Docstoc

Jornada 2005

Document Sample
Jornada 2005 Powered By Docstoc
					                     Abertura da Jornada*
                              04/10/2005
                                9:00 h

     Auditório do Centro de Tecnologia - Bloco A

                          “SOB MEDIDA”

                 Direção: PATRICIA PEREIRA
                  Roteiro: LÍGIA TOURINHO


•- A participação é obrigatória para todos os bolsistas CNPq (PIBIC e Balcão)




     XXVII Jornada de Iniciação Científica
     XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
“DICAS” DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS NA
     JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA,
           ARTÍSTICA E CULTURAL




      Coordenação Geral da Jornada / UFRJ
             http://www.pr2.ufrj.br




   XXVII Jornada de Iniciação Científica
   XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
Histórico:

1978 – Professor Giulio
Massarani organiza a
primeira Jornada de IC
CCMN/CT



                                             Prof. Giulio Massarani
                                                   1937 - 2004



  XXVII Jornada de Iniciação Científica
  XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
Histórico:

1985 – Primeira Jornada de IC da
UFRJ

1993 – Assinado o convênio do
                                                       Aprendiz de feiticeiro é a
PIBIC/CNPq com obrigação de                              marca das primeiras
promover Jornada de IC anual                                 Jornadas.




      XXVII Jornada de Iniciação Científica
      XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
                        PIBIC
Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica

 Objetivo: “Formação de jovens mestres e doutores”

            Custo Aproximado do Programa:

        CNPq: 764 x 12 x 300,00 = R$ 2.750.400,00
      UFRJ: 400 x 12 x 300,00 = R$ 1.440.000,00

         Acompanhamento do Programa:
     Comitê Institucional (Professores da UFRJ)
     Comitê Externo (Pesquisadores Externos)


      XXVII Jornada de Iniciação Científica
      XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
   Objetivos da palestra:

 Apresentar sugestões (Dicas) básicas para:

       Preparação de transparências
       Apresentação oral
       Preparação de painéis




      XXVII Jornada de Iniciação Científica
      XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
Transparências

Número de transparências para uma apresentação:

 Deve ser proporcional ao tempo

   Tempo médio de exposição de cada
    transparência: 1 minuto

Número normal: 6 a 10 transparências para uma
               apresentação de 10 minutos




    XXVII Jornada de Iniciação Científica
    XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
      Ordem das transparências:

 Primeira transparência obrigatoriamente deve conter:
         Título do trabalho
         Nomes dos autores (bolsa)*
         Nome do orientador
         Identificação do Laboratório/Grupo
         Departamento e Unidade

      * - No caso de PIBIC: indicar o período da bolsa
      Exemplo: (PIBIC - Out/04 a Jul/05)
              - Aluno sem bolsa: colocar (Sem Bolsa)


           XXVII Jornada de Iniciação Científica
           XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
As transparências seguintes devem conter:

Introdução ao trabalho (Obrigatório)
(2 a 4 transparências)

 Apresentação do problema (1 ou 2)
 Motivação para o trabalho (1/2 ou 1)
 Objetivos claros do trabalho (1)




   XXVII Jornada de Iniciação Científica
   XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
Depois da Introdução colocar:

Conteúdo do Trabalho (Obrigatório)
(de 3 a 6 transparências)

 Fundamentação teórica ou experimental
 Resultados obtidos

Lembrete:
 Não tente apresentar tudo que foi feito
  • Apresente apenas o essencial




    XXVII Jornada de Iniciação Científica
    XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
A ÚLTIMA OU AS DUAS ÚLTIMAS TRANSPARÊNCIAS
DEVEM CONTER:


• Conclusões (Obrigatório)

   Apresente claramente as conclusões obtidas a partir dos
   principais resultados relatados

• Trabalhos Futuros (Opcional)

   Comente o que deve ser feito no futuro


      XXVII Jornada de Iniciação Científica
      XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
Preparação das Transparências:

Regras básicas:
Tamanho de Letras (24 Negrito)
Deve ser legível do fundo da sala (24)
Use letras de tamanho 20, se for para
       sala pequena, mas

Para chamar a atenção use 28 ou maior

A utilização de editores de transparência é altamente recomendada, mas projetores multi-mídia,
              tipo data-show, provavelmente não estarão disponíveis durante a jornada. Procure
             informações com o coordenador do seu Centro ou da sessão (12)
As transparências devem ser preparadas em filmes especiais para este fim. (10)
Estas linhas finais são só para mostrar a dificuldade de leitura de letras tão pequenas!

Não use letras menores que 20!

          XXVII Jornada de Iniciação Científica
          XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
Uso de Cores:

Quando usar cores para ressaltar algum ponto,
não exagerar para não ressaltar tudo, confundindo
mais a platéia (e os avaliadores).

      Usar as diferentes cores de forma sensata*
                  é uma boa medida.


 * - Difícil é definir o que é sensato! Mostre para o seu
              orientador, discuta com colegas.



     XXVII Jornada de Iniciação Científica
     XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
Manuscrito (se for necessário):
       Usar letras de formas com 0,5 a 0,7 cm
        (Usar canetas específicas)
Figuras, Desenhos e Gráficos:

       Clareza sem excesso de detalhes inúteis
      (a falta de informação é ruim, também)
Área Útil da Transparência:
       Retângulo de (16 a 18 cm) por (22 a 24 cm)



   XXVII Jornada de Iniciação Científica
   XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
   Na apresentação oral

No início o Coordenador da Sessão apresenta o título do
trabalho e autores.

       Não se apavore (respire fundo)
       Comece sua apresentação pelo começo (óbvio)
       Leia:
         o título
         os nomes dos autores (Bolsas)
         o nome do orientador
         Laboratório ou grupo de pesquisa


       XXVII Jornada de Iniciação Científica
       XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
Texto:
 Prepare o texto da apresentação
        Evite frases:
              Truncadas
              Fora de ordem
              Excessivamente longas
 Procure o equilíbrio entre os tópicos
       Divida o tempo entre os tópicos
       Evite fazer leitura de textos (dá sono)
       Faça uma apresentação dinâmica




   XXVII Jornada de Iniciação Científica
   XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
Tempo de Apresentação:

   Na maioria dos casos: 15 minutos:
         10 minutos de apresentação
         5 de discussão
   Confirme o tempo de apresentação com o
  Coordenador de Sessão

 Importante: O coordenador de sessão pode ser cruel
    e cortar a apresentação no tempo estipulado.
           Não permita esta possibilidade!




     XXVII Jornada de Iniciação Científica
     XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
Ensaios:
   Faça ensaios da apresentação
    (na presença do orientador e colegas)

   Durante os ensaios: peça para marcar o
    tempo de apresentação de cada transparência


   Obs.: 2 ou 3 ensaios melhoram:

      A apresentação
      O entendimento do problema
      O sincronismo da fala com a transparência



      XXVII Jornada de Iniciação Científica
      XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
Locução:
   Fale claro
   Em voz alta e velocidade normal
   Seja dinâmico
   Use apontadores apropriados (o dedo e o pior deles)
   Evite gírias, “tá bom?”, “tá?”, “né?”, etc.
   Evite comentários posteriores do tipo:

 “Ele falou muito baixo e eu não entendi nada”, ou
          “Ele falou com um ovo na boca”.
  Mas, o pior mesmo é quando alguns dormem…



     XXVII Jornada de Iniciação Científica
     XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
          A SEGUIR TEMOS ALGUNS
       EXEMPLOS DE TRANSPARÊNCIAS




XXVII Jornada de Iniciação Científica
XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
                           PRIMEIRA TRANSPARÊNCIA
               EXEMPLOS DE TRANSPARÊNCIAS PARA A
                         JORNADA DE IC     Aí entra o título do
                                                                          trabalho

                   Hipotenusa da Silva (PIBIC/CNPq/UFRJ)
                          Cateto Pereira (FAPERJ)
                  Nota 1: A Minerva ao
                  lado é o símbolo da
                  UFRJ.




                                                Orientador:
Esta nota aí em cima é só para
                                              J. P. Quadrado
explicar quem é a Minerva.
Nunca use letrinhas miudinhas
                                    Laboratório de Triângulos Aplicados
assim nas transparências: ninguém
vai conseguir ler!
                                       Departamento dos Triângulos
                                          Escola dos Polígonos




               XXVII Jornada de Iniciação Científica
               XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
INTRODUÇÃO

   As jornadas de IC são avaliadas pelo CNPq
   Algumas apresentações passadas não foram
    suficientemente claras e objetivas

Conseqüências:

   Bons trabalhos não foram bem divulgados
   Alguns autores ficaram com a impressão de
    que apresentaram mal
   Recebemos críticas dos avaliadores




   XXVII Jornada de Iniciação Científica
   XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
OBJETIVOS

Este trabalho tem o objetivo de:

         Apresentar “dicas” básicas para auxiliar a
          preparação de transparências
         Permitir melhor divulgação dos resultados
          obtidos      Fundo transparente não fica mal e
                               gasta muito menos tinta!
Nota: A seguir são apresentados alguns exemplos de
transparências para a parte do conteúdo. Estão em inglês
porque foram aproveitadas de uma conferência real.




     XXVII Jornada de Iniciação Científica
     XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
IDEAL SHUNT COMPENSATOR


           I SM                                                 I MR
                     XL / 2        M          XL / 2


                              VM
                                            Ideal
             VS                             Shunt
                                                            V
                                                             R
                                            Compensator

            Source                     IM                 Load

  Fig. 1 - Ideal shunt compensator in a transmission line.
   VS and VR have the same magnitude



  XXVII Jornada de Iniciação Científica
  XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
                                PHASOR DIAGRAM

    Current IM and VM are in quadrature


    VS = Ve +j/2
                              j (XL/2) ISM   Fig. 2 - Phasor diagram
                ISM
                         VM

O                   IM
                IMR
VR = Ve -j/2                 j (XL/2) IMR



    The phase difference between VM and VS is /2



     XXVII Jornada de Iniciação Científica
     XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
                  Exemplo de Péssima Transparência
                  Muito dos aparelhos modernos utilizados em larga escala, como computadores, televisores e vários outros
equipamentos eletrônicos, representam cargas elétricas poluidoras do sistema elétrico, que geram correntes não senoidais. Parte
destas correntes pode poluir a rede elétrica, provocar interferências em outros equipamentos, aumentar de perdas, provocar erros de
medições, entre outros problemas.
                 O objetivo do presente trabalho foi o estudo da geração de harmônicos de vários tipos de cargas não lineares de
pequeno porte, buscando a análise do problema e formas de eliminar os componentes harmônicos de freqüência acima do componente
fundamental do sistema elétrico. Primeiramente, foram feitas medidas de corrente e tensão em algumas cargas como monitor de
vídeo, carga de uma lâmpada de emergência, lâmpadas incandescente e fluorescente, incluindo as fluorescentes compactas.
                 Foram calculadas as distorções harmônicas total (THD – total harmonic distortion) das correntes destas cargas
quando conectadas em estrela (Y) e triângulo (delta) e chegou-se a valores maiores que 200%, em alguns casos, quando existem
normas internacionais que limitam esta distorção em 5% a 12%. As correntes medidas foram analisadas usando-se também a série de
Fourier e mostrou-se que as correntes destas cargas não-lineares contêm harmônicos dominantes ímpares.
A forma de conexão em estrela ou triângulo mostrou ser fator altamente influente no conteúdo final de harmônicos na corrente de
linha. Quando as cargas são não-lineares, os componentes harmônicos de corrente múltiplos de três estão sempre em fase nas três
fases e, portanto, chegam ao neutro em fase e se somam. Ou seja, a conexão de cargas não-lineares em estrela, mesmo de forma
equilibrada entre a fase e o neutro de três diferentes fases do sistema trifásico, não garante corrente nula no neutro, como ocorre com
cargas lineares. Este fato, apesar de simples, vai contra as práticas convencionais de projeto de instalação elétrica predial ou
residencial, cujas normas foram elaboradas antes do aumento do uso de equipamentos eletrônicos.
A principal conclusão deste trabalho é que há uma necessidade urgente de se desenvolver novas práticas e normas para a instalação de
redes elétricas para alimentação de cargas eletrônicas, que hoje, em muitos casos, representa a maior parte das cargas elétricas.
Referências:
[1] H. Akagi, Y. Kanazawa and A. Nabae, "Instantaneous Reactive Power Compensator Comprising Switching Devices Without
Energy Storage Components," IEEE Transactions on Industrial Applications, vol. IA-20, no. 3, 1984, pág. 625-630.
•[2] R.B. Sollero et al., “Modelagem de Fornos a Arco para Estimativa de Flutuação de Tensão”, XV Seminário Nacional de Produção
e Transmissão de Energia Elétrica – SNPTEE, Grupo de Estudos de Sobretensões, Coordenação de Isolamento e Interferências, Foz
do Iguaçu, October, 1999, pág. 400-406.




         XXVII Jornada de Iniciação Científica
         XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
CONCLUSÕES
Os principais resultados deste trabalho foram:
    As regras para se preparar uma boa
     transparência são mais chatas do que deveriam
    Uma boa apresentação é fundamental para
      se “vender” uma boa idéia
TRABALHOS FUTUROS
    Por enquanto ainda não sei, mas até o dia da
     Jornada saberei.




    XXVII Jornada de Iniciação Científica
    XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
INSTRUÇÕES PARA PREPARAÇÃO DE PAINEL

1. Área Disponível: 1 m por 1 m
2. Identificação: o título, autores (bolsa) e
      orientador devem ser colocados na parte
      superior do painel.
3. Tamanho das letras:
      Título: deve ser legível a 5 metros
      Letras: tamanho 70 (1,5 cm de altura)
      Nomes dos autores e orientadores
      Letras: tamanho 50/40 (1 cm / 8 mm)
      Restante do painel: tamanho 32 (7 mm)



   XXVII Jornada de Iniciação Científica
   XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
Textos e ilustrações:
• Cuidado para ter um bom equilíbrio entre textos e
  ilustrações
• Área de ilustrações deve ser maior que a de textos
Apresentação:
• Autores devem estar próximos ao painel nos
  horários da apresentação
• Cada autor deve preparar uma mini apresentação
  do trabalho de até 2 minutos.




    XXVII Jornada de Iniciação Científica
    XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
                         Exemplo de painel

          TÍTULO: .......................................................................................

          Maria José da Silva (PIBIC, CNPq-Balcão, ou FAPERJ, ou…)
          João Pedro Pereira (PIBIC, CNPq-Balcão, ou FAPERJ, ou…)
                                      )1
          Pedro Paulo Quadrado (PIBIC)(1)
                             Orientador: Prof. Fulano de Tal / Dept. de ……..
                                                                         - (1)bolsista de 09/99 a 02/00



        INTRODUÇÃO                 RESULTADOS
                                                                                        FOTOS, GRÁFICOS OU
                                                                                        TABELAS


                                                                                        foto                figura
           texto                         texto

                                                                                      foto                  figura
                                                                                                                     1m
                                   DISCUSSÃO
        METODOLOGIA
                                          E                                                           Gráfico
                                   CONCLUSÕES



             texto                      texto




               APOIO FINANCEIRO AO PROJETO                :.............................................




                                                   1m

XXVII Jornada de Iniciação Científica
XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
                       No Painel:

Não usar a palavra “Título”
“Orientador” deve ser mantido
Colocar o tipo de bolsa (PIBIC, CNPq-Balcão, CAPES,
FAPERJ, etc)
Se bolsista PIBIC, indique o período exato da bolsa

Os alunos sem bolsa devem colocar: “Sem Bolsa”

Obs. : Existem impressoras para painel.

Veja exemplo de painel em outro arquivo.


  XXVII Jornada de Iniciação Científica
  XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
História Interessante 1

“Quando Aleijadinho via um bloco de pedra, via uma
bela estátua, para ele só faltava jogar fora as sobras
de pedra.”

Moral: não apresente um bloco de pedras, não dê
       uma “pedrada” na platéia, apresente uma
       bela estátua. Elimine as sobras.




    XXVII Jornada de Iniciação Científica
    XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
História Interessante 2

São Pedro e os 3 Pedreiros (os 3 empilhavam
pedras)

São Pedro: “O que estão fazendo?”

Pedreiro 1: “Estou empilhando pedras”.
Pedreiro 2: “Estou construindo uma parede”.
Pedreiro 3: “Estou construindo uma catedral”.
Moral: Mostre qual é a sua catedral.



XXVII Jornada de Iniciação Científica
XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural
                     Abertura da Jornada*
                              04/10/2005
                                9:00 h

     Auditório do Centro de Tecnologia - Bloco A

                          “SOB MEDIDA”

                 Direção: PATRICIA PEREIRA
                  Roteiro: LÍGIA TOURINHO


•- A participação é obrigatória para todos os bolsistas CNPq (PIBIC e Balcão)




     XXVII Jornada de Iniciação Científica
     XVII Jornada de Iniciação Artística e Cultural

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:3
posted:9/7/2012
language:Portuguese
pages:34