Aniversário tem programação para todos os gostos by klutzfu58

VIEWS: 68 PAGES: 2

									Impressão de Notícia                                                                          Página 1 de 2




       Parabéns, Rio Preto
       Aniversário tem programação para todos os gostos
       São José do Rio Preto, 19 de Março de 2006
                                                                                       Sérgio Menezes
       Monise Centurion e Cecília Dionizio


       7:00: - Rio Preto completa hoje 154 anos de
       fundação e para comemorar a data diversos
       eventos estão programados - do tradicional bolo
       de aniversário, no estacionamento do Carrefour, a
       show de pára-quedismo, no Aeroporto. A
       programação oficial começa às 6 horas, na Praça
       Cívica, com a tradicional queima de fogos. No
       mesmo horário, a Rádio Educativa, que opera na
       freqência FM 106,7 e é mantida pela
       administração     municipal,   coloca   no     ar
       programação diferenciada, que será marcada com
       uma seleção de músicas de autoria de rio- Confeiteiros preparavam, ontem, o bolo de
       pretenses. Às 9 horas, na Sé Catedral, será               aniversário da cidade
       celebrada a "Missa dos Josés", em homenagem ao santo padroeiro de Rio Preto e intenção
       das pessoas com este nome. A celebração terá um encontro de corais, entre eles Villa-
       Lobos, Basílica, Famerp, Unesp, Memphys Chorus e Amici d’Italia.

       Bolo
       Às 11 horas será a vez do bolo de aniversário, que este ano terá 154 metros de
       comprimento e 1,4 tonelada . O bolo, que é de pão-de-ló branco com recheio de doce de
       leite e cobertura de marshmallow, consumiu quase uma semana de trabalho na padaria do
       hipermercado Carrefour. Na receita, foram utilizados 400 quilos de farinha de trigo e açúcar,
       13 mil ovos, 80 quilos de doce de leite e 30 quilos de coco ralado. Para finalizar, foram
       utilizados mais de 32 quilos de fermento em pó. O evento será no estacionamento do
       Carrefour, às margens da rodovia Washington Luís. Além do bolo, no local ainda haverá
       show com a banda Apocalipse.

       Pára-quedismo
       A partir das 13 horas, o público rio-pretense poderá acompanhar o 6º Festival de Pára-
       quedismo de Rio Preto. O evento será realizado no antigo aeroporto. A previsão é que os
       pára-quedistas façam mais de 150 saltos. Uma das principais atrações será a tentativa de
       pousar o pára-quedas sobre a carroceria de um caminhão. A entrada é gratuita. No Riopreto
       Shopping Center, que abre das 13 às 18 horas, um quarteto de jazz vai animar a praça de
       alimentação durante à tarde. Segundo a assessoria de imprensa do centro de compras, 90%
       das lojas vão estar abertas devido a um acordo com o Sindicato dos Trabalhadores no
       Comércio.

       Às 17 horas, na praça Cívica,será realizada a segunda edicação do show Estande do Rock,
       com apresentações de bandas rio-pretenses. Para quem prefere contato direto com a
       natureza, a pedida é a 5ª Exposição Nacional de Orquídeas com apresentação do Quarteto
       de Sax, realizado no Ginásio Júpiter Olímpico, às 18 horas. Já a Semana do Hip-hop
       continua com a 3ª Mostra de Grafite, com o grupo A Liga, às 19 horas, no Palácio das
       Águas. O espetáculo "A boca e sua língua", com a Companhia Palhaços Noturnos, será
       apresentado às 20 horas no Teatro Municipal. Cerca de 100 pessoas são aguardadas para
       o evento, indicado para maiores de 14 anos.

       Meio ambiente
       Cem jovens do Rotary de cidades da região se reúnem neste domingo para comemorar o
       aniversário de Rio Preto com a plantio de 700 mudas de árvores no Condomínio Recanto
       dos Eduardos. O evento ocorre a partir das 9 horas, às margens do córrego Felicidade.



                                                    Dança-de-rua, balé e outras atividades festejam
                                                    cidade




http://www.diarioweb.com.br/noticias/imp.asp?id=75322                                               1/2/2008
Impressão de Notícia                                                                        Página 2 de 2




       Banda Supersonic, ontem, parou quem  A cidade está festiva e oferece toda sorte de
       passava pelo Calçadão                eventos culturais, que se quer e deseja ver numa
       cidade com a dimensão deste município. A começar pela exposição “Rio Preto Antigo”, no
       térreo do Praça Shopping, onde jovens, idosos, crianças e pessoas de todas as raças, se
       encantam com imagens, desde os idos de 1929 passando a 1950, que retratam a Rio Preto
       do início do século passado. O sábado foi marcado pelo menos por cinco eventos que
       ocorriam em paralelo, se estendiam pela tarde toda e invadiram a noite. Tudo isto, como
       parte das comemorações do aniversário de 154 anos da cidade, que acontece hoje. Uma
       das apresentações que atraíram a atenção de mais de uma centena de pessoas, ontem de
       manhã, em um cruzamento do Calçadão, próximo ao Praça Shopping, foi a banda
       Supersonic que exibia passos de dança impressionantes, numa mistura de capoeira com
       samba e um swing todo brasileiro, que cativava a platéia. O público não se afastou nem
       quando a garoa insistia em cair. E na platéia quem também assistia às manobras
       pirotécnicas dos manos, era Pedro Ganga, secretário da Cultura, satisfeito por contar com a
       apresentação da banda Cia. Supersonic, seguida pelo grupo Funk Grove e alunos da Casa
       do Hip-Hop.

       Mas a festa não parava por ali. Ao mesmo tempo, os transeuntes que não curtiam a dança
       de rua, puderam acompanhar o balé apresentado na praça Rui Barbosa, por alunas de
       dança da EMA - Escola Municipal de Artes da Casa de Cultura “Dinorath do Valle”.
       Encerrando o 3º Fórum de Dança, a apresentação do Ballet da Cidade no anfiteatro Nelson
       Castro, com o espetáculo “Reticências”, sob a direção de Creuza Arruda e coreografia de
       Fábio D’Albert. Outro ponto inserido no roteiro da cultura foi o Palácio das Águas, onde foi
       aberta a 3ª Mostra de Grafite, dos alunos da Casa do Hip-Hop. No Mercado Municipal
       (Mercadão), que não poderia ficar de fora da programação, se apresentou a dupla sertaneja
       Darlan & Souza Reis, com músicas do 2º CD de trabalho “Doutrina de Violeiro”. Para
       encerrar o sábado, a programação incluiu apresentação da Nona Sinfonia de Beethoven,
       por coral e orquestra sinfônica regidos pelo maestro rio-pretense Paulo Buchala na Paróquia
       Nossa Senhora do Sagrado Coração, na Redentora, com nova apresentação hoje, às
       20horas. Ingressos e informações pelo fone: (17) 3232-8177.



                                            Leopoldo Nunes em Rio Preto
                                            Desembarcou ontem em Rio Preto, por volta das 11
                                            horas, o cineasta Leopoldo Nunes, que veio divulgar
                                            seu filme “O Profeta das Águas”, em Rio Preto e
                                            região. A película será exibida como parte das
                                            comemorações do aniversário da cidade na próxima
                                            terça-feira, no Sesc Rio Preto. De acordo com Nunes,
                                            ao passar pela cidade antes de seguir para Santa Fé
                                            do Sul, onde o filme será exibido hoje, o intuito é
                                            homenagear Rio Preto pelo seus 154 anos de
                                            fundação. O filme, que foi produzido nos últimos 20
                                            anos, é um documentário aclamado pelo Festival de
       Filme de cineasta sobre profeta faz  Cinema, de Brasília, que narra a história do líder
       parte dos festejos de aniversário
                                            religioso Aparecido Galdino Jacintho, de Rubinéia. Ele
       e seu Exército da Força Divina foram vítimas da violência militar por tentar impedir a
       construção da barragem da hidrelétrica de Ilha Solteira, com rezas, e por pregar a paz.




http://www.diarioweb.com.br/noticias/imp.asp?id=75322                                            1/2/2008

								
To top