Docstoc

3o_trimestre_gravidez

Document Sample
3o_trimestre_gravidez Powered By Docstoc
					3º T R I M E S T R E
• Cuidados essenciais para uma
  gravidez saudável.

• Ginástica pré Natal.

• Desenvolvimento da barriga.

• 7º mês de gravidez.
• 8º mês de gravidez.
• 9º mês de gravidez
   Alimentação, Higiene e
  Exercício Físico para uma
     gravidez Saudável
• A alimentação da grávida deve ser variada. O que
  interessa é a qualidade e não a quantidade de alimentos
  ingeridos.
• Deve Ingerir bastante leite por dia.
• A alimentação deve ser rica em frutas, legumes e verduras.
• Controlar os farináceos, fritos e doces
• A grávida deve ingerir várias refeições por dia evitando
  grandes períodos em jejum.
• O álcool e o tabaco deve ser evitado.
                A pele
Deve evitar a exposição ao sol sem protectores
solares, para que não apareçam manchas escuras,
uma vez que a pigmentação está aumentada na
gestação. Óleos e cremes têm pouco valor na
prevenção de estrias, mas podem ser usados.
       Ginástica pré natal
Os exercícios de ginástica pré natal têm por
  objectivo melhorar as condições físicas da
  gravida:
• Capacidade pulmonar
• Circulação periférica

Ao mesmo tempo que a preparem para o esforço
  físico que o parto pressupõe.
De um modo muito especial lhe é ensinando o
  exercício de expulsão.
    O Desenvolvimento da barriga da
                mulher




7º mês           8º mês        9º mês
• Pesa entre 1.100g e 1.200g e mede 40cm de comprimento .
• O feto reage aos sons e à luz que atravessa a parede abdominal, que
  faz com que o seu coração bata a um ritmo acelerado e comece a
  movimentar-se. Neste mês de gravidez a mão do bebe pode agarrar; as
  pálpebras abrem e fecham.
• O ouvido reage aos sons, com dificuldade, porque as cavidades
  auriculares estão cheias de muco. Já é capaz de distinguir entre o
  doce e o amargo.
• A cabeça pesa cada vez mais e procura acomodação na escavação
  óssea pélvica onde permanecerá ate ao final da gestação. Neste mês,
  será efectuada a ultima ecografia que, além de avaliar as condições da
  placenta, vai confirmar a posição do bebé para o parto. Caso o bebe
  não se encontre bem posicionado terá de se planejar uma cesariana.
 O seu peso aumenta e os movimentos são agora fortes. Maior
parte dos órgãos já estão preparados, para funcionar sem o apoio
materno. Um dos principais órgãos como o pulmão vai –se
preparando para respirar. Pois este é o órgão que permite a
passagem de um meio liquido para um meio aéreo.
 O cordão umbilical comprime-se e o sangue passa com mais
dificuldade, já que é dificultado o seu afluxo à placenta, porque
estão comprimidos os vasos que atravessam um músculo. É uma
situação que o feto tem de suportar pois é sinal que a hora do
parto está a chegar.
 A grávida começa a ter mais dores, seios encaroçados e já tem
dificuldades para se levantar ou sentar.
Ao deitar de barriga para cima, a sensação é de falta de ar.
 Começa também a sentir o ventre duro, pois isso deve-se ao
facto de o bebé querer sair.
 Agora pesa muito. Os 50 cm que o bebé mede (aproximadamente) obrigam-
no a ficar curvado para a frente, com a cabeça afundada na escavação óssea e
o queixo apoiado no peito. Esta descida produz-se, uma ou duas semanas antes
do parto, pois significa que o feto pode avançar pelas vias naturais.
A bexiga materna acusa de novo a tremenda compressão e a sensação da
constante vontade de urinar. As contracções uterinas tornam-se mais
repetidas. Estas causam, mal estar no feto, porque prejudicam a circulação
sanguínea que lhe leva o oxigénio. A cada contracção, o feto agita-se como se
estive-se contrariado, o que provoca a compressão do cordão umbilical,
podendo assim este ficar enrolado á volta do pescoço ou dos membros.
 Agora está pronto para nascer, muitos dos seus reflexos estão aperfeiçoados,
os pulmões encontram-se em condições de receber o ar atmosférico e o coração
está em vias de tomar a cargo uma nova circulação sanguínea. Dentro do
intestino, uma substância escura, o mecônio, forma a primeira dejecção.
 O cérebro, muito sensível, regista o sons, a agitação exterior, a agressão
luminosa, a sensação de fome, a vontade de dormir…a tenção sobe porque as
contracções do útero começam a ser regulares e mais intensas.
                             9º mês
 O desenvolvimento ósseo asselera-se, a pele
torna-se suave e muito espessa e desaparece a
lanugem e a gordura os membros que começam
a flectir-se e a estender-se com energia e já são
possíveis os movimentos bruscos.

Os órgãos genitais revelam certas características
definidas. Os testículos descem para as bolsas e
aparecem pregas no escroto. Na vulva, os
grandes lábios, que estavam separados, deixando
de ver os pequenos lábios e o clítoris acabam por
juntar-se.

 São chamados prematuros os que nascem antes
de comprimir-se as 37 semanas, cuja fragilidade
merece um cuidado especial. Se não se adaptam
bem á respiração aérea, terão de passar pela
incubadora.
  Conclusão
Com este trabalho aprendemos
como se desenvolve o bebé na
barriga da mãe.


Cada mês que passa o bebé vai
desenvolvendo-se e preparando-
se para a vida.
São tão lindos

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:2
posted:10/21/2012
language:Portuguese
pages:12