1 CD ROM

Document Sample
1 CD ROM Powered By Docstoc
					                                     REFERÊNCIAS


Segundo a ABNT (6023, 2002) Referência - conjunto padronizado de elementos descritivos,
retirados de um documento, que permite sua identificação individual no todo ou em parte,
impressos ou registrados em diversos tipos de suporte.

A referência pode aparecer:
- no rodapé;
- fim do texto ou capítulo;
- em lista de referências;
- tecendo resumos, resenhas e recensões;

As referências possuem elementos essenciais que são Autor (es). Título. Edição. Local:
Editora, data de publicação. Quando necessário acrescentam-se os elementos
complementares: org. tradutor, n.º de paginas, série, ISBN, etc.

As referências devem ser apresentadas de formas seqüenciadas e padronizadas.

Os elementos essenciais são encontrados na folha de rosto, no próprio capítulo ou artigo.

As referências são alinhadas somente à margem esquerda do texto e de forma a se
identificar individualmente cada documento, em espaços simples e separados entre si por
espaços duplos. O título deve ser destacado (negrito, itálico ou grifo), ser uniforme em todas
as referências de um mesmo documento.


Formas de entradas nas referências segundo ABNT 6023.

Autor Pessoal.

Em geral, a entrada é pelo último sobrenome, em maiúscula, seguido do(s)
prenome(s) e outros sobrenomes.

Um autor.

Exemplo:

CORREIA, Antonio Nival. Organização, sistemas e métodos. São Paulo: LCTE, Editora,
2005.

Dois e três autores. A entrada é pelo sobrenome dos autores, separados por ponto
e vírgula.

Exemplo:

ELLIOTT, Bruce; MESTER, Joachin. Treinamento no esporte: aplicando ciência no esporte.
São Paulo: Editora Phorte, 2000.

DIONISIO, Ângela Paiva; MACHADO, Anna Rachel; BEZERRA, Maria Auxiliadora (org.).
Gêneros textuais & ensino. 5 ed. Rio de Janeiro: Lucerna, 2007.
Mais de três autores. Indica-se o primeiro autor, seguido da expressão et al.

Exemplo:

KERR, Clark et al. Industrialismo e sociedade industrial. Rio de Janeiro: Fundo de
Cultura, 1963.

Responsabilidade pelo conjunto de obras em coletânea. A indicação deve ser feita
pelo nome do responsável, seguida da abreviação no singular do tipo de participação.
(Organizador, tradutor, compilador,etc).

Exemplo:

ONOFRE, Eduardo Gomes; SOUZA, Maria Lindaci Gomes de. (Org.) Tecendo os fios da
inclusão: caminhos do saber e do saber fazer. João Pessoa: Ed. Universitária da UFPB,
2008.

Entidade. (Órgãos governamentais, empresas, associações, congressos, etc.). A entrada é
pelo próprio nome.

Exemplo:

CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA,                DOCUMENTAÇÃO       E    CIÊNCIA   DA
INFORMAÇÃO, 23, 2009, Bonito-MS.

Pseudônimo. A entrada nas referências deve ser a usada e adotada pelo autor.

Exemplo:

DINIZ, Julio. As pupilas do senhor reitor. 15 ed. São Paulo: Ática. (Série Bom livro).

Autoria desconhecida. Neste caso a entrada é feita pelo título.

Exemplo:

RELATÓRIO ANUAL. João Pessoa: Unipê, 2008.


Modelos de Referências: Monografia (no todo)

Livro.

Exemplo:

SOBRENOME, Prenome. Título. Edição. Local: Editora, data.
 Exemplo:

VALENTIM, Marta Lígia Pomim. O Custo da informação tecnológica. São Paulo: Ed. Polis,
1997.
KUNHLTHAU, Carol. Como usar a biblioteca na escola: um programa de atividades para o
ensino fundamental. Tradução e Adaptação Bernadete Santos Campelo et. al.. Belo
Horizonte: Autêntica, 2002. (Coleção Formação Humana na Escola).

Publicações Periódicas ( no todo)

TÍTULO DA PUBLICAÇÃO. Local: Editor, data de início e enceramento da publicação (se
houver). Quando necessário acrescentam-se elementos complementares p/ melhor
identificar as referências. N.º de volume, periodicidade, ISSN,etc.

Exemplo:

REVISTA DO UNIPÊ. João Pessoa: Ed. Unipê, 1997-. Quadrimestral. ISSN 1414-3194.

Entrevista

NOME DO ENTREVISTADO. Título. Local: data. Nota da Entrevista.
Exemplo:

ARAÚJO, Leonardo Nascimento de. Bolas murchas em questão. São Paulo: 2009. Veja, São
Paulo, v. 42, n. 26, p. 19-23, jul. 2009. Entrevista concedida a Calleo Coura.


Dissertação e Tese


SOBRENOME, Prenome. Título. Local: Instituição, ano. N.º de pág. ou vol. Indicação de
dissertação ou tese, nome do curso ou programa da faculdade e universidade, local e ano da
defesa.
Exemplo:

MONACI, Eliana Marta. A Vivência de felicidade e/ou bem-estar de professores no
ambiente universitário. São Paulo: 1995.163f. Tese (Doutorado em Psicologia) – Instituto
de Psicologia da Universidade de São Paulo, USP, 1995.

Eventos (congressos, encontros, seminários...)

NOME DO EVENTO, ( n.º se houver), ano, local(cidade) de realização.Título( anais, atas...)
local (publicação): Editora, data.
Exemplo:

CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO, 23, 2009, Bonito-MS.

Evento em meio eletrônico

As referências obedecem aos padrões para eventos como um todo. Em seguida acrescentam-
se as informações referentes à descrição física do meio eletrônico (Disquetes, CD-ROM, On-
line). Quando se referir a obra consultada on-line, é essencial o endereço eletrônico entre os
sinais < >.
Exemplo:

SOUZA, Flávio. Internet nas escolas ainda faz a diferença. Disponível em:
<http://www.comunicacao.pro.br/setepontos/2/aprender.htm>. Acesso em:10 jul.2009.

JORNADA NORTE/NORDESTE DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAÇÃO E CIÊNCIA DA
INFORMAÇÃO, 5, 2007, Recife. Anais... Recife: APBPE, 2007. 1 CD-ROM.
Dicionário e Enciclopédia

SOBRENOME, Prenome. Título: (subtítulo) se houver. Edição (se houver). Local: Editora,
data. N.º de páginas ou volume (opcional).
Exemplo:

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Miniaurélio século XXI escolar: o minidicionário
da língua portuguesa. 4.ed. Coord. Margarida dos Anjos. Rio de Janeiro: Nova Fronteira,
2000.

ENCICLOPÉDIA Geografia Ilustrada. São Paulo: Abril Cultural, 1971. V.4.

Programa de Rádio ou Televisão

TEMA. Nome do programa. Cidade: nome da Rádio ou da TV, data da apresentação. Nota
especificando o tipo de programa (rádio ou TV)).
Exemplo:

ANIMAIS EM EXTINÇÃO. Programa do Faustão. São Paulo: TV Globo, 14 de junho de 2009.
Programa de TV.

CD-ROM

AUTOR. Título. Edição. Local de publicação: Editora, data. Tipo de mídia.
Exemplo:

OLIVEIRA, Bernardina Maria Juvenal Freire de. Plano de ação estratégica (2006-2010).
João Pessoa: Ed. Unipê, 2006. 1 CD-ROM.

E-mail

NOME do remetente. Assunto [mensagem pessoal]. Mensagem recebida por (endereço
eletrônico) em data de recebimento.
Exemplo:

QUEIROZ, Lucinete Freire. Identificação dos suportes físicos. Mensagem recebida por
anahenriques1@hotmail.com em 28 jun. 2009.

Texto Digitado

SOBRENOME, Prenome. Título. Local, ano, n.º de folhas. Entre parênteses (texto digitado).
Exemplo:

QUEIROZ, Lucinete Freire de. Projeto de avaliação do acervo bibliográfico da
biblioteca. João Pessoa, 2008. 5f. (texto digitado).

Comunicação Oral

SOBRENOME, Prenome. Título. Local: Instituição, ano. (Comunicação oral).
Exemplo:

QUEIROZ, Lucinete Freire. Palestra sobre a Biblioteca. João Pessoa: Unipê, 2009.
(Comunicação Oral).
Parte de Monografia ( capítulo, volume, fragmentos ...),

Autoria da parte diferente da obra no todo.

Entrada pelo autor e título (parte), seguidos da expressão “ In:” + dados da obra no todo.
N.º do cap.( se houver), n.º de pág. inicial e final.

Exemplo:

TELES, Gilberto. Aos olhos da crítica. In: MARINHEIRO, Elizabeth Figueiredo Agra. Fortuna
crítica. Campina Grande-Pb: Gráfica Agenda, 2004. p.39-45.

Autoria da parte igual ao da obra no todo.

Entrada pelo autor e título (parte), seguidos da expressão “In:”_____ . + Dados da obra
no todo. N. do cap., n. de pág.(inicial e final).

Exemplo:

FIGUEIREDO, Nice Menezes de. Tendências dos serviços de referência & informação.
In:____.Textos avançados em referência & informação. São Paulo: Polis, 1996. p.89-
99.        (Coleção Palavra-chave).

Parte de Monografia (meio eletrônico).

As referências devem obedecer aos mesmos padrões indicados para partes de documentos,
acrescentando a descrição do meio eletrônico. (CD ROM, Disquetes, ONLINE, etc).

Exemplo:

OLIVEIRA, Bernardina Maria J. Freire de. Biblioteca do Unipê: visão de futuro. In:______.
Plano de ação estratégica (2006-2010). João Pessoa: Ed./ Unipê, 2006. Cap. 2,
pág. 6-14. 1 CD ROM.

Partes de Publicações Periódicas                   (volume,       fascículo,     números
especiais, suplementos, etc.).

Artigo de Revista:

SOBRENOME, Prenome. Título: subtítulo (artigo ou matéria). Título do periódico, local,
volume, n..º do fascículo, página inicial e final, mês e ano.

CASTRO, Camila. Informática complementa ensino escolar. Revista Linha Direta, São
Paulo,
ano 9, n.98, p.44-46, maio, 2005.

Artigo de Jornal

SOBRENOME, Prenome (autor do artigo). Título (artigo). Título do jornal, local, dia, mês, e
ano, seção, caderno ou suplemento, pág. inicial - final. Quando não houver seção, caderno
ou parte, a pág. do artigo precede a data.

Exemplo:
SANTOS, Marcos césar de Oliveira. Poluição afeta saúde de golfinhos. Jornal unesp, São
Paulo, abril 2009. Caderno Ciências Biológicas, p. 4.

 Parte de Publicação Periódica (meio eletrônico).

As referências devem obedecer aos padrões indicados para artigo de revista, acrescidas das
informações referentes ao meio eletrônico. (CD ROM, Disquete, VHS, ONLINE, etc.).

Exemplo:



GARCIA, Joana Coeli Ribeiro. Gestão e tecnologia da informação: desafios do profissional da
informação. DataGramaZero – Revista de Ciência da informação, v.9, n.5, out.2008.
Disponível em: < http://www.dgz.org.br/dez08/F_I_aut.htm> Acesso em: 05 jan. 2008.


Trabalho Apresentado em Evento.

SOBRENOME, Prenome (autor do trabalho). Título (trabalho). Expressão In: Título do evento
em maiúscula, n.º., ano de realização, cidade. Título (obra). Local: Editora, data. Pág.
Inicial – final.

Exemplo

MENDONÇA, Denise. Pertencer e viver. In: CONGRESSO NACIONAL DA FEDERAÇÃO DE
ARTE-EDUCADORES DO BRASIL, 15, 2004, Brasília. Anais. Brasília: MEC, 2004.


Trabalho Apresentado em Evento (Meio Eletrônico).

Segue o mesmo procedimento para apresentação de trabalho em evento, acrescidas das
informações referentes ao meio eletrônico. (Disquete, VHS,CD ROM, ONLINE)

Exemplo:

MENDONÇA, Denise. Pertencer e viver. In: CONGRESSO NACIONAL DA FEDERAÇÃO DE
ARTE-EDUCADORES DO BRASIL, 15, 2004, Brasília. Anais. Brasília: MEC, 2004.(2
disquetes).


Documento Jurídico

Legislação compreende: (constituição, emendas, textos legais, medida provisória, decreto,
ato normativo, etc.).

Legislação: As entradas nas referências podem ser pelo nome da Jurisdição ou cabeçalho
da entidade, (Quando se tratar de normas), título, numeração, data e dados da publicação.
Quando se tratar de constituição, entre o nome da jurisdição e o título, acrescenta-se a
palavra constituição.

Exemplo:

Brasil. Novo código civil: lei n.º 10.406, de 2002. Brasília: Senado, 2005.
Brasil. Constituição (1988). Emenda constitucional n..º 9, de 10 de novembro de1995.
Constituição da Republica Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, 2006.


Legislação publicada em Diário Oficial

Jurisdição, Lei n.º, data (dia, mês, ano). Ementa. Nome da publicação, local, volume,
fascículo, pág. inicial – final.

Exemplo:

Paraíba. Portaria n.º 012, de 21de julho de 2009. Prorroga o prazo para a entrega da
prestação de contas do programa bolsa atleta/2008 para os benefícios do grupo 2. Diário
Oficial, João Pessoa, n.º 14.145, p. 5.


Jurisprudência (decisões judiciais), súmulas, enunciados, acórdãos,
sentenças, etc.

Entradas nas referências (Jurisdição. Órgão judiciário competente). Título (ementa.). n.º,
partes envolvidas (se houver), relator, local, data e dados da publicação.

Exemplo:

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Súmula nº 14. In: ________. Súmulas. São Paulo:
Associação dos Advogados do Brasil, 1994. p.16


Documento Jurídico Eletrônico

Segue o mesmo procedimento para documento jurídico, acrescidas das informações
referentes ao meio eletrônico. (VHS, Disque, CD ROM, ONLINE).

Exemplo:

Brasil. Congresso Nacional. Lei n.º 9525, de 3 de dezembro de 1997. Dispõe sobre as férias
dos servidores públicos civis da união, das autarquias e das fundações públicas federais, e dá
outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 1997. Disponível em: <
http//www3.dataprev.gov.br/sislex/paginas/42/1997/9525.htm> Acesso em: 23/07/09.


Imagem em Movimento (filmes, DVD, Videocassetes, etc.).

A entrada nas referências pode ser pelo: (Título. Diretor. Produtor. Local: Produtora, data. e
especificação do suporte em unidades).

Exemplo:

O AMOR é tão forte quanto a morte. Direção: Andrew Nekrasov. Produção: Cedomir Kolar.
Interpretes: Alexander Cherednik; Vladimir Yeremin; Alexander Slastin. São Paulo: RA
Productions, 1997. 1 Fita VHS.
Documento Iconográfico (pintura, gravura, ilustração, fotografia, desenho técnico,
diapositivo, diafilme, etc).

A entrada na referência (Autor. Título. Data. e especificação do suporte). Quando não
houver título, colocar a indicação sem título, entre colchetes.

Exemplo:

MATTOS, M.D. Paisagem-Quatro Barras. 1987. 1 original de arte, óleo sobre tela,
40cmx50cm. Coleção particular. <http://www.ufpel.edu.br/prg/sisbi/bibct/imagem/html


Documento Cartográfico (Atlas, globo, fotografia aérea, etc.)

Entrada na referência (autor, título, local, editora, data de publicação, escala).

Exemplo:

PAUWELS, Geraldo José. Atlas Geográfico Melhoramentos. São Paulo: Melhoramentos,
1996. 1 Atlas. Escalas variam.

As referências em meio eletrônico devem obedecer aos padrões para material cartográfico,
acrescidas da descrição física do meio eletrônico. (Disquete, CD ROM, ONLINE, etc.).

Exemplo:

PAUWELS, Geraldo José. Atlas Geográfico Melhoramentos. São Paulo: Melhoramentos,
1996. 1 Atlas. Escalas variam. ( 1 CD ROM).


Documento Sonoro no todo (disco, cassete, rolo, etc.)

As entradas nas referências são por: (compositor, ou intérprete), título. local: gravadora,
data. E especificação do suporte. Quando necessário, acrescentam-se elementos
complementares para melhor identificar o documento.

Exemplo:

ROBERTA, Miranda. Meu Dengo. São Paulo: Universal, p1986. 1 CD.

FAGNER, R. Revelação. Rio de Janeiro: CBS, 1988. 1 Cassete sonoro (60min), 3,5 pps,
estéreo.


Documento Sonoro em parte (partes e faixas dos documentos sonoros).

As entradas nas referências são por: (Compositor ou Intérprete) da parte ou faixa. Título
seguido da expressão In: e referência do documento sonoro no todo. No final informar a
faixa ou outra forma.
Exemplo:

CAMARGO, Zezé Di. Meu país. Intérprete: Roberta Miranda. In: 20 músicas do século XX.
São Paulo: Universal, p1986. 1 CD. Faixa 15 ( 4’07).


Partitura (impressa ou em meio eletrônico)

As entradas nas referências são por: Autor. Título. Local: editora, data. Especificar
(partitura) e instrumento a que se destina. Quando necessário, acrescentam-se elementos
complementares.

Exemplo:

GALLET, Luciano. (org.) Canções populares brasileiras. Rio de Janeiro: Carlos Wehns,
1851. 1 partitura (23p.). Piano.

OLIVA, Marcos; MOCOTÓ, Tiago. Fervilhar: frevo. [ 19...?]. 1 partitura. Piano. Disponível
em: < http://openlink.br.inter.net/picolino/partitur.htm>. Acesso em: 5 jan. 2002.


Documento Tridimencional – inclui maquetes e esculturas, objetos e suas
representações (fósseis, esqueletos, objetos de museus, etc.).

 As entradas nas referências devem ser por: Autor. Título. (quando não existir título, atribuir
a indicação sem título, entre colchetes). Data e especificação do objeto.

Exemplo:

DUCHAMP, Marcel. Escultura para viajar. 1918. 1 escultura variável.


Documento de acesso exclusivo em meio eletrônico (bases de dados, listas
de discussão, BBS (site), arquivos em disco rígido, programas, etc.)

As entradas nas referências podem ser por: Autor. Título do serviço ou produto. Versão e
descrição física do meio eletrônico.

Exemplo:

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE JOÃO PESSOA- Biblioteca Central. Referências – resumo.
João Pessoa, 1 CD , Windows 2002.

   Obs:

   1. O título e subtítulo devem ser produzidos tal qual aparece no documento.

   2. O título e subtítulo (longos) podem-se suprimir o final das palavras por reticências,
      desde que não altere o sentido.
3. Edição. Usá-la preferencialmente de forma abreviada. 5.ed.: 8.ed.,        e a partir da
   2.ed.

4. Local. (Cidade) de publicação, usar tal qual aparece no documento. Quando houver
   mais de um local, usar o primeiro que aparecer. Quando não aparecer o local, usar a
   expressão sine loco, entre colchetes [S.l].

5. Editora. Usar tal qual aparece no documento, abreviando-se ou suprimindo-se
   palavras que designam a natureza jurídica ou comercial, desde que não prejudique
   sua identificação.

    Ex. Ática, Saraiva, Atlas, Ed. Forense.

6. Data. Deve ser indicada em algarismos arábicos. Caso        não possa ser identificada,
   registrar uma data aproximada entre parênteses.

7. Descrição física. Pode-se registrar o nº de páginas, folhas, volumes        ou colunas,
   seguidos de abreviatura. Ex. p. , v. , n.,

8. Ilustrações. Pode-se indicar Ilustração de qualquer natureza. Ex. il., il. Color. A

9. Dimensão. Em alguns casos, além da altura, consideram-se a largura do documento.
   Ex. 23cm. 40cmx25cm.

10. Série ou coleções. Deve-se colocar após todas as informações físicas do documento,
    entre parênteses, separando o título do número, por vírgula. Ex. (Princípios, 9).

11. As referências de um documento num trabalho devem ser ordenadas de acordo
    com o sistema alfabético (mais utilizado) e numérico (ordem de citação no texto).

Exemplos:

- ALENCAR, José de.

- CASTRO, Antônio de.

- SOUSA, Carlos de.

O(s) nome (s) do (s) autor (es) de várias obras referenciadas sequencialmente, na
mesma página, também pode ser substituído por um traço nas referências seguintes à
primeira.

Exemplo:

REGO, José Lins do. Moleque Ricardo.

            _________. Menino de engenho.

            _________.Fogo morto.
                                       REFERÊNCIAS



ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: Informação e
documentação – referências – elaboração. Rio de Janeiro, 2005.

REFERÊNCIAS. Disponível em:
<http://www.ufrgs.br/faced/setores/biblioteca/referências>.Acesso em: 03 ago.2009.

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:5
posted:4/11/2012
language:Portuguese
pages:12