Docstoc

Clipping da Assessoria de Imprensa do Iamspe - 02/09/2009

Document Sample
Clipping da Assessoria de Imprensa do Iamspe - 02/09/2009 Powered By Docstoc
					Gestão de Comunicação Corporativa

Clipping Iamspe

02/09/2009 Quarta-feira

Clipping

0209/09

Quarta-feira

Diário Oficial do Estado de São Paulo - Executivo – pág. 03 Assunto: Tabagismo
quarta-feira, 2 de setembro de 2009 Diário Oficial Poder Executivo - Seção II São Paulo, 119 (163) – III

Governo investe mais de R$ 9 milhões em modernos equipamentos para o HC
Recursos públicos do Estado vão agilizar realização de exames de diagnóstico por imagem beneficiando aos usuários do SUS

T

rês novos e modernos equipamentos de diagnóstico por imagem chegam ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Ao todo, a administração estadual reverteu R$ 9,2 milhões na compra de três máquinas: R$ 3 milhões na ressonância magnética do Instituto de Psiquiatria (incluindo aquisição do equipamento, software e adaptação da área física), R$ 2 milhões num tomógrafo para o Instituto do Coração (Incor) e R$ 4,2 milhões na ressonância do Instituto de Ortopedia e Traumatologia. O superintendente do HC, o médico José Manoel de Camargo Teixeira, informa que o complexo hospitalar introduz constantemente novas tecnologias nas áreas de diagnóstico por imagem: “Temos buscado equipamentos cada vez mais sofisticados para todos os nossos institutos”. O novo aparelho do Instituto de Psiquiatria terá capacidade para realizar 36 exames por dia. Além dos exames de diagnóstico convencionais, a ressonância magnética possibilita a navegação intracirúrgica durante a neurocirurgia, por meio de software acoplado à máquina. Esse recurso permite maior grau de ressecção e, ao mesmo tempo, menor grau de manipulação, evitando lesões em tecidos sadios. “O HC é o único hospital público da América Latina a disponibilizar esse tipo de equipamento”, observa o superintendente.

nal, causa menos claustrofobia e possibilita a realização de exames em pacientes obesos. O formato do equipamento também permite realizar vários tipos de exames com a cabeça do paciente para fora da máquina. O moderno equipamento do Incor – Tomógrafo Aquilion (320 cortes) – oferece exames de corpo completo. Num único giro do tomógrafo obtêm-se imagens de órgãos. A avaliação completa do coração, por exemplo, é feita em menos de um quinto de segundo com radiação até 10 vezes menor do que a atualmente utilizada pelos equipamentos convencionais. “É uma máquina que permite visão muito clara do coração. Com sua velocidade, consegue fazer tomadas rápidas sem que a batida do coração interfira. Isso possibilita precisão muito maior na observação de obstruções de artérias coronárias”, explica o doutor José Manoel. Com a nova ressonância do Instituto de Ortopedia pode-se fazer exames de alta complexidade, com maior detalhe e definição do que a tomografia. Sua utilização torna possível, por exemplo, a visualização de tumores. Assim, o Complexo HC passa a oferecer ressonância exclusiva para assistir pacientes do Instituto de Ortopedia. Os investimentos ampliarão e agilizarão a realização de exames de diagnóstico por imagem no complexo hospitalar do HC, beneficiando aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).
Da Agência Imprensa Oficial e da Agência HC de Notícias

Servidores públicos têm tratamento contra tabagismo
Usuários do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE) têm tratamento contra o hábito de fumar. O Ambulatório de Cessação de Tabagismo recebe, em média, 15 novos casos por semana. A iniciativa segue orientação do governo do Estado de desenvolver programas de prevenção e promoção da saúde para funcionários públicos e seus dependentes. Inaugurado em 2001, o ambulatório vinculado ao Centro de Estudos do Serviço de Doenças do Aparelho Respiratório (Cedar) não exige encaminhamento médico. Basta comparecer à Rua Pedro de Toledo, 1.800, 3º andar, Bloco F do Prédio do Laboratório, para agendamento da primeira consulta. A unidade funciona

de segunda a quarta-feira, a partir das 7h30. Usuário deve apresentar cartão de identificação do HSPE ou documento de identidade. De acordo com o ambulatório, 80% dos tabagistas querem parar de fumar, no entanto só 3% obtêm êxito sem ajuda terapêutica. Entre os pacientes atendidos, o índice de interrupção do tabagismo chega a 37% após acompanhamento de um ano. Outras informações sobre o Ambulatório de Cessação de Tabagismo, no telefone (11) 5088-8648, de segunda a sexta-feira, das 7 às 18 horas.
Da Agência Imprensa Oficial e da Assessoria de Imprensa do Iamspe

a

Alta complexidade – A ressonância apresenta, ainda, outras vantagens. Com a abertura interna mais larga que a convencio-

Recursos do Estado modernizam laboratórios do Biológico
A área de diagnósticos do Instituto com pessoal, e gera aumento de credibiBiológico (IB) foi ampliada com 50 novos exames lidade com precisão e rapidez nos resulpara detectar doenças que atingem animais. tados. Esses modernos sistemas não são Vinculado à Secretaria Estadual de Agricultura e tão agressivos ao ambiente, pois emitem Abastecimento, o instituto também desenvolve menos poluentes e economizam enere aplica ferramentas de informática para apoiar gia, permitindo maior número de análios processos de geração, administração, análise ses em menor tempo e custo”, explica. A melhoria na prestação de serviços e disseminação de dados. A finalidade é atender à crescente nesta área foi possível graças aos investidemanda com eficiência e qualidade, o que mentos do governo estadual em infraespossibilitará reorganização e agilidade no trutura e equipamentos para modernizadiagnóstico, informa a pesquisadora Edviges ção dos laboratórios. “Com esses recurMaristela Pituco, especialista na área de sani- sos, as áreas de sanidade animal e vegedade animal e uma das autoridades brasilei- tal colocam a secretaria como detentora ras no assunto. “Neste semestre, com início do maior Centro de Diagnóstico Sanitário do funcionamento do PCR em tempo real e Fitossanitário do País, considerando a (equipamento adquirido recentemente pelo maior abrangência de exames feitos por Estado), o IB amplia a gama de exames de uma só instituição”, avalia o diretor do IB, alta sensibilidade e especificidade, disponi- Antonio Batista Filho. O Centro de Sanidade Animal atua nas bilizando aos seus clientes exames de ponta áreas de bacteriologia, virologia, parasitomais complexos”, informa Maristela. Gestão de Comunicação Corporativa O PCR será empregado no diagnóstico logia, biologia celular, imunologia, plantas * imprensa@iamspe.sp.gov.br tóxicas,( 5088-8731 ou 5549-9025 (Fax) anatomia patológica diferencial de doenças vesiculares, encefálicas medicinais e e reprodutivas que comprometem a saúde e microscopia eletrônica. Oferece cerca de dos animais e é similar aos equipamentos usa- 250 exames nessas áreas, contribui para a dos em centros de diagnósticos do mundo. vigilância e prevenção de doenças, soluIB-APTA

i www.iamspe.sp.gov.br

Clipping
Diário Oficial Poder Legislativo
São Paulo, 119 (163) – 3

0209/09

Quarta-feira

Diário Oficial do Estado de São Paulo - Legislativo – pág. 03 Assunto: LDO

Servidores apresentaram várias demandas na última audiência pública do Orçamento 2010
Continuação da priMeira página
Roberto Navarro / Ag. Assembleia

presidente Lula a exploração das leo do pré-sal, ole pelo Brasil, e que irá destinar ara educação, s, anunciou Rui o deputado, foi Petrobras, para , e a criação da l aprovação na pultar o sistema itir a ampliação

do ex-ministro onsiderada por ) “um retrocesso a, pois o grande brasileiro”. Ele oi uma pessoa r irregularidades vassada, sendo absolvido, mas te no banco dos representações o e Tribunal de contra o uso da o governo Serra.

ré-sal propiciará enda no País,” aga (PT), que nto da tecnologia bras explore o -sal na costa da ente votação do era a forma de âncias. Segundo em efetuado os , o que é motivo uras e câmaras verba para o cas. (MF)

Após a exibição de vídeo institucional que esclarece a forma de elaboração e de trâmite do projeto da lei orçamentária, Bragato enfatizou a importância de a população encaminhar sugestões à comissão para priorizar questões regionais e informou que o projeto deve chegar ao Legislativo até o próximo dia 30/9. Bit tencour t falou em favor dos Márcia lima funcionários do Poder Judiciário e Donizette cumprimentou as representantes da Associação dos Professores Aposentados do Magistério Público do Estado de São Paulo (Apampesp). A falta de política lógica para debater o Orçamento foi lembrada por Donisete Braga. Seu colega de bancada, Diogo, destacou a crise na saúde pública e contestou o projeto que privatiza o setor por meio de organizações sociais (OSs). Tatto afirmou que a população tem demonstrado maturidade na discussão do Orçamento ao diferenciar o que, de fato, é competência do Estado. Sapienza salientou o trabalho da comissão nas audiências realizadas pela CFO. Marcos Martins abordou a importância de se regionalizar o Orçamento e o sucateamento do ensino público. Felício disse que os temas que se destacaram nos debates feitos pela comissão foram: má qualidade do atendimento prestado pelo Iamspe e falta de condições salariais e de trabalho adequadas para os servidores da Educação. O deputado ainda informou que o PLC 29, que trata de reestruturação de carreiras na Educação será alvo de debate antes de ser votado pelo Legislativo. Servidores estaduais Silvio Michelli, presidente da Comissão Consultiva do Iamspe, não acredita que o governo mude sua política para com os servidores públicos, porém insistiu na mudança desse quadro. Neusa Santana Alves, do Sindicato dos Trabalhadores do Centro Paula Souza, reclamou do baixo valor pago por hora/aula aos docentes do centro. Sua colega de sindicato, Silvia Elena Lima, pediu mais respeito do governador silvio Michelli José Serra ao se referir à instituição, lembrando que “não somos os funcionários da tia velha”. Fábio Moraes pontuou bem as demandas da Educação. O representante da Apeoesp lamentou que os professores estaduais ganhem apenas R$ 6 por hora/aula e solicitou que os reajustes sejam feitos sobre o salário-base, sem o artifício de gratificações. Zilda Guerra, da Apampesp, disse que o ensino vai mal por culpa do governo e não dos professores e reclamou que os aposentados são excluídos da política estadual para o funcionalismo. Maricler Real, Luiz Tadeu Milito e Wagner Souza representaram os servidores do Poder Judiciário e
Roberto Navarro / Ag. Assembleia

defenderam demandas da categoria, como reajuste salarial e aporte de recursos para o pagamento de indenizações trabalhistas devidas pelo Judiciário. João Loco, correligionário do PSC, solicitou aumento salarial de 25% para as polícias civil e militar. Maior dotação orçamentária para as universidades foi a solicitação de João Zanetic, professor aposentado pela Universidade de São Paulo. Cidadãos Em defesa do segmento LGBTT, Márcia Lima, do Fórum Estadual de Travestis e Transsexuais, informou que participa pela primeira vez para poder reclamar da exclusão social e da violência a que são submetidos os homossexuais no Estado de São Paulo. Márcia pleiteou R$ 500 mil em verbas orçamentárias para que seja formulada uma política pública para o segmento. Carlos Campos, do Movimento de Moradia de Carapicuíba, contestou a desapropriação feita no bairro paulistano do Capão Redondo e que deixou 800 famílias sem moradia. Ampliação das linhas do Metrô foi a solicitação de Fábio Siqueira, morador do bairro da Saúde, da capital. Maria do Socorro reside na Cidade AE Carvalho e integra a organização não governamental Nossos Sonhos. “Nosso bairro está abandonado pelo governo”, disse destacando que não há política habitacional, tendo em conta as 200 mil moradias em situação irregular na região. Ana Cristina da Silva, da Caps-Unifesp, quer mais verbas para os movimentos sociais. Ariovaldo Camargo, da CUT, enfatizou o espaço de debate aberto pela comissão. Mérice Quadros, da Associação EmbuGuaçu em Ação, quer melhores condições de transporte na sua cidade, bem como a instalação de uma unidade da Fatec. Também de Embu-Guaçu, Generindo Nascimento solicitou benfeitorias nas áreas de esporte, lazer, segurança, educação, cultura, saúde e transportes para a sua cidade. Mais verbas para o Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Nordestina foi o pedido de Raimundo Isidro da Silva. Membro do Movimento dos Quilombos, Jorge Oliveira quer uma política para negros e afrodescendentes. Osmar Borges, da Frente de Luta por Moradias, reivindicou que a Secretaria da Habitação estabeleça política habitacional nas grandes cidades. Gerusael Ribeiro, cidadão de Taboão da Serra, quer a instalação de uma segunda delegacia na cidade. Josanias Castanho, do Movimento Social Parelheiros, reclamou que o bairro está esquecido pelo governo e insistiu na construção de um hospital público em Parelheiros.

ações da saúde o PLC 62/2008, na Assembleia, a Prandi (PT), DB insiste nesse do Estado”. O a, era de que só senciais, como e; com a crise mportância do ores problemas a “quarteirizar” citação não é

*

Desde o dia 15/6 deste ano a Comissão de Finanças e Orçamento realizou 21 audiências públicas em todo o Estado para discutir sugestões de

imprensa@iamspe.sp.gov.br

21 audiências públicas Corporativa Gestão de Comunicação

( 5088-8731 ou 5549-9025 (Fax)

Em algumas reuniões surgiram pedidos que contemplam melhorias para os municípios em geral, como recuperação da malha viária, obras de

i www.iamspe.sp.gov.br

cas. (MF)

ações da saúde o PLC 62/2008, na Assembleia, a Prandi (PT), DB insiste nesse do Estado”. O a, era de que só senciais, como e; com a crise mportância do ores problemas a “quarteirizar” citação não é

lembrando que “não somos os funcionários da tia velha”. Participação e Desenvolvimento da Comunidade Nordestina Fábio Moraes pontuou bem as demandas da Educação. foi o pedido de Raimundo Isidro da Silva. Membro do O representante da Apeoesp lamentou que os professores Movimento dos Quilombos, Jorge Oliveira quer uma política estaduais ganhem apenas R$ 6 por hora/aula e solicitou para negros e afrodescendentes. que os reajustes sejam feitos sobre o salário-base, sem o Osmar Borges, da Frente de Luta por Moradias,0209/09 artifício de gratificações. reivindicou que a Secretaria da Habitação estabeleça Zilda Guerra, da Apampesp, disseDiário Oficial do política habitacional nas grandes cidades. Gerusael Ribeiro, que o ensino vai mal Estado de São Paulo - Legislativo – pág. 03 por culpa do governo e não dos professores e reclamou cidadão de Taboão da Serra, quer a instalação de uma que os aposentados são excluídos daAssunto: LDO segunda delegacia na cidade. política estadual para o funcionalismo. Josanias Castanho, do Movimento Social Parelheiros, Maricler Real, Luiz Tadeu Milito e Wagner Souza reclamou que o bairro está esquecido pelo governo e insistiu representaram os servidores do Poder Judiciário e na construção de um hospital público em Parelheiros.

Clipping

Quarta-feira

21 audiências públicas
Desde o dia 15/6 deste ano a Comissão de Finanças e Orçamento realizou 21 audiências públicas em todo o Estado para discutir sugestões de emendas ao Orçamento estadual 2010, com enfoque na coleta de demandas regionais.
Roberto Navarro / Ag. Assembleia

Siraque (PT) m exibida no 30/8, sobre a fardas e demais m vários Estados. e o repórter não graças à Lei minha autoria.” endo solicitação apresentou uma (Adin) sobre a s e qualquer tipo polícias federal, P)

Em algumas reuniões surgiram pedidos que contemplam melhorias para os municípios em geral, como recuperação da malha viária, obras de saneamento e construção de moradias. Grande parte das audiências resultou em apresentação de reivindicações do funcionalismo estadual, com destaque para reajuste salarial, sobretudo para o segmento da Educação, e melhoria das condições de atendimento médico do Iamspe. As propostas apresentadas por escrito nas reuniões e as encaminhadas pela internet à Comissão de Finanças e Orçamento serão avaliadas pelo relator do projeto da lei orçamentária, Bruno Covas (PSDB), e poderão ser incorporadas ao parecer que será elaborado ao Orçamento estadual 2010, que deverá ser encaminhado pelo governador, até o final deste mês, ao Legislativo estadual.

IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO SP C=BR, O=ICP-Brasil, OU=ID - 382860, OU=Autenticado por Certisign Certificadora Digital, OU=Assinatura Tipo A1, OU=(em branco), OU=(em branco), CN=IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO SP, E=certificacao@imprensaoficial.com.br A IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO SA garante a autenticidade deste documento quando visualizado diretamente no portal www.imprensaoficial.com.br

*

Gestão de Comunicação Corporativa imprensa@iamspe.sp.gov.br ( 5088-8731 ou 5549-9025 (Fax)

i www.iamspe.sp.gov.br

tribuna

a

ia

Fernando Capez (PSDB) discorreu Gestão de Comunicação Corporativa longamente sobre a ação ( 5088-8731 ou 5549-9025 (Fax) * imprensa@iamspe.sp.gov.br impetrada pelo Ministério Público Federal visando à retirada, de todos os prédios públicos, de

Crucifixos

Assembleia deverá debat expansão do Metrô
i www.iamspe.sp.gov.br

Maurício Garcia de Souza / Ag. Assembleia

Um por A Donisete Braga (PT) criticou a recorrente falta de ferrov investimentos do governo paulista em setores importantes Metro 0209/09 Quarta-feira como educação, segurança e saúde, e alertou para a transp necessidade de incorporar ao projeto as sugestões da nas m Diário Oficial do Estado de São sociedadeLegislativo – audiências públicas (a última Paulo - colhidas nas pág. 05 incom Assunto: LDO realizada na Assembleia nesta terça-feira, 1º/9). Braga de pa reafirmou a defesa da bancada petista ao orçamento transp regionalizado, ampliação dos gastos sociais, diminuição Por is quarta-feira, 2 de setembro de 2009 Diário Oficial Poder Legislativo da margem de remanejamento sem autorização da Casa, transp redução da carga tributária, valorização do funcionalismo, Já pagamento dos precatórios alimentares e aplicação dos Estado recursos do Estado no Iamspe, entre outros. (OT) possa de Pa Servidores da Justiça Privatização da saúde difícil José Bittencourt (PDT) lembrou que Diante da galeria ocupada por servidores do inte até o final do mês a peça orçamentária da secretaria da Saúde, Adriano Diogo e do para 2010 deve chegar à Assembleia. (PT) lamentou o que chamou de privatização increm “Foram realizadas 20 audiências para de 25% da saúde estadual: trata-se do PL Os ouvir as reivindicações da população de Continuação da priMeira páginaque dispõe sobre a qualificação e Jos 62/08, todo o Estado. E, nesse momento, está como organizações sociais das fundações propo sendo realizada a última audiência, no Auditório Franco de apoio 90% do transporte Atualmente, aos hospitais de ensino. Segundo Diogo, o projeto O sec Montoro”. Bittencourt ressaltou que os estatutários da de carga no Estado de São Paulo se sociais que assumirem gover permite que as organizações Justiça aguardam a votação do PLC 43/2005, que trata concentra nas rodovias. A projeção pacientes do SUS e do da Sec serviços de saúde para atender do plano de carreira da categoria. O deputado também do governo paulista é que esse índice de 25% dos atendimentos na ma Iamspe também possam dispor lamentou o falecimento do ministro do Supremo Tribunal caia para 67% até 2025. Para isso,saúde particulares. O projeto para clientes de planos de a “Pa Federal Carlos Alberto Menezes Direito, indicado pelo matriz de transporte precisa incorporar entrou em discussão nesta terça-feira e pode ser votado presidente Lula. “Sua perda deixará uma grande de maneira rápida(OT) na quarta. modalidades como lacuna”. (LP) as ferrovias, hidrovias e dutovias. Crucifixos Uma das dificuldades apontadas Orçamento paulista Fernando Capez (PSDB) discorreu por Arce em relação à malha Donisete Braga (PT) criticou a recorrente falta de ferroviária existente na Região longamente sobre a ação impetrada pelo investimentos do governo paulista em setores importantes Metropolitana é a Ministério Público Federal visandodo seminário disputa entre deputados participaram à como educação, segurança e saúde, e alertou para a transporte de carga e retirada, de todos os prédios públicos, de de passageiros necessidade de incorporar ao projeto as sugestões da nas mesmas linhas. Os dois tipos são, aem geral, que nanCy símbolos religiosos, sob alegação de Precisamos de sociedade colhidas nas audiências públicas (a última incompatíveis. E nas o Estado deve preservar a laicidade que o modelo linhas metropolitanas, o transporte cujo realizada na Assembleia nesta terça-feira, 1º/9). Braga de passageiros está sendo privilegiado,sinônimo de o da iniciativaC caracteriza. Para Capez, laico não é enquanto inimigo A reafirmou a defesa da bancada petista ao orçamento transporte de carga não há porque retirar símbolos cristãos, como privado da religião, e precisa ser feito durante a madrugada. setor terçaregionalizado, ampliação dos gastos sociais, diminuição Por isso, a importância do Ferroanel, para naqueles espaços conjun crucifixos, há muito entronizados evitar que o intensidade e da margem de remanejamento sem autorização da Casa, transporte de carga passe pelo que se trata de uma mostra que sejam cr públicos. Capez acredita centro da cidade. de com a redução da carga tributária, valorização do funcionalismo, intolerância aos ramais existentes no interior do interesse M Já em relação com a religião cristã, segundo ele, fé da quase doem pagamento dos precatórios alimentares e aplicação dos Estado, a situação é diferente. “Não acha que os ensinamentos regula totalidade dos brasileiros, e dá para imaginar que marco dos T recursos do Estado no Iamspe, entre outros. (OT) sagrados são sonho de sairmos como passageiros investidores, possamos realizar o instrumentos de pacificação. (OT) presid de Panorama e chegar a São Paulo em um trem. É muito O secretá Op Privatização da saúde difícil isso acontecer”, prevê Arce. Para ele, alguns ramais o setor e qu Estado Diante da galeria ocupada por servidores do interior, pouco ou nada utilizados, como os de Piracicaba consolidação rede d da secretaria da Saúde, Adriano Diogo e do Vale do Ribeira, poderiam ser revitalizados para “Precisamos 240 k (PT) lamentou o que chamou de privatização incrementar o transporte de diversos produtos. devemde R$ se e de 25% da saúde estadual: trata-se do PL Os deputados Mauro Bragato (PSDB), Célia Leão(PSDB) oportunidade pelo s 62/08, que dispõe sobre a qualificação e José Zico (PT) perguntaram ao secretário qual é a Os deputa o tem como organizações sociais das fundações proposta do governo do Estado para o futuro das ferrovias. manifestaram Pre de apoio aos hospitais de ensino. Segundo Diogo, o projeto O secretário disse que, além do envolvimento direto do estaduais, qu permite que as organizações sociais que assumirem governo com o Ferroanel, há estudos em curso no âmbito O secretário serviços de saúde para atender pacientes do SUS e do da Secretaria do Desenvolvimento que preveem alterações nenhuma res Iamspe também possam dispor de 25% dos atendimentos na matriz de transporte do Estado. mas que o para clientes de planos de saúde particulares. O projeto “Para o transporte de carga, a ferrovia é essencial. representante entrou em discussão nesta terça-feira e pode ser votado na quarta. (OT)

Orçamento paulista

Clipping

comissões

Transporte de carga deve informa secretário à CPI d
Maurício Garcia de Souza / Ag. Assembleia

As ex

Comiss

Clipping

0209/09 09h00

Quarta-feira

Diário de Marília - http://www.diariodemarilia.com.br - Marília Assunto: Concurso

a

Iamspe prorroga inscrições; 11 vagas para médicos
Para endoscopia as inscrições vão até o dia 3 e para as demais, até o dia 18. Os interessados devem retirar ficha de inscrição na Avenida Ibirapuera, 981, e fazer o pagamento na agência do Banco Nossa Caixa, no andar térreo do mesmo prédio. A taxa é de R$ 52,31. Mais informações nos telefones (11) 5088-8771/5088-8772

Salário é de R$ 1.909,25 para jornada de 20 horas semanais
O Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público (Iamspe) prorrogou as inscrições do concurso para 11 vagas de médicos no Hospital do Servidor Público em São Paulo, em quatro especialidades: endoscopia (2 vagas), otorrinolaringologia (2 vagas), radioterapia (3 vagas) e serviço de emergência (4 vagas). O salário é de R$ 1.909,25 para jornada de 20 horas semanais.

*

Gestão de Comunicação Corporativa imprensa@iamspe.sp.gov.br ( 5088-8731 ou 5549-9025 (Fax)

i www.iamspe.sp.gov.br


				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Stats:
views:102
posted:9/7/2009
language:Portuguese
pages:6