IDENTIFICA��O DO FOLHAS

Document Sample
IDENTIFICA��O DO FOLHAS Powered By Docstoc
					Nome do Professor: Denise Estorilho Baganha
Escola: SEED
Disciplina: BIOLOGIA
Série: 1ª
Faixa etária do aluno: 15 ANOS
Unidade Temática (tópico de conteúdo): TRANSPORTE ATRAVÉS DA MEMBRANA
PLASMÁTICA
Título: OSMOSE
Palavras-chave: transporte, osmose, equilíbrio, concentração, solvente

Relacionado com conteúdos de:

Matemática (   )    Língua Portuguesa ( ) Geografia ( )     História ( )
Arte ( )            Filosofia ( )         Sociologia ( )    LEM ( )
Biologia ( )        Educação Física ( )   Química ( X )     Física ( X )


1 – PROBLEMA

         Os alimentos folhosos murcham algum tempo depois de temperados, por
isso, em restaurantes, normalmente eles são servidos sem tempero. Como se
explica tal fenômeno?

2 – DESENVOLVIMENTO DO TEMA

         Você já observou que se temperarmos uma salada folhosa (alface, por
exemplo) muito antes do restante da comida ficar pronta, quando formos almoçar, ou
jantar, esta salada estará murcha?
         Se você não observou tal fenômeno, experimente fazê-lo em sua casa. E se
você já observou, como você explica este fenômeno?
         Quando pensamos que um organismo murcha, imaginamos imediatamente
que ele “perdeu” água, não é mesmo? Com certeza. Mas, como ocorre a “perda” de
água em um organismo?
         Os seres vivos, de modo geral, possuem cerca de 65% de água distribuída
no interior das células e entre os tecidos, sendo por tanto, o componente químico
mais abundante da matéria viva. Esta substância têm papéis importantes para o
funcionamento dos sistemas que compõem um organismo. Discuta com seus
colegas e seu(s) professor(es) e relacione pelo menos quatro funções da água para
os seres vivos, anotando-as abaixo:
         _____________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
        Você pode dizer que a água "mata" a sede, é utilizada para fazermos higiene
do corpo, para refrescar e para lavar roupas e calçadas. Todas estas afirmações são
verdadeiras, mas ainda podemos abordar de forma bioquímica a importância deste
recurso natural.
        Como componente inorgânico da célula em maior proporção e como
solvente universal, a água atua como:

       a) dispersante de compostos orgânicos e inorgânicos;
       b) é responsável pelo transporte de substâncias intra e extracelular;
       c) auxilia na manutenção do equilíbrio térmico;
       d) facilita a eliminação de resíduos e substâncias indesejáveis aos
          organismos e
       e) é responsável pelas reações químicas que ocorrem no interior das
          células.

        Percebeu o quanto a água é importante para os seres vivos? Confira com o
levantamento feito anteriormente por você!
        Mas, qual a relação entre a alface temperada, a não temperada e a perda de
água? Experimente em sua casa:
        1 - Coloque em um prato uma folha de alface sem tempero e em outro uma
folha de alface temperada.
        2 - Marque o horário que você iniciou o experimento.
        3 - A cada 1 hora, observe e registre o que ocorre com as folhas.
        4 - Estabeleça pelo menos quatro horas para fazer as observações.
        5 - Registre o que você observou.

        Quanto maior o tempo de observação, mais detalhes você poderá verificar.
        Lembre-se que para se fazer uma boa observação é necessário ter
principalmente paciência e anotar todos os fatos que ocorrem durante o
processo que você estiver observando.
        Registre no quadro à seguir suas observações:

      HORA                                OCORRÊNCIA
        Com o passar do tempo, você observará que a alface temperada murchará
mais rápido do que a não temperada. Foi esta a observação que você fez? Então
agora leia com atenção o texto à seguir e elabore suas conclusões.

       Quando a água (solvente) está associada à partículas sólidas (soluto) forma
as soluções hipertônicas, isotônicas ou hipotônicas, conforme a maior ou menor
concentração de soluto por solução.

       Observe o quadro abaixo:

     HIPERTÔNICA                  ISOTÔNICA                  HIPOTÔNICA
      MAIOR                       IGUAL                      MENOR
 CONCENTRAÇÃO DE             CONCENTRAÇÃO DE            CONCENTRAÇ ÃO DE
     SOLUTO                      SOLUTO                     SOLUTO

     MENOR                        IGUAL                      MAIOR
 CONCENTRAÇÃO DE             CONCENTRAÇÃO DE            CONCENTRAÇÃO DE
    SOLVENTE                    SOLVENTE                   SOLVENTE




                    EM RELAÇÃO A UMA OUTRA SOLUÇÃO

          As substâncias tendem a distribuir-se de forma homogênea entre as células,
fazendo com que as concentrações de água (solvente) e de outras partículas
(soluto) mantenham-se equilibradas garantindo, assim, o bom funcionamento das
células.
          O equilíbrio entre as diferentes concentrações interna e externa da célula
ocorrerá devido a presença da membrana plasmática (também chamada de
membrana celular). Conforme o modelo de mosaico fluido proposto em 1972 por
Singer e Nicolson e aceito até os dias de hoje, a membrana plasmática é constituída
por uma camada bimolecular de lipídios com proteínas "encaixadas" entre esta
camada e sobre ela. É justamente esta bicamada lipídica que confere a estabilidade
e flexibilidade à membrana.
          “Pode-se dizer que os lipídeos são os componentes que compõem a
estrutura básica da membrana. Existem 3 grandes classes de lipídeos que compõem
a membrana plasmática: fosfolipídeos, esteróis e glicolípides, sendo que
fosofolípides são os mais abundantes, via de regra.
          A molécula de lipídeo possui uma característica bioquímica essencial para
formar uma bicamada estável, ainda que fluida. Ela possui uma região hidrofílica e
caudas hidrofóbicas. Enquanto que a região hidrofílica interage bem com a água,
altamente abundante nos meios intra e extracelular, a região hidrofóbica busca
“esconder-se” da água.
          Os lipídeos são as moléculas mais expressivas em termos de estrutura de
membrana e as proteínas, são expressivas em termos de funções. Estas
desempenham inúmeras funções como por exemplo: comunicam célula e meio
extracelular, servindo como poros e canais, controlam o transporte iônico, servem
como transportadoras, realizam atividade enzimática e ainda podem ser antigênicas,
elicitando respostas imunes.” (DUTRA, 2004)

http://www.icb.ufmg.br/~biocelch/membrana/membrana.html (consulta23/09/04)


       Esquema do modelo mosaico-fluido da membrana




1. Bicapa de fosfolípidos         7. Moléculas de fosfolípidos organizadas en
2. Lado externo de la membrana    bicapa
3. Lado interno de la membrana    8. Moléculas de colesterol
                                  9. Cadenas de carbohidratos
4. Proteína intrínseca de la membrana
5. Proteína canal iónico de la    10. Glicolípidos
membrana                          11. Región polar hidrofílica de la molécula de
6. Glicoproteína                  fosfolípido
                                  12. Región hidrofóbica de la molécula de
                                  fosfolípido
             www.puc.cl/sw_educ/neurociencias/ html/047.html


        Pela capacidade seletiva da membrana plasmática, a água movimenta-se
livremente entre os meios inter e extracelular conforme a concentração dos referidos
meios.
        Este processo de livre passagem de substâncias através da membrana
conhecido por OSMOSE (do grego “osmós” = impulso) ocorre quando duas soluções
salinas de concentrações diferentes são separadas por uma membrana
semipermeável. Para fazer esta passagem, a água exerce uma pressão sobre a
membrana denominada “pressão osmótica”.
       a)                                             b)




       http://www.okte.com.br/site/web/verpagina.asp?m=news&cod=81
                                23/09/2004


        A “solução diluída” do desenho acima, indica o meio hipotônico (menor
concentração de soluto) enquanto a “solução concentrada” indica o meio hipertônico
(maior concentração de soluto). A água passará do meio hipotônico para o
hipertônico até atingir o equilíbrio osmótico. A solução torna-se isotônica.

       Retomando ao caso das folhas de alface:
       Qual relação você faz entre os meios hipertônico e hipotônico e o fato da
folha murchar? Pense e relate:
       _____________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
       Observe agora o que acontece com uma hemácia (glóbulo vermelho do
sangue) quando colocado em meios com diferentes concentrações em relação a
uma solução de cloreto de sódio a 0,9% (“solução fisiológica”):




               http://www.cocemsuacasa.com.br/ebook/pages/4105.htm
                                  23/09/2004

        No 1º caso, solução isotônica, a célula permanece no seu tamanho normal;
no 2º caso, solução hipertônica, sofre perda de água, murchando; no 3º caso,
solução hipotônica, sofre aumento de volume devido a entrada de água na célula,
fenômeno conhecido como hemólise.
        Assim ocorre com as células da alface. Se colocadas em um meio
hipertônico elas perderão água por osmose, e conseqüentemente, murcharão.




Hemólise. A: perfil habitual de um glóbulo vermelho; B: Glóbulo vermelho "inchado"
em conseqüência da hipotonicidade do meio; C: Hemólise
       http://www.dbio.uevora.pt/biologia1-novo/nutricao_celular.html – 24/09/04

        Você observou um exemplo de osmose em célula animal. Na célula vegetal,
este fenômeno também ocorre. Em meio hipertônico há saída de água do interior da
célula através do vacúolo, provocando diminuição do volume celular. Com isto a
membrana celular afasta-se da parede celular. Este fenômeno é conhecido por
plasmólise. A célula vegetal geralmente não morre e se colocada em um meio
hipotônico a água atravessará sua membrana fazendo com que ela volte ao seu
tamanho natural. O fenômeno inverso à plasmólise é a deplasmólise.




           http://www.dbio.uevora.pt/biologia1-novo/nutricao_celular.html
Plasmólise: A: Conformação habitual de uma célula vegetal; B: célula vegetal
sujeita um meio hipertônico


       Você perguntaria agora: qual a importância de estudarmos este fenômeno?
Pense mais um pouco...

         a) se foi abordada a questão de passagem da água pela membrana
celular, em meios com concentrações diferentes, qual a importância do fenômeno
osmose para as células?
         b) Se comemos uma carne salgada, por que temos sede?
         c)  A “carne-seca” é assim denominada, porque é posta para “secar” ao
sol e ao vento coberta de sal, assim, ela fica conservada. Por que?
         d) O milho verde cozido em água com sal fica, no aspecto físico, diferente
do milho verde cozido na água sem sal. Por que?
         e) O transporte de seiva pela raiz das plantas só é possível se houver
diferença de concentrações entre os meios onde estão dissolvidas as substâncias
necessárias para a nutrição do vegetal. O que explica este fenômeno?
         f)  Na célula animal a filtração do sangue que ocorre nos rins é por
osmose?
         g) Um peixe de água doce, pode ser colocado em água salgada?
       h) Por que uma lesma “derrete” ao jogarmos sal sobre ela?
       i)  O que faz a água do solo subir pelas raízes das plantas?
       j)  Por que ficamos com as pontas dos dedos enrugadas depois de um
bom tempo na água do mar, numa piscina ou em um banho?

        E ainda, você já ouviu falar da extração de sal da água do mar?
        Pois é. Este processo tem sido usado no Nordeste brasileiro para captação
de água uma vez que esta região não possui quantidade suficiente de água doce
própria para o consumo daquela população. Desta forma, utiliza-se a o processo de
dessalinizaçao através da osmose reversa .
        O processo de osmose reversa consite em aplicar uma pressão em uma
solução salina hipertônica, que, separada por uma membrana semi-permeável,
permitirá que a água atravesse para a solução hipotônica. O sal da solução
hipertônica permanecerá no recipiente ou será deslocado para outro, sendo
separado da água.




       http://www.okte.com.br/site/web/verpagina.asp?m=news&cod=81
                                23/09/2004

         As empresas que realizam este processo utilizam uma membrana semi-
permeável sintética específicas para processos industriais e produzida com
tecnologia de ponta.
         Tal sistema é utilizado em alguns países, como Arábia Saudita, Israel e
Kuwait, além de ser usado por equipes de navios que ficam meses no mar ou
pesquisadores residindo em regiões desprovidas de água doce.
         Na ilha de Chipre, a água do mar abastece a população e os lençóis
freáticos que foram reduzidos pela exploração exagerada. Diversos governos e
instituições investem em pesquisas para o desenvolvimento de processos de
dessalinização que sejam eficientes, adequados às características regionais e que
tenham um custo reduzido, pois esse tipo de tratamento é muito mais caro que o
convencional.


        3 – PROPOSTA DE ATIVIDADES

        3.1 – Você consegui analisar todas as questões apresentadas
anteriormente?
        3.2 – Para aprofundar os conhecimentos sobre o transporte de substâncias
através da membrana celular, pesquise os processos passivo e ativo de transporte
através da membrana, que você encontra em livros didáticos da 1ª série.

        4 – REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

        Nos endereços abaixo você pode aprender mais sobre os assuntos
discutidos este material

-   http://www-class.unl.edu/bios201/chapter4WEB/sld009.htm
-
-   http://www-class.unl.edu/bios201/chapter4WEB/sld010.htm
-
-   http://www.icb.ufmg.br/~biocelch/membrana/membrana.html – (23/09/04)
-
-   www.ufpi.br/quimica/carla/tratamentode%C3%A1guapotavel.ppt - 27/09/04
-
-   http://www.sabesp.com.br/sabesp_ensina/intermediario/dessalinizacao/default.ht
    m
-   www.cocemsuacasa.com.br/ebook/pages/4104.htm
-
-   www2.uerj.br/~micron/atlas/celula/cel1.htm
-
-   http://www.okte.com.br/site/web/verpagina.asp?m=news&cod=81
-
-   www.dbio.uevor.pt/biologia1.novo
-
-   www.cdcc,sc.usp.br/quimica/experimentos/osmose.html
-
-   PAULINO, W. R. Biologia atual. Vol 1. São Paulo: Ática, 1996
-
-   GAIANOTTI, A., MODELLI, A . Biologia para o ensino médio: volume único. São
    Paulo: Scipione, 2002

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:12
posted:3/25/2012
language:
pages:9