Docstoc

Kaizen apostila

Document Sample
Kaizen apostila Powered By Docstoc
					KAIZEN – A Filosofia da
Mudança Contínua


   Facilitador: Adilson Barroso

            Manaus Agosto de 2008
Introdução
O Japão após ser arrasado pela guerra, precisou levantar-se e mostrar
ao mundo que não seria pelo tamanho do país e a devastação que
ficaria no anonimato, a partir daí eles implantaram em suas vidas a
filosofia do Kaizen onde nenhum dia deve passar sem que ocorra
algum melhoramento.
A busca da qualidade dos produtos, das condições de trabalho e de
vida dos operários, trouxeram diversas práticas de administração
como; CCQ, sistemas de sugestões, zero defeitos, Kanban e outros,
todos voltados para o melhoramento da empresa inteira.
Devido a adoção da qualidade por diversas empresas, forçadas pela
globalização, o cliente acaba se tornando um parceiro a longo prazo, e
essa qualidade é garantida através da norma ISO 9000, onde o
principal objetivo é vender qualidade por meio da qualidade do
processo produtivo.
Princípios
O Recurso Humano é o mais importante da Empresa, os
processos têm que evoluir através de melhoria gradual em lugar
de mudanças radicais, a melhoria deve estar baseada em
avaliação de desempenho de processo.
 KAIZEN como definiu Masaki Imai, no livro: "KAIZEN, a Chave
para o Sucesso”, quer dizer melhoria contínua na vida pessoal,
doméstica, social e profissional.
Quando aplicado ao trabalho quer dizer: a melhoria que envolve
a todos.
KAIZEN é uma filosofia japonesa significando melhoria gradual e
em ordem contínua.
O KAIZEN, estratégia empresarial, envolve todo mundo em uma
organização que trabalha para fazer melhorias com baixos ou
nenhum investimento.
Princípios
Enfoca eliminação de desperdício em todos os sistemas e
processos.
Com KAIZEN, uma liderança envolvida guia as pessoas para
melhorar a habilidade para satisfazer a expectativas de alta
qualidade continuamente e entrega em tempo.
KAIZEN transforma companhias em 'Competidores Globais
Superiores’.
A mudança é algo que todos dão por certo, mas no Japão ela é
um modo de vida. Relacionando mudança entre o Japão e o
ocidente, é verificado que no primeiro podemos ver mudanças
graduais e repentinas enquanto no segundo a mudança gradual
não é observada. Talvez isto ocorra devido ao sistema de
valores de cada um, mas a conclusão chegada é que a diferença
básica entre as mudanças no Japão e no ocidente está no
conceito de Kaizen. Este conceito explica por que as empresas
no Japão não podem continuar iguais por muito tempo.
Princípios
No ocidente o conceito de Kaizen é fraco, e na maioria das
vezes é rejeitado sem se saber o seu propósito. Esta falta de
Kaizen explica por que fábricas americanas e européias podem
permanecer igual por um quarto de século.
A essência de Kaizen é simples e direta: Kaizen significa
melhoramento contínuo, envolvendo todos. Ela afirma que o
nosso modo de vida deve ser constantemente mudado.
Para entender como o Japão conseguiu se levantar
economicamente depois da guerra, vários estudiosos
investigaram     diversos   fatores   como:    movimento     da
produtividade, o TQC, o CCQ, o sistema de sugestões, a
automação e robôs industriais. Bem como, voltaram a atenção
para as práticas de administração do país, entre elas o sistema
de emprego vitalício, os salários baseados no tempo de serviço
e os sindicatos nas empresas.
Princípios
Porém foi deixado de observar o básico; pois a essência das
práticas “exclusivamente japonesas” de administração, podem
ser resumidos a uma única palavra: Kaizen.
Kaizen é um conceito de guarda-chuva, que abrange a maioria
das práticas “exclusivamente japonesas” que recentemente
atingiram fama mundial.
O TQC (Controle da Qualidade Total), no Japão, ajudaram as
empresas a gerarem uma maneira de pensar orientada para o
processo e a desenvolverem estratégias que assegurassem a
melhoria contínua, envolvendo as pessoas de todos os níveis da
organizacional.
O tema da estratégia do Kaizen é que nenhum dia deve passar
sem que algum tipo de melhoria tenha sido feita em algum lugar
da empresa.
Princípios
As ferramentas que ajudaram a elevar o conceito de
Kaizen a novas alturas foram introduzidas no Japão no
final da década de 50 e início da década de 60 por
autoridades como W. E. Deming e J.M. Juran. No
entanto, a maioria dos novos conceitos, sistemas e
ferramentas que são amplamente usados no Japão
atualmente foram desenvolvidos posteriormente e
representa melhoramentos qualitativos em relação ao
controle estatístico de qualidade e ao controle total de
qualidade, ambos da década de 60.
Tipos de KAIZEN e Objetivos
Fluxo Contínuo – Aumento de Produtividade, Ganho
de Espaço Físico, Redução de Estoque em Processo;
Sistema Puxado – Melhoria de atendimento ao
Cliente, Redução de Inventário, Redução de Lead-
Time.
Lean Manufaturing – Redução de Inventário, Ganho
de Capacidade, zero desperdício.
TPM – Ganho de Capacidade, Redução de Estoques
de Segurança, Melhoria de atendimento ao Cliente.
5 Sensos – aumento de produtividade, motivação,
clima organizacional, saúde ocupacional.
Poka Yoke – proteção contra defeito, freio de
processo.
Lean Manufacturing
Como Surgiu
Após a Segunda Guerra Mundial, a indústria automobilística
japonesa passava por um momento difícil: baixa demanda, alta
variedade de produtos, pouca produtividade, e grande
concorrência interna e externa.
Era preciso um sistema de produção que produzisse, com
rapidez e qualidade, uma alta variedade e pequenas quantidades
a custo baixo. O sistema vigente de produção em massa não
atendia esses requisitos.
A Toyota, liderada pelo seu chefe de engenharia Taiichi Ohno,
iniciou na década de 50 o desenvolvimento de um sistema de
produção focado na identificação e eliminação de desperdícios.
Ela nos ensinou que, eliminando os desperdícios, os custos
caem, a qualidade aumenta e a entrega para o cliente é mais
rápida.
Lean Manufacturing
O termo Lean
O Sistema Toyota de Produção, por ser ágil, flexível e ter menos
“gordura”, foi batizado no livro “A máquina que mudou o mundo”
de Lean Manufacturing, ou Manufatura Enxuta.
O que é Lean
Um sistema integrado de princípios, técnicas operacionais e
ferramentas que levam à incessante busca pela perfeição na
criação de valor para o cliente.
Lean e Você
Apesar do lean ser cada vez mais conhecido e praticado, poucas
empresas se comparam à Toyota em termos de qualidade,
produtividade e rentabilidade. O correto uso das ferramentas
dentro da visão da cadeia de valor oferece uma oportunidade
para grandes melhorias de competitividade e de lucratividade.
Lean Manufacturing
 Cinco Princípios
 No livro “Mentalidade Enxuta”, Womack e Jones
    listam os princípios da Empresa Lean:
  Identificar o valor - o que o meu cliente valoriza
  Identificar a cadeia de valor - por onde o valor
    passa
  Introduzir fluxo nesta cadeia - o valor deve chegar
    rápido ao cliente
  Puxar a produção - só devo produzir aquilo que o
    cliente quer
  Buscar a perfeição - melhorar sempre.
O que o cliente valoriza?




Por onde o valor passa?



Como o valor pode
chegar rápido ao
cliente?



Como melhorar sempre
TQM - Gestão da Qualidade Total
   Estratégia de administração orientada a criar consciência
    de qualidade em todos os processos organizacionais.
   O TQM é composto de estágios tais como:
    planejamento, Organização controle, liderança.
   Tanto qualidade quanto manutenção são qualificadas de
    total porque cada empregado que participa é diretamente
    responsável pela realização dos objetivos da empresa.
   No TQM os funcionários possuem uma maior gama de
    qualificações. Então a comunicação organizacional (em
    todos os níveis) torna-se uma peça chave da estrutura
    da empresa.
5S
Pode-se criar um ambiente de qualidade em torno de si,
usando as mãos para agir, a cabeça para pensar e o
coração para sentir, por meio do programa 5S. É só
colocar em ação os CINCO SENSOS que estão dentro de
cada um de nós:
                         Seiri - Descarte
                         Seiton - Sistematização
                         Seisou - Limpeza
                         Seiketsu - Saúde
                         Shitsuke - Auto-disciplina
Poka-yoke
   É um dispositivo a prova de erros destinado a evitar a
    ocorrência de defeitos em processos de fabricação ou na
    utilização de produtos.
   Desenvolvido por Shigeo Shingo, a partir do princípio do
    "não-custo".
   Quanto às funções, há duas maneiras onde o Poka-yoke
    pode ser usado:
       Método de Controle: Quando o Poka-yoke é ativado, a
        máquina/linha pára, para que o problema possa ser
        corrigido.
       Método de advertência: Quando o Poka-yoke é ativado
        um alarme / luz sinaliza, avisando o trabalhador.
Dez Dicas para Atividades de KAIZEN
  Descarte  idéias fixas convencionais.
  Pense como fazer isto, não por que não pode ser feito.
  Não dê desculpas. Comece questionando práticas
 atuais.
  Não busque perfeição. Faça, até mesmo só 50% de seu
 objetivo, Imediatamente.
  Se você comete um engano, corrija imediatamente.
  Não gaste dinheiro em KAIZEN, use sua sabedoria.
  Sabedoria é tirada quando você está de frente com
 sofrimento.
  Pergunte ' Por que ' cinco vezes e ache a causa de raiz.
  Busque a sabedoria de dez pessoas em lugar de o
 conhecimento de um.
  Idéias de KAIZEN são infinitas.
GembaKaizen
GEMBA é quer dizer lugar da realidade (Real Place),
representa o lugar onde o trabalho é executado, o valor é
criado, é o local que recebe a delegação para resolver os
problemas, onde as coisas acontecem.
Na indústria, há três atividades diretamente relacionadas
ao resultado: desenvolvimento, produção e venda. Sem
estas atividades, não existe empresa.
Gerentes parecem observar a produção como meio
secundário para ganhar dinheiro, e normalmente coloca
ênfase em setores como: administração, financeiro e
marketing. Quando GEMBA se tornam um enfoque de
atenção de administração, entretanto, eles podem ser
capazes de tornar a companhia mais próspera e lucrativa.
GembaKaizen
Ouvindo o Gemba

Raramente   uma    máquina   quebra   inesperadamente,
abruptamente.   Se os operadores forem treinados a
perceber as variações do equipamento, vibrações não
existentes antes, aquecimento que não havia, ruídos
diferentes, e o GEMBA for consultado, muitos problemas
não só na manutenção poderiam ser evitados.
Gemjitsu
GEMJITSU quer dizer os fatos reais – a realidade, os números,
os indicadores. A preocupação da gerência deve ser consultar
sempre o GEMJITSU.
        Na busca do GEMJITSU:
        Reduza casos a dados
        Resolva problemas com dados
        Tome decisões com dados
        “Quando você vir dados, duvide deles” K. Ishikawa.
Garimpe o GEMJITSU
        Promova clima de transparência
        Trabalhe com dados
        Duvide dos dados
        Procure as causas dos problemas
        Procure a causa básica não apenas as aparentes
Como começar o Kaizen
 1.    Ouvindo o seu cliente
 2.    Dando boas vindas aos problemas
 3.    Abaixando o nível da água – reduzindo recursos
 4.    Ouvindo o GEMBA
 5.    Garimpando o GEMJITSU
 6.    Comece com um problema simples, mas reconhecido,
       evidente
 7.    Escolha um projeto que não custe (muito) dinheiro
 8.    Comece com um problema nosso (e não com
       problemas deles)
 9.    Se você tem recursos, aplique-os com sabedoria
 10.   Se você não tem use a cabeça
 11.   Se você não tem cabeça molhe a camisa
 12.   Comece uma longa jornada que começa com o primeiro
       passo
Administração das Mudanças Culturais
 A   mudança precisa ser conhecida.
    Qual a hierarquia de valores?
    Quais os heróis que personificam a sua cultura?
    Que rituais tem a empresa?

 A  cultura precisa ser analisada em função do momento
 da empresa
  A cultura precisa ser respeitada – afastamento de
 iconoclastas – superação do cinismo e deboche
  A cultura muda e sua mudança pode e deve ser
 administrada
  Uma    cultura sadia precisa ser constantemente
 desafiada.
KAIZEN em Nossa Vida Individual

 KAIZEN,     como você pôde aprender da
 definição, é uma palavra comum e muito natural
 ao indivíduo, melhoria contínua na vida pessoal,
 vida de casa, vida social e vida profissional. Todo
 mundo merece e deveria estar disposto a
 melhorar a si mesmo continuamente. "Se um
 homem não for visto durante três dias, os amigos
 dele deveriam dar uma olhada nele para ver que
 mudanças aconteceram " citou da velha
 declaração japonesa, descreve o quanto natural é
 o KAIZEN.
Evolução da Qualidade

                                                          Século
                                                           XXI
                                             Década
                                             De 80       SGI – ISO
                                  Década                9000/14000
                                   de 60       SGQ        /18000
                       Final 2ª
                       Guerra                ISO 9000
            Décadas              Qualidade
                        Sistema    Total
Virada do de 20 e 30
                       Garantia
Séc. XVIII
           Controle da Qualidade
           Qualidade
Inspeção
em Massa
O que é Qualidade???
   A qualidade é a capacidade de
    satisfazer as necessidades das
  pessoas, tanto na hora da compra,
    quanto durante a utilização, ao
  melhor custo possível, minimizando
    as perdas, e melhor do que os
             concorrentes.
Elementos da qualidade produto
   Aspectos funcionais,
   Durabilidade
   Valor agregado
   Design
   Personalização
Qualidade em serviços
   Cada vez mais o consumidor deixa de adquirir
    produtos para adquirir serviços;
   Produtos físicos passam a ter papel secundário.
   Prazo;
   Comodidade;
   Presteza;
   Valor agregado;
   Pós venda.
Aspectos da qualidade em serviços:

   Prazo;
   Comodidade;
   Presteza;
   Valor agregado;
   Pós venda.
Aperfeiçoamento da qualidade em serviços


   Especialização;
   Garantia de serviços;
   Segurança;
   Exclusividade
   Personalização.
Kaizen e o sistema de sugestões
   A maioria das empresas japonesas ativas em kaizen possuem
 sistema de sugestões funcionando em conjunto. As sugestões
 são feitas pelos operários e a administração se empenha em
 considerá-las, e possivelmente elas serão incorporadas na
 estratégia de Kaizen. A forma de reconhecimento usado são
 prêmios baseados em critérios predeterminados, visando a
 valorização dos esforços dos empregados para o
 melhoramento. O n.º de sugestões é afixado individualmente no
 local de trabalho para encorajar a competição entre os
 operários e os grupos.
   Um aspecto importante do sistema de sugestões é que uma
 sugestão ditada por um operário quando implantada motiva o
 operário a segui-la, ao passo que se fosse ditada pela
 administração poderia ser rejeitada ou vista com mau olhos.
Disseminação do KAIZEN na Organização

 É muito natural que as pessoas proponham mudanças no
 próprio lugar de trabalho delas, quando ficam insatisfeitos
 com as condições presentes.
 Algumas das melhorias podem ser desconsideradas.
 Talvez, o chefe nem mesmo as note.
 Porém, quando aprovação é requerida, a situação ideal é
 que o chefe encoraje os subordinados a levarem a cabo
 as idéias deles.
 A resposta positiva dada pelo chefe desenvolverá
 confiança então aos subordinados e estimulará outras
 melhorias. isto criará impulso por continuar melhoria.
   Obrigado a todos!
“Não corrigir nossas falhas,
é o mesmo que cometer
novos erros”.
  Confúcio, Filósofo Chinês, 551 – 478 a.C.




                     Adilson Barroso
 adilsonbarroso@vivax.com.br

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Stats:
views:19664
posted:4/7/2010
language:Portuguese
pages:31
Description: Ministrado pelo prof. Adilson Barroso