HIV - ACOMPANHAMENTO DA CRIAN�A EXPOSTA

Document Sample
HIV - ACOMPANHAMENTO DA CRIAN�A EXPOSTA Powered By Docstoc
					HIV - ACOMPANHAMENTO
 DA CRIANÇA EXPOSTA
  UNIDADE DE PEDIATRIA - HRAS
    ENFERMARIA DE DOENÇAS
  INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS
         BRUNO VAZ DA COSTA
      THEREZA CHRISTINA RIBEIRO
                  2008              9/9/2008
         www.paulomargotto.com.br
 SITUAÇÃO DA AIDS/HIV NO MUNDO ATÉ DEZEMBRO DE 2007
• Nº de pessoas vivendo com HIV
            » Total: 33.2 milhões
            » Adultos: 30.8 milhões
            » Mulheres: 15.4 milhões
            » Crianças < 15 anos: 2.5 milhões
• Novos infectados com HIV
            » Total: 2.5 milhões
            » Adultos: 2.1 milhões
            » Crianças < 15 anos: 420 mil
• Mortes por AIDS em 2007
            » Total: 2.1 milhões
            » Adultos: 1.7 milhões
            » Crianças < 15 anos: 330 mil       Fonte: Unaids
• ORFÃOS DEVIDO AO HIV = 14.000.000
• ÁFRICA 40% DE TODAS AS
  GESTANTES SÃO INFECTADAS PELO
  HIV
                BRASIL
JULHO DE 2007 :
- TOTAL: 474.087
- HOMENS: 314.294
- MULHERES: 159.793
- < 13 ANOS: 13.012
        - TRANSMISSÃO VERTICAL: 11.026
        - IGNORADOS: 1.033
- DIAGNÓSTICO DE HIV – 2 ANOS
  INCOMPLETOS
  - 1998: 667
                               Fonte: Boletim
  - ATÉ JULHO DE 2007: 26      Epidemiológico 2006/2007
                               Publicado em 21/11/2007
     CRIANÇA EXPOSTA
• TODA CRIANÇA FILHA DE MÃE HIV
  POSITIVA
• A TRANSMISSÃO VERTICAL
  RESPONDE POR QUASE A
  TOTALIDADE DE CASOS DE AIDS NA
  INFÂNCIA
• AS TAXAS DE TRANSMISSÃO
  VERTICAL ATÉ 1994 VARIAVAM DE
  12% A 42%
• APÓS INÍCIO DA PROFILAXIA ,
  CAÍRAM PARA 2% A 6 %
          PACTG 076
• AZT PARA GESTANTE A PARTIR DA
  14a semana de gestação
• AZT ENDOVENOSO DURANTE O
  PARTO
• AZT PARA RN DURANTE 4 A 6
  SEMANAS
• NÃO AMAMENTAR
• CESÁREA ELETIVA
    Consenso da Gestante 2006

• Quadro 1:
Idade Gestacional: 14ª semana
Assintomática
CD4 > 200 cel/mm³
Recomendação:
Profilaxia com TARV (AZT+3TC+NFV ou NVP)
    Consenso da Gestante 2006

• Quadro 2:
Idade Gestacional: 14ª semana
Assintomática
CD4 > 200 cel/mm³
Carga Viral < 1000 cópias/ml
Recomendação:
Monoterapia com AZT/Cesaria Eletiva
    Consenso da Gestante 2006

• Quadro 3:
Idade Gestacional: Independente
Assintomática
CD4 ≤ 200 cel/mm³
Recomendação:
TARV - tratamento (AZT+3TC+NFV ou NVP)
    Consenso da Gestante 2006

• Quadro 4:
Idade Gestacional: Independente
Sintomática
CD4 - Independente
Recomendação:
TARV - tratamento (AZT+3TC+NFV ou NVP)
     Consenso da Gestante 2006
• Quadro 5:
Idade Gestacional: Independente
Clínica: Mulher HIV+ em uso de TARV
CD4 – Independente
CV – Independente
Recomendação:
TARV – excluindo drogas tóxicas
     * hidroxiuréia, efavirenz, didanosina/estavudina, indinavir,
 amprenavir, abacavir
     CRIANÇA EXPOSTA
• RN EM USO DE AZT POR 6 SEMANAS
  NA DOSE DE 2mg/kg/dose 4 x ao dia
• APÓS 6 semanas INTERROMPER O AZT
  E INICIAR SMX + TMP 750mg/m2/dia
  dividido em 2 doses 3x por semana.
  MANTER ATÉ DEFINIR STATUS
  SOROLÓGICO
 PCR RNA QUANTITATIVO
• APENAS INDICADO PARA
  DIAGNÓSTICO EM CRIANÇAS
  EXPOSTAS ABAIXO DE 1 ANO
• REALIZAR O PRIMEIRO A PARTIR DE
  1 MÊS DE VIDA
• CRIANÇAS EXPOSTAS DEVERÃO SER
  ATENDIDAS EM UNIDADES
  ESPECIALIZADAS, ATÉ A DEFINIÇÃO
  DE SEU DIAGNÓSTICO
• REALIZAR SOROLOGIA ENTRE 18 E 24
  MESES DE IDADE
• CASO A CRIANÇA TENHA SIDO
  AMAMENTADA, INICIAR
  INVESTIGAÇÃO APÓS 2 MESES DA
  SUSPENSÃO
• O ACOMPANHAMENTO DEVERÁ SER
  MENSAL OU BIMENSAL
• AVALIAÇÃO CLÍNICO-LABORATORIAL
  DE POSSÍVEIS COINFECÇÕES
• INICIAR PROFILAXIA COM AZT NAS
  PRIMEIRAS 8h DE VIDA.
• RECOMENDÁVEL REALIZAR
  HEMOGRAMA
• PROFILAXIA PRIMÁRIA PARA P.
  JIROVECI
        VACINAÇÃO
• PARA CRIANÇA EXPOSTA: ESQUEMA
  DO CALENDÁRIO OFICIAL
CASOS CLÍNICOS
            CASO 1
• CARGA VIRAL
• 15/09/99 IDADE - 9 MESES < 80
• 17/11/99 IDADE 11 MESES < 80
• ESQUEMA COMPLETO DE
  PROFILAXIA
• SOROLOGIA NEGATIVA - 1 ANO E 6
  MESES
               CASO 2
•   CARGA VIRAL
•   20/10/99 <80 - IDADE -2 M
•   25/05/00 12.000 LOG 4,1 - 9 M
•   29/06/00 3.200 LOG 3,5 - 10 M
•   SOROLOGIA REAGENTE -
•   INICIOU ESQUEMA NO TERCEIRO
    MÊS - PARTO CESÁREA ELETIVA -
    HMIB
           CASO 3
• CARGA VIRAL
• 20/10/99 < 80
• 20/01/00 < 80
• SOROLOGIA - NÃO REAGENTE
  02/08/2000
• AZT DURANTE A GESTAÇÃO
• PARTO NORMAL
               CASO 4
•   CARGA VIRAL - DN 23/01/99
•   04/10/99 < 80 04/10/99 9 MESES
•   28/10/99 < 80 28/10/99 9 MESES
•   SOROLOGIA NEGATIVA 21/01/2000
•   ESQUEMA COMPLETO
             CASO 5
• DN 13/01/2000
• ESQUEMA COMPLETO
• INICIOU NO 4º MÊS
• CARGA VIRAL 1600 23/02/2000 LOG
  3,2
• CARGA VIRAL < 80 25/03/2000
• CARGA VIRAL < 80 04/07/2000
• SOROLOGIA - NEGATIVA 26/09/01
             CASO 6
•   DN 01/ 02/2000
•   ESQUEMA COMPLETO
•   CARGA VIRAL
•   06/04/00 <80
•   08/06/00 160
•   13/11/00 < 80
•   NÃO FEZ SOROLOGIA
            CASO 7
• DN 01/02/00
• ESQUEMA COMPLETO ( INICIADO NO
  OITAVO MÊS)
• 05/04/00 450 LOG 2,7
• 08/06/00 140 LOG 2,1
• 18/09/00 < 80 CD 4 = 3940
• SOROLOGIA = NEGATIVA 04/03/2002
            CASO 8
• DN 06/03/00
• OBS - NÃO FEZ MEDICAÇÃO E
  AMAMENTOU ATÉ 13/03/00
• 20/09/00 < 80
• 21/02/01 7.900 LOG 3,9
• 07/05/01 < 80
• 21/09/01 SOROLOGIA NÃO REAGENTE
             CASO 9
•   DN 16/06/2001
•   ESQUEMA COMPLETO
•   22/10/01 < 80
•   25/02/01 270
•   08/06/02 160
•   SEM SOROLOGIA
             CASO 10
• CRIANÇA COM 2 MESES ENCAMINHADA
  AO SERVIÇO POR TER APRESENTADO
  PRIMEIRA CARGA VIRAL DE 77.000. FOI
  INFORMADO PARA A FAMÍLIA QUE A
  CRIANÇA TEM O VÍRUS.
• CONDUTA:
    REPETIR CARGA VIRAL
• CARGA VIRAL < 50
    SERVIÇOS DE ATENDIMENTO HIV NA
             CRIANÇA NO DF

•   UNIDADE MISTA - REGIONAL SUL
•   POLICLÍNICA DE TAGUATINGA
•   CENTRO DE SAÚDE - GAMA
•   HUB

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:29
posted:12/11/2011
language:
pages:30