ISO 14001 e OHSAS 18001 by variablepitch338

VIEWS: 539 PAGES: 6

									Ano 5 - n° 24 - janeiro e fevereiro de 2009

Ano 5 - nº 24 - março e abril de 2009

A diretoria da ENESA sente-se orgulhosa e agradece o empenho dos colaboradores da UP&N Usiminas Cubatão, pela conquista da recomendação das certificações ISO 14001 e OHSAS 18001.
Enesa Engenharia S.A.

Momentos de realização de um auditor

por Mitsuhisa Shoji e Henrique Garcia Perez
(auditores da Fundação C.A. Vanzolini)

ISO 14001 e OHSAS 18001

A UP&N Usiminas Cubatão é recomendada para as certificações

Como auditores de Sistemas de Gestão, almejamos contribuir para a melhoria da gestão da(s) norma(s) que estamos auditando nas empresas em que prestamos este serviço. Para um bom auditor, a alegria e a realização profissional não está em encontrar não conformidades, como muitos acreditam que seja, mas em poder observar e constatar como realmente contribuiu e quanto agregou para a empresa parceira. Vivenciamos esta alegria e a realização profissional na auditoria realizada na empresa Enesa Engenharia S.A – Unidade: USIMINAS Cubatão (antiga COSIPA). A equipe de auditores pode constatar quanto a empresa desenvolveu entre a auditoria Fase 1 (e Pré-auditoria) e a auditoria de Certificação; o quanto as pessoas participaram e se empenharam. Pudemos constatar nas entrevistas realizadas nos vários níveis hierárquicos da organização, desde a alta direção (diretoria e gerência) até o nível de ajudantes, passando pelos soldadores, carpinteiros, encanadores e outros, a alegria em poder responder às questões colocadas pelos auditores, como oportunidades para demonstrar o seu envolvimento. Sabemos que um processo de auditoria sempre causa um nível de nervosismo, por mais que as pessoas conheçam e estejam envolvidas, mas sabemos também que este nervosismo é um sinal de que as pessoas estão se importando em fazer o certo, em responder de maneira correta. Voltamos para casa tomados de satisfação e com estímulo para melhorarmos ainda mais como profissionais.

Em 30 de abril, após intenso trabalho a UP&N Usiminas Cubatão obteve a recomendação para as certificações ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007, sistemas de gestão para itens relevantes na área de meio ambiente, saúde e segurança. Solidificando, portanto, os trabalhos que a Enesa vem desenvolvendo ao longo desses anos. A Enesa foi auditada pela Fundação Vanzolini, uma das principais certificadoras do Brasil, e a primeira a ser acreditada pelo INMETRO - Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial, para conceder certificados de conformidade de Sistemas da Qualidade baseados nas normas ISO 9001. A empresa Inteligência Ambiental foi nossa parceira nesta implementação, prestando assessoria com eficiência e desempenho.

Tecnologia da Informação
IP PHONE - Implantação de telefonia VOIP na Enesa
Em março ocorreu a implantação da telefonia VOIP (Voice Over Internet Protocol) no Escritório Central, Central de Operações e diversas UPNs. . A Enesa está utilizando a conexão via VPN, para trafegar voz sobre IP. Com este novo sistema passamos a obter redução de custo e comunicação muito mais eficiente.

UP&N ALUMAR
PORTO: ÁREA 052 - SILO DE ALUMINA
Atualmente a ÁREA 052 encontra-se na fase final da montagem das estruturas do silo de alumino, na próxima etapa ocorrerá a auto sustentação da estrutura de silo, através da retirada da torre de apoio central. Esta atividade será realizada de modo sincronizado, utilizando-se macacos hidráulicos com capacidade de 220 toneladas cada. Os macacos hidráulicos são comandados a distância e possuem uma precisão milimétrica. O curso de descida está previsto em torno de 350mm e esta descida será controlada através de células de carga instaladas em cada macaco, visando a descida simultânea da estrutura. Com a conclusão dessa etapa, a montagem da cobertura do silo e a montagem da galeria central do transportador de alumina serão iniciadas. Colaboração: Eng.º André Marques/Gilberto

ÁREA 030 - DIGESTÃO
No mês de abril, diversas etapas de comissionamento foram liberadas propiciando o início dos testes pré-operacionais. Colaboração: Eng.ºS Duval/ André Marques/ Robson/ Otávio

ÁREA 035 - CLARIFICAÇÃO
Em abril a reforma do espessador EP-21 foi concluída, faltando somente a reforma do EP-11. O lavador 13 também encontra-se em reforma com a conclusão prevista para maio integrando assim quatro lavadores reformados, restando assim apenas dois a serem reformados. O prédio da filtração pode ser considerado como o maior up-grade do projeto de equipamentos existentes, as estruturas de sustentação dos dois últimos filtros Diastar de um total de dez já estão sendo montadas. Colaboração: Eng.ºS Monir/ André Marques

ÁREA 050 - CALCINAÇÃO

O prédio de calcinação é composto por três calcinadores, a meta atual é concluir no ínicio de maio o calcinador#3, ficando o término do calcinador#4 para junho e o calcinador#5 para agosto. Esta previsto também para o início de maio a secagem do refratário do calcinador#3. Colaboração: Eng.ºS Duval/ André Marques/ Iter

No mês de março iniciou-se o comissionamento da caldeira 21, um marco importante para o projeto. Após a fase de performace da caldeira, a mesma já estará disponível para o abastecimento de vapor, para o restante das unidades. Colaboração: Eng.º Duval/Eng.º André Marques/ Domingão

ÁREA 110 - CALDEIRAS

UP&N USIMINAS - Site Cubatão
MONTAGEM DO PIPE RACK E APOIO DE SERVIÇOS DE SOLDA PARA O ESTAQUEAMENTO DO NOVO LAMINADOR DE TIRAS A QUENTE
Os contratos de montagem do pipe rack e serviços de solda, para o novo Laminador de Tiras a Quente têm previsão de término para junho de 2008. São 14.480 perfis a serem soldados e foram concluídos 64%. O novo Laminador de Tiras a Quente é um importante projeto da Usiminas, com capacidade de produção de 2,3 milhões de toneladas de bobinas/ano na primeira fase, 3,7 milhões na segunda fase e 4,8 milhões na terceira. Considerado um dos mais modernos do mundo, o novo laminador produzirá bobinas de aço, para as indústrias automotivas e de linha branca. As obras de instalação do equipamento, que será fornecido pela Mitsubishi Corporation demandou investimentos de US$ 1 bilhão.

2

UP&N USIMINAS - Site Cubatão
PREVENTIVA NA CASA DE BOMBAS #1 E CENTRAL TERMOELÉTRICA
Permitiu-se, após ter sido programada a parada do Alto Forno 2 por 32 horas, a realização da parada da Casa de Bombas # 1 e Central Termoelétrica nos dias 31/3 e 01/4/09. Os principais serviços da C.B.#1, foram as trocas de 7 válvulas, sendo 4 internas de 42” e 3 externas de 48”, a Manutenção no Cubículo e Barramento de 2,4Kv da C.T.E., com a troca de 7 válvulas entre 24” e 36”. Durante o planejamento, constatou-se que a maior duração para execução seria a troca das válvulas internas, sendo necessárias 42 horas de parada, com isso o Alto Forno 2 não aguentaria ficar sem o fornecimento de ar quente e vapor, tornando inviável esse método. A metodologia desenvolvida pelo planejamento com a participação da execução, foi ao invés de trocar as válvulas internas, manter as existentes retirando trecho da tubulação das mesmas e instalando as válvulas novas, proporcionando um ganho de 10 horas na execução do serviço, podendo posteriormente retirar as válvulas usadas, sem a necessidade de interromper a produção. Para atingir o objetivo, foram envolvidos 250 colaboradores /dia (mão-de-obra direta e indireta) trabalhando em regime de três turnos, com acompanhamento de supervisão da execução e planejamento nas 24 horas e com assistência de especialistas em soldagem. Todas as atividades de troca das válvulas da Casa de Bombas # 1 e Central Termoelétrica foram executadas com o término antecipado em 2,5 horas do programado, satisfazendo o cliente Usiminas – Cubatão, que foi evidenciado através de e-mail enviado pelo gerente de reparo de manutenção das Laminações e Energia / Utilidades, Mário Sérgio Correa Costa ao gerente de contrato da Enesa, Célio Swerts, agradecendo a todos pelo resultado alcançado, comprovando assim, a qualidade, segurança e comprometimento da ENESA.

DESMONTAGEM DOS FORNOS POÇOS
Empreendimento iniciado em fevereiro e previsão de conclusão para julho, a desmontagem eletromecânica, demolição e destinação dos resíduos gerados dos fornos poços tem por finalidade a construção do novo Laminador de Acabamento e da nova Tesoura Divisória, equipamentos esses que serão instalados pela Usiminas, complementando sua linha de acabamento que atenderá o aumento de produção com a entrada da operação do novo Laminador de Tiras a Quente.

GRANDE REPARO CALDEIRA # 2
No mês de março deste ano, iniciou-se a reforma da Caldeira # 2 da Usiminas – Cubatão, com previsão de término para maio. Os resultados alcançados na execução de serviços anteriores nos credenciaram a realizar mais uma reforma de Caldeira. Tivemos como principais serviços, Sistema de Combustão, Fornalha, Paredes da Fornalha, Pré-Aquecedor, Ventiladores VI e VF, Linhas de Válvulas e Visores de Nível. Foram utilizados cerca de 80 colaboradores/dia, em regime de dois turnos, para a garantia do cumprimento do prazo e programa.

NOVO CONTRATO
Montagem eletromecânica da “Nova Britagem” que fará parte integrante da expansão do Projeto Chapada de propriedade da YAMANA /MMIC em Alto Horizonte / GO. Após um mês negociando as condições de execução, o escopo dos serviços, a otimização de recursos e definindo as melhores estratégias de execução, conseguimos viabilizar mais um novo contrato. A montagem eletromecânica da “Nova Britagem” que fará parte integrante da expansão do Projeto Chapada de propriedade da YAMANA / MMIC em Alto Horizonte / GO, com inicio imediato. O escopo compreende a montagem de equipamentos mecânicos, transportadores de correia, bombas, estruturas metálicas, instalações elétricas e de instrumentação para a nova britagem e para o sistema de abatimento de pó, com aproximadamente 850 toneladas de montagens mecânicas e 20 km de cabeamentos para as instalações de elétrica e instrumentação. Este projeto será executado simultaneamente com nosso contrato atual, com incremento de 150 colaboradores no efetivo atual . Para a ENESA, contribuir para o sucesso deste empreendimento é motivo de grande orgulho, pois desta forma, como na maioria de nossos empreendimentos, teremos oportunidade de participar efetivamente do crescimento de nosso país. Gostaria de parabenizar a todas as pessoas que direta ou indiretamente, contribuíram para esta conquista!

Renato M. Rodrigues

3

UP&N CSA
ALOJAMENTO DE PIRANEMA
A ENESA EM BUSCA DA SATISFAÇÃO DOS ALOJADOS
O alojamento de Piranema, com capacidade para alojar 1.150 funcionários tem alavancado a cada dia melhorias na qualidade de vida dos colaboradores. Hoje estamos com 810 alojados usufruindo de todas as estruturas.

Antes

A equipe do alojamento é comandada por José Martins, mantendo e proporcionando a organização, higiene e segurança de todos os alojados dia e noite.
Supervisor José Martins

Com a prioridade de transformarmos o alojamento na extensão dos lares dos cola- Equipe do boradores procuramos saber a necessidade Alojamento do coletivo a fim de sempre proporcionarmos um maior grau de satisfação e qualidade.

Depois

Atualmente temos a disposição: salão de jogos, quadra de futebol de areia, salas de entretenimento e telefones no próprio alojamento, com a finalidade de maior conforto e de comunicação com os familiares.

Por Penha Alves da Luz Supervisora de RI/RS

EM TEMPOS DE CRISE COMO FICA A “ EMPREGABILIDADE” ?
Crise, todos nós conhecemos bem, porém na busca de definição de Empregabilidade uma delas diz que tratasse do conjunto de conhecimentos, habilidades, comportamentos e relações que tornam o profissional necessário não apenas para uma, mas para toda e qualquer organização. Termos semelhantes e equivalentes foram encontrados nos Estados Unidos como: “Employability” que significa a condição de dar emprego ao que se sabe, a habilidade de ter emprego. Para esta matéria tenho o propósito de despertar a atenção para aqueles que têm o interesse de manter o emprego na organização onde trabalha em momentos de crise. Importante lembrar que as empresas abandonaram a postura paternalista de garantia de emprego eterno que predominou durante décadas a fio. Antes, a carreira exigia dedicação, lealdade e garra para galgar os patamares da hierarquia da empresa. Em troca, a empresa oferecia um emprego vitalício até a aposentadoria e cuidava da carreira do empregado como se ele fosse seu dependente. Agora com grandes mudanças, a peteca está nas mãos de cada funcionário. Depende de cada um a administração de sua carreira e das condições pessoais de sobrevivência e crescimento nessa luta incessante. É o autogerenciamento de carreira. Para se manterem competitivas, as empresas estão fazendo um intenso regime de recursos e suas estruturas organizacionais estão emagrecendo dia a dia, reduzindo níveis e enxugando seus quadros. Nessas condições os lideres não tem condições de dar atenção à carreira de sua equipe e sim proporcionar meios. A carreira tornou-se um bem muito precioso para ser relegado a terceiros. A direção da carreira foi devolvida a cada executivo ou funcionário Em tempos de crise isso fica ainda mais claro, pois neste momento a empresa faz grandes mudanças necessárias visando garantir sua própria sobrevivência e não poderia ser diferente com as pessoas que compõem a organização. Nas crises, mais especificamente, fica evidente a necessidade de rever como estamos profissionalmente. A pergunta que podemos fazer é: Será que sou um profissional essencial para a empresa ou sou dispensável? Neste sentido listamos aqui algumas bases para a Empregabilidade: - Agregar valor e contribuir para a empresa – Não se deve perguntar o que a empresa pode fazer por você, mas sim o que você pode fazer por ela e que seja relevante para seu negócio e para seu sucesso; - Não ficar preso ao passado, ou seja, tudo que foi feito pertence a uma ciência chamada história, portanto o importante é o que poderemos fazer e oferecer com base em nossas competências. Lembrar que os resultados obtidos no passado não garantem nada para o aqui e agora; - Seja Leal à empresa. Isto significa não somente vestir a camisa da empresa, mas aportar valor ao negócio, trazer contribuições efetivas para a empresa e torná-la mais criativa e valiosa a cada momento que passa. Lealdade não é sinônimo de obediência cega, mas é saber dizer um não inequívoco nos casos em que um sim implicaria comprometer uma parcela grande de tempo e de recursos em algo que não traria proveito a ninguém. Lealdade é confiabilidade. A empresa precisa confiar em você para continuar a mantê-lo ativamente em seus quadros; - Estar sempre disponível e preparado para esforços extras e encarálos como oportunidades; - Os fatores que levam à eficácia de uma empresa e que mudam seus resultados estão diretamente ligados aos valores e modo de pensar e agir das pessoas que compõem a organização. Neste caso a atitude é essencial nas questões que envolvam redução de custos, desperdício etc. Bem como verificar a melhor forma de fazer seus investimentos. Minha sugestão é que todo profissional utilize a ferramenta SWOT. Essa é uma ferramenta utilizada em administração para analisar a situação da empresa ou de um produto no mercado. Fazendo uma auto-aplicação o profissional pode avaliar como ele está na organização ou no mercado. SWOT – Strengths/Forças – Weaknesses/Fraquezas – Opportunities /Oportunidades –Threats/Ameaças

Strengths / Forças O que você faz bem? Que recursos especiais você possui e pode aproveitar? O que outros acham que você faz bem? Aqui é o que o diferencia dos demais. Weaknesses / Fraquezas Identifique as áreas em que haja maior conflito: em que aspectos você pode melhorar? Que tipo de tarefa ou atribuição você ainda não faz satisfatoriamente? O que deve ser evitado? No que você pode melhorar? O que os outros acham que são suas fraquezas? Opportunities / Oportunidades Que tendências você pode aproveitar em seu favor? Esforce-se para descobrir na sua área de competência as forças que possui e que não estão sendo bem utilizadas. Lembre-se que as oportunidades passam e precisamos estar preparados para elas. Threats / Ameaças Que ameaças podem prejudicar? Visualize o mundo exterior e seja também um pouco introspectivo para entender o que pode ser prejudicial à sua carreira. Que obstáculos existem pela frente? O que os demais profissionais estão fazendo? Enfim, ficar de “antena ligada” é importante nos momentos de crise.

Fique a vontade em tirar o S da CRISE e CRIE a seu favor e da organização. E não esqueça de ler o código de conduta da Enesa Engenharia S/A. Mozart Amaecing Langbeck Gerente de Recursos Humanos Fonte: Talento e Empregabilidade - Idalberto Chiavenato Empregabilidade – Teodoro L. Pereira Empregabilidade – Como manter seu emprego em tempos de ........... ..crise – Marciliana Corrêa
............. ......

4

UP&N CSA

Sob a responsabilidade do Engº Bruno Bachiega, mais um “Milestone” (cumprimento de meta de uma determinada atividade do cronograma) foi realizado pela equipe dos Assist. Tec. Luizinho e Neto, com a montagem da Ponte Rolante de Manutenção do Runnout, com capacidade de 10 ton e peso de 28 ton.

des empresas foram os desafios mais marcantes em minha carreira. O 1º projeto foi a duplicação da Cervejaria Equatorial - Brahma, o 2º foi o projeto de expansão da EFC (Estrada de Ferro Carajás) para escoamento de 100 milhões de toneladas/ano de minério e o 3º é fazer parte da equipe de liderança da Enesa no projeto de expansão da Refinaria da Alumar. Conte-nos algo pessoal sobre você. Aleima, 39 anos, engenheira civil, casada, mãe de 2 filhos, a Maria de 9 anos e o Kaleb de 8 anos. Quais foram e quais são os desafios de sua carreira? A participação de 3 projetos de expansão de granOcorreu alguma mudança em sua vida após sua admissão na Enesa? Indiscutivelmente a mudança ocorrida está relacionada diretamente ao Choque de Gestão. Estando hoje do outro lado (não mais cliente e sim fornecedor), consigo ter uma maior compreensão do que é ser empreiteira.

O que você espera para o futuro? Quais são seus planos? Continuar na Enesa, para conquistar novos desafios. Tem alguma mensagem para os colaboradores da Enesa? “Toda profissão tem suas alegrias e recompensas, como também seus espinhos e dificuldades. Tornase vitorioso aquele que vive sua profissão como missão. Não podemos viver sem doar algo de nós mesmos. É na gratuidade que somos chamados a semear o bem neste mundo.”

Responsabilidade Social
8 de Março Dia Internacional da Mulher
Objetivo da Data: Terminar com o preconceito e a desvalorização
da mulher em uma sociedade mais justa e igualitária.

Homenagens por toda a empresa
Todas as colaboradoras se sentiram envaidecidas com os eventos e orgulhosas por fazer parte do quadro de uma empresa que apóia e respeita, que possui conduta de equilíbrio e igualdade e que, acima de tudo, acredita e investe no potencial feminino. ESCRITÓRIO CENTRAL
As colaboradoras foram homenageadas com um café da manhã especial e orquídeas.
fortalecimento

UP&N ALUMAR
Café da manhã especial e rosas.

Acontece
Colaboradores organizam festa surpresa Francisco Correia de Melo (Chicão) foi surpreendido no dia 20/03, data de seu aniversário, com um delicioso café da manha organizado pelos colaboradores da UPN CSA. Parabéns Chicão !!! Nós todos te desejamos muita saúde e amor !

UP&N CSA
Na UP&N CSA as colaboradoras foram homenageadas com um almoço temático, patrocinado pela nossa fornecedora SM Cozinha. Houve entrega de rosas, chocolates e todas as colaboradoras vestiram uma camiseta azul, com um lindo poema estampado sobre a liberdade e conquista das mulheres.

UP&N COSIPA
Todas as colaboradoras receberam flores.

COLABORE CONOSCO
Mande sugestões, textos, matérias ou imagens para:
Silvana Falcão
sfalcão@enesa.com.br

Atuante é uma publicação interna dirigida aos funcionários da Enesa S/A, sob a responsabilidade do Depto de Comunicação e Marketing e sob a coordenação de Silvana Falcão.
Enesa Engenharia

6

Av. das Nações Unidas, 13.797, bloco III 5º e 6º andares - Morumbi - São Paulo (55 11) 2165-8400 www.enesa.com.br


								
To top