Deus em um estágio mais elevado...hehehe A ciência estar nas mãos da Filosofia, de algo como Etica e Epicuro, Estado e Privado, etc. tem o contraste de cientistas mercenários, perdidos e que tem nos olhos um cifrão...sem a Moral e a Etica a ciência é uma 'faca de dois legumes' e pode servir a interesses minoritários...algo como 'A ciência é uma vendida' mas os Homens de princípios a utilizam para o bem comum.
31-01-2008

Eletrobio

Citação:

Postado Originalmente por m0z4r7 Problema político, que se dissemina sob forma fundamentalista é extremamente intensificado pelo capital, acaba gerando desarmonia e discordia que desestabilizam o coletivo. PS^> O Fundamentalismo citado não é apenas o religioso, mas o ainda mais 'radical', o fundamento 'fechado' ou 'extremista' em suas bases contrariando a 'mente aberta' do brando e articulado. Essa sua primeira afirmação, somada ao que falei sobre ''rolar sangue'' vai ser explicadada tb.Gostaria que alguem fizesse um ensaio sobre isso.O tema está ficando fácil... Mestre10, é f''i''xismo,corrige aí.
31-01-2008

m0z4r7

, mas acho que vou tentar complementar minha 'posição' sobre o assunto, assim então chegando perto de um ensaio. Tema -O reflexo da posição fixista de parte da população dos EUA sobre a educação no ''mundo'' e a ciência com seus métodos em questões ainda filosóficas, em uma sociedade ''americanizada'' tendo como propulsor, a máquina capitalista.Entendendo que a sociedade se divide gerando desde lucro até a guerra, sobre bases que não remetem ao Estado. Ok, editado, por ter ficado muito 'ruim'. Fiquem com Deus. (Relendo percebi que ficou muito 'já estava tudo aí)...o que queria dizer é que a 'matéria prima' ou todo o 'leque' de possibilidades já existe...cabe à ciência a observação, análise, síntese, etc. para conseguir até talvez algum dia chegar à velocidade da luz... A fé é emocional? Deus é produto da necessidade humana de um 'consolo' sobre seu destino imutável? A vida é agora e não temos o direito de utilizar ela para pensar na vida? Somos animais? e então por que pesquisar e estudar tanto? para simplesmente 'perder no final'? e se vamos perder por que nos incomodamos tanto com isso? me diga, me diga, me diga o porquê? caro Mestre. Vou falar uma coisa sobre a Ciência...fatalmente ela buscará um dia salvar a todas as outras espécies que atualmente destrói, tentará controlar o que não

pode ser controlado e também, lá no final capaz de tornar a Humanidade Extra Terrestre, porque ela mesma já sabe...no final até a Terra...e o Sol também...por isso contemplem 'nossos Astros' mas também 'respeitem o planetinha'...um Universo não é feito só de 'estrelas'...a diferença é que quando elas 'morrem' criam uma 'lacuna' capaz de 'sugar' tudo em torno.
Guia do Hardware Melhores Tópicos

Proposta de dezembro de 2007 A gramática facilita ou dificulta a comunicação? As regras gramaticais têm como objetivo uniformizar a língua de um povo, padronizá-la, de modo a torná-la comum e acessível a todos os usuários. Em poucas palavras, a gramática deve facilitar a comunicação. No entanto, a imensa dificuldade dos estudantes em aprendê-la sugere que isso talvez não ocorra de fato. O grande número de normas - às vezes sobre detalhes aparentemente insignificantes - não acaba complicando e criando confusão? Que importância tem, por exemplo, a troca de uma única letra na grafia de uma palavra? Leia a proposta completa Língua mal falada A língua portuguesa, falada e escrita por nós brasileiros, é generosa em regras . Esta talvez seja uma de suas principais características. Estas regras foram criadas para unificar a língua, tornando seu entendimento e seu desenvolvimento, acessível a qualquer brasileiro. Porém, o que podemos notar no nosso cotidiano, é o exato contrário do objetivo das regras. A cada dia, escrevemos um português mais distante daquele idealizado pelos gramáticos e falamos um português mais diversificado, e ainda mais distante daquilo que a gramática nos ensina. Na escola,aprendemos a norma culta da língua, aquela que nos faz, ou deveria nos fazer, escrever e falar, de forma coerente com as regras pré estabelecidas, e estas por vezes não nos parecerão muito claras e tão pouco úteis diante da realidade de um povo que escreve pouco, lê menos ainda e atravessa a vida, falando. A verdade é que as regras, acabaram por cair no desuso, em detrimento da língua falada, um tanto quanto diferente da língua escrita. É muito mais dinâmica, e utilizada por qualquer sociedade e classe social, isto é, falamos mais do que escrevemos. As regras que aprendemos, são pouco utilizadas pelos brasileiros, até porque o sistema de ensino público no Brasil é de baixa qualidade, não ensinando nem tudo e nem a todos, aquilo que deveriam aprender como regras da própria língua. Criou-se daí, um abismo entre classes sociais, os que podem estudar em colégio particulares e em consequência, não cometem ou cometem menos erros gramaticais, por serem melhores conhecedores das regras, e os mais humildes, que não podem pagar um escola particular e acabam falando errado, escrevendo errado e sendo ridicularizados. O fato é que existe um "português", criado pelo povo comum, sem acesso a educação, paralelo ao português ensinado pelos gramáticos. E dentro do mesmo país, acabamos falando de uma forma completamente diferente do que escrevemos, e apesar disso, das regras em desuso e do abismo "gramático-social" em que nossa sociedade vive, nos entendemos muito bem. Isso tudo talvez prove que algumas regras, podem ser importantes, até para que cada um não invente uma linguagem própria de acordo com o que acham mais correto, mas acima das regras está a criatividade daqueles que podem até não saber de tudo, mas com o pouco que sabem interpretam

muito bem o mundo que está a sua volta. Ter regras para unificar é plausível, mas para segregar é heresia. Façamos o melhor da interpretação de nossa língua, usemos as regras para torná-la mais audível aos sensíveis ouvidos dos conhecedores da gramática, mas acima de tudo, deixemos nossa língua evoluir e tornar-se menos burocrática e mais democrática para nós, brasileiros. Comentário geral A redação traz argumentos e se empenha em discutir o tema proposto. No entanto, acaba caindo numa espécie de círculo vicioso, em que a questão da inobservância das regras é apresentada repetidamente, sem que se extraia disso uma conclusão. Do ponto de vista lingüístico, o texto mostra certo domínio da norma culta da língua, apesar das redundâncias dos erros de pontuação. Aspectos pontuais 1) Observe o emprego da vírgula separando o sujeito do predicado no primeiro, no segundo e no terceiro parágrafo, nos trechos ressaltados em vermelho. A pontuação sistematicamente incorreta torna-se um dos grandes problemas do texto. 2) O mesmo erro ocorre no último parágrafo. Corrigido, o trecho fica assim: "Isso tudo talvez prove que algumas regras podem ser importantes." 3) Observe a afirmação feita no último parágrafo, ressaltada em vermelho: "Ter regras para unificar é plausível, mas para segregar é heresia." . De modo mais específico, "plausível" significa "que merece aplauso, aprovação" e "heresia" se refere a uma "teoria, idéia, prática etc. que nega ou contraria a doutrina estabelecida por um grupo". Em sentido figurado, o uso das palavras feito pelo estudante não está de todo incorreto, mas uma formulação mais simples certamente seria mais objetivo. Por exemplo: "As regras gramaticais são importantes para unir, não para segregar as pessoas". Competências avaliadas Competência Nota 1. Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 2. Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 3. Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 4. Demonstrar conhecimento dos mecanismos lingüísticos necessários para a construção da argumentação. 5. Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. Total Desempenho do aluno em cada competência Nota 2,0 - Satisfatório Nota 1,5 - Bom Nota 1,0 - Regular Nota 0,5 - Fraco Nota 0,0 - Insatisfatório 1,5

1,0

0,5

1,5

0,5

5,0

1. O tema da redação é sempre uma surpresa. Não dá para te dizer se vai ser sobre um assunto da atualidade ou não Do tipo: tanto eles podem pedir para você falar sobre o caso “Isabela

Nardoni” quando podem te pedir para falar sobre “Liberdade” (que por sinal já foi tema de redação da UFMA). Enfim, o certo é que o candidato tem que estar pronto para defender seu ponto de vista dentro da redação, além de, é claro, não cometer erros gramaticais. A minha sugestão para você (e para os outros candidatos) é se manter bem informado sempre: assistir telejornais, ler jornais, revistas, internet… Todos nós recebemos uma infinidade de informações no nosso dia a dia, e devemos saber o que fazer com elas. Quem sabe algo que você leu um dia antes não ajude na elaboração da sua redação?

Quai os temas que pode cair em uma redação, nos tempos que estamos vivendo?


* Pedofilia e abuso sexual: maioria dos casos fica na impunidade * Como a mídia aborda assuntos polêmicos? (Caso Nardoni, Caso Tim Lopes, Caso Ronaldo fenômeno, etc) * Congestionamentos se agravam nas metrópoles do país (Trânsito) * Votar: direito ou dever? (Eleições) * Violência sem fim (nas ruas e em casa: Caso Isabella) * Gravidez na adolescência (Juventude) * Desmatamento da Amzônia Ilegal e Aquecimento global (Meio ambiente) * Impunidade é a principal causa da prática ilegal (Corrupção) * Atuação da Polícia nos acontecimentos atuais * Reforma Agrária, MST * Inclusão social e Educação são temas que sempre se deve ler a respeito, porque ajudam muito na hora de concluir a redação, pois em dissertações você deve finalizar sugerindo soluções para o problema em questão.

o

Amazonia, intolerância racial e sexual, Espetacularizaçao da noticia pela mídia, violência urbana, Ciencia e ética(células troncos), corrupçao, entre outros. Aquecimento global,como ajudar a população a combater a dengue,Amazônia

Categorias


Todas as categorias o Sociedade e Cultura  Etiqueta e Estilo  Feriados e Datas Comemorativas  Grupos e Culturas  Idiomas e Línguas  Mitologia e Folclore  Realeza e Monarquia  Religião e Espiritualidade  Serviço Social  Tourada e Rodeio  Outras - Sociedade e Cultura

Y! Respostas em outros países:
                 

Alemanha Argentina Austrália Brasil Canadá China Cingapura Coréia do Sul Espanha Estados Unidos Filipinas França Hong Kong Indonésia Itália Japão Malásia México


				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:2536
posted:2/12/2009
language:English
pages:17