METODOLOGIA DO ENSINO SUPERIOR

Document Sample
METODOLOGIA DO ENSINO SUPERIOR Powered By Docstoc
					METODOLOGIA DO ENSINO
      SUPERIOR

                                     EM-702
                                 45 HORAS
                                3 CRÉDITOS




   Professora Sônia Haracemiv

                           Arte: Eduardo Ulysséa
O DIREITO DE UMA ESCOLA PARA TODOS




                     Jornal Gazeta do Povo
                     (6 de novembro de 1995)
                 Ementa


A profissionalização do professor do Ensino Superior da
área tecnológica. A organização do trabalho pedagógico e
sua gestão. A relação pedagógica: Ciência, tecnologia e
sociedade. Avaliação do processo ensino-aprendizagem.
Professor como profissional da comunicação técnico-
científica. Uso das tecnologias da informação e recursos
didáticos.




                                           Arte: Eduardo Ulysséa
                Objetivos


Compreender o papel do professor nas suas múltiplas
relações na escola superior com seus alunos, comunidade
e a sociedade. Identificar os fatores que interferem e/ou
determinam o processo ensino-aprendizagem em relação
ao espaço da sala de aula e a organização do trabalho
pedagógico. Discutir a formação de professores /
educadores, visando construir alternativas teórico-
metodológicas para sua atuação profissional.




                                           Arte: Eduardo Ulysséa
           Conteúdo Programático
Unidade 1: Os paradigmas de docência construídos
   historicamente


Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior: especificidades
   e pressupostos didático-pedagógicos


Unidade 3: Os elementos constitutivos na organização do
   trabalho pedagógico


Unidade 4: Seminário de apresentação do trabalho
   pedagógico




                                                   Arte: Eduardo Ulysséa
                   Metodologia de Ensino
    No desenvolvimento das aulas, prevê-se o envolvimento dos alunos
    no processo ensino-aprendizagem, através de:
•   Leitura de textos (individual e/ou em grupo)
•    Realização das propostas de trabalho solicitadas em cada unidade
    (individual e/ou em grupo)
•   Resolução de exercícios
•   Aulas expositivas dialogadas
•   Discussão das problematizações, visando garantir o debate das
    questões anteriormente estudadas individualmente
•   Utilização de vídeo e CD
•   Realização de dinâmicas




                                                      Arte: Eduardo Ulysséa
               Recursos Necessários

    Para plena atividade didática são necessários os seguintes
    recursos e materiais didáticos:
•   Computador
•   Canhão multimídia
•   TV/Vídeo
•   Aparelho de CD




                                               Arte: Eduardo Ulysséa
             Processo de Avaliação
A avaliação dos alunos se dará através de:
•   Participação nas aulas
•   Trabalhos em equipe e/ou individuais
•   Apresentação do plano de aula
•   Apresentação do plano de aula no seminário final




                                                  Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 1: Os paradigmas de docência construídos
                 historicamente
                     Problematizações
   Como a escola desenvolveu/desenvolve sua função ao longo
   da história da educação?




                                                  Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 1: Os paradigmas de docência construídos
                 historicamente
                      Problematizações
   Como a escola desenvolveu/desenvolve sua função ao longo
   da história da educação?


   O que significa ser professor/professora atualmente?




                                                     Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 1: Os paradigmas de docência construídos
                 historicamente
                      Problematizações
   Como a escola desenvolveu/desenvolve sua função ao longo
   da história da educação?


   O que significa ser professor/professora atualmente?


   Como são estabelecidas as relações entre professor, seus
   alunos e o conhecimento? Quais os fatores escolares,
   culturais e sociais que interferem na relação pedagógica?




                                                     Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 1: Os paradigmas de docência construídos
                 historicamente
                      Problematizações
   Como a escola desenvolveu/desenvolve sua função ao longo
   da história da educação?


   O que significa ser professor/professora atualmente?


   Como são estabelecidas as relações entre professor, seus
   alunos e o conhecimento? Quais os fatores escolares,
   culturais e sociais que interferem na relação pedagógica?


   Quais são as formas de organização do trabalho pedagógico
   desenvolvidas na sala de aula e na escola?


                                                     Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
Necessidades Formativas do Professor
1.   A ruptura com visões simplistas
2.   Conhecer a matéria a ser ensinada
3.   Questionar as idéias docentes de “senso comum”
4.   Adquirir conhecimentos teóricos sobre a aprendizagem das
     ciências
5.   Saber analisar criticamente o “ensino tradicional”
6.   Saber preparar atividades capazes de gerar uma aprendizagem
     efetiva
7.   Saber dirigir o trabalho dos alunos
8.   Saber avaliar
9.   Adquirir a formação necessária para associar ensino e
     pesquisa didática

                                                          Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
    Conhecer a Matéria a ser Ensinada
•   Um professor precisa conhecer a história das
    Ciências




                                          Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
    Conhecer a Matéria a ser Ensinada
•   Um professor precisa conhecer a história das
    Ciências
•   Conhecer as orientações metodológicas
    empregadas na construção dos conhecimentos




                                          Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
    Conhecer a Matéria a ser Ensinada
•   Um professor precisa conhecer a história das
    Ciências
•   Conhecer as orientações metodológicas
    empregadas na construção dos conhecimentos
•   Conhecer as interações
    Ciência/Tecnologia/Sociedade




                                          Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
    Conhecer a Matéria a ser Ensinada
•   Um professor precisa conhecer a história das
    Ciências
•   Conhecer as orientações metodológicas
    empregadas na construção dos conhecimentos
•   Conhecer as interações
    Ciência/Tecnologia/Sociedade
•   Conhecimento dos desenvolvimentos
    científicos recentes e suas perspectivas



                                           Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
    Conhecer a Matéria a ser Ensinada
•   Um professor precisa conhecer a história das
    Ciências
•   Conhecer as orientações metodológicas
    empregadas na construção dos conhecimentos
•   Conhecer as interações
    Ciência/Tecnologia/Sociedade
•   Conhecimento dos desenvolvimentos
    científicos recentes e suas perspectivas
•   Saber selecionar conteúdos adequados

                                           Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
   Conhecer e Questionar o Pensamento
        Docente de “ Senso Comum”
•   Questionar a visão simplista do que é a Ciência
    e o trabalho científico




                                           Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
   Conhecer e Questionar o Pensamento
        Docente de “ Senso Comum”
•   Questionar a visão simplista do que é a Ciência
    e o trabalho científico
•   Questionar a redução habitual do aprendizado
    das Ciências a certos conhecimentos




                                           Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
   Conhecer e Questionar o Pensamento
        Docente de “ Senso Comum”
•   Questionar a visão simplista do que é a Ciência
    e o trabalho científico
•   Questionar a redução habitual do aprendizado
    das Ciências a certos conhecimentos
•   Questionar o caráter “natural” do fracasso
    generalizado dos alunos e alunas nas
    disciplinas científicas



                                           Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
   Conhecer e Questionar o Pensamento
        Docente de “ Senso Comum”
•   Questionar a visão simplista do que é a Ciência
    e o trabalho científico
•   Questionar a redução habitual do aprendizado
    das Ciências a certos conhecimentos
•   Questionar o caráter “natural” do fracasso
    generalizado dos alunos e alunas nas
    disciplinas científicas
•   Questionar a atribuição de atitudes negativas
    em relação à Ciência e sua aprendizagem a
    causas externas                        Arte: Eduardo   Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
   Conhecer e Questionar o Pensamento
        Docente de “ Senso Comum”
•   Questionar o autoritarismo da organização
    escolar e, no pólo oposto, o simples “laissez-
    faire”




                                            Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
   Conhecer e Questionar o Pensamento
        Docente de “ Senso Comum”
•   Questionar o autoritarismo da organização
    escolar e, no pólo oposto, o simples “laissez-
    faire”
•   Questionar o clima generalizado de frustração
    associado à atividade docente




                                            Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
   Conhecer e Questionar o Pensamento
        Docente de “ Senso Comum”
•   Questionar o autoritarismo da organização
    escolar e, no pólo oposto, o simples “laissez-
    faire”
•   Questionar o clima generalizado de frustração
    associado à atividade docente
•   Questionar, em síntese, a idéia de que ensinar é
    fácil



                                            Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
 Adquirir Conhecimentos Teóricos Sobre a
         Aprendizagem das Ciências
•   Reconhecer a existência de concepções
    espontâneas




                                        Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
 Adquirir Conhecimentos Teóricos Sobre a
         Aprendizagem das Ciências
•   Reconhecer a existência de concepções
    espontâneas
•   Saber que os alunos aprendem
    significativamente construindo conhecimentos




                                         Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
 Adquirir Conhecimentos Teóricos Sobre a
         Aprendizagem das Ciências
•   Reconhecer a existência de concepções
    espontâneas
•   Saber que os alunos aprendem
    significativamente construindo conhecimentos
•   Saber que os conhecimentos são respostas a
    questões




                                         Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
 Adquirir Conhecimentos Teóricos Sobre a
         Aprendizagem das Ciências
•   Reconhecer a existência de concepções
    espontâneas
•   Saber que os alunos aprendem
    significativamente construindo conhecimentos
•   Saber que os conhecimentos são respostas a
    questões
•   Conhecer o caráter social da construção de
    conhecimentos científicos e saber organizar a
    aprendizagem de forma conseqüente
                                          Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
 Adquirir Conhecimentos Teóricos Sobre a
         Aprendizagem das Ciências
•   Conhecer a importância que possuem, na
    aprendizagem das Ciências




                                        Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
   Saber analisar criticamente o ensino
                   habitual
•   Conhecer as limitações dos habituais
    currículos enciclopédicos e, ao mesmo tempo,
    reducionistas




                                         Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
   Saber analisar criticamente o ensino
                   habitual
•   Conhecer as limitações dos habituais
    currículos enciclopédicos e, ao mesmo tempo,
    reducionistas
•   Conhecer as limitações da forma habitual de
    introduzir conhecimentos




                                          Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
   Saber analisar criticamente o ensino
                   habitual
•   Conhecer as limitações dos habituais
    currículos enciclopédicos e, ao mesmo tempo,
    reducionistas
•   Conhecer as limitações da forma habitual de
    introduzir conhecimentos
•   Conhecer as limitações dos trabalhos práticos
    habitualmente propostos



                                          Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
   Saber analisar criticamente o ensino
                   habitual
•   Conhecer as limitações dos habituais
    currículos enciclopédicos e, ao mesmo tempo,
    reducionistas
•   Conhecer as limitações da forma habitual de
    introduzir conhecimentos
•   Conhecer as limitações dos trabalhos práticos
    habitualmente propostos
•   Conhecer as limitações dos problemas
    habitualmente propostos
                                           Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
   Saber analisar criticamente o ensino
                   habitual
•   Conhecer as limitações das formas de
    avaliação habituais




                                           Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
   Saber analisar criticamente o ensino
                   habitual
•   Conhecer as limitações das formas de
    avaliação habituais
•   Conhecer as limitações das formas de
    organização escolar habituais




                                           Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
     Estratégias de Ensino para uma
       Aprendizagem como Pesquisa
•   Propor situações problemáticas




                                     Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
     Estratégias de Ensino para uma
       Aprendizagem como Pesquisa
•   Propor situações problemáticas
•   Estudo qualitativo das situações problemáticas




                                          Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
     Estratégias de Ensino para uma
       Aprendizagem como Pesquisa
•   Propor situações problemáticas
•   Estudo qualitativo das situações problemáticas
•   Orientar o tratamento científico dos problemas
    propostos




                                           Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
     Estratégias de Ensino para uma
       Aprendizagem como Pesquisa
•   Propor situações problemáticas
•   Estudo qualitativo das situações problemáticas
•   Orientar o tratamento científico dos problemas
    propostos
•   Colocar a manipulação reiterada dos novos
    conhecimentos em uma variedade de situações




                                           Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
  Saber Dirigir as Atividades dos Alunos
•   Apresentar adequadamente as atividades a
    serem realizadas




                                        Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
  Saber Dirigir as Atividades dos Alunos
•   Apresentar adequadamente as atividades a
    serem realizadas
•   Saber dirigir de forma ordenada as atividades
    de aprendizagem




                                           Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
  Saber Dirigir as Atividades dos Alunos
•   Apresentar adequadamente as atividades a
    serem realizadas
•   Saber dirigir de forma ordenada as atividades
    de aprendizagem
•   Realizar sínteses e reformulações que
    valorizem as contribuições dos alunos




                                            Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
  Saber Dirigir as Atividades dos Alunos
•   Apresentar adequadamente as atividades a
    serem realizadas
•   Saber dirigir de forma ordenada as atividades
    de aprendizagem
•   Realizar sínteses e reformulações que
    valorizem as contribuições dos alunos
•   Facilitar de maneira oportuna a informação
    necessária para que os alunos apreciem a
    validade de seu trabalho

                                            Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
  Saber Dirigir as Atividades dos Alunos
•   Apresentar adequadamente as atividades a
    serem realizadas
•   Saber dirigir de forma ordenada as atividades
    de aprendizagem
•   Realizar sínteses e reformulações que
    valorizem as contribuições dos alunos
•   Facilitar de maneira oportuna a informação
    necessária para que os alunos apreciem a
    validade de seu trabalho
•   Criar um bom clima de funcionamento da aula
                                            Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
  Saber Dirigir as Atividades dos Alunos
•   Contribuir para estabelecer formas de
    organização escolar que favoreçam interações
    frutíferas entre a aula, a escola e o meio
    exterior




                                         Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
  Saber Dirigir as Atividades dos Alunos
•   Contribuir para estabelecer formas de
    organização escolar que favoreçam interações
    frutíferas entre a aula, a escola e o meio
    exterior
•   Saber agir, enfim, como especialista capaz de
    dirigir o trabalho de várias equipes de
    “pesquisadores iniciantes”




                                           Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
               Saber Avaliar
•   Conceber e utilizar a avaliação como
    instrumento de aprendizagem que permita
    fornecer um feedback adequado para promover
    o avanço dos alunos




                                        Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
               Saber Avaliar
•   Conceber e utilizar a avaliação como
    instrumento de aprendizagem que permita
    fornecer um feedback adequado para promover
    o avanço dos alunos
•   Ampliar o conceito e a prática da avaliação ao
    conjunto de saberes, destrezas e atitudes que
    interesse contemplar na aprendizagem das
    Ciências




                                           Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
               Saber Avaliar
•   Conceber e utilizar a avaliação como
    instrumento de aprendizagem que permita
    fornecer um feedback adequado para promover
    o avanço dos alunos
•   Ampliar o conceito e a prática da avaliação ao
    conjunto de saberes, destrezas e atitudes que
    interesse contemplar na aprendizagem das
    Ciências
•   Introduzir formas de avaliação de sua própria
    tarefa docente como instrumento de melhoria
    do ensino
                                           Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
   Adquirir a Formação Necessária para
     Associar Ensino e Pesquisa Prática
•   Inserir-se de alguma forma no processo de
    pesquisa




                                          Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
   Adquirir a Formação Necessária para
     Associar Ensino e Pesquisa Prática
•   Inserir-se de alguma forma no processo de
    pesquisa
•   Contribuir para elevar sua capacidade de
    inovação




                                          Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 2: Metodologia do Ensino Superior:
 especificidades e pressupostos didático-
               pedagógicos
   Adquirir a Formação Necessária para
     Associar Ensino e Pesquisa Prática
•   Inserir-se de alguma forma no processo de
    pesquisa
•   Contribuir para elevar sua capacidade de
    inovação
•   Fundamentar suas decisões




                                          Arte: Eduardo Ulysséa
    Unidade 3: Os elementos constitutivos na
      organização do trabalho pedagógico

•    PLANEJAMENTO DA AÇÃO DIDÁTICA




                                      Arte: Eduardo Ulysséa
    Unidade 3: Os elementos constitutivos na
      organização do trabalho pedagógico

•    PLANEJAMENTO DA AÇÃO DIDÁTICA
•    FORMULAÇÃO DE OBJETIVOS EDUCACIONAIS




                                            Arte: Eduardo Ulysséa
    Unidade 3: Os elementos constitutivos na
      organização do trabalho pedagógico

•    PLANEJAMENTO DA AÇÃO DIDÁTICA
•    FORMULAÇÃO DE OBJETIVOS EDUCACIONAIS
•    SELEÇÃO E ORGANIZAÇÃO DOS CONTEÚDOS
     CURRICULARES




                                            Arte: Eduardo Ulysséa
    Unidade 3: Os elementos constitutivos na
      organização do trabalho pedagógico

•    PLANEJAMENTO DA AÇÃO DIDÁTICA
•    FORMULAÇÃO DE OBJETIVOS EDUCACIONAIS
•    SELEÇÃO E ORGANIZAÇÃO DOS CONTEÚDOS
     CURRICULARES
•    PROCEDIMENTOS DE ENSINO E ORGANIZAÇÃO DAS
     EXPERIÊNCIAS DE ENSINO-APRENDIZAGEM




                                             Arte: Eduardo Ulysséa
    Unidade 3: Os elementos constitutivos na
      organização do trabalho pedagógico

•    PLANEJAMENTO DA AÇÃO DIDÁTICA
•    FORMULAÇÃO DE OBJETIVOS EDUCACIONAIS
•    SELEÇÃO E ORGANIZAÇÃO DOS CONTEÚDOS
     CURRICULARES
•    PROCEDIMENTOS DE ENSINO E ORGANIZAÇÃO DAS
     EXPERIÊNCIAS DE ENSINO-APRENDIZAGEM
•    CONTRIBUIÇÕES DOS RECURSOS DIDÁTICOS E DAS NOVAS
     TECNOLOGIAS NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM




                                              Arte: Eduardo Ulysséa
    Unidade 3: Os elementos constitutivos na
      organização do trabalho pedagógico

•    PLANEJAMENTO DA AÇÃO DIDÁTICA
•    FORMULAÇÃO DE OBJETIVOS EDUCACIONAIS
•    SELEÇÃO E ORGANIZAÇÃO DOS CONTEÚDOS
     CURRICULARES
•    PROCEDIMENTOS DE ENSINO E ORGANIZAÇÃO DAS
     EXPERIÊNCIAS DE ENSINO-APRENDIZAGEM
•    CONTRIBUIÇÕES DOS RECURSOS DIDÁTICOS E DAS NOVAS
     TECNOLOGIAS NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM
•    AVALIAÇÃO DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM




                                              Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM



Qual o Significado de Ensinar e de Aprender?




                                      Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Aprender o quê? Para quê?
•O desenvolvimento mental (o aspecto cognitivo), para
que o aluno aprenda a captar e processar informações,
organizar dados, apreender e relacionar conceitos,
perceber e resolver problemas, criar conceitos e
soluções.




                                            Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Aprender o quê? Para quê?
•O desenvolvimento mental (o aspecto cognitivo), para
que o aluno aprenda a captar e processar informações,
organizar dados, apreender e relacionar conceitos,
perceber e resolver problemas, criar conceitos e
soluções.
• O desenvolvimento da pessoa singular e como um todo (
os aspectos cognitivo, afetivo, social), para que o aluno
realize o desenvolvimento de sua sociabilidade,
comunicabilidade, cultura, valores, competência
profissional, organização interna, relacionamento com o
ambiente e com a sociedade.




                                             Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Aprender o quê? Para quê?
• O desenvolvimento das relações sociais. Entende como
vitalmente importante para o homem tanto a realidade
social como a interação dos mesmos homens com ela.




                                           Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Aprender o quê? Para quê?
• O desenvolvimento das relações sociais. Entende como
vitalmente importante para o homem tanto a realidade
social como a interação dos mesmos homens com ela.
• Entende como exigência do desenvolvimento de
qualquer ser humano que ele aprenda a situar-se
historicamente no tempo e no espaço:
• estar aberto
• estabelecer e compreender as relações dos fatos
• relacioná-los historicamente
• analisar criticamente
• participar da vida desta sociedade, criando uma
realidade co-participada.
                                              Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Aprender o quê? Para quê?
• O desenvolvimento da capacidade de decidir
• Desenvolvimento de habilidade para assumir
responsabilidade social e política.




                                               Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Há Alguns Princípios Comuns de Aprendizagem?
Toda aprendizagem precisa ser significativa
Isto exige que a aprendizagem:
• Se relacione com o seu universo de conhecimentos,
experiências, vivências;




                                            Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Há Alguns Princípios Comuns de Aprendizagem?
Toda aprendizagem precisa ser significativa
Isto exige que a aprendizagem:
• se relacione com o seu universo de conhecimentos,
experiências, vivências;
• permita formular problemas e questões que de algum
modo o interessem, o envolvam ou que lhe digam
respeito;




                                            Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Há Alguns Princípios Comuns de Aprendizagem?
Toda aprendizagem precisa ser significativa
Isto exige que a aprendizagem:
• se relacione com o seu universo de conhecimentos,
experiências, vivências;
• permita formular problemas e questões que de algum
modo o interessem, o envolvam ou que lhe digam
respeito;
• permita entrar em confronto experiencial com problemas
práticos de natureza social, ética, profissional, que lhe
sejam relevantes;



                                             Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Há Alguns Princípios Comuns de Aprendizagem?
Toda aprendizagem precisa ser significativa
Isto exige que a aprendizagem:
• se relacione com o seu universo de conhecimentos,
experiências, vivências;
• permita formular problemas e questões que de algum
modo o interessem, o envolvam ou que lhe digam
respeito;
• permita entrar em confronto experiencial com problemas
práticos de natureza social, ética, profissional, que lhe
sejam relevantes;
• permita participar com responsabilidade do processo de
aprendizagem;
                                             Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Há Alguns Princípios Comuns de Aprendizagem?
Toda aprendizagem precisa ser significativa
Isto exige que a aprendizagem:
• permita e o ajude a transferir o que aprendeu na escola
para outras circunstâncias e situações de vida;




                                              Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Há Alguns Princípios Comuns de Aprendizagem?
Toda aprendizagem precisa ser significativa
Isto exige que a aprendizagem:
• permita e o ajude a transferir o que aprendeu na escola
para outras circunstâncias e situações de vida;
• suscite modificações no comportamento e até mesmo na
personalidade do aprendiz.




                                              Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Há Alguns Princípios Comuns de Aprendizagem?
Toda aprendizagem é pessoal




                                   Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Há Alguns Princípios Comuns de Aprendizagem?
Toda aprendizagem é pessoal
Toda aprendizagem precisa visar objetivos
realísticos




                                      Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Há Alguns Princípios Comuns de Aprendizagem?
Toda aprendizagem é pessoal
Toda aprendizagem precisa visar objetivos
realísticos
Toda aprendizagem precisa ser acompanhada de
feedback imediato




                                      Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Há Alguns Princípios Comuns de Aprendizagem?
Toda aprendizagem é pessoal
Toda aprendizagem precisa visar objetivos
realísticos
Toda aprendizagem precisa ser acompanhada de
feedback imediato
Toda aprendizagem precisa ser embasada em um
bom relacionamento interpessoal




                                      Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Como se Caracteriza o Papel do Professor?
  Como questionador de sua prática pedagógica.
Epistemólogo de si mesmo. Refletindo sobre:
•que objetivos pretendo que meus alunos alcancem?
•quais são as expectativas dos meus alunos ao virem
fazer meu curso?
•como envolvê-los?
•que pretendem aprender?
•que poderei fazer para facilitar seu desenvolvimento e
sua aprendizagem?




                                              Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Plano de Ensino: seu papel




                             Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Plano de Ensino: seu papel
Conforme sua concepção de educação e de universidade,
o professor influenciará o processo de aprendizagem dos
alunos numa ou noutra direção.




                                            Arte: Eduardo Ulysséa
 ENSINO E APRENDIZAGEM

 Plano de Ensino: seu papel
Conforme sua concepção de educação e de universidade,
o professor influenciará o processo de aprendizagem dos
alunos numa ou noutra direção.
Em segundo lugar, sua concepção sobre aprendizagem,
bem como seu conhecimento do processo de
aprendizagem e sobre as formas mais eficientes de
estabelecê-lo em sala de aula;




                                             Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Plano de Ensino: seu papel
Conforme sua concepção de educação e de universidade,
o professor influenciará o processo de aprendizagem dos
alunos numa ou noutra direção.
Em segundo lugar, sua concepção sobre aprendizagem,
bem como seu conhecimento do processo de
aprendizagem e sobre as formas mais eficientes de
estabelecê-lo em sala de aula;
Influi, também, sua habilidade em lidar com tais formas.




                                              Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Plano de Ensino: seu papel
Em primeiro lugar, o que ele entende por educação;
Conforme sua concepção de educação e de universidade,
o professor influenciará o processo de aprendizagem dos
alunos numa ou noutra direção.
Em segundo lugar, sua concepção sobre aprendizagem,
bem como seu conhecimento do processo de
aprendizagem e sobre as formas mais eficientes de
estabelecê-lo em sala de aula;
Influi, também, sua habilidade em lidar com tais formas.
Por último, as decisões vão ser orientadas - e isto é tão
óbvio que dispensaria ser mencionado - pela postura do
professor diante da área que leciona e pela quantidade e
tipo de conhecimentos de que dispõe.
                                              Arte: Eduardo Ulysséa
 ENSINO E APRENDIZAGEM

 Plano de Ensino: seu papel

Um plano de ensino representa uma organização
seqüencial de decisões sobre a ação do
professor, visando influenciar:
O processo de aprendizagem
A eficiência
Características de um plano:
claro e completo
flexível, em função de feedbacks advindos da sua
própria concretização.
                                       Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Tipos Diferentes de Plano de Ensino

Plano de curso
Plano de disciplina
Plano de unidade
Plano de aula




                                      Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM


O Professor e a Participação na Elaboração dos
Planos




                                     Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Elaboração de um Plano de Disciplina
I. Identificação


Nome da disciplina: ................................................................
Curso: .......................................................................................
Departamento: .........................................................................
Nome do Professor: ................................................................
Semestre e ano: .......................................................................
Turma: ......................................................................................
Monitor (se houver disponibilidade deles): indicar quantos,
seus nomes e qualificação



                                                                           Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Elaboração de um Plano de Disciplina
II. Objetivos e sua relação com os Objetivos do
Plano de Curso
III. Tema ( Conteúdo Programático)
IV. Estratégias
V. Avaliação do desempenho do aluno, do
professor e da programação oferecida
VI. Bibliografia




                                       Arte: Eduardo Ulysséa
ENSINO E APRENDIZAGEM

Elaboração de um Plano de Unidade
I. Identificação
Disciplina: ............................................. Unidade:
Tema: .................................................... Duração: ...................


II. Objetivos
III. Principais conceitos
IV. Estratégias
V.Avaliação
VI. Bibliografia
                                                                    Arte: Eduardo Ulysséa
Unidade 4: Seminário de apresentação do trabalho
                  pedagógico


  CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO NA APRESENTAÇÃO
  DO TRABALHO PEDAGÓGICO EM BANCA
  No momento da apresentação em banca o aluno
  deverá demonstrar:
  • Conhecimento sobre o projeto de prática de
  ensino.
  • Clareza e objetividade na comunicação.
  • Compatibilização dos conteúdos selecionados
  com o tema do projeto.
  • Habilidade no uso de recursos didáticos.   Arte: Eduardo Ulysséa
FONTES: JAPIASSU, H. &D. MARCONDES. DICIONÁRIO BÁSICO DE FILOSOFIA. RIO DE
JANEIRO; ZAHAR, 1993.
MACHADO, N. APUD LUZ, ª AVALIAR É PRECISO... CURITIBA; UFPR, 1995.
VASCONCELOS, C. CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO. SÃO PAULO; LIBERTAD, 1995.
                                                                             Arte: Eduardo Ulysséa

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:23
posted:3/18/2012
language:
pages:89