Curso Superior de Tecnologia em Comunica��o Institucional

Document Sample
Curso Superior de Tecnologia em Comunica��o Institucional Powered By Docstoc
					Curso de Comunicação Social – 2º Semestre de 2010


Projeto Integrado do Curso - 29ª Bienal de São Paulo


                                                    “Há sempre um copo de mar para um homem navegar”


No segundo semestre de 2010, todos os projetos do curso de Comunicação Social da Universidade
Cidade de S.Paulo tem como tema a 29ª Bienal de Arte Contemporânea de São Paulo.
A 29ª Bienal acontece de 25 setembro a 12 dezembro de 2010, no Pavilhão da Bienal, no Parque do
Ibirapuera. É o maior evento cultural e comunicacional da cidade (e do país) no segundo semestre de 2010,
com expectativa de 1 milhão de visitantes. O orçamento do evento é de 40 milhões de dólares, já captados
junto à iniciativa privada.
A 29ª Bienal de São Paulo está ancorada na ideia de que é impossível separar a arte da política. Essa
impossibilidade se expressa no fato de que a arte, por meios que lhes são próprios, é capaz de interromper
as coordenadas sensoriais com que entendemos e habitamos o mundo, inserindo nele temas e atitudes que
ali não cabiam e tornando-o, assim, diferente e mais largo.
A eleição desse princípio organizador do projeto curatorial se justifica por duas principais razões. Em
primeiro lugar, por viver-se em um mundo de conflitos diversos, onde paradigmas de sociabilidade são o
tempo inteiro questionados, e no qual a arte se afirma como meio privilegiado de apreensão e simultânea
reinvenção da realidade. Em segundo lugar, por ter sido tão extenso esse movimento de aproximação entre
arte e política nas duas últimas décadas, se faz necessário, novamente, destacar a singularidade da
primeira em relação à segunda, por vezes confundidas ao ponto da indistinção.
É nesse sentido que o título dado à exposição, “Há sempre um copo de mar para um homem navegar" –
 verso do poeta Jorge de Lima tomado emprestado de sua obra maior, Invenção de Orfeu (1952) –, sintetiza
o que se busca com a próxima edição da Bienal de São Paulo: afirmar que a dimensão utópica da arte está
contida nela mesma, e não no que está fora ou além dela. É nesse “copo de mar” – ou nesse infinito
próximo que os artistas teimam em produzir – que, de fato, está a potência de seguir adiante, a despeito de
tudo o mais; a potência de seguir adiante, como diz o poeta, “mesmo sem naus e sem rumos / mesmo sem
vagas e areias”.
Visitação – Previsão de 1 milhão de pessoas (contra 125 mil em 2008)
Antecedentes – A Bienal 2010 inova no tema, na organização, na curatoria, na comunicação e nas
estratégias. Tenta recuperar a imagem da Fundação Bienal de São Paulo depois da crise de 2008, quando
a mostra atraiu apenas 125 mil pessoas e ficou conhecida como a Bienal do Vazio, com agressão e prisão a
jovens pixadores.
Equipe Curatorial – A presidência da Fundação Bienal é de Heitor Martins. A curadoria da mostra é de
Moacir dos Anjos e Agnaldo Farias, e é feita de forma integrada. Conta, ainda, com um grupo de curadores
convidados de procedências diversas, os quais contribuem para que o projeto tenha amplitude e densidade:
Fernando Alvim (Angola), Rina Carvajal (Venezuela / Estados Unidos), Yuko Hasegawa (Japão), Sarat
Maharaj (África do Sul / Reino Unido) e Chus Martinez (Espanha).
Mostra - A exposição contará com cerca de 160 artistas de diversas partes do mundo, sem tomar a origem
territorial como valor de seleção.
Bienal Estendida - O projeto inclui um programa educativo, de atividades discursivas, de residências
artísticas e de website.
Patrocínios – Itau, Fiat, Microsoft, Votorantim, OI, Petrobras, ABC Brasil, Delboni, Dasa,
McKinsey&Company, OHL Brasil, Blomberg, Banco Fibra, Hermes Pardini, Iguatemi, Klabin, Panamericana,
RedeCard, Globo São Paulo, Slaviero, Deutsche Bank, KPMG, além dos apoios instituicionais do governo
federal, Ministério da Cultura, Funarte, Governo do Estado e Prefeitura Municipal de São Paulo, por meio de
suas secretarias e autarquias.




                                                                                                         1
Curso Superior de Tecnologia em Comunicação e Marketing


Módulo: Marketing de Relacionamento


Certificação intermediária – Assessor de Marketing de Relacionamento


Unidade Curricular: Alinhamento Estratégico do Público Interno


Unidade Curricular: Gestão de Relacionamento com o Público Externo


Premissas – O Módulo de Marketing de Relacionamento no Curso de Comunicação e Marketing está
sendo aplicado pela primeira vez. Assim, são definidas como premissas conceituais:


        o curso está sedimentado em numa concepção de instituição como agente ativo no cenário político,
social, econômico e cultural, no qual o mercado é tão somente um dos componentes.
       as bases do curso são fundamentadas no campo da comunicação social e do marketing;
       considerar as ferramentas que compõem a comunicação integrada;
        o princípio que norteia esse curso é o da Comunicação Integrada, considerada como as
possibilidades de ação comunicacional interligadas (integração de conceitos, conhecimentos, competências
do campo da comunicação).


Alinhamento Estratégico do Público Interno


a. É estratégia de comunicação da instituição.
b. Estabelece o diálogo da instituição internamente com reflexos externos.
c.   A gestão de comunicação interna determina o fluxo de informação dentro e fora da instituição, em que
     são variantes importantes: o nível de transparência, relação com os stakeholders, a sustentabilidade,
     adequação e adaptação aos novos cenários comunicacionais e aos processos de inovação.
d. Planejamento estratégico para a gestão de imagem (objetivos, ações, táticas e justificativas) – público
   interno.
e. Análise da cultura corporativa e crises hipotéticas.


Gestão de Relacionamento com o Público Externo


a. Remete a arquitetura de um novo modelo de gestão no qual a comunicação é o elemento fundamental
   em situações de crise.
b. Não remete à administração, mas sim à inovação em comunicação.
c.   Analise e apresentação do cliente (relatório+exposição para a sala de aula).
d. Análise da cultura corporativa e crises hipotéticas.
e. Desenvolvimento de análise de mercado em que a empresa atua (SWOT).
f.   Planejamento estratégico para a gestão de imagem (objetivos, ações, táticas e justificativas) – público
     externo (Marketing de relacionamento.)
g. Comunicação integrada.




                                                                                                          2
Fundamento – A 29ª Bienal de Arte Contemporânea de São Paulo tem como titulo “Há sempre um copo de
mar para um homem navegar”, verso de Jorge de Lima (Invenção de Orfeu, 1952). Entre os patrocinadores
estão empresas como Votorantim, Fiat, Itaú, OI, Petrobras, OHL, Redecard e outras.


Problema de Comunicação – Por que empresas consolidadas no mercado investem na Bienal? Qual o
retorno que obtém? Qual seu ganho institucional? Como informar internamente – observando as
repercussões externas - sobre a opção de participar da Bienal (em um momento no qual a instituição passa
uma crise que afeta sua imagem) criando um centro irradiador de informações para os diferentes públicos
(internos e externos)?
Tendo em conta esses elementos (questionamentos iniciais) o discente tratará da possível parceria entre
uma empresa - indicada pelo corpo docente – e a Fundação Bienal que, visando o patrocínio da 30ª Bienal -
2012 (Produto) elaborará um plano de comunicação cujas ações compreendam o desenvolvimento relações
duradouras entre esses parceiros no transcorrer do período que antecede a realização da 30ª Bienal.
O grupo discente poderá desenvolver esse projeto como uma agencia de comunicação contratada pela
empresa patrocinadora ou como um departamento de comunicação e marketing da própria empresa.


Diagnóstico do Problema de Comunicação – O diagnóstico deve ser realizado a partir da análise da
realidade e estudo de caso, “a crise da 28ª Bienal”, contemplando os elementos da comunicação com
levantamento de elementos para a elaboração do projeto (Plano de Comunicação para Gestão de Crise).


Organização do plano/projeto – No curso de Comunicação e Marketing, os projetos devem cumprir fases
determinadas. Devem ser considerados os elementos fundamentais que possibilitem ao discente o
desenvolvimento de habilidades e competências necessárias à elaboração e implementação de ações,
estratégicas de comunicação corporativa visando à gestão da imagem “corporativa” junto aos diversos
públicos (stakeholders) da instituição.


   1. Relatório sobre a Fundação Bienal e o evento Bienal de Arte.
   2. Levantamento de informações sobre a empresa indicada pelo corpo docente.
   3. Elaboração do Plano de Comunicação – 1.ª Fase.
   4. Elaboração do Plano de Comunicação – 2.ª Fase.
   5. Apresentação do Plano de Comunicação – Seminário (Envolvendo convidados externos)


Execução do projeto - A execução não pode ser reduzida à apresentação à banca. É fruto da relação
entre saber e saber fazer, expressa em todo o processo de aprendizagem. Assim, em cada uma das fases
determinadas o projeto será executado, cabendo ao corpo docente esclarecer a importância das fases e
mostrar que o projeto é executado a cada passo, sendo assim avaliado.


Resultados – Espera-se que o projeto, construído em conjunto por professores e alunos, tenha como
resultado:
   1. Projetos coerentes com o tema proposto e que dialoguem com a realidade e a sociedade;
   2. Expressem conhecimento e processo de reflexão sobre as fases;
   3. Apresentem aspectos inovadores e criativos, inerentes ao profissional de Comunicação e Marketing
      (Assessor de Marketing de Relacionamento).
   4. Atendam a princípios éticos e profissionais.


Avaliação - O aluno será avaliado continuamente, em todas as fases do projeto. Serão instrumentos
obrigatórios de avaliação:


       1. Relatório referente ao estudo de caso.

                                                                                                       3
          2. Seminário conceitual (grupo) sobre fundamentos do papel da comunicação no processo de
             gestão. Para isso, cada grupo deverá ter um ou mais capítulos de livro, indicado pelo professor-
             orientador, para subsidiar seu estudo e apresentação.
          3. Seminário: Apresentação do Plano de Comunicação com fundamentação teórica-conceitual
             criativa e técnica, da instituição, do público alvo e do mercado.
          4. Avaliação teórico-conceitual (individual).


Tópicos Geradores:
(conhecer o processo / Saber fazer / Saber fazer juntos e ser)

                                   Curso Tecnológico de Comunicação e Marketing
Módulo                               Marketing de Relacionamento
Unidade Curricular 1                 Alinhamento Estratégico do Público Interno
Unidade Curricular 2                 Gestão de Relacionamento com o Público Externo
Certificação Intermediária           Assessor de Marketing de Relacionamento
Competências do Assessor             Saber como conhecer, analisar e contextualizar as estratégias e
de Marketing de                      ferramentas de comunicação e suas aplicabilidades Marketing de
Relacionamento                       relacionamento.

                                       Possuir conhecimento em planejar e executar ações estratégicas de
                                       comunicação e marketing de relacionamento para empresas ou
                                       instituições no sentido de reforçar a imagem das suas marcas, produtos e
                                       serviços, colocando-as favoravelmente no mercado.
Projeto
                                       Por que empresas consolidadas no mercado investem na Bienal? Qual o
                                       retorno que obtém? Qual seu ganho institucional? Como informar
                                       internamente – observando as repercussões externas - sobre a opção de
                                       participar da Bienal (em um momento no qual a instituição passa uma
                                       crise que afeta sua imagem) criando um centro irradiador de informações
                                       para os diferentes públicos (internos e externos)?
                                       Tendo em conta esses elementos (questionamentos iniciais) o discente
                                       tratará da possível parceria entre uma empresa - indicada pelo corpo
                                       docente – e a Fundação Bienal que, visando o patrocínio da 30ª Bienal -
                                       2012 (Produto) elaborará um plano de comunicação cujas ações
                                       compreendam o desenvolvimento relações duradouras entre esses
                                       parceiros no transcorrer do período que antecede a realização da 30ª
                                       Bienal.
                                       O grupo discente poderá desenvolver esse projeto como uma agencia de
                                       comunicação contratada pela empresa patrocinadora ou como um
                                       departamento de comunicação e marketing da própria empresa.



    1.    Leia atentamente o cronograma com as fases do projeto, bem como as instruções do que deverá ser efetuado em cada
          uma delas;
    2.    Atente para as datas de entrega de cada fase do projeto, o não cumprimento do prazo acarretará no critério de avaliação
          da pontualidade do grupo (conforme tabela ilustrada no item avaliação;




                                                                                                                                    4
                                           CRONOGRAMA
               FASES                           PRODUÇÃO ACADÊMICA                        DATA DE
                                                (o que deve ser entregue)                ENTREGA
1ª fase: Pesquisa primária sobre a
                                        Relatório sobre a Fundação Bienal e o evento
Bienal de Arte Contemporânea
                                        Bienal de Arte.                                  24 / 09 / 2010
(público, históricos, problemas,
planejamento, etc)

2ª fase: Pesquisa secundária sobre o
cliente, para elaboração do briefing.   Levantamento de informações sobre a empresa
                                                                                         24 / 09 / 2010
(dados de empresa, atividades,          indicada pelo corpo docente.
mercado, posicionamento, etc).


                                                                                         Seminários
                                        LIVRO/TEXTO – COMUNICAÇÃO                        COM PROF.
Apresentação dos seminários                                                                SUELY
                                        ORGANIZACIONAL
                                                                                         YNGAUNIS




                                                                                          01/10/2010
3ª fase: Apresentação da análise dos    Exposição para a sala de aula dos
clientes                                clientes/bienal.                                  08/10/2010



                                        Plano de Comunicação (objetivos, público-alvo,
4ª fase: Elaboração do Plano de         estratégias, ferramentas, táticas)               26 / 11 / 2010
Comunicação – Entrega do volume         Será avaliada a coerência das estratégias com
                                        os objetivos de comunicação e o público-alvo
5ª fase: Apresentação do Plano de       Desempenho na reunião de negócio                 29 / 11/2010
Comunicação – Seminário                 Será avaliada a apresentação, postura e                A
(Envolvendo convidados externos)        argumentos da defesa do plano.                   03/12// 2010
AVALIAÇÃO INDIVIDUAL (sobre os          Avaliação escrita
seminários apresentados e conteúdo                                                       08 / 12 / 2010
das aulas)




                                                                                                          5
GRUPOS/AGÊNCIA
  1. GRUPO RUBRO – EMPRESA: BANCO SANTANDER

TATIANA UEHARA
MARCELLO PIOTTO
BRUNO GARBOSA
THAIS BENDOCHI
AMANDA DOS REIS
ATALANTA DA COSTA


  2. AGÊNCIA SEVEN - EMPRESA: CCR



SÉRGIO ALEIXO GOMES
LEONARDO NASCIMENTO
JENIFER KAIZER
KLEBER OSNY
DÉBORA PIRES
CAMILA RODRIGUES



  3. GRUPO GR8 – EMPRESA: VOLKSWAGEM

JANAINA PAVÃO
SARA DE PAULA
ANDRESSA ALVES
IRAMAR ALVES
EVELYN PALHARES
ROBSON NAVEGA


  4. GRUPO NOCTUA – EMPRESA: POSTOS IPIRANGA

CAROLINE PEREIRA DE SOUZA
GUSTAVO COSTA
ROBSON DE QUEIROZ
ROSSANDRA S. OLIVIERA


  5. AGÊNCIA LUMMUS – EMPRESA: REDE BANDEIRANTES DE RÁDIO E TELEVISÃO

CARLA DANIELA
JOYCE NUNES
HELDER ANDRÉ
GISELE MENDES DE SOUZA
BRUNA CAROLINA SALES



  6. AGÊNCIA INOVART – EMPRESA: BANCO SANTANDER


CAMILA
DAYANE
DENISE
HEITOR


                                                                        6
REBECA
VANESSA




   7. AGÊNCIA ESFERA – EMPRESA: VOLKSWAGEM


DANIELLE ROSALIA GOMES
LUANA MARIA DA SILVA
ERICA MARQUES NOGUEIRA
EISY PATRICIA
RODRIGO MENDES
MARCELO CUNHA
ALESSANDRA




   8. AGÊNCIA VIRGULA – EMPRESA: CCR


LUBIANCA T. SILVA
DAIANA SOARES
GLACIELLE GLAICE
SILVIA POMBAL




   9. GRUPO BLAH! – EMPRESA: POSTOS IPIRANGA


ANTONIO HENRIQUE
ADINA ALMEIDA
JULIANA THAIS
ROGERIO SILVA
SUELLEN BRUNA




   10. AGÊNCIA ID! BRASIL – EMPRESA: REDE BANDEIRANTES DE RÁDIO E TELEVISÃO


WILLIAM
THIAGO
RAFAEL
DIEGO
RIZELI
ALINE
DAMARES


                                                                              7
Representante da Sala: Ádina
E-mail: adina.almeida@gmail.com


Coordenação
Edson Roberto de Jesus
E-mail: ejesus@edu.unicid.br


Orientação de Projeto
Vagner Novaes Tranche
E-mail: vtranche@edu.unicid.br




                                  8

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:2
posted:10/5/2012
language:Portuguese
pages:8