T�tulo: PROJETO SA�DE VOCAL EC ONDI��ES DE TRABALHO DOS

Document Sample
T�tulo: PROJETO SA�DE VOCAL EC ONDI��ES DE TRABALHO DOS Powered By Docstoc
					Título: PROJETO SAÚDE VOCAL E CONDIÇÕES DE TRABALHO DOS
      PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL MENOR DA REDE
      ESTADUAL DE TERESINA-PI.
Autoras: Francisca Odete de Melo, Carlene Bitu
Instituição: Secretaria Estadual da Saúde/CEREST/Secretaria Estadual da
             Educação - SEDUC
Município: Teresina - PI
Período de Realização: outubro de 2006 a junho de 2007


Introdução

O cenário do mundo do trabalho nas sociedades hodiernas, com sua gama de
inovações tecnológicas e organizacionais, tem trazido mudanças que alteram
sobremaneira as relações entre os diferentes protagonistas envolvidos nos processos
de trabalho, não só aumentando, mas também fazendo eclodir outros e vários
agravos na saúde dos trabalhadores professores, dentre eles, as Disfonias Vocais.
Nessa perspectiva, a Saúde do Trabalhador, passa a ser vista a partir de sua relação
com o trabalho, isto é, das condições e ambientes do contexto organizacional que são
determinantes para se entender como se desenvolve o processo saúde-doença.
Sendo a voz não só um instrumento de trabalho, mas um importante elo entre
professor/aluno/família/comunidade, o professor acaba enfrentando problemas de
saúde em decorrência de suas funções de docência, expressada na voz ou fala.
Dessa forma, o ambiente escolar onde o exercício profissional se efetiva, poderá
provocar ou agravar uma alteração fonoaudiológica.
Objetivos
Contribuir para promoção da saúde vocal e prevenção dos agravos relacionados ao
uso da voz, dos professores do Ensino fundamental menor da rede estadual do
município de Teresina, através da proposição de intervenções que visem impactar a
realidade identificada.
Metodologia
O projeto foi desenvolvido em três fases. Na primeira apresentamos a proposta à
SEDUC, através de reuniões gerência e professores. A segunda fase foi o momento
do trabalho de campo. A terceira fase foi a tabulação dos dados e a elaboração do
Relatório Final, do Protocolo de Recomendações e da Devolutiva para os professores
das cinco escolas que compuseram a amostra.
Resultados
Observou-se que, 38,64% dos professores apresentam acima de 21 anos de
magistério e a maioria relata nunca ter sido orientado sobre saúde vocal. 61,36% dos
professores referem que a sala de aula é fresca e ventilada, entrando em contradição
ao nosso clima que é quente e seco, Porém, 34,09% dos professores consideram
suas salas moderadamente barulhenta e 47,73% muito barulhenta, levando a
acreditarmos que as janelas mantidas abertas nas salas além de proporcionar
condições climáticas melhores, também proporciona maior interferência do ruído
advindo das fontes externas e da escola. 36,36% dos professores pesquisados
consideram o seu ambiente de sala de aula pouco tenso e estressante, 29,55%
moderadamente tenso e estressante e 18,18% muito tenso e estressante o que gera
uma preocupação maior em relação ao ambiente de trabalho do professor podendo
dessa forma trazer conseqüências negativas para o processo vocal. Os professores
se sentem desprotegidos quanto à questão do stress e tensão no ambiente da sala
de aula, apresentando em algumas ocasiões necessidade de acompanhamento mais
específico com profissional especializado.
Aprendizado com a Vivência
As propostas de escolas saudáveis são exemplos de esforços canalizados para a
transformação da escola em um ambiente favorável à saúde da comunidade que a
constitui.

Considerações Finais

A saúde vocal dos professores está condicionada a uma série de fatores que
envolvem desde o ambiente e as condições em que suas atividades são
desenvolvidas, às questões da organização dos processos de trabalho, as relações
interpessoais estabelecidas, a presença de uma higiene vocal, hábitos e estilos de
vida, enfim, é uma questão transversal, que requer uma leitura transversal e uma
intervenção interdisciplinar que extrapole as abordagens focais e pontuais.

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:8
posted:6/14/2012
language:
pages:2