no Instituto Fisiol�gico Teol�gico imaculada Rainha do Sert�o by X228upQ

VIEWS: 45 PAGES: 23

									                           23ª Festa das Personalidades

Mérito rotário 09/dezembro/2006 Rotary Club de Santa Quitéria

Eufrásio Aragão Magalhães

Nasceu em são José dos Mocós, município de Santa Quitéria CE, em 1959, filho de Antonio
Protázio Magalhães ( Antônio Caboclinho)e romana Rodrigues Aragão. Casou se com Vemara
Maria Vasconcelos Magalhães, com a qual tem uma filha, Maria Carolina(06) seis anos de
idade.

Inicou suas atividades escolares no sertão onde residia(São José dos Mocós) tendo sido
alfabetizado pela sua irmã Maria do Socorro, Mestra da Escolinha Municipal, tendo concluído a
4ª série primária na citada escola, cuja professora era sua tia Maria de Melo. Em 1976
matriculou se na Escola de 1º Grau”Júlia Catunda”, como ouvinte do programa”EDUCAÇÃO
INTEGRADA”, o qual era orientado pela professora Marcia Paiva Mesquita, tendo cursado a 5ª
série. Concluiu o 1º grau na mesma escola, onde exerceu o cargo de presidente do Grêmio
Estudantil, por dois anos.

Em 1983, concluiu o curso de Auxiliar Técnico em Administração de empresas, no Centro
educacional “VALE DO ACARAÚ” em Sobral, e , em 1985, concluiu o curso de Pós graduação
em Psicopedagogia, em 1988, foi eleito vereador à Câmara Municipal de Santa Quitéria, cujo
mandato exerce até a presente data, para o qual foi reeleito cinco(05) legislaturas. No
decorrer deste período, exerceu por (03) três vezes o cargo de 2º secretário da Mesa Diretora
e, em outra foi relator da comissão de Finanças e Orçamentos.

OUTRAS ATIVIDADES:De 1977 e 1978 , trabalhou na Churrascaria o “PATINHAS”; de dezembro
de 1978 a julho de 1982, trabalhou na “CONAPE”; de 1982 a 1985, foi gerente da farmácia
Parente; em 1986 foi agente do IBGE; em 1987/88 dirigiu a Farmácia Básica da Prefeitura
Municipal de Santa Quitéria . Fo professor voluntário em São José dos Mocós, município de
Santa Quitéria; em 2004, ao se reeleger Vereador, licenciou se novamente da Câmara
Municipal de Santa Quitéria, para assumir a Secretária de Agricltura e Meio Ambiente do
município de Santa Quitéria, cargo que exerce até a presente data, 09 de dezembro de 2006.

José Helder de Mesquita.

Nasceu na cidade de Monsenhor Tabosa, no dia 30 de março de 1935. Filho de Luiz Alves de
Mesquita Luiza Santina de Mesquita. Casou se com Heloisa Almeida de Mesquita. Bacharelou
se em Ciências Jurídicas e Sociais pela faculdade de direito da Universidade Federal do Ceará,
em 1961. Atuou como advogado, Promotor e, por concurso público realizado em 1968
ingressou Magistratura Estadual do Ceará, tendo sido nomeado para a Comarca de Cariré,
sempre sido promovido por merecimento, cujas Comarcas foram as seguintes: Jaguaribe, Tauá,
Baturité e Fortaleza. Em fortaleza respondeu pelas seguintes Varas: 2ª,3ª,4ª5ª.Varas
Criminais;2ª;Vara do Tribunal do Juri;1ªVara dos Delitos de Trânsito; 2ª,3ª e 9ª. Varas
Civis;2ª,3ª e 4ª. Varas de Família e Sucessões e Vara Única de Menores. Na justiça comum,
substituiu a desembargadora Águeda Passos Rodrigues, na 2ª. Câmara do Egrégio Tribunal de
Justiça do Estado do Ceará, nos meses de março de abril de 1992, julgando recursos, tendo
publicado 37(trinta e sete) acórdãos. Foi membro titular da Justiça eleitoral nos Municípios de
Cariré, Jaguaribe, Tauá, Baturité e em Fortaleza, exerceu as mesmas funções, como titular da
1ª Zona Eleitoral do Estado do Ceará, em 1988 e 1990 a 1992. Após ter solicitado sua
aposentadoria na Magistura, foi convidado pelo Exmo. Sr. Governador Tasso Jereissate, para a
honrosa Cidadania do Ceará, de 1997 a 2003. Exerceu as funções de tesoreiro da prefeitura
Municipal de Monsenhor Tabosa, no ano de 1963. Advogado Mlitante no interior do Estado do
Ceará, nos anos de 196 a 1968;Adjunto de Promotor da Comarca de Acaraú, em 1965.

OBRAS PUBLICADAS: Monsenhor Tabosa e suas Histórias, João Pinto de Mesquita-“O Patriarca
do Jacurutu”. Participou de vários seminários, Simpósios e Correlatos.

ATIVDADES SOCIAIS:Orador Oficial do Centro Estudantil sobralense, m 1956; Maçon, Grau 33.
Venerável por duas vezes da Loja de Deus e Baturité, nº6 e uma loja Paulo Elpidio, nº55 em
Fortaleza; Companheiro Leão, tendo ocupado as presidências dos Clubes de Jaguaribe, Tauá,
Baturité e Fortaleza Abolição e Fortaleza Glória, bem como os cargos de Secretário Geral do L
15 dos Lions Club Internacional e Secretário Geral do Distrito L.A 4. Orador Oficial da
Associação Cearense da Magistratura, durante seis anos. Cidadão Honorários dos municípios
de Tauá, Fortaleza, Jaguaretama e Santa Quitéria.

João de Assis Martins Parente.

Graduado em Medicina no ano de 1981 pela Universidade Federal do Ceará (UFC), o
quiteriense João de Assis Martins Parente é especialista em ginacologia e obstetrícia pelo
Hospital Geral Dr. César Cals(HGCC)desde 1983, e pós-graduado pelo escola Superior de
Gestão e Ciêncas da Saúde/IAHCS no curso de especialização em Capacitação de dirigentes
Hospitalares, em 2002. Sua formação pré primaria e primária realuzou se em Santa Quitéria
com sua irmã Carolina Armênia Parente Chaves, no Grupo Escolar Júlia Catunda e com as
professoras Maggy Paica Alfred e Quiterinha Cavalcante. Após já em Fortaleza concluiu que
seus estudos secundários no Colégio Christus e Castelo Branco, tendo ingressado no estudo
universitário em 1975 pelo curso de Farmácia, e no ano seguinte veio a ser aprovado em novo
vestibular para o curso de Medicina. É médico do serviço público Estadual e Federal, além de
atendert em consultório próprio. Iniciou sua atividade profissional como médico clinico do
instituto Dr. José Frota(IJF)- unidade de Antônio Bezerra, durante oito anos, onde exerceu a
função de chefe de equipe. Serviu na Força Aérea Brasileira como 2º Tem. Médico no Hospital
de Base de Fortaleza. Prestou serviço ao grupo empresarial j. Marcedo S.A. Durante dez anos
atuou também, como médico plantonista do Hospital de Maracanaú. Membro da sociedade
Cearense de Ginecologia e Obstétrica, da federação Brasileira de Ginecologia e Obstétrica, da
Cooperativa dos Ginecologistas e Obstetras do Ceará e da Associação Médica Cearense.
Exerceu cargo de chefe da Unidade de Serviço Técnico do HGCC, como também chefe do
Serviço de Ginecologia e Obstétrica, Membro do Conselho Fiscal da Unicred Fortaleza(
cooperativa de economia e crédito mútuo dos médicos). Atualmente exerce funções de
Preceptor da Residência Médica de Ginecologia e Obstetrícia do HGCC. Coroado Jubileu de
prata foi aprovado para o mestrado da Universidade Estadual do Ceará(UECE)na área de saúde
da criança e adolescente.

Participa com assiduidade, como membro efetivo e palestrante, aos encontros inerentes à sua
especialidade.
Luiza Cid Bendô

Natural de Poço Comprido, municípo de Santa Quitéria Ce, nascida a 13 de dezmbro de 1952,
terceira filha do Casal João Cid de Sousa e Carmélia Martins Cid.

Casou se em 1974 com Dionísio Paiva Bendô, de cuja sólida e exemplar união , receberam
cinco filhos : Marcos Aurélio, formado em ciências da computação pela universidade estadual
do ceará(UECE),casado com Marta Elisa, Marciano Jarbas, formado em Contabilidade pela a
universidade do Vale do Acaraú(UVA), Bernadete, formada em Nutrição pela universidade
Estadual do Ceará(UFC) e Renata Rilna gerente da empresa Megabyte informática em Santa
Quitéria, casada com Roberto Bentes, e, seu lar um afilhado, Bruno Barbosa, órfão de mãe a
quem foi concedido o direito à tutela.

Iniciou sés estudos na Escalo de 1º e 2º grausla Júlia Catunda, passando pelo Centro
Educacional Fonseca Lobo e Escola Normal Senador Catuda. Movida pela necessidade de
aperfeiçoamento, em 1979, ingressou na Faculdade de Filosofia D. José de Sobral, onde fez o
curso de Ciências. Em 1998 fez o curso de especialização em metodologia do ensino,
completando assim o curso de graduação pela universidade estadual Vale do Acaraú(UVA).
Exerceu a função de professora no ginásio Monsenhor Linhares em Santo Antônio do
Aracatiaçu, na escola municipal João Parente, no instituto Maria Júlia Andrade, no centro
educacional Fonseca Lobo, escola de 1º e 2º grau Escola Júlia Catunda e na escola de 2º Grau
Aracy Magalhães Martins, onde veio a aposentar-se por tempo de serviço a 20 de janeiro de
2005. Durante esse percurso exerceu também a função de diretoria na escola de 1º e 2º Júlia
Catunda, no período de 1988 a 1991. Como professora procurou incentivar nos alunos o gosto
pelo estudo e principalmente pela matemática. Participou de todos os seminários e cursos que
lhes eram pferecidos.

Como católica tem efetiva atuaação, procurando sempre se engajar nos movimentos pastorais,
fortalecendo assim sua vida espiritual, juntamente com seu esposo. E agora de público,
agradece o gesto generoso de seus conterrâneos, atrvés do Rotary Club ao incluir como uma
das Personalidades do ano 2006. Comenda esta que será guardada com afeto e profunda
dedicação.

Firmino Timbó Muniz (in memorian)

Nasceu na Fazenda das Caraúbas, em Santa Quitéria, no dia 20 de dezembro de 19223, filho de
José Muniz e Francisca Timbó Muniz . Dedicou seus primeiros 21 anos a atividades da fazenda
e do comércio ministrado pelo seu pai.

Aos 20 anos iniciou seus primeiros estudos com o poeta professor Tomáz Catunda Soares na
própria fazenda onde residia, e em agosto de 1944, atendendo ao apelo do Padre João Batista
Pereira, seus pais deram lhe a permissão para estudar no educandário Monsenhor Tabosa em
Santa Quitéria, concluindo a 4ª série no ano seguinte.

Em 1946 foi para fortaleza, onde fez o exame de admissão, terminando o ginásio em apenas 5
meses.
No ano de 1947 ingressou na 1ª série do Curso Ciêntifico do Liceu, em fortaleza e concluiu a 3ª
série em 1949 no colégio Cardeal Arcoverde, no Rio de janeiro. No mesmo ano fez vestibular
para História Natural (Biologia) na escola de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade do
Distrito Federal, onde tornou se Bacharel em História Natural, em 1952 concluindo
Licenciatura plena em biologia, Ciências e Matemática no ano seguinte.

Em 16 de janeiro de 1954, passou em 12º lugar para a faculdade de Ciências Médicas da
Universidade do Distrito Federal.

Casou se com Maria Dolores Catunda Muniz, no dia 10 de julho de 1957, retornando em
seguida para o Rio de Janeiro, onde formou se em Medicina, em 1959.

Em seus seis anos de estudo de Medicina, estagiou em vários hospitais como: Hospital
Moncorvo filho, Hospital Miguel Couto, Santa Casa de Misericórdia, Hospital dos Servidores do
Estado do rio de Janeiro, Maternidade Fernando Magalhães, instituto Nacional do Câncer,
entre outros.

Do casamento teve cinco filhos: Alder Catunda Timbó Muniz, Adene Catunda Timbó Muniz,
Arlene Catunda Timbó Muniz, Alberto Catunda Timbó Muniz e Adriane Catunda timbó Muniz.

Em 1975 formou se em pedagogia , com especialidade em administração e supervisão escolar
pela sociedade Universitária Augusto Motta(SUAM).

Dedicou toda a sua vida `educação dando aulas em várias escolas de ensino fundamental e
médio e posteriormente, sendo diretor de duas escolas de ensino municipal do Rio de Janeiro.

Também dedicou se à medicina de forma voluntária, oferecendo consultas gratuitas a quem
pedisse ou precisasse.

Em 2002 retornou a sua Terra Natal, onde projetou a construiu sua casa, concretizando seu
último sonho, vindo a falecer em 31 de agosto de 2004, mas deixando uma semente de
esperança que sempre renascerá em cada um de nós.

24ª Festa das Personalidades

Antônio Egberto Mesquita Lôbo Filho

Nasceu no dia 30 de maio de 1967, no município de Santa Quitéria, filho do casal Antonio0
Egberto Mesquita Lôbo e Maria Marly Rodrigues Lôbo.

Iniciou o primário na Escola Educandário “ O Mindinho”, e em continuidade com seus estudos
terminou o 2ºgrau no centro Educacional Fonseca Lôbo. Nesse período, formou com colegas
de grupo”New Wave” no qual promoveu por quatro anos o Festival de Moda de Santa
Quitéria, o Concurso “Top Girl” e o festivalde música popular. Muito jovem já auxiliava sua
mãe na empresa”Marly’s Confecções”e logo após abriu uma sociedade com seus irmãos,
fundando a”Top Lanche” que em seguida se transformou na loja “Eliezer Magazine”. Em 1989
casou se com Fernanda Maria Magalhães Timbó Lôbo, de vujo enlace nasceram quetro filhos:
Larisse, Amanda, Cecilia e Guilherme, sendo gêmeos, os dois últimos.
Confecção sempre foi seu objetivo e juntamente com a esposa iniciou a sua própria confecção,
a princípio com a linha esportiva usando etiqueta”Natural Sport Line” e logo se especializou
em fardamento escolar e serigrafia.Engajado na cultura local, desenvolveu da criação e
montagem de cenários. Com aptidões para arte, dedicou se as festas carnavalescas do
município, participando diretamente da criação e montagem de carros alegóricos dos
blocos”Grau 10” e “Alô alô”. Em 2000, foi idealizador do trabalho inovador de marketing
político para campanha do atual prefeito de Santa Quitéria, Dr. Tomás Figueiredo e desde
2001 exerce a função de coordenador de eventos da prefeitura, participando diretamente dos
carnavais, festividades juninas, festas do município, Olimpíadas municipais, e fundação do
museu de Santa Quitéria. Egberto Lôbo, idealizou também, o “Rally Daki pralá dylá praká”,
juntamente com seus amigos de Santa Quitéria, e recentemente, com a união do seu novo
ciclo de amizade de Fortaleza. Já aconteceram 5 Rallys, momento de grande congratulação dos
participantes. Egberto e Fernanda fazem parte do encontro de Casais com Cristo(ECC), onde
vive sua Fé Cristã.

Após nascimento das primeiras filhas, em 1993, nasceu também uma grife”Lamanda” onde se
especializou em moda feminina. Com trabalho determinado, seus negócios a cada ano
ganharam proporções. Foi quando em 2004, buscando maiores mercados transferiu a sede da
empresa para Fortaleza, onde atualmente reside com a Família.

Hoje, seu empresa tornou se ícone de crescimento na tendência feminina, seu marca é
respeitada e conhecida pala qualidade, criatividade e inovação de suas coleções. Sua produção
se divide 50% em Santa Quitéria e 50% em fortaleza. Tendo 80 colaboradores, 3 lojas e
representantes para o Norte e Nordeste do Brasil.

Cícero André Muniz

Nasceu na Fazenda Sossego, próximo às Carnaúbas, no município de Santa Quitéria a 24 de
janeiro de 1960. Filho de Antônio Timbó e Antônia André Muniz. Fez os primeiros estudos em
ambiente doméstico, na fazenda Massapé das Caraúbas, sendo professora a Sra. Marina Felix
de Sousa. Transferindo se para a sede do município em 1972, continuou os estudos na Escola
do município de primeiro grau Júlia Catunda e, posteriormente, no Centro educacional
Fonseca Lôbo. Não Concluiu os estudos sistematizados, instruindo se por si mesmo em leituras
e participação em cursos, seminários e encontros, sobretudo na área da política. Para a
atividade profissional qualificou se como operador de Raio X, tendo seu primeiro registro
empregático no hospital e Maternidade Arsênia Augusta Magalhães.

N ano de 1980 assumiu a direção do Serviço de Radiologia do hospital Geral de Santa Quitéria.
Em 1982 ingressou no serviço público estadual, com lotação no centro de saúde Dr. Otávio
Lôbo, onde até o presente exerce suas atividades profissionais.

Por votação e tradição familiar ingressou na atividade política, candidatando se a vereador em
1988, obtendo 260 sufrágios dos quiterienses, numa segunda tentativa, em 1992, foi seu nome
sufragado por 296 eleitores, ficando na segunda suplência, Mercê do trabalho que
desenvolveu junto à população de santa Quitéria, nas eleições de 1996 foi eleito com a
expressiva votação de 732 sufrágios; e na eleição de 2004, obtendo o recorde em sua carreira
política de 996 votos.
No atual mandato Cícero Muniz exerceu a fincão de vice-presidência da Casa. Articulador
político competente e experiente na arte da diplomacia parlamentar, o vereador Cícero Muniz
foi eleito presidente da Câmara por unanimidade de seus pares para brênio 2007/2008,
tornando se um fato inédito na história do município, a sua distintiva eleição em chapa única,
como presidene, Cícero Muniz vem dando continuidade ao trabalho iniciado pela sua
antecessora, visando a modernização e moralização dos mecanismos administrativos do
poder Legislativo municpal. O homenageado faz questão de destacar que os sucessos
alcançados ao longo de sua trajetória pública tem esteio, primeiramente graças divinas e, em
segundo lugar no apoio que sempre recebeu da família, especialmente de sua dileta esposa,
Dona Antônia de Braga Muniz e de seus filhos Raimundo Nonato Braga Muniz, Kelleny Renata
Braga Muniz e Antonia Rogéria Braga Muniz, sem esquecer jamais o preito de gratidão e
saudade de Francisco Francisco Romério Braga Muniz, o filho querido que hoje s encontra na
dimensão da memória.

Francisca das Graças Tavares André

Educadfora vocacionada, líder nata, mãe e mulher exemplar, nasceu na fazenda Bonito,
distrito de trapiá, município de santa Quitéria-CE no dia 08 de abril de 1953. Primogênita do
casal Afonso Rodrigues Tavares e Francisca Idelzuite de Mesquita Tavares, casou se com Jose
Muniz André. A união feliz perdurou 32 anos, interrompida pelo falecimento do seu
companheiro queido, deste enlace nasceram três filhos: Afrênio, médio recém
formado;Afonso Conrado, micro empresário e Quitéria Régio, enfermeira, casada com médico
veterinário Ticyano Mororó. Que lhe deram duas netas: Mayra Thereza e Anna Thacyla.

Iniciou seus estudos na Escola Júlia Catunda, onde cursou da 1ª a 4ª série, concluindo o ensino
fundamental e médio no centro educacional Fonseca Lôbo, graduou se em pedagogia com
licenciatura em administração Escolar pela universidade Estadual Vale do Acaraú. Em 1976, foi
nomeada professora do ensino fundamental da escola Júlia Catnda, iniciando sua vida
profissional vocacionada a educação de milhares de cidadãos quiterienses. Em 1983, foi
contratada pela fundação José Furtado leite a assumir o cargo de diretora do instituto Maria
Júlia Andrade, permanecendo no mesmo até 1989. De 1987 a 1990 exerceu o cargo de vice
diretora da Scola de ensino Fundamental Júlia Catunda. No ano de 1990, fora aprovada em
concurso público, realizado pelo município, para professora de ensino médio. O ano de 1996foi
marcado pela aprovação em concurso público para dirigentes escolares, sendo neste mesmo
período eleita diretora adjunta da Escola de Ensino fundamental Júlia Catunda e no ano
seguinte, 1997, assumiu a direção geral da referida escola, por um período de três anos, onde
prestou um grande trabalho a comunidade escolar e a formação de cidadãos críticos e
participativos em seu contexto social. Em 1998, com apoio do centro Regional do estado do
Ceará-CREDE 7, implanta o ensino médio na Escola Júlia Catunda. Em 2000, assumiu na Escola
de ensino médio Aracy Magalhães Martins a coordenação do programa de formação de
professores em exercício-PROFORMAÇÃO, procurando sempre atualizar se em sua área
profissional participou de vários cursos, seminários e congressos. Especializou s também, em
magistério de ensino fundamental pela universidade estadual Vale do Acaraú. De família
política, influenciada pelo seu pai, vereador por três legislaturas e estimulada pelo seu êxito
profissional, levantando sempre a bandeira da qualidade educacional, foi eleita vereadora pelo
período de 1992 a 1996. Orgulha se em ter conseguido cotação máxima e expressiva na sede
do município e de ter obtido reconhecimento popular pelo desempenho de seu trabalho em
todos as urnas do município, fruto de seu carisma, de seu jeito amável e simpático de lidar
com os mais humildes e de seu incansável esforço de lutar em prol do membro da comissão de
constituição e justiça e participou ativamente das discussões e debates que envolviam
políticas, principalmente quando o foco era a preservação dos direitos das crianças e
adolescentes. Respaldada sempre pela verdade e a ética, resolveu num gesto grandioso
afastar se da carreira política. Concluída se participação política e comercial de santa Quitéria
por oito anos e a paticipar ativamente da vida familiar espiritual. É católica ativa e contribui
voluntariamente com os trabalhos paroquianos. Foi ministra extraordinária da Sagrada
Comunhão e partcipa da Pastoral do Matrimônio. Sua vida foi sempre preenchida com
exemplos de amor, dedicação, companherismo, fé e coragem, características que imprimem
seu caráter e sua personalidade.

PE. José Lucione Queiroz Holanda

Nasceu em fortaleza no dia 10 de janeiro de 1964. Filho do casal Raimundo Tomaz Holanda e
Maria Hosana Queiroz Holanda.

Seus Pais, obedientes a Deus e a Igreja, sempre o motivaram e o prepararam para receber os
sacramentos instituídos por Jesus Cristo. Desde cedo, demonstrou vocação para o sacerdócio,
estando sempre presente na caminhada da Igraja, através de engajamento Pastoral.

Iniciou seus estudos em 1971, na escola de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, estudou
também na Escola de 1º grau estado do Maranhão e concluiu o 2º grau na escola Genral
Osório, todas sediadas em Fortaleza (CE).

Teve sua primeira experiência de trabalho em 1983, na empresa Água Mineral Santa Inês,
ficando até 1986, quando convicto de sua vocação entrou para o seminário Regional Nordeste
I em Fortaleza. Onde iniciou o curso de Filosofia. Em 1988, saindo seminário por motivos
pessoais familiares e foi ajudar sua família. Nesse período foi professor do colégio General
Osório e prestou serviços à empresas:CBR—Granjas Reunidasd, FRUTOP, SHARP e Nacional
Gás Butano, nessa última, fez diversos cursos na área de humanas, sendo premiado com uma
bolsa de estudos na universidade de Fortaleza, onde se graduou na área de informática.

Em 1997 retornou ao seminário, fez curso de filosofia no instituto Teológico Pastoral do Ceará-
ITEP, e concluiu o curso de teologia no seminário Maior Sagrda coração de Jesus em
Teresina(PI).

Cada vez mais ciente do que queria, começou a receber autoridades eclesiáticas, as ordens
sacras para se tornar padre. No dia 10 de julho de 2002 foi ordenado diácona, iniciando sua
experiência pastoral e exercendo emoção, recebeu pela imposição das mãos de Dom Aldo de
Cilo Pagoto, a ordenação presbitral na Catedral de Sobral (CE). Após sua ordenação, foi
enviado para exercer suas funções na Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, em Sobral. Em
2006 foi designado para uma nova missão, assumindo a paróquia de Santa Quitéria, como
administrador Paroquial, onde permanece até presente Data para a alegria de todos os
paroquianos. Atualmente exerce também as funções de coordenador Diocesano de Pastoral e
Liturgia e de mestre de cerimônia da Diocese de Sobral.
PE. Lucione exerce sua vida pastoral, dedicando se ao máximo para levar a palavra de Deus a
todos, e assim resgatar para o reino de Deus aqueles que estão afastados. Pessoa Simples,
caridoso, dedicado a causa dos mais humildes e necessitados, não suporta a desigualdade e
nem compactua com a injustiça.

Francisco Farias Magalhães (in memorian)

 Nasceu em maio de 1938 na fazenda Várzea Redondas, na cidade de Santa Quitéria CE, onde
passou sua infência e o inicio de seus estudos, um pouco precário, em virtude da época. É o
segundo filho do casal Hidelbrando Anapory Magalhães e Francisca Ceci Farias Magalhães(in
memorian),

Em 1949 seus pais foram morar na fazenda ‘Alebre’ do mesmo município, de propriedade de
seu avô Luiz Simplício de Farias, onde iniciou seua trabalhos, ainda na adolescência como
agropecuarista e agricultor, ajudando seu avî e seu pai.

Em 24 de dezembro de 1959 casou se com Quitéria Teixera Magalhães, com quem constituiu
uma família de três filhos: Maria Ceci Magalhães Timbó, gerente administrativa do banco
HSBC, em fortaleza CE, formada em administração de empresas, casada com Almir Timbó,
comerciante e promovente de dois grandes forrós”Chico Napuri”, em Santa Quitéria e “Almir
timbó” em Hidrolândia-CE.o segundo filho, Conrado Idelbrando Teixera Magalhçaes,
engenheiro civil, bem conceituado, na capital cearense, casado com Vera Magalhães,
funcionário da caixa Econômica Federal, em fortaleza (UNIFOR);o terceiro filho, Francisco das
Chagas Teixera Magalhães(Nêgo), comerciante, administrador de suas propriedades rurais,
casado com Andréia Muniz Magalhães, Professora, Pedagoga, funcionária pública municipal,
seis netos, Janeina, Jéssica, Marinaa, João Pedro, Francisco(Chiquinho) e Fernando.

Chico Napuri tornou se um comerciante bem sucedido e um grande administrador de suas
fazendas.

Identificou se em razaão de seu comportamento, exemplar como um homem simples,
inteligente, comunicativo de uma sabedoria ímpar, aquirida na escola da vida. Além destas
atividades, dedicou se também a promoção do forró, na fazenda Pensilv~enia, de sua
propriedade, iniciando em 1978. Depois de algum tempo, em 1994, transferiu o evento
popular para a fazenda Colômbia também de seu propriedade, onde se realiza até hoje.

Na tarde de 24 de maio de 2005 a população quiterise foi surpreendida pela partida
inesoerada de um de seus maiores populares cidadãos. Chico Napuri como era chamado para
cumprir nova missão junto ao senhor, deixando como maior legado para sua família, o seu
exemplo de vida.

25ª Festa das Personalidades Dezembro/2008

Francisca Apoliao albuqueruqe Parente, conhecida como Meire, nasceu no dia 22 de
Fevereiro de 1963, na cidade de Sobral. Ceará. É a décima priemira filha, numa prole de sete
homens e quatro mulheres. Seus pais, Luiz Correia Albuquerque e Júlia Apoliano Albuquerque,
falecida, conceberam os seguintes filhos, em ordem cronológica: Cesário, Ana Maria,
Raimundo, Francisco, José Roberto, Antônio, Deusimar, Maria Conceição, Gerson Luiz e
Meire;dois são falecidos, Cesário e Antônio.

Cursou o primeiro aoquinto ano primário na Escola de 1º grau Progessor Arruda, em Sobral. No
final do ano de 1975, se mudaram para Fortaleza, onde concluiu o primeiro e segundo grau no
Colégio Farias Brito.

Em 1982, ingressou na faculdade de enfermagem, na universidade de Fortaleza(UNIFOR),
formando se no ano de 1985. Após graduar se, foi indicada para ser estágiaria no Núcleo de
atenção Médica integrada(NAMI), por um período de um ano, prestando assistência de
enfermagem no setor de pediatria e ginecologia/obstetrícia.

Ainda no NAMI, foi contemplada com uma bolsa integral para o curso de Pós Graduação-
Educação de Saúde Pública. Concluindo esse curso, iniciou se a faculdade de administração de
Empresa, também na UNIFOR, onde fez até o segundo ano. Nessa mesma época já trabalhava
na clínica do Dr. Jonas Marinho, realizando exames de audiometria e timpanometria em
pacientes portadores de problemas auditivos.

Em 17 de março de 1988, casou se com João Rodrigues de Assis Parente Neto, Engenheiro
Civil e Empresário no comércio Farmacêutico. Com o casamento mudou se para Santa
Quitéria, interrompendo o curso de administração de empresa. Do enlace matrimonial
nasceram três filhos: Kriscia 18 anos, universitário cursando o primeiro ano de farmácia, na
UNIFOR, Andressa 16 anos, cursa a primeira série do ensino médio, no colégio Christus, em
Fortaleza, Heitor, 13 anos, cursa o 8º ano no colégio Dom Bosco.

Em 1996, concluiu, em nível de graduação, o curso de formação especial de pedagogia-
Licenciatura Plena, na universidade Vale do Acaraú(UVA), em Santa Quitéria.

Outros Cursos importantes foram realizados, como: Curso Intermediário de inglês, Curso
Básico em gestão de sistemas locais de saúde, capacitação em planejamento estratégico
Mnicipal-PRODER, comunicação Oral, curso de aperfeiçoamento de professores de física do
ensino médio-PRÓ-CIÊNCIAS, NoçõesBásicas para profissionais de farmácia, I Fase do
programa de Desenvolvimento de Lideranças-SEVRAE IDEAL. Recebeu o certificado pela arte
de gerenciar e intgrar a equipe do sistema local de Saúde, certificado conferido pela 11ª célula
regional de saúde, Sobral(CE).

Em 1998, após submeter se a concurso público estadual, assumiu o cargo de professora do
Ensino Médio Ragional, ma Escola de ensino médio Aracy Magalhães Martins.

Em 2005, outro curso de Pós graduação foi concluído, agora na área de educação,
psicopedagogia, o qual auxilia a detectar as dificuldades de aprendizagem de seus alunos.

Primeira mulher a ser membro do Rotary Club de Santa Quitéria quando, no ano de 2006,
assumiu a presidência do clube; foi cotada a ser governadora assistente do Distrito 4490 do
Rotary, no entanto, por motivo superior, não pode aceitar a missão.

Junto de seu esposo, fez parte do encontro de casais com crsito(ECC) e está sempre disponível
a prestar serviços à Igreja Católica.
Após seu casamento, prestou atendimento na farmácia Parente, e em 1995, foi convidada pelo
Prefeito atual, em seu primeiro mandato, Dr. Tomás Figuereirdo, a assumir a Secretaria
Municipal de Saúde, onde permaneceu até o final de 1996. Uma das grandes metas alcançadas
foi a redução da mortalidade infaantil, de 88 por mil nascidos vivos, para 32. Abraçou com
muita propriedade o programa Viva bem no bairro, através do qual foram criados os líderes de
bairro. Criou a emergência municipal no centro de Saúde Dr. Otávio Lôbo, com atendimento
médico 24 horas.

Nos ano de 1997 a 2000 exerceu o cargo de secretária Municipal de saúde no município de
Hidrolândia, onde foi implantada unidades de saúde com atendimentos médicos, odontológico
e de enfermagem-Programa saúde da família(PSF), foi incrementado o trabalho dos agentes
comunitários de saúde e instalada a farmácia básica municipal, com grande estoques de
medicamentos, uma das suas maiores conquistas no município de Hidrolândia foi conseguir
enquadrá-lo na 11ª célula Regional de Saúde, em Sobral, até então, pertencia a regional de
Crateús.

No período de 2001 a 2008 desenvolveu vários trabalhos junto à secretaria municipal de saúde
, como: a desnutrição em menores de um ano de idade caiu 6% para 1; o índice de vacinação
subiu 79 % para 97; o índice de mulheres com pré natal em dia subiu de 89% para 99 e o
grande salto, reconhecida por toda regional de saúde, a mortalidade infantil, o número de 29
por mil nascidos vivos, foi reduzido para 12. Aqui vle ressaltar que a média nacional no ano de
2007 foi de 26 mil nascidos vivos, e em Santa Quitéria, este índice é 100% menor que a média
do Brasil. Além de melhorias nos indicadores, foram contratadas várias especialidades
médicas, com a instalação da policlínica Dr. Afonso Walter Magalhães Pinto, num total de dez
especialistas. Foi ampliada a emergência do hospital Municipal, instalada a agência
transfusional(sangu) e o seviço de copa; foi elevado o número de cirurgias, consideravelmente,
foram construídas nove unidades básicas de saúde, como também foram adquiridas sete
ambulâncias. Além da Farmácia Básica, na sede do município, foram implantadas farmácias
básicas em todos os distritos e comunidades maiores, num total de nove, as quais abastecem
95% da população. Foi ampliado o quadro de funcionários, sendo vinte médicos, dezoito
enfermeiros, cento e doze agentes comunitários de saúde, cinco dentistas. Recentemente foi
obtida a aprovação do centro de apoio Psicossocial(CAPS), atenção à Saúde Mental.

No ano de 2005, submeteu se ao concurso público estadual, para o cargo de enfermeira,
obtendo êxito e assumindo essa missão no município de Santa Quitéria. Nesse mesmo ano,
recebeu d câmara Municipal, o título Honorífico de Cidadã Quiteriense.

Atualmente, continua sendo professor de Física e secretária Municipal de Saúde de Santa
Quitéria, sendo grande o reconhecimento pela oportunidade que Dr. Tomás Figueiredo
concebeu demonstrar seu trabalho. Tem como lema em todas as suas atividades: Humanizar é
prioridade.

Dr. Fernando Aurélio Martins Magalhães

Nasceu aos 14 deis do mês de janeiro do ano de 1970 na cidade de Fortaleza estado do Ceará,
sendo o décimo primeiro filho de Francisco Orlando Magalhães e Terezinha de Jesus Martins
Magalhães. Casou se com a advogada Valéria Mesquita Magalhães, de cujo consórcio
nasceram os seguintes filhos: Fernanda Mesquita Magalhães e Davi Mesquita Magalhães.

 Cursou o primário no colégio Educandário”O Mindinho” em Santa Quitéria. Iniciou o ginásio
no colégio Fonseca Lôbo, optando por terminá-lo em Fortaleza no colégio Erotildes Lôbo.
Concluiu o Cientifico em fortaleza no colégio Cearense Coração de Jesus nesta mesma cidade.
Prestou vestibular na universidade Estadual do Ceará para medicina veterinária e na
universidade Federal do ceará para odontologia obtendo classificação em ambos os cursos
com a idade de 17 anos. Ser dentista era um sonho que trazia desde infência, fazendo então,
no ano de 1988 a escolha por cursar Odontologia, terminando o curso em 1992 sendo
diplomado Cirurgião Dentista.

Após a conclusão do curso superior retornou a Santa Quitéria e instalou consultório
odontológivo próprio, à Rua Adroaldo Martins, Centro. Concomitantemente trabalhou em
consultórios públicos nas cidades de Monsenhor Tabosa, Catunda e Snta Quitéria durante 6
anos. Em 07 de fevereiro de 2006 inaugurou o HUMANUS- Centro de serviços e Saúde
prestando diversos serviços população na área odontológica, médica e jurídica.

Procurando sempre atualizar se e buscndo expandir os conhecimentos em sua área de atuação
profissional participou de vários seminários e congressos. Fez cursos de longa duração, dentre
eles, aperfeiçoamento em endodontia n UFC(janeiro a agosto de 1996), aperfeiçoamento em
prótese fixa na UFC(março de 1997 a março de 1998), aperfeiçoamento em dentística na
UFC(Janeiro a outubro de 1999), aperfeiçoamento em ortodontia –Técnica deRickett’s na
ABO(agosto de 2001 a janeiro de 2003), estudos avançados em ortodontia n clínica IESO na
cidade de Fortaleza(Março de 2003 a março de 2006),onde por se destacar como melhor aluno
, começou a administrar aulas, tendo como sua orientadora a professora Mestre em
Ortodontia Dra. Laura Carvalho. Neste mesmo período concluiu uma mídia em cd com o
título”Exercícios de VTO”, o qual é composto por animações gráficas que estão servindo para o
ensino do diagnóstico e planejamento do tratamento ortodôntico. Atualmente é mestrando
emn Ortodontia pela UNICEUMA- Centro Universitário do Maranhão. Neste ano de 2008 em
participação no congresso de Ortodontia SPO, na cidade de São Paulo, segundo maior
congresso de ortodontia do mundo, teve seu trabalho “Método informatizado por meio de
programa Autocad, para diagnóstico ortodôntico”premiado em segundo lugar. Devido ao
sucesso deste trabalho apresentado, ganhou o espaço na revista Ortodontia SPO e publicou
artigo relacionado ao tema.

Homem sério, íntegro, que transforma seus pequenos atos do dia em grande ensinamentos e
exemplos de amor, dedicação e trabalho para sua esposa e filhos, direcionando sempre sua
ações para ensinamentos de Deus e discernimento humano.

Dr. José Carlos Magalhães Martins

José Carlos Magalhães Martins nasceu em Santa Quiotéria (CE). Filho de José Catunda Martins
e Terezinha Magalhães Martins. Tem Qutro irmãos Mari do Socorro, Modoaldo Hélio, Cândida
Maria e Francys-Mayre.
Fez seus primeiros estudos com sua mãe. Cursou o primário no grupo Escolar Júlia Catunda, o
Ginasial no centro Educacional Fonseca lobo e o Cientifico no colégio Liceu do Ceará. Foi
aprovado em 17º lugar no curso de Ciêncas econômicas d UFC, concluindo o nível superior em
1980.

Enquanto estudante universitário ministrou novos conhecimentos, dedicando se às áreas de
economia, Planejamento e Informática; realizando cursos de extensão e participando de
congressos, Seminários e Conclaves, tais como: Contrologia, Planejamento Governamental,
Administração Financeira, Energização Rural, Planejamento Estratégico Situacional,
informações par o planejamento. Curso: Carreira e Potencial realizado no sindicato dos
economistas do ceará; dentre outros.

No exercício de seu atividade profissional trabalhou na Coelce, Synapsis(Grupo Enersis),
Governo do Estado, Assembléia Legislativa, Câmara dos Deputados e Prefeitura de Sobral,
exercendo nesses órgãos e empresas elevados cargos, onde destacamos:

Coelce: Economista da área Comercial e de Sistems Gerenciais, Analista de Sistemas, Acesor de
informática e Chefe de Divisão de Redes de Dados de Telefonia: Synapsis: Chefe da Divisão de
Rede de dados e Telefonia e de suporte e desenvolvimento tecnológico e subgerente de
serviços corporativos das empresas do grupo sediados no páis; Governo do estado: Diretor de
Informática, Diretor Chefe Ed Gabinete da Secretária de transportes, comunicações e
Obras.Destacou se na elaboração do orçamento e na lei de diretrizes do estado,na
coordenação do programa de investimentos estaduais e atividades do programa de
transportes; Assembléia Legislativa: Chefe de Gabinete da Presidência da Assembléia
Legislativa(Gestão Cid Gomes), elaborando também vários projetos de reestruturação do
Poder Legislativo; Câmara dos deputados: Secretário Parlamentar e chefe de Gabinete do
Deputado Leônidas Cristino, participando de reformas de magnitude nacional como as
tributárias, política e previdenciária; prefeitura de Sobral: Chefe do Escritório da prefeitura em
fortaleza(Gestão Cid Gomes) e chefe de gabinete do prefeito Leônidas Cristino. Atuou nos
estudos que mudaram a história de Sobral e atualmente coordena também as áreas de
informática e comuncação.

Presente nas atividades da sociedade civil ocupou várias funções de destaque como presidente
do Conselho Regional de Economia do Ceará, Tesoureiro do Partido Popular Socialista e atual
presidente do partido Republicno Brasileiro em Sant Quitéri, dentre outras atuações.

Recebeu diverss condecorações e insígnias, salientando s o troféu machadinha simbólica do
corpo de bombeiros do ceará, o troféu dom José, o título de Cidadão sobralense, Troféu
Grande Prêmio cidade de Sobral, troféu amigos da biblioteca municipalde Soral Lustosa da
Costa, Troféu Classe A e Troféu Sebastião Albuqueruqe.

José Carlos Martins sempre primou por seu um homem honesto, competente, social e sempre
valorizou sua terra natal, pondo em relevância suas tradicionais raízes familiares.

Dr. Tomás Antônio Albuquerque de Paula Pessoa Filho

Nasceu no dia 25 de agosto de 1981 na cidade de Fortaleza no estado do Ceará, filho do casal
Tomás Figueiredo e Cândida Figueiredo. Tem duas imrãs: Fátima e Joana Carolina.
Realizou o estudo primário na Escola Inácio, e continuou os estudos nos colégios Geo Studio,
Christus e Espaço Berto. Formou se em Direito na Unfor- Universidade de Fortaleza e cursa
administração na UECE- Universidade Estadual do Ceará. Mesmo durante a faculdade realizou
curso e inglês para negócios e conhecimentos jurídicos na cidade de Bourmemouth na
Business School em Londres, e em seguida morou em Madri pra realização de Curso de
Espanhol.

Contando com espírito empreendedor, Tomás Figueiredo Filho é empresário do ramo de
renovadora de pneus e gerencia a “Mas Pneu”. A busca por conhecimento é continua, sendo
um ativo participante de seminários, palestras, congressos, que tenham com tema, a política,
administração ou direito.

Na família além dos pais, Tomás e Cândida, e do tio e padrinho Alexandre Figueiredoserem
políticos reconhecidos, seu avô foi o bem sucedido Deputado federal Chico Figueiredo,
idealizador de vários projetos importantes, dentre eles a construção do açude Edson Queiroz
em Santa Quitéira e o curso de Veterinária na UECE.

E em 2008 aflorada a paixão pela política Tomás Filho decide se candidatar ao cargo de
Deputado Estadual pelo PSDB, apoiado por toda a família e amigos logrou êxito nas urnas com
mais de 42 mil votos. Tomás é um dos mais assíduos parlamentares com discursos que vão
desde tecnologia e economia, educação e segurança, que defendam principalmente os
interesses da região norte sua cidade de coração Santa Quitéria, com seu posicionamento é
elogiado freqüentemente pela imprensa, formadores de opinião e profissionais das mais
diversas áreas. Na assembléia Legislativa, Tomás é vice Líder da bancada do PSDB, membro das
comissões de Indústria, comércio, Turismo e serviço, de seguridade Social e saúde, de infância
e adolescência e Viação, transporte, desenvolvimento Urbano e Interior. No PSDB – Partido da
Social Democracia do Brasil, ocupa o cargo de Vice- Presidente Estadual.

Sr. Raimundo Mesquita Martins(Sr. Martins) – in memorian

Raimundo Mesquita Martins, conhecido como Senhor Martins, homem de grandes
qualidades, trabalhador, humilde e generoso. Desenvolveu no nosso município atividades
pecuárias, na fazenda Timbaúba; na indústria com a USINA IARA; também foi comerciante e
chefe político de grande influência. Filho de Francisco Pereira Martins e Carolina Alves de
Mesquita. Nascido em 9 de março de 1894. Casado com Marioa Aracy Magalhães Martins, filha
do ex prefeito e comerciante Manoel Rufino Magalhães. São seus filhos: Miracir, Edimilson,
Carolina conhecida por Marrina, José Haroldo Martins(falecidos), Maria Arsênia, Airton e
Neide. São seus irmãos: Manoel Martins Sobrinho(Fazenda Torróes), João Mesquita
Martins(Dr. Jucá), conceição Mesquita Martins, Francisco Martins Filho (Caboclinho). No início
de século XX por iniciativa do Cel. Manoel Alves da Fonseca Lôbo, foi instalada uma fábrica de
descaroçar algodão, que logo após a morte do Cel. Manoel Alves seus herdeiros venderam ao
Sr. Martins, conhecida por BULANDEIRA e que por sugestãi da poetisa Aracy Martins, esposa
do Sr. Martins recebeu o nome de usina IARA. Falecido em 22 de maio de 1955, legou
exemplos de vida e caminho a seguir Sr. Martins foi realmente um homem digno, humilde e
genereso. No nosso município temos um distrito com seu nome, deistrito de Raimundo
Martins, localizado nas terras de uma das suas fazndas, a FAZENDA TANQUES.
A família sente se honrada ao Rotary pela oportunidade do Sr. Martins ser escolido para
receber a comenda do Mérito Rotário de 2008, Lembrando sua vida simple, modesta e
exmplar; temos a certeza de que Raimundo Mesquita Martins foi em vida um verdadeiro
cidadão.

  26ª Festa das Personalidades 12/dezembro/2009

Dr. Benício Paiva Mesquita

Nasceu no dia 22 de maio0 de 1949 na Faz. Passagem do Meio(Rio do Macaco)- Santa Quitéria
(CE). Filho do Casal João de Mesquita Magalhães e Mariana Paiva Mesquita. Seu pai, João
Mesquita trazia 9 flhos de seus casamentos passados. Depois de Benício, primogênto do casal,
nasceram Antônio, Ademar, Moacir e Vicente.

São seus filhos: Rafael Carvalho Mesquita(Médico),Denise Carvalho Mesquita(Psicóloga) e
Eveline Marques. Casou se pela segunda vez com a advogada Gerlyane Mara Oliveira de Sousa.

Iniciou seus estudos na Faz. Passagem do Meio e veio para a cidade de Santa Quitéria, onde
permaneceu até seus 18 anos. Em 1968 foi morar na cidade de Goiânia (GO) e em seguida Rio
de janeiro, e já trabalhou como operário de construção civil, vendedor, balconista de
supermercado e montador em indústria de calçado. Em 1972 retornou ao ceará e com seus
irmãos Ademar e Moacir, instalaram um ar e lanchonete em Fortaleza, e com muita
persistência e trabalho, custearam seus estudos e conseguiram se formar.

Dr. Benício graduou se em Odontologia pela Universidade Federal do Ceará(UFC) em 1981.
Realizou inúmeros cursos de qualificação e especialização profissional: Curso de Especiação em
implante de prótese sobre implante, Periodontia e Saúde Pública, aperfeiçoamento em
Implantodontia, Estomatologia e Cirurgia Oral Menor. Participou das ativdades de pesquisa
DAEMEC,;”Pré-Operatório na Clínica de Exodontia”. Foi concursado para Marinha Mercante,
Dentista da Polícia Militar do Ceará e da Secretaria Estadual de Saúde do Estado. Atuou em
quase 150 cursos inerente a Odontologia e em mais de 40 congressos, qualidade de
congressistas, debatedor e conferencista.

Em sua profissão ocupou vários cargos de destaque:Presidente do IX Congresso Cearense de
Odontologia, Presidente da associação Brasileira de Odontologia – Seção do Ceará, Presidente
do conselho Regional de Odontologia do Ceará, ambos por 2 mandatos, Membro da câmara de
Saúde Suplementar da Agência Nacional de Saúde (ANS) e Suplente do Conselho Federal de
Odontologia.

Atualmente Dr. Benício Mesquita atua com competência e Brilhantismo na qualidade de
cirurgião Dentista e como Membro efetivo do conselho Federal de odontologia.

PE. Jacó Sidarta de Sousa Vieira

PE. Jacó de Sousa Vieira é natural da cidade de Santa Quitéria, Ceará. Nasceu no dia 15 de
junho de 1978, é filho do Sr. José Mendes Vieira e da Sra. Maria das Graças Andrade de Sousa
Vieira. É o segundo mais velho dos sete filhos.
Recebeu a graça do batismo no dia 22 de setembro de 184, na igreja matriz de Santa Quitéria,
ministrando pelo Mons. Luiz Ximenes Freire. E desde sua infência teve seus pensamentos
voltados para o desejo de ser sacerdote, e estessentimentos alimentos pelo testemunhos de
Santidade de seu pároco, do qual era coroinha, e pelo incentivo de amigos e professores.

Depois de concluir os estudos nos colégios Centro educaional Fonseca Lôbo Municipal
quiteriense e demonstrando engajamento no serviço pastoral na comunidade paroquial, foi
enviado para o seminário são José de Sobral plo padre José Edmilson Eugênio.

Tendo terminado a experiência como propendeuta, seu estimado reitor PE. João Batista Frota
o enviou para o cruso de filosofia no antigo seminário da prainha em Fortaleza. Com a
fundação do curso de teologia em Quixadá, no Instituto Fisiológico-Teológico imaculada
Rainha do Sertão, dom Ado Pagotto que na época era bispo diocesano de Sobra, enviou o seu
querido seminarista Jacó, para que fizesse seus estudos teológicos na universidade nascente.

Ao conluir o que as leis da igreja exigiam para ordenação sacerdotal, foi enviado para a
paróqua de São Sebastião em Ipú, Ceará, ficando sob orientação do paterno padre Raimundo
nonato timbó de Paiva, e no dia 08 de setembro de 200(Natividade e Nossa Senhora) foi
ordenado diácono sobrinho, pois a diocese de sobral estava vacante. A solene concelebração
aconteceu na igreja matriz de são Sebastião de Ipú e contou com numerosa perticipação de
padres e fiéis de nossa diocese.

No dia 28 de janeiro de 2005,na igreja central de nossa Senhora da conceição de Sobral, o
diácono Jacó de Sousa Vieira foi ordenado Sacerdote, pelas as mãos do mesmo bispo que lhe
conferiu o diaconato. Sua primeira missa foi celebrada com solenidade no outro dia, na sua
paróquia de origem também na cidade onde exerceu as funções de diácono. Depois de padre,
deu continuidade aos trabalhos que havia fazendo em ipú, mas agora com a provisão de
vigário paroquial. Depois de alguns meses, D. Fernando Saburido, o transferiu para a paróquia
do sagrado Coração e Maria Morrinhos.

Sua posse foi no dia 30 de outubro de 2205 e desde então, segundo o que diz o povo de
morrinhos, tem prestado com a graça de Deus e a proteção de Maria Santíssima, um fecundo
trabalho de evangelização que tem transformado vida das pessoas do Vale do Acaraú.

Vereador José Francisco Paiva

Nasceu na fazenda Casa Nova, no dia 19 de março de 1964, municio de Santa Quitéria.Filho do
casal Gregório Pereira de Paiva e Hilda Preira de Paiva. É o terceiro dos doze filhos do csal.
Casou se no ano de 1989 com a professora Maria Aurismênia Chaves Farias, com quem tem
dois filhos: Jhackson Diego Chaves Paiva e José Francisco de Paiva Junior.

Iniciou os estudos com sua avó, n fazenda Crispim e após alguns anos estudando na cidade de
Hidrolândia, onde concluiu as primeiras séries do ensino primário veio, em 1975, morar em
Santa Quitéria, onde ingressou na escola Estadual Júlia Catuda, comcluindo AL o Primeiro
Grau. Em 1979 ingressou no Centro educacional Fonseca lobo para cursar o 2º grau onde o
concluiu no ano de 1982. É professor habilitado em História e Geagrofia, pela UVA-
Universidade Vale do Acaraú, no campus avançado de Santa Quitéria.
De 1983 a 1988 esteve em Brasília, na oportunidade trabalhou no setor de restaurantes e
lanchonetes; regressando à Santa Quitéria montou uma farmácia em sociedade com um
amigo; Após mudou para o ramo de secos e molhados, fundando a Mercearia São José, no
Mercado Público.

Aos 18 anos, lançou se candidato a vereador pelo estinto MDB, porém cinda a se eleger
apenas em 1996 para a câmara Municipal, pelo PPS- Partido Popular socialista. Atualemente
pertence ao PSDR- Partido da Social Democracia Brasileira. Como parlamentar, destaca se em
várias áreas, criando um projeto de Leis, por exemplo: regulamentação dos mototaxitas;
criação do programa de aproveitamento dos recursos hídricos; criação do conselho tutelar;
criação da guarda municipal;projetos de eletrificação Rural; Projeto de Mini adutoras, dentre
outros; Luta Também junto ao Governo do Estado pelas obras do Projeto São José.

É membro do Rotary Club de Santa Quitéria, sendo o seu presidente de 1998 a 1999,onde fez
uma administração voltada a discutir os problemas do interesse do município, dando apoio a
palestras de assuntos importantes. Católico praticante, juntamente com a sua esposa, faz
parte de várias pastorais, sempre participando e presente nos trabalhos de evangelização
desenvolvidos na Paróquia.

É o atual presidente da Câmara municipal e tem voltado seu mandato para a moralização e
valorização do legislativo de Santa Quitéria, seus principais projetos de destaque são: a edição
do Jornal da Câmara, a implantação do programa de rádio, a criação de uma página na
internet, ações que visam divulgar as ações dos vereadores de Santa Quitéria. Também na
qualidade de presidente da Câmara Municipal é atualmente membro da diretoria da UVC-
União dos vereadores e Câmaras do Ceará. Por incumbência de seu mandato, exerceu o cargo
de prefeito, por força de decisão judicial, de 7 a 12 de maio de 2009.

Sua visão futurista de homem público levou-o a empreender um amplo processo de reforma
da lei orgânica municipal, processo este que esta em tramitação no Legislativo quiteriense, que
vem se realizando com ampla participação da sociedade quiteriense.

Maria de Fátima Carlos de Sousa Ferreira

Nascida aos 13 de maio de 1963, na fazenda Massapé, Santa Quitéria – CE, Maria de Fátima
Carlos de Sousa Ferreira é a terceira filha do Casal Antônio Belarmino Sobrinho e Maria Carlos
de Sousa, tendo como irmãos Francisco José, José Manuel, Adroaldo, Antônia Odete(Falecida),
Karla Rejane e Antônia Avanda. É casada com Antônio Arilson Lopes Ferreira, professor e
funcionário do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará.

Apresentada às letras por sua mãe, na escola Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, fundada
pela mesma com o intuito de ensinar as crianças em sua propriedade e das fazendas vizinhas.
Passou a residir na sede do município, com a avó Raimunda e tias Maternas, Rita e Prudencia,
que a receberam comtodo carinho e amor e lhe criaram como se filha foss, sendo matriculada
na escola Júlia Catunda, onde cursou a 3ª a 7ª séries, vindo concluir o(curso magistéria) no
colégio Fonseca Lôbo.

Em 1983 deu início a sua longa trajetória no que viria a ser a paixão da sua vida: o Magistério.
Começou a lecionar no colégio Fonseca Lôbo a disciplina de artes visuais . Mas seu desejo era
trabalhar com crianças, quando em 1984 surge a oportunidade de realizar seu sonho, é
convidada para ser alfabetizadora do educandário “O Mindinho”, hoje Colégio dom Bosco, ali
ficando até 1985, ano em que resolve alçar vôos mais altos, e decide montar a própria Escola
Infantil e imprimir a sua marca na educação deste município, chamando a de Escolinha Pingo
de Gente, que com garra e determinação transformou no Colégio Paulo Freire, oferecendo
desde o ensino infantil ao pré vestibular, tornando o um sinônimo de qualidade em educação
local, onde continuou o seu mister de alfabetizar as futuras gerações deste torrão.

Sempre buscando a perfeição e o desenvolvimento, marca indeléveis de sua personalidade,
realizar o cursos de educação Pré-Escolar e Infantil, Administração de empresas, secretariado
para ensino de 1º e 2º graus e o de Pedagogia, todos na universidade Cale do acaraú(UVA). Na
cidade de Canindé fez o curso processo deformação continua dos parâmetros em ação.

Teve honra de ser convidada pela escola Aracy Martins para ministrar aulas no programa
tempo de avançar(Telecurso) e para integrar o projeto ensino médio rural, de autoria da Prof.
Ana. Maria Peres Magalhães, onde tendo a distancia e as intempéries como adversários, não s
furtou ao desafio, e participou da primeira iniciativa do gênero em nosso estado.

Recebe agradecida e sensibilizada a relevante comenda do Mérito rotário por seu reconhecido
Trabalho como professora e empresaria no Município de Santa Quitéria.

Geracina Lobo de Mesquita(In memorian)

Nasceu no dia 1 de dezembro de 1913 na fazenda Rita, no município de Santa Quitéria, filha de
Manoel Rufino Porfirio de Sousa Lôbo e Ana Maria Lessa Lôbo. Casou seno dia 11 de junho de
1940, com Raimundo Mesquita sobrinho, que desse união tiveram 5 filhos: José Arteiro lobo
de Mesquita(in memorin) casado com Maria das Dores Magalhães Mesquita; Francisca Neyle
Mesquita colares Alves, casada com Maurício Colares Alves; Francisco Ronaldo Lôo de
Mesquita, casado com Inocência Márcia Paiva Mesquita; Antonio Luzardo Lôbo de Mesquita,
casado com Maria Lourdes Andrade Mesquita; Ana Maria Lôbo Mesquita Oliveira, casada com
José Everton de Oliveira. Como amorosa mãe, foi agraciada com uma filhsaa de coração, suelia
Rodrigues de Paiva Parente, sendo esta, casada com Francisco Régis Parente, o que totaliza 23
netos, 26 bisnetos e 1 tataraneta, do seu cuidado maternal.

Foi a primeira Dama do Município, onde ao lado do seu esposo viveram 50 anos de ffaliz união
conjugal. Esposa, irmã, mãe, avó, sogra e amiga de todos, sem fazer distinção das qualidades
que lhe eram peculiares. Todos que tiveram o privilégio de conviver com a sua boa e agradável
amizade, sabe o quanto ela era especial. Destacando aqui a amizade e gratidão que ela tinha
junt com seu Esposo, pois dexaram aqui 1.020 afilhadas, era hospitaleira, sempre tinha um
cantinho em sua residência oara hospedar seus parentes e amigos, e principalmente suas
comadres. Tinha uma personalidade forte, pois todos estavam do lado dela com muito amor,
amizade e respeito.

Uma de seus festas preferidas foi a Festa das Personalidades, em que sua presença fez se os
seus 92 anos, o que seria para nós, muito gratificante e acolhedor sua presença entre nós
neste dia.

                        27ª Festa das Personalidades 22/01/2011
Manoel Filho de Sousa Medeiros

Filho dos agropecuaristas Manoel Joaquim Sousa e Maria Otília de Sousa Medeiros. É o quinto
filho de uma família de sis irmãos. Nasceu na cidade de Tauá-Ce, em 20 de setembro de1963,
desde muito cedo se identificou com o mundo das letras, inicialmente estudou na cidade onde
nascera, e veio a concluir seus estudos do ensino fundamental e médio em Santa Quitéria, pois
a incubência de representar seu cunhado na filial de uma das suas empresas, trouxe-o para a
Terra que o adotou constituiu fortes laços de amizade. No rol de amigos encontra uma das
razões de sua vida, Digelma Mesquita Martiniano, com quem casou em 1994. A partir de
então, outras jóias apareceram na sua vida: o casal de filhos Mariana Mesquita Martiniano
Medeiros, atualmente com traze anos, estudante e modelo; e Guilherme Mesquita Martiniano
Medeiros, hoje com dois anos.

No ano de 1984, presta vestibular para o curso de letras da universidade Estadual Vale do
Acaraú, obtendo uma excelente classificação e chega a concluílo em 1987. Além de Letras
passou também para o cursos de Estudos Sociais, enfermagem e educação física. Priorizou a
faculdade de enfermagem onde teve um excelente desempenho acadêmico chegando a ser
monitor de diversas disciplinas do curso. Forma se em enfermagem em 1990 e cursa
habilitação em Obstetrícia no ano seguinte. Estudar sempre foi prazeroso para o mesmo, pois
além de ser licenciado em Letras e Bacharel em enfermagem, é especialista em saúde Pública e
Psicopedagogia Institucional pela UVA. Atualmente cursa especialização em Gestão escolar
pela Universidade federal de Juiz de fora.

Com o conjunto dessas formações foi levado a ocupar diversas funções no serviço público.
Trabalhou como professor das escolas: Instituto Maria Júlia Andrade, João Rodrigues Parente,
Júlia Catunda, Fonseca Lôbo e Aracy Magalhães Martins, nesta última ocupa o cargo de
coordenador pedagógico através do concurso público. É professor efetivo do Estado desde
1997. Na saúde exerceu inicialmente a função de técnico da secretaria de Saúde do Município
de Santa Quitéria, e logo depois é convidado a ocupar a pasta da Secretaria Municipal de
Saúde , cargo que ocupou em três ocasiões. Foi diretor do Centro de saúde Dr. Otávio Lôbo e
coordenador dos agentes comunitários de saúde em Santa Quitéria, Varjota e Nova Russas.
Destacou se como enfermeiro chefe do Hospital Maternidade Arsênia Augusta Magalhães e
exerceu a função de enfermeiro no PSF-Cinzas. Hoje presta serviços de enfermagem no Centro
de atendimento Psicossocial(CAPS). É funcionário efetivo de saíde desde 1992. Foi instrutor de
cursos de auxiliar e técnicos de enfermagem do colégio Alfa e di Ministério da educação,
coordenador censitário do IBGE do censo de 1990. Teve ativa participação desportista na
modalidade voleibol seu esporte predileto.

Participou intesamente de movimentos estudantis sendo eleito diretor de saíde do Centro
Acadêmic da UVA e presidente da União dos Universsitários de Santa Quitéria(UNISQ). É um
dos pioneiros na militância política do Partido dos trabalhadores local chegando a se lançar
candidato a vereador em 1988.

Em 2005 recebeu o título de cidadão quiteriense outorgado pela câmara de Vereadores de
Santa Quitéria Solenidade no Salão Paroquial de Santa Quitéria.
Idealizador e organizador, junto com amigos, do concurso de beleza Top Girl, que atraiu
diversas modelos de outras cidades nos anos 90. Essa iniciativa lançou a semente que Fez
surgir o grande empresário de moda, criando a M4 Fashion, que se tomou uma das maiores
empresas no ramo da confecção de roupas femininas, gerando empregos para os quiterienses.
Conta com duas lojas de pronta entrega em Fortaleza. Foi proprietário da empresa Corpo em
Mídia. Recebeu Título destaque 2006, conferido pela rádio Itataia, através de pesquisa de
opinião púbica, por ter prestado relevante trabalho a comunidade de Santa Quitéria.

Como se não bastasse o “Medeiros”, como é reconhecido, não abandonou as raízes, e também
é agropecuarista,sendo proprietário da Fazenda Jurema, com m plantel de vacas Girolando,
premiadas em concursos leiteros em diversas edições da Exposição Agropecuária de Santa
Quitéria, cujo leite é comercializado pela empresa de Laticínios na vizinha cidade de sobral.

Marcelo Henrique Martins Magalhães

Marcelo Henrique Martins Magalhães, nasceu em Santa Quitéria no ia 28 de outubro de 1971,
filho de Francisco Orlando Magalhães e Terezina Martins Magalhães, Karoline Melo
Magalhães.

Cursou o primário em santa Quitéria, no colégio educandário “ O mindinho” e Fonseca Lôbo.
Em 1982 foi para fortaleza onde fez o segundo grau nos colégios Dorotéias e Geo Stúdio e o
curso técnico em contabilidade no colégio Carlos de Carvalho.

Em 1991 retornou para santa Quitéria com o bjetivo de se engajar no comércio, dando seus
primeiros passos no ramo ao lado de SUS irmãos Beto, Ornelito e Paulo na Livraria Trov e
supermercado Martmag.

Em 1993 recebeu um convite de seu irmão Marcus Magalhães para entrar em sociedade na
produção de frango e corte, surgindo a Granja Manuelito, levando o nome de seu avô paterno
Manuelito Magalhães numa justa homenagem ao grande empreendedor que foi.

Em 1994 nascia mais uma empresa do grupo, a Comercial Manuelito, no ramo de rações,
produtos agropecuários e medicamentos veterinários que hoje possui filial que fica na cidade
de Nova russas. Primeiramente ficou instalada em um pequeno quarto alugado localizado no
bairro boa Vida, com o crescimento dos negócios foi necessário um local mais amplo para
desenvolver os negócios com mais abrangência, surgia mais um desafio, construir um prédio
ao lado do Jacurutu, onde por muitas vezes durante a construção junto com seu irmão Marcus
fora chamado de “louco”, pois era uma construção de risco, mas acreditando na engenharia e
com espírito empreendedor em 1999 era inaugurado a nova loja com uma área construída
460m2, adotando um sistema de laje pro tendida, umas das primeiras obras a adotar essa
tecnologio norte e nordeste.

Concluído o novo prédio da Comercial Manuelito, Marcos e Marcelo viram uma oportunidade
de negócio na aprte superior da loja, ficaram os dois sócios a imaginar como aproveitar esta
área Livre? Foi então, depois de um estudo detalhado das necessidades comerciais de
município que surgiu a idéia da construção de um Hotel. Em 1999 foi dado início a obra e em
2002 era inaugurado a primeira etapa do Tahen hotel com 18 apartamentos, hoje já cona com
29 apartamentos, em diferente estilo, com uma conceituada estrutura referendada este ano,
pela 8ª vê consecutiva, com Selo de qualidade Sebrae; já na terceira etapa de ampliação, em
breve, estará com 70 apartamentos.

Surge em maio de 2010 mais uma empresa do grupo, a CCa- Comércio de Colchões e
Acessórios Ltda, franquia da Ortobom, com o sucesso que a franquia está proporcionando, o
grupo abriu uma filial em Nova Russas no dia 18 de janeiro de 2011.

Com todos esses empreendimentos para tocar junto com seu irmão Marcos Magalhães,
Marcelo ainda disponibiliza tempo para participação social no sai município. Realiza há 13 anos
as competições Martmag-comercial Manuelito com uma média de participação, por ano, de 40
equipes e dois mil desportistas. Em 1997 a 2002 dirigiu pela primeira vez a câmara de
dirigentes lojistas de Santa Quitéria(CDL); em 1998 a 2001 exerceu a presidência do Conselho
Comunitário de Defesa Social-CCDS; Em 1998 a 2003 fundou o Centro de Treinamento
Manuelito Magalhães, onde desponibilizou o acesso ao esporte ás crianças carentes; em 1999
até a presente data, tornou se sócio representativo do Rotary Club de Santa Quitéria,
presidindo o referido clube no ano Rotário 2002-2003; Foi presidente o período de 2007ª 2009
exerceu a vice-presidência do conselho comunitário de Defesa Social(CCDS). Com dinamismo e
visão administrativa, exerce a presidência da Câmara de Dirigemtes Lojistas de santa
Quitéria(CDL) desde 2007.

Maria do Carmo Mourão Lobo

Maria do Carmo, mais conhecida como Kaká, nasceu no disa 16 de 1962 em Santa Quitéria –
Ceará. E a quarta filha do Casal Francisco Esdras de Mesquita Lôbo e Maria de Lourdes
Mourãolôbo.

Casou se com Natalício Tenório Cavalcante Sampaio com quem teve três filhas: Marília, Mirna
e Marina. Iniciou seus estudos na Escola Particular Domingos Sávio em Santa Quitéria, cuja
diretoria era sua Tia-mãe Maria Amélia MourãoLôbo. Cursou o ensino fundamental e médio no
Centro Educacional Fonseca Lôbo, em Santa Quitéria- Ceará. Formada em letras pela
Faculdade de Filosofia dom José de Sobral, hoje UVA, e especializada em Lingue Portuguesa
pela Faculdade de Filosofia. Ciência e Letras de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro.

Iniciou sua vida profissional aos 15 anos como atendente de farmácia do Hospital Geral de
Santa Quitéria. Tendo seu currículo familiar dominado pelo magistério, mais tarde, optou pela
profissão de professora, carreira que abraçou de coração.

Exerceu vários cargos aolongo de seu vida: orientadora de apredinzagem, coordenadora da
sala de leitura, professor coordenador da Área, professora de educação infantil, ensino
fundamental, médio e superior.

Durante cinc anos, foi responsável pela coordenaçãoeditorial e revisão do livro de poesia
“Expressão do Pensamento” dos alunos do Centro Educacional Fonseca Lôbo. Fazendp dp ATP
criar versos, não ssó uma conquistas, mas também um motivo de prazer, teve inúmeros
poemas publicados em Antologias, revistas e jornais, mas ainda não teve sua obra reunida em
livro.
Foi classificada por três anos consecutivos no concursdo promovido pela câmara Brasileira de
Jovens Escritores no rio de Janeiro e fez parte do “Livro de Ouro da Poesia Brasileira
Contemporânea”,” Antologia de Poemas Dedicados”, “Os mais belos poemas de amor”, todos
com composições publicadas pela CBJE do Rio de Janeiro e escolhidos criteriosamente dentre
os mais de mil iscritos. Participou de importantes publicações de contos infantis no “DN
infantil”do Jornal “ Diário do nordeste”, colabora com a coluna do leitor do mesmo jornal e do
jornal”O povo”

Pelo Trabalho desenvolvido na área educacional, foi três anos seguidos, agradecida com a
medalha”Mérito Educacional Paulo Freire”, prêmio concedido pela 7ª CREDE aos profissionais
de escolas públicas estaduais pelo importante desempenho na educação.

Atualmente, mantém uma vida ativa, lecionando na escola Paulo Freire, trabalhando como
professora de apoio nos centros de multimeios das escolas Júlia Catunda e Aracy Martins e
ministra aulas nos “campi” avançados de Santa Quitéria.

Paulo Roberto Pinto

Paulo hoje homenageado com a comenda Personalidade 2010 do Rotary Club de Santa
Quitéria, nasceu em 06 de novembro de 1957, no município de Guaraciaba do Norte, filho
primogênito de Raimundo Roque Pinto e Gerarda Elias Pinto, passou parte de sua infância no
distrito de trapiá onde foi alfabetizado pela saudosa professora dona Izinha Lopes, aos seis
anos seus pais preucpados com o estudo dos filhos mudaram para cidade de santa Quitéria, a
sede do município. Paulo cursou o ensino fundamental até a 4º ano na Escola Estadual Júlia
Catunda, as séries finais no colégio Fonseca Lôbo e o 2º grau no colégio Maximiano Linhares,
onde cursou técnico e, administração. Sua mãe e mentora, sempre com uma visão de futuro
para seus filhos colocou se para trabalhar ainda muito jovem, seu primeiro trabalho foi na
farmácia Danila, do “Zé da Farmácia”, pertencente ao Sr. José Arteiro de Oliveira a quem
Paulo deve muito do seu aprendizado no ramo farmacêutico. Anos depois, também levado
pela vontade e entusiasmo de seus pais, Paulo inaugura a tão conhecida”Farmácia São Paulo”
a farmácia do Paulo assim carinhosamente conhecida por seus clientes, tornando se um
empresário deste ramo. Paulo pauta sua vida na honestidade, homem de muitos amiogos,
respeitado por todos que o conhecem e principalmente por seus quatro irmãos Tereza, Pintom
Roque Filho e Dr. Pedro Ricardo e demais familiares tem nele a figura de bom senso, do
amparo e da palavra amiga.

No meio de tudo isso Paulo conheceu a Queila, a jovem Hidrolandense com quem veio a se
casar e constituir uma família linda. Desta união nasceram Roberta Martins Pinto, Universitária
do curso de farmácia na Unifor, Ricardo Martins Pinto, Médico formado pela FMJ e Renata
Martins Pinto, também cursando medicina na FMJ, este com certeza, é o seu maior legado,
pois seus filhos são dádiva de Deus, que lhes trazem muitas alegrias entre a maior de todas
Queila Camile, Filha/Neta, que hoje está presente no seu dia a dia trazendo muitas bênçãos
para a vida do casal.

Além de empresário do ramo de farmácia e pecuarista, Paulo tem uma participação na vida
social e política do município e Santa Quitéria. Também tem sua parcela de trabalho no Rotary
e na CDL, mas sua marca mais forte é a sua conduta impecável de grande cidadão que o é,
sendo exemplo de amor, dedicação para todos que fazem parte do seu convívio e família.
Assim é que merecidamente hoje tem o seu reconhecimento nesta homenagem tão
importante.

Antonio Mororó Sobrinho-(in memorian)

“Homem simples, cristão de muita fé, agricultor e pecuarista”.

Nasceu na Fazenda Amontada, agreste do município de Ipú, hoje Pires Ferreira, a 16 de julho
de 1913, segundo filho de Raimundo de Sousa Mororó e Maria José de Sousa Mororó.

Em 1920 seu padrinho e tio, comprou a Fazenda Pau Ferro sem seguida a Fazenda Bom Viver,
no município de Santa Quitéria, no município de Santa Quitéria, a as entregou a seu primo e
compadre Raimundo de Sousa Mororó(Seu pai) para Administra-lá. Foi quando o menino de 7
anos, Antônio Mororó Sobrinho, guiado pelo destino veio residir no município de Santa
Quitéria.

A infância e a juventude de Antônio foram pontilhadas pela dureza da vida do Sertão; no andar
a pés com chinelos de cabresto;na labuta diária; no banho das barragens no fim de um dia
duro, sobre sol escaldante...Lá estava o menino tornando se homem.

A vida entre inverno e estiagens foi seguindo o seu curso. Os dias e as noites iam passando. O
jovem Antônio, da estaatura mediana, olhos cor de mel, faceiro, corpo atlético dirigiu-se a
Fazenda Seixo para realizar um de seus prezeres, dançar samba. Mais uma vez o destino lhe
faria uma surpresa: o olho fulgente de lindos olhos azuis, o havia d cativar,encantar e
seduzir...Nesta noite vivenciou um momento mágico e inesquecível, conheceu Maria, sua alma
gêmea. Após três meses de namoro, em 30 de novembro de 1934, pela lei dos homens de
Deus, Antônio e Maria tornam-se Marido e Mulher.

O jovem casal começa seu vida a dos em sua simples casinha na fazenda Pau Ferro. Maria
grávida e ainda inexperiente faz com que sua mãe, convença e convide Antônio para morarem
juntos, perto deles, na Fazenda Seixo. Antônio aceita a proposta e compra um pedaço de terra
mais acima da Fazenda Seixo,hoje Fazenda Cabeceiras. Jovens, corajosos e inteligentes sabim
que para ter algo precisavam pegar para valer na lida da fazenda. Os primeiros anos foram de
dureza, mas Antônio e Maria tinham um projeto de vida, queriam aumentar a propriedade,
possibitando assim maior plantio de milho, feijão, algodão, e como também, aumentar o
rebanho de gado leitero. Em 1938, auxiliado por seu cunhado Luiz Paiva, Antônio vende
algumas cabças de gado somadas a suas economias e compra a Fazenda são Roque. Seu sonho
havia se realizado.

Enquanto os sonhos iam se concretizando, a família ia aumentando... Nascem seus nove filhos,
Mauro(Militar da
Aeronáutica), casado com Magaly;Iquinho(Militar da reserva da Aeronáutica), casado com
Nilma; Oscy(Comerciante e Agropecuarista), casado com Marcolina; Maria Neci (falecida ainda
criança), Quiterinha (Professora e Política), casada com Roberto Catunda;José(Falecido ainda
criança); Francisco(Agropecuarista), casado com Neire Lúcia; Francilda(Professora), e
robledo(Militar da reserva da Aeronáutica), casado com Sé Tavares.
Homem trabalhador, afeito à luta tendo por norma o dito que de que”problemas se resolvem,
não se guardam”, Antônio começa a terminar a construção de seu casa de tijolos com ajuda de
seus filhos mais velhos e marca a sua persistência e trajetória de vida lutar diante das
dificuldades.

O casal ia criando os filhos com amor, simplicidade e respeito a Deus. Mas havia uma coisa que
preocupava o casal, era a educação dos filhos. E foi pensando assim, que resolveu comprar
uma casa na cidade. Vendeu alguns bois, que ele chamava de sua poupança, e comprou a casa.
Uma característica marcante da personalidade de Antônio era o seu desapego de ajudar os
filhos. Todos, direta ou indiretamente, tiveram seu apoio.

Homem de grande visão comercial Antônio não parou de aplicar seu dinheiro, investiu seu
capital na compra dos sítios São Felix e Timbaúba, no município de Guaraciaba do norte, que
serviam de retiradas para seu gado nos períodos de seca.

Homem de bom coração tinha grande amor pelos animais, não foram poucas as vezes que
passou a noite nos amtos em companhia de animais com problemas de saúde. Colocava Deus
acima de tudo, nada era empecilho para faltar às missas aos adomingos, mesmo morando a 12
km da cidade. Era citado pelo Monsenhor Ximenes como exemplo de cristão.

Viveu 90 anos e 45 dias de vida dedicada a servir e amar ao próximo e fiel no cumprimento dos
mandamentos de Lei de Deus. Seus Netos são em número de 26,30 bisnetos e 3 trinetos. Sua
vida é um exemplo e um legado aos seus descendentes.

Viveu trilhando os principais lemas do Rotary:”Dar de si antes de pensar em si”:” Mas beneficia
quem melhor serve”e “ Dê a mçao ao próximo”.

								
To top