A raz�o entre o di�metro do pist�o Dp que segura a base do elevador e o

Document Sample
A raz�o entre o di�metro do pist�o Dp que segura a base do elevador e o Powered By Docstoc
					Nome                                         Série _______ No _____



Professor LUIZ MARIO     Disciplina   ____________ Data




          HIDROSTÁTICA
Imagens e conteúdo do Livro Os fundamentos da física - vol.1 Ed. Moderna



1.(CCAMPOS) Um dos combustíveis mais utilizados no mundo atual é a gasolina, que é uma mistura de
hidrocarbonetos. O recipiente a seguir está na sua capacidade máxima com aproximadamente 4,8 × 10§ g (gramas)
desse combustível.
Determine a densidade da gasolina, em g/cm¤.

a) 0,8 (x)     b) 1,0         c) 1,25          d) 8    e) 12,5

2.(UNAERP) Uma mistura de leite enriquecido com sais minerais e água cujas densidades são respectivamente,
1,10 g/cm¤ e 1,00 g/cm¤, possui, em volume, 70% em leite e 30% em água. A densidade da mistura será em g/cm¤:

a) 1,01.

b) 1,03.

c) 1,05.

d) 1,07.(X)

e) 1,09.




3. Ao misturarmos dois líquidos, um de densidade 1,0 g/cm¤, com outro de densidade 2,0 g/cm¤, em iguais
quantidades em volume, qual será a densidade da mistura? Resp.: 1,5 g/cm¤.




4.(UNICAMP) Ao se usar um saca-rolhas, a força mínima que deve ser aplicada para que a rolha de uma garrafa
comece a sair é igual a 360N.
a) Sendo ˜e = 0,2 o coeficiente de atrito estático entre a rolha e o bocal da garrafa, encontre a força normal que a
rolha exerce no bocal da garrafa. Despreze o peso da rolha.

b) Calcule a pressão da rolha sobre o bocal da garrafa. Considere o raio interno do bocal da garrafa igual a 0,75 cm
e o comprimento da rolha igual a 4,0 cm.

a) FN = 1,8 × 10¤ N; b) p = 1,0 × 10§ Pa




5.(PUC-RIO) Considerando a pressão da superfície do oceano como P = 1,0 atm = 1,0 x 10¦ Pa, determine a pressão
sentida por um mergulhador a uma profundidade de 200 m. Considere a densidade da água igual a 1,0 x 10¤ kg/m¤,
g = 10 m/s£.

a) 15,0 atm

b) 25,0 atm

c) 11,0 atm

d) 21,0 atm (x)

e) 12,0 atm

6.(UFPE) Uma plataforma retangular com massa de 90 toneladas deve ser apoiada por estacas com seção
transversal quadrada de 10 cm por 10 cm. Sabendo que o terreno onde as estacas serão fincadas suporta uma
pressão correspondente a 0,15 tonelada por cm£, determine o número mínimo de estacas necessárias para manter a
edificação em equilíbrio na vertical.

a) 90

b) 60

c) 15

d) 6(x)

e) 4
7.(FUVEST) A janela retangular de um avião, cuja cabine é pressurizada, mede 0,5 m por 0,25 m. Quando o avião
está voando a uma certa altitude, a pressão em seu interior é de, aproximadamente, 1,0 atm, enquanto a pressão
ambiente fora do avião é de 0,60 atm. Nessas condições, a janela está sujeita a uma força, dirigida de dentro para
fora, igual ao peso, na superfície da Terra, da massa de

a) 50 kg

b) 320 kg

c) 480 kg

d) 500 kg(x)

e) 750 kg

obs.:1 atm = 10¦ Pa = 10¦ N/m£

8.(UNESP) Em uma competição esportiva, um halterofilista de 80 kg, levantando uma barra metálica de 120 kg,
apóia-se sobre os seus pés, cuja área de contacto com o piso é de 25 cm£. Considerando g = 10 m/s£ e lembrando-se
de que a pressão é o efeito produzido por uma força sobre uma área e

considerando que essa força atua uniformemente sobre toda a extensão da área de contacto, a pressão exercida pelo
halterofilista sobre o piso, em pascal, é de

a) 2 × 10¦.

b) 8 × 10¦.(x)

c) 12 × 10¦.

d) 25 × 10¦.

e) 2 × 10§.



9. Um bloco de massa m = 9000 kg é colocado sobre um elevador hidráulico como mostra a figura anterior. A razão
entre o diâmetro do pistão (Dp) que segura a base do elevador e o diâmetro (Df) onde deve-se aplicar a força F é de
Dp / Df = 30.

Encontre a força necessária para se levantar o bloco com velocidade constante. Considere g = 10 m/s£ e despreze os
atritos.
a) 100 N(x)      b) 300 N         c) 600 N         d) 900 N    e) 1000 N



10.(FSM) Ao ser medicado, um jogador recebeu uma injeção com uma seringa cujo êmbolo tem secção reta de
1,2 cm£. O médico, ao aplicar o medicamento, exerceu, sobre o êmbolo, uma força com módulo de 6 N. A
elevação, em N/m£, da pressão produzida na ponta da agulha, cuja secção reta tem uma área de 0,01 cm£, é

a) 6 × 10§

b) 5 × 10¥ (x)

c) 720

d) 6

e) 5 × 10-£




11.(UFPE) Uma força vertical de intensidade F, atuando sobre o êmbolo menor de uma prensa hidráulica, mantém
elevado um peso P = 400 N, como mostra a figura. Sabendo que a área do êmbolo maior é 8 vezes a área menor,
determine o valor de F, em newtons. Resp.: F = 50 N




12.(UNESP) Um fluido A, de massa específica ›A, é colocado em um tubo curvo aberto, onde já existe um fluido B,
de massa específica ›B. Os fluidos não se misturam e, quando em equilíbrio, B preenche uma parte de altura h do
tubo. Neste caso, o desnível entre as superfícies dos fluidos, que se encontram à pressão atmosférica, é de 0,25 h. A
figura ilustra a situação descrita.



Considerando que as interações entre os fluidos e o tubo sejam desprezíveis, pode-se afirmar que a razão ›B / ›A é:

a) 0,75. (X)                b) 0,80      c) 1,0.         d) 1,3.               e) 1,5.
13.(UDESC) O gráfico a seguir ilustra a variação da pressão em função da profundidade, para um líquido contido
em um reservatório aberto.




No local onde se encontra o reservatório, os valores da pressão atmosférica e da densidade do líquido são,
respectivamente, iguais a:

a) 5,0×10¦ N/m£ e 3,0×10¥ kg/m¤

b) 5,0×10¥ N/m£ e 3,0×10¤ kg/m¤(x)

c) 1,0×10¦ N/m£ e 1,0×10¤ kg/m¤

d) 1,5×10¥ N/m£ e 3,6×10¥ kg/m¤

e) 0,5×10¦ N/m£ e 3,3×10¤ kg/m¤

14.(UFSCAR) Quando efetuamos uma transfusão de sangue, ligamos a veia do paciente a uma bolsa contendo
plasma, posicionada a uma altura h acima do paciente. Considerando g = 10 m/s£ e que a densidade do plasma seja
1,04 g/cm¤, se uma bolsa de plasma for colocada 2 m acima do ponto da veia por onde se fará a transfusão, a
pressão do plasma ao entrar na veia será:

a) 0,0016 mmHg.          b) 0,016 mmHg.        c) 0,156 mmHg.       d) 15,6 mmHg.    e) 156 mmHg.(X)
15.(UFPR) Na reprodução da experiência de Torricelli em um determinado dia, em Curitiba, o líquido manométrico
utilizado foi o mercúrio, cuja densidade é 13,6 g/cm¤, tendo-se obtido uma coluna com altura igual a 70 cm,
conforme a figura. Se tivesse sido utilizado como líquido manométrico um óleo com densidade de 0,85 g/cm¤, qual
teria sido a altura da coluna de óleo? Justifique sua resposta. Resp.: 11,2 m




16.(UECE) Um tubo em U, de seção transversal reta uniforme igual a 1 cm£, contem água (›Û = 10¤ kg/m¤) em
equilíbrio estático.




Assinale a alternativa que contém o volume de óleo (›³ = 900 kg/m¤), em centímetros cúbicos, que deve ser
colocado em um dos ramos do tubo para causar uma diferença de 2 cm entre as superfícies superiores do óleo e da
água, conforme mostra a figura.

a) 10                    b) 20(X)                   c) 40                d) 90



17.(cftmg) O desenho a seguir representa um manômetro de mercúrio de tubo aberto, ligado a um recipiente
contendo gás. O mercúrio fica 30 cm mais alto no ramo da direita do que no da esquerda. Quando a pressão
atmosférica é 76 cmHg, a pressão absoluta do gás, em cmHg, é




a) 30.      b) 46.    c) 76.        d) 106.(x)
18. (Ufal 2006) Um cilindro maciço de volume 1,0 L e densidade 0,60 kg/L é preso por um fio ao fundo de um
tanque com água.




Adote g = 10 m/s£ e dágua = 1,0 kg/L.
Determine:
a) a intensidade da força de tração no fio;
b) a aceleração que o cilindro adquire no instante em que o fio é cortado.
Resp.: a) 4 N; b) 6,7 m/s£
19. (Ufrj 2009) Um cilindro homogêneo flutua em equilíbrio na água contida em um recipiente. O cilindro tem 3/4
de seu volume abaixo da superfície livre da água, como ilustra a figura 1.
Para que esse cilindro permaneça em repouso com a sua face superior no mesmo nível que a superfície livre da
água, uma força F, vertical e apontando para baixo, é exercida pela mão de uma pessoa sobre a face superior do
cilindro, como ilustra a figura 2.




Sabendo que o módulo de F é igual a 2,0 N e que a água está em equilíbrio hidrostático, calcule o módulo do peso
do cilindro. Resp.: 6,0N
20. (Ufrrj 2006) Um objeto de massa 0,5kg, feito de ferro, é mantido parado, imerso em um líquido desconhecido,
por um fio esticado. Observa-se, com a ajuda de um dinamômetro, que a intensidade da tensão no fio é igual a 4,4
N.




Considerando a densidade ˜ do ferro igual a 8,0g/cm¤, calcule:
a) o empuxo exercido pelo líquido;
b) a densidade do líquido. Resp.: 1,6N.; 1,6 × 10¤ kg/m¤


21. (Unesp 2008) Um garoto de 24 kg vê um vendedor de bexigas infladas com gás hélio e pede à mãe 10 delas.
Amãe compra apenas uma, alegando que, se lhe desse todas, o menino seria erguido do solo por elas. Inconformado
com a justificativa, o menino queixa-se à sua irmã, que no momento estudava empuxo, perguntando-lhe qual seria o
número máximo daquelas bexigas que ele poderia segurar no solo. Considerando o volume médio de cada bexiga, 2
litros, estime o número mínimo de bexigas necessário para levantar o garoto. Em seus cálculos, considere a massa
específica do ar igual a 1,2 kg/m¤, 1 litro = 10-¤ m¤ e despreze as massas do gás e das bexigas. Resp.: 10.000
bexigas




22.TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO
(G1 - cftmg 2008) Consulte os dados a seguir, para resolver as questões, quando for necessário.
- aceleração da gravidade: g = 10 m/s£.
- densidade da água: 1,0 g/cm¤.
- densidade da madeira: 0,80 g/cm¤.
Um barco de alumínio, quando colocado na água, fica com 20% de seu volume submerso. Desse modo, a densidade
média do barco, em g/cm¤, é igual a:
a) 0,8.
b) 0,6.
c) 0,4.
d) 0,2.(X)
23. (Puc-rio 2008) Uma caixa contendo um tesouro, com massa total de 100 kg e 0,02 m¤ de volume, foi encontrada
no fundo do mar. Qual deve ser a força aplicada para se içar a caixa, enquanto dentro da água, mantendo durante
toda a subida a velocidade constante?
(Considere a aceleração da gravidade g = 10 m/s£ e a densidade da água › = 1,0 . 10¤ kg/m¤)
a) 725 N
b) 750 N
c) 775 N
 d) 800 N(X)
e) 825 N


24. (Uerj 2008) Uma balsa, cuja forma é um paralelepípedo retângulo, flutua em um lago de água doce. A base de
seu casco, cujas dimensões são iguais a 20 m de comprimento e 5 m de largura, está paralela à superfície livre da
água e submersa a uma distância d³ dessa superfície. Admita que a balsa é carregada com 10 automóveis, cada um
pesando 1 200 kg, de modo que a base do casco permaneça paralela à superfície livre da água, mas submersa a uma
distância d dessa superfície.


Se a densidade da água é 1,0 × 10¤ kg/m¤, a variação (d - d³), em centímetros, é de:
a) 2
b) 6
c) 12 (X)
d) 24


25 (Uerj 2009) Duas boias de isopor, B e B‚, esféricas e homogêneas, flutuam em uma piscina. Seus volumes
submersos correspondem, respectivamente, a V e V‚, e seus raios obedecem à relação R = 2R‚.
A razão V/V‚ entre os volumes submersos é dada por:
a) 2
b) 3
c) 4
d) 8(X)

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:1369
posted:3/10/2012
language:Portuguese
pages:12