Ficha de trabalho n� 6 by R8RVowI9

VIEWS: 67 PAGES: 2

									Ficha de trabalho nº 6

1.1.a).
1.2. b).
2.1.1. Princípio da Identidade Paleontológica.
2.1.2. Estratos com o mesmo conteúdo fossilífero terão a mesma idade.
2.1.3. A2eB2;A4eB4.
2.2.1. Da base para o topo teremos: C4 - C3 -C2-C6-C5-C1.
2.2.2. A4 - B4 - C2 e A2 - B2 - C4. 2.2.3.0 local A, porque tem o mesmo
número de camadas representado com uma espessura mais ou menos semelhante.
2.3.1. Era Paleozóica.
2.3.2. A presença de fósseis de trilobites -fósseis que apenas viveram durante o Paleozóico.
3.1. Deposição das camadas C, D e E; Deformação daquelas camadas; Erosão; Deposição
das camada A e B.
3.2.1. Deformação e erosão.
3.2.2. Depois da deposição da camada E e antes da deposição da camada B.
3.3. Princípio da Deposição dos Estratos.
4. a) Princípio da Sobreposição.
b) Princípio da Sobreposição.
c) Princípio da Identidade Paleontológica.
5. a) fósseis de fácies.
b) Fósseis de fácies.
c) Fósseis de idade.
d) Fósseis de idade.
6.1A Jurássico / Cretácico.
6.3A-C-B-E-D.

Ficha de trabalho nº 7

1. Há uma coincidência quase perfeita entre os limites das placas e a localização de sismos
e vulcões.
2. Os Açores estão localizados numa zona onde ocorre vulcanismo.
3. Sim. A sua localização é numa zona de fronteira de placas tectónicas.
4. Será de esperar maior actividade sísmica na costa sul, uma vez que a fronteira de placas,
entre a placa europeia e a placa africana, lhe está muito próxima.
5.1. Energia geotérmica.
5.2. Aparentemente renovável. Embora se explore um recurso que provêm do interior da Terra,
as suas potencialidades e quantidades levam-nos a admitir tratar-se de um recurso renovável,
por enquanto.
5.3. Energia não poluente. Uma vez que não gera resíduos. Contudo, a libertação de gases
para atmosfera poderá criar alguns desequilíbrios a nível local.



Ficha de trabalho nº 8
1.1.
       1-Plutão; 2- Urano; 3 -Saturno; 4-Júpiter; 5 - Marte; 6 - Asteróides;
       7 - Vénus; 8 - Terra; 9 - Cometa; 10 - Sol.

1.2. A-7;B-5;C-6;D-4;E-1;F-2;G-2.
2.1. Asteróides.
2.2. Os asteróides poderão ser o resultado de matéria rochosa de um protoplaneta, situado
entre as órbitas de Marte e de Júpiter, que não evolui para um planeta.
3.1. Os meteoritos são fragmentos de corpos celestes que colidem com a superfície de um
planeta.




                                                                                               1
3.2. A - 2: porque estes meteoritos são formados essencialmente por uma liga metálica de ferro
e níquel. B - 3: porque estes meteoritos possuem uma elevada quantidade de minerais
silicatados e uma reduzida percentagem de liga ferro-níquel.
3.3.1. 0 meteorito 2.
3.3.2. Este tipo de meteorito e o núcleo da Terra possuem uma constituição semelhante,
isto é, ambos são constituídos por uma liga de ferro e níquel.
 3.4. Durante a parte final do Mesozóico, há cerca de 66 milhões de anos. O impacto de um
meteorito contra a Terra parece ser a causa mais apontada para a extinção dos dinossáurios.




Ficha de trabalho nº 9

1. Esta investigação pode ser mais um contributo para a descoberta de vida no planeta Marte.
2.1. Uma temperatura amena, uma força de gravidade adequada e a existência de uma
atmosfera propícia.
3. Estes impactos podem ter alterado substancialmente as condições atmosféricas e, em
particular, as condições climáticas do planeta. Provavelmente, as altas temperaturas que se
fizeram sentir na altura contribuíram para a evaporação da água na superfície do planeta.
4.1. Sugestão: existem alguns satélites naturais dos planetas gigantes que possuem água no
estado líquido.




                                                                                               2

								
To top