Docstoc

Guideline for the use of antenatal corticteroids for fetal maturation

Document Sample
Guideline for the use of antenatal corticteroids for fetal maturation Powered By Docstoc
					  Guideline for the use of antenatal
  corticosteroids for fetal maturation
Recommendations and guidelines for
perinatal practice
Journal of Perinatal Medicine 2008.


Luiza Ramos – Optanda GO
Introdução
     Risco de PP <34s  ACS
     • ↓ morte neonatal, SDR, e HIV


                Liggins e Howie – 1972 (↓ SDR e
                          mortalidade)

                Estudos: dose única x placebo ou
                    ausência de intervenção

     Grandes instituições vem elaborando e atualizando
     recomendações e guidelines para o uso de ACS
     •The National Institutes of Health, American College of Obstetricians and Gynecologysts, The Royal College od
      Obstretricians and Gynecologists
1. Quem são as canditadas
      para a ACS?
Cochrane Review, 2006

• 26-28s  ↓SDR
• 26-29+6  ↓ HIV e morte neonatal

Stutchfield, et al, 2005

• ACS é efetivo >37s em RNs
  nascidos por cesárea eletiva (↓ SDR
  e TTRN)
1. Quem são as canditadas
      para a ACS?
  Todas as mulheres com alto
   risco de PP entre 24 e 34s.

     Após 34s quando há
   evidência de imaturidade
          pulmonar.
2. Quando tratar?
                        • ACS reduz a                                  • Contrações e




                                         The European Association of
Cochrane Review, 2006




                                                 Perinatal Medicine
                          mortalidade                                    mudança
                          neonatal                                       cervical não
                          mesmo antes                                    são suficientes
                          de completar                                   para definir o
                          24h da 1ª                                      risco de PP
                          dose.                                        • Fibronectina e
                                                                         USG
                                                                         (comprimento
                                                                         cervical)
2. Quando tratar?
Toda mulher em alto risco de PP deve iniciar
ACS, exceto se parto iminente (menos de 1h),
         mesmo se somente 1 dose.

  Tocólise deve ser considerada para ganhar
     tempo e completar a dose da ACS.

Dx acurado do alto risco de PP é essencial para
     evitar doses desnecessárias de ACS e
                  tocolíticos.
   3. Quais são os principais
corticóides, dose e via de adm?
Alternativa: Dexametasona 6mg IM 12/12h – 4
doses

• Não existe estudos randomizados comparando diretamente
  os 2 esquemas
• Igualmente eficazes na prevenção da SDR


Lee et al, 2006


• Beta  ↓ risco de morte que a dexa


Beta  ↓ risco de leucomalácia periventricular


• O curso de Betametasona é indicado mesmo em pacientes
  recebendo tto com hidrocortisona por outras causas
   3. Quais são os principais
corticóides, dose e via de adm?

    Betametasona,
      12mg IM
       24/24h.
4. Há CI ao uso de ACS?
• ACS não está associado a
  aumento de infecção materna
  ou neonatal (RPM)



• Parto prolongado com
  corioamnionite estabelecida
  clinicamente pode ser
  prejudicical para ambos
4. Há CI ao uso de ACS?
    Infecções sistêmicas,
        incluindo TB.

        Mulheres com
   corioamnionite  tomar
          cuidado.
5. ACS está indicado em
         RPM?
• Cochrane Review,        • Com 32s, o risco de
  2006: Morte neonatal,     corioamnionite é maior
  SDR, HIV, ECN e a         que os riscos vindos da
  duração do suporte        prematuridade
  respiratório estão
  reduzidos sem
  aumentar infecção
  materna e neonatal
5. ACS está indicado em
         RPM?
 ACS está indicado
  em RPM de 24-
 32s SEM sinais de
  corioamnionite.
6.O uso de ACS é recomendado em
 gestações complicadas por DM?
• Rn prematuros
  de mães
  diabéticas                          • Controle
  imaturidade                            glicêmico
  pulmonar em IG                         rigoroso durante
  mais avançadas                         3 dias após a 1ª
                   • A administração     dose
                     de um curso de
                     Beta na dose
                     usual é                   Grávidas
                     recomendada em         diabéticas >34s
                     mulheres                com evidência
                     grávidas               de imaturidade
                     diabéticas             pulmonar pelas
                                            análises do LA
                                              considerar
                                                 ACS
6.O uso de ACS é recomendado em
 gestações complicadas por DM?

      Um curso de ACS está indicado em
    gestações com DMG ou pré-gestacional.


   Monitoramento contínuo e uma equipe de
   obstetras experientes são essenciais para
    garantir o controle diabético e afastar a
    possibilidade de hiperglicemia severa.
7.A dose deve ser repetida?
                 • mielinização do cérebro, redução do
                   peso ao nascimento, efeitos no
 Estudos não       desenvolvimento cerebral durante a
                   vida adulta, problemas de
randomizados       comportamento durante a infância,
                   efeitos no eixo hipotálamo-hipófise-
 em humanos        adrenal com um comportamento
                   hiperativo na adolescência e hipoativo
                   na vida adulta.




Consenso da      • devido a insuficiência de dados
                   de estudos randomizados
  NIH (The         avaliando a eficácia e segurança,
   National        repetidas doses de corticóides
                   não devem ser feitas
 Institutes of     rotineiramente
Health, 2000)
                                  Ronal Wapner e Caroline
     Cochrane Review :
                                        Crowther:
• Repetidas doses de            • Acompanhamento do
  corticóide pré-natal            desenvolvimento
  reduzem a ocorrência e          neurológico e crescimento
  severidade de doença            em 24 e 36 meses 
  pulmonar neonatal e o           nenhuma diferença
  risco de sério problemas        significativa nas medidas
  nas primeiras semanas de        de crescimento, PA, uso
  vida.                           dos serviços de saúde,
• Entretanto, esses               comportamento e escores
  benefícios estão associados     de desenvolvimento.
  a redução do peso e           • Problemas de atenção
  circunferência cefálica ao      foram levemente mais
  nascimento                      comuns em crianças
                                  expostas a múltiplas doses
                                  de corticóides.
7.A dose deve ser repetida?

     Não estamos aptos a
   mudar as recomendações
    do NIH nem dar uma
    resposta final sobre o
    número de doses e sua
    segurança para o feto.
Obrigada!

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:0
posted:5/12/2013
language:Unknown
pages:25