Jud�-caminho suave by X228upQ

VIEWS: 9 PAGES: 6

									 APOSTILA TEÓRICA DE JUDÔ:




SENSEI: MARCOS AURÉLIO LIMA DUARTE
              SHODAN
      ÁRBITRO NACIONAL C - CBJ



       WWW.PSJSL.ORG

                                     1
                        TERMOS E TRADUÇÕES:

AGURA- SENTAR COM AS PERNAS CRUZADAS
ARIGATÔ-GOZAIMASU- OBRIGADO (LÊ-SE ARIGATOGOZAIMAS)
ASHI-WAZA- TÉCNICAS DE PERNA
AYUMI-ASHI- ANDAR NORMALMENTE
DAN- GRAU SUPERIOR
DOJÔ- ACADEMIA
ERI- GOLA
FUSEN-GACHI- VITÓRIA SEM ADVERSÁRIO (WO)
FUSSEGUI- DEFESA
GAKE- GANCHO
GARAME- TORÇÃO
GARI/HARAI- VARRIDA
GATAME- CHÃO
GOKYO- GRUPO DE 5 PRINCÍPIOS DE 8 PROJEÇÕES
GURUMA- GIRO
GUYAKU- INVERSÃO
HAJIME- INICIAR
HANDORI- TREINO LIVRE
HANE- SALTAR,LEVANTAR
HANSOKUMAKE- DESCLASSIFICAÇÃO
HANTEI- DECISÃO DOS ÁRBITROS COM UTILIZAÇÃO DE BANDEIRAS
HARA- BARRIGA
HEI- SAUDAÇÃO
HIDARI- ESQUERDA
HIKI-WAKE- EMPATE
HIZA- JOELHO
HON- FUNDAMENTAL/BÁSICO
HONTAI- DEFESA
IPPON- UM PONTO (CARACTERIZA-SE COM CONTROLE, FORÇA, VELOCIDADE E QUASE TOTALMENTE DE COSTAS)
OU OSSAEKOMI 25 SEGUNDOS, OU SHIME OU KANSETSU- ARTICULAÇÃO
JIGORO KANO- FUNDADOR DO JUDÔ, NASCIDO EM 28 DE OUTUBRO DE 1860 EM HIYOGO-JAPÃO; EM 1882 CRIOU NA
CIDADE DE TÓKIO O KODOKAN (INSTITUTO DO CAMINHO DA FRATERNIDADE); FALECEU EM 04 DE MAIO DE 1938
JIGOTAI- POSTURA DEFENSIVA
JIKAN- TEMPO/HORÁRIO
JÔSE-KI- LUGAR ONDE SE SENTAM AS AUTORIDADES
JUDÔ-CAMINHO SUAVE
JUDOGUI/KIMONO- ROUPA/UNIFORME
JUJI- CRUZADO
KAESHI-WAZA- TÉCNICAS DE CONTRA GOLPES
KAITEN- ROLAMENTO
KAMI- PARTE SUPERIOR,CABEÇA
KANSETSU-WAZA- TÉCNICAS DE CHAVES DE BRAÇO
KATA- FORMA
KATA- OMBRO (PARTE DO CORPO)
KATAME-WAZA- TÉCNICAS DE DOMÍNIO NO SOLO
KATCHI- VENCEDOR
KESA- ABRAÇO NO PESCOÇO
KIAI- GRITO
KIKEN-GACHI- VITÓRIA EM DESISTÊNCIA
KIOTSUKE- SENTIDO/ATENÇÃO
KO- PEQUENO
KODANSHA- FAIXAS CORAL (VERMELHA E BRANCA) DE 6º A 8º GRAU
KODANSHA- FAIXAS VERMELHA DE 9º A 10º GRAU
KÔ-HAI- FAIXA BRANCA/INICIANTE
KORRÔ-KAITEM-UKEMI- QUEDA COM GIRO PARA TRÁS (ROLAMENTO)



                                                                                                2
KOSHI/GOSHI- QUADRIL
KOSHI-WAZA- TÉCNICAS DE QUADRIL
KUMI-KATA- PEGADA
KUZURE- VARIAÇÃO
KYÛS BÁSICOS-GRAUS INFERIORES (BRANCA; BRANCA/CINZA; CINZA; CINZA/AZUL; AZUL; AZUL/AMARELA;
AMARELA; AMARELA/LARANJA)
KYÛS INTERMEDIÁRIOS- LARANJA, VERDE, ROXA, MARROM
MAEUKEMI- AMORTECIMENTO DE QUEDA DE FRENTE
MAITTÁ- DESISTIR
MAKIKOMI- ENVOLVER,ENROLAR
MAKURA- TRAVESSEIRO
MATÊ- PARAR
MIGUI- DIREITA
MOKUSÔ- MEDITAÇÃO
MOROTÊ- DUAS MÃOS
MUNE-PEITO
NAGUE-WAZA- TÉCNICAS DE ARREMESSO
NAGUE-AI- PROJEÇÕES ALTERNADAS
NOGAREKATA- FORMAS DE VIRADAS SAÍDAS (NEOWAZA)
O- GRANDE
OBI- FAIXA
OKURI- DESLIZAR
ONEGAI-SHIMASU- POR FAVOR, (É UM PRAZER, UMA HONRA TREINAR/LUTAR COM VOCÊ) (LÊ-SE ONEGAISHIMAS)
OSSAEKOMI-WAZA- TÉCNICAS DE IMOBILIZAÇÃO
OTOSHI- MOVIMENTO DE CIMA PARA BAIXO
RENRAKU-WAZA- TÉCNICAS DE GOLPES COMBINADOS
SANKAKU -TRIÂNGULO
SASSAE- SUPORTE/APOIO
SEITÔ- ALUNO
SEIZA- AJOELHAR
SELEITS- FORMAÇÃO DA FILA EM ORDEM DE GRADUAÇÃO
SENSEI- PROFESSOR
SHIAI- COMPETIÇÃO
SHIAIJÔ- LOCAL DE COMPETIÇÃO
SHIDÔ- ADVERTÊNCIA, PUNIÇÃO
SHI-HAN- MESTRE
SHIME-WAZA- TÉCNICAS DE ESTRANGULAMENTO
SHINSEI- POSTURA
SHINTAI- MOVIMENTAÇÃO
SHISENTAI- POSTURA NATURAL
SHITABAKI/ZUBON- CALÇA
SHOMEN NI- MESTRE/CRIADOR DO JUDÔ JIGORO KANO
SODE-MANGA
SOGO-GACHI- VITÓRIA A PONTO SOMADO
SONOMAMA- NÃO SE MOVA
SOREMADE- TERMINOU
SOTO- EXTERNO
SUMI- CANTO,ÂNGULO
SURI-ASHI- ANDAR ARRASTANDO OS PÉS
SURIPPA/ZORI- CHINELO
SUTEMI-WAZA- TÉCNICAS DE SACRIFÍCIO
TACHI-HEI OU RITSU-HEI- SAUDAÇÃO EM PÉ
TACHI-WAZA- TÉCNICAS EM PÉ
TAI-SABAKI- DESLOCAMENTO DO CORPO
TANI- VALE
TATE- VERTICAL EM PÉ
TE-WAZA- TÉCNICAS DE BRAÇO
TOKETA- FIM DE IMOBILIZAÇÃO.
TOMOE- CIRCULAR
TORI- QUEM APLICA O GOLPE
TSUBAMA- ABISMO
TSUGUI-ASHI- ANDAR COLOCANDO UM PÉ A FRENTE E ARRASTANDO O OUTRO SEM ULTRAPASSÁ-LO
TSUKOMI- TAMANHO/VOLUME
TSURIKOMI- LEVANTAMENTO COM AS DUAS MÃOS
UCHI- INTERNO
UCHICOMI- TREINO DE ENTRADA DE GOLPES
UDE -BRAÇO
UKE- QUEM RECEBE O GOLPE
UKEMI- AMORTECIMENTO DE QUEDA (ROLAMENTO)
URA- LADO OPOSTO



                                                                                                  3
USHIROUKEMI- AMORTECIMENTO DE QUEDA DE COSTAS
UTSURI- TROCA,MUDANÇA
UWAGUI- CASACO
WAKARE- SEPARAÇÃO
WAKI- AXILA
WAZARI- MEIO PONTO (FALTA UM DOS ELEMENTOS DO IPPON) OU OSSAEKOMI 20 A 24 SEGUNDOS
WAZARI-AWASETE-IPPON- SOMA DE DOIS WAZARIS
WIKI- PUXADA
YAMA -MONTANHA
YOKOUKEMI- AMORTECIMENTO DE QUEDA DE LADO
YOSHI- CONTINUAR
YUKO -UM TERÇO DE PONTO (GERALMENTE QUEDAS LATERAIS) OU OSSAEKOMI DE 15 A 19 SEGUNDOS
YÛNDANSHA- FAIXAS PRETAS DE 1º A 5º GRAU
ZA-HEI- SAUDAÇÃO AJOELHADO
ZEMPÔ-KAITEM-UKEMI- QUEDA COM GIRO FRONTAL (ROLAMENTO)




                        CONTAGEM EM JAPONÊS:

ICHI- UM
NI- DOIS
SAN- TRÊS
SHI-QUATRO
GO- CINCO
ROKU- SEIS
SHITCHI/HITCHI- SETE
HATCHI- OITO
KYU- NOVE
JYU- DEZ
CONTAGEM DE 11 A 19-JYU ITCHI........JYU KYU
NIJYU- VINTE
CONTAGEM DE 21 A 29- NIJYU ITCHI....... NIJYU KYU
SANJYU- TRINTA
CONTAGEM DE 31 A 39- SANJYU ITCHI...... SANJYU KYU
YONJYU-QUARENTA
CONTAGEM DE 41 A 49- YONJYU ITCHI...... YONJYU KYU
GOJYU- CINQÜENTA
ROKUJYU- SESSENTA
NANAJYU- SETENTA
HATCHIJYU-OITENTA
KYUJYU- NOVENTA
HYAKU- CEM
SEN- MIL
MAN- DEZ MIL




                                                                                        4
                  SAUDAÇÃO INICIAL E FINAL:
AO INICIAR:
SELEITS; KIOTSUKE; SEIZA ; SHOMEN NI HEI ; SENSEI NI HEI;TATE

AO TERMINAR:
SELEITS ; KIOTSUKE ; SEIZA ; MOKUSÔ ; YAME ; SENSEI NI REI ; SHOMEN NI
HEI,TATE


OBSERVAÇÕES:
   A saudação é um momento de respeito e atenção.
   Ao ser dito o seleits devem se posicionar os senseis de costas para shomen in,os
     mais graduados à esquerda,os alunos se posicionam de frente para shomen in,os
     mais graduados à direita.
   O aluno mais graduado diz os comandos.
   Em kiotsuke verificar a postura com calcanhares juntos,pés semi-abertos na
     frente,ereto,mãos juntas às pernas.
   Em seiza ajoelhar-se primeiro com a perna esquerda,colocar as mãos sobre os
     joelhos e após hei,levantar-se primeiro com a perna direita.
   Em mokusô fechar os olhos,agradecer pela oportunidade de aprendizado e por não
     ter se machucado.
   Quando houver dois senseis,após o hei final devem saudar-se ficando lateralmente
     para shomen ni e alunos,se houverem três ou mais,o do centro recua e comanda a
     saudação entre todos.
   Ao iniciar as lutas sempre curvar-se dizendo onegaishimas.
   Ao terminar as lutas sempre curvar-se dizendo arigatogosaimas.
   Sempre que entrar e sair do dojô saudar de frente para shomen in.
   Se já tiver iniciado o treino,saudar todos senseis presentes pessoalmente,sendo que
     se estiver se exercitando ou em seiza,saudá-lo na mesma posição.
   Não existe saudação com pegadas de mãos nem abraços no Japão,faz parte da
     cultura brasileira,portanto não é obrigatória,todavia,se alguém estender a mão
     retribua.
   Levantar-se (Tate) em ordem de graduação.
   Quando for da mesma graduação é de livre escolha quem fica à frente,porém é
     educado ceder o lugar aos mais experientes e às mulheres.
   Se tiver alguém treinando sem judogui,o correto é postar-se no fim da fila e se tiver
     com outra faixa que não a graduação original deve-se perfilar na ordem da faixa
     presente.
      A ordem de saudação de shomen ni e senseis são invertidos,ao iniciar e encerrar o
       treino,pois, se reverencia Jigoro Kano primeiro do que qualquer outro ao iniciar e ao
       sair é o último a saudar.



                                                                                          5
                           Fases da projeção:

  O que é preciso para aplicar um golpe perfeito

     1º Kumikata (pegada, domínio do judogui do adversário)
     2º Kuzushi (quebra, desequilibrio)
     3º Tsukuri (construção, preparaçao, encaixe)
     4º Kake (colocação, execução)
     5º Kime (finalização, definição)


                         Ideologias e espíritos:
     Quem teme perder já está vencido.
     Somente se aproxima da perfeição quem a procura com constância, sabedoria e,
      sobretudo humildade.
     Quando verificares com tristeza que não sabes nada, terás feito teu primeiro
      progresso no aprendizado.
     Nunca te orgulhes de haver vencido a um adversário, ao que venceste hoje poderá
      derrotar-te amanhã. A única vitória que perdura é a que se conquista sobre a
      própria ignorância.
     O judoca não se aperfeiçoa para lutar, luta para se aperfeiçoar.
     Conhecer-se é dominar-se, dominar-se é triunfar.
     O judoca é o que possui inteligência para compreender aquilo que lhe ensinam,
      paciência para ensinar o que aprendeu aos seus semelhantes e fé para acreditar
      naquilo que não compreende.
     Saber cada dia um pouco mais e usá-lo todos os dias para o bem, esse é o caminho
      dos verdadeiros judocas.
     Praticar judô é educar a mente a pensar com velocidade e exatidão, bem como o
      corpo obedecer com justeza. O corpo é uma arma cuja eficiência depende da
      precisão com que se usa a inteligência.




Os princípios que inspiraram Jigoro Kano quando da
idealização do judô foram os três seguintes:
     Princípio da Máxima Eficiência com o mínimo de esforço (Seiryoku Zen’Yo)
     Princípio da Prosperidade e Benefícios Mútuos (Jita Kyoei)
     Princípio da Suavidade, ou seja, o melhor uso de energia (Ju)




                                                                                     6

								
To top