FACULDADE SOCIAL DA BAHIA by XFpRNq

VIEWS: 12 PAGES: 4

									                                               PLANO DE AULA*                                                        2008.1
CURSO: Comunicação Social – Habilitação Jornalismo
DISCIPLINA: Teorias do jornalismo (Segunda e quarta, 18h40min)                              CARGA HORÁRIA: 72h
PROFESSORA: Mônica Celestino

DIA   AULA       CONTEÚDO              ATIVIDADE          RECURSOS                               REFERÊNCIAS

Mês   de      FEVEREIRO
13    1/2     Apresentação da         Exposição oral e   Plano de aula
              disciplina e dos seus   dinâmica de
              objetivos               grupo
              Auto-apresentação
              da turma
              Teoria: o que é,
              como surge e para
              que serve
18    ¾       O jornalismo como       Aula expositiva-   Quadro,          MEDITSCH, Eduardo. O Jornalismo é uma Forma de
              técnica e como forma    participativa      retroprojetor,   Conhecimento? Beira Interior, Portugal: Setembro de 1997.
              de conhecimento                            fotocópias do    Disponível em http://bocc.ubi.pt/pag/_texto.php/html2=meditsch-
                                                         texto indicado   eduardo-jornalismo-conhecimento.html , acesso em 01 de junho
                                                                          de 2007.
20    5/6     Debate: jornalismo é    Debate             Quadro
              técnica ou forma de
              conhecimento?
25    7/8     Origens e               Aula expositiva-   Quadro,          GUERRA, Josenildo Luiz. O Nascimento do Jornalismo
              características do      participativa      retroprojetor,   Moderno - uma discussão sobre as competências profissionais, a
              jornalismo moderno                         fotocópias do    função e os usos da informação jornalística. Anais do 26.
                                                         texto indicado   Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Belo
                                                                          Horizonte-MG, setembro de 2003. São Paulo: Intercom, 2003.
                                                                          Disponível em
                                                                          reposcom.portcom.intercom.org.br/bitstream/1904/4406/1/NP2GU
                                                                          ERRA.pdf , acesso em 05 de fevereiro de 2008.
27    9/10    A noção de              Aula expositiva-   Quadro,          RODRIGUES, Adriano Duarte. O Acontecimento. In: TRAQUINA,
              acontecimento           participativa      retroprojetor,   Nelson (org.). Jornalismo: questões, teorias e “estórias”.
                                                         publicações,     Lisboa: Veja, 1993, p. 27-33
                                                         fotocópias do
                                                         texto indicado
Mês   de      MARÇO
3     11/12   A noção de              Aula expositiva-   Quadro,          PENA, Felipe. Teoria do Jornalismo. São Paulo: Contexto,
              objetividade            participativa      retroprojetor,   2005, pp. 49-53.
                                                         fotocópias do
                                                         texto indicado
5     13/14   Debate: O jornalista    Debate             Quadro
              entre a objetividade,
              a imparcialidade, o
              sensacionalismo e a
              audiência
10    15/16   Teoria do espelho       Aula expositiva-   Quadro,          TRAQUINA, Nelson. Teorias do Jornalismo: porque as
                                      participativa      retroprojetor,   notícias são como são. Vol 1 Florianópolis: Insular/Pósjor
                                                         fotocópias do    UFSC, 2004. p. 146-149
                                                         texto indicado
12    17/18   Exercício – Teoria do   Exercício          Publicações,
              espelho                                    fotocópias
17    19/20   Teoria organizacional   Aula expositiva-   Quadro,          TRAQUINA, Nelson. Teorias do Jornalismo: porque as
                                      participativa      retroprojetor,   notícias são como são. Vol 1 Florianópolis: Insular/Pósjor
                                                         fotocópias do    UFSC, 2004. p. 152-161
                                                         texto indicado
19    21/22   Teoria organizacional   Aula expositiva-   Quadro,
                                      participativa      retroprojetor,
                                                         fotocópias do
                                                         texto indicado
24    23/24   Exercício – Teoria da   Exercício          Publicações,
              ação organizacional                        fotocópias
26    25/26   Teoria da ação           Aula expositiva-   Quadro,          TRAQUINA, Nelson. Teorias do Jornalismo: porque as
              política                 participativa      retroprojetor,   notícias são como são. Vol 1 Florianópolis: Insular/Pósjor
                                                          fotocópias do    UFSC, 2004. p. 161-168
                                                          texto indicado
31    27/28   Teoria da ação           Aula expositiva-   Quadro,          KUCINSKI, Bernardo. O ataque articulado dos barões da
              política                 participativa      retroprojetor,   imprensa: a mídia na campanha presidencial de 1989. In: A
                                                          fotocópias do    síndrome da antena parabólica – ética no jornalismo brasileiro.
              Entrega do trabalho                         texto indicado   São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 1998. p. 105-114
              da I Unidade
Mês   de      ABRIL
2     29/30   Exercício - Teoria da    Exercício          Publicações,
              ação política                               fotocópias
7     31/32   Prova                    Prova              Fotocópia        Toda a bibliografia utilizada na disciplina até então.
9     33/34   Teoria do gatekeeper     Aula expositiva-   Quadro,
                                       participativa      retroprojetor,
                                                          fotocópias do
                                                          texto indicado
14    35/36   Exercício – Teoria do    Exercício          Publicações,
              gatekeeper                                  fotocópias
16    37/38   Critérios de             Aula expositiva-   Quadro,          WOLF, Mauro. Teorias da Comunicação. 5ª edição. Lisboa:
              noticiabilidade e        participativa      retroprojetor,   Editorial Presença, 1999. p. 200-220
              hierarquização da                           fotocópias do
              informação: o que                           texto indicado
              são, para que
              servem, qual a sua
              relação com a cultura
              organizacional
23    39/40   Critérios de             Aula expositiva-   Quadro,          ERBOLATO, Mário. Técnicas de Codificação em Jornalismo –
              noticiabilidade e        participativa      retroprojetor,   redação captação e edição em jornal diário. 5ª edição, 6ª
              hierarquização da                           fotocópias do    reimpressão. São Paulo: Ática, 2004.
              informação: a visão                         texto indicado
              dos autores na linha                                         GOMIS, Lorenzo. Do Importante ao Interessante - ensaio sobre
              do tempo                                                     critérios para a noticiabilidade no jornalismo. In: MACHADO,
                                                                           Elias; TEIXEIRA, Tattiana (org.). Pauta Geral – revista de
                                                                           jornalismo. Salvador, Editora Calandra. Ano 9, nº 4, 2002.
28    41/42   Exercício - Critérios    Exercício          Publicações,
              de noticiabilidade e                        fotocópias
              hierarquização da
              informação
30    43/44   Teorias                  Aula expositiva-   Quadro,          TRAQUINA, Nelson. Teorias do Jornalismo: porque as
              construcionistas e       participativa      retroprojetor,   notícias são como são. Vol 1 Florianópolis: Insular/Pósjor
              estruturalistas                             fotocópias do    UFSC, 2004. p. 168-180
                                                          texto indicado

Mês   de      MAIO
5     45/46   Exercício - Teorias      Exercício          Publicações,
              construcionistas e                          fotocópias
              estruturalistas
7     47/48   Teorias interacionista   Aula expositiva-   Quadro,          TRAQUINA, Nelson. Teorias do Jornalismo: porque as
              e etnoconstrucionista    participativa      retroprojetor,   notícias são como são. Vol 1 Florianópolis: Insular/Pósjor
                                                          fotocópias do    UFSC, 2004. p. 180-204
                                                          texto indicado
                                                                           VIZEU, Alfredo. O newsmaking e o trabalho de campo. In: LAGO,
                                                                           Cláudia e BENETTI, Márcia. Metodologia de Pesquisa em
                                                                           Jornalismo. Petrópolis: Vozes, 2007. p. 223-236
12    49/50   Exercício - Teorias      Exercício          Publicações,
              interacionista e                            fotocópias
              etnoconstrucionista
14    51/52   A teoria                 Aula expositiva-   Quadro,          TRAQUINA, Nelson. Teorias do Jornalismo: a tribo
              etnoconstrucionista e    participativa      retroprojetor,   jornalística. Vol 2 Florianópolis: Insular Pósjor UFSC, 2005. p.
              os estudos sobre a                          fotocópias do    33-60
              “tribo jornalística”                        texto indicado
19    53/54   Estudo de casos –        Exercício          Publicações,
              revisão das teorias                         fotocópias
21    55/56   Os efeitos do            Aula expositiva-   Quadro,
              jornalismo sobre a       participativa      retroprojetor,   BARROS FILHO, Clóvis. Ética na Comunicação: da informação
                   sociedade: teoria da                         fotocópias do       ao receptor. São Paulo: Moderna, 1995. p. 169-206
                   agenda-setting                               texto indicado
 26      57/58     Exercício – Teoria da    Exercício           Publicações,
                   agenda-setting                               fotocópias
 28      59/60     Uma contribuição         Aula expositiva-    Quadro,             SILVA, Luiz Martins da. Sociedade, esfera pública e
                   brasileira para a        participativa       retroprojetor,      agendamento. In: LAGO, Cláudia e BENETTI, Márcia.
                   teoria da agenda-                            fotocópias do       Metodologia de Pesquisa em Jornalismo. Petrópolis: Vozes,
                   setting                                      texto indicado      2007. p. 84-104
 Mês     de        JUNHO
 2       61/62     Os efeitos do            Aula expositiva-    Quadro,             COLLING, Leandro. A economia no Jornal Nacional nas eleições
                   jornalismo sobre a       participativa       retroprojetor,      de 1998. In: Diálogos Possíveis. Salvador, ano 1, número 0,
                   sociedade: teoria do                         fotocópias do       julho/dezembro, p. 113-132
                   enquadramento                                texto indicado
 4       63/64     Exercício – Teoria do    Exercício           Publicações,
                   enquadramento                                fotocópias

                   Entrega do trabalho
                   da II unidade
 9       65/66     Genro Filho e a          Aula expositiva-    Quadro,             GENRO FILHO, Adelmo. O Segredo da Pirâmide – para uma
                   teoria brasileira do     participativa       retroprojetor,      teoria marxista do jornalismo. Porto Alegre (RS), 1999. Disponível
                   jornalismo                                   fotocópias do       em www.adelmo.com.br , acesso em 22 de dezembro de 2007.
                                                                texto indicado      Cap. O segredo da pirâmide.
 11      67/68    Prova                     Prova               Fotocópia           Toda a bibliografia utilizada na disciplina.
 16      69/70    Resultado final e         Dinâmica de         Quadro
                  avaliação da              grupo
                  disciplina
  18     71/72    Prova Final                                                      Toda a bibliografia utilizada na disciplina.
Observação: Indica-se a leitura prévia dos textos indicados para cada aula, condição essencial para a discussão em sala.
* Esta programação está sujeita a alterações previamente informadas pela professora.


                                                               AVALIAÇÃO

I Unidade
Prova - Peso 7,0 (sete): Aplicação dos conceitos discutidos até então.
Qualitativo – Peso 3,0 (três): Participação nas discussões em sala e leitura dos textos
Trabalho – Peso 10,0 (dez): Parte inicial do paper em grupo sobre a cobertura local da grande imprensa de Salvador no
mês de janeiro/2008 (revisão de literatura e histórico do veículo e da editoria)

II Unidade
Prova – Peso 7,0 (sete): Aplicação dos conceitos discutidos até então.
Qualitativo – Peso 3,0 (três): Participação nas discussões em sala e leitura dos textos
Trabalho – Peso 10,0 (dez): Versão final do paper em grupo sobre a cobertura local da grande imprensa de Salvador no
mês de janeiro/2008 (análise de conteúdo da editoria local à luz das teorias do agendamento e enquadramento).

Prova final – Peso 10,0 (dez) – Aplicação dos conceitos discutidos até então.

Instruções:
Trabalho:
 A versão final do paper, a ser entregue na segunda unidade, deve conter: título, nome e minicurrículo em duas linhas dos
  componentes da equipe, resumo do artigo em dez linhas, introdução ao tema (com justificativa e objetivos), revisão de
  literatura (sobre o veículo e sua editoria de cobertura local e, também, sobre agendamento), apresentação da
  metodologia e dos resultados da pesquisa nos jornais, análise à luz da teoria do agendamento com argumentação, além
  de considerações finais e referências. Lembre-se das notas explicativas e de referência.
 A versão final do texto deve ter entre oito e dez laudas na fonte Times new roman, corpo 12, entrelinha 1,5. A formatação
  deve seguir às indicações atuais da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).
 O trabalho é uma atividade de interpretação e reflexão. Segue a lista de tarefas a serem cumpridas:
1) Ler e fichar a bibliografia sobre cobertura local (rotinas, atividades, gêneros, critérios de seleção do noticiário, fontes
etc.), história do veículo trabalhado e sua editoria local, e agendamento.
2) Levantar na editoria de cobertura local do jornal escolhido os temas (fatos) abordados; os vieses predominante e
secundário; o número e tipo de fontes utilizadas; a localização da matéria no jornal e na página; o gênero da matéria; e a
existência (ou não) de menção do tema na primeira página do jornal, fotos, infográficos e outros elementos gráficos
relacionados a cada matéria.
3) Verificar temas (fatos), viés e tipos de fontes mais recorrentes e, ainda, qual a relação deles com o uso de imagens, a
inserção na primeira página etc.
4) Analisar estas informações à luz da teoria do agendamento.
5) Escrever o artigo.
6) Revisar o texto antes da entrega (redação e formatação).
 Toda e qualquer menção a idéias de terceiros deve ser referenciada, conforme indicação da Associação Brasileira de
  Normas Técnicas (ABNT). Caso seja atestada cópia de terceiros sem referência, o grupo terá nota zero no trabalho,
  independente da dimensão do trecho copiado, de qual membro da equipe cometeu o erro e da qualidade do material
  apresentado à professora.
 O paper é um trabalho em grupo. Portanto, todos os componentes devem estar cientes do seu conteúdo, participar de
  cada etapa e tornar-se co-responsável pelo resultado.
 A professora reserva-se a questionar um ou mais componentes do grupo sobre aspectos do trabalho, podendo o
  resultado desta argüição interferir na nota de todo o grupo.
 O trabalho deve ser entregue no dia estabelecido no programa da disciplina, na sala de aula. Os atrasos de até dois dias
  implicarão em desconto de pontos na avaliação, de acordo com julgamento do professor. Após este período de
  tolerância, ele não será mais aceito.
 Quem deixar de fazer a etapa inicial do trabalho durante a primeira unidade deve, obrigatoriamente, cumprir as duas
  fases previstas por esta disciplina durante a segunda unidade pois, neste momento, o artigo será avaliado como um todo
  para atribuição da nota desta unidade.
 Caso seja reapresentada apenas a etapa inicial do trabalho na segunda unidade, sem avanços no conteúdo e forma, o
  grupo terá nota zero nesta unidade, porque será considerado que os objetivos da disciplina não foram cumpridos.
 Para atribuição de nota, serão considerados a qualidade da exposição do tema e da revisão de literatura; a pertinência
  da análise e argumentação; o aproveitamento da bibliografia e das discussões em sala; e a qualidade do texto (coesão,
  coerência, clareza, simplicidade, concisão, domínio da língua portuguesa) e da sua formatação.
 Os grupos podem sofrer alterações até o final da primeira unidade, mas será exigida a participação de apenas cinco
  pessoas em cada equipe.

Prova
 A avaliação deve ser respondida em duas horas/aula.
 É exigida argumentação em todas as questões.
 Para atribuição de nota, serão considerados a abordagem dos temas trabalhados até então na disciplina; a pertinência
da argumentação; o aproveitamento da bibliografia e das discussões em sala; e a qualidade do texto (coesão, coerência,
clareza, simplicidade, concisão, domínio da língua portuguesa).
 Caso seja atestada cópia de terceiros, o estudante terá nota zero, independente da dimensão do trecho copiado e da
qualidade do material apresentado à professora.
 No caso da prova final, as questões e as respostas devem ser recolhidas e depositadas na secretaria da instituição,
após a atribuição da nota.

								
To top