Era da Garantia da Qualidade

Document Sample
Era da Garantia da Qualidade Powered By Docstoc
					Era da Garantia da Qualidade

   A solução dos problemas fabris continua
    sendo o enfoque;
   Elementos relacionados com a Qualidade
    foram muito além das ferramentas
    estatísticas;
   Possui quatro movimentos distintos:
       Quantificação dos custos da qualidade;
       Controle Total da Qualidade (TQC);
       Engenharia da confiabilidade;
       Programa zero defeito.
Quantificação dos Custos da Qualidade

   Foram abordados pela primeira vez por
    Juram – “Quality Control Handbook” 1951;
   Buscava sinalizar aos gerentes o impacto
    que as ações de qualidade tinham sobre os
    custos custos empresariais;
   Crescimento do interesse dos altos escalões
    das empresas quando Juran demonstrou a
    quantificação dos custos da Qualidade
Quantificação dos Custos da Qualidade

   Custos de qualidade evitáveis e inevitáveis:
    Custos evitáveis:
       Defeitos e falhas nos produtos;
       Material sucateado;
       Horas de retrabalho;
       Processos jurídicos;
       Processamento de reclamações.
Quantificação dos Custos da Qualidade

   Custos de qualidade evitáveis e inevitáveis:
    Custos inevitáveis:
       Inspeção;
       Amostragem;
       Classificação;
       Outras atividades para obtenção da Qualidade.


 As decisões tomadas no início da cadeia
  produtiva tinha implicações nos custos da
  Qualidade.
Controle Total da Qualidade - TQC

   Definido em 1956 por Armand Feigenbaun;
   O controle da qualidade tinha que começar
    pelo projeto e terminar nas mãos de um
    cliente satisfeito;
   A alta Qualidade dos produtos é difícil de ser
    alcançada se o trabalho for feito de modo
    isolado;
Controle Total da Qualidade - TQC

   A Qualidade deve envolver setores como:
       Marketig;
       Engenharia;
       Compras;
       Fabricação;
       Expedição;
       Atendimento ao cliente.
Controle Total da Qualidade - TQC

   O sistema de qualidade passa a incluir
    desenvolvimento de novos produtos, seleção
    de fornecedores e o atendimento aos
    clientes;
   Agora para os profissionais da Qualidade
    não basta apenas o conhecimento
    estatístico;
   É necessário o conhecimento das atividades
    gerenciais.
Engenharia da Confiabilidade

   Objetivo: Garantir um desempenho aceitável
    do produto ao longo do tempo;
   Forte embasamento em probabilidade e
    estatística;
   A idéia era evitar falhas ao longo do
    processo;
Engenharia da Confiabilidade

   Desenvolvimento de novas técnicas e
    ferramentas:
       Analise de efeito e modo de falha – FEMEA;
       Analise individual dos componentes;
       Redundância;


   A engenharia da confiabilidade foi e ainda é
    bastante utilizada na industria aero-espacial,
    eletrônica e militar.
Programa Zero Defeitos

   Teve seu início em 1961 na industria de
    mísseis Martin Company, nos Estados
    Unidos;
   Foi inspirado nos trabalho de Philip Crosby;
   Sua filosofia é baseada em fazer certo da
    primeira;
Programa Zero Defeitos

   Foi dado ênfase na motivação dos
    funcionários:
       Treinamento;
       Estabelecimento de objetivos;
       Reconhecimento do trabalho bem feito;
   Três causas comuns dos erro dos
    empregados:
       Falta de conhecimento;
       Falta de instalações;
       Falta de atenção;
Era da Gestão Estratégica da Qualidade

   Não se pode identificar seu início. Não existe
    uma obra que marca seu início;
   Mudança no foco da Qualidade:
       Passa do produto para a satisfação do cliente;
       O cliente é abordado como fator principal para a
        preservação da empresa no mercado;
   Quais a principais forças que influenciaram
    essa mudança?
       Maior concorrência;
       Grande volume de indenizações;
Era da Gestão Estratégica da Qualidade
e sua abordagem estratégica
   Com a mudança do foco da qualidade a
    produção sem defeitos, que era o foco da era
    da Garantia da Qualidade e da era do
    Controle Estatístico, ficou limitada;
   São os clientes e não mais os departamentos
    internos que dão a última palavra ao e
    determinar se um produto é aceitável;
Era da Gestão Estratégica da Qualidade
e sua abordagem estratégica
   As pesquisas de opinião e de mercado
    ganham importância;
   SAC’s ganha importância;
   Marketing ganha importância;
Era da Gestão Estratégica da Qualidade
e sua abordagem estratégica
   A Qualidade se posiciona como uma arma
    poderosa diante da concorrência;
   Exigência na mudança de atitude em todos
    os níveis hierárquicos em uma empresa;
   A mais alta gerência tem que participar do
    processo de obtenção da Qualidade, e
    também tem que ser cobrada com rigor pelas
    falhas de qualidade;
Era da Gestão Estratégica da Qualidade
e sua abordagem estratégica
   A especificação técnica dos funcionários
    continua desejável, mas eles precisam estar
    afinados e compreenderem os objetivos
    estratégicos da empresa;
Era da Gestão Estratégica da Qualidade

   A era da Gestão Estratégica da Qualidade
    pode ser considerada um evolução natural
    das eras que antecederam;
   Existem aspectos tanto da era da Garantia
    da Qualidade, do Controle Estatístico e
    também da Inspeção;
Era da Gestão Estratégica da Qualidade

   Porém, a Abordagem Estratégica da
    Qualidade é muito mais ligada a
    Lucratividade das empresas, dos anseios
    dos consumidores e é hoje associada a
    melhoria contínua.

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:916
posted:3/16/2012
language:Portuguese
pages:18