Marechal Casimiro Montenegro � Hist�rico/Cronol�gico by nskW5k

VIEWS: 7 PAGES: 5

									     MARECHAL-do-AR CASIMIRO MONTENEGRO FILHO


                  HISTÓRICO CRONOLÓGICO


1904 - Nascimento, 29 de outubro de 1904, Ceará, Fortaleza,
       Filho de Casimiro Ribeiro Brazil Montenegro (ex-prefeito
       de Fortaleza) e Dona Maria Emília Brazil Montenegro.


1923 - Ingresso na Escola Militar.


1927 - Brevetou-se na 1a Turma de Aviação do Exército.


1928 - Declarado “Aspirante a Oficial Aviador”.

     - Formou-se na 1a Turma da Escola de Aviação Militar.


1930 - Formou-se Tenente.

     - Participou ativamente da Revolução como Tenente.


1931 - Nomeado Comandante do Núcleo do 2o Regimento de
       Aviação, hoje 4o Comando Aéreo Regional, em São Paulo.
       (até 1936).

     - Criação, juntamente com o Ten. Eduardo Gomes, do
       Correio Aéreo Militar (CAM), atualmente Correio Aéreo
       Nacional (CAN).

     - Vôo Inaugural do Correio Aéreo Militar - CAM, em 12 de
       junho, entre o Rio de Janeiro e São Paulo, em companhia
       do Ten. Nelson Freire Lavenere-Wanderley, no avião
       CURTISS FLEDGLING.


1932 – Preso em São Paulo, por ironia, em uma prisão situada
       na Liberdade, e transferido depois para outra de nome
       Paraíso.
1938 - Matricula-se no Curso de Engenharia Aeronáutica, na
       antiga Escola Técnica do Exército (atual IME).


1941 - Graduação em Engenharia Aeronáutica pela Escola
       Técnica do Exército.

      - Visita ao Centro de Desenvolvimento Tecnológico da
        USAF – WRIGHT FIELD, onde se motivou e teve a idéia
        de criar o CTA.

      - Visita ao Massachussetts Institute of Technology – MIT,
        tendo seu primeiro contato com o Prof. RICHARD
        HARBERT SMITH, Chefe do Departamento de
        Aeronáutica do MIT.

      - Transferido para o Ministério da Aeronáutica onde ocu-
        pa cargos de Diretor Geral do Material, e no, Serviços
        Técnicos de Aeronáutica.


1942 - Assume a Direção da Subdiretoria de Técnica Aeronáuti-
       ca, em 03 de dezembro.


1944 - Elaboração do Ante-Projeto de Regulamentação da Direto-
       ria do Material.

     - Escolhido para representar o Ministério da Aeronáutica
       nos trabalhos apresentados pelo Governo Brasileiro na
       Conferência Técnico-Econômica Interamericana em
       Washington.


1945 - Assume a Presidência da Comissão de Readaptação dos
       Incapazes das Forças Armadas.

     - Expõe ao Prof. Smith, no Brasil, seus planos de fazer um
       Centro Técnico em São José dos Campos.

     - Concluía, sobre uma carta AEROFOTOGAMÉTRICA es-
       tendida no chão e mal segura do vento, por pedras, com
       um grupo de Oficiais do Estado-Maior da Aeronáutica, no
       rústico campo de pouso do Aeroclube de São José dos
       Campos, sua exposição de como ali seria construído o
       CTA.


1946 - Setembro, reconhecimento e louvor pelo Brig. Ivan
      Carpenter. “Oficial de elite, inteligência lúcida, iniciativa
      franca e grande capacidade de trabalho, tem prestado à
      Subdiretoria de Técnica Aeronáutica.... Tem orientado
      sabiamente as atividades militares da S.D.T.A. e
      impulsionado a formação de técnicos com a criação de
      escolas especializadas superiores”.

     - 29 de janeiro, nomeada a Comissão de Organização do
       Centro Técnico de Aeronáutica (COCTA) por intermédio
       da Portaria No 36 do Ministério da Aeronáutica, tendo
       como Diretor, o Cel.-Av. (Eng) Casimiro Montenegro
       Filho.

      - Convidou o mais promissor Arquiteto da época, Oscar
        Niemayer, para fazer o Projeto Urbanístico e Arquiteto-
        nico do CTA.


1947 - Deixa a Direção da Subdiretoria de Técnica Aeronáutica.


1951 - Assume, por decreto ministerial, as funções de Diretor
      Geral do Material da Aeronáutica.


1952 - Designado para estudar um Plano de Re-equipamento e
       Desenvolvimento da Infra-estrutura da Aeronáutica.

     - Enviado à Holanda para coletar e analisar informes a
       respeito da proposta da fábrica Fokker para construção
       de aviões no Brasil.


1954 - Em 25 de fevereiro, casou-se com Dona Maria Antonieta
       Montenegro, teve 5 (cinco) filhos.

     - Assume a Direção do Centro Técnico de Aeronáutica –
       CTA, de 10.11.54 a 27.11.61.
     - Forma a 1a Turma de Engenharia do ITA


1955 - Augusto Frederico Schmidt publica, no Correio da Manhã
       de 26 de junho, matéria sobre o Brigadeiro intitulada
       “Conspiração em São José dos Campos.”


1959 - Em março, demonstração especial do helicóptero BEIJA-
       FLOR 1, sob a supervisão do Brig. Casimiro Montenegro
       Filho, como Diretor do Centro Técnico de Aeronáutica.


1964 – 14 de fevereiro, assume mais uma vez a Direção do CTA,
       até 03 de fevereiro de 1965.


1965 – Reformado na Aeronáutica no posto de Marechal do Ar.


1974 – T.Cel. Av. Dr. José Alberto Albano do Amarante – Con-
      sultor Científico do Instituto de Atividades Espaciais do
      CTA, elabora a publicação “DADOS BIOGRÁFICOS do
      MARECHAL do AR CASIMIRO MONTENEGRO FILHO”, a
      pedido do Diretor do Instituto de Física GLEB
      WATAGHIN.

     - Março, recebimento da “MEDALHA da ABOLIÇÃO” pelo
       Governo do Ceará, pelos relevantes serviços prestados ao
       Estado, a sua sempre querida terra Natal.


1975 - Em 02 de dezembro, recebe na UNICAMP, das mãos do
       Prof. Rogério C. Cerqueira Leite, Coordenador Geral das
       Faculdades da UNICAMP e ex-aluno do ITA da T. 58, o
       Título de Doutor Honoris Causa – UNICAMP.


1980 - Indicado, com mais cinco nomes, da mais alta expressão
       no meio educacional e científico do país, ao Prêmio Anísio
       Teixeira, instituído pela CAPES.
1982 - Participação da posse do Reitor Tércio Pacitti, no ITA,
       onde é homenageado por professores e alunos.


1986 - Em 17 de setembro, através do OFÍCIO No 838/DIRENG, o
       Diretor de Engenharia da Aeronáutica, documentou a
       vida no Marechal Montenegro, a fim de dar início ao
       processo de formalização de nosso PATRONO.

     - Em 17 de outubro, ocorre o lançamento do nome do
       Marechal Montenegro para Patrono da Engenharia
       Aeronáutica, pelo Ministro da Aeronáutica, Ten. Brig. do
       Ar Octávio Júlio Moreira Lima.


1992 – Em 22 de outubro, aos 90 anos, visita a EMBRAER,
       prestigiando o Evento do 24o Aniversário do 1o protótipo
       do Bandeirante.


2000 – 26 Fevereiro, faleceu em Petrópolis, RJ, aos 95 anos, e foi
       sepultado no Cemitério São João Batista, no Rio de
       Janeiro, com HONRAS de Ministro de Estado.

     - Outubro, pintado por Adriana Coppio, um retrato do
       Marechal Montenegro “Acrílico Sobre Tela”.

      - Novembro, Inauguração do “Centro de Convenções –
        Brigadeiro Marechal do Ar Casimiro Montenegro Filho”,
        no ENTERPRISE-SUITE HOTEL, São José dos Campos.

								
To top