Sistema Neuro-hormonal by rZ8E5J

VIEWS: 51 PAGES: 28

									Sistema Neuro-hormonal
                 Sistema Nervoso
   Constituição do Sistema Nervoso
      Sistema Nervoso Central
      Sistema Nervoso Periférico


Sistema Nervoso Central       Sistema Nervoso Periférico
   Encéfalo                        Sistema Nervoso Somático

   Espinal Medula                  Sistema Nervoso Autónomo
                                         Simpático

                                         Parassimpático
Constituição do Sistema Nervoso
Sistema Nervoso Central   Sistema Nervoso Periférico

  Encéfalo (protegida      Sistema Nervoso Somático
  pelas meninges e             Receptores Sensoriais
  pelo crânio)                 Gânglios
                               Nervos
     Cérebro                      Raquidianos -
     Cerebelo                     partem da espinal
                                  medula e
     Bolbo                        ramificam-se por
     Raquidiano                   todo o organismo.
                                  Cranianos - Partem
  Espinal Medula                  do encéfalo e
                                  dirigem-se para as
  (protegida pela                 diferentes partes da
  coluna vertebral)               cabeça (órgãos dos
                                  sentidos)
Sistema Nervoso Central
 Encéfalo      Espinal Medula
Encéfalo
           Encéfalo
               Encéfalo
    Cerebelo         Bolbo Raquidiano

                     Controla a
Controla a           digestão, o
coordenação dos      ritmo cardíaco,
movimentos e o       respiratório e a
equilíbrio do        pressão
corpo.               sanguínea.
                         Encéfalo
Cérebro:
   2 Hemisférios: esquerdo e direito
   Corpo caloso
   Córtex Cerebral (circunvoluções)
     25% de áreas primárias (motoras e sensitivas)
     75% de áreas de associação (raciocínio e imaginação)
Áreas Primárias
 Sistema Nervoso Periférico

  Sistema Nervoso Somático     Sistema Nervoso Autónomo




Coordena as funções          Coordena as funções
que nos relacionam           de vida autónoma
com o meio externo           (digestão e respiração,
(movimentos                  por exemplo).
voluntários, por
exemplo)
Sistema Nervoso Somático
Gânglios – São aglomerações de corpos
celulares de células nervosas.
Nervos – São conjuntos de fibras
nervosas -axónios e bainhas de mielina
Receptores Sensoriais – são terminações
de células nervosas ou células isoladas
que detectam estímulos.
  Funcionamento do Sistema
          Nervoso
Neurónios – São as células que constituem o
sistema nervoso



Função do Neurónio: receber, transmitir e
responder às mensagens que lhe chega.



Mensagens = Impulsos Nervosos = Mensagens
Electroquímicas
Constituição de um Neurónio
    Tipos de Neurónios
Sensitivos – conduzem os impulsos
para o sistema nervoso central
Associação – estabelecem a ligação
entre os neurónios sensitivos e os
motores
Motores – conduzem os impulsos do
sistema nervoso central para os órgãos
efectores (músculos ou glândulas).
Trajecto do Impulso
      Nervoso
        Impulso Nervoso
Sinapse – Espaço existente entre a arborização
terminal de um neurónio e as dendrites de outro.



Ocorre a mensagem química, em que substâncias
químicas (neurotransmissores) que existem na
terminação do neurónio são libertadas para as
dendrites do outro neurónio de forma a passar a
mensagem.
        Receptores Sensoriais
   Estímulos – são factores que obrigam o nosso
   organismo a reagir.
Exemplos: o medo, o som, a luz, o calor e a sede


   Receptores de estímulos externos = encontram-se
   nos Órgãos dos Sentidos.


   Receptores de estímulos internos = informam-nos
   se temos fome ou sede, ou seja o estado do nosso
   organismo.
Estímulos
  Estruturas que participam na
    resposta a um estímulo:

Receptores sensoriais –
neurónios sensitivos – centros
nervosos – neurónios motores –
órgãos efectores
Actividade do Sistema Nervoso
Actos Involuntários determinados
pela Espinal medula = Arco Reflexo
Classificação dos Actos Reflexos
 quanto ao modo como surge
 Inatos – são os que nascem connosco
 e são comuns a todas as pessoas. Ex: a
 sucção e a secreção de saliva pelo
 contacto de alimentos com a língua.
 Condicionados ou Adquiridos –
 adquirem-se pela aprendizagem e
 variam de pessoa para pessoa. Ex:
 travar o carro numa emergência
Sistema Nervoso Autónomo ou
   Vegetativo ou Involuntário
Sistema que            Sistema Simpático – a
                       sua actividade está mais
responde aos           relacionada com situações
estímulos internos e   de emergência. Ex:
portanto regula as     responde ao medo e à
condições internas     irritação
do nosso organismo     Sistema Parassimpático
e é controlado pelo    – a sua actividade está
hipotálamo.            mais relacionada com
                       situações de recuperação
                       de forças e com o repouso.
Sistema Nervoso Autónomo
      Sistema Endócrino
Constituição: formado pelo conjunto das
glândulas endócrinas.
Função: regula o metabolismo, o crescimento, a
reprodução entre outros.
Glândula Endócrina: é um órgão que segrega
hormonas e liberta-as para a corrente sanguínea.
Hormonas: são substâncias químicas produzidas
por glândulas libertadas para o sangue e que
actuam em células-alvo .
Acção das Hormonas
Sistema Endócrino
        SISTEMA ENDÓCRINO
GLÂNDULAS        HORMONAS                      FUNÇÃO

HIPOTÁLAMO      Neuro-hormonas      Regula a actividade da hipófise

                Várias hormonas        Regula muitas funções do
  HIPÓFISE                          organismo e de outras glândulas
                                              endócrinas
  TIRÓIDE      Hormonas tiróideas    Regulam o funcionamento de
                                            vários orgãos
                  Corticóides       Regulam a quantidade de açúcar
SUPRA-RENAIS      Adrenalina             e minerais no sangue
                    Insulina         •Controla o nível de glicose no
                                                 sangue
 PÂNCREAS          Glucagina            •Controla a formação de
                                    glicogénio, proteínas e gorduras
                                        Estimula a formação de
                                    espermatozóides e desenvolve e
TESTÍCULOS        Testosterona      mantém os caracteres sexuais e
                                             secundários
                   Estrogénios       Estimulam o crescimento do
  OVÁRIOS         Progesterona      endométrio e desenvolvem os
                                    caracteres sexuais secundários
        Sistema Nervoso versus Sistema
                 Hormonal
       Sistema Nervoso                      Sistema Endócrino
Mensagem de natureza                   Mensagem de natureza Química
Electroquímica
Liberta os neurotransmissores nas      Liberta hormonas na corrente
sinapses de células-alvo específicas   sanguínea para todo o corpo
Tem efeitos relativamente locais e     Tem efeitos, por vezes, gerais e em
específicos em orgãos-alvo             vários órgãos
Reage rapidamente, demorando 1 a 10    Reage mais lentamente, podendo
microssegundos                         demorar segundos a dias
Termina rapidamente quando o           Pode continuar a responder após o
estímulo termina                       estímulo ter terminado

Adaptação rápida à estimulação         Adaptação lenta: pode continuar a
contínua                               responder durante dias ou semanas

								
To top