1 by lCKz4bE6

VIEWS: 0 PAGES: 10

									     PLANTAS MEDICINAIS DE USO DA POPULAÇÃO DO ASSENTAMENTO DE REFORMA
                   AGRÁRIA EZEQUIAS DOS REIS, MUNICÍPIO ARAGUARI –MG1
                                                                                          Sérgio Macedo Silva2
                                                                                          Jureth Couto Lemos3


RESUMO: Desde tempos remotos, a humanidade faz uso das plantas como medicamento alternativo para
curar as enfermidades, e o efeito desses medicamentos é tão eficaz quanto o da medicina convencional. Por
isso é de grande importância conhecer a flora medicinal do assentamento, a fim de orientar as famílias sobre
o uso correto das mesmas, uma vez que são tão utilizadas pelas famílias ali assentadas. O Assentamento de
Reforma Agrária Ezequias dos Reis dista 40km da sede do município de Araguari (MG) e tem uma área
registrada de 2.208 ha. O objetivo deste trabalho é apresentar dados sobre as plantas medicinais do
assentamento, bem como saber a influência da fitoterapia no tratamento básico das doenças. O trabalho foi
realizado por meio de entrevistas informais, com a finalidade de catalogar as plantas mais usadas. Assim,
cerca de 90% das famílias pesquisadas usam as plantas medicinais, e dentre essas, 80% adquiriram esse
conhecimento com antepassados. Quanto ao uso, praticamente 90% fazem chás, 55% fazem tinturas e
xaropes. Quanto ao cultivo, 52,7% das famílias cultivam as plantas em quintais, mas 45% as buscam em
áreas de reserva. Além disso, 96% delas disseram recorrer às plantas antes de irem ao médico e acreditam
na cura das doenças quando usam os fitoterápicos. Enfim, espera-se conhecer melhor as farmácias-vivas do
assentamento a fim de propiciar melhorias na qualidade de vida das famílias ali assentadas.



INTRODUÇÃO


           O uso das plantas faz parte da rotina da maioria das populações, desde aquelas que
ainda mantêm costumes antigos até o homem atual que tem acesso aos grandes avanços
tecnológicos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde - OMS, 80% da humanidade
dependem      da   medicina     tradicional   para    tratamento     de   doenças.     Isto   corresponde     a
aproximadamente cinco bilhões de pessoas e, ainda 85% desta medicina tradicional envolvem o uso
de extratos vegetais (DAVID, NASCIMENTO & DAVID, 2004, apud FARNSWORTH, 1998).
           Segundo a literatura, os chineses foram os pioneiros na adoção do uso de fitoterápicos
(ALMEIDA, 2003). E após várias décadas, a medicina alternativa ainda se destaca, já que o efeito
dos seus medicamentos apresenta a mesma eficiência quanto aos adotados pela medicina
convencional. Além disso, está havendo um crescente interesse por parte de pesquisadores de todo
o mundo em resgatar as terapêuticas naturais, já que, os trabalhos de pesquisa com plantas


1
   Este trabalho faz parte do Programa de Apoio Científico e Tecnológico aos Assentamentos da Reforma Agrária –
PACTo – MG/Triângulo Mineiro. É constituído por Projetos de três áreas: Produção, Saúde e Educação. O PACTo é
desenvolvido com recursos do CNPq, INCRA e UFU.
 2
  Aluno do Curso de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Uberlândia e bolsista do CNPq.
sergiomacedosilva@yahoo.com.br
3
 Profª. Ms. e Doutoranda da Escola Técnica de Saúde da Universidade Federal de Uberlândia. Avenida Amazonas s/n,
Bloco 4K, Sala 4k 08, Campus Umuarama. CEP: 38400-902. Orientadora da Pesquisa. jclemos@ufu.br
medicinais dão origem a medicamentos num prazo menor, com custo inferior, sendo mais acessíveis
à população que não possui condições financeiras para arcar com os elevados custos dos outros
medicamentos.
          No entanto, o uso indevido dos fitoterápicos pode causar danos à saúde do consumidor,
porque eles possuem componentes ativos que podem interagir com outros medicamentos
administrados pelo enfermo (STASI, 1996). Assim, é de grande necessidade conhecer a flora
medicinal do assentamento, a fim de orientar as famílias sobre o uso correto das plantas medicinais.
          Historicamente, a Reforma Agrária no Brasil apresenta grande relevância e repercussão
social, haja vista o acúmulo de problemas e conflitos sociais. Entre muitos desafios, o Programa
PACTo-MG despontou o de prover os assentamentos de infra-estrutura e condições satisfatórias de
sustentação social e econômica (PACTO, 2003). Nesse sentido, a saúde dessa população se torna
um fator primordial para que possivelmente ocorram melhores condições sociais e econômicas. E,
sabe-se que os assentamentos de Reforma Agrária não apresentam condições ideais de
saneamento ambiental assim como carência de atendimento médico e odontológico. Daí a
necessidade de se enquadrar os assentamentos no atendimento de saúde local ou regional. Por
isso, este trabalho teve como objetivo conhecer as plantas medicinais utilizadas pela população do
assentamento Ezequias dos Reis no Município de Araguari – MG, bem como saber a influência dos
fitoterápicos no tratamento básico das doenças e como são utilizados.


METODOLOGIA
Materiais e Métodos



          O Assentamento Ezequias dos Reis dista 40 Km do município de Araguari com área
registrada de 2.208,2005 ha. O número de famílias assentadas é de 58. A vegetação predominante
na região é o cerrado, estando presentes também o cerradão e em menor proporção, matas
caducifólias. Tem-se também como vegetação variante do cerrado, uma boa parte de campo
cerrado. O assentamento apresenta uma grande área já inteiramente antropizada com a formação
de pastagens de braquiária e andropógon. Apresenta também grandes áreas de preservação
permanente devido à existência de veredas, cuja faixa de preservação é de 80 metros, assim como
a faixa de preservação permanente às margens da represa de Itumbiara (100 metros) (cf. FIGURA
1).
                      7970000




                                                                                                                                                                                                                                               7970000
                                785000            786000               787000              788000                        789000                        790000                791000               792000                   793000          794000



                                              FAZENDA BEIJA FLOR
                                                Planta Geral - 2002


                      7969000




                                                                                                                                                                                                                                               7969000
                                                                                                                                                                                          1                        3
                                                                                      22                                                                                        9                    2
                                                                                                                                                             15
                                                                                                 21            20


                                                                                                                        19                                   14                               4              5
                                                                  27                                                                         17
                      7968000




                                                                                                                                                                                                                                               7968000
                                                        28
                                                                                                                              18                        13                            8                  6
                                                                        26
                                                             29                             24                                                                                                7
                                                                                                                                                              12
                                                                                25                                                       16
                                                                                                      23
                                                                  30                                                                                   11

                                                                         31
                      7967000




                                                                                      32




                                                                                                                                                                                                                                               7967000
                                                                                                    33                                                                  10
                                                                                                              34
                                                                                                                                  35

                                                                                     39                                                           36
                                                                                           40                                                                                                                      Estradas
                                                                                                         41
                                                                                                                   42                                   37                                                         Drenagem
                      7966000




                                                                                                                                                                                                                                               7966000
                                                                                                                             43
                                                                                                                                                                   38
                                                                                                                                        44                                                         Planta Geral
                                                                                                      46
                                                                                                                                                                                                                   Lotes
                                                                                                                                                       45
                                                                                                                                                                                                                   Reserva Legal
                                                                                                                                   48
                                                    N                                                         47                                                                                                   Área Comunitária
                      7965000




                                                                                                                                                                                                                                               7965000
                                                                                                                                         49
                                                                                                                                                                                                                   Represa

                                                                                                                                                   50
                                                                                                                   54
                                                                                                                             53
                                                                                                                                         52
                                                                                                    55                                                  51
                      7964000




                                                                                                                                                                                                                                               7964000
                                                                                                                                                                             700              0              700                  Metros
                                                                                                                                                                                                                             1400 Meters
                                                                                                              56
                                                                                                                              57                        58

                                         LAGEO/IG/UFU

                                785000            786000               787000              788000                        789000                        790000                791000               792000                   793000          794000




             Figura 1- Mapa do Assentamento Ezequias dos Reis.
             Fonte: BRASIL, 2003.



          Para desenvolvimento da pesquisa primeiramente buscou-se conhecer a área do
assentamento e realizar a apresentação do projeto para os assentados. A pesquisa sobre o uso de
plantas medicinais foi realizada em forma de entrevistas informais em visitas aos lotes, considerando
toda a ideologia de um levantamento etnobotânico. Nesse sentido se questionou quanto ao nome
popular das plantas, parte usada (seca ou fresca), se faz cultivo ou se faz coleta no campo ou em
área de reserva (STASI, 1996) (cf. QUADRO 1 e FIGURA 2 e 3).
          Dentro da produção dos fitoterápicos, foram questionados aspectos quanto à indicação,
extração da parte a ser usada, formas de uso (chás, xaropes, garrafadas e compressas), interno ou
externo, preparo e dosagem, solvente (água ou álcool) e possível validade. Entre esses aspectos,
também se questionou sobre o uso de fitoterápicos associados a algum alopático e quanto à
freqüência da produção dos fitoterápicos (cf. QUADRO 1).
           Durante as visitas, questionou-se se o morador cultivava plantas em quintais ou hortas e
se nos era permitido conhecer a forma de cultivo dessas plantas, o que enriqueceu nossa pesquisa
com a descoberta de diversidades de plantas. Vale ressaltar que ainda não se pôde conhecer as
plantas buscadas em matos ou na reserva, devido às visitas que nesse primeiro momento, terem
sido restritas apenas aos lotes, o que será efetuado mais adiante quando da necessidade de coletar
amostras para identificação e confirmação de espécies no laboratório.
           Parte da pesquisa foi dedicada à organização de um banco de dados acompanhada de
literaturas específicas (MING, JUNIOR, & SACHEFFER, 1994: ALMEIDA, 1998; FURLAN, 1999).
Esse banco de dados irá propiciar uma estatística dos dados e permitir a seleção de algumas
espécies de plantas para coleta e identificação em laboratório (BRASIL, 2001; SIGRIST, 2004 ).


                                                             QUADRO 1


Modelo de entrevista informal aplicada à população do assentamento Ezequias dos Reis, Município
                                           de Araguari-MG. Fevereiro de 2005.


         Assentamento: ............................................Lote: ........        Data:.....................
         Informante: .................................................................
             NOME DA              INDICAÇÕES PARTE PREPARO E                                USO DE             CULTIVO
              PLANTA                                      USADA          DOSAGEM ALOPÁTICO




Organizado por SILVA, S. M. 2005.
                                                                                                FOTOS: PACTo




                  FIGURA 2 - Coleta de dados no Assentamento Ezequias dos Reis, Araguari.
                             Fevereiro, 2005.
                                                                              FOTOS: PACTo
                FIGURA 3 - Coleta de dados no Assentamento Ezequias dos Reis, Araguari.
                           Fevereiro, 2005.


RESULTADOS E DISCUSSÕES


            Foi realizada a coleta de dados no Assentamento Ezequias dos Reis durante o mês de
fevereiro de 2005, mantendo-se os métodos de levantamento etnobotânico. Como se pode observar
no QUADRO 2 e no QUADRO 3, há uma diversidade de plantas medicinais usadas em diversas
situações pela população local.


                                                     QUADRO 2


 Plantas medicinais utilizadas pela população do assentamento Ezequias dos Reis, Município de
Araguari-MG. Fevereiro de 2005.


         NOME DA PLANTA             INDICAÇÕES              PARTE USADA                      PREPARO E DOSAGEM


        Crista de galo              Infecção geral               Raiz        Colher as raízes e colocar em
        Celosia cristata                                                     1L de vinho branco.
        Algodãozinho                Infecção geral               Raiz        Colher as raízes e colocar em
        Gossypium arboreum                                                   1L de vinho branco.
        Perdiz                      Infecção geral               Raiz        Colher as raízes e colocar em
        Croton Perdicipes                                                    1L de vinho branco. Banho de
                                                                             assento
        Carobinha                   Infecção geral               Raiz        Colher as raízes e colocar em
        Jacaranda caroba.                                                    1L de vinho branco.
        Quina                        Má-digestão                Cascas       Fazer o tanto que irá tomar.
        Cinchona Calisaya
        Pau-Terra                   Hemorróidas              Entre cascas    primeiro fazer o chá e em
        Qualea grandiflora                                                   seguida fazer banho de assento
        Guiné                          Tosse                     Raiz        Chá - Fazer o tanto que irá
        Petiveria alliacea                                                   tomar
        Sucupira preta                Garganta                  Fava         Chá - Fazer o tanto que irá
Bavichia virgilioides                                                                  tomar
Açafrão                        Cura feridas, garganta                 Raízes           Chá - Fazer o tanto que irá
Curcuma sp                                                                             tomar
Espinheira santa                     Estômago                         Folha            Chá - Fazer o tanto que irá
Maytenus ilicifolia                                                                    tomar
Gervão                                  Gripe                         Folhas           Chá      das     ervas:    gervão,
Stachytarpheta                                                                         fedegoso e fumo bravo- fazer o
cayenensis                                                                             tanto que irá tomar
Fedegoso                                Gripe                         Folhas           Chá      das     ervas:    gervão,
Senna macranthera                                                                      fedegoso e fumo bravo- fazer o
                                                                                       tanto que irá tomar
Fumo bravo                              Gripe                         folhas           Chá      das     ervas:    gervão,
Solanum alatirameum                                                                    fedegoso e fumo bravo- fazer o
                                                                                       tanto que irá tomar
Erva de Santa Maria       Inflamação, verme, machucado e        Folhas e sementes      Chá ou banho para ferida:
Chenopodium                              dor                                           álcool, sal e urina do indivíduo.
ambrosioides
Pata de vaca              Infecção urinária e pedra nos rins          Folha            Banho ou chá
Bauhinia foticata
Congonha de Burro                Rins e dor no corpo                  Folha            Banho ou chá
Villaresia congonha
Losna                           Estômago, labirintite             Folha e ramos        Chá de losna e quina - fazer o
Artemísia absinthium                                                                   tanto que irá tomar
Manga                     Infecção, dores, mal-estar, gripe.         Cascas            Xarope
Mangifera indica L
Boldo                     Infecção, dores, mal-estar, gripe.         Cascas            Xarope
Colerus barbatus
Capitão                   Infecção, dores, mal-estar, gripe.         Cascas            Xarope
 Hydrocotile umbelata
Piqui                     Infecção, dores, mal-estar, gripe.         Cascas            Xarope
 Caryocar brasiliense
Mamacadela                Infecção, dores, mal-estar, gripe,         Cascas            Xarope e garrafada
Brosimum guadichaudii            cérebro e memória.
Angico                    Infecção, dores, mal-estar, gripe.         Cascas            Xarope
Piptadenia colubrina
Assa-peixe       branco   Infecção, dores, mal-estar, gripe,      Cascas, folhas       Xarope ou usar o sumo com
Vernonia Polyanthes                  tabagismo                                         mel
Erva cidreira                           Gripe                         Folhas           Colher as raízes ou folhas e
Cymbopogon citratus                                                                    colocar em 1L de vinho branco.
Pindaíba                              Infecção                        Folhas           Colher as raízes ou folhas e
Duguetia lanceolata                                                                    colocar em 1L de vinho branco.
Hortelanzinho                         Infecção                        Folhas           Colher as raízes ou folhas e
Menth sp                                                                               colocar em 1L de vinho branco.
Salsa de Paredão                      Infecção                        Folhas           Colher as raízes ou folhas e
Mentha pulegium                                                                        colocar em 1L de vinho branco.
Chapéu de couro                       Infecção                        Folhas           Colher as raízes ou folhas e
Cynara Scollimus                                                                       colocar em 1L de vinho branco.
Veludo branco                     Infecção vaginal                   Cascas            Colher as cascas e colocar em
Croton campestris                                                                      1L de vinho branco.
Babosa                    Infecção, queda de cabelo, dor de           Folhas           Colher as raízes ou folhas e
Aloe vera                             estômago.                                        colocar em 1L de vinho branco
                                                                                       ou fazer o chá
Salsaparrilha                         Infecção                        Folhas           Colher as raízes ou folhas e
Smilax sp                                                                              colocar em 1L de vinho branco.
Guatambu                   Infecção, colesterol e ressaca.         Raiz e casca        Colher as raízes ou folhas e
Ouratea spectabilis                                                                    colocar em 1L de vinho branco
                                                                                       ou fazer o chá da casca
João da Costa                         Infecção                         Raiz            Colher as raízes ou folhas e
Echistes peltata                                                                       colocar em 1L de vinho branco.
Terramicina                 Infecção, machucado, dor de        Raiz, folhas e ramos    Colher as raízes ou folhas e
Alternanthera dentata             cabeça e tontura                                     colocar em 1L de vinho branco
                                                                                       ou chá das folhas.
Jenipapo                                 Dor                   Semente, folha e raiz   Chá - Fazer o tanto que irá
Genipa americana L.                                                                    tomar
Camomila                              Calmante                        Flores           Chá das flores
Matricaria chamomilla
Limão                                   Gripe                         Fruto            Xarope do fruto com alho: ferver com
                                                                                       açúcar e com um dente de alho ou 5
Citrus aurantifolium                                                                   limões galegos, água e açúcar. Deixar 15
                                                                                       dias em repouso no sol.
Articunzinho                            Rins                       Casca, folha        Chá
Annona glabra
Cana de macaco                          Rins                          Folhas           Chá das folhas
Costus spiralis
Transagem                 Infecção, desentoxicante, baixar a          Folhas           Chá conjugado com outras
Plantago media                        pressão.                                         ervas antibióticas, tomar em
                                                                                       jejum.
Bálsamo                     Dor de ouvido, estômago.               Folhas            Fritar no óleo e pingar no ouvido
Myroxylon baisamum                                                                   ou ingerir as folhas frescas.
Barbatimão                      Infecção e feridas,                Cascas            Xarope ou garrafada, banho de
Stryphnodendron                                                                      assento.
rotundifolium
Alecrim do campo                 Baixar a pressão                  Folhas            Chá das folhas
Rosmarinus officinalis
Chuchu                           Baixar a pressão                  Folhas            Chá das folhas
Sechium edule
Abacate                        Dor na coluna, rins.          Sementes, folhas        Colocar a semente em 1L de
Persea americana Mill.                                                               vinho e deixar em repouso ou
                                                                                     chá das folhas
Lobeira                               Verme                         Fruto            Comer a polpa do fruto
Solanum lycocarpum
Erva cidreira de ramo                Cansaço                  Folhas e ramos         Chá
Lippia alba
Maracujá                             Calmante                  Folhas e frutos       Chá
Passiflora edulis Sims.
Anil                                 Coração                        Raiz             Chá
Indigofera suffruticosa
Peão roxo                    Estimulante, tonificante,      Seiva do caule (leite)   Colher a seiva do caule e
Jatropha gossypifolia      analgésico e antiinflamatório.                            colocar em 1L de vinho ou
                                                                                     pinga.
Esporão                                Rins                    Folhas e raizes       Chá
Strychnos brasiliensis
Cascara sagrada                        Rins                        Casca             Chá da casca
Rhamnus purshiana
Mentrasto                          Cólica, gripe                   Folhas            Chá das folhas
Ageratum conyzoides
Eucalipto                              Gripe                        Folha            Chá
Eucaliptus      globulus
Labil.
Fortuna                           Dor de ouvido                     Folha            Chá e pingar no ouvido
Bryophyllum calycinum
Arnica                      Dor no corpo e machucado                Folha            Chá da folha ou fazer
Solidago microglossa                                                                 cataplasma
Romã                               Dor e bursite                   Casca             Fazer em 1L de vinho branco
Punica granatum
Jatobá                         Dor e bursite, gripe.               Casca             Fazer em 1L de vinho branco ou
 Hymenaea                                                                            chá feito com mel
stigonocarpa
Pau de óleo – Copaíba                Infecção                      Casca             Fazer em 1L de vinho branco
Copaifera langsdorfii
Laranja                       Gripe, dor de cabeça.          Folhas, sementes        Xarope: bater as folhas com mel
Citrus sinensis                                                                      ou fazer o chá
Vique                                  Gripe                       Folhas            Xarope: bater as folhas com mel
Mentha arvensis
Sabugueiro                             Gripe                       Folhas            Xarope: bater as folhas com mel
Sambucus Nigra
Sangra d’água                        Pressão                       Folhas            Chá
Croton urucurana
Embaúba                                Rins                        Casca             Chá
 Cecropia
pachystachya
Lixeira                                Rins                        Casca             Chá da casca
Ouratea spectabilis
Alfavaca                               Gripe                       Folhas            Chá das folhas
Ocimum basilicum L.
Labiatae –
Panacéia                               Rins                         Folha            Chá
Solanum cernuum
Papo de peru                        Estômago                       Folhas            Chá por infusão
Aristolochia gigantea
Artemijo                              Cólica                       Flores            Chá
Chrysanthemum
parthenium
Funcho                                Cólicas                  Flor e semente        Chá
Foeniculum vulgare
Jambolão                            Estômago                        Folha            Chá por infusão
Eugênia cumini (L.)
Druce.
Graviola                   Estômago ou intestino preso              Folha            Chá por infusão
Annona muricata
Mangaba                              Infecção                       Raiz             Colocar em 1L de vinho branco
Hancornia speciosa
          Alcanfor                  Pressão alta e enjôo               Folhas          Chá por infusão
          Artemisia camphorata
Organizado por SILVA, S. M. 2005.



           Assim pôde-se perceber que grande parte da população do assentamento Ezequias dos
Reis faz o uso de plantas medicinais quando necessitam, o que se torna um hábito, já que essa
população é carente e não tem atendimento médico-hospitalar no assentamento. Com isso, as
plantas medicinais tornam-se de extrema importância para essa população no que tange ao
atendimento básico.
           Observou-se também que, ainda hoje, a transmissão do conhecimento popular sobre o
uso de plantas é necessário, para que novas gerações também herdem essa cultura que é milenar e
tão importante, não só para o homem do campo, mas para o homem urbano.
           Também durante a pesquisa os assentados relataram como preparam as plantas
medicinais para serem utilizadas para combater algumas doenças (cf. QUADRO 3)


                                                       QUADRO 3


Receitas fornecidas pela população do assentamento Ezequias dos Reis, Município de Araguari-MG,
durante a coleta de dados. Fevereiro de 2005.


         Garrafada para infecção                    Crista de galo (raízes), mamacadela (raízes), guatambu
                                                    (raízes), João da costa (raízes), manjericão (folha),
                                                    congonha (raízes), terramicina (raízes e folhas), erva de
                                                    santa Maria (folhas) algodãozinho (raízes), perdiz(raízes),
                                                    erva cidreira (raízes), pindaíba (folhas) e carobinha (raízes).
                                                    Colocar em 1L de vinho branco. Depois, deve-se enterrar o
                                                    litro de vinho por 15 dias e, quando pronto, tomar duas
                                                    vezes ao dia. Validade de um ano e medida diferente para
                                                    crianças.
         Garrafada         para   reumatismo,       Tirar 3 colheres da seiva do caule de peão-roxo e colocar
         infecção, artrose e câncer.                em um litro de pinga de engenho e deixar por tempo
                                                    indeterminado armazenado. Não expor ao sol. Deve-se
                                                    tomar uma xícara pequena três vezes ao dia e não tem
                                                    validade.
         Xarope para Infecção, dores, mal-          Colocar as cascas das árvores: mexerica, manga, boldo,
         estar, gripe, pneumonia                    capitão, pau-terra, piqui, mamacadela, sucupira preta,
                                                    angico e assa-peixe branco, misturar com muito açúcar e
                                          colocar para ferver. Conservar na geladeira.
         Chá para os rins.                Pegar as folhas de vique, hortelã pimenta, dipirona, levante,
                                          poejo, mentrasto, terramicina, erva cidreira. Lavar bem as
                                          folhas e jogar 1 litro de água quente por cima das folhas e
                                          deixar esfriar. Devem-se tomar várias vezes ao dia.
         Chá para os rins.                Usar as folhas de: sofre dos rins quem quer, cana de
                                          macaco, abacate, esporão, embaúba (casca), lixeira
                                          (casca), quebradinha e articunzinho. Ferver as ervas e
                                          deixar esfriar para tomar.
Organizado por SILVA, S. M. 2005.




CONSIDERAÇÕES FINAIS


           Apesar do trabalho ainda não estar concluído, pode-se perceber que é importante realizar
atividades coletivas onde a população possa colocar suas experiências, a fim de disseminar os
saberes populares. E, ainda há muito que se pesquisar e interar com essas pessoas que vivem
distante do conhecimento acadêmico e de atendimento médico.
           Futuramente, novas ações serão realizadas com palestras sobre cultivo e produção de
plantas medicinais com pesquisadores da área, realizando orientações quanto às formas de
produção e consumo, assim como valorizar ainda mais a fitoterapia no assentamento.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS


ALMEIDA, M. Z., Plantas Medicinais. Salvador: Ufba, 2003. 31 p.


ALMEIDA, S. P., et al. Cerrado, espécies vegetais úteis. Planaltina, Embrapa, 1998. 457 p.


DAVID, J. P. L.; NASCIMENTO, J.A.P., DAVID, J.M. Produtos Fitoterápicos: uma perspectiva de
negócio para a indústria, um campo pouco explorado pelos farmacêuticos. Infarma. v.16, nº 9-10,
p.71-76, 2004.


FURLAN, M. R. Cultivo de plantas medicinais. Cuiabá: Sebrae, 1999. 17 p.


MING, L. C., JUNIOR, C.C., SACHEFFER, M.C. Cultivo de plantas medicinais condimentares e
aromáticas. Jaboticabal: Unesp, 1994. 151 p.


STASI, L. C. D. Plantas medicinais: arte e ciência. São Paulo: Unesp, 1996. 230 p.


BRASIL. Instituto Brasileiro do Meio Ambiente. Plantas medicinais do Brasil: aspectos legais da
legislação         e          comércio           –          2001.           Disponível       em:
<http://www2.ibama.gov.br/flora/plantasmedicinais.htm.> Acesso em 12 de junho, 2004.


SIGRISt, S. R. Plantas Medicinais, aromáticas e condimentares. Ciências Agrárias, Universidade de
São Paulo. Disponível em:<www.ciagri.usp.br/planmedi/>. Acesso em 12 de junho, 2004.

								
To top