Despertar da F� Proposta pedag�gica by 4ql6t25

VIEWS: 5 PAGES: 12

									                                     Despertar da Fé

                           Proposta pedagógica




Todas a imagens foram gentilmente cedidas pela editora PAULINAS, retiradas do livro: “A Vida de S. Paulo de Franca Vitali”, Edições Paulinas
OBJECTIVOS
Oferecer um instrumento de trabalho às famílias, às instituições e às
paróquias
- que favoreça o crescimento espiritual da criança dos 0-6 anos
- que desperte a criança para a presença de Deus
- que inicie a criança, na vida cristã, na sequência do baptismo
COMO SE PODE FAVORECER
O CRESCIMENTO ESPIRITUAL DA CRIANÇA?
- Despertando a criança para
a confiança
a interioridade
o reconhecimento do outro
a relação com a vida,
o mistério do invisível
a linguagem simbólica
COMO SE PODE DESPERTAR
PARA A PRESENÇA DE DEUS?
- Através da atenção aos sinais do
desejo de Deus, que desponta na
vida da criança.
- Pelo testemunho da relação de
Amor com Deus
          COMO INICIAR A CRIANÇA,
              NA VIDA CRISTÃ,
        NA SEQUÊNCIA DO BAPTISMO?




  Ao ser baptizada, a criança é recebida numa nova
família, que é a Igreja – uma comunidade que procura
   viver na relação filial com um Deus Pai de Amor.
• O QUE SE ENCONTRA NESTA PROPOSTA PEDAGÓGICA?

-   Uma breve fundamentação

- O papel do Educador de Infância no despertar da fé - Uma proposta
de Itinerário pedagógico

-   Vinte e duas imagens a cores

-   Vinte e duas imagens a preto e branco, para colorir

- Vinte e quatro cânticos
 A sequência dos temas tem de ser sistematicamente seguida?
                            Não



          No despertar o mais oportuno é o ocasional.
É ocasionalmente que a criança faz perguntas, espera respostas e
                     comunica vivências.
  Se uma criança vem entusiasmada de um baptizado
e até entusiasma os outros, pode ser esse o momento de
                   falar do Baptismo.
  No despertar, o organizado também resulta
Se atendermos a épocas de festividade próprias,
a proposta pedagógica pode ajudar a despertar
    para o verdadeiro sentido destas festas.
É o caso do Natal…
da Páscoa…
e das Aparições em Fátima

								
To top