Docstoc

REA Arquitetura Urbanismo

Document Sample
REA Arquitetura Urbanismo Powered By Docstoc
					                        GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ
                        UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ -UESPI
                        PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO – PROP
                        CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO QUADRO PERMANENTE



                                  Temas por área para concurso de professor efetivo

ÁREA: Arquitetura e Urbanismo
1. Vistas Ortográficas; 2. Cotas e Escalas; 3. Perspectivas linear, cônica e axonométrica; 4.Concepção estrutural no projeto
de arquitetura; 5. Desenho de estruturas de madeira, metálicas e de concreto; 6. Projeto e dimensionamento de instalações
prediais elétricas e sanitárias; 7. Métodos e técnicas de projeto, projetos complementares e especificação de materiais e
serviços; 8. Legislação urbana de Teresina; 9. Controle ambiental (térmico, acústico e luminoso) das edificações; 10.
Normas de acessibilidade; 11. Noções de desenho assistido por computador (CAD).

ÁREA: Hidráulica, Recursos Hídricos ou Saneamento
1. Fenômenos de Transporte: estática dos fluidos e dinâmica dos fluidos; 2. Hidrostática: pressão e empuxos; Principio de
movimento dos fluidos; 3. Teorema de Bernoulli: Orifícios, bocais e vertedouros. Escoamento em condutos forçados e
canais; 4.         Ciclo hidrológico: precipitação, escoamento, infiltração e evaporação; 5. Modelagem hidrológica de
bacias; 6. Controle e previsão de enchentes. Estatística aplicada à previsão de enchentes; 7.   Instalações      prediais
hidráulicas e sanitárias; 8.        Sistema de drenagem de águas pluviais; 9. Sistema de abastecimento de água: captação,
adução, tratamento, armazenamento, bombeamento e distribuição; 10. Sistema de esgotamento sanitário: coleta, transporte,
tratamento e disposição final dos esgotos.

ÁREA: Solos e Geotecnia
1. Rochas: conceito, origem e classificação; 2.     Intemperismo dos minerais e rochas; 3.   Caracterização          e
classificação dos solos; 4. Índices físicos dos solos; 5. Tensões no solo; 6. Distribuição de pressões nos solos; 7.
Compressibilidade dos solos; 8. Resistências ao cisalhamento; 9. Empuxo de terra e muro de arrimo; 10. Estabilidade de
taludes.

ÁREA: Engenharia Elétrica
1. Análises de Malhas e Nodal – as leis de Kirshhoff; 2.        Teoremas da Superposição e de Thévenin em Circuitos
resistivos; 3. Teoria Básica dos Diodos Semicondutores; 4. Circuitos Retificadores em Diodos; 5. Circuitos de Polarização
com Transistor Bipolar de Junção; 6. Amplificadores Operacionais; 7. Simplificação de Expressões Lógicas por Álgebra
de Boole; 8. Contadores Digitais Síncronos; 9.         Potência e Energia em Regime Permanente Senoidal; 10. Correção do
Fator de Potência; 11.     Circuitos Polifásicos; 12. Circuitos Magneticamente Acoplados.

ÁREA: Matemática
Análise Real e Teoria da Medida:1.Teorema da Função Inversa e Teorema das Funções Implícita; 2.Teorema de Stokes e
Aplicações; 3.Teorema de Lebesgue ou Teorema da Convergência Dominada. Álgebra: 4. Formas Canônicas de Jordan; 5.
Teoremas de Sylow. Equações Diferenciais Ordinárias: 6. Teoria das Equações lineares; 7. Teorema de Poincaré-
Bendixson. Geometria Diferencial: 8. Teorema Fundamental das Curvas; 9. Teorema de Gauss-Bonnet; 10. Teorema
Egreguim de Gauss.

ÁREA: Física
1. Formalismo Lagrangeano; 2. Potencial Central; 3. Problemas de Contorno na Eletrostática; 4. Indução Magnética; 5.
Equações de Maxwell; 6. Postulados da Mecânica Quântica; 7. Oscilador Harmônico Quântico; 8. Átomo de Hidrogênio;
9. Leis da Termodinâmica; 10. Teoria de Ensemble.

ÁREA: Computação
1. Arquitetura de Computadores ( Organização e arquitetura de computadores. Memória interna e externa.
Dispositivos de entrada/saída. Unidade central de processamento. Conjuntos de instruções. Processadores escalares
e superescalares. Microprogramação. Arquiteturas CISCs e RISCs. Multiprocessadores. Processamento paralelo);
2. Linguagens de Programação ( Abstração, encapsulamento, sistemas de tipos e passagem de parâmetros.
Paradigmas de programação: imperativo, orientado a objetos, funcional, lógico e concorrente); 3. Redes de
Computadores ( Arquitetura RM-OSI e Arquitetura TCP/IP); 4. Banco de Dados ( Modelo de Banco de Dados e
projeto de Banco de Dados. SGBDs); 5. Análise de Algoritmos ( Fundamentos de algoritmos. Análise de eficiência de
algoritmos. Técnicas de projeto: algoritmos gulosos, dividir e conquistar, e programação dinâmica); 6. Engenharia de
Software ( Métricas de Software. Administração e gerenciamento de Projetos. Princípios fundamentais da Análise de
Requisitos. Análise orientada a objetos); 7. Estrutura de Dados e Algoritmos (      Estruturas básicas de dados.
Pesquisa e Ordenação. Algoritmos recursivos. Arrays, Registros, Listas encadeadas e árvores. Backtracking); 8.
Sistemas Operacionais ( Processos. Gerenciamento de Memória. Sistemas de arquivos. Entrada/saída. Deadlocks.
Sistemas distribuídos); 9. Projeto e Teoria de Linguagem ( Autômatos finito e Análise Léxica. Análise Sintática.
                         GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ
                         UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ -UESPI
                         PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO – PROP
                         CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO QUADRO PERMANENTE

Tabela de Símbolos); 10. Teoria da Computação ( Linguagens e suas representações. Autômatos finitos e linguagens
regulares. Linguagens livres do contexto. Linguagens enumeráveis recursivamente e sensíveis ao contexto).

ÁREA: Agronomia – Campus de Picos
1.Fertilidade do solo; 2. Tecnologia e produção de sementes; 3. Melhoramento vegetal; 4. Conservação do solo; 5.
Tecnologia de produção de culturas anuais: milho, feijão, soja, arroz; 6. Tecnologia de produção de culturas perenes: caju,
acerola, coco, manga; 7. Tecnologia de produção de culturas olericolas: alface, tomate, repolho; 8. Tecnologia de produção
de culturas forrageiras; 9. Manejo integrado de pragas e doenças; 10. Água no sistema solo-planta-amosfera.

ÁREA: Agronomia: Solos e Nutrição de Plantas - Campus: Corrente
1.Água no sistema solo-planta-atmosfera; 2. Física do solo; 3. Química do solo; 4. Microbiologia do solo; 5. Matéria
orgânica do solo; 6. Nutrição mineral de plantas; 7. Fertilidade do solo; 8. Conservação do solo; 9. Fertilidade do solo no
sistema plantio direto; 10. Qualidade do solo.

ÁREA: Zootecnia – Campus de Corrente
1. Produção de leite a pasto; 2.   Produção de carne a pasto; 3. Uso do cruzamento industrial na produção de carne; 4.
Uso de aditivos e suplementos protéicos, energéticos e minerais na alimentação de ruminantes; 5. Uso de subprodutos
regionais na alimentação de ruminantes; 6. Produção e conservação de forragens; 7. Integração lavoura-pecuária; 8.
Conservação de recursos genéticos e utilização de raças nativas em sistemas de produção; 9. Produção de ovinos e
caprinos; 10. Cadeia produtiva da bovinocultura de corte.

ÁREA: Botânica e Manejo Ambiental – Campus de Corrente
1. Célula Vegetal; 2. Anatomia Vegetal: Raiz –Caule – Folha; 3. Morfologia Vegetal: Raiz – Caule - Folha – Flor – Fruto;
4. Fisiologia Vegetal: a) Respiração e fotossíntese; b) Translocação de substâncias; c) Hormônios Vegetais; 5. Padrões de
Reprodução: Criptógamas; Fanerógamas; 6. Biomas Terrestres; 7. Recuperação de área degradada; 8. Manejo de
Ecossistemas Terrestres; 9. Sistemática Vegetal: Criptógamas; Fanerógamas; 10. Ecologia do Cerrado e Caatinga .

ÁREA: Letras / Inglês
1. History of the English Language; 2. Cohesion and Coherence: aspects of text organization; 3. Word  Formation;  4.
Discursive genres: Theories and application; 5. Second Language Acquisition / learning theories; 6. Theoretical and
Practice Advances in English Language Teaching Techniques; 7. Reading Skills: Theories and Approaches; 8. Spoken and
written English: Main differences and similarities; 9. English Literature –Elizabethan period – XVI, XVII and XVIII
centuries; 10. American Literature –The Puritan Tradition, The American Age of Reason and The Romantic Period,
Transcendentalism.

ÁREA: Literatura e Língua / Espanhol
1. La Poesia Medieval Española; 2. O “Siglo de Oro” Español; 3. El Barroco Español; Características generales; “El
Quijote de La Mancha”; 4. El Romanticismo y el Realismo en Hispanoamérica; 5.       El Modernismo y Vanguardismo
en la Literatura Hispanoaméricana; 6.     Fonología y Fonética: El alfabeto español: grafemas y fonemas; 7. Usos y
valores de los pronombres; 8. La Morfosintaxe de las Categorías Gramaticales en Español (El sintagma nominal y el
sintagma verbal); 9. La noción de texto en la enseñanza de la lengua española; 10. La Morfologia Del Verbo (incluso
formas no nominales).

ÁREA: Letras Português / Lingüística
1. Relação entre Fonética e Fonologia; 2. O vocábulo formal: Conceituação, Classificação e Função; 3. Organização e
constituição da frase: Constituintes Oracionais – Os Sintagmas; 4. Concepções de Linguagem, Concepções de Gramática e
Ensino de Língua Portuguesa; 5. Gêneros e tipos textuais; 6. A construção dos sentidos no texto: Coesão e Coerência; 7.
A referenciação como atividade discursiva; 8. A leitura como processo cognitivo; 9.  Contribuições da sociolingüística
para o Ensino da Língua Portuguesa; 10. Texto, discurso, enunciado e enunciação.

ÁREA: Letras Português / Literatura
1. O romance indianista de Alencar; 2.      O romance realista de Machado de Assis; 3. O romance regionalista no Brasil;
4. A estética da recepção; 5. O autor, a obra e o leitor no texto literário; 6. Clarice Lispector – Laços de família; 7. Vida
Gemida em Sambambaia – Fontes Ibiapina; 8.            A poesia camoniana; 9. O romance realista de Eça de Queirós; 10.
A poesia heteronímia de Fernando Pessoa.

ÁREA: Geografia
1. A Ciência Geográfica, suas perspectivas teorética, crítica e humanística e, conceitos e temas respectivos; 2. O ensino de
Geografia e a formação do professor no contexto das diretrizes curriculares nacionais; 3. Organização/reorganização de
espaços: redes e globalização; 4. Meio ambiente e desenvolvimento: uma visão geográfica; 5.       A Amazônia brasileira:
                         GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ
                         UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ -UESPI
                         PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO – PROP
                         CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO QUADRO PERMANENTE

aspectos físicos e interrelações sócio-econômicas e ambientais; 6. A dinâmica do espaço regional brasileiro; 7. A questão
agrária: histórico, movimentos sociais, políticas públicas e seus reflexos no espaço brasileiro; 8. A cidade e suas dimensões
histórica, regional e intraurbana; 9. A Cartografia como instrumento teórico/metodológico para a compreensão do espaço;
10. Organização e desenvolvimento do espaço piauiense.

ÁREA: História
1.História Política: perspectivas teórico-metodológicas; 2. História Cultural: diálogos e conflitos interdisciplinares; 3.
História da Educação: impasses entre a História e as ciências da Educação; 4. Relações de gênero no Brasil ( século XX); 5.
Estado e política no II Império brasileiro; 6. 1964: golpe ou contragolpe ?; 7. Modernização da cidade de Teresina na
primeira metade do século XX; 8. A Revolução Russa e a identidade política do ocidente contemporâneo; 9. O Brasil na
Nova Ordem Mundial Contemporânea; 10. História e Arte no Brasil, Pós 50.

ÁREA: Sociologia
1. Cientificidade da sociologia; 2. O conceito de ideologia na interpretação dos fenômenos sociais; 3. Os elementos da
sociologia durkheimiana e sua atualidade; 4. A contribuição dos clássicos da sociologia para a análise da educação; 5. O
fenômeno religioso na sociedade contemporânea; 6. Identidade e mundialização da cultura; 7. Globalização e Estado
Nação; 8. Movimentos sociais e cidadania; 9. Individualismo e reflexividade na sociedade contemporânea; 10. Educação e
Privatização.

ÁREA: Filosofia
1. A Metafísica de Platão; 2. A Ética Aristotélica; 3. A Ética Kantiana; 4. Epistemologia Popperiana; 5. A Teoria do
Conhecimento Kantiana; 6.          A Filosofia da Lingugem de Wittgenstein; 7. A Ontologia de Heidegger; 8. A
Metafísica de Leibniz; 9. O método Fenomenológico de Husserl.

ÁREA: Pedagogia
1. Gestão democrática da educação; 2. Histórico e realidade atual da política educacional brasileira; 3. Educação,
movimentos sociais e cidadania; 4. A formação dos profissionais da educação básica; 5. A educação brasileira e as atuais
tendências filosóficas; 6. As concepções e as práticas curriculares no Brasil; 7. A didática e a formação do educador; 8. A
educação e a realidade sócio-político-econômica brasileira pós-1984; 9. O financiamento da educação brasileira à luz da
legislação em vigor e as perspectivas de mudança; 10. Os conselhos de educação e a gestão do sistema educacional
brasileiro.

ÁREA: Psicologia – Centro de Ciências da Educação
1. Desenvolvimento Cognitivo Infantil: Percepção, Formação e Conceitos, Pensamento, Linguagem e Inteligência; 2.
Teorias do Desenvolvimento Infantil na tríade: Freud, Piaget e Vygotsky; 3. Mudanças Cognitivas, Afetivas e
Comportamentais na Adolescência; 4.       Teorias do Desenvolvimento da Personalidade na Adolescência; 5.
Desenvolvimento Psicossocial do Adulto; 6. Desenvolvimento Psicossocial na terceira idade; 7. Desenvolviemnto do juízo
moral segundo Piaget; 8. Transições psicossociais: Criança – púbere adolescente adulto, e suas implicações psicológicas;
9. Comportamentos desviantes do processo de adolescer (desvios de condutas e drogadição); 10. Transtornos invasivos do
desenvolvimento infantil (Autismo, Asperger, Rett...).

ÁREA: Turismo
1. Rede Urbana, Turismo e Desenvolvimento Regional; 2. Tendências da Globalização do Turismo; 3. Novos           papéis
institucionais e sociais no pós-turismo; 4. Políticas Públicas de Turismo do Brasil; 5. Planejamento Turístico Regional;
6.Turismo Receptivo e Sustentabilidade Local; 7. Formação, Capacitação e Educação para o Turismo;                 8. A
Epistemologia doTurismo; 9. Potencialidades e Tendências do Turismo do Piauí; 10. Regiões, Planejamento e Organização
do Turismo; 11. Organização e Planejamento do Espaço Turístico; 12. Estratégias governamentais de Desenvolvimento
dos Pós-turísticos do Piauí.

ÁREA: Administração
1.Utilização estratégica dos sistemas de informações; 2. Responsabilidade Social e Responsabilidade Fiscal – um desafio
para as organizações; 3. Gestão de Qualidade de Vida no Trabalho – (GQVT), com ênfase em pessoais, equipes e liderança;
4. O Planejamento e Programação da Produção nos Sistemas puxados e empurrados; 5. Os desafios da Administração
Financeira na Conjuntura Econômica Atual; 6. Métodos de previsão de vendas e sua relação com o planejamento
estratégico em uma organização; 7. As características das ferramentas do composto promocional e suas influências na
determinação do orçamento total de comunicação integrada de marketing; 8. A importância dos canais de distribuição e da
logística sob a ótica de uma empresa de serviços; 9. A importância da qualidade percebida para as empresas prestadoras de
serviços; 10. A pesquisa qualitativa como abordagem para o conhecimento do consumidor; 11. A relação entre os sistemas
de gestão empresarial Enterprise Resource Planing – ERP e o Costumer Relationships Management – CRM; 12. O papel
da tecnologia de informação – TI nas decisões de marketing; 13. A importância da Demonstração das Origens e Aplicações
                         GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ
                         UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ -UESPI
                         PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO – PROP
                         CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO QUADRO PERMANENTE

de Recursos para o administrador financeiro; 14. As características dos Planos Financeiros a Longo Prazo e os Planos
Financeiros a Curto Prazo e sua importância no processo de planejamento financeiro; 15. O valor da alancagem no
processo de gestão financeira.

ÁREA: Biblioteconomia
1.Interdisciplinaridade da Ciência da Informação; 2. Ciência da Informação, Biblioteconomia e Documentação: aspectos
conceituais; 3. Novas tecnologias da informação aplicada à Biblioteconomia; 4. Fontes de informação; 5. Formação e
desenvolvimento de coleções; 6. A importância da Biblioteconomia como instituição cultural; 7. Fundamentos da
recuperação da informação; 8. Controle bibliográfico no Brasil: história, características e funções; 9. Serviços e produtos
de disseminação da informação; 10. Planejamento e administração de biblioteca.

ÁREA: Direito
1. A Constitucionalização e Publicação do Direito Civil Brasileiro; 2. A Norma Jurídica: Conceito, Características e
Finalidades; 3. Principais inovações na Justiça do Trabalho trazidas pelo EC Nº 45; 4. A Instrumentalidade no Processo
Civil Brasileiro; 5.       Hábeas Corpus: Origem, Evolução e Características; 6.       A Função Social da Propriedade
no Direito Brasileiro; 7. A Jurisprudência como fonte do direito; 8. O Princípio do acesso à Justiça no Direito Brasileiro;
9.       A ação: Principais teorias e as condições da ação no Direito Processual Civil Brasileiro; 10. A aplicabilidade do
princípio de proporcionalidade do Direito Administrativo.

ÁREA: Bacharelado em Segurança Pública
1. Formulação e análise de políticas no campo da Segurança Pública; 2. Administração do Sistema de Justiça Criminal; 3.
Estado, Sociedade e Criminalidade; 4. Violência, controle social e polícia; 5. Políticas Públicas na área de Segurança; 6. A
Atividade de Inteligência no Estado Democrático de Direito; 7. Os Direitos Humanos e a Segurança Pública; 8. Polícia
Comunitária e os anseios sociais contemporâneos; 9. Missões legais e sociais das Instituições Policiais no Brasil; 10. A
Polícia e as minorias sociais.

ÁREA: Comunicação Social - Jornalismo:
1. COMUNICAÇÃO: INTRODUÇÃO AOS CONCEITOS (Conceitos básicos: massa, cultura de massa, meios de
comunicação de massa, indústria cultural); 2. TEORIAS DA COMUNICAÇÃO: PARADIGMAS HEGEMÔNICOS (A
teoria da agulha hipodérmica, as abordagens da persuasão e dos efeitos limitados e a teoria funcionalista); 3. TEORIAS DA
COMUNICAÇÃO: PARADIGMAS ALTERNATIVOS (Paradigmas alternativos: da teoria crítica aos estudos culturais); 4.
TEORIAS DA COMUNICAÇÃO: NOVAS TENDÊNCIAS (Teorias do Jornalismo. A hipótese da agenda-setting.
Newsmaking: a lógica dos processos e as rotinas de produção de comunicação de massa); 5. O SIGNIFICADO DA
ESCOLA DE FRANKFURT PARA O ESTUDO DAS COMUNICAÇÕES (Os paradoxos da cultura de massa, o conceito
de indústria cultural como fio condutor da análise crítica em Adorno, Hockheimer e Benjamim. A mudança estrutural da
esfera pública e a razão comunicativa em Habermas. O contexto histórico, social e econômico da Escola de Frankfurt); 6. A
ESCOLA DE CHICAGO E SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A PESQUISA EM COMUNICAÇÃO (Comunicação e
sociedade na perspectiva da Escola de Chicago. O interacionismo simbólico, A representação do eu na vida cotidiana em
Goofman. Mente e sociedade em George Mead. As novas metodologias de pesquisa a partir da Escola de Chicago); 7.
COMUNICAÇÃO E NOVAS TECNOLOGIAS (O campo dos media. Comunicação e tecnologia da informação. A nova
mídia. Estudos da cibercultura em Pierre Levy. Novas tecnologias e novas formas de sociabilidade. Comunicação e Nova
ordem política mundial – Globalização); 8. HISTÓRIA DA IMPRENSA PIAUIENSE: ORIGEM (A chegada da imprensa
no Piauí. Primeiros jornais, suas características e evolução. Contribuições de alguns jornalistas); 9. O RÁDIO NO
CENÁRIO PIAUIENSE (História, origens, evolução, características, principais rádios. Jornalismo no rádio piauiense.
Principais nomes e contribuições. Desafios do rádio na atualidade); 10. TELEJORNALISMO NO PIAUÍ (A chegada da
televisão no Estado. Principais emissoras e profissionais da TV. As novas tecnologias da informação e comunicação
aplicadas ao cenário piauiense); 11. NOTÍCIA: MATÉRIA PRIMA DO JORNALISMO (Conceito de notícia. Elementos
da notícia. A construção da notícia. Critérios de escolha da notícia); 12. A PRODUÇÃO NOTICIOSA (A construção da
notícia. Estrutura de texto. Tipos de lead. Sublead); 13. FOTOJORNALISMO E TEXTO JORNALÍSTICO (O papel da
fotografia no processo de construção da notícia. A importância do texto para a fotografia jornalística. Legenda. Foto-
legenda); 14. GÊNEROS E ESPÉCIES JORNALÍSTICAS (Gêneros jornalísticos. A expressão opinativa e a informativa. A
visão de José Marques de Melo e Manuel Carlos Chaparro. A interpretação e a diversão nos conteúdos jornalísticos); 15. O
JORNALISMO ESPECIALIZADO (As várias áreas de atuação para o jornalista da atualidade. A importância da
especialização do profissional da área. O jornalismo científico, o esportivo, o cultural, o político e outros como integrantes
da produção noticiosa da mídia na atualidade).

ÁREA: Comunicação Social - Relações Públicas
1. História das Relações Públicas – Contexto Mundial (Relações Públicas: pressupostos teóricos e evolução conceitual.
Contexto histórico das Relações Públicas nos Estados Unidos e evolução após a Segunda Guerra Mundial); 2. História das
Relações Públicas – Contexto Nacional (Relações Públicas no Brasil: surgimento, evolução, órgãos de classe e panorama
                         GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ
                         UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ -UESPI
                         PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO – PROP
                         CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO QUADRO PERMANENTE

do mercado profissional. Funções básicas e específicas de Relações Públicas); 3. Teoria das Relações Públicas – Conceitos
Básicos (Os quatro modelos de Relações Públicas, segundo Grunig e Hunt. Fundamentos psicosociológicos das Relações
Públicas: o estudo do comportamento coletivo ( Multidão, Massa, Público e Opinião Pública)); 4. Públicos em Relações
Públicas: conceitos e abrangência (Relações Públicas com o Público Interno. Relações Públicas com a Imprensa. Relações
Públicas em apoio à Marketing e com os Consumidores. Relações Públicas com a Comunidade. Relações Públicas e as
relações com poderes públicos); 5. Gestão Estratégica de Projetos de Relações Públicas – Conceitos básicos (Planejamento
estratégico: conceitos e evolução. Pensamento estratégico e gestão estratégica. Processo metodológico e de análise
ambiental interna e externa); 6. Gestão Estratégica de Projetos de Relações Públicas – Planejamento de Relações Públicas
(Planejamento: conceituação geral e abrangência. Plano, projeto e projeto e programa: conceitos e dimensões.
Planejamento de Relações Públicas: funções básicas, finalidades e tipos. Fases do processo do planejamento de Relações
Públicas); 7. Comunicação Organizacional – Eventos (Tipos de atividades principais que envolvem o planejamento e
execução de eventos. Organização e providências administrativas. Produção de material informativo e promocional.
Divulgação. Eventos como parte do mix da comunicação organizacional integrada); 8. Relações Públicas Comunitárias e
Terceiro Setor – Conceitos Introdutórios (Cidadania, globalização e organização. Movimentos sociais. Relações Públicas
comunitárias: conceitos e abrangência. Terceiro setor: identidade, natureza, tipologia, papel e tendência. O Terceiro Setor e
as ONGs no Brasil); 9. Relações Públicas Comunitárias e Terceiro Setor (Relações Públicas no Terceiro Setor. Marketing
Social, Marketing Societal e filantropia empresarial. Relações Públicas e Responsabilidade Social. Balanço Social. As
mediações das Relações Públicas e as parcerias entre o público e o privado); 10. Técnicas e Instrumentos de Comunicação
Dirigida em Relações Públicas (Técnicas e instrumentos de comunicação dirigida em relações públicas: panorama geral.
Linguagem e meios de comunicação. Comunicação dirigida: técnicas e instrumentos impressos (escritos).
Publicações/periódicos: jornais, boletins, revistas, newsletters); 11. Técnicas e Instrumentos de Comunicação Dirigida em
Relações Públicas – Comunicação Administrativa (Comunicação administrativa. Mala direta. Murais. Mailing list. Livro-
memória. Balanço social); 12. Técnicas e Instrumentos de Comunicação Dirigida em Relações Públicas – Comunicação
Dirigida - Instrumentos Orais (Comunicação dirigida: técnicas e instrumentos orais - eventos (públicos interno e externo),
seminários, fórum, mesa-redonda, simpósio, debate, painel, conferência, palestra, jornada, assembléia, congresso,
convenção, visitação (open house e house warming)); 13. Técnicas e Instrumentos de Comunicação Dirigida em Relações
Públicas – Comunicação Dirigida - Instrumentos Audiovisuais e Digitais (Comunicação dirigida: técnicas e instrumentos
audiovisuais. Identidade visual, comunicação visual e sinalização. Vídeo e propaganda institucional. Radiojornal
institucional. Exposições. Comunicação dirigida: técnicas e instrumentos digitais. Intranet. Videoconferência)

ÁREA: Ciências Contábeis
Área de conhecimento: Contabilidade Geral: 1. Princípios Fundamentais de Contabilidade; 2. Apuração do Resultado e
encerramento exercício social; 3. DRE e participação nos lucros; 4. Demonstrações Financeiras. Área de conhecimento:
Contabilidade e Análise de Custos: 5. Sistemas de Custeio; 6. Departamentalização; 7. Relação Custo x Volume x Lucro.
Área de conhecimento: Contabilidade Avançada: 8. Conceitos de Controlada, Coligada e Equiparada; 9. Ágio e Deságio
– tratamento contábil e legal. Área de conhecimento: Análise das Demonstrações Contábeis: 10. Avaliação da situação
patrimonial, econômica e financeira. Área de conhecimento: Auditoria: 11. Normas de Auditoria; 12. Auditoria Interna e
Externa.

ÁREA: Educação Física
1. Avaliação das características morfológicas: medidas antropométricas, perímetros corporais e dobras cutâneas; 2.
Avaliação da aptidão física cardiorespiratório e neuromuscular; 3. Aparelho locomotor: sistema esquelético e muscular; 4.
Lesões acidentais com características próprias: afogamento, desidratação e insolação; 5. Capacidades      físicas     do
treinamento; 6. Princípios do treinamento esportivo; 7. Transferência de Aprendizagem; 8. Níveis de aprendizagem de
Habilidades Motoras; 9. Higiene dos locais de Educação Física e dos Desportos; 10.       Saltos: Extensão, triplo e em
altura.

ÁREA: Bioética
1. Origens da bioética; 2. Teoria principialista; 3. Bioética no princípio da vida: fertilização e células-tronco; 4. Bioética no
fim da vida: aborto e eutanásia; 5. Pesquisa envolvendo seres humanos; 6. Pesquisa com animais não-humanos; 7. Bioética
feminista; 8. Confidencialidade; 9. Consentimento livre e informado; 10. Teoria utilitarista.

ÁREA: Fisiologia
 1. Sistema digestivo: digestão e absorção; 2. Sistema respiratório: mecânica respiratória e troca de gases; 3.Princípios
físicos da circulação arterial, venosa e linfática; 4. Eletrofisiologia do coração; 5. Transporte através da membrana e
potencial de membrana; 6.Contração muscular; 7. Ações reflexas somáticas e viscerais; 8. Função renal e equilíbrio ácido-
básico; 9. Sistemas piramidal e extrapiramidal; 10. Fisiologia endócrina.
                        GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ
                        UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ -UESPI
                        PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO – PROP
                        CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO QUADRO PERMANENTE

ÁREA: Histologia
1. A célula interfásica: estrutura básica; 2. Classificação geral dos tecidos; 3. Epitélios de revestimento e glandular; 4.
Tecido conjuntivo: composição e características gerais; 5. Tecido linfóide: células e órgãos; 6. Tecidos cartilaginoso e
ósseo; 7. Tecidos musculares; 8. Tecido neural: estrutura geral e composição ceular; 9. Aparelho cardiovascular: capilares,
artérias, veias, miocárdio; 10. Aparelho respiratório: estrutura geral e barreira alvéolo-capilar.

ÁREA: Imunologia e Alergologia
1. Características gerais do sistema imune. Mecanismos de defesa: imunidade natural e adquirida; 2. Estrutura do sistema
imune: células e órgãos; 3. Hipersensibilidade: classificação e importância médica; 4. Sistema de histocompatibilidade:
estrutura e função; 5. Citocinas: conceito, origem e propriedades gerais; 6. Doenças auto-imunes: classificação e exemplos;
7. Síndromes de deficiência imunológica: conceito, classificação e exemplos; 8. Lúpus eritematoso sistêmico: aspectos
imunopatológicos; 9. AIDS: etiologia e aspectos imunológicos; 10. Imunologia e doença: participação do sistema imune na
gênese das doenças humanas.

ÁREA: Microbiologia
1. Doenças infecciosas: histórico, aspectos atuais, infecções emergentes; 2. Agentes infecciosos: classificação e
importância médica; 3. Bactérias: classificação geral e mecanismos de lesão decidual; 4. Métodos dignósticos dos agentes
infecciosos; 5. Importância clínica dos Mycobacterium; 6. Doenças sexualmente transmissíveis; 7. Vírus: estrutura e
mecanismos básicos de lesão tecidual; 8. Mecanismos de transmissão de doenças infecciosas e defesas do hospedeiro; 9.
Coletas de amostras clínicas; 10. Teste de sensibilidade aos antimicrobianos.

ÁREA: Parasitologia
1. Imunodepressão e parasitismo; 2. Métodos diagnósticos em parasitologia humana; 3. Classificação      dos    parasitas
causadores de doenças; 4. Leishmanioses; 5. Trypanosoma cruzi e a doença de Chagas; 6. Entamoeba hystolítica e outras
amebas parasitas do homem; 7. Schistosoma mansoni e a esquistossomose; 8. Helmintíases de importância epidemiológica;
9. Hemípteros e dípteros nematóceros: importância para a saúde humana; 10. Ofídios: importância para a saúde humana.

ÁREA: Anatomia Médico e Cirúrgica
1. Estudo anatômico da visão; 2. Estudo anatômico da boca; 3. Estudo anatômico dos pulmões; 4. Estudo anatômico do
coração; 5. Estudo anatômico do compartimento supramesocólico; 6. Estudo anatômico do compartimento inframesocólico
retroperitoneal; 7. Estudo anatômico do períneo anterior; 8. Estudo anatômico do pescoço; 9. Estudo anatômico da mão; 10.
Estudo anatômico do pé.

ÁREA: Neuroanatomia
1. Anatomia do cerebelo; 2. Anatomia do tronco encefálico; 3. Anatomia do telencéfalo; 4. Anatomia do diencéfalo; 5.
Anatomia do sistema límbico; 6. Nervos cranianos; 7. Sensibilidade: grandes vias aferentes; 8. Motricidade visceral e
somática; 9. Meninges e o sistema ventricular; 10. Vascularização do neuroeixo.

ÁREA: Propedêutica Médica
1. O método clínico; 2. Exame físico geral; 3. Exame físico geral neurológico; 4. Motilidade voluntária e involuntária; 5.
Propedêutica da coluna vertebral; 6. Propedêutica das articulações; 7. Semiologia das síndromes tireoideanas; 8.
Semiologia das síndromes gonadais; 9. Semiologia dos pulmões; 10. Semiologia do coração.

ÁREA: Cardiologia
1. Cor Pulmonale; 2. Doença Isquêmica Aguda; 3. Doença Isquêmica Crônica; 4. Endocardites; 5. Hipertensão Arterial
Sistêmica; 6. Insuficiência Cardíaca Congestiva; 7. Miocardiopatias; 8. Pericardites; 9. Valvopatias Aórtica e Pulmonar;
10. Valvopatias Mitral e Tricúspide.

ÁREA: Pneumologia
1.Asma; 2. DPOC; 3. Pneumonias; 4. Tuberculose; 5. Doenças da pleura; 6. Neoplasias do pulmão; 7. Supurações;            8.
Insuficiência respiratória aguda; 9. Embolia pulmonar; 10. Doenças ocupacionais.

ÁREA: Reumatologia
1. Osteoartrose; 2. Fibromialgia; 3. Artrite reumatóide; 4.Doenças reumáticas da infância; 5. Lúpus eritematoso sistêmico;
6. Miosites inflamatórias idiopáticas; 7. Osteoporose; 8. Artrites infecciosas; 9. Espondiloartropatias seronegativas; 10.
Esclerose sistêmica.
                         GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ
                         UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ -UESPI
                         PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO – PROP
                         CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO QUADRO PERMANENTE

ÁREA: Técnica Operatória e Cirurgia Experimental
1. Assepsia e anti-sepsia; 2. Fios de sutura; 3. Centro cirúrgico; 4. Técnicas de diérese; 5. Técnicas de síntese; 6. Suturas
mecânicas e adesivos cirúrgicos; 7. Vias de acesso à cavidade abdominal; 8. Vias de acesso à cavidade torácica; 9.Curativos
e imobilizações; 10. Punções, drenagens e sondagens.

ÁREA: Coloproctologia
1. Exame físico e anamnese proctológicos; 2. Preparo intestinal para cirurgia colorretal; 3. Colostomias; 4.Afecções
cirúrgicas benignas dos cólons e reto; 5. Afecções cirúrgicas malignas dos cólons e reto; 6. Doença inflamatória intestinal;
7. Doenças anorretais benignas; 8. Doenças anorretais malignas; 9. Colonoscopia;           10. Pré e pós-operatório na
coloproctologia.

ÁREA: Bioestatística e Demografia
1. Apuração e apresentação dos dados; 2. Levantamento por amostragem; 3. Medidas; 4. Distribuição de Gauss; 5.Testes
estatísticos; 6. Estrutura populacional; 7. Políticas demográficas; 8. Dinâmica populacional; 9. Análise dos fenômenos
demográficos; 10. Indicadores demográficos.

ÁREA: Cirurgia Geral
1. Atendimento inicial do politraumatizado; 2.Choque; 3. Apendicite aguda; 4. Hérnias da parede abdominal; 5. Preparo
pré-operatório; 6. Antibioticoterapia em pacientes cirúrgicos; 7. Reposição hicro-eletrolítica no pós-operatório; 8. Abdome
agudo cirúrgico; 9. Cicatrização; 10. Transplantes.

ÁREA: Angiologia
1. Semiologia arterial e venosa; 2. Doença varicosa; 3. Tromboso venosa profunda; 4. Doença obstrutiva arterial crônica;
5. Doença obstrutiva arterial agud; 6. Pé diabético; 7. Doenças arteriais funcionais; 8. Fístulas arterio-venosas; 9.
Aneurisma arterial; 10. Trauma vascular.

ÁREA: Epidemiologia
1. História natural da doença; 2. Indicadores de saúde; 3. Transição demográfica e epidemiologia; 4. Causalidade; 5.
Políticas públicas de saúde; 6. Epiemiologia das doenças transmissíveis; 7. Epidemiologia das doenças não-transmissíveis;
8. Vigilância epidemiológica; 9. Doenças emergentes e reemergentes; 10. Vigilância ambiental e sanitária.

ÁREA: Dermatologia
1. Hansensíase; 2. Acne e erupções acneiformes; 3. Micoses profundas; 4. Micoses superficiais; 5. Dermatites e eczemas; 6.
Buloses e dermatites papulosas; 7. Câncer de pele não-melanoma; 8. Melanoma cutânea; 9. Leishmaniose cutâneo-
mucosa; 10. Infecções herpéticas.

ÁREA: Genética Médica
1. Bases cromossômicas da herediatriedade; 2. Alterações cromossômicas; 3. Síndrome de Down; 4. Herança monogênica;
5. Herança multifatorial; 6. Determinação e diferenciação sexual; 7. Distúrbios clínicos dos cromossomos sexuais; 8. As
hemoglobinopatias; 9. Erros metabólicos hereditários; 10. Aconselhamento genético

ÁREA: Oncologia
1. Biologia do câncer; 2. Marcadores tumorais ; 3. Câncer de pulmão; 4. Câncer de mama; 5. Câncer do colo uterino; 6.
Câncer de pele; 7. Câncer de estômago; 8. Câncer do colon e reto; 9. Câncer de próstata; 10. Melanoma.

ÁREA: Psiquiatria
1. Transtorno do humor; 2. Transtornos organo-cerebrais; 3. Transtorno da personalidade; 4. Transtorno da sexualidade; 5.
Distúrbios neuróticos; 6. Distúrbios psicóticos; 7. Funções mentais; 8. Psicofarmacologia; 9. Semiologia psiquiátrica;
10. Psicoterapias.

ÁREA: Medicina Comunitária e Saúde da Família
1. Saneamento básico; 2. Primeiros socorros em urgências domésticas; 3. Recursos médicos da comunidade; 4.
Determinantes da saúde comunitária da família; 5. Atenção à saúde familiar; 6. Abastecimento de água; 7. Imunizações;
8. Medicina caseira; 9. Dejetos e doenças; 10. Administração de medicamentos e outros recursos de tratamento domiciliar.

ÁREA: Fisioterapia – Estágio Supervisionado II - UTI
1. Admissão e avaliação do paciente grave na UTI; 2. Exames complementares de interesse do Fisioterapeuta em UTI; 3.
Monitoração Respiratória; 4. Tratamento Fisioterapêutico em UTI; 5. Inspiração e expiração anormal – sinal de Hoover e
Assicronia Toraco-abdominal; 6. Volumes e capacidades pulmonares; 7. Indicação da Ventilação Mecânica; 8.Ventilação
                         GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ
                         UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ -UESPI
                         PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO – PROP
                         CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO QUADRO PERMANENTE

Mecânica invasiva e não invasiva; 9. Principais complicações da ventilação mecânica; 10. Parâmetros de conduta de
tratamento e desmame da ventilação.

ÁREA: Fisioterapia -– Estágio Supervisionado I - Neurologia Infantil
1. Avaliação Neurológica do recém-nascido; 2. Desenvolvimento Neuropsicomotor normal; 3. Desenvolvimento
neuropsicomotor anormal; 4. Reconhecimento precoce da criança com disfunção neuropsicomotora – principais sinais; 5.
Paralisia Cerebral; 6. Síndrome de Down; 7. Paralisia Obstétrica; 8. Mielomeningocele; 9. Manejo em UTI neonatal; 10.
Conceito e princípios do método neuroevolutivo – Bobath.

ÁREA: Fisioterapia Geral II
1. Avaliação Aquática; 2. Planejamento do Tratamento Aquático Terapêutico; 3. Componentes do exercício; 4. Métodos
(Halliwick, Bad Rapaz, Watsu); 5. Indicações / Contra indicações Hidroterapia; 6. Hidroterapia na Neurologia; 7.
Hidroterapia na Reumatologia; 8. Hidroterapia na Ortopedia e Traumatologia; 9. Hidroterapia na Pediatria; 10.
Hidroterapia na Gineco-Obstetrícia.

ÁREA: Fisioterapia - Ambulatório Didático Pedagógico I
1. Proteção Constitucional das pessoas portadoras de deficiência; 2. Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência; 3. Acesso
à saúde para pessoas portadoras de deficiência; 4. Acesso à educação para a pessoa portadora de deficiência; 5. Acesso a
equiparação de oportunidades para a pessoa portadora de deficiência; 6. Acesso à habilitação para a pessoa portadora de
deficiência; 7. Acesso à reabilitação para a pessoa portadora de deficiência; 8. Acesso à cultura, ao deporto, ao turismo e
ao lazer para as pessoas portadoras de deficiência; 9. As barreiras arquitetônicas, urbanísticas, as barreiras arquitetônicas
na edificação, as barreiras na educação, nas comunicações, no trabalho, no transporte público e outros; 10. Do acesso ao
trabalho para pessoa portadora de deficiência.

ÁREA: Fisioterapia Comunitária
1. Aleitamento Materno / Vacinação / Imunização; 2. Noções de Primeiros Socorros; 3. A   Fisioterapia    na     saúde
comunitária; 4. Doenças sexualmente transmissíveis e não transmissíveis; 5. Doenças causadas por vírus e bactérias; 6.
Doenças causadas por Protozoários e Vermes; 7. Doenças relacionadas com saneamento básico; 8. Doenças Degenerativas;
9. Atenção à pessoa portadora de deficiência; 10. Saúde do Trabalhador;

ÁREA: Fisioterapia Neurológica
1. Avaliação Fisioterapêutica em pacientes neurológicos; 2. Traumatismo crânio encefálico; 3. Lesões medulares; 4.
Doença de Parkinson; 5. Paralisia facial central e periférica; 6. Esclerose Múltipla; 7. Lesões de nervos periféricos do
Membro Superior; 8. Polineuropatias; 9. Acidente Vascular Cerebral; 10. Síndrome de Guillar-Barré.

ÁREA: Fisioterapia Dermatológica
1. Infecções e Infestações da Pele; 2. Dermatoses Ocupacionais; 3. Fisioterapia na Hansenáise; 4. Fisioterapia no paciente
queimado; 5. Sistema Linfático; 6. Fibro-Edema Geloide; 7. Lipodistrofia localizada; 8. Drenagaem Linfática Manual; 9.
Fisioterapia na Cirurgia Plástica e reparadora; 10. Recursos eletro-termo-fototerapêuticos utilizados na Fisioterapia
Dermatológica.

ÁREA: Fisioterapia - Cinesiologia II
1. Cinesiologia da Marcha Humana; 2. Identificação dos Músculos Motores do Joelho; 3. Deformidades do pé; 4.Avaliação
dos Principais desvios posturais; 5. Aspectos Posturais do pé; 6. Análise Biomecânica das articulações da cintura pélvica e
quadril; 7. Avaliação da marcha humana normal; 8. Avaliação cinesiológica da Articulação do joelho; 9. Identificação e
análise dos músculos que movem o pé; 10. Identificação dos músculos motores do quadril.


ÁREA: Fisioterapia – Clinica Traumato Ortopédica
1. Fraturas expostas; 2. Pseudoartrose e Retardo de Consolidação; 3. Lesões traumáticas do ombro; 4. Fraturas do
antebraço; 5. Fraturas do quadril; 6. Fraturas da diáfise do fêmur; 7. Lesões traumáticas do osso imaturo; 8. Lesões do
esporte; 9. Amputações; 10. Pé torno congênito.

ÁREA: Fisioterapia Geral I
1. Corrente Galvânica: Efeito Fisiológico, Químico e Biológico; 2. Princípios básicos da Galvanização e efeitos
fisiológicos; 3. Iontoforese; 4. Eletroestimulação; 5. Corrente Dinâmica De Bernard; 6. Ecor: Tipos de corrente. Indicações
e Contra Indicações; Precauções; 7. Tens: Conceito; Tipos de Tens; Mecanismo Neurofisiológico; Indicações e Contra
Indicações; Precauções; 8. Eletrodiagnóstico; 9. Raio Laser; 10. Corrente interferencial + Corrente Russa.
                         GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ
                         UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ -UESPI
                         PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO – PROP
                         CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO QUADRO PERMANENTE

ÁREA: Psicologia do Desenvolvimento Humano – Supervisão em Clínica
1. Desenvolvimento Cognitivo Infantil: Percepção, Formação e Conceitos, Pensamento, Linguagem e Inteligência; 2.
Teorias do Desenvolvimento Infantil na tríade: Freud, Piaget e Vygotsky; 3. Mudanças Cognitivas, Afetivas e
Comportamentais na Adolescência; 4. Teorias do Desenvolvimento da Personalidade na Adolescência; 5. Desenvolvimento
Psicossocial do Adulto; 6. Desenvolvimento Psicossocial na terceira idade; 7. Desenvolviemnto do juízo moral segundo
Piaget; 8. Transições psicossociais: Criança – púbere adolescente adulto, e suas implicações psicológicas; 9.
Comportamentos desviantes do processo de adolescer (desvios de condutas e drogadição); 10. Transtornos invasivos do
desenvolvimento infantil (Autismo, Asperger, Rett...).

ÁREA: Psicologia - Testes e Exames Psicológicos
1. Campo disciplinar da avaliação psicológica; 2. Antecedentes históricos da testagem moderna; 3. Definição, tipos,
utilidades e controle do teste psicológico; 4. Princípios técnicos e metodológicos: normas, escores, fidedignidade, validade e
análise dos itens; 5. Psicologia expressiva e projetiva: conceituação, aspectos teóricos e metodológicos; 6. A questão ética
na testagem psicológica; 7. Dignóstico e aconselhamento em orientação vocacional (LIP, EMEP...); 8. Fundamentos
teóricos epstemológicos de exames psicológicos; 9. Tipos de métodos de exames psicológicos; 10. Planejamento e
execução de exames e testes psicológicos.

ÁREA: Psicologia Escolar Aplicada – Supervisão em Psicopedagogia
1. Psicopedagogia: Histórico, desenvolvimento e estado atual da ciência; 2. Psicopedagogia clínica e institucional:
Principais especificidades teóricas e técnicas; 3. Método e técnicas de diagnósticos de tratamentos dos problemas de
aprendizagem na escola; 4. Considerações psicopedagógicas sobre os conceitos de aprendizagem e distúrbios de
aprendizagens; 5. Fundamentos da Psicopedagogia: objeto de estudo e as teorias que embasam trabalho psicopedagógico; 6.
Percursos da Psicopedagogia no Brasil; 7. A configuração clínica da prática psicopedagógica; 8. O tratamento
psicopedagógico: o enquadre, a operanacionalização e a interpretação do psicopedagogo; 9. O campo de atuação da
Psicopedagogia; 10. O diagnóstico do problema de aprendizagem na visão do psicopedagogo.

ÁREA: Psicologia - Introdução ao Manejo do Paciente – Supervisão em Psicologia Hospitalar
1. Psicologia Hospitalar: Histórico, desenvolvimento e principais conceitos; 2. Tanatologia: o manejo do paciente terminal
e situações de luto no contexto hospitalar; 3. Psicologia da cidade, Psicologia Clínica e Psicologia hospitalar: especificidade
teóricas e técnicas; 4. O manejo do paciente em situação de hospitalização: ambulatório, UTI e pronto socorro; 5.
Intervenções Psicoterapêuticas no diagnóstico e no tratamento do paciente; 6. A família no processo de adoecer e do luto;
7. O papel do psicólogo frente a equipe da saúde; 8. O processo de atendimento psicológico ao paciente hospitalizado: da
admissão à alta; 9. A equipe multiprofissional e o paciente: medidas auxiliares no diagnóstico e tratamento do paciente; 10.
Acompanhamento psicológico aos familiares de crianças internadas em UTI.

ÁREA: Psicologia Comunitária e Família – Supervisão em Comunitária
1. Histórico e Bases Técnicas da Psicologia Comunitária no Brasil e no Nordeste; 2. A Prática do Psicólogo na
Comunidade; 3. História das Políticas Públicas de Saúde Mental no Brasil e seu contexto atual; 4. Questões éticas
envolvidas na prática comunitária; 5. Habilidades e aperfeiçoamento das atitudes pessoais e profissionais necessárias para o
exercício da Psicologia comunitária; 6. Atenção primária e integrada das necessidades de atendimento à saúde mental da
pessoa, da família e da comunidade em geral; 7. Prática Psicoterapêutica na comunidade: Ambulatório, postos de saúde e
CAPS; 8. Manejo do paciente ambulatorial e comunitário; 9. Problemas mais freqüentes encontrados na família e na
comunidade: diagnóstico e intervenção; 10. Atenção à saúde mental e familiar e suas relações com as políticas públicas de
saúde.

ÁREA: Psicologia Escolar – Supervisão em Psicologia Escolar
1. Psicologia Escolar – Histórico, Desenvolvimento e especificidades da prática do psicólogo nas escolas; 2. Os conceitos
de desenvolvimento e aprendizagem em Piaget e Vygotsky e suas relações com a educação; 3. Consideração sobre a
atuação do psicólogo em escolas públicas e privadas; 4. Atuação do psicólogo escolar no ensino infantil fundamental e
médio; 5. Atuação do psicólogo escolar diante aos distúrbios de aprendizagem; 6. Considerações psicológicas sobre os
conceitos de aprendizagens e distúrbios de aprendizagens; 7. Métodos e técnicas de diagnóstico e tratamento dos
problemas de aprendizagem na escola; 8. Psicologia Escola: principais especificidades teóricas e técnicas; 9. A Psicologia
Escolar na instituição; 10. Piaget e Vygotsky e suas relações com o desenvolvimento e aprendizagem.

ÁREA: Psicologia da Personalidade – Supervisão em Psicologia Clínica
1. Personalidade: Histórico do Conceito e principais definições na Psicologia; 2. Noções Básicas de Personalidade nas
abordagens psicanalíticas; 3. Noções básicas de personalidade nas abordagens existenciais – Humanistas: ACP e
GESTALT – Terapia; 4. Noções básicas de personalidade nas abordagens comportamentais; 5. Definição e determinantes
genéticos e sociais da personalidade; 6. Noções de estrutura da personalidade nas abordagens psicanalíticas; 7. Noções de
estrutura da personalidade nas abordagens humanistas; 8. O meio como determinante na formação da personalidade
                        GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ
                        UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ -UESPI
                        PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO – PROP
                        CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO QUADRO PERMANENTE

(temperamento e caráter); 9. Tipos primários de caráter (esquizóide, oral, psicótico, masoquista e rígido); 10. O
desenvolvimento da Persnalidade segundo as concepções teóricas não analíticas: behaviorismo, rogeriana, escolas orientais,
bioenergéticas.

ÁREA: Enfermagem: Saúde da Mulher
1. Assistência Integral a Saúde da Mulher no Pré-Natal; 2. Assistência Integral a Saúde da Mulher no Parto; 3.Assistência
Integral a Saúde da Mulher no Puerpério; 4. Assistência a Mulher na Fase Reprodutiva; 5. Assistência a Mulher na
Prevenção das Afecções Ginecológicas; 6. Assistência a Mulher no Tratamento das Afecções Ginecológicas; 7.
Assistência a Mulher no Ciclo Gravídico-Puerperal; 8. Assistência de Enfermagem em Planejamento Familiar; 9.
Assistência a Mulher na Prevenção e Tratamento do Câncer de Mama; 10. Assistência a Mulher na Prevenção e Tratamento
do Câncer Ginecológico.

ÁREA: Enfermagem: Saúde Pública
1. Política Nacional de Saúde – SUS; 2. Programas Especiais de Saúde – Tuberculose; 3. Programas Especiais de Saúde –
Hanseníase; 4. Programas Especiais de Saúde – AIDS; 5. Programas Especiais de Saúde – Diabetes; 6. Programas
Especiais de Saúde – Hipertensão; 7. Programas Especiais de Saúde – Hepatites Virais; 8. Programa Nacional de
Imunização – (PNI); 9. Programa de Saúde da Família (PSF), como Estratégia de Operacionalização do Sistema Único de
Saúde – SUS; 10. Programa de Saúde do Idoso como Estratégia de Saúde Pública.

ÁREA: Enfermagem: Pediátrica
1. Programa Nacional de Imunização – PNI; 2. Assistência de Enfermagem Integral a Criança; 3. Assistência de
Enfermagem Integral ao Adolescente; 4. Assistência de Enfermagem nas Patologias Clínicas; 5. Assistência      de
Enfermagem em Neonatologia; 6. Assistência de Enfermagem nas Infecções Respiratórias Agudas; 7. Intervenções de
Enfermagem na Saúde Escolar; 8. Intervenções de Enfermagem nas Creches; 9. Intervenções de Enfermagem na Unidade
de Terapia Intensiva Pediátrica; 10. Intervenções de Enfermagem em Situações de Urgências Pediátricas.

ÁREA: Enfermagem: Perioperatória
1. Assistência de Enfermagem no Pré-Operatório; 2. Assistência de Enfermagem no Transoperatório; 3. Assistência de
Enfermagem no Pós-Operatório Imediato; 4. Assistência de Enfermagem no Pós-Operatório Tardio; 5. Medidas de
Precaução Universal Perioperatórias; 6. Medidas de Esterilização; 7. Intervenções da Enfermagem na Sala de
Recuperação Pós-anestésica; 8. A Função da Enfermeira no Centro Cirúrgico; 9.A Equipe de Enfermagem no Centro
Cirúrgico; 10. Sistematização da Assistência de Enfermagem no Centro Cirúrgico.

ÁREA: Enfermagem – Campus de Picos
1. Política Nacional de Saúde – SUS; 2. Programas Especiais de Saúde – Tuberculose; 3. Programas Especiais de Saúde –
Hanseníase; 4. Programas Especiais de Saúde – AIDS; 5. Programas Especiais de Saúde – Diabetes; 6. Programas
Especiais de Saúde – Hipertensão; 7. Programas Especiais de Saúde – Hepatites Virais; 8. Programa Nacional de
Imunização – (PNI); 9. Programa de Saúde da Família (PSF), como Estratégia de Operacionalização do Sistema Único de
Saúde – SUS; 10. Programa de Saúde do Idoso como Estratégia de Saúde Pública.

ÁREA: Enfermagem – Campus de Floriano
1. Assistência Integral a Saúde da Mulher no Pré-Natal; 2. Assistência Integral a Saúde da Mulher no Parto; 3.Assistência
Integral a Saúde da Mulher no Puerpério; 4. Assistência a Mulher na Fase Reprodutiva; 5. Assistência a Mulher na
Prevenção das Afecções Ginecológicas; 6. Assistência a Mulher no Tratamento das Afecções Ginecológicas; 7.
Assistência a Mulher no Ciclo Gravídico-Puerperal; 8. Assistência de Enfermagem em Planejamento Familiar; 9.
Assistência a Mulher na Prevenção e Tratamento do Câncer de Mama; 10. Assistência a Mulher na Prevenção e Tratamento
do Câncer Ginecológico.

ÁREA: Comunicação Social – Campus de Picos
1. COMUNICAÇÃO: INTRODUÇÃO AOS CONCEITOS (Conceitos básicos: massa, cultura de massa, meios de
comunicação de massa, indústria cultural); 2. TEORIAS DA COMUNICAÇÃO: PARADIGMAS HEGEMÔNICOS (A
teoria da agulha hipodérmica, as abordagens da persuasão e dos efeitos limitados e a teoria funcionalista); 3. TEORIAS DA
COMUNICAÇÃO: PARADIGMAS ALTERNATIVOS (Paradigmas alternativos: da teoria crítica aos estudos culturais); 4.
TEORIAS DA COMUNICAÇÃO: NOVAS TENDÊNCIAS (Teorias do Jornalismo. A hipótese da agenda-setting.
Newsmaking: a lógica dos processos e as rotinas de produção de comunicação de massa); 5. O SIGNIFICADO DA
ESCOLA DE FRANKFURT PARA O ESTUDO DAS COMUNICAÇÕES (Os paradoxos da cultura de massa, o conceito
de indústria cultural como fio condutor da análise crítica em Adorno, Hockheimer e Benjamim. A mudança estrutural da
esfera pública e a razão comunicativa em Habermas. O contexto histórico, social e econômico da Escola de Frankfurt); 6. A
ESCOLA DE CHICAGO E SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A PESQUISA EM COMUNICAÇÃO (Comunicação e
sociedade na perspectiva da Escola de Chicago. O interacionismo simbólico, A representação do eu na vida cotidiana em
                         GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ
                         UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ -UESPI
                         PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO – PROP
                         CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO QUADRO PERMANENTE

Goofman. Mente e sociedade em George Mead. As novas metodologias de pesquisa a partir da Escola de Chicago); 7.
COMUNICAÇÃO E NOVAS TECNOLOGIAS (O campo dos media. Comunicação e tecnologia da informação. A nova
mídia. Estudos da cibercultura em Pierre Levy. Novas tecnologias e novas formas de sociabilidade. Comunicação e Nova
ordem política mundial – Globalização); 8. HISTÓRIA DA IMPRENSA PIAUIENSE: ORIGEM (A chegada da imprensa
no Piauí. Primeiros jornais, suas características e evolução. Contribuições de alguns jornalistas); 9. O RÁDIO NO
CENÁRIO PIAUIENSE (História, origens, evolução, características, principais rádios. Jornalismo no rádio piauiense.
Principais nomes e contribuições. Desafios do rádio na atualidade); 10. TELEJORNALISMO NO PIAUÍ (A chegada da
televisão no Estado. Principais emissoras e profissionais da TV. As novas tecnologias da informação e comunicação
aplicadas ao cenário piauiense); 11. NOTÍCIA: MATÉRIA PRIMA DO JORNALISMO (Conceito de notícia. Elementos
da notícia. A construção da notícia. Critérios de escolha da notícia); 12. A PRODUÇÃO NOTICIOSA (A construção da
notícia. Estrutura de texto. Tipos de lead. Sublead); 13. FOTOJORNALISMO E TEXTO JORNALÍSTICO (O papel da
fotografia no processo de construção da notícia. A importância do texto para a fotografia jornalística. Legenda. Foto-
legenda); 14. GÊNEROS E ESPÉCIES JORNALÍSTICAS (Gêneros jornalísticos. A expressão opinativa e a informativa. A
visão de José Marques de Melo e Manuel Carlos Chaparro. A interpretação e a diversão nos conteúdos jornalísticos); 15. O
JORNALISMO ESPECIALIZADO (As várias áreas de atuação para o jornalista da atualidade. A importância da
especialização do profissional da área. O jornalismo científico, o esportivo, o cultural, o político e outros como integrantes
da produção noticiosa da mídia na atualidade).

Área: Agronomia – Campus de Picos
1.Fertilidade do solo; 2. Tecnologia e produção de sementes; 3. Melhoramento vegetal; 4. Conservação do solo;
5.Tecnologia de produção de culturas anuais: milho, feijão, soja, arroz; 6. Tecnologia de produção de culturas perenes:
caju, acerola, coco, manga; 7. Tecnologia de produção de culturas olericolas: alface, tomate, repolho; 8. Tecnologia de
produção de culturas forrageiras; 9. Manejo integrado de pragas e doenças; 10. Água no sistema solo-planta-amosfera.

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:3
posted:3/17/2012
language:
pages:11
jennyyingdi jennyyingdi http://
About