Blocos Econ�micos by aYkc51

VIEWS: 36 PAGES: 16

									        Blocos Econômicos
• Década de 40 – pós – guerra .

• Década de 90 – expansão dos blocos
  – NAFTA, MERCOSUL e U.E. (outros...).


• Área de Livre Comércio com ausência de
  barreiras tarifárias e não tarifárias.
• Ao estudar a formação dos Estados nacionais
  percebe-se que há uma divisão entre países
  centrais e periféricos, cujos primeiros podem ser
  chamados de globalizadores e os segundos de
  globalizados.

• Os países globalizados importam mais que
  exportam, ou então exportam produtos menos
  elaborados, cuja tecnologia é adquirida no
  exterior.
       globalização comercial
•
• A formação dos blocos econômicos tem se
  destacado nesse processo como forma de
  expansão dos mercados nacionais, como o da
  UE, NAFTA, MERCOSUL, ASEAN e ALCA.
• Há a necessidade de observar esse processo
  pelo coeficiente de abertura econômica dos
  países, ou seja, os movimentos de importações
  e exportações sobre os movimentos de
  importações e exportações mundiais.
      Globalização Produtiva
• Podemos destacar:
• Há a queda dos custos devido à
  possibilidade de se produzir em outras
  regiões, cuja mão-de-obra e a legislação e
  fiscalização trabalhista são menos rígidas,
  e comercializar em países com elevado
  capacidade de renda e consumo.
     Globalização Tecnológica
• Os anos setenta foram marcados pela
  disseminação da tecnologia de Internet e
  telefonia celular, além dos avanços na
  biotecnologia e do mapeamento genético.
  Essa mudança é considerada, por alguns,
  uma verdadeira Terceira Revolução
  Industrial, tãoimportante e transformadora
  quanto a invenção da máquina a vapor e
  da eletricidade
• Todas essas inovações foram
  incentivadas e disseminadas por
  governos, empresas e universidades, e o
  maior interesse na adoção desta
  estratégia culminava na invenção e
  difusão de novas tecnologias que
  possibilitassem menor custo e maior
  produtividade
              Crise financeira
• O termo crise financeira é aplicado a uma variedade de
  situações nas quais instituições ou ativos financeiros se
  desvalorizam repentinamente. No século XIX e no início
  do século XX, muitas crises financeiras estiveram
  associadas a corridas aos bancos, durante períodos de
  recessão. Outras se caracterizaram pelo estouro de uma
  bolha financeira e pela quebra do mercado de ações ou
  por ataques especulativos à moeda de um país ou
  quando um país suspende o pagamento de sua dívida.
  Há várias teorias acerca do desenvolvimento das crises
  financeiras e como evitá-las. Entretanto, não há
  consenso entre os economistas. As crises continuam a
  ocorrer por todo o mundo e parecem se produzir com
  certa regularidade, podendo ser inerentes ao
  funcionamento da economia capitalista.
  multinacionais ou transnacionais
• As empresas multinacionais ou transnacionais
  têm um papel fundamental dentro das
  chamadas globalização comercial, produtiva e
  financeira, pois são essas empresas que dão a
  dinâmica aos fluxos de bens e serviços em
  escala mundial.
• Alocar a produção e montagem dos seus
  produtos onde a mão-de-obra é mais barata e
  manter as atividades mais nobres com maior
  conteúdo tecnológico no país de origem.
• As multinacionais são grupos ou cadeias
  dominadas por uma matriz. Essa matriz
  encontra-se geralmente no país de origem
  e seu poder sobre o resto da cadeia se dá
  pelo controle que tem sobre os fluxos de
  capital – produtivo ou não – enviado para
  as outras partes.
• A economia dos EUA tem participação enorme
  no ranking mundial das marcas mais caras do
  mercado, comprovando o quanto a globalização
  explica a hegemonia norteamericana nos vários
  setores de produção. Todas as decisões
  tomadas pelos outros gigantes da economia –
  não necessariamente somente os do ranking –
  levam em consideração a constituição dos
  blocos comerciais regionais, o que divide
  categoricamente o mundo em áreas
  estratégicas.
    Consenso de Washington
• 1990 - uma série de reformas foram
  recomendadas para os países da América
  Latina ,leia-se políticas recomendadas e
  conhecidas como Consenso de
  Washington.

• A Privatização, estabilidade de preços,
  redução dos gastos do governo, abertura
  financeira e comercial.
 Globalização - TI - Mundialização
• Podemos caracterizar a Globalização como um novo
  movimento dentro da Internacionalização devido.

• O papel da tecnologia da informação (TI) que permitiu a
  construção de uma rede de informações e a
  possibilidade de tornar o longe perto, fato que facilitou a
  descentralização do capital para vários países.

• A Globalização não significa apenas uma expansão dos
  mercados, mas também uma extensão dos valores
  morais e sociais para todos os povos. Temos uma
  mundialização :
   – da produção, da gestão da mão-de-obra,
   – financeira, de políticas públicas, política e cultural.
     definição mais correta sobre
             Globalização

• Caracteriza-se como a expansão dos fluxos de
  informações que atingem todos os países
  afetando empresas, indivíduos e movimentos
  sociais, pela aceleração das transações
  econômicas, envolvendo mercadorias, capitais e
  aplicações financeiras que ultrapassam as
  fronteiras nacionais e pela crescente difusão de
  valores políticos e morais em escala universal.
    resultados da globalização
• Durante a década de 1990 e início do século
  XXI, podemos observar alguns resultados da
  globalização, como:

• É um movimento não uniforme das condições
  econômicas.

• Entre as transformações sociais podemos
  destacar a elevação do desemprego e da
  informalidade, aumento da privatização e queda
  do sindicalismo.
   Ambiente Econômico Global x
          Globalização
• Para refletir sobre a tentativa de construção de
  um ambiente econômico global é necessário
  saber as características dos fenômenos sócio –
  econômico - político e cultural no espaço
  geográfico.

• Expansão dos fluxos de informações, dos fluxos
  de capitais e de comércio além das fronteiras
  nacionais.

								
To top