Rochas sedimentares

Document Sample
Rochas sedimentares Powered By Docstoc
					Rochas sedimentares
  GM 861 – Mineralogia
      As rochas sedimentares ocupam
    aproximadamente 5% do volume da
                  crosta.
   Têm importância econômica pois é nelas
    que se encontram recursos minerais como
    carvão, petróleo e gás natural, bauxita (Al),
    minérios de manganês; além de serem, elas
    próprias, matérias-primas essenciais à
    indústria da construção civil (areia,
    cascalho, calcário, p. ex.)

11/06/2012         Silvia F. de M. Figueirôa    2
                 O que são sedimentos?
   São materiais resultantes da desagregação,
  decomposição e retrabalhamento de rochas
  preexistentes, de qualquer tipo. Ou seja, são os
  produtos dos processos de INTEMPERISMO e
  EROSÃO. Eventualmente, podem ser restos de
  organismos. Muitas vezes, contêm fósseis.
 Podem ser de 2 tipos:
       Clásticos = resultam da deposição mecânica
       (bio)químicos = resultam da precipitação de soluções

    11/06/2012          Silvia F. de M. Figueirôa      3
  Materiais clásticos e orgânicos




11/06/2012   Silvia F. de M. Figueirôa   4
   Classificação dos sedimentos por
               tamanho
Tamanho (mm)    Classificação    Subdivisões


   256 – 2       Cascalho       Matacão; bloco/
                                 calhau; seixo;
                                    grânulo
  2 – 0,062        Areia         Muito grossa;
                                grossa; média;
                                fina; muito fina
0,062 – 0,004       Silte       Grosso; médio;
                                fino; muito fino

   < 0,004         Argila

                                                   5
Esquema genérico de formação
  de uma rocha sedimentar

   Intemperismo da rocha geradora  eventual
   transporte do material (em suspensão ou
   solução; meio subaéreo ou sub-aquoso) 
   deposição em ambiente de menor energia 
   litificação (= diagênese; transformação em
   rocha)

11/06/2012       Silvia F. de M. Figueirôa   6
         O transporte do material
   O material pode ser transportado:
      Movimento de massa (escorregamento, creep)
      Gelo (till = tillitos, diamictitos, areias e cascalhos)

      Chuva (depósitos de enxurrada)

      Vento (areias, dunas, poeira (loess))

      Rios
                Suspensão ou arrasto
                Solução (íons, complexos iônicos ou colóides)

11/06/2012                    Silvia F. de M. Figueirôa          7
      A deposição dos sedimentos
O modo de deposição é
extremamente importante
nas características da
rocha sedimentar que irá
resultar, indicando
claramente o ambiente
(continental ou marinho)
em que o material se
formou (p.ex., marcas de
ondas)
11/06/2012          Silvia F. de M. Figueirôa   8
              Deposição rápida

   Pouca estratificação/
    laminação; pobre
    separação por tamanho
    dos grãos (seleção
    granulométrica – lei de
    Stokes)


11/06/2012             Silvia F. de M. Figueirôa   9
               Deposição lenta

   Boa estratificação /
    laminação; boa
    seleção granulométrica
    (estratificação
    gradacional)



11/06/2012            Silvia F. de M. Figueirôa   10
  Tipo de transporte & ambiente
           de deposição
Lagos            Argilas; restos de organismos

Gelo             Till (tillitos); areias e cascalhos
                 flúvio-glaciais
Vento            Dunas de areia; poeira (loess)

Chuva            Depósitos de enxurrada

Rios             Depósitos fluviais, deltas e
                 estuários
Mar              Praias e ambientes marinhos
                 rasos; ambientes marinhos
                 profundos (vasas)
      A litificação dos sedimentos

   Envolve diversos processos:
        Compactação (< porosidade; deformação;
         entrelaçamento)
        Cimentação (precipitados químicos, como
         CaCO3 e SiO2, unem as partículas, podendo
         gerar minerais novos)


11/06/2012             Silvia F. de M. Figueirôa     12
Composição química média de algumas rochas
              sedimentares
Óxido       Arenitos    Folhelhos    Calcários
 SiO2        78,42        58,46        5,20
 TiO2         0,25         0,66        0,06
 Al2O3        4,78        15,51        0,81
Fe2O3         1,07         4,05        0,54
 FeO          0,30         2,47        -----
 MgO          1,16         2,46        7,89
 CaO          5,51         3,14        42,59
 Na2O         0,45         1,31        0,05
 K2 O         1,31         3,27        0,33
 H2O          1,63         5,04        0,77
 P2O5         0,08         0,17        0,04
 CO2          5,04         2,65        41,56

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:225
posted:6/11/2012
language:Portuguese
pages:13