Associa o Portuguesa de História Económica e Social(1)

Document Sample
Associa  o Portuguesa de História Económica e Social(1) Powered By Docstoc
					                           A SSOCIAÇÃO P ORTUGUESA DE
                          H ISTÓRIA E CONÓMICA E S OCIAL


                    Boletim electrónico n º 16 / Dezembro de 2003
                                                 Editor: Jorge Fernandes Alves



Com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia             Direcção realizar um trabalho que esteja ao nível daquele com
                                                                  que a APHES tem vindo a habituar os seus associados!
Neste número:
                                                                                                                    Pedro Lains
    -    Saudação do Presidente da APHES
    -    O Encontro Anual da APHES em Coimbra
    -    Prémio APHES para a melhor tese de mestrado em 2002.
    -    Núcleo de Estudos de História Empresarial
    -    História da Energia
                                                                  XXIII Encontro da Associação
                                                                  Portuguesa e História Económica e Social
    -    e-Journal of Portuguese History
    -    Seminários, Congressos, Conferências                         Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra
    -    Novos endereços da APHES                                                 7 e 8 de Novembro de 2003

                                                                  Nos dias 7 e 8 de Novembro de 2003 teve lugar na Faculdade
                                                                  de Economia da Universidade de Coimbra o XXIII Encontro

 Saudação do Presidente da APHES                                  da Associação Portuguesa de História Económica e Social.
                                                                  No âmbito das comemorações dos trinta anos da Faculdade, a
                                                                  comissão organizadora contou com o apoio do Conselho
A Direcção eleita na passada Assembleia-geral, em Coimbra,
                                                                  Directivo da FEUC, do Banco de Portugal e da Direcção da
teve já uma primeira reunião na qual foi desde logo notada a
                                                                  APHES.
importante   herança   deixada    pela     anterior   Direcção,
                                                                  A propósito do tema «As relações económicas de Portugal no
particularmente no que diz respeito à excelente organização e
                                                                  processo de mundialização», foram apresentadas e debatidas
à confortável situação financeira da Associação. A presente
                                                                  quarenta comunicações. Cinco delas por historiadores de
situação permitirá iniciar desde já os trabalhos mais
                                                                  universidades espanholas cujos textos abriram caminho a
importantes da nossa actividade, nomeadamente, a preparação
                                                                  análises comparativas e ao aprofundamento das relações entre
do próximo Encontro, a preparação da atribuição do Prémio
                                                                  a comunidade de historiadores económicos de ambos os
APHES 2003, assim como a preparação de outras tarefas que
                                                                  países.
possam contribuir para uma ainda maior participação dos
                                                                  A conferência de abertura, no dia 7, foi proferida pelo
sócios e uma maior visibilidade da Associação. A Direcção
                                                                  Professor Alan Milward, da London Scholl of Economics:
gostaria ainda de agradecer os esforços de organização da
                                                                  «Regionalisation and globlalization? Smaller economies in
Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra que,
                                                                  institutionalized international trade organization». A abrir as
numa já antiga tradição, nos saudou mais uma vez com um
                                                                  sessões de trabalho do dia 8, estiveram presentes o Ministro
excelente encontro. Será seguramente difícil para a nova
                                                                  da Educação, Prof. Doutor David Justino, sócio da APHES, e
                                                                  o Professor Gabriel Tortella, da Universidad Alcalá de



                                                                                                                                    1
Henares, que fez uma reflexão sobre o tema do alargamento       Sequeira Dias (U Açores), Luís Miguel Duarte (FL/UP) e
da União Europeia.                                              Jorge Pedreira (FCSH/UNL).
As comunicações do Encontro foram apresentadas em duas                                                          Álvaro Garrido
sessões de trabalho paralelas, sendo de salientar o painel
destinado a assinalar o tricentenário do Tratado de Methuen,
celebrado entre Portugal e a Inglaterra a 27 de Dezembro de
1703.                                                           Prémio APHES para a melhor tese de Mestrado
O Encontro proporcionou um balanço crítico da historiografia
                                                                discutida em Portugal em 2002 nas áreas de
sobre o Tratado e seus efeitos; acerca dos problemas da
dependência, do atraso económico e das relações externas de
                                                                História Económica e Social
Portugal desde o começo de Setecentos.
                                                                Seis dissertações apresentaram a sua candidatura ao Prémio APHES
Para um pequeno país e uma pequena economia cuja abertura
                                                                para a melhor dissertação de Mestrado nas áreas de História
ao mundo foi das mais precoces entre as nações europeias, as
                                                                Económica e Social relativa ao ano de 2002. O júri, eleito na
relações económicas externas, no seu todo, e o comércio
                                                                Assembleia-geral de 2002, foi composto por José Luís Cardoso
externo, em particular, tiveram uma importância decisiva na
                                                                (Presidente), Margarida Neto, Maria de Fátima Brandão, Benedita
vida económica e social portuguesa. Em regra, os pequenos
                                                                Câmara e Álvaro Ferreira da Silva. O Prémio foi entregue a 7 de
países que abriram as suas economias aos fluxos de bens e
                                                                Novembro de 2003, na Faculdade de Economia da Universidade de
capitais externos tenderam a desenvolver-se mais e melhor do
                                                                Coimbra, por ocasião do Encontro Anual da APHES, a Nuno
que aqueles outros que persistiram fechados e dependentes
                                                                Miguel da Silva Campos, pela dissertação apresentada na
dos seus mercados domésticos. Ainda assim, os resultados
                                                                Universidade de Évora, com o título «Redes sociais: D. Pedro de
económicos dos períodos de maior abertura de Portugal ao
                                                                Meneses e a construção da Casa de Vila Real (1415-1437)». Esta
exterior persistem controversos. Entre outras questões,
                                                                tese suscitou a opinião do júri que a seguir se transcreve:
discutiu-se em que medida a intensificação das relações
económicas    externas    foi   um     factor   decisivo   no
                                                                        Relatório da atribuição do Prémio APHES 2002 a:
desenvolvimento económico português ou se, de contrário,
noutros períodos, a abertura da economia portuguesa resultou    Nuno Miguel Silva Campos, Redes sociais: D. Pedro de Meneses
em atraso ou acentuou o subdesenvolvimento. A questão das       e a construção da Casa de Vila Real (1415-1437)

relações económicas externas foi e será um dos problemas
                                                                Esta tese tem como objecto o estudo do percurso político e social
favoritos da historiografia económica portuguesa.
                                                                de D. Pedro de Meneses, fundador da Casa de Vila Real. Insere-se
No dia 7 realizou-se ainda a Assembleia-geral da APHES na
                                                                no campo da História Social do Poder e é construída com base na
qual foi eleita a nova direcção da Associação, composta pelos
                                                                metodologia de análise de redes sociais, segundo o modelo da
seguintes membros: Pedro Lains (ICS/UL, Presidente); Jorge
                                                                antropologia anglo-saxónica.
Fernandes    Alves   (FL/UP,    Vice-presidente);   Conceição
                                                                A linha estruturante do trabalho refere-se às estratégias de
Andrade Martins (ICS/UL, Tesoureira); Fernanda Olival (U
                                                                conquista e consolidação de poder político, riqueza e estatuto
Évora, Vogal); Álvaro Garrido (FE/UC, Vogal). Para
                                                                social utilizadas por D. Pedro de Meneses que o levaram de capitão
presidente da mesa da Assembleia-geral foi eleita a Prof.
                                                                e regedor de Ceuta a Conde de Vila Real.
Doutora Eugénia Mata (FE/UNL), anterior presidente da
                                                                Este percurso social insere-se no contexto de recomposição da
Direcção, cujo trabalho mereceu o elogio unânime dos
                                                                nobreza operado nos inícios da expansão portuguesa e da política
presentes. Fazem parte, também, da nova mesa da
                                                                régia direccionada para o Norte de África.
Assembleia-geral Benedita Câmara (U Madeira, Vice-
                                                                Relativamente à construção da tese é importante destacar os
presidente) e Paulo Jorge Fernandes (UAL, Vogal).
                                                                seguintes aspectos reveladores da qualidade global do trabalho e
Na mesma Assembleia foi também eleito o júri do Prémio
                                                                que constituem justificação do prémio atribuído:
APHES 2003, constituído por Joaquim Costa Leite (U Aveiro,
Presidente), Leonor Freire Costa (ISEG/UTL), Fátima




                                                                                                                                 2
-       A definição rigorosa de uma problemática e a estruturação do
        trabalho de acordo com um programa de investigação
        claramente definido.                                                 e-Journal of Portuguese History
-       A apresentação clara da metodologia e dos modelos teóricos
        utilizados.                                                          Em publicação conjunta da Universidade do Porto e da Brown

-       A elaboração de um ponto da situação relativo ao                     University, está já disponível o 1º número da revista electrónica E-

        conhecimento disponível sobre o objecto de estudo e a                Journal of Portuguese History, em http://www.brown.edu/e-jph/.

        integração de uma bibliografia crítica.
                                                                             São editores do e-Jounal: Luís Adão da Fonseca (UP), Onésimo T.
-       A inovação no tratamento de um tema tradicionalmente
                                                                             Almeida (BU), José Luís Cardoso (UTL), Mafalda Soares da
        confinado à História Política.
                                                                             Cunha (UE), António Costa Pinto (UL).
                                                     O Presidente do Júri




Núcleo de Estudos de História Empresarial

(UNL-ICS)                                                                    Seminários de História do ICS

A Faculdade de Economia (Universidade Nova de Lisboa) e o                    Prosseguem os já tradicionais seminários sobre História no
                                                                             Instituto de Ciências Sociais. Para mais informações, consultar
Instituto     de      Ciências   Sociais   (Universidade     de   Lisboa)
promoveram a criação do Núcleo de Estudos de História                        http://www.ics.ul.pt/agenda/seminarioshistoria/index.htm
Empresarial, com o objectivo de incentivar a investigação nesta
área.
Como primeiro iniciativa temos o prazer de informá-lo que se
encontra já à disposição de todos o Site do Núcleo (http://historia-
                                                                             Conferência anual da
empresarial.fe.unl.pt), com informação sobre iniciativas em
                                                                             Economic History Society (UK)
curso, recensões de livros, textos para discussão ou endereços de
                                                                             http://www.ehs.org.uk/society/annualconferences.asp
sites dedicados à história empresarial.
O Núcleo de Estudos e o respectivo site estão abertos à                      A esta conferência, que decorre de 2-4 Abril de 2004, podem ser
                                                                             propostas comunicações de doutorandos em história económica e
participação de todos. Notícias, textos para discussão ou recensões
                                                                             social. É uma conferência internacional, com trabalhos sobre um
são bem-vindos. Escreva-nos para:                                            grande leque de países. No Encontro de 2003, na Universidade de
                                                                             Durham, foram apresentadas duas comunicações sobre Portugal
             historia.empresa@fe.unl.pt
                                                                             (ver Programa na página da Associação
                                                               Jaime Reis    http://www.ehs.org.uk/sub_sub/durham2003.asp).
                                                  Álvaro Ferreira da Silva




                                                                             5º Congresso Mundial da Cliometrics Society
História da Energia
                                                                             Este congresso decorrerá de 8-11 de Julho de 2004, em Veneza.
Está disponível o web site relativo ao projecto sobre História da
                                                                             http://www.eh.net/Clio/WCC5/
Energia – Produção, distribuição e consumo em Portugal
(1890-1973), dirigido por Nuno Luís Madureira, com informações
sobre o projecto (artigos, documentos, publicações) e sobre
história da energa ( história , sons, imagens, etc.). Ver:


http:// www.historia-energia.com.




                                                                                                                                               3
Congresso quadrianual da Associação Espanhola                            Dpto. Historia e Institucións Económicas
de História Económica, Galiza, 2005                                      Fac. CC. Económicas e Empresariais
                                                                         Avda. Xoán XXIII s/n, 15704, Santiago
http://www.aehe.net/inicio/descargas/2003_congresogalicia.doc
                                                                         Teléfono: 981-563100 ext. 11564
                                                                         himceb@usc.es
Este congresso terá uma sessão sobre Portugal e Espanha, para a
qual se pede o envio de propostas de comunicações:

Sesión 5. “Relaciones económicas y perspectivas comparadas
en la historia económica de España y Portugal a lo largo de los
siglos XIX y XX ”                                                        APHES
Coordinadores: Carmen Espido Bello y Pedro Lains

                                                                         Pagamento de quotas
Objetivos:

Con el objetivo de promover la comparación de la historia
                                                                         Estão disponíveis as seguintes formas de pagamento de quotas da
económica de los dos países ibéricos y el estudio de la evolución
                                                                         APHES:
de sus relaciones económicas con el exterior, se propone la
realización de una sesión, bajo el tema indicado en el título, para el
próximo Congreso de la AHE, que se celebrará en Santiago de              a) Pagamento através de desconto automático. A respectiva
Compostela en el año 2005.                                               declaração pode ser obtida no site da Aphes. Depois de preenchida
                                                                         e assinada, deverá ser devolvida à tesoureira, Conceição Andrade
                                                                         Martins, andrademartins@ics.ul.pt por via postal (Instituto de
En lo que se refiere a las relaciones económicas internacionales,        Ciências Sociais, Edifício ISCTE, Ala Sul, Avenida das Forças
tendrán cabida tanto las comunicaciones que analicen las                 Armadas, 1600 LISBOA).
relaciones bilaterales (comercio, movimientos migratorios, flujos
de capital, ...) como aquellas en las que se estudien las relaciones
exteriores de cada uno de ellos, o de ambos conjuntamente, con           b) Pagamento por cheque, enviado também à tesoureira.
otras áreas o países.
                                                                         A página da APHES encontra-se em
Para la perspectiva comparada, se definen grandes áreas de
                                                                         www.terravista.pt/Ancora/2370/ e é acessível também através de
investigación, y se procurará que, para cada una de las áreas
                                                                         http://go.to/aphes.
temáticas, haya comunicaciones sobre España y sobre Portugal. En
este sentido, para la elección de las comunicaciones serán
determinantes la contribución de las mismas al esfuerzo de historia      NOVOS ENDEREÇOS
comparada que se pretende realizar, la calidad de los trabajos
presentados y la novedad de los mismos. Las áreas temáticas se           Em face da eleição da nova direcção, os contactos com a APHES
definen de forma amplia para que ello permita contemplar un vasto        passam a ser, provisoriamente, os seguintes:
grupo de iniciativas. Se proponen los siguientes temas de
comparación:                                                             Via CTT:
          1- La tierra y el desarrollo agrario.                          APHES
          2- Industrialización.                                          Instituto de Ciências Sociais
                                                                         Av. Aníbal Bettencourt, 9
          3- Regiones, mercados e integración económica.
                                                                         Lisboa 1600-189 Portugal
          4- Relaciones con el exterior y balanza de pagos.              Tel # 351 - 217 804 781 Fax # 351 - 217 940 274
          5- Finanzas públicas y banca.
          6- Estado y política económica y financiera.                   Via e-mail :
          7- Crecimiento económico y convergencia.                       Presidente: pedro.lains@ics.ul.pt
          El número de áreas indicadas y sus respectivos títulos         Tesoureira: conceição.martins@ics.ul.pt
podrán ser redefinidos posteriormente en función de los temas de         Boletim: jorge.f.alves@mail.telepac.pt
las propuestas de comunicaciones recibidas. En cualquier caso, los
organizadores de esta sesión consideran de especial interés el
debate y la discusión de las comunicaciones que se presenten; por
ello pretenden que el tiempo de discusión para cada comunicación
sea de alrededor de 20 minutos, lo que podría llevar a establecer un
número límite de comunicaciones.
Dirección de los coordinadores:
Pedro Lains
Instituto de Ciências Sociais, Universidade de Lisboa
Av. Aníbal Bettencourt, 9
Lisboa 1600-189 Portugal
Tel # 351 - 217 804 769 Fax # 351 - 217 940 274
Pedro.Lains@ics.ul.pt

María del Carmen Espido Bello



                                                                                                                                          4

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:2
posted:9/1/2012
language:Latin
pages:4
Lingjuan Ma Lingjuan Ma
About