Escola Polit�cnica da Universidade de S�o Paulo by Rg028Pj

VIEWS: 66 PAGES: 5

									Escola Politécnica da Universidade de São Paulo

Disciplina: Princípios de Gestão da Produção e Logística – PRO2304

Prof.: Dr. Reinaldo Pacheco da Costa



                       2ª LISTA DE EXERCÍCIO – PROVA 2


1. Explique o significado, no contexto empresarial, dos seguintes termos: missão; valores;
política; objetivos; metas; plano; recursos; planejamento do negócio. (0,3 PONTO)


2. Caracterize o planejamento estratégico, o planejamento tático e o planejamento
operacional. Cite exemplos de decisões relacionadas com cada tipo de planejamento. (0,3
PONTO)


3. Relate o que se espera de um sistema de Planejamento, Produção e Controle da Produção
(PPCP) numa empresa industrial? (0,3 PONTO)


4. Diferencie os sistemas MRP1, MRP2 e ERP. Elenque alguns softwares encontrados no
mercado. (0,3 PONTO)


5. Defina lead time de produção e lead time de compras. Apresente os seus componentes. (0,3
PONTO)


6. Explique o porquê de se montar a estrutura do produto e qual a sua relação com o MRP1.
Monte (crie) uma lista de materiais (bill of materials – BOM) e a estrutura de produto
específico. (0,3 PONTO)


7. Apresente e caracterize os parâmetros fundamentais do MRP. (0,3 PONTO)


8. Seguindo a classificação de Slack et al. (2002), caracterize os 5 objetivos/critérios
competitivos da empresa e os compare com as 5 dimensões de desempenho propostas por
Corrê, Gianesi e Caon. (2007). VER BIBLIOGRAFIA BÁSICA AO FINAL DESTA LISTA.
(0,3 PONTO)


9. Identifique a influência dos sistemas de PPCP nos níveis de desempenho das diversas
dimensões apresentadas por Corrêa, Gianesi e Caon (2007)? (0,3 PONTO)


10. Explique a dinâmica do processo de planejamento hierárquico de produção? (0,3
PONTO)
11. Conceitue estoques. Por que os estoques existem? Quais são os tipos de estoques? (0,3
PONTO)


12. Quais são os potenciais malefícios proporcionados pela manutenção de estoques na
empresa? (0,3 PONTO)


13. Comente a respeito das funções relacionadas com o controle de estoques. (0,3 PONTO)


14. Apresente e explique os objetivos do planejamento de estoques. (0,3 PONTO)


15. Explique detalhadamente quais são os custos básicos do estoque. (0,3 PONTO)


16. Apresente o modelo de cálculo do ponto ótimo de reposição de estoque. (0,3 PONTO)


17. O que é o estoque de segurança? (0,3 PONTO)


18. Quais os custos envolvidos na determinação do lote econômico de compra (LEQ)? Qual é a
relação proporcional deles com o tamanho do lote de compra (apresente graficamente)? (0,3
PONTO)


19. Desenvolva matematicamente a fórmula de cálculo do LEC. (0,3 PONTO)


20. Explicite as premissas do modelo de determinação do LEQ. (0,3 PONTO)


21. Uma indústria de plásticos possui uma demanda de dois tipos de baldes conforme segue.
Nos últimos 3 anos, a indústria vendeu, (2005) 1.500.000 baldes de 10 litros e 1.000.000 baldes
de 20 litros; (2006) 1.800.000 baldes de 10 litros e 1.200.000 baldes de 20 litros; (2007)
2.100.000 baldes de 10 litros e 1.400.000 baldes de 20 litros. Para produzir as alças metálicas,
cada balde de 10 litros consome 25g de aço e cada balde de 20 litros consome 50g de aço.

Os custos estimados de realização de um pedido de aço são cerca de R$ 400,00 e os custos de
manutenção dos estoques de aço são de 20% do custo de aquisição, por ano. A empresa
adquire o aço a R$ 500,00 (ROLO de arame com 50 kg de aço). Sabendo que o estoque de
segurança definido pela diretoria é de 800 kg de aço, qual seria a quantidade de ROLOS de
aço que a empresa deveria pedir por vez em 2008 para atender a demanda (projetar com base
nos dados históricos) dos dois tipos de balde (resposta em número inteiro imediatamente
superior ao valor encontrado)? Calcule o tempo de pedido, a freqüência de pedido do rolo de
aço, o estoque mínimo e o estoque máximo para este LEQ.

Caso o fornecedor de rolos de aço oferecesse para a empresa as seguintes propostas:
A) - comprar em lotes de 170 rolos com desconto de 5% por rolo;
B) - comprar em lotes de 200 rolos com desconto de 10% por rolo;
C) - comprar em lotes de 250 rolos com desconto de 15% por rolo.
Existem propostas melhores que o proporcionado pelo LEQ? Se sim, em quanto a empresa
estaria economizando com a aceitação da melhor das propostas?

APRESENTE TODOS OS DADOS E RESULTADOS NA FORMA DE PLANILHA E O
LEQ NA FORMA GRÁFICA. (2,5 PONTOS)


22. Uma empresa deseja projetar a margem de contribuição unitária esperada de seus
produtos (ALFA e BETA) para o mês de novembro de 2008 para verificar qual dos produtos
contribuirá mais para o valor econômico da empresa. Para tal, ela dispõe de dados dos dez
últimos meses dos gastos na forma de distribuição de freqüência e dos preços de venda, como
mostra o quadro abaixo:

                                    VALOR UNITÁRIO DO        FREQUENCIA      FREQUENCIA
 PRODUTO       TIPODE GASTO
                                        GASTO (R$)            RELATIVA        ABSOLUTA
              PREÇO DE VENDA
                                            50,00                  -               -
                   (PV)
                                            30,00                 15%             15%
              MATERIAL DIRETO
                                            33,00                 55%             70%
                   (MD)
                                            35,00                 30%             100%
   ALFA
                                             6,00                 45%             45%
                MÃO-DE-OBRA
                                             8,00                 35%             80%
                DIRETA (MOD)
                                            10,00                 20%             100%
                                             5,00                 20%             20%
                 DESPESAS
                                             6,00                 35%             55%
              VARIÁVEIS (DVU)
                                             7,00                 45%             100%
              PREÇO DE VENDA
                                            80,00                  -               -
                   (PV)
                                            45,00                 20%             20%
              MATERIAL DIRETO
                                            47,00                 50%             70%
                   (MD)
   BETA                                     49,00                 30%             100%
                                            20,00                 55%             55%
                MÃO-DE-OBRA
                                            23,00                 15%             70%
                DIRETA (MOD)
                                            25,00                 30%             100%
                                             5,00                 30%             30%
                 DESPESAS
                                             6,00                 35%             65%
              VARIÁVEIS (DVU)
                                             7,00                 35%             100%



Pede-se: projetar a MCU esperada de cada produto utilizando Simulação de Monte Carlo.

OBS: Ver anexo 1 que contém a base teórica para a resolução da questão. (1,5 PONTO)




BIBLIOGRAFIA BÁSICA PARA PESQUISA.

1) SLACK, N. et. al. Administração da produção. São Paulo, Atlas, 2002.

2) CORRÊA, H. L.; GIANESI, I. G. N; CAON, M. Planejamento, programação e
   controle da produção: MRPII/ERP: conceitos, uso e implantação. São Paulo:
   Atlas, 2007.
ANEXO 1 – BASES PARA A RESOLUÇÃO DA QUESTÃO 22
          Aplicar simulação e determinar a margem de contribuição unitária esperada de cada produto
Para calcular a MCU esperada, deve-se determinar a MCU para cada simulação e aplicar estatística descritiva. Para tal,
deve-se fazer o uso de números aleatórios gerados por algum software específico (ex: Excel®) que, incidindo sobre as
distribuições de freqüência levantadas, resulta em um determinado gasto (material direto, mão-de-obra e despesa
variável).
Vale ressaltar que os resultados obtidos seguem a freqüência de ocorrência determinada pelas distribuições de
freqüência auferidas e que, para cada simulação, um número aleatório gerado incide nos gastos.
Em cada sorteio ou geração de número aleatório, a probabilidade de um determinado gasto ser obtido é igual à
probabilidade ou freqüência relativa que este gasto tem em relação às demais possibilidades. Destaca-se que cada
número aleatório, sendo este não-nulo, valora-se entre 0 e 1. Para o cálculo da MCU esperada de cada produto, em
cada simulação, faz-se o uso da fórmula apresentada a seguir:



                                    MCU n = PV –         MD n + MOD n + DVU n



Onde: n - número da simulação realizada (n = 1, 2, 3, ..., 1.000)
      MCU n – margem de contribuição unitária gerada de cada simulação
      PV - preço de venda
      MD n - custo de material direto relacionado com o número aleatório gerado na n-ésima simulação
      MOD n - custo de mão-de-obra direta relacionado com o número aleatório gerado na n-ésima simulação
      DVU n - despesa variável unitária relacionada com o número aleatório gerado na n-ésima simulação

Para o cálculo de cada gasto unitário (MD, MOD ou DVU), em cada simulação, pode-se realizar o procedimento
representado na figura abaixo:




A simulação deve ser replicada mais de cem vezes para que se obter uma amostra representativa. Para efeito deste
estudo, recomenda-se a realização de 1000 simulações para cada produto. Tal recomendação visa a ampliar a adequação
dos resultados gerados pela simulação à realidade da empresa.
Após a aplicação das simulações, deve-se determinar MCU esperada de cada produto para o período em análise. Para
tal, projetam-se as MCU’s apontadas em cada simulação na para a aplicação de estatística descritiva. A estatística
utilizada é a média das MCU’s. Assim, para efeito deste estudo, o valor da MCU esperada de cada produto pode ser
descrito pela expressão a seguir:

                                                k

                                 MCU E =       ∑     MCU n
                                               n=1

                                                     k
Onde: k - número de simulações realizadas (k = 1.000)
      MCU E - Margem de Contribuição Unitária Esperada de cada tipo de produto
Para a realização das operações matemáticas anteriores, sugere-se o uso do software EXCEL® (funções PROCV e
ALEATÓRIO), tanto por este possuir um recurso de geração de números aleatórios, como por ser de fácil
acessibilidade. VER EXEMPLO A SEGUIR:

								
To top