procedimentos - aquisicao by esateca

VIEWS: 173 PAGES: 7

									BE/CRE - Escola Secundária de Albufeira
Fundo documental: Aquisição e disponibilização

1- Planeamento
Princípios orientadores
A aquisição de documentos marca o funcionamento de uma biblioteca, sendo no nosso caso orientada por orientações gerais: • Análise das necessidades do fundo documental por áreas temáticas e complemento de colecções. • Nível etário, necessidades, interesses e motivação dos utilizadores. • Diversidade de suportes documentais com destaque para os electrónicos. • Repetição de exemplares: o Documentos em quantidade insuficiente para utilizações especiais. o Documentos muito requisitados. • Reposição de documentos danificados ou perdidos. Estes critérios devem permitir a constituição de fundos documentais específicos específicos: 1. Curricular 2. Audiovisual 3. Literário 4. Regional 5. Secções específicas/temáticas 6. Periódicos

1- Fundo curricular
Objectivo: Objectivo Apoio curricular e desenvolvimento escolar Composição: Composição Documentos para estudo, investigação e apoio curricular adequado às disciplinas do curriculum da escola. É orientado por duas dimensões: 1. 2. Literária: a. Obras de leitura obrigatória; b. Obras de leitura extensiva. Científica: a. Bibliografia fundamental por disciplinas; b. Obras de complemento de formação.

Nota: A selecção dos documentos a constar neste fundo são da responsabilidade dos delegados disciplinares, que farão proposta anual de aquisição em documento próprio.

BE-CRE da Esc. Sec. de Albufeira

[Versão 2: 19-12-2008 9:57 ]

pág 1 de 7

BE/CRE - Escola Secundária de Albufeira
Fundo documental: Aquisição e disponibilização 2- Fundo Audiovisual
Objectivo: Objectivo Apoio a actividades lectivas, entretenimento, formação pessoal e preservação da memória da instituição. Composição: Composição os documentos audiovisuais a seleccionar devem permitir a constituição de três dimensões: 1. 2. 3. Formativa (Documentários): a. Complemento curricular; b. Formação cívica e civilizacional. Entretenimento (áudio/filme): a. Cinema para menores de 18 anos; b. Música diversificada. Produções escolares a. Trabalhos produzidos por alunos; b. Registos de actividades escolares.

Nota: • •

Nos documentos vídeo deve ser privilegiado o suporte DVD Nos documentos áudio deve ser privilegiada a aquisição de DVD musicais com vídeo (concertos) tendo em conta a proliferação do formato Mp3 para músicas

Literário 3- Fundo Literário
Objectivo: Objectivo promoção da leitura e divulgação da literatura universal Composição: Composição o fundo documental literário é composto por obras literárias mais representativas da literatura universal. Constitui-se como complemento às obras literárias de leitura obrigatória que constituem o fundo curricular. É orientado por duas dimensões: 1- Divulgação literária: • Obras em português: o literatura portuguesa; o literatura de expressão portuguesa; o clássicos universais. • Obras nas línguas originais: o obras literárias nas línguas leccionadas na escola: Inglês, Francês e Alemão 2- Entretenimento e promoção de hábitos de leitura: • Livros top de vendas na actualidade; • Obras que tenham sido adaptadas ao cinema: o filmes em exibição no cinema; o filmes existentes no fundo audiovisual. • Banda desenhada juvenil; • Literatura juvenil (14/18 anos). Notas Notas: • A selecção de literatura deve abarcar os diferentes géneros literários. • Será ponderada a quantidade de exemplares a adquirir para as obras mais lidas.

BE-CRE da Esc. Sec. de Albufeira

[Versão 2: 19-12-2008 9:57 ]

pág 2 de 7

BE/CRE - Escola Secundária de Albufeira
Fundo documental: Aquisição e disponibilização 4- Fundo regional
Objectivo: Objectivo Identidade cultural, valorização da região em que a biblioteca se insere Composição: Composição Estabelecer um fundo regional dedicado à região do Algarve, nomeadamente: • História; • Geografia; • Biografias; • Sociedade; • Literatura (autores e temáticas); Nota: Nota Serão igualmente incluídos os autores literários naturais do Algarve.

5- Secções específicas
Objectivo: Objectivo Complemento de formação e apoio pedagógico. Composição: Composição Documentos metodológicos de apoio ao processo de ensino/aprendizagem e documentos adequados a projectos e actividades da escola, nomeadamente: • obras pedagógico/didácticas; • obras de formação pessoal e cívica; • obras técnicas de biblioteconomia. Nota: Nota Sempre que necessário, serão criadas outras secções adequadas a projectos de complemento curricular.

6- Periódicos
Objectivo: Objectivo Actualização de conhecimentos e formação cultural Composição: Composição Jornais e revistas de temáticas diferenciadas e adequados aos interesses da instituição e utilizadores da biblioteca: • Revistas: o Literatura o História o Música o Cinema o Informática / Novas tecnologias o Ciência / cultura • Jornais o Diários o Semanários • Regionais o Revistas e Jornais Nota: Nota A partir dos periódicos não seleccionados para arquivo de longa duração, serão construídos dossiers temáticos com recortes de artigos relevantes.

BE-CRE da Esc. Sec. de Albufeira

[Versão 2: 19-12-2008 9:57 ]

pág 3 de 7

BE/CRE - Escola Secundária de Albufeira
Fundo documental: Aquisição e disponibilização

2- Sugestões e Requisições
Público em geral
O público em geral pode efectuar sugestões para enriquecimento do fundo documental. aquisição: Fases de aquisição 1. Preenchimento de impresso próprio. a. Onde? Entrega no balcão da biblioteca. 2. Decisão de compra e elaboração de requisição. a. Quem? Coordenador Be-Cre. 3. Aprovação da requisição. a. Quem? Conselho Executivo. 4. Aquisição. a. Quem? Coordenador Be-Cre / Conselho Executivo.

Grupos disciplinares / Projectos
Os docentes podem efectuar requisições de documentos para apoio às actividades lectivas. Estes pedidos serão organizados pelos grupos disciplinares e projectos escolares. aquisição: Fases de aquisição 1. Requisição por preenchimento impresso próprio (mod. 05). a. Quem? Delegado disciplinar / responsável de projecto. b. Onde? Entrega ao coordenador da biblioteca. 2. Análise de requisição e parecer. a. Quem? Coordenador Be-Cre. 3. Aprovação da requisição. a. Quem? Conselho Executivo. 4. Aquisição. a. Quem? Coordenador Be-Cre / Conselho Executivo.

Equipa Be/Cre
A equipa da Be/Cre a partir da análise do fundo documental existente, estabelecerá objectivos de aquisição de forma a: • Concretizar os objectivos e plano de acção da biblioteca; • Garantir a actualização documental; • Efectuar a substituição de documentos danificados ou desaparecidos; • Estabelecer um equilíbrio entre áreas e secções do fundo documental. aquisição: Fases de aquisição 1. Requisição por preenchimento impresso próprio (mod. 05). a. Quem? Coordenador Be-Cre. b. Onde? Entrega ao coordenador da biblioteca. 2. Análise de requisição e parecer a. Quem? Coordenador Be-Cre. 3. Aprovação da requisição. a. Quem? Conselho Executivo. 4. Aquisição. a. Quem? Coordenador Be-Cre / Conselho Executivo.

BE-CRE da Esc. Sec. de Albufeira

[Versão 2: 19-12-2008 9:57 ]

pág 4 de 7

BE/CRE - Escola Secundária de Albufeira
Fundo documental: Aquisição e disponibilização

3- Aquisições
Compra
Compra de obras de acordo com as indicações constantes no ponto anterior referente a sugestões e requisições. • • • Decisão de compra e elaboração de requisição final o [coordenador Be-Cre] Aprovação da aquisição o [Conselho Executivo] Aquisição o [coordenador Be-Cre / Conselho Executivo]

Nota: Arquivar cópia de facturas na biblioteca, sendo que o original é entregue nos serviços administrativos

Ofertas / Doações
Obras entradas por ofertas e trocas entre bibliotecas • Ponderar sobre o interesse das obras recebidas • Registar obras nesta modalidade de aquisição • Elaborar uma listagem de doadores • Identificar a obra como oferta através de carimbo colocado ao lado do carimbo de entrada Notas - Solicitar o autógrafo/dedicatória a quem oferece. Este autógrafo não deve ser colocado na página de rosto, sendo preferível uma página anterior. - Estabelecer protocolos com instituições locais para ofertas de publicações por elas editadas. - Estabelecer permutas com outras escolas

BE-CRE da Esc. Sec. de Albufeira

[Versão 2: 19-12-2008 9:57 ]

pág 5 de 7

BE/CRE - Escola Secundária de Albufeira
Fundo documental: Aquisição e disponibilização

4- Entrada de documentos
O processo de entrada de documentos – jornais, revistas, livros, audiovisuais – destinados a ampliar o acervo documental da biblioteca obedece às seguintes etapas:

Livros
Como? Entrada no gabinete • Registo de aquisição Colocação na vitrine de aquisições (nº2) • Tratamento técnico inicial Gabinete • Tratamento técnico completo Colocação na prateleira de novidades • Período de 8 a 15 dias Colocação nas estantes de arrumação Notas Quem? Quem? Coordenador Coordenador Coordenador e professores da equipa Coordenador Funcionários

Audiovisuais
Como? Como? Entrada no gabinete • Registo de aquisição Cópia de capas Colocação na vitrine de aquisições (nº 2) • Tratamento técnico inicial Embalagem de disco e caixa de exposição Gabinete • Tratamento técnico completo Colocação na prateleira de novidades • Período de 8 a 15 dias Colocação nas estantes de arrumação Notas Quem? Quem? Coordenador Funcionária (Dª Josélia) Coordenador Coordenador e professores da equipa Coordenador e professores da equipa Coordenador Funcionários

Jornais e revistas em assinatura
Como? Quem? Como? Quem? Entrada no gabinete Professor da equipa • Tratamento técnico adequado Disponibilização ao público nos suportes adequados: Funcionários • caixas de revistas, estante de jornais e mesa de leitura informal Notas - As publicações em assinatura constam de lista própria - Os jornais, após 30 dias, são depositados no arquivo de longa duração (Sala F9), ficando disponíveis para consulta durante um ano. Decorrido esse tempo serão descartados no contentor para papel

BE-CRE da Esc. Sec. de Albufeira

[Versão 2: 19-12-2008 9:57 ]

pág 6 de 7

BE/CRE - Escola Secundária de Albufeira
Fundo documental: Aquisição e disponibilização publicações Periódicos e publicações avulso
Como? Como? Entrada no gabinete • Decisão de disponibilização ao público • Tratamento técnico adequado Disponibilização ao público nos suportes adequados: • estante de jornais e mesa de leitura informal Notas Quem? Quem? Coordenador

Funcionários

Posters e materiais promocionais
Como? Como? Decisão de disponibilização ao público Quem? Quem? Conselho Executivo

Entrada no gabinete Coordenador • Decisão do local de exibição Disponibilização ao público: • poster: vitrina exterior (nº 1) Funcionários • panfleto: expositores próprios / mesa de leitura informal Notas - Os panfletos de promocão de eventos apenas carcem de autorização da direcção da escola. - Os materiais promocionais devem ser retirados logo após a data do acontecimento promovido - Não é permitida a colocação de documentos nos vidros das janelas e porta nem nas paredes interiores ou exteriores.

BE-CRE da Esc. Sec. de Albufeira

[Versão 2: 19-12-2008 9:57 ]

pág 7 de 7


								
To top