COLÉGIO MILITAR DE BELO HORIZONTE_

Document Sample
COLÉGIO MILITAR DE BELO HORIZONTE_ Powered By Docstoc
					                                                                                                                                                  1

SISTEMA COLÉGIO MILITAR DO BRASIL                                    ENSINO MÉDIO                                       PROPOSTA EM 2006



                BIOLOGIA                                                  2ª SÉRIE                                CARGA HORÁRIA: 90 HORAS


                                                            PLANO DE DISCIPLINA (PLADIS)
                                                                      Elaborado pelo CMRJ



    1. OBJETIVOS GERAIS DA DISCIPLINA
    a. Reconhecer a importância do estudo da Biologia como forma de compreender melhor o mundo que nos cerca.
    b. Valorizar a aplicação do método científico no estudo dos fenômenos biológicos.
    c. Desenvolver a capacidade de aprender a aprender como forma de aprimorar seus conhecimentos na disciplina.
    d. Aplicar os conhecimentos e hábitos adquiridos no estudo da Biologia em sua vida para preservar a saúde, com conseqüente melhoria da quali-
        dade de vida.
    e. Analisar as implicações sócio-políticas, culturais e econômicas do desenvolvimento científico e tecnológico, seus alcances e suas limitações.
    f. Aprofundar-se nos conteúdos que conduzam ao processo de educação em saúde, pessoal e ambiental.
    g. Ampliar os conhecimentos biológicos frente às últimas descobertas.
    h. Desenvolver uma ética científica.
    i. Reconhecer a relevância dos conhecimentos relativos às Ciências Biológicas nos avanços biotecnológicos.
    j. Desenvolver hábitos de trabalho em equipe e responsabilidade na realização de tarefas.
    k. Desenvolver a capacidade de lidar com materiais de laboratório e computadores.
    l. Desenvolver a integração: convergência de esforços, criatividade, senso crítico e participação.

   2. OBJETIVOS PARTICULARES DA DISCIPLINA NA SÉRIE
   a. Conhecer os processos de classificação dos seres vivos.
   b. Compreender o funcionamento dos organismos dos diversos Reinos.
   c. Caracterizar os principais sistemas orgânicos.
   d. Reconhecer o processo evolutivo como o agente da biodiversidade.
   e. Relacionar a origem da vida na Terra com as relações de parentesco entre os seres vivos.
   f. Compreender o funcionamento do organismo humano.
                                                                                   2



2. UNIDADES DIDÁTICAS
  NÚMERO                                            TÍTULO               CARGA HORÁRIA
     I                                  CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS         65

     II                                SISTEMAS FISIOLÓGICOS HUMANOS          25

                                            TOTAL                             90

                                  RETIFICAÇÃO DA APRENDIZAGEM                 05

                        CARGA HORÁRIA TOTAL PARA O PLANEJAMENTO DO PET        95
                                                                                                                                                    3

UNIDADE DIDÁTICA I – CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS                                                                                   CARGA HORÁRIA : 65 h
                                                                                                                                                 NÚMERO
        ASSUNTOS                                                        OBJETIVOS ESPECÍFICOS
                                                                                                                                                DE SESSÕES
                              a. Reconhecer a importância da classificação dos seres vivos na organização e compreensão da diversidade da vida.
                              b. Conhecer as regras universais de nomenclatura para os seres vivos.
                              c. Conhecer a hierarquia das principais categorias taxonômicas.
1. Regras de nomenclatura
                              d. Caracterizar cada um dos reinos de seres vivos quanto ao tipo celular, número de células e forma nutricional.
 e Classificação biológica.
                              e. Compreender os princípios básicos da elaboração das árvores filogenéticas, reconhecendo-as como uma forma de       06
                                 representação das relações de parentesco entre os seres vivos.

                              a. Compreender que os vírus não são incluídos em nenhum dos cinco reinos porque são acelulares.
                              b. Conhecer a estrutura geral dos vírus, reconhecendo, comparativamente, sua simplicidade estrutural e bioquímica
                              c. Compreender os ciclos reprodutivos dos vírus, identificando, em esquemas, as etapas básicas da reprodução de
                                 alguns vírus (bacteriófagos, vírus da gripe e vírus da AIDS).
2. Vírus.
                              d. Conhecer, em linhas gerais, em que consiste a infecção viral e o que ocorre com a célula afetada.
                              e. Inferir, a partir do conhecimento das formas de transmissão de alguns vírus, os principais procedimentos e medi-       06
                                 das para a prevenir o ataque ao organismo humano.

                              a. Conhecer os critérios para a classificação dos seres procariontes.
                              b. Conhecer a estrutura geral da célula procariota.
                              c. Conhecer os processos de reprodução assexuada e sexuada dos organismos procariontes
                              d. Reconhecer a importância dos organismos procariontes para a humanidade (na decomposição, na fertilização do
3. Reino Monera.
                                 solo e na produção de alimentos).
                              e. Reconhecer doenças humanas causadas por bactérias, formas de transmissão e as principais medidas profiláticas          06
                                 e de tratamento para as infecções bacterianas.

                              a. Caracterizar algas e protozoários.
                              b. Conhecer os critérios de classificação de algas e protozoáros.
                              c. Reconhecer a importância das algas produtores nas cadeias alimentares dos ambientes aquáticos e no equilíbrio
                                 ambiental.
                              d. Conhecer a importância econômica das algas.
4. Reino Protoctista.
                              e. Comparar a evolução do ser protoctista com a do ser monera.
                                                                                                                                                        06
                              f. Conhecer algumas doenças humanas causadas por protozoários, os ciclos de vida dos agentes causadores, infe-
                                 rindo, com base no ciclo, formas de transmissão e prevenção.
                                                                                                                                                     4
                             a. Caracterizar morfologicamente os principais tipos de fungos.
                             b. Compreender os processos de reprodução assexuada e sexuada dos fungos.
5. Reino Fungi.              c. Reconhecer a importância ecológica, parasitológica e econômica dos fungos.                                               06
                             d. Caracterizar líquen.

                             a. Conhecer os critérios usados na classificação dos organismos vegetais.
                             b. Caracterizar os principais grupos de plantas, identificando as características básicas e os representantes de cada
6. Introdução ao estudo do
                                grupo.                                                                                                                   02
   Reino Plantae.
                             c. Identificar as tendências evolutivas das plantas.

                             a. Conhecer o ciclo de vida das briófitas, identificando as fases gametofítica e esporofítica e caracterizando cada
7. Plantas avasculares.         fase.                                                                                                                    03

                              a. Conhecer os ciclos de vida de pteridófitas, gimnospermas e angiospermas, identificando as fases gametofíticas
                                 e esporofíticas e caracterizando cada fase.
                              b. Reconhecer o estróbilo e a flor como estruturas reprodutivas em que folhas férteis transformadas formam grãos
                                 de pólen ou óvulos.
                              c. Reconhecer o óvulo e o grão de pólen de plantas fanerógamas como a estrutura multicelular formadora do ga-
                                 meta feminino e estrutura em que se formam os gametas masculinos, respectivamente.
                              d. Distinguir a fecundação simples, que ocorre em plantas gimnospermas, da fecundação dupla, que ocorre em
8. Plantas vasculares.           plantas angiospermas.                                                                                                   10
                              e. Conhecer a estrutura de uma flor completa.
                              f. Conhecer a origem do fruto e da semente, relacionando-os com as estruturas florais.
                              g. Reconhecer a importância do fruto e da semente na conquista do ambiente terrestre.
                              h. Comparar os ciclos reprodutivos dos diferentes grupos de plantas com relação à fase gametofítica e à indepen-
                                 dência da água para a reprodução, identificando suas principais diferenças e semelhanças.
                              i. Conhecer os principais tipos de tecidos vegetais (revestimento, crescimento, sustentação e transporte).
                                                                                                                                      5

UNIDADE DIDÁTICA I – CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS                                                               CARGA HORÁRIA: 65 h
                                                                                                                          NÚMERO
     ASSUNTOS                                            OBJETIVOS ESPECÍFICOS                                             DE SES-
                                                                                                                            SÕES




                     a. Conhecer os critérios de classificação dos animais quanto ao celoma, à origem do blastóporo, ao número
                        de folhetos embrionários, à simetria, etc.
                     b. Conhecer as principais características usadas na organização da árvore filogenética dos animais e suas
                     implicações.
                     Comparar evolutivamente os diferentes tipos de sistemas e sua fisiologia nos animais.
                     d. Caracterizar os representantes dos filos animais.
                     e. Compreender os processos reprodutivos dos representantes dos filos animais.
                     f. Conhecer os ciclos das principais verminoses na espécie humana e suas medidas profiláticas.
9.   Reino Animma-   g. Justificar a importância ecológica e econômica dos filos mais representativos.
                                                                                                                                 20
     lia.            h. Reconhecer os equinodermos como o filo evolutivamente mais próximo dos cordados.
                                                                                                                                                      6
UNIDADE DIDÁTICA I - CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS                                                                          CARGA HORÁRIA: 65 HORAS
INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS

a. Estimular os alunos a integrarem os conteúdos aprendidos em sala com a solução de casos sobre controle de doenças causadas por vírus, bactérias, protozoários,
   fungos e vermes.
b. Adotar livros paradidáticos e programar visitas extra-classe.
c. Realizar estudos de caso e pesquisas que poderão ser realizadas fora da sala de aula.
d. Utilizar recursos didáticos modernos, dando importância aos atributos da área afetiva.
e. Usar modelos vivos ou conservados, DVD’s e transparências para facilitar o reconhecimento dos órgãos e estruturas dos seres vivos em estudo.
f. Dar ênfase às comparações evolutivas entre os seres vivos estudados para facilitar o estudo da evolução orgânica.
g. Orientar o aluno a complementar o aprendizado com o estudo a domicílio e pela Internet.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. ADOTADO PARA OS DISCENTES:
a. LOPES, SÔNIA.

2. SUGERIDO PARA OS DOCENTES:
    a. BARNES, R.T. D. Zoologia dos Invertebrados. Editora Roca.
    b. CIMERMAN, B. Atlas de Parasitologia - Artropodes; Protozoa. Editora Atheneu.
    c. MARGULIS, L. & SCHWARTZ, K. S. Cinco Reinos, um guia ilustrado dos filos da vida na Terra. 3ª ed. Editora Guanabara Koogan, 2001
    d. ORR, R.T. Biologia dos Vertebrados - Edição Universitar. Editora Roca.
    e. PELCZAR Jr., M.J.; CHAN, E.C.S.; KRIEG, N.R. Microbiologia. Editora Makron Books do Brasil 1997
    f. PESSÔA, S.B. & MARTINS, A. V. Parasitologia Médica. Guanabara Koogan.1988.
    g. RAVEN, P.H. Biologia Vegetal. 6ª ed. Guanabara Koogan.
    h. STORER, I. T. Zoologia Geral. Editora Nacional
                                                                                                                                                   7

UNIDADE DIDÁTICA I I – SISTEMAS FISIOLÓGICOS HUMANOS                                                                    CARGA HORÁRIA: 25 HORAS
                                                                                                                                                  NÚMERO
          ASSUNTOS                                                       OBJETIVOS ESPECÍFICOS
                                                                                                                                                 DE ESSÕES
                                a. Conhecer os princípios fisiológicos do processo de nutrição animal.
1. Sistema digestório.          b. Conhecer a anatomia e fisiologia do sistema digestório humano.                                                      05

                                a. Conhecer os aspectos fisiológicos da circulação dos animais.
2. Sistema circulatório.        b. Conhecer a anatomia e fisiologia do sistema circulatório humano.                                                    04

                                a. Conhecer os aspectos fisiológicos da respiração nos animais.
3. Sistema respiratório.        b. Conhecer a anatomia e fisiologia do sistema respiratório humano.                                                    05

                                a. Conhecer os aspectos fisiológicos da osmorregulação e excreção nos animais
4. Sistema excretor.            b. Conhecer a anatomia e fisiologia do sistema excretor humano.                                                        05

                                a. Conhecer os aspectos fisiológicos dos sistemas de controle nos animais.
                                b. Conhecer a anatomia e fisiologia do sistema nervoso e endócrino humano.
5. Coordenação nervosa e hor-
                                c. Relacionar o sistema nervoso com o sistema endócrino.                                                               05
   monal.
                                d. Conhecer as funções e disfunções dos principais hormônios humanos.

                                a. Conhecer o funcionamento dos órgãos dos sentidos nos animais e a importância desses órgãos na vida de rela-
6. Sistema sensorial.              ção.                                                                                                                01

OBJETIVO                        Explicar o funcionamento do seu próprio corpo, reconhecendo sua responsabilidade na manutenção da saúde individual e coleti-
INTEGRADOR                      va.
                                                                                                                     8
UNIDADE DIDÁTICA I I – SISTEMAS FISIOLÓGICOS HUMANOS                                                 CARGA HORÁRIA: 25 HORAS
INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS

a. Enfatizar os fatores evolutivos no funcionamento dos sistemas dos animais.
b. Destacar o funcionamento dos principais sistemas humanos.
c. Orientar o aluno a complementar o aprendizado com o estudo a domicílio e pela Internet.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. ADOTADO PARA OS DISCENTES:
a. LOPES, SÔNIA.

2. SUGERIDO PARA OS DOCENTES:
    a. BARNES, R.T. D. Zoologia dos Invertebrados. Editora Roca.
    b. GUYTON, A. C. Fisiologia Humana. Editora Guanabara.
    c. KAWAMOTO, E. E. Anatomia E Fisiologia Humana. Ed. 2003. Editora E.P.U.
    d. ORR, R.T. Biologia dos Vertebrados - Edição Universitar. Editora Roca.
    e. STORER, I. T. Zoologia Geral. Editora Nacional
    f. TORTORA, G. J. Corpo Humano Fundamentos de Anatomia e Fisiologia. Editora Artmed – Bookman.
                                                                                                                                                       9


3. RECUPERAÇÃO DA APRENDIZAGEM: de acordo com a sistemática estabelecida pela DEPA, nas NPCE.

4. AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
    PROCESSO DE AVALIAÇÃO                          INSTRUMENTOS DE MEDIDA                            RETIFICAÇÃO DA                           UD
          (Tipo de Avaliação)                          TEMPO DESTINADO                               APRENDIZAGEM *                      AVALIADAS
                 1ª AE                                   Até 60 Minutos                                 45 Minutos                              I
                 2ª AE                                   Até 60 Minutos                                 45 Minutos                              I
                 3ª AE                                   Até 60 Minutos                                 45 Minutos                           I / II
                 4ª AE                                   Até 60 Minutos                                 45 Minutos                             II
                 ARF                                     Até 60 Minutos                                 45 Minutos                          todas
   a. Observações:

   (*)– se não houver necessidade de retificação da aprendizagem, reverter a carga horária para a UD julgada mais conveniente ou explorar assunto da atualidade.

   b. Legenda:

     AE = Avaliação de estudo
     ARF = Avaliação de recuperação final


                                                                                                     Rio de Janeiro – RJ, ___ de ___________ de 2006.