SESSOES POSTER 03 10 by g5o6047Y

VIEWS: 161 PAGES: 28

									                                          63º CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM

                                                  SP 1- SESSÃO PÔSTER
Dia: 03/10/2011
TURNO: Tarde
Horário: 13:30 às 17:30
 N° do       Cód. Do                        Título do Trabalho                                          Relator
 poster      Trabalho
1                         DIVULGAÇÃO DO TIME DE RESPOSTA RÁPIDA (TRR) COMO
                          FERRAMENTA PARA A SEGURANÇA DE PACIENTES
              1635        HOSPITALIZADOS: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA               Alexsandro de Oliveira Dias
2                         HUMANIZAÇÃO NA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM
                          UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: UMA REVISÃO
              2603        BIBLIOGRÁFICA                                           Ana Luiza Melo Lima
3                         PRODUÇÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA SOBRE INFARTO AGUDO
                          DO MIOCÁRDIO: UM ENFOQUE NA ENFERMAGEM, 2005 A
              1735        2011                                                    Aurilene Lima da Silva
4                         A CENTRAL DE MATERIAL E ESTERILIZAÇÃO NA PERCEPÇAO DE
              2219        ENFERMEIROS ASSISTENCIAIS: ESTUDO BIBLIOGRÁFICO         Cinelângela Araújo Farias
5                         A PREVENÇÃO DE ULCERAS DE PRESSÃO – REVISÃO
              2412        BIBLIOGRÁFICA                                           Eliane Aparecida Sanches Tonolli
6                         ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM DOR: PERFIL
              1612        BIBLIOMÉTRICO DOS RESUMOS DOS ANAIS DO 62° CBEN         Fernanda Aparecida Meirinho
7                         A PRODUÇÃO DA ENFERMAGEM BRASILEIRA SOBRE
               891        QUALIDADE DE VIDA NO PERÍODO DE 2006 A 2010             Francisca Diana Mácia de Oliveira
8                         O CAMINHAR DA ENFERMAGEM NA SEXUALIDADE:
              1724        REVISITANDO A PRODUÇÃO CIENTIFICA DE 2005 A 2010.       Isabel Assunção Maia
9                         INFLUÊNCIAS DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS NA
              2182        MANIFESTAÇÃO DA DOR: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA.         Josenilton Diniz B. de Araújo
10                        XXIX CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM:
              1038        PUBLICAÇÕES DE ENFERMEIRAS                              Joyce Clacino Barbosa
11                        REVISÃO SISTEMÁTICA DA LITERATURA, EM RELAÇÃO AOS
               970        CONFLITOS ÉTICOS NA RELAÇÃO ENTRE MÉDICOS E             Jussiely Cunha Oliveira
              ENFERMEIROS .
12            DESAFIOS DA PROMOÇÃO EM SAÚDE PARA O CLIENTE SURDO:
      356     UMA REVISÃO DA LITERATURA                                      Larissa Reis Costa
13            Aeroviários e o estresse dentro do contexto da saúde
     2166     ocupacional: uma revisão bibliográfica                         Lisandra Rodrigues Risi
14            Produção Científica sobre a Enfermagem Brasileira na Segunda
          154 Guerra Mundial: um estudo bibliométrico                        Luciana Mendes Berlofi
15            HISTÓRIA DA ENFERMAGEM: ESTUDO BIBLIOMÉTRICO DOS
     1926     ANAIS DO 16° SENPE                                             Marco Antônio dos Santos
16            TRANSPLANTE HEPÁTICO: ANÁLISE DAS PRODUÇÕES
     2258     CIENTÍFICAS DE 2005 A 2009                                     Maria Celina Saraiva Martins
17            ÉTICA E DIREITOS HUMANOS NO CONTEXTO DA SAÚDE: UMA
          212 REVISÃO DE LITERATURA                                          Marina Castro Sobral
18            IATROGENIAS DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO
     2552     PACIENTE IDOSO HOSPITALIZADO: REVISÃO DE LITERATURA            Rayane Francisca Costa Coutinho
19            ENFERMAGEM EM DOENÇAS PARASITÁRIAS: UM ESTUDO
          274 BIBLIOMÉTRICO NOS ANAIS DO 62º CBEn e 16º SENPE                Ricardo Quintão Vieira
20            O REGISTRO DE ENFERMAGEM COMO UM INSTRUMENTO DE
              AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO CUIDADO: um levantamento
      539     bibliográfico                                                  Samanta Oliveira da Silva Diniz
21            INOVAÇÃO EM PESQUISAS SOBRE FERIDAS E CURATIVOS: UM
              ESTUDO BIBLIOMÉTRICO NOS ANAIS DE UM EVENTO
      526     TEMÁTICO                                                       Samira Domingas dos Santos
22            ASSISTÊNCIA DE ENFERMGEM AO PACIENTE PÓS
     2096     AMIGDALECTOMIA: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA                          Silvelene Maciel de Souza
23            O CONHECIMENTO CIENTÍFICO DA ENFERMAGEM - O
     2643     SIGNIFICADO DA PESQUISA / VALIDAÇÃO DAS CATEGORIAS             Sílvia Ferreira Primo
24            ATUAÇÃO DA ENFERMAGEM EM HEMOTERAPIA: AS
     1733     EVIDÊNCIAS DA LITERATURA                                       Sonia Rejane de Senna Frantz
25            A ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA CME: UMA REVISÃO DE
      849     LITERATURA                                                     SUZI DA SILVA FARIA
26            OS CUIDADOS DE ENFERMAGEM A INDIVÍDUOS PORTADORES
              DE FERIDAS: MAPEAMENTO BIBLIOGRÁFICO DA PRODUÇÃO
     1597     CIENTÍFICA INDEXADA NO BANCO DE DADOS DA                       Valquiria Acosta Catarina Carpes
            COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE ENSINO SUPERIOR
            (CAPES)
27          PARADOXO DA INCLUSÃO SOCIAL DE PESSOAS COM
     1822   DEFICIÊNCIA: REVISÃO INTEGRATIVA                       Edienne Rosângela Sarmento Diniz
28          ESPAÇADORES NO TRATAMENTO FARMACOLÓGICO DE
     280    PACIENTES ASMÁTICOS: UMA REVISÃO INTEGRATIVA           Geovanna Líscio Pereira
29          O (DES)CONFORTO VIVENCIADO PELA PESSOA
     2605   HOSPITALIZADA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA                 Kely Regina da Silva Lima
30          FATORES DE RISCO CARDIOVASCULAR MODIFICÁVEIS EM
     1022   ENFERMEIROS: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA         Maria Aline Rodrigues Barros
31          O CUIDAR DE UM FILHO NO AMBIENTE DOMICILIAR: UMA
     1719   REVISÃO INTEGRATIVA                                    Marilia Cruz Gouveia Câmara Guerra
32          REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA SOBRE ASSISTÊNCIA
     533    AO PACIENTE CLÍNICO EM RETENÇÃO URINÁRIA               Mirella Castelhano Souza
33          PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES DE SAÚDE:
            UMA REVISÃO INTEGRATIVA ACERCA DAS PRODUÇÕES DE
     1274   ENFERMEIROS BRASILEIROS                                Raphael Dias de Mello Pereira
34          ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO CLIENTE FORA DE
            POSSIBILIDADES TERAPÊUTICAS: REVISÃO INTEGRATIVA DE
     2548   LITERATURA                                             Rayane Francisca Costa Coutinho
35          PRODUÇÃO CIENTÍFICA DE ENFERMAGEM ACERCA DA
            INSUFICIÊNCIA CARDÍACA: REVISÃO INTEGRATIVA DA
     1944   LITERATURA                                             Valderina Guimarães Holanda
36          O CUIDADO EM EVIDÊNCIA NA SITUAÇÃO DE RUA: REVISÃO
     933    INTEGRATIVA DA LITERATURA                              Felicialle Pereira da Silva
37          ÚLCERA VENOSA: REVISÃO INTEGRATIVA NA LILACS NO
     1396   PERÍDO DE 2001 A 2010                                  Bruna Telemberg Sell
38          ENFERMAGEM E DOENÇA DA ARTERIA CORONARIANA:
            SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM UTI À
     2693   LUZ DA TEORIA DO DÉFICIT DE AUTOCUIDADO DE OREM        Ailini Danielle Ribeiro da Costa
39          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM UM
     788    AMBULATÓRIO DE HEMODIÁLISE: ESTUDO DE CASO             Amanda Louise de Medeiros França
40          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM DE UM
     2508   PACIENTE COM LEUCEMIA LINFÓIDE AGUDA À LUZ DA TEORIA   Ana Clara Cavalcante Melo
            DO AUTOCUIDADO DE DOROTHEA E. OREM
41   1858   Processo de Trabalho em Assistência Domiciliária       Anne Cristine Dal Bosco
42          ESTUDO DE CASO CLÍNICO DE UM CLIENTE PORTADOR DE
            PAPILOMA DO PLEXO CORÓIDE: PROPOSTA DE
            IMPLEMENTAÇÃO DA SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE
     2779   ENFERMAGEM (SAE).                                      Caroline Carvalho Villar de Moraes
43          APLICABILIDADE DE DIAGNÓSTICOS/RESULTADOS E
            INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM DA CIPE® PARA UM
     1688   PACIENTE SUBMETIDOS À PROSTATECTOMIA                   Danielle Martins do Nascimento
44          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM
            APLICADA A UM PACIENTE EM TRATAMENTO DIALÍTICO: UM
     1824   RELATO DE EXPERIÊNCIA.                                 Derica Karoly Evaristo Almeida
45          ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO PÓS-OPERATÓRIO DE
     2054   CIRURGIA DE MIXOMA CARDÍACO                            Djailson José Delgado Carlos
46          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO
            PACIENTE COM COLELITÍASE / PANCREATITE AGUDA: RELATO
     2651   DE CASO CLÍNICO.                                       Emanoelle Carla Oliveira Atanásio
47          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM PARA
            UM PACIENTE COM INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO, À LUZ
     2834   DA TEORIA DO DÉFICIT DE AUTOCUIDADO DE OREM            Francisco Cardoso Dias Junior
48          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM PARA
            PACIENTE COM ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL
            HEMORRÁGICO À LUZ DA TEORIA DO DÉFICIT DE
     2826   AUTOCUIDADO DE DOROTHEA E. OREN                        Gabryelle Cristine Camarão de Lima
49          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM FRENTE
     201    AO CLIENTE COM MORTE ENCEFALICA: RELATO DE CASO¹       Gutembergue Moreira da Silva
50          ENFERMAGEM NA PROMOÇÃO DO CUIDADO CLÍNICO AO
     2177   PACIENTE COM VENTRÍCULO ÚNICO BASEADO NA SAE.          Hizabelly Lobão Lima
51          ENFERMAGEM E O TRAUMA ABDOMINAL FECHADO:
            SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA COM TEORIA DAS
     219    NECESSIDADES HUMANAS BÁSICAS DE WANDA HORTA            Isabel Mendes Gonçalves
52          APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ENFERMAGEM SEGUNDO
            HORTA: UM CASO CLÍNICO DE UM PACIENTE PORTADOR DE
     932    LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO                            Izadora Gonçalves Ribeiro
53          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM: UM
            BREVE HISTÓRICO DO PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO E
            APRENDIZAGEM DOS DISCENTES E DOCENTES PARTICIPANTES
            DA LIGA ACADEMICA DE SAE DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE
     2724   CIÊNCIAS DA SAÚDE DE ALAGOAS - RELATO DE EXPERIENCIA         Janaína Paula Calheiros Pereira
54          INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA RELACIONADA A
            LUPUS:ESTUDO DE CASO E SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA
     2883   DE ENFERMAGEM.                                               Jeusete Lima de Moura
55          ENFERMAGEM E O PORTADOR DE DIABETES MELLITUS TIPO 2:
            sistematização da assistência com teoria do autocuidado de
     2758   Dorothea Orem.                                               Laura Cardoso Soares
56          ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM À PACIENTE COM ASMA: UM
     1836   ESTUDO CLÍNICO                                               Lázaro Souza da Silva
57          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO
            PERIOPERATÓRIO DE UMA PACIENTE COM NEOPLASIA
            MALIGNA COLORRETAL, À LUZ DA TEORIA DO DÉFICIT DE
     1941   AUTOCUIDADO DE DOROTHEA E. OREN                              Luis Felipe da Silva Pena
58          RELATO DE EXPERIÊNCIA: APLICAÇÃO DA NANDA, NIC E NOC
     524    EM UM PACIENTE ONCOLÓGICO                                    Maria Isabel da Conceição Dias Fernandes
59          IDENTIFICANDO DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM ATRAVÉS
            DAS ALTERAÇOES NO HEMOGRAMA: UMA ESTRATÉGIA PARA
     158    A INTERVENÇÃO DE ENFERMAGEM                                  Natasha Marques Frota
60          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A UM
            PACIENTE COM INSUFICIÊNCIA CARDÍACA CONGESTIVA EM
     2830   UM HOSPITAL PÚBLICO DE MACEIÓ/AL                             Neze Jaqueline Rosa Lima
61          ENFERMAGEM E INSUFICIÊNCIA CARDÍACA CONGESTIVA:
            SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM
            BASEADA NA TEORIA DO DÉFICIT DE AUTOCUIDADO DE
     2109   DOROTHEA OREM                                                Patricia Rodrigues da Silva
62          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A UM
            PACIENTE PORTADOR DE TUBERCULOSE PULMONAR
     1687   BACÍLIFERA: RELATO DE CASO                                   Priscilia Gardenia Rodrigues dos Santos
63          Assistência de Enfermagem na administração de
      76    medicamentos: revisão sistemática                            Priscilla dos Santos Junqueira
64          SISTEMATIZAÇÃO DO CUIDADO DE ENFERMAGEM À PESSOA
     817    COM ESCLEROSE MÚLTIPLA NO CONTEXTO DOMICILIAR                 Raelly Ramos Campos
65          PROPRIEDADES DO CUIDADO DE ENFERMAGEM: ASPECTOS DA
     2852   SISTEMATIZAÇÃO E DA NÃO SISTEMATIZAÇÃO                        Raimon Rios da Silva
66          Estudo de Caso Clínico de um Cliente Portador de uma Ferida
            Traumática: Implementação da Sistematização da Assistência
     2716   de Enfermagem (SAE), utilizando a CIPE.                       Robson da Silva Ramos
67          SISTEMATIZAÇÃO DOS CUIDADOS DE ENFERMAGEM A UM
            PACIENTE EM PERIOPERATÓRIO DE COLECISTECTOMIA:
     734    RELATO DE EXPERIÊNCIA                                         Robson Santos Oliveira
68          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM UM
            HOSPITAL PÚBLICO REGIONAL DA PARAÍBA: RELATO DE
     1821   EXPERIÊNCIA.                                                  Rodrigo Figueiredo de Aragão
69          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTENCIA DE ENFERMAGEM NO
            SERVIÇO DE QUIMIOTERAPIA DE UM HOSPITAL PÚBLICO:
     2530   RELATO DE EXPERIENCIA                                         Ronan dos Santos
70          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM FRENTE
     168    AO CLIENTE TRAQUEOSTOMIZADO: RELATO DE CASO¹                  Rosangela Barros Barbosa
71          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NA
     2045   HIPERTROFIA VENTRICULAR ESQUERDA                              Sandra Luzinete Felix de Freitas
72          ENFERMAGEM E TROMBOSE VENOSA
            PROFUNDA:SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE
            ENFERMAGEM À LUZ DA TEORIA DO AUTOCUIDADO DE
     2694   DOROTHEA OREM                                                 Valéria Braga Melo
73          REVISÃO INTEGRATIVA SOBRE CLIENTES PARAPLÉGICOS E
            SEUS CUIDADORES ACERCA DE ÚLCERA POR PRESSÃO: UMA
     1278   IMPLICAÇÃO PARA O CUIDADO EDUCATIVO DE ENFERMAGEM             Adriana Bispo Alvarez
74          ANÁLISE DO PERFIL SÓCIODEMOGRÁFICO EM HAS E DM -
            FERRAMENTA PARA O CUIDADO DE ENFERMAGEM NA
     175    ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA.                                  Alexsandra Cabral Vasconcelos
75          Assistência de Enfermagem aos pacientes com Doença de
     2194   Chagas no Ambulatório HUOC/PROCAPE.                           Aline de Souza Silva
76          QUALIDADE DE VIDA E FATORES DE RISCO RELACIONADOS AO
     451    DIABETES MELLITUS EM DOCENTES DA FACULDADE AGES-              Allan Dantas dos Santos
            PARIPIRANGA/BA
77          A SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO
            PACIENTE PORTADOR DE INSUFICIÊNCIA CARDÍACA
     521    CONGESTIVA: UM ESTUDO DE CASO                            Amanda Figueira da Silva
78          INVESTIGAÇÃO DE FATORES DE RISCO PARA HIPERTENSÃO
     1108   ARTERIAL SISTÊMICA EM FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS              Amurab Santiago de Carvalho Mendes
79          ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE COM
            DIAGNÓSTICO DE HEMORRAGIA DIGESTIVA ALTA – ESTUDO DE
     851    CASO                                                     Ana Carla de Oliveira Soares
80          ADESÃO AO TRATAMENTO DE HIPERTENSÃO ARTERIAL
            SISTÊMICA: ANÁLISE DAS PRODUÇÕES CIENTÍFICAS DE 2006 A
     1169   2010                                                     Ana Claudia Parente Silveira
81          O EXAME FÍSICO PRECOCE NA DETECÇÃO DA DISPLASIA DO
     1325   DESENVOLVIMENTO DO QUADRIL                               Ana Cleide Lima da Silva
82   1996   AVALIAÇÃO DAS AÇÕES DOS ENFERMEIROS NO HIPERDIA          Ana Geÿse Gomes da Silva
83          APLICAÇÃO DO DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM A UM
            PACIENTE PORTADOR DE PÉ DIABÉTICO ASSISTIDO POR
     673    EQUIPE DE ATENÇÃO BÁSICA                                 Ana Karla Gouveia Regis Fraga
84          PROBLEMAS VIVENCIADOS PELOS FAMILIARES CUIDADORES
            DE PACIENTES COM ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO NA
     345    FASE AGUDA                                               Ana Rachel Cavalcante Araújo
85          Liga de Emergência e Trauma: Relato de experiência dos
            acadêmicos de enfermagem em uma unidade de urgência e
     1178   emergência no Estado do Amazonas                         Anna Paula de Carvalho
86          O SIGNIFICADO DA QUALIDADE DE VIDA PARA CLIENTES COM
     516    HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA                           Bruna Faoro
87          HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA: CONTROLE E
            TRATAMENTO REALIZADO POR UM GRUPO DE INDIVÍDUOS
            PORTADORES, USUÁRIOS DA ESF DE PONTA GROSSA DO
     510    MUNICÍPIO DE IMARUÍ - SC                                 Bruna Teixeira da Silva
88          AVALIAÇÃO DA EVOLUÇÃO DAS ÚLCERAS DE UM PACIENTE
     1398   COM DIABETES MELLITUS                                    Bruna Telemberg Sell
89          AÇÕES DA ENFERMAGEM A UM PACIENTE ACOMETIDO POR
     972    DOENÇA RENAL CRÔNICA SISTEMATIZANDO SUAS AÇÕES COM       Camila de Souza Soares
             BASE NA NORTH AMERICAN NURSING DIAGNOSIS
             ASSOCIATION, NURSING INTERVENTION CLASSIFICATION E
             NURSING OUTCOMES CLASSIFICATION: UM RELATO DE
             EXPERIÊNCIA
90           AS MUDANÇAS PSICOSSOCIAIS DA FAMÍLIA APÓS A
             INTERNAÇÃO DO PACIENTE NA UNIDADE DE TERAPIA
      1399   INTENSIVA                                                   Camilla Telemberg Sell
91           CONSEQUÊNCIAS DO TRAUMA POR QUEDAS APÓS
      1394   ATENDIMENTO EM SERVIÇOS DE EMERGÊNCIA                       Carla Kalline Alves Cartaxo
92           PERFIL DE CLIENTES HOSPITALIZADOS COM DCNTS E RISCO DE
             READMISSÃO HOSPITALAR: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO NA
      1450   PERSPECTIVA DA ENFERMAGEM                                   Carla Lube de Pinho Chibante
93           “PREVENÇÃO DO CÂNCER DE PRÓSTATA EM COLABORADORES
      1100   DE INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR”                          Carla Renata Serantoni
94           SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO
             PACIENTE DIABÉTICO SUBMETIDO À AMPUTAÇÃO EM
      2229   CONSULTÓRIO DE ENFERMAGEM - RELATO DE EXPERIÊNCIA –         Carla Theresa Borba Leite
95           PERCEPÇÃO DO USUÁRIO HIPERTENSO ACERCA DA ADESÃO
      1388   AO TRATAMENTO                                               Carolina Maranhão Marques Lacerda
96           PERCEPÇÕES, FACILITADORES E BARREIRAS NA PROMOÇÃO
      1326   DO AUTOCUIADO EM DIABETES                                   Carolina Roque Teixeira de Abreu
97           Conhecimentos e comportamentos de autocuidado no manejo
      2876   do diabetes mellitus tipo 2                                 Cecilia Arruda
98           CUIDADOS DE ENFERMAGEM PARA PREVENÇÃO DE ÚLCERA
             POR PRESSÃO EM PACIENTES HOSPITALIZADOS EM UNIDADES
      386    DE TERAPIA INTENSIVA                                        Chrisne Santanta Biondo
99           Rede e apoio social de cuidadores familiares de pacientes
      1284   dependentes                                                 Cintia Hitomi Yamashita
100          DIABETES TIPO II E OBESIDADE: AVALIAÇÃO DA CORRELAÇÃO
             ENTRE SUA INCIDÊNCIA ASSOCIADO AO ANTECEDENTE DE
      1240   OBESIDADE, EM UMA POPULAÇÃO URBANA.                         Cristiane Ferreira Silveira
101          CARACTERÍSTICAS SOCIODEMOGRÁFICAS E CLÍNICAS DE
      2903   PORTADORES DE DIABETES MELLITUS TIPO 2                      Cristiane Franca Lisboa Gois
102   1222   REPRESENTAÇÕES CULTURAIS DA DOENÇA HIPERTENSIVA             Cynthia de Freitas Sampaio
103          INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO: ENFOQUE NO
      179    TRATAMENTO FARMACOLÓGICO E REABILITAÇÃO                Daiane Leite Costa
104          FATORES DE RISCO PARA DOENÇA CÉREBRO-VASCULAR EM
             PACIENTES INTERNADOS EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO:
      2209   CUIDADOS DE ENFERMAGEM COM ENFOQUE NA PREVENÇÃO        Edenilde Alves dos Santos
105          ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM DIABETES MELLITUS: UM
      611    ESTUDO BIBLIOMÉTRICO NOS ANAIS DO 62º CBEn             Elaine Cristina de Oliveira
106          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A
      1070   PACIENTE COM ENFISEMA PULMONAR: ESTUDO DE CASO         Eliege Bortolini
107          A APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ENFERMAGEM COMO AÇÃO
      407    EDUCADORA A PACIENTES COM PÉ DIABÉTICO                 Eliete Carneiro dos Santos
108          CUIDADOS REALIZADOS PELO ENFERMEIRO DE UNIDADE DE
      354    TERAPIA INTENSIVA DURANTE A ASPIRAÇÃO TRAQUEAL         Elizabeth Mesquita Melo
109          NOVAS DIRETRIZES DE RESSUSCITAÇÃO CARDIOPULMONAR:
             AVALIAÇÃO DE EFICÁCIA DE TREINAMENTO EM UMA UNIDADE
      1404   DE TERAPIA INTENSIVA                                   Elizandra Milan
110          CUIDADO DE ENFERMAGEM NA PREVENÇÃO E CONTROLE DO
      2798   DIABETES MELLITUS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA            Elizian Braga Rodrigues Bernardo
111          SENTIMENTOS DIANTE DO PROCESSO DA MORTE: VIVÊNCIAS
      1236   DOS ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM                           Elza Lima da Silva
112          VACINAÇÃO CONTRA O TÉTANO EM ADULTOS DEFICIENTES
      226    VISUAIS                                                Emilianny Maria Nogueira dos Reis Silva
113          SIGNIFICADO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM PARA
             CUIDADORES DE INDIVÍDUOS ADULTOS INSTITUCIONALIZADOS
             EM UM HOSPITAL- ESCOLA DA REGIÃO CENTRO-OESTE DO
      1952   BRASIL                                                 Everaldo Mariano Miranda Sobrinho
114          DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM EM PACIENTES
      1553   SUBMETIDOS A REVASCULARIZAÇÃO DO MIOCÁRDIO             Fabiana Traldi
115          CAUSAS DA NÃO-ADESÃO DE DIABÉTICOS (TIPO II) AO
      1714   TRATAMENTO                                             Fabio Henrique Peixoto Menezes
116          PERCEPÇÃO DE PESSOAS HIPERTENSAS SOBRE AS
             COMPLICAÇÕES DA HIPERTENSÃO ARTERIAL E SUAS
      1807   CONSEQUÊNCIAS                                          Fabiola Araujo Carvalho
117   2660   ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE COM CÂNCER       Cinelângela Araújo Farias
             DE FÍGADO: REVISÃO DE LITERATURA
118          ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM UM CENTRO DE
             QUIMIOTERAPIA: EXPERIÊNCIA DA IMPLANTAÇÃO DE
      2533   INDICADORES DE QUALIDADE                                      Cristiane de Sousa Lourenço
119          COMPREENDENDO O IMAGINÁRIO E O COTIDIANO DE
      2748   MULHERES SUBMETIDAS À RADIOIODOTERAPIA                        Jussara Gue Martini
120          DIFICULDADES ENCONTRADAS PELA ENFERMAGEM NO
             CUIDADODO PACIENTE ONCOHEMATOLÓGICO
      478    HOSPITALIZADO: uma revisão integrativa.                       Laura C. da Silva Lisboa de Souza
121          Cuidar de um familiar com câncer: aspectos da vida afetados
      2593   pela atividade de cuidador                                    Marianna Tavares Tomaz
122          PRÁTICA ASSISTENCIAL DE ENFERMAGEM AO PACIENTE
             ONCOLÓGICO A PARTIR DE CUIDADOS PALIATIVOS COM A
      2590   DOR                                                           Neiva Junkes Hoepers
123          ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A UMA PACIENTE COM
      2720   CARCINOMA DUCTAL INFILTRANTE: RELATO DE CASO                  Neze Jaqueline Rosa Lima
124          APONTAMENTOS DA HISTÓRIA DE ENFERMAGEM PARA A
      2077   INOVAÇÃO DO CUIDADO NO CAMPO DA ONCOLOGIA                     Taiane Alves dos Reis
125          PROCESSO DE ENFERMAGEM APLICADO NO CUIDADO AO
             IDOSO ACOMETIDO POR ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL
      1363   ISQUEMICO                                                     Adriana Mesquita Alves
126          AVALIANDO A CAPACIDADE FUNCIONAL DE IDOSOS
             RESIDENTES EM UMA COMUNIDADE DE FLORIANÓPOLIS: UMA
             ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA AVALIANDO A
             CAPACIDADE FUNCIONAL DE IDOSOS RESIDENTES EM UMA
             COMUNIDADE DE FLORIANÓPOLIS: UMA ESTRATÉGIA DE
      178    SAÚDE DA FAMÍLIA                                              Aline Amaral Rosa
127          IMPORTÂNCIA DA VISITA FAMILIAR AO IDOSO
      2743   INSTITUCIONALIZADO: CONHECER PARA ESTIMULAR                   Aline Cristina de Faria
128          SEXUALIDADE DA MULHER NA TERCEIRA IDADE: UM DESAFIO
      1917   PARA A ENFERMAGEM                                             Aline Gomes Amorim
129          FATORES ECONÔMICOS DETERMINANTES DO
             ENVELHECIMENTO ATIVO EM IDOSOS DE UMA ÁREA URBANA
      1804   DE FORTALEZA.                                                 Allana Mirella Alves
130
131          AVALIAÇÃO DO NÍVEL DE DEPENDÊNCIA PARA REALIZAÇÃO
             DAS ATIVIDADES BÁSICAS DE VIDA DIÁRIA DE IDOSOS POR
      2619   SEUS CUIDADORES INFORMAIS.                                Amanda de Fátima Alves Costa
132          ASPECTOS COMPORTAMENTAIS DE IDOSOS VACINADOS E
      724    NÃO VACINADOS CONTRA INFLUENZA A (H1N1)                   Amanda Holanda Severo
133          RELAÇÃO DO IMC DE IDOSOS COM O SEGUIMENTO DE
      1144   ORIENTAÇÕES E A PERCEPÇÃO DA DIETA.                       Ana Carolina de Oliveira Rocha
134          O GRUPO RELIGIOSO COMO ALTERNATIVA DE LAZER PARA A
      1787   PESSOA IDOSA                                              Ana Luiza Barreto de Oliveira
135          PERFIL DAS PUBLICAÇÕES SOBRE FORMAÇÃO DE RECURSOS
             HUMANOS NA GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM NA ÁREA DE
      326    GERIATRIA E GERONTOLOGIA                                  Ana Maria Ribeiro dos Santos
136          A MULHER IDOSA E A PREVENÇÃO / DETECÇÃO PRECOCE DE
             CÂNCER DO COLO UTERINO NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA
      2060   FAMÍLIA                                                   Ana Paula de Freitas Guimaraes
137          O CAMINHO PERCORRIDO DA ENFERMAGEM
      2424   GERONTOLÓGICA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA                  ANNA NUNES PEREIRA NETA
138          CAPACIDADE FUNCIONAL DE IDOSOS ASSISTIDOS PELAS
      2622   EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA EM CUIABÁ-MATO GROSSO         Annelita Almeida
139          MOTIVAÇÃO DA PESSOA IDOSA PARA O ACESSO AO SERVIÇO
      2496   HOSPITALAR: PERCEPÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE          Arivaldo Pereira Reis Junior
140          ENVELHECIMENTO E MORTE NA CONCEPÇÃO DO IDOSO: UMA
      1761   REVISÃO INTEGRATIVA                                       Bárbara da Silva e Silva Cunha
141          Avaliação da qualidade de vida de idosos em um asilo da
             cidade de São Luís-MA a partir do Perfil de Saúde de
      430    Nottingham (PSN).                                         Brígida Maria Leite Gonçalves de Melo
142          A VIVÊNCIA DO ACADÊMICO NA ASSISTÊNCIA DE
             ENFERMAGEM AO ADULTO E IDOSO COM ULCERAS
      1872   DIABÉTICAS                                                Bruna dos Santos Scofano
143          ESTUDO CLÍNICO-DEMOGRÁFICO SOBRE QUALIDADE DE VIDA
             DE PESSOAS QUE FREQUENTAM O GRUPO DOS DIABÉTICOS
      1745   DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO/UFF               Carla Lube de Pinho Chibante
144    493   O CUIDADO DE ENFERMAGEM AO IDOSO EM INSTITUIÇÃO DE        Caroline Lima Araujo
             LONGA PERMANÊNCIA
145          AVALIAÇÃO DE VIOLÊNCIA EM IDOSOS PARTICIPANTES DA
      2398   UNIVERSIDADE ABERTA DA TERCEIRA IDADE/UEA                     FERNANDA FARIAS DE CASTRO
146          RESPEITO AOS DIREITOS DA PESSOA IDOSA NO SERVIÇO
             PÚBLICO HOSPITALAR: PECEPÇÃO DE PROFISSIONAIS DE
      1594   SAÚDE                                                         Enne Jamille Ribeiro Brandão
147          CUIDADOS DE ENFERMAGEM FRENTE AO TRATAMENTO DE
      2070   HEMODIÁLISE EM GESTANTES UMA REVISÃO INTEGRATIVA              Adriane Farias Patriota
148          INVESTIGAÇÃO SOBRE A UTILIZAÇÃO DE PRÁTICAS DE
             ATENDIMENTO HUMANIZADO AO PARTO PELO ENFERMEIRO E
             SUA EQUIPE NAS MATERNIDADES E HOSPITAIS DO BRASIL:
      2193   REVISÃO BIBLIOGRÁFICA                                         Alex de Melo Gaspar
149          PERFIL DE AGRESSORES DETIDOS EM FLAGRANTE DELITO PELA
             PRÁTICA DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER: CONTRIBUIÇÕES
      2330   DA ENFERMAGEM                                                 Alexandra Bittencourt Madureira
150          AMAMENTAÇÃO: percepção de primíparas do interior
      600    pernambucano.                                                 Alexandra Waleska de Oliveira Aguiar
151          Perfil epidemiologico de mulheres participantes do curso de
      443    gestantes em um Ambulatorio Escola na cidade de Petrópolis.   Aline Furtado da Rosa
152          ANÁLISE INICIAL SOBRE SABERES DE MULHERES EM IDADE
             FÉRTIL ACERCA DOS MALEFÍCIOS DA INGESTA DE ÁLCOOL
             DURANTE A GRAVIDEZ: REFLEXÃO SOBRE ESTRATÉGIAS DE
             INTERVENÇÃO DA ENFERMAGEM PARA PROMOÇÃO EM
       467   SAÚDE DA MULHER E DA CRIANÇA.                                 Aline Juliana Ribeiro Bispo dos Santos
153   1502   ASSITÊNCIA PRÉ-NATAL EM MULHERES NO CÁRCERE                   Aline Paula Pereira de Queiroz Barros
154          Avançando fronteiras: promovendo a saúde mamária na
       181   escola.                                                       Amanda Kelly de Oliveira Cruz
155   1593   CUIDADO PARA MÃES DE FILHOS GÊMEOS                            Amanda Lúcia Barreto Dantas
156          RELATO DE EXPERIÊNCIA: A PARTICIPAÇÃO DA ENFERMAGEM
             NA AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
      2821   DA MULHER NO ENTORNO SUL DO DF                                Ana Cléia Margarida Tonhá
157          SAÚDE DA MULHER: avaliação dos indicadores em uma
      1870   regional de Fortaleza - Ceará                                 Ana Geÿse Gomes da Silva
158   1330   NUTRIÇÃO DE GESTANTES ATENDIDAS EM UM CENTRO DE               Ana Luiza Melo Lima
             SAÚDE DA FAMÍLIA DE FORTALEZA
159          VULNERABILIDADE DE MULHERES EM SITUAÇÃO DE
      2404   VIOLÊNCIA AO ATO SUICIDA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA    Andiara Rodrigues Barros
160          PERFIL SÓCIODEMOGRÁFICO E SEXUAL DE MULHERES
      1106   ATENDIDAS PELA ATENÇÃO PRIMÁRIA EM SINOP-MT            Andressa Merlin Maziero
161          MULHER: PERCEPÇÃO SOBRE CONSULTA E PREVENÇÃO DO
      435    CÂNCER DE COLO DE ÚTERO                                ANNA MARIA DE OLIVEIRA SALIMENA
162          COMPARANDO OS GRAUS DE EXPECTATIVA (GE) E
             SATISFAÇÃO (GS) DAS USUÁRIAS DE UM SERVIÇO DE
      381    GINECOLOGIA AMBULATORIAL                               ANTONIO DE MAGALHAES MARINHO
163          AVALIAÇÃO DO ÍNDICE GERAL DE QUALIDADE DE VIDA DE
             MÃES CUIDADORAS DE CRIANÇAS COM CONDIÇÃO CRÔNICA
      1368   SEGUNDO INSTRUMENTO WHOQOL-bref                        Caius Cesar Araujo Melo
164    482   CONSULTA DE FOLLOW UP SOB A ÓTICA MATERNA              Cintia Freitas Casimiro
165          AVALIAÇÃO DO TRABALHO DO ENFERMEIRO NA PREVENÇÃO E
             CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR NA UNIDADE DE
      2097   TERAPIA INTENSIVA EM UM HOSPITAL GERAL                 Luana Mares Nunes de Carvalho
166          ESTERILIZAÇÃO DE MATERIAIS E SUA INTERFACE COM A
      885    SEGURANÇA DO PACIENTE: UMA REVISÃO INTEGRATIVA         Lucia Nazareth Amante
167          PROCESSAMENTO DE MATERIAIS NA CME E SUA RELAÇÃO
             COM A SEGURANÇA DO PACIENTE SOB O PONTO DE COM OS
             FUNCIONÁRIOS DA CME DE UM HOSPITAL DO SUL DO PAÍS:
      893    RELATO DE EXPERIÊNCIA                                  Lucia Nazareth Amante
168          PROCESSAMENTO DE MATERIAIS NA CME E SUA RELAÇÃO
             COM A SEGURANÇA DO PACIENTE SOB O PONTO DE COM OS
             FUNCIONÁRIOS DA CME DE UM HOSPITAL DO SUL DO PAÍS:
      893    RELATO DE EXPERIÊNCIA                                  Lucia Nazareth Amante
169          ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DOS RECÉM-NASCIDOS DE UMA
      1769   UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL                  Luciana de Fátima Barreto
170          UNIDADE DE SAÚDE FRENTE A UMA EPIDEMIA DE DENGUE:
      886    COMO CUIDAR?                                           Luciana Rodrigues Vasconcelos
171          INFLUENZA PANDÊMICA A (H1N1) 2009: SITUAÇÃO
             EPIDEMIOLÓGICA E ANÁLISE DA RESPOSTA EM TERESINA-PI,
      1345   2009-2010                                              Lucÿanna Campos Gonçalves
172          O QUE É O CUIDADO? CONCEPÇÕES DE ENFERMEIRAS DE UM
      1755   HOSPITAL DIA EM DOENÇAS INFECCIOSAS EM FORTALEZA-CE.          Manuela de Mendonça Figueirêdo Coelho
173          IMPLANTAÇÃO DA BUSCA ATIVA NA NOTIFICAÇÃO DE
             ACIDENTES DE TRABALHO GRAVES: UM RELATO DE
      2089   EXPERIÊNCIA                                                   Manuella Carvalho Feitosa
174          DST/HIV/AIDS NA MELHOR IDADE: UMA REVISÃO
      2006   BIBLIOGRÁFICA                                                 Mara Cristina Durval
175          DIFICULDADES PARA O DIAGNÓSTICO DA TUBERCULOSE NA
             ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE: a perspectiva de médicos e
      1908   enfermeiros do município de Natal-RN.                         Marcela Paulino Moreira da Silva
176    587   HEPATITE B: IMUNIZAÇÃO, PREVENÇÃO & CONTROLE                  Margarete Batista da Silva Batista
177          A INSTITUCIONALIZAÇÃO DA HANSENÍASE NO PIAUÍ NO
      2220   PERÍODO DE 1931-1986                                          Mariana Barbosa Dias
178          Saúde e Doença na Comunidade do Alto de São João, Salvador,
      1554   Bahia: Concepções e Necessidades                              Mariza Silva Almeida
179          PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DA TUBERCULOSE NO MUNICÍPIO DE
      1689   CAXIAS, MARANHÃO.                                             Melrÿ Angela Barbosa de Oliveira
180          CAMPANHA DE VACINAÇÃO DE SEGUIMENTO CONTRA O
      1892   SARAMPO NO ESTADO DO CEARÁ EM 2011                            Mércia Marques Jucá
181          CATEGORIAS PROFISSIONAIS MAIS ATINGIDAS POR ACIDENTES
             COM EXPOSIÇÃO `MATERIAL BIOLÓGICO EM ALAGOAS NO
      2620   PERÍODO DE JANEIRO À JULHO DE 2011.                           Mirian Barros Cavalcante
182
183
184
185
                                                  SP 2- SESSÃO PÔSTER
Dia: 03/10/2011
TURNO: Tarde
Horário: 18:00 às 20:00
 N° do       Cód. Do                        Título do Trabalho                                            Relator
 poster      Trabalho
1                         REVISÃO SISTEMÁTICA DA LITERATURA, EM RELAÇÃO AOS
                          CONFLITOS ÉTICOS ENTRE OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE, SEUS
               976        PACIENTES E FAMILIARES                                   Jussiely Cunha Oliveira
2                         INTERFACES ENTRE PARASITOLOGIA E ENFERMAGEM: UM
                          ESTUDO BIBLIOMÉTRICO EM TESES E DISSERTAÇÕES DIGITAIS
               275        BRASILEIRAS                                              Ricardo Quintão Vieira
3                         PRODUÇÃO CIENTÍFICA DA ENFERMAGEM ACERCA DA
                          VALORIZAÇÃO E RENOVAÇÃO DOS CUIDADOS DE
              1622        ENFERMAGEM AOS INDIVÍDUOS PORTADORES DE FERIDAS          Valquiria Acosta Catarina Carpes
4                         AÇÕES DE AUTOCUIDADO DESENVOLVIDAS POR INDIVÍDUOS
               262        ACOMETIDOS POR ÚLCERA VENOSA                             Aline Cristiane de Souza Azevedo Aguiar
5                         RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE O LABORATÓRIO DE
              2522        PESQUISA EM TRATAMENTO DE FERIDAS - LpTF                 Andressa Letícia Lopes da Silva
6                         ESTUDO DA BOTA DE UNNA COMPARADO AO USO DA
              2284        BANDAGEM ELÁSTICA EM PACIENTES COM ÚLCERAS VENOSAS       Beatriz Guitton Renaud Baptista de Oliveira
7                         CATEGORIZAÇÃO DE LESÃO CUTÂNEO-MUCOSA NA
               408        POPULAÇÃO DE ARAGARÇAS-GO.                               Carla Beatriz Fernandes de Oliveira
8                         USO DA BOTA DE UNNA NO CUIDADO AOS PACIENTES COM
                          ÚLCERA VENOSA: ATUALIZAÇÃO PARA A PRÁTICA
              2185        PROFISSIONAL DE ENFERMAGEM                               Dalva Cezar da Silva
9                         ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM FASCIÍTE
                          NECROTIZANTE EM UMA INSTUTUIÇÃO PÚPLICA DE SAÚDE DE
              2187        MACEIÓ: RELATO DE EXPERIÊNCIA.                           Edna Verissimo dos Santos Aniceto
10                        PREVALÊNCIA DE ÚLCERA POR PRESSÃO EM PACIENTES DE
                          UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA EM UM HOSPITAL
              2353        UNIVERSITÁRIO                                            Fernanda Liene Cavalcante da Cruz
11             805        PREVENÇÃO DE ÚLCERA POR PRESSÃO EM PACIENTES             Flávia Danyelle Oliveira Nunes
            INTERNADOS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA EM UM
            HOSPITAL UNIVERSITÁRIO
12          PESSOAS COM ÚLCERAS VASCULARES EM ATENDIMENTO HÁ
            UM PERÍODO DE 12 A 24 MESES NA REDE MUNICIPAL DE
            GOIÂNIA: CONHECIMENTO SOBRE A SITUAÇÃO,
            CARACTERÍSTICAS DA LESÃO, CONDIÇÕES DA PELE PERILESÃO
     1837   E DE MEMBROS INFERIORES.                                Juliana da Silva Rocha
13          HISTÓRIA DA ENFERMAGEM: ESTUDO BIBLIOMÉTRICO DOS
     1926   ANAIS DO 16° SENPE                                      Marco Antônio dos Santos
14          CONHECIMENTOS DA EQUIPE DE ENFERMAGEM SOBRE A
            AVALIAÇÃO DA DOR NO PACIENTE PORTADOR DE FERIDA
     952    OPERATÓRIA                                              Marta Miriam Lopes Costa
15          O PAPEL DO ENFERMEIRO NO TRATAMENTO DAS ÚLCERAS
     412    VENOSAS: AUTOESTIMA FEMININA                            Rosangela da Conceição Sant'anna Amaral
16          ENFERMAGEM E SAÚDE DO ADULTO: ESTUDO SOBRE
      316   VACINAÇÃO ENTRE ACADÊMICOS UNIVERSITÁRIOS               Fabíola de Araújo Leite Medeiros
17   1220   ENFERMEIROS NO CUIDADO DA SAÚDE DE VEGETARIANOS         Fagner Alfredo Ardisson Cirino Campos
18          CUIDADO DE ENFERMAGEM AO CLIENTE COM ÚLCERA
     1096   VENOSA: ESTUDO DE CASO.                                 Felippe Guerra Martins
19          PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM: O SIGNIFICADO DO
     1237   TRABALHO NO CUIDADO EM TERAPIA INTENSIVA                Francisca de Melo Beserra
20          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A UM
            PACIENTE PORTADOR DE DIABETES MELLITUS E HIPERTENSÃO
     1484   ARTERIAL - ESTUDO DE CASO                               Francisca Juliana Correia Barroso
21          AVALIAÇÃO CLÍNICA DAS ÚLCERAS POR PRESSÃO DE
            PACIENTES INTERNADOS EM UMA UNIDADE DE CUIDADOS
     1259   ESPECIAIS DE UM HOSPITAL PÚBLICO DE FORTALEZA-CE        Francisca Veuciclé Rabelo
22          PROMOÇÃO DA SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA NAS
     415    ALTERAÇÕES DA PRESSÃO ARTERIAL.                         Gilsirene Scantelbury de Almeida
23          ASSISTÊNCIA DO ENFERMEIRO NA PREVENÇÃO E
            TRATAMENTO DAS ÚLCERAS POR PRESSÃO: UMA REVISÃO
     980    BIBLIOGRÁFICA                                           Gislane Neres Gomes
24          SALA DE SITUAÇÃO EM SAÚDE: DISTRIBUIÇÃO DE SERINGAS X
     1606   FREQÜÊNCIA DO USO DE INSULINA                           Gislene Holanda de Freitas
25          O AGIR DO(A) ENFERMEIRO(A) FRENTE AO CLIENTE
     164    CARDIOPATA PORTADOR DE MARCA-PASSO ARTIFICIAL¹              Gutembergue Moreira da Silva
26          O PAPEL DO ENFERMEIRO COMO MINIMIZADOR DO ESTRESSE
     1567   DO PACIENTE NO EXAME DE CATETERISMO CARDÍACO                Hélio Casemiro Seabra Júnior
27          AÇÕES EDUCATIVAS DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM
            DIABETES MELLITUS TIPO II NÃO TRATADA: UM RELATO DE
     963    EXPERIÊNCIA                                                 Ingrid Caroline da Costa Vitorino
28          PERFIL DE PORTADORES DE HIPERTENSÃO ARTERIAL
     1791   ASSISTIDOS EM UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE                       Ionara Holanda de Moura
29          LESÕES CUTÂNEO-MUCOSAS: INVESTIGAÇÃO DE MEDIDAS
            ANTROPOMÉTRICAS DO ÍNDICE DE MASSA CORPÓREA E
     1196   CIRCUNFERÊNCIA ABDOMINAL                                    Isabel Assunção Maia
30          ENFERMAGEM E O TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO:
            sistematização da assistência com teoria das necessidades
     170    humanas básicas de Wanda Horta.                             Isabel Mendes Gonçalves
31          ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM CIRROSE
     978    HEPÁTICA DESCOMPENSADA                                      Isadora Lorenna Alves Nogueira
32          APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ENFERMAGEM A UMA PESSOA
     1049   COM ÚLCERA MALEOLAR: RELATO DE UM CASO                      Jaislâny de Sousa Mesquita
33          APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE
            COM HISTÓRICO DE GOTA TOFÁCEA EM UM HOSPITAL
     171    UNIVERSITÁRIO – NATAL/ RN                                   Jéssica Dantas de Sá
34          CUIDADO DE ENFERMAGEM A UMA PACIENTE COM SUSPEITA
     103    DE DIABETES MELLITUS TIPO 2                                 Jéssika Monteiro Araújo
35          AVALIAÇÃO DO RISCO CARDIOVASCULAR (RCV) SEGUNDO OS
            CRITÉRIOS DE FRAMINGHAM EM USUÁRIOS ADSCRITOS NO
            PROGRAMA ADOTE SAÚDE NO MUNICÍPIO DE
     1366   ITABAIANINHA/SE                                             Joilza Euzebio Guimaraes
36          HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA E OS FATORES DE RISCO
            ASSOCIADOS EM UMA POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO DE
     864    ANÁPOLIS-GO.                                                Josenei Skorek
37          ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA PRODUÇÃO DO CUIDADO AOS
     1758   USUÁRIOS COM HIPERTENSÃO ARTERIAL                           Juliana da Silva Oliveira
38   1031   PREVALÊNCIA DE FATORES DE RISCO PARA HIPERTENSÃO            Juliana Gonçalves da Silva
            ARTERIAL SISTÊMICA EM FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS
39          ANÁLISE DA COMUNICAÇÃO TERAPÊUTICA E NÃO TERAPÊTICA
     1412   ENTRE ENFERMEIROS E IDOSOS HOSPITALIZADOS               Kaisy Pereira Martins
40          A IMPORTÂNCIA DA EQUIPE DE ENFERMAGEM AO PACIENTE
            PORTADOR DE HIPERTENSÃO EM UMA UNIDADE BÁSICA
            PERTENCENTE A RESERVA EXTRATIVISTA DA LAGOA DE
     2435   JEQUIÁ.                                                 Karla Romana Ferreira de Souza
41          PERFIL DOS PACIENTES SUBMETIDOS À REVASCULARIZAÇÃO
     490    DO MIOCÁRDIO.                                           Karoline Vieira Sampaio
42          A IMPORTÂNCIA DO PAPEL DO ENFERMEIRO NA TERAPIA
     321    TROMBOLÍTICA NO INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO              Kátia Mayumi Takarabe Caffaro
43          ASSISTENCIA DE ENFERMAGEM AO PORTADOR DE
            HIPERTENSÃO ARTERIAL E DIABETES MELITUS NA PROMOÇÃO
     1156   DA QUALIDADE DE VIDA                                    Keila da Silva
44          INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM AO PACIENTE COM
     1306   DIABETES INSÍPIDO APÓS TRAUMA CRÂNIO ENCEFÁLICO         Kelcione Pinheiro Lima
45          PERFIL DOS PACIENTES COM EXCESSO DE PESO EM UM
     263    AMBULATÓRIO DE SALVADOR                                 Laíne Maria Monteiro Garrido
46          ESTRATÉGIAS DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE NA POPULAÇÃO
     1476   CARCERÁRIA: UMA ABORDAGEM SOBRE TUBERCULOSE             Lara Anisia Menezes Bonates
47    177   Análise de Eletrocardiograma por enfermeiros            Larissa Andreline Maia Arcelino
48          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM
            PACIENTE PORTADOR DE INSUFICIÊNCIA CARDÍACA E EM PÓS-
     1302   OPERATÓRIO DE REVASCULARIZAÇÃO DO MIOCÁRDIO             Larissa de Moraes Cavalcante
49          ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE COM CELULITE
     1063   FACIAL AGUDA: UM ESTUDO DE CASO                         Larissa Fernandes da Rocha
50          COMUNICAÇÃO TERAPÊUTICA ENTRE O ENFERMEIRO E OS
     1457   PACIENTES SUBMETIDOS À PROSTATECTOMIA                   Laura Cristhiane Mendonça Rezende
51          O FATOR EXPERIÊNCIA DO TERAPEUTA NA APLICAÇÃO DA
            AURICULOTERAPIA PARA ESTRESSE EM EQUIPE DE
     1143   ENFERMAGEM: ENSAIO CLÍNICO RANDOMIZADO                  Leonice Fumiko Sato Kurebayashi
52          APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE
     1492   PORTADOR DE PÉ DIABETICO                                Liana Monteiro Carvalho
53    780   ESPIRITUALIDADE E O CONTROLE DA HIPERTENSÃO: UMA        Lícia Corina Matozo Soares
            ABORDAGEM DA CONCEPÇÃO DOS HIPERTENSOS
            PARTICIPANTES DO PROJETO ENFERMAGEM PAROQUIAL
            (PARISH NURSING) EM CAPOEIRUÇU-BA.
54          ATIVIDADE EDUCATIVA ACERCA DO DIABETES MELLITUS: UM
     2253   RELATO DE EXPERIÊNCIA                                    Lídia Samantha Alves de Brito
55          A IMPORTÂNCIA DO CONHECIMENTO E AÇÕES DO
            ENFERMEIRO NA ASSISTÊNCIA AOS CLIENTES DIABÉTICOS
     2419   ACERCA DO CUIDADO COM OS PÉS                             Lidiane Aracy Filgueiras Loyola
56          ÚLCERAS POR PRESSÃO: INCIDÊNCIA E FATORES DE RISCO EM
     973    PACIENTES DE UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA                LIVIA CARVALHO PEREIRA
57          ENFERMAGEM E CÂNCER PULMONAR: SISTEMATIZAÇÃO DA
            ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM À LUZ DA TEORIA DE
     1512   AUTOCUIDADO DE OREM                                      Luana da Conceição Pereira
58          O CUIDAR/ CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE COM
            CÂNCER DE PULMÃO PELO USO DO TABACO E SUA RELAÇÃO
     1446   COM AS IMAGENS DOS MAÇOS DE CIGARRO.                     Luana Valentim Monteiro
59          ENFERMAGEM E EUTANÁSIA: NOVAS TECNOLOGIAS E VELHOS
     1173   PROBLEMAS                                                Luciana Pontes de Miranda Lima
60          ENFERAMAGEM E COLECISTECTOMIA POR
            VIDEOLAPAROSCOPIA: O SABER E O FAZER NA ASSISTÊNCIA DE
     1392   ENFERMAGEM NO PERIOPERATÓRIO                             Luis Felipe da Silva Pena
61          BANCO DE DADOS INFORMATIZADO COM EMISSÃO DE
            RELATÓRIO: PROPOSTA PARA PESQUISA EM DIABETES
     2292   MELLITUS 2, HIPERTENSÃO ARTERIAL E ANTROPOMETRIA         Luiz Neves Silveira Filho
62          ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE EM
            HEMODIÁLISE NA TERAPIA INTENSIVA - RELATO DE
     1496   EXPERIÊNCIA                                              Mayessi Dabbous
63          POSIÇÃO LITOTÔMICA DO PACIENTE CIRÚRGICO: EVIDÊNCIAS
     1071   PARA O CUIDADO DE ENFERMAGEM                             Thiago Moreira
64          CONSTRUÇÃO DE UM MATERIAL EDUCATIVO – PINTANDO
     1193   COM SAÚDE: PARA CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL            Adaís Alves Bizerra
65          A PERCEPÇÃO DOS PROFESSORES EM RELAÇÃO AO BULLYING
      937   NA ESCOLA                                                Adriana Dall'asta Pereira
66   1380   ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM À CRIANÇA COM                  Alessandra Cristina de Oliveira Aquino
            DIAGNÓSTICO DE CELULITE AXILAR BILATERAL
67          O DESAFIO DA ENFERMAGEM NO COMBATE À DESNUTRIÇÃO
     1239   INFANTIL: UM DIREITO VIOLADO                         Aline Gomes Amorim
68          A PRÁTICA DO ALEITAMENTO MATERNO EM CRIANÇAS
            MENORES DE UM ANO EM UMA UNIDADE DE SAÚDE DA
     942    FAMÍLIA                                              Aline Paula Pereira de Queiroz Barros
69          COMUNICAÇÃO ENTRE PARCEIROS SEXUAIS NA
            ADOLESCÊNCIA: USO DO PRESERVATIVO E PREVENÇÃO DE
     126    DST/HIV EM FORTALEZA-CE                              Álissan Karine Lima Martins
70          MÉTODOS DE AVALIAÇÃO DA DOR EM RECÉM NASCIDOS:
     645    REVISÃO INTEGRATIVA                                  Alline Falconieri de Moura
71          PREVALÊNCIA DE FATORES DE RISCOS RELACIONADOS À
     1101   HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA EM ADOLESCENTES       Amurab Santiago de Carvalho Mendes
72          VALORES DO TESTE DE ESPIROMETRIA EM CRIANÇAS COM
     1087   CARDIOPATIA CONGÊNITA                                Ana Carla Bonfim dos Santos
73    66    ACIDENTE DE TRÂNSITO NA INFÂNCIA - ESTUDO DE CASO    Ana Carla de Oliveira Soares
74          CUIDADANDO DO RECÉM NASCIDO COM HIDROCEFALIA
     1171   CONGÊNITA                                            Ana Claudia Parente Silveira
75          A RELAÇÃO DO ALEITAMENTO MATERNO COM CASOS DE
     338    DIARRÉIA EM LACTENTES ACOMPANHADOS POR UMA U.S.F.    Ana Virginia Rodrigues Verissimo
76          INTEGRAÇÃO MÃE-FILHO EM UMA UNIDADE PEDIÁTRICA:
     818    DESAFIO DE UM PROJETO DE EXTENSÃO                    Anelise Pillon Ortiz
77          O ENFERMEIRO E A ATENÇÃO A SAÚDE DO ADOLESCENTE:
            DESAFIOS E POTENCIALIDADES NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA
     1386   FAMÍLIA                                              Anne Larissa Lima Guimarães Gurgel
78          PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS RECÉM-NASCIDOS PRÉ-TERMO
            COM RETINOPATIA DA PREMATURIDADE EM UM HOSPITAL DE
     336    REFERÊNCIA NA CIDADE DO RECIFE                       Ariane Magalhães de Carvalho
79          ADOLESCER: A ENFERMAGEM EDUCANDO E PROMOVENDO
     534    SAÚDE                                                Bárbara Vargas de Oliveira
80          PERCEPÇÃO DOS FAMILIARES DE NEONATOS QUE SE
            ENCONTRAM EM UTI SOBRE O APOIO EMOCIONAL PRESTADO
     1992   PELA EQUIPE DE ENFERMAGEM                            Beatriz Lopes Silva
81    293   PERCEPÇÕES DE PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM QUE        Bruna Côrtes Vieira de Souza
            ATUAM EM ONCOLOGIA PEDIÁTRICA: CUIDADO FOCADO NA
            INTEGRALIDADE
82          MÉTODOS ALTERNATIVOS DE ALIMENTAÇÃO DO RECÉM-
            NASCIDO PREMATURO: CONSIDERAÇÕES E RELATO DE
     2803   EXPERIÊNCIA                                                   Bruna Lima da Silveira
83          QUEIMADURAS EM CRIANÇAS: ENFOQUE DE PRODUÇÕES
            CIENTÍFICAS NA ÁREA DA SAÚDE COM VISTAS À PREVENÇÃO
     2486   DE ACIDENTES                                                  Camila Moreira Vasconcelos
84          CUIDADOS DE ENFERMAGEM SOBRE DST/HIV DIRECIONADOS
            PARA ADOLESCENTES: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA
     460    LITERATURA                                                    Camila Perini
85          'PREVENÇÃO TAMBÉM SE ENSINA: PROJETO ADOLESCENTE –
     1097   UM RELATO DE EXPERIÊNCIA'                                     Carla Renata Serantoni
86          WORKSHOP INTERNACIONAL COM RAQUEL TAMEZ - RELATO
            DE EXPERIÊNCIA SOBRE A ORGANIZAÇÃO DO EVENTO SER
     1940   PREMATURO POR UM DIA NO IFF/FIOCRUZ EM 2009                   Celeste Ferreira Adão
87          AGENESIA DE CLOACA ASSOCIADO A ONFALOCELE,
            IMPERFURAÇÃO ANAL COM FÍSTULA E PÉ TORTO: CURATIVO
     2665   PARA CONFORTO                                                 Clarigleide Menezes de Lima
88          A CONSULTA DE ENFERMAGEM EM PUERICULTURA:
     2722   PREVENÇÃO E PROMOÇÃO DA SAÚDE DO LACTENTE                     CLAUDIA FABIANNI FÉLIX
89          REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE ADOLESCENTES SOBRE O
     2425   CÂNCER DE COLO DO ÚTERO                                       Cleide Maria Pontes
90          TERMORREGULAÇÃO NEONATAL: IMPORTÂNCIA DA AFERIÇÃO
     657    DE TEMPERATURA DO RECÉM-NASCIDO                               Cristiano Bertolossi Marta
91          A REALIZAÇÃO DO TESTE DO OLHINHO EM UNIDADES
            NEONATAIS DA REGIÃO DOS LAGOS - RJ E A ATUAÇÃO DA
     718    EQUIPE DE ENFERMAGEM                                          Cristiano Bertolossi Marta
92          PRATICA DA PREVENÇÃO DO CÂNCER DE PELE EM
            ADOLESCENTES CADASTRADOS NO PROGRAMA DE SAUDE DA
     189    FAMILIA EM VITORIA DA CONQUISTA                               Daniela Sousa Oliveira
93          O Enfermeiro Frente às Dificuldades Maternas no Processo de
     2361   Aleitamento Materno de Prematuros em uma UTI Neonatal         Francilene de Oliveira Ferreira
94   2406   VIOLÊNCIA INSTITUCIONAL NA ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE DA          Alexandra Bittencourt Madureira
             MULHER: A PERCEPÇÃO DE ENFERMEIRAS E DE USUÁRIAS
95           Conhecimento de mulheres sobre fatores de risco para câncer
      635    de mama.                                                      Amanda Kelly de Oliveira Cruz
96           O ALOJAMENTO CONJUNTO COMO AMBIENTE DE CUIDADO
      1586   DO ENFERMEIRO                                                 Amanda Lúcia Barreto Dantas
97           O COTIDIANO DO ENFERMEIRO NA PREVENÇÃO DO CÂNCER
      489    CÉRVICO UTERINO NA ATENÇÃO BÁSICA                             ANNA MARIA DE OLIVEIRA SALIMENA
98           AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DE MÃES CUIDADORAS
             DE CRIANÇAS COM CONDIÇÃO CRÔNICA NOS DOMÍNIOS DO
      1739   INSTRUMENTO WHOQOL-bref                                       Caius Cesar Araujo Melo
99           BARREIRAS PARA A REALIZAÇÃO DAS PRÁTICAS DE
      544    AUTOCUIDADO DE GESTANTES EM FORTALEZA – CEARÁ.                Carmem Cintra de Oliveira Tavares
100          ESTUDO OBSERVACIONAL SOBRE PREVENÇÃO DO CÂNCER DO
      1387   COLO UTERINO: ENFOQUE NA CONSULTA DE ENFERMAGEM               Carolina Maranhão Marques Lacerda
101          INTERVENÇÃO COMPORTAMENTAL E EDUCATIVA: EFEITOS NA
             ADESÃO DAS MULHERES À CONSULTA DE RETORNO PARA
      1862   RECEBER O RESULTADO DO EXAME COLPOCITOLÓGICO                  Caroline Batista de Queiroz Aquino
102          UMA LEITURA DE GÊNERO SOBRE LEILA DINIZ: MULHER À
      2231   FRENTE DO SEU TEMPO E SÍMBOLO DE LUTA FEMININA                Celeste Ferreira Adão
103   2248   EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA GESTANTES: ENFOQUE NA SÍFILIS          Cintia Freitas Casimiro
104          A Importância do Ácido Fólico na Gestação: Uma Revisão de
      1818   Literatura                                                    Cristiane Coelho Timbó
105          FADIGA EM MULHERES COM CÂNCER DE MAMA DURANTE O
      1058   TRATAMENTO QUIMIOTERÁPICO: REVISÃO DA LITERATURA              Cristiane Regina Soares
106          PERFIL DE GESTANTES USUÁRIAS DE UM AMBULATÓRIO DE
      237    PRE-NATAL DE ALTO RISCO DE RECIFE/PE                          Daniela Vieira de Menezes
107          SATISFAÇÃO E INSATISFAÇÃO DE ADOLESCENTES GRÁVIDAS
      747    NO ATENDIMENTO PRÉ-NATAL.                                     Danielle Batista Silva Ferreira
108          A VISÃO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM ACERCA DA PRESENÇA
             DO ACOMPANHANTE EM UMA MATERNIDADE DE ALTO RISCO
      2633   DO ESTADO DE ALAGOAS.                                         Dayana Tenório da Silva
109          A IMPORTANCIA DO VÍNCULO ENTRE PROFISSIONAIS E
             CLIMATÉRICAS FRENTE À ASSISTÊNCIA DE SAÚDE (PROMOÇÃO
      1557   DE SAÚDE)                                                     Dayara Rufino Mota
110          CÂNCER DE MAMA: DA PREVENÇÃO AO IMPACTO DO
      926    DIAGNÓSTICO                                                 Denise Guerin
111          ATENÇÃO AO PRÉ-NATAL PARA REDUÇÃO DA MORTALIDADE
      1845   INFANTIL                                                    Diana Cláudia Teixeira Peixoto
112          MATERIAIS UTILIZADOS NO PARTO POR PARTEIRAS NO
      2368   MUNICIPIO DE CARUARU- PE                                    Diana Neves Alves
113          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO PRÉ-
      2438   NATAL: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA                            Diva Cardoso de Almeida Tavares
114          UNIDADES DE INTERNAÇÃO OBSTÉTRICAS: VIVÊNCIA DE
      1517   SOFRIMENTO MORAL POR PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM            Edison Luiz Devos Barlem
115          CLIMATÉRIO: PERSPECTIVAS DE CUIDADO- UMA REVISÃO
      938    BIBLIOGRÁFICA                                               Eglivani Felisberta Miranda
116          O SUPORTE À PARTURIENTE ADOLESCENTE COMO FORMA DE
      1090   DESENVOLVIMENTO DE SUA AUTONOMIA                            Eliana Pinho de Azambuja
117          PERCEPÇÃO DA GESTANTE SOBRE ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL:
      2039   NECESSIDADE DE RENOVAÇÃO DO CUIDADO                         Elis Maÿre da Costa Silveira Martins
118          SIGNIFICAÇÕES DA VISITA DOMICILIAR PARA A ESF NA
      2847   CONCEPÇÃO DE PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM                    Adalberto de Santana Filho
119          Atividades Desenvolvidas e Dificuldades Enfrentadas Pelas
      1751   Equipes de Enfermagem Na Atenção a Saúde Indígena           Adriana Lopes da Silva
120          Limitações e Dificuldades do Sistema de Informação da
      1778   Atenção Básica-SIAB.                                        Alice Bianca Santana Lima
121          DIFICULDADES NO TRABALHO DO AGENTE COMUNITÁRIO DE
             SAÚDE: UMA CONTRIBUIÇÃO PARA A PRÁTICA DE
      1995   ENFERMAGEM.                                                 ALINE JANIELLY DA COSTA FERNANDES
122          ACOLHIMENTO NO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA: UMA
             PROPOSTA DE INTERVENÇÃO PARA HUMANIZAÇÃO DA
      211    ATENÇÃO Á SAÚDE NO MUNICÍPIO DE UMBAÚBA/SE                  Allan Dantas dos Santos
123          O SENTIDO DE SER AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE –
             PARTICIPAÇÃO DA ENFERMEIRA E CONTRIBUIÇÕES PARA O
      2105   PROCESSO DE TRABALHO NA SAÚDE DA FAMÍLIA                    Ana Paula de Medeiros Moraes
124          A PERCEPÇÃO DOS ALUNOS DE ENFERMAGEM FRENTE A
             AUTONOMIA DA PROFISSÃO NO PROGRAMA SAÚDE DA
      804    FAMÍLIA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA                           Andre Luiz de Souza Braga
125          ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DAS SALAS DE
             VACINAÇÃO NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA NO
      2560   MUNICÍPIO DE CRATO-CE                                          Andréa Couto Feitosa
126          PRÁTICA CLÍNICA E ENFERMAGEM NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA
             FAMÍLIA: INTERSUBJETIVIDADES E REDES ASSISTENCIAIS NA
      1393   PRODUÇÃO DO CUIDADO EM SAÚDE MENTAL                            Anne Larissa Lima Guimarães Gurgel
127          A Supervisão como Instrumento co Trabalho co Enfermeiro cm
      2205   Unidade ce Saúde da Família: Relato de Experiência             Bianca de Oliveira Araujo
128          SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTENCIADE ENFERMAGEM NA
             ATENÇÃO BÁSICA: SENTIDOS E SIGNIFICADOS DE DISCENTES
      1115   DE ENFERMAGEM                                                  Daniela Márcia Neri Sampaio
129          PROCESSO DE TRABALHO DO AGENTE COMUNITÁRIO DE
      1732   SAÚDE NA ASSISTÊNCIA AO PRÉ-NATAL                              Dheÿmi Wilma Ramos Silva
130          PRÁTICAS INTERSETORIAIS: VELHO DESAFIO PARA TRABALHAR
      198    COM ESF                                                        Diana Cecagno
131          EQUIPE DE ENFERMAGEM DE UNIDADES DE SAÚDE DA
      1261   FAMÍLIA NO ENFRENTAMENTO DA VIOLÊNCIA INTRAFAMILIAR            Elisama Nascimento Rocha
132          DISCURSOS DE ENFERMEIROS DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA
             FAMÍLIA SOBRE O CUIDADO AOS HIPERTENSOS: aproximação à
      1417   teoria de Parse                                                Eliziê Pereira Pinheiro
133          COMPREENDENDO O QUOTIDIANO E O SER SAUDÁVEL DE
      2635   FAMÍLIAS DE DIFERENTES COMUNIDADES                             Erika Simas Ebsen
134   1130   A Especificidade do Trabalho da Enfermeira na Atenção Básica   Fátima do Rosário de Oliveira Lima
135          CONHECIMENTOS E ATITUDES DOS ENFERMEIROS EM
             RELAÇÃO À NOTIFICAÇÃO DE DOENÇAS OCUPACIONAIS:
      1604   CONTRIBUIÇÕES PARA A SAÚDE DO TRABALHADOR                      Alaine Maria da Costa
136          AVALIAÇÃO DE ESTRESSE EM ENFERMEIROS QUE TRABALHAM
             NA UTI E EMERGÊNCIA EM UM HOSPITAL NA CIDADE DE
      601    RECIFE-PE                                                      Alexandra Waleska de Oliveira Aguiar
137          PRINCIPAIS AGRAVOS QUE ACOMETERAM A SAÚDE DO
      2489   TRABALHADOR NO ESTADO DE ALAGOAS EM 2011                       Aline Viana Sampaio
138          A IMPORTÂNCIA DA EQUIPE DE SEGURANÇA DO TRABALHO E
      1893   SUA RELAÇÃO COM OS TRABALHADORES                               Alline Dannÿele Souza de Oliveira
139    233   ESTRESSE OCUPACIONAL EM PROFESSORES DO ENSINO                  Andrea Rosane Sousa Silva
             FUNDAMENTAL II DAS ESCOLAS PÚBLICAS MUNICIPAIS DE SÃO
             LOURENÇO DA MATA–PERNAMBUCO
140          INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE NO TRABALHO DA ENFERMAGEM:
             IMPROVISAÇÃO HOSPITALAR FRENTE À PRECARIZAÇÃO DE
      572    RECURSOS MATERIAIS                                       Andréia da Silva Moreira
141          INFLUÊNCIA DO SERVIÇO NOTURNO NA VIDA SOCIAL DOS
      2671   PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM EM UTI                       Ângela Mirella Magalhães de Amorim
142          QUALIDADE DE VIDA NOS COLABORADORES DE UMA
             UNIVERSIDADE PRIVADA: DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM E
      1062   ATIVIDADES EDUCATIVAS                                    Beatriz Angelo Rosa
143          O CONTROLE DE RISCOS OCUPACIONAIS DENTRO DO ÂMBITO
             ACADÊMICO: LEVANTAMENTO E ATUALIZAÇÃO DO CARTÃO
      214    DE VACINAÇÃO DE DISCENTES DE ENFERMAGEM                  Bruno Henrique Ximenes Rodrigues
144          BIOSSEGURANÇA NO CONTEXTO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE:
      1667   UMA ABORDAGEM HISTÓRICA                                  Alaine Maria da Costa
145          RESGATE DAS PRODUÇÕES CIENTÍFICAS SOBRE
             BIOSSEGURANÇA EM ENFERMAGEM: UMA ANÁLISE NA BASE
      1913   DE DADOS DA SCIRUS                                       Aline Amorim da Silveira
146          UM SER PORTADOR DE HIV: IMPACTO, MUDANÇAS E
      334    DESAFIOS                                                 Aline Ramos de Carvalho Pinto
147          DST DE NOTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA EM MACEIÓ-ALAGOAS:
      2490   ANÁLISE DE UMA SÉRIE HISTÓRICA DE 2005 A 2010            Aline Viana Sampaio
148          UMA EXPERIÊNCIA ACADÊMICA COMO ALUNO-MONITOR DA
      151    DISCIPLINA DE CENTRAL DE MATERIAL E ESTERILIZAÇÃO.       Amanda Maria Albuquerque de Aguiar
149          ÓBITOS POR TUBERCULOSE INVESTIGADOS NA SECRETARIA
             EXECUTIVA REGIONAL I – SER I FORTALEZA. CE, NO PERÍODO
      1277   DE 2006 A 2010                                           Anísia Ferreira de Lima
150          INFECÇÃO DE TRATO URINÁRIO RELACIONADA AO USO DO
      1006   CATETER URINÁRIO: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA      Beatriz Maria Jorge
151          INQUÉRITO EPIDEMIOLÓGICO: PREVALÊNCIA DE CASOS
      2232   CLÍNICOS NO DISTRITO DE NEGRAS – ITAÍBA – PERNAMBUCO.    BRUNA BRITO
152          EPIDEMIOLOGIA DOS ACIDENTES POR QUEDAS NOS SERVIÇOS
      1360   DE EMERGÊNCIA DE SERGIPE                                 Carla Kalline Alves Cartaxo
153   1939   A SUPERVISÃO DE ENFERMAGEM E A IMPORTÂNCIA DO USO        Cláudia Fabiane Gomes Gonçalves
             DOS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL NO SETOR DE
             EMERGÊNCIA
154          AS INFECÇÕES RELACIONADAS À ASSISTÊNCIA À SAÚDE NA
      1927   PERSPECTIVA DA TEORIA DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS        Cristina Maria Miranda de Sousa
155          DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM EM PACIENTES COM
      2162   HANSENÍASE                                              Dorlene Maria Cardoso de Aquino
156          MARCADORES SOROLÓGICOS PARA HEPATITE B EM
      2463   PACIENTES COM DOENÇA RENAL CRÔNICA                      Elaine Soares Rezende
157          TUBERCULOSE: CONSTRUINDO REDE DE INFORMAÇÕES ENTRE
             OS SERVIÇOS DE SAÚDE E O COTIDIANO DO INDIVÍDUO E
      2775   FAMILIARES                                              Elizabeth Amâncio de Souza da Silva Valsecchi
158          EXPERIÊNCIAS VIVENCIADAS POR ACADÊMICOS DE
             ENFERMAGEM EM GRUPOS DE APOIO PARA PACIENTES
      1107   PORTADORES HIV                                          Felippe Guerra Martins
159          SERVIÇO DE EMBELEZAMENTO DE MÃOS E PÉS: EFICIÊNCIA DA
       12    DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO DO EQUIPAMENTO UTILIZADO    Flavio Peraça Vieira
160          REVISÃO INTEGRATIVA: REFLEXÃO ÉTICA EM TEMPOS DE
      204    HIV/AIDS                                                Gabriela Lima Gonçalves
161          IMPLEMENTAÇÃO DA SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE
             ENFERMAGEM (SAE) AOS PORTADORES DE HANSENÍASE COM
             PERDA DE SENSIBILIDADE: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DE
      474    LITERATURA CIENTÍFICA                                   Giovane Oliveira Vieira
162          INFLUENZA H1N1: UM ESTUDO SOBRE O TEMPO
             TRANSCORRIDO ENTRE A NOTIFICAÇÃO E O ENCERRAMENTO
      1245   DE CASOS                                                Nair Chase da Silva
163          A ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA
             FAMÍLIA E O CONTROLE DA TUBERCULOSE EM MANAUS DE
       527   2006 A 2009.                                            Nathália França de Oliveira
164   2378   O DOTS COMO ESTRATÉGIA NO CONTROLE DA TUBERCULOSE       Paula Jordânia Paixão de Souza
165          HANSENÍASE: UMA METASSÍNTESE DO CUIDADO DE
      385    ENFERMAGEM                                              Priscila de Vasconcelos Monteiro
166          HOSPITAL DIA E CENTRO DE TESTAGEM E ACONSELHAMENTO:
      2726   UM RELATO DE EXPERIÊNCIA.                               Rafaela Siqueira C. Uchoa
167   1846   Cuidados de Enfermagem em Testes de Alergia Uso do      Raquel Acácia P G Santos
             Dispensador de Antígenos em Atenção à Biosegurança Relato
             de Experiência
168          Formas de transmissão do HIV presentes nas representações
      2018   sociais da aids para pacientes soropositivos                    Renato Martins de Oliveira Braga
169          KLEBSIELLA PNEUMONIAE PRODUTORA DE CARBAPENEMASE :
             AÇÃO DO ENFERMEIRO PARA PREVENÇÃO DA INFECÇÃO
      2169   HOSPITALAR                                                      Sandra Maria Costa de Sousa
170          PERCEPÇÃO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM DE UM HOSPITAL
             UNIVERSITÁRIO ACERCA DO DIREITO DE TER FILHOS DE
      2631   MULHERES VIVENDO COM O HIV/AIDS.                                Shÿrllene Correia Ferreira Porangaba
171          CARACTERISTICAS SOCIODEMOGRÁFICAS E CLÍNICAS DE
             CRIANÇAS ATENDIDAS EM EMERGÊNCIA PEDIÁTRICA EM
      1448   FORTALEZA-CE                                                    Silvania Braga Ribeiro
172          CONSIDERAÇÕES SOBRE A COMPLETUDE DE PREENCHIMENTO
             DOS DADOS RESIDENCIAIS DA FICHA DE NOTIFICAÇÃO DA
             H1N1 NO PERÍODO DE ABRIL DE 2009 A ABRIL DE 2010 EM
      1493   MANAUS AMAZONAS                                                 Sirlene Bezerra Guimarães
173          Atenção às Pessoas em situação de Violência doméstica em
             São Francisco do Conde-BA: notificação, registro, acolhimento
      1752   e encaminhamento.                                               Sonia Maria de Jesus Parcero
174          VIGILÂNCIA DOS CONTATOS DE HANSENÍASE: ANÁLISE DA
      910    PRODUÇÃO CIENTÍFICA DOS ENFERMEIROS                             Susane Silva do Nascimento
175          ESTUDOS SOBRE A SAÚDE DA POPULAÇAO NEGRA
      1540   REALIZADOS POR ENFERMEIROS BRASILEIROS                          Thiara Chaves dos Santos
176          DENGUE EM FORTALEZA: CARACTERISTICAS DE USUÁRIOS
             ATENDIDOS COM SUSPEITA DA DOENÇA EM UMA UNIDADE
      1389   DE SAÚDE DA REGIONAL III                                        TICIANA BATISTA LEAL
177          INTERDISCIPLINARIDADE X HANSENÍASE: RELATO DE
      1798   EXPERIÊNCIA                                                     Waldeney Costa Araújo Wadie
178
179
180
181
182
183
184
185

								
To top