e Bem vindo � Goi�s

Document Sample
e Bem vindo � Goi�s Powered By Docstoc
					1.Nem todo nome de Estado admite ser precedido de                7. F. I. de Vitória-ES Assinale a opção em que a
artigo. Se não há artigo, não há crase. Vamos fazer um           crase é inaceitável, segundo a norma culta escrita:
passeio pelo país e corrigir algumas placas. Analise-as          a) Dei à Maria um ramalhete de rosas.
e aponte aquelas em que, por não ocorrer crase, o “a”            b) Pretendo ir à Lisboa no ano que vem.
não deveria estar acentuada?                                     c) Ele usa cabelo à militar.
a)( )Bem-vindo à Minas Gerais                                    d) Ofereci à sua filha um anel de brilhantes.
b)( )Bem-vindo à Bahia                                           e) A mulher sentou-se à mesa à direita do marido.
c)( )Bem-vindo à Paraíba                                         8. F. M. Triângulo Mineiro-MG Assinale a
d)( )Bem-vindo à São Paulo                                       alternativa correta quanto à crase.
e)( )Bem-vindo à Goiás                                           a) A atração educa quem não teve acesso à outras
2. Coloque acento indicador de crase quando for                  informações.
necessário.                                                      b) A atração educa quem não teve acesso à umas
a)Comuniquei nossas ofertas às consumidoras                      informações.
interessadas.                                                    c) A atração educa quem não teve acesso às
b)Envie medicamentos a estas casas de repouso.                   informações.
c)Preciso parar de comprar a crédito.                            d) A atração educa quem não teve acesso à essas
d)Ela não me disse nada a respeito disso.                        informações.
e)Precisamos de medidas que tragam resultados a curto            e) A atração educa quem não teve acesso à
prazo.                                                           algumas informações.
f)Sei que dei a minha contribuição à música popular              9. U. Alfenas-MG Dadas as sentenças:
brasileira.                                                      I. O pastor dirigiu-se à toda a população.
g)O atendimento a clientes da empresa funciona                   II. Esta é a música a que à cantora se refere.
diariamente.                                                     III. Àquele jornalista é atribuída a melhor versão
h)Você não tem mais nada a fazer?                                do fato.
i)Contarei a vocês tudo o que querem saber, se vocês             IV. O progresso chegou àquele bairro.
se comportarem.                                                  Deduzimos que estão corretas as sentenças:
j)Diga a ele que não tenho nada a acrescentar às                 a) I e III.                  b) II e III.
exigências que já fiz                                            c) I e IV.          d) I e II.           e) III e IV.
l)Transmita a cada um dos alunos as informações                  10. UFRS Considere as seguintes afirmações
necessárias à continuidade das aulas extracurriculares.          acerca do uso da crase:
m)Nos finais de semana, sempre vou a danceterias com             I. Em “Para justificar o absurdo, o autor da
amigos,ou fico em casa assistindo a programas na                 matéria recorre a um psicoterapeuta e a um
televisão.                                                       sociólogo”, caso substituíssemos um
3.Indique as frases em que há desvio quanto ao                   psicoterapeuta e um sociólogo por psicoterapeutas
emprego do acento grave.                                         e sociólogos, seriam criadas as condições
a)Ele prefere reclamar à sugerir mudanças.                       necessárias para o uso da crase.
b)Há quem prefira o amargor à doçura.                            II. Em “Sentir-se condenado a jamais ter repouso
c)Muitos preferem tapinha à beijinhos.                           físico e mental”, caso substituíssemos a expressão
d)Prefiro a democracia à ditadura.                               jamais ter repouso físico ou mental por uma
e)Candidatos à vaga na OAB sujam cidade.                         constante vigilância física ou mental, seriam
f) Candidatos à vaga na câmara sujam cidade.                     criadas as condições necessárias para o uso da
4.Ziraldo em uma campanha contra as drogas, escreveu             crase.
três mensagens:                                                  III. Em “Os candidatos à ansiedade são bem mais
1°. “Quem faz a sua cabeça é você. Não a droga”.                 numerosos”, caso substituíssemos candidatos por
2°. “Em um mundo feliz não há droga”.                            postulantes, seriam mantidas no contexto da frase
3°. “Você deve dizer não á droga”.                               as condições para o emprego da crase.
Explique o uso dos termos sublinhados.                           Quais estão corretas?
5.Em um trecho publicitário da TAM, a mensagem era:              a) Apenas I.          b) Apenas II.           c) Apenas III.
“A ponte que une preço à qualidade”. A mensagem                  d) Apenas II e III.       e) I, II e III.
contém um desvio no uso do acento grave, corrija-o.              11. ITA-SP Leia o texto seguinte:
A) artigo para os dois substantivos e a crase                    “Antes de começar a aula — matéria e
B)os dois sem artigo.                                            exercícios no quadro, como muita gente
6.FGV-SP Escolha a alternativa que completa                      entende —, o mestre sempre declamava um
corretamente o período: “Marta acaba de receber ……               poema e fazia vibrar sua alma de tanta
visita do professor de artes cênicas, que …… convidou            empolgação e os alunos ficavam admirados.
para assistirem …… peça teatral, em exibição ……                  Com a sutileza de um sábio foi nos ensinando
uma semana, …… poucos metros de sua casa”.                       a linguagem poética mesclada ao ritmo, à
a) a, à, à, a, há.  d) à, a, a, há, à.      b) a, a, à, há, a.   melodia e à própria sensibilidade artística. Um
e) a, a, à, a, a.           c) a, a, à, à, a.
verdadeiro deleite para o espírito, uma sensação
de paz, harmonia.”
OSÓRIO, T. Meu querido professor. Jornal Vale
Paraibano, 15/10/1999.
a) Qual a interpretação que pode ser dada à ausência da
crase no trecho “a própria sensibilidade artística”?
b) Qual seria a interpretação caso houvesse a crase?
12. a) Sem a crase no trecho “a própria sensibilidade
artística”, ele pode ser interpretado como um objeto
direto do verbo ensinar, não se tratando de um
complemento nominal de mesclada.
b) Com a crase o trecho passa a ter a função de
complemento nominal de mesclada. Desta forma, o
professor ensinaria a linguagem poética mesclada ao
ritmo, à melodia e à sensibilidade artística.
12. (IBGE) Assinale a opção em que o A sublinhado
nas duas frases deve receber acento grave indicativo de
crase:
a. Fui a Lisboa receber o prêmio. / Paulo começou a
falar em voz alta.
b. Pedimos silêncio a todos. Pouco a pouco, a praça
central se esvaziava.
c. Esta música foi dedicada a ele. / Os romeiros
chegaram a Bahia.
d. Bateram a porta fui atender. / O carro entrou a
direita da rua.
e. Todos a aplaudiram. / Escreve a redação a tinta.
13. (FMU) Assinale a alternativa em que não deve
haver o sinal da crase:
a) O sonho de todo astronauta é voltar a Terra.
b) As vezes, as verdades são duras de se ouvir.
c) Enriqueço, a medida que trabalho.
d) Filiei-me a entidade, sem querer.
e) O sonho de todo marinheiro é voltar a terra.
14. (ESAF) Assinale a frase em que o acento indicativo
de crase foi empregado incorretamente:
a) Ao voltar das férias, devolverei tudo à Vossa
Senhoria.
b) O candidato falou às classes trabalhadoras.
c) Fiquei à espera de meus amigos.
d) Sua maneira de falar é semelhante à de Paulo.
e) Você só poderá ser atendido às 9 horas.
15. (TRE-MT) O uso do acento grave (indicativo de
crase ou não) está incorreto em:
a) Primeiro vou à feira, depois é que vou trabalhar.
b) Às vezes não podemos fazer o que nos foi ordenado.
c) Não devemos fazer referências àqueles casos.
d) Sairemos às cinco da manhã.
e) Isto não seria útil à ela.
Afro-descentes e pessoas carentes a caminho da                         IV. O progresso chegou àquele bairro.
universidade                                                           Deduzimos que estão corretas as sentenças:
                                                                       a) I e III.                b) II e III.             c) I e IV.
       CRASE                                                           d) I e II.                 e) III e IV.
1.Nem todo nome de Estado admite ser precedido de artigo. Se           10. UFRS Considere as seguintes afirmações acerca do uso
não há artigo, não há crase. Vamos fazer um passeio pelo país e        da crase:
corrigir algumas placas. Analise-as e aponte aquelas em que, por       I. Em “Para justificar o absurdo, o autor da matéria recorre a
não ocorrer crase, o “a” não deveria estar acentuada?                  um psicoterapeuta e a um sociólogo”, caso substituíssemos
a)( )Bem-vindo à Minas Gerais                                          um psicoterapeuta e um sociólogo por psicoterapeutas e
b)( )Bem-vindo à Bahia                                                 sociólogos, seriam criadas as condições necessárias para o
c)( )Bem-vindo à Paraíba                                               uso da crase.
d)( )Bem-vindo à São Paulo                                             II. Em “Sentir-se condenado a jamais ter repouso físico e
e)( )Bem-vindo à Goiás                                                 mental”, caso substituíssemos a expressão jamais ter
2. Coloque acento indicador de crase quando for necessário.            repouso físico ou mental por uma constante vigilância física
a)Comuniquei nossas ofertas as consumidoras interessadas.              ou mental, seriam criadas as condições necessárias para o
b)Envie medicamentos a estas casas de repouso.                         uso da crase.
c)Preciso parar de comprar a crédito.                                  III. Em “Os candidatos à ansiedade são bem mais
d)Ela não me disse nada a respeito disso.                              numerosos”, caso substituíssemos candidatos por
e)Precisamos de medidas que tragam resultados a curto prazo.           postulantes, seriam mantidas no contexto da frase as
f)Sei que dei a minha contribuição a música popular brasileira.        condições para o emprego da crase.
g)O atendimento a clientes da empresa funciona diariamente.            Quais estão corretas?
h)Você não tem mais nada a fazer?                                      a) Apenas I.             b) Apenas II.           c) Apenas III.
i)Contarei a vocês tudo o que querem saber, se vocês se                d) Apenas II e III.      e) I, II e III.
comportarem.                                                           11. ITA-SP Leia o texto seguinte:
j)Diga a ele que não tenho nada a acrescentar as exigências que já     “Antes de começar a aula — matéria e exercícios no quadro,
fiz                                                                    como muita gente entende —, o mestre sempre declamava
l)Transmita a cada um dos alunos as informações necessárias a          um poema e fazia vibrar sua alma de tanta empolgação e os
continuidade das aulas extracurriculares.                              alunos ficavam admirados. Com a sutileza de um sábio foi
m)Nos finais de semana, sempre vou a danceterias com amigos,           nos ensinando a linguagem poética mesclada ao ritmo, à
ou fico em casa assistindo a programas na televisão.                   melodia e à própria sensibilidade artística. Um verdadeiro
3.Indique as frases em que há desvio quanto ao emprego do              deleite para o espírito, uma sensação de paz, harmonia.”
                                                                       OSÓRIO, T. Meu querido professor. Jornal Vale Paraibano, 15/10/1999.
acento grave.                                                          a) Qual a interpretação que pode ser dada à ausência da
a)Ele prefere reclamar à sugerir mudanças.                             crase no trecho “a própria sensibilidade artística”?
b)Há quem prefira o amargor à doçura.                                  b) Qual seria a interpretação caso houvesse a crase?
c)Muitos preferem tapinha à beijinhos.                                 12. (IBGE) Assinale a opção em que o A sublinhado nas
d)Prefiro a democracia à ditadura.                                     duas frases deve receber acento grave indicativo de crase:
e)Candidatos à vaga na OAB sujam cidade.                               a. Fui a Lisboa receber o prêmio. / Paulo começou a falar
f) Candidatos à vaga na câmara sujam cidade.                           em voz alta.
4.Ziraldo em uma campanha contra as drogas, escreveu três              b. Pedimos silêncio a todos. Pouco a pouco, a praça central
mensagens:                                                             se esvaziava.
1°. “Quem faz a sua cabeça é você. Não a droga”.                       c. Esta música foi dedicada a ele. / Os romeiros chegaram a
2°. “Em um mundo feliz não há droga”.                                  Bahia.
3°. “Você deve dizer não á droga”.                                     d. Bateram a porta fui atender. / O carro entrou a direita da
Explique o uso dos termos sublinhados.                                 rua.
5.Em um trecho publicitário da TAM, a mensagem era: “A ponte           e. Todos a aplaudiram. / Escreve a redação a tinta.
que une preço à qualidade”. A mensagem contém um desvio no             13. (FMU) Assinale a alternativa em que não deve haver o
uso do acento grave, corrija-o.                                        sinal da crase:
6.FGV-SP Escolha a alternativa que completa corretamente o             a) O sonho de todo astronauta é voltar a Terra.
período: “Marta acaba de receber …… visita do professor de artes       b) As vezes, as verdades são duras de se ouvir.
cênicas, que …… convidou para assistirem …… peça teatral, em           c) Enriqueço, a medida que trabalho.
exibição …… uma semana, …… poucos metros de sua casa”.                 d) Filiei-me a entidade, sem querer.
a) a, à, à, a, há.          d) à, a, a, há, à.    b) a, a, à, há, a.   e) O sonho de todo marinheiro é voltar a terra.
e) a, a, à, a, a.            c) a, a, à, à, a.                         14. (ESAF) Assinale a frase em que o acento indicativo de
7. F. I. de Vitória-ES Assinale a opção em que a crase é               crase foi empregado incorretamente:
inaceitável, segundo a norma culta escrita:                            a) Ao voltar das férias, devolverei tudo à Vossa Senhoria.
a) Dei à Maria um ramalhete de rosas.                                  b) O candidato falou às classes trabalhadoras.
b) Pretendo ir à Lisboa no ano que vem.                                c) Fiquei à espera de meus amigos.
c) Ele usa cabelo à militar.                                           d) Sua maneira de falar é semelhante à de Paulo.
d) Ofereci à sua filha um anel de brilhantes.                          e) Você só poderá ser atendido às 9 horas.
e) A mulher sentou-se à mesa à direita do marido.                      15. (TRE-MT) O uso do acento grave (indicativo de crase
8. F. M. Triângulo Mineiro-MG Assinale a alternativa correta           ou não) está incorreto em:
quanto à crase.                                                        a) Primeiro vou à feira, depois é que vou trabalhar.
a) A atração educa quem não teve acesso à outras informações.          b) Às vezes não podemos fazer o que nos foi ordenado.
b) A atração educa quem não teve acesso à umas informações.            c) Não devemos fazer referências àqueles casos.
c) A atração educa quem não teve acesso às informações.                d) Sairemos às cinco da manhã.
d) A atração educa quem não teve acesso à essas informações.           e) Isto não seria útil à ela.
e) A atração educa quem não teve acesso à algumas informações.
9. U. Alfenas-MG Dadas as sentenças:
                                                                          Em geral, os pronomes não aceitam crases.
I. O pastor dirigiu-se à toda a população.
                                                                          Exceções: diante das palavras senhora, senhorita, madame
II. Esta é a música a que à cantora se refere.
                                                                          e dona
III. Àquele jornalista é atribuída a melhor versão do fato.

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:227
posted:3/5/2012
language:Portuguese
pages:3