núcleodamatéria Setembro Outubro de 2011.pdf

Document Sample
núcleodamatéria Setembro Outubro de 2011.pdf Powered By Docstoc
					núcleodamatéria
            Setembro/ Outubro de 2011
Núcleo da Matéria - Número 39, Ano VII - Setembro/ Outubro de 2011. Publicação Bimensal




           Editorial
Por Cecília Maria Kalil Haddad                                   nar a formação




                                                                                                                                                                            Banco de imagem
Com o ano alcançando seu último bimes-                           do     Centro     de
tre, todo o esforço é necessário para abrir                      Oncologia Mole-
os debates, manter em pauta as questões                          cular do Hospi-
iniciadas e finalizar algumas das demandas                       tal Sírio-Libanês,
urgentes de nossa área. Hora de acompa-                          em parceria com
nhar, por exemplo, em que fase estão os                          o Instituto Lud-
projetos de Lei que, se aprovados, muda-                         wig de Pesquisa
rão sensivelmente a carreira do físico e do                      sobre o Câncer,
físico médico no Brasil. Sobre o primeiro                        que terá a coor-
caso, reunimos os pontos mais importan-                          denação da dou-
tes da proposta defendida pelo deputado                          tora    Anamaria
federal Antonio Carlos Mendes Thame                              Camargo;        além
(PSDB-SP) – que regulamenta o exercício                          da     comemora-
da profissão do físico, como a instalação                        ção realizada no
dos Conselhos Regionais; a emissão de re-                        Centro Universi-
gistro para que o especialista possa atuar                       tário Francisca-
no mercado e a determinação das atribui-                         no (UNIFRA) pelos 10 anos do Curso de
ções do mesmo. Contamos ainda com o                                                                                   nordeste); Roberto Salomon de Souza
                                                                 Física Médica. Para tornar mais justa a
depoimento do especialista em radiodiag-                                                                              (secretário região centro-sudeste) e Mar-
                                                                 guerra de quem luta pela vida, parte essen-
nóstico Paulo Roberto C. Oliveira, que re-                                                                            cus Vinicius Bortolloto (secretário região
                                                                 cial de nosso cotidiano, contamos com a
presentou a associação durante o encontro                                                                             sul) são os nomes que integram a Chapa
                                                                 participação dos colegas de todo o País.
da SBF, realizado em Foz do Iguaçu, Para-                                                                             Única. Na corrida pelas três vagas do Con-
                                                                 Dessa forma, para realinhar o front, a
ná. Comandada pelo também professor                                                                                   selho Deliberativo, por sua vez, estão: Aris-
                                                                 ABFM já se prepara para a realização das
doutor Celso Pinto de Melo, a série de sim-                                                                           tides Marques de Oliveira Neto; Edílson
                                                                 eleições de sua diretoria para o próximo
pósios discutiu, entre outras coisas, o pa-                                                                           Lopes Pelosi; Gisela Menegussi; Herculis
                                                                 biênio (2012/2013). Edmario Antonio Gui-
pel do profissional na indústria, o desen-                                                                            Rolins Torres; José Garcia Filho; Phillip Pa-
                                                                 marães Costa (presidente); Ilo de Souza
volvimento do Reator Multipropósito Bra-                                                                              trick Dmitruk e Rogério Sanches Santos.
                                                                 Baptista (vice-presidente); Luiz Flávio Ka-
sileiro e o aumento da procura pelos espe-                       lil Telles (secretário geral); Josemilson de         Aos concorrentes, boa-sorte. Para os leito-
cialistas da categoria no setor de medicina                      Menezes Bispo (tesouraria); Francisco Lu-            res, fica o recado: exerça a democracia e
nuclear. Por outros campos vale mencio-                          ciano Viana (secretário região norte-                vote pelo site: www.abfm.org.br


                 Presidente: Cecília Maria Kalil Haddad presidente@abfm.org.br; Vice-Presidente: Renato Di Prinzio vice@abfm.org.br; Secretário Geral: Renato Assenci Ros
ABFM 2010-2011




                 secretariageral@abfm.org.br; Tesouraria: Vilma Aparecida Ferrari tesouraria@abfm.org.br; Diretoria de Radioterapia: Edílson Lopes Pe-
                 losi radioterapia@abfm.org.br; Diretoria de Medicina Nuclear: Lorena Pozzo mednuc@abfm.org.br; Diretoria de Radiodiagnóstico: Marcia de Carvalho Sil-
                 va radiodiagnostico@abfm.org.br; Secretário regional norte-nordeste: Nilo Antônio Menezes nortenordeste@abfm.org.br; Secretário regional centro-
                 sudeste: Carlos Malamut centrosudeste@abfm.org.br; Secretário regional sul: Alessandro André Mazzola sul@abfm.org.br NOVA SEDE ABFM. Rua Briga-
                 deiro Galvão, 262, Barra Funda, São Paulo, SP. CEP: 01151-000.
                                                                                         2
  Projeto regulamenta o exercício da profissão de físico
Tramita na Câmara o Projeto de Lei 102-         fissão; e ainda os que, à data da publicação   específicas envolvendo radiação ionizante
5/11, do deputado Antonio Carlos Mendes         da lei, embora não diplomados nas condi-       e não ionizante, estudos ambientais, análi-
Thame (PSDB-SP), que regulamenta o e-           ções anteriores, venham exercendo efeti-       se de sistemas ecológicos e estudos na á-
xercício da profissão de físico. Segundo o      vamente, há mais de quatro anos, ativida-      rea financeira; no âmbito da sua especiali-
projeto, o físico precisará de registro pré-    des atribuídas ao físico. "A atividade de-     dade, projetar, desenvolver, construir e
vio em órgão competente do Poder Execu-         senvolvida pelo profissional da Física não     fazer manutenção de equipamentos e sis-
tivo para exercer a profissão. Esse registro    se restringe mais apenas a lecionar em sala    temas em instrumentação científica, fontes
será exigido 180 dias após a instalação dos     de aula e nos laboratórios. O físico tem ho-   de energia, instalações nucleares, proteção
conselhos regionais da categoria. De acor-      je presença marcante em inúmeros setores       de meio ambiente, telecomunicações, inte-
do com a proposta, poderão atuar como           cruciais da economia, como nas telecomu-       gração de sistemas eletrônicos e ópticos; e
físicos os diplomados em Física por esta-       nicações, no mercado financeiro, nos con-      desenvolver programas e softwares com-
belecimentos de ensino superior, oficiais       sultórios odontológicos, na medicina nu-       putacionais baseados em modelos físicos.
ou reconhecidos; os diplomados em curso         clear e, sobretudo, no desenvolvimento,        "A regulamentação do exercício da profis-
superior similar, no exterior, após a revali-   execução e acompanhamento da política          são de físico é fundamental para que pos-
dação do diploma, nos termos da legisla-        energética nuclear desenvolvida no País",      samos desenvolver tecnologia de ponta e
ção em vigor; os que, até a data da publica-    afirma Mendes Thame.                           qualificar atividades que envolvem a edu-
ção da nova lei, obtiveram o diploma de         Atribuições - O texto do projeto também        cação, a qualidade de vida e a saúde huma-
mestrado em Física, em estabelecimentos         determina as atribuições do físico, entre as   na. Essa regulamentação também poderá
de pós-graduação, oficiais ou reconheci-        quais: realizar pesquisas científicas e tec-   aumentar o grau de formalização dos con-
dos, permitindo-se ao portador de diploma       nológicas nos vários setores da Física ou a    tratos de trabalho", diz Mendes Thame.
de doutorado em Física, obtido a qualquer       ela relacionados; aplicar princípios, con-     www2.camara.gov.br/age nci a/noticias/TRABALHO -E-
                                                                                               PREVIDENCIA/202170-PROJETO-REGULAMENTA-O-EXERCICIO
tempo, o direito pleno do exercício da pro-     ceitos e métodos da Física em atividades       -DA-PROFISSAO-DE-FISICO.html




O Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, e o Congresso Nacional, em Brasília, receberam iluminação especial na primeira quinzena de
outubro. A iniciativa tem como objetivo alertar os brasileiros para a importância da detecção precoce do câncer de mama. A ação faz
parte das atividades intituladas de Outubro Rosa, movimento mundial trazido ao Brasil em 2008 pela FEMAMA – Federação Brasileira
de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCa), o câncer de mama é a maior
causa de óbitos por câncer na população feminina, principalmente na faixa etária entre 40 e 69 anos. O INCa estima que este ano cerca
de 50 mil mulheres vão ter a doença no país. www.femama.org.br.
                                                                   3
Núcleo da Matéria - Número 39, Ano VII - Setembro/ Outubro de 2011. Publicação Bimensal




 Física na indústria
Por Paulo Roberto C. Oliveira*                  Dias Vieira (IPEN), que falou sobre o de-        ma quantitativo do tamanho do mercado
À convite da ABFM, participei do Simpósio       senvolvimento do projeto do Reator Multi-        de serviços especializados em diagnóstico
Física na Indústria, durante o "Encontro de     propósito Brasileiro e de suas implicações       e terapia (equipamentos radiológicos, ser-
Física da SBF", em Foz do Iguaçu, PR, para      na busca pela produção autossuficiente de        viços de medicina nuclear e de radiotera-
discutir o papel do físico médico na indús-     radioisótopos, na abertura de novas linhas       pia) e da distribuição dos sócios e especia-
tria, a partir da experiência que vivenciei     de pesquisa e na integração com o Progra-        listas da ABFM, por região e por especiali-
em minha empresa, a Física Médica P&D,          ma Brasileiro de Energia Nuclear.                dade, destacando o crescimento da deman-
com a realização de um projeto PIPE/            Na primeira parte da apresentação, após          da por físicos em medicina nuclear, dado o
FAPESP, em parceria com o IEE/USP (Dr.          comentar como a física médica utiliza con-       crescimento exponencial do número de
Paulo R. Costa e Dra. Tânia A. C. Furquim)      ceitos, métodos e instrumentação desen-          equipamentos PET/CT no Brasil.
para o desenvolvimento de tecnologia em         volvidos por diversas áreas da ciência em        Na segunda fase, mostramos a evolução da
radiodiagnóstico, no período de 2002 a          questão, convergindo-os para atuar em            empresa de prestadora de serviços para o
2008. A série de simpósios teve a coorde-       atenção à saúde humana, com objetivos de         setor de pesquisa, desenvolvimento (e co-
nação do professor Dr. Celso Pinto de Melo      prevenção, diagnóstico e terapia, discorre-      mércio/indústria), através do projeto fi-
e estendeu-se por 4 dias, exibindo também       mos sobre algumas das principais áreas de        nanciado pela Fapesp e pelo CNPQ para o
empresas como a LaserTools, com produ-          atuação desse especialista, seja como con-       "Desenvolvimento de Tecnologia nacional:
tos que vão do corte de blocos de motores       sultor, pesquisador, gerente ou adminis-         produção de dispositivos interados para o
à produção de stents para angioplastia, a       trador, no ambiente hospitalar (terapia,         Controle de Qualidade de imagens em Ra-
Petrobras, que discorreu sobre pesquisas        diagnóstico por imagem, proteção radioló-        diodiagnóstico", destacando as atividades
geofísicas para a prospecção de gás e pe-       gica, processamento de informações médi-         de elaboração, execução e controle, rela-
tróleo; a Embrapa; a National Instruments       cas) ou no campo industrial (softwares pa-       tando os mecanismos de fomento e apoio
e a Horiba Scientific, empresas de grande       ra processamento de imagens e sinais,            utilizados (CIETEC/IPEN, PIPE/FAPESP,
porte, com tradição em inovação, pesquisa       PACS, RIS, HIE, baseadas em laser, para          RHAE/CNPQ); as parcerias estratégicas
e desenvolvimento.                              aplicações técnicas; equipamentos médi-          (IEE/USP, CIETEC) e as diversas intera-
No dia de minha participação, estive acom-      cos para diagnóstico e terapia; empresas         ções com instituições de ciência e tecnolo-
panhado da Dra. Nélia Fernandes Leite, da       de desenvolvimento e comercialização de          gia em busca do melhor processo, materi-
Agencia Aeroespacial Brasileira (INPE),         equipamentos     médico-hospitalares)      ou    al, design ou soluções técnicas; a pesquisa
que versou sobre as atividades de desen-        ainda como Supervisor de Proteção Radio-         por serviços especializados de terceiros; a
volvimento no programa aeroespacial, de-        lógica da CNEN (aceleradores nucleares,          interação com bolsistas e estagiários
safios e dificuldades que culminaram na         cíclotrons, por hora, irradiadores de gran-      (seleção, orientação, delegação) e com os
formação de uma empresa para produzir o         de porte, radiografia industrial, perfilagem     demais membros da equipe, dos laborató-
"sol artificial", elemento crucial para criar   de poços de petróleo, traçadores radioati-       rios utilizados e as ferramentas de con-
                                                                                                                                                Foto Banco de Imagem




e testar materiais que serão expostos à ra-     vos, transporte e gerência de rejeitos e físi-   trole para gerenciamento do projeto
diação cósmica, sem a atenuação propicia-       ca médica em radioterapia e medicina nuclear).   (WBS - Estrutura Analítica do Projeto).
da pela atmosfera terrestre; e do Dr. Nilton    Com dados da ABFM, traçamos um panora-           Em seguida, exibimos os produtos desen-

                                                                      4
                   volvidos, informações do processo de vali-    Finalizamos com uma reflexão sobre as                    de empresas a partir de projetos da agên-
                   dação dos filtros de alumínio para a aferi-   condições existentes (diversos mecanis-                  cia aeroespacial brasileira; utilizações do
                   ção da camada semirredutora (CSR) e ima-      mos de fomento) e a ampla área de atua-                  Reator Multipropósito Brasileiro, a dificul-
                   gens em filme ou digitais dos dispositivos    ção para o físico (Physics Based Industry:               dade do acesso de pesquisadores não pós
                   para avaliação do contraste detalhe em        diagnóstico por imagem, terapia radiação                 graduados a bolsas, meios de acesso de
                   radiologia convencional, mamografia e         ionizante ou laser, processamento imagens                estudantes da graduação à empresas de
                   fluoroscopia (CD/ CD mamo/ CD flúor),         e sinais fisiológicos) em contraposição às               P&D, o papel das incubadoras tecnológicas
                   assim como do dispositivo para avaliação      diferentes expectativas entre produção                   e das agências de fomento; dificuldades do
                   da função de transferência modular em         acadêmica e elaboração de produtos, suge-                processo de proteção à propriedade inte-
                   sistemas digitais (MTF); do dispositivo pa-   rindo a necessidade de uma formação                      lectual (patentes) em iniciativas geradas
                   ra avaliação do tamanho do ponto Focal e      complementar ao físico médico, como ges-                 dentro de empresas de economia mista e
                   da Resolução em alto Contraste (PF/Res.),     tão, administração hospitalar, Empretec/                 sobre a resistência à implementação de
                   do Dispositivo Geométrico, que integra        Sebrae, empreendedorismo e até marke-                    cursos voltados à inovação tecnológica em
                   testes para avaliação da grade anti-          ting para auxiliá-lo a identificar as necessi-           instituições de ensino.
                   espalhamento, do alinhamento do feixe de      dades do cliente, o funcionamento e o ti-
                   radiação X e da coincidência entre os cam-    ming do mercado, de forma a oferecer so-                 *Paulo Roberto C Oliveira, da Física Médi-
                   pos de radiação e luminosa) e, por fim, o     luções adequadas.                                        ca P&D. E-mails: prolive@abfm.org.br ou
                   folder com informações técnicas dos pro-      Na mesa redonda após as exposições, fo-                  contato@fisicamedica.com
                   dutos da empresa.                             ram levantadas questões sobre a formação
Fotos Divulgação




                   MTF                                                                     Contraste detalhe/ patente requerida em 2010




                                                                                       5
                       Núcleo da Matéria - Número 39, Ano VII - Setembro/ Outubro de 2011. Publicação Bimensal




                                                                                                                                                                   Foto Jackie Hardt
                        Musa despeitada
                       Por Patrícia Favalle

                       É preciso ir muito além das doses de auto-
                       estima para não se deixar abalar com a re-
                       tirada radical das mamas. Embora a cirur-
                       gia seja uma das alternativas mais eficazes
                       na luta contra esse tipo de câncer, nem to-
                       das as mulheres estão preparadas para en-
                       carar a mastectomia. Não é o caso da ale-
                       mã Uta Melle, que na contramão do senso
                       geral, se despiu de preconceitos e pudores
                       para conscientizar sobre a importância de
                       se estar viva. Pouco depois de completar
                       40 anos, a então publicitária recebeu o
                       diagnóstico. Deprimida, por pouco ela não
                                                                      como ela, não carregavam os icôni-
                       se deixou abater. Foi o marido que a trou-
                                                                      cos símbolos da maternidade e da feminili-
                       xe de volta ao ringue ao lhe presentear
                                                                      dade; traziam no peito as cicatrizes de uma   tentes. "Aqui, a doença ainda é um tabu. Os
                       com um desenho de uma amazona que
                                                                      batalha heroica, muitas vezes dolorosa,       alemães não suportam ver cicatrizes nem
                       cortara os próprios seios para usar melhor
                                                                      mas, ainda assim, mantinham a docilidade      mutilações. Acham que é sinal de derrota.
                       o arco e as fechas. Ali estava a representa-
                                                                      estampada nos rostos. Convertida em top       Trauma de duas guerras mundiais", diz. O
                       ção da luta pela sobrevivência. Uta se refez
                                                                      model da causa, Uta percorreu lugares e       resultado foi exposto nas páginas do livro
                       e deixou o hospital com uma nova missão:
                                                                      revirou histórias atrás de outras comba-      Amazonen, publicado pela editora Kehrer.
                       retratar mulheres destemidas, que, assim

                                                                                               Segundo um levantamento realizado pelo ICESP (Instituto do
                                                                                               Câncer de São Paulo), ligado à Secretaria de Estado e Saúde e à
Foto Banco de Imagem




                                                                                               Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP),
                                                                                               25% dos pacientes com câncer de testículo atendidos na insti-
                                                                                               tuição assumem ser usuários regulares de maconha. O estudo
                                                                                               aponta que o consumo da droga está ligado ao surgimento da
                                                                                               doença, ocasionando efeitos negativos ao sistema reprodutivo e
                                                                                               endocrinológico. Em média, 500 pacientes são atendidos na clí-
                                                                                               nica especializada do ICESP. Cerca de um terço das 10 mil cirur-
                                                                                               gias já realizadas pelo hospital são de retirada total ou parcial
                                                                                               dos testículos e da próstata. O diagnóstico precoce pode ser fei-
                                                                                               to através do autoexame. Sintomas como nódulo indolor e sen-
                                                                                               sação de peso no escroto são característicos do tumor.
                                                                                           6
7
Núcleo da Matéria - Número 39, Ano VII - Setembro/ Outubro de 2011. Publicação Bimensal




     Sistema de defesa
                                                                                      Por Daniel Froes

                                                                                      Os gânglios linfáticos são encarregados da defesa natural do cor-
                                                                                      po, não ultrapassam o tamanho de um grão de feijão e ficam loca-
                                                                                      lizados nas regiões do pescoço, axilas, seios, abdômen e virilha.
                                                                                      Trata-se de um mecanismo complexo que funciona como espécie
                                                                                      de filtro do organismo, cuja conexão é feita por vasos recheados
                                                                                      de linfa, um fluído claro, responsável pelo trânsito dos linfócitos.
                                                                                      Qualquer dano causado ao DNA de uma célula precursora do lin-
                                                                                      fócito desencadeia um crescimento desenfreado da célula, geran-
                                                                                      do massas tumorais chamadas de linfomas ou cânceres do siste-
                                                                                      ma linfático. No estágio inicial da doença, o nódulo é encontrado
                                                                                      principalmente nos linfonodos, porém, com a evolução da enfer-
                                                                                      midade, outras áreas do corpo também podem ser atingidas. Exis-
                                                                                      tem dois tipos de linfoma, o Hodgkin e o não-Hodgkin. O primeiro
                                                                                      responde por 10% do total de casos conhecidos no mundo. Já o
                                                                                      segundo, mesmo tipo de tumor que a presidente Dilma Rousseff
                                                                                      teve, representa os 90% restante. No início do mês de agosto,
                                                                                      Reynaldo Gianecchini, 38, foi diagnosticado com linfoma não-
                                                                                      Hodgkin. Afastado da peça de teatro Cruel, que está em cartaz no
                                                                                      Teatro FAAP desde junho, o ator já iniciou o tratamento quimiote-
Foto Divulgação




                                                                                      rápico. "Estou pronto para a luta e conto com o carinho e o amor
                                                                                      de todos para vencer a doença", diz.




                  Novidade à vista!

                  O Hospital Sírio-Libanês (HLS) firmou uma importante parceria com Instituto Ludwig de Pesquisa sobre o Câncer ao cri-
                  ar o Centro de Oncologia Molecular. A coordenação da unidade de pesquisa será da Dra. Anamaria Camargo, que, ao lado
                  de todo o grupo de pesquisa em Biologia Molecular e Genômica, irá se transferir para o Instituto Sírio-Libanês de Ensino
                  e Pesquisa, em São Paulo (SP). O foco do novo Centro de Oncologia é desenvolver estudos com ênfase no diagnóstico, na
                  compreensão dos fatores prognósticos dos diferentes cânceres e na capacidade de prever a resposta aos tratamentos,
                  inclusive, nos próprios recursos terapêuticos. Para o diretor do IEP, Dr. Luiz Fernando Lima Reis, o espaço representa
                  um ganho para a ciência, para os pacientes e para a sociedade.
O Jornal Núcleo da Matéria é uma publicação da Associação Brasileira de Física Médica [ABFM], distribuída gratuitamente entre profissionais e empresas do setor, com
periodicidade bimensal, em formato digital. Site: www.abfm.org.br. Caixa Postal: 72.002. CEP: 05508-970, São Paulo, SP. Expediente - Supervisão: Cecília Haddad; Jor-
nalistas Responsáveis: Adriana Sanches, MTB: 34.872 e Patrícia Favalle, MTB: 33.548. Reportagens: Ariana Brink, Daniel Froes, Helen Pessoa, Sandi Dias, Fran de Olivei-
ra e Sérgio Martins. Estagiária: Luciana Jorge. Fotos: Divulgação. Projeto gráfico: 7ervas. ** Grupo Em Pauta Assessoria de Comunicação Ltda. Te l./Fax:
(11) 3031-6033. Fale conosco: e-pauta@e-pauta.com.br

                                                                                  8
9
Núcleo da Matéria - Número 39, Ano VII - Setembro/ Outubro de 2011. Publicação Bimensal




 Lado a lado




                                                                                                                                Foto Divulgação
Por Daniel Froes                             Mulheres acima dos cinquenta anos e         gio avançado, a taxa de mortalidade che-
O câncer de ovário é o mais letal entre os   com histórico na família são as mais pro-   ga a 70%. Vale lembrar que a detecção
tumores ginecológicos. A dificuldade pa-     pensas a desenvolver esse tipo de doen-     precisa só pode ser confirmada através
ra diagnosticá-lo talvez seja a principal    ça. A utilização de medicamentos para       de biópsia.
razão da péssima estatística.                estimular a fertilidade também aparece      No Brasil, os centros de ginecologia dos
Ainda assim, levando-se em conta os de-      como um dos fatores de risco. Dores na      hospitais estão habilitados a realizar os
mais cânceres, a sua incidência é relati-    bexiga para ir ao banheiro, digestão len-   tratamentos rotineiros; apenas as mulhe-
vamente pequena; responde por apenas         ta, barriga com crescimento anormal e       res com a enfermidade agravada são en-
4% das neoplasias malignas. Diferente        aumento abdominal podem ser indicati-       caminhadas ao oncologista. Entre os pro-
do de mama, que possui sintomas típicos,     vos da moléstia. Entretanto, as chances     cedimentos, a indicação para cirurgia de
como a alteração da forma do seio e a sa-    de cura deste tipo de câncer represen-      retirada do órgão geralmente é associada
ída de secreção do mamilo, o tumor de        tam mais de 90% na fase inicial. Num        às sessões de quimioterapia ou de radio-
ovário não apresenta especificidades.        contraponto, se diagnosticado em está-      terapia.

                                                                10
O que é Notícia                           Spartacus




                                                                                                                                                Foto Divulgação
Uma década pra comemorar. Dos
dias 18 a 20 de agosto, o Centro Uni-
versitário Franciscano (UNIFRA), de
Santa Maria (RS), celebrou os 10 anos
do curso de Física Médica. A progra-
mação contou com minicursos de 12
horas de duração, focados na qualifi-
cação do ensino e na extensão do cor-
po discente e docente, além de ciclo
de palestras com as presenças de Os-
valdo Negrini Neto, do Instituto de
Criminalística do Estado de São Pau-
lo; Ilo Baptista e Marcus Vinicius Bor-
                                          No dia 11 de setembro, após 18 meses de luta contra o linfoma não-hodgkin, o então prota-
tolloto, do PHYmed; Beatriz Colenci,
                                          gonista do seriado “Spartacus”, transmitido pelo canal a cabo Starz, Andy Whitfield, 39, fa-
do Hospital Sociedade Portuguesa de
                                          leceu. Além de interpretar o herói da minissérie, Andy integrou o elenco do filme The Clinic
Beneficência, e Cecília Haddad, do
                                          (2010) e de Gabriel (2007). Em janeiro, devido à doença, o ator precisou se afastar das gra-
Hospital Sírio Libanês e também pre-
                                          vações, sendo substituído pelo ator Liam McIntyre. Whitfield era galês, mas se mudou para
sidente da ABFM.
                                          a Austrália ainda criança.




                                                                                                                                                       Foto Paulo Cesar Alexandrowitsch - SES - GS / Divulgação
Pesquisa. Conforme estudo realizado
pelo ICESP, cerca de 30% dos pacien-
tes operados pela instituição em vir-
tude de tumores que afetam a região
da cabeça e do pescoço desenvolve-        Aproximadamente 25 pacientes do hospital Pérola Byington, unidade da Secretaria da Saúde do
ram a doença por conta do papiloma        Governo do Estado de São Paulo, referência no tratamento da mulher, atraíram dezenas de flashes

vírus humano (HPV). O relatório tam-      para a “Festa da Primavera – Passarela da Vida”, realizada no dia 23 de setembro, {s 14h. O desfile

bém aponta que mulheres entre 40 e        deste ano, aberto ao público, teve como tema a sustentabilidade. Na passarela, as top models do
                                          Pérola Byington, com idade entre 22 e 72 anos, desfilaram com peças próprias customizadas pelos
50 anos representam 70% dos casos.
                                          alunos da Escola de Moda da Universidade Anhembi Morumbi.


                                                                   11
Núcleo da Matéria - Número 39, Ano VII - Setembro/ Outubro de 2011. Publicação Bimensal




                                                                                                                              Foto Divulgação
Na linha certa
Conforme notícia publicada no Jornal Folha de São Paulo, de 27 de setembro de
2011, a Sociedade Europeia de Oncologia apresentou no seu último congresso,
realizado em Estocolmo (Suécia), resultados positivos de um novo remédio para
o tratamento do câncer de próstata em estágio avançado.

O medicamento Alpharadin foi testado em 922 pacientes com metástase óssea
de 20 países diferentes, incluindo o Brasil. Cerca de 40% dos doentes com cân-
cer de próstata desenvolvem esse tipo de metástase. O tumor se espalha para os
ossos em 90% dos casos, atingindo principalmente as regiões do fêmur, bacia e
                                                                                    Como age o Alpharadin
coluna. Os testes no País aconteceram no Hospital das Clínicas da USP, Hospital
do Câncer de Barretos e em mais 4 centros médicos. A pesquisa comparou o re-
sultado dos exames de voluntários que tomaram o medicamento com o daqueles
que receberam o placebo. Constatou-se que os integrantes do primeiro grupo
apresentaram taxas de mortalidade 30% menores e uma sobrevida média de 14
meses, três a mais em relação ao segundo.

O medicamento é um radiofármaco e, por isso, possui afinidade natural com as
células ósseas – semelhante ao que ocorre entre o iodo radioativo e a tireoi-
de. "Essas partículas se dirigem às células da metástase, depositam-se nelas e as
destroem. É quase um míssil teleguiado", compara o oncologista André Murad,
do HC, da Universidade Federal de Minas Gerais e do Hospital Lifecenter, que
integrou o estudo.

Diferente de outros radiofármacos, o Alpharadin não causa a destruição de gló-
bulos brancos nem das plaquetas, agindo precisamente nas células malignas. De
acordo com o professor da USP e chefe do departamento de uro-oncologia do
HC, Marcos Dall’Oglio, a nova droga é capaz de adiar as sessões de quimioterapia
– notícia importante para os idosos, pois são os que mais sofrem com o trata-
mento. Os efeitos colaterais da droga mais comuns apontados pela pesquisa fo-
ram diarreia e náusea. A substância é produzida pela Bayer HealthCare Pharma-
ceuticals e deve chegar ao Brasil até 2013.


Rosa choque. A Avon uniu forças com a Femama (Federação das Associações
Filantrópicas pela Saúde da Mulher) para intensificar as mobilizações Avon Con-
tra o Câncer de Mama durante a campanha mundial Outubro Rosa, cujo propósi-
                                                                                                            Foto Divulgação




to é alertar as pessoas sobre a prevenção e detecção do câncer de mama. A em-
presária e ex-modelo Luiza Brunet e o modelo Otavio Rauter (foto à direita) já
vestiram a camiseta Avon Contra o Câncer de Mama – disponível para venda no
site www.avon.com.br e nos catálogos de cosméticos da marca.

                                                                  12
13

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:0
posted:11/7/2012
language:Portuguese
pages:13
liningnvp liningnvp http://
About