td zoologia protozoario especifica 2007

Document Sample
td zoologia protozoario especifica 2007 Powered By Docstoc
					Td especifica
Biologia
Assunto: Zoologia e protozoários
Prof. Marcelo Henrique

1. (Unicamp 94) Animais triploblásticos podem ser acelomados, pseudocelomados ou celomados.
Considere o esquema a seguir do corte transversal de um embrião, e responda:
a) Qual dos três níveis de organização está representado? Justifique.
b) O que está indicado por I, II, III e IV?




2. (Unesp 93) Considerando-se as doenças: Gripe, Paralisia Infantil, Gonorréia, Doença de
Chagas, Amarelão, Cólera, Tuberculose e Febre Amarela, pergunta-se:
a) Quais delas são passíveis de tratamento com antibióticos? Por quê?
b) Quais delas teriam sua incidência diminuída pela dedetização? Por quê?

3. (Unesp 91) No exame, a olho nu, das fezes de uma criança foi constatada a presença de uma
estrutura esbranquiçada, similar a pedaços de macarrão, cujo nome técnico é proglote. Sua mãe
foi informada por algumas pessoas que não havia motivos para preocupação, uma vez que eram
pedaços de um animal que morreu e estava se desmanchando.
Pergunta-se:
a) A informação recebida pela mãe é correta? Justifique sua resposta.
b) Que parasita o menino apresentava e a que filo pertence o animal em questão?

4. (Unicamp 93) No início do século, o Jeca Tatu, personagem criado por Monteiro Lobato,
representava o brasileiro de zona rural, descalço, mal vestido e espoliado por vermes intestinais.
Jeca se mostrava magro, pálido e preguiçoso, características estas decorrentes da parasitose.
Sobre o personagem, Monteiro Lobato dizia: "Ele não é assim, ele está assim", e ainda,
"Examinando-lhe o sangue assombra a pobreza em hemoglobina".
a) Que vermes intestinais eram responsáveis pelo estado do Jeca?
b) Tendo em vista que esta parasitose ainda hoje acomete milhões de brasileiros, o que as
pessoas devem fazer para não adquiri-la? Por quê?

5. (Fuvest 91) O Conselho Indigenista Missionário (Cimi) diz que 86 índios makuxi do município de
Normandia (RR), estão com malária provocada por garimpeiros evadidos da área Ianomami.
("Folha de São Paulo" - 25/11/90)

Explique como a malária dos garimpeiros pode ter passado para os índios.
6. (Unesp 91) O mal de Chagas é uma doença que afeta grande número de pessoas em áreas
rurais do Brasil.
Com respeito a essa doença, responda as seguintes questões:
a) Como as pessoas são infectadas?
b) Qual o agente transmissor?
c) Qual órgão do corpo é afetado pelo agente patogênico?
d) Qual a medida profilática para erradicar a doença?

7. (Unicamp 92) Os dados referem-se à malária no Brasil. Cerca de 99% dos casos foram
registrados na Amazônia.

Número   de   casos   em   1970   =   52 500
Número   de   casos   em   1980   =   169 000
Número   de   casos   em   1985   =   400 000
Número   de   casos   em   1987   =   508 000

Cite e explique duas causas que contribuíram para o crescimento tão acentuado do número de
casos dessa doença no nosso país.

8. (Unicamp 97) "Com 12 mil habitantes e arrecadação mensal de R$ 120mil, Gouveia, no Alto
Jequitinhonha, norte mineiro, tornou-se referência nacional em saúde pública (...). Até 1979, 42%
das casas de Gouveia tinham barbeiro (...) e 22% dos moradores estavam doentes. Em 1995, a
Prefeitura anunciou que não houve nenhum novo caso de Doença de Chagas, graças sobretudo à
água potável e à rede de esgoto." (Adaptado do artigo "Cidade com pouco recurso é modelo de
saúde em MG", Ecologia e Desenvolvimento nŽ 59, 1996.)

a) A erradicação da Doença de Chagas em Gouveia não pode ser atribuída às causas apontadas
pelo artigo. Indique uma forma eficaz de combate a essa doença que possa ter sido utilizada
nesse caso.
b) Qual o mecanismo natural de transmissão da Doença de Chagas para o ser humano?
c) Cite duas doenças parasitárias cuja incidência possa ter diminuído como conseqüência da
melhoria nas redes de água e esgoto.

9. (G1) O que são metâmeros? Em quais grupos de animais aparece?

10. (Unesp 92) O camarão e a abelha são animais pertencentes ao mesmo filo, embora separados
em classes distintas.
Cite:
a) duas características que permitam agrupá-los no mesmo filo;
b) duas características que os separam em classes distintas.

11. (Udesc 96) Um dos maiores problemas encontrados pelos agricultores é a existência de
insetos que chegam a destruir lavouras inteiras. Contudo, nem todos os insetos, denominados
pragas, são daninhos durante todas as fases do ciclo de vida.
a) COMENTE o papel desempenhado pelas borboletas durante sua fase larval e adulta, em relação
ao exposto anteriormente.
b) CITE um inseto que se apresenta como praga desde a fase jovem até a fase adulta do seu ciclo
de vida.
12. (Unicamp 92) Um pouco alarmado com a elevada ocorrência de dengue transmitida pelo
mosquito 'Aedes aegypti', um morador de Campinas telefonou para SUCEN (Superintendência de
Controle de Endemias) e relatou que havia sido picado na mata, à noite, por um mosquito grande
e amarelado. Relatou também que, no dia seguinte, começou a ter febre e sentir dores nas
articulações.
O biólogo da SUCEN ao saber, ainda, que esse senhor não tinha viajado para qualquer área
endêmica da doença, tranqüilizou-o dizendo que certamente ele não teria contraído a dengue,
embora fosse importante que ele procurasse atendimento médico.
Cite 5 fatos relatados acima que levaram o biólogo da SUCEN a concluir que essa pessoa não
estava com dengue.

13. (Unicamp 93) O zumbido do vôo de um pernilongo é produzido pelo movimento de suas asas.
Essa intensa atividade muscular, requerendo alto consumo de oxigênio, é compatível com o tipo
de sistema circulatório dos insetos? Explique.

14. (Unicamp 93) As abelhas vivem em colônias constituídas por indivíduos de três castas: a
rainha, os zangões e as operárias. Sabendo-se que as fêmeas férteis de 'Apis mellifera' têm 32
cromossomos, indique o número cromossômico dos indivíduos de cada uma das castas e descreva
como ocorre a diferenciação em castas nesses insetos.

15. (Unicamp 96) Leia com atenção o que Calvin está dizendo às formigas:




a) Justifique, do ponto de vista biológico, a afirmação de Calvin: "se elas estivessem me
entendendo, nunca mais teremos problemas com as formigas".
b) Cite dois outros grupos de insetos com modo de vida semelhante ao das formigas.

16. (Ufv 96) Considere uma coleção de Arthropoda incluindo organismos das classes: Crustacea,
Insecta, Arachnida, Diplopoda e Chilopoda.
a) Diferencie os Insecta e os Arachnida dessa coleção, utilizando uma característica externa
exclusiva de cada classe.
b) Cite duas vantagens do exoesqueleto presente nos artrópodos terrestres.
c) Represente graficamente o crescimento de um artrópodo qualquer, até a idade adulta,
colocando no eixo da ordenada o tamanho do corpo e na abscissa o tempo.

17. (Unesp 95) Acariciando seu cão de estimação, você encontra uma pulga e um carrapato,
ambos artrópodes ectoparasitas.
a) A que classes pertencem a pulga e o carrapato?
b) Caracterize ambos com relação a número de patas e divisão corporal.
18. (Unicamp 91) Um Professor de Biologia pediu a um aluno um trabalho incluindo coletas e
desenhos sobre a variedade de espécies entre os insetos. Ao examinar o material coletado, o
professor notou que só havia 3 espécies de insetos. Baseando-se nas ilustrações a seguir,
justifique a existência de apenas 3 espécies de insetos.




19. (Fuvest 95) Um cientista, procurando identificar que sentidos são usados por piranhas para
reconhecer e atacar presas, montou um experimento em que preparou três aquários com esses
peixes nas seguintes condições:

- o aquário I foi mantido iluminado e nele se introduziram presas vivas;
- o aquário II ficou em total escuridão e também recebeu presas vivas;
- o aquário III, iluminado, recebeu presas vivas envoltas por um recipiente impermeável,
transparente e incolor;

a) Se a visão for o único sentido que faz a piranha reconhecer a presa, o que será observado nos
três aquários?
b) O que será observado caso a piranha utilize apenas o olfato para reconhecer a presa?
c) Se as piranhas não predarem no aquário III, o que você pode concluir?

20. (Unesp 92) Os peixes podem ser, entre outras formas alimentares, carnívoros ou herbívoros.
Quanto a essas duas formas de alimentação:
a) Como são os peixes marinhos que vivem em grandes profundidades (regiões abissais)?
b) Justifique sua resposta.

21. (Unesp 93) Dê duas características de anfíbios que justifiquem porque a maioria desses
animais tem vida restrita a ambientes úmidos. Explique sua resposta.

22. (Unicamp 92) Indique as classes de vertebrados nas quais podemos encontrar coração com
três câmaras e analise comparativamente duas características gerais dessas classes.

23. (Unesp 91) Ovo com casca e placenta foram duas características importantes que surgiram
durante a evolução dos animais vertebrados. Responda, para cada uma delas, em qual grupo
surgiu e qual a importância de seu aparecimento.

24. (Unesp 94) Em ambiente escuro, foram colocados Serpentes Opistoglifodontes e
Solenoglifodontes, na presença de Anuros e pequenos Roedores.
a) Qual a correlação presa-predador mais viável?
b) Justifique sua resposta, baseando-se na morfofisiologia dos animais.
25. (Udesc 96) Dentro da Classe Aves, temos a ordem Anseriformes, que apresenta como
exemplos o pato, o ganso e o marreco, as aves criadas com regularidade em quase todo o Estado
de Santa Catarina.
a) Que tipo de adaptação existe nas patas dessas aves e qual sua função?
b) Como as penas dessas aves não ficam encharcadas quando estão na água?
c) Essas aves, assim como as demais, são seres homeotérmicos. DEFINA homeotermia.

26. (Unesp 92) Quais são as características anatômicas das aves que as tornam mais aptas para o
vôo?

27. (Unicamp 94) Considere as seguintes características de dois animais vertebrados:

Animal A:
I) corpo coberto por tegumento pouco
   queratinizado;
II) excreção de amônia;
III) fecundação externa.

Animal B:
I) corpo coberto por tegumento espesso e
   queratinizado;
II) excreção de ácido úrico;
III) fecundação interna.

Responda:
a) Qual o ambiente mais provável ocupado pelo
animal A e pelo animal B?
b) Justifique a existência de duas dessas
características nesses ambientes.

28. (Unicamp 91) Explique, de maneira comparativa, duas características que permitem
considerar moluscos como animais mais complexos que celenterados.

29. (Fuvest 89) Existem semelhanças entre os ciclos de vida de muitos animais celenterados
(águas-vivas, por exemplo) e os de plantas, como os musgos e as samambaias.
a) Qual o tipo de ciclo de vida compartilhado por esses seres?
b) O que caracteriza esse tipo de ciclo?
30. (Unesp 94) A figura adiante representa o esquema geral do sistema respiratório de indivíduos
adultos de determinado grupo animal.




a) A que grupo animal refere-se o esquema?
b) Qual a relação entre o sistema respiratório e o circulatório, nesse grupo animal? Justifique sua
resposta.

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:292
posted:3/15/2012
language:Portuguese
pages:6