Teorias / Comunica��o Social by F598STH6

VIEWS: 0 PAGES: 28

									Teorias / Comunicação Social




             Fonte: Venício Lima
Theorein – Ver, olhar atento


   Conjunto de conceitos para compreender os
    processos de comunicação.
   Teoria nas ciências da natureza: problema,
    hipótese, experimentação, generalização.
   Ciências Sociais: sociologia, antropologia
   Comunicação como Ciência Social Aplicada
   Crise das Teorias. www.compos.org.br
Communicare

   Substantivo: Communicationem -tornar comum
   Adjetivo: Communis (pertencer a todos)
   Verbo: Communicare
              Tornar comum e/ou fazer saber
              Compartilhar e/ou transmitir
   Revista Communicare: www.facasper.com.br
Medium e Media

   Medium – o meio em latim
   Media – os meios em latim
   Media – os meios em Portugal
   “Mídia” – pronúncia britânica da palavra Media
   Teoria dos Media (preferível)
   Teorias da Mídia (uso comum)
   Mass Media
Uma Classificação dos Media

   Teoria da Mídia de Harry Pross
   Mídia primária: o corpo e suas linguagens
   Mídia secundária
       Corpo + aparato ........ Corpo
   Mídia terciária (eletrônica)
       Corpo + aparato ......... Corpo + aparato
Fonte: http://www.cisc.org.br/portal/biblioteca/tempolento.pdf
Comunicação: transformações

   Convergência tecnológica
   Concentração da propriedade
                   www.adusp.org.br
   Passagem entre velha mídia e nova mídia
   Velha mídia
    Unidirecionalidade e massificação
   Nova mídia
    Bidirecionalidade, interação e segmentação
Multidisciplinaridade / Teoria Social

   Multidisciplinaridade
   “As instituições e relações comunicativas
    definem e constroem o social; elas ajudam a
    constituir o político; elas medeiam as relações
    econômicas produtivas.... Definem a própria
    tecnologia... Dominam o cultural..”
   Stuart Hall (teórico dos Cultural Studies)
Proposta transdisciplinar

   Homo Somaticus e Homo Ludens
   Homo Sapiens e Homo Volens
   Homo Loquens e Homo Faber
   Homo Socialis e Symbolicum
   Homo Demens (instabilidade, incerteza...)
   Homo Sapiens Demens
   Fonte: MORIN, Edgar. O Enigma do Homem.
Institucionalização

   Modelo americano: empresas comerciais
   1947 – Cásper Líbero
   1969 – CFE - Cursos de Comunicação Social
   Habilitações profissionais e pesquisa
    instrumental
   Congressos anuais de estudantes e
    profissionais: www.intercom.org.br
   Pós-graduação: www.compos.org.br
Oito modelos: Funcionalismo

   Teoria Funcionalista Norte-americana
       1. Comunicação como manipulação
       2. Comunicação como persuasão
       3. Comunicação como função
   Funcionalismo: descrição dos processos
   Perspectiva behaviorista (estímulo/resposta)
Oito modelos

   4. Teoria da Informação – eficácia dos sinais
   5. Teorias da Linguagem – significação
   6. Teoria Crítica da Comunicação
        Escola de Frankfurt
        Crítica da Comunicação como Mercadoria
        Cultura de Massa? / Indústria Cultural
Oito modelos

   7. Teorias da Cultura
   Cultural Studies – Estudos Culturais Britânicos
                    Stuart Hall
   Teoria das Mediações
                    Estudos da Recepção na A.L.
                    Martin-Barbero e Orozco
              Sujeito: o lado oculto do receptor
Oito modelos

   8. Teorias dialógicas
   Eu e Tu – Martin Buber
   Processos dialógicos – Paulo Freire
   Teoria do agir comunicativo – Habermas
   Experiências de rádio comunitária
   Potencialidades das tecnologias interativas
Leituras complementares

   Melvin DeFleur e Sandra Ball-Rokeach
   Armand Mattelart e Michèle Mattelart
             História das Teorias da Comunicação
   Bernard Miège
             O Pensamento Comunicacional
   Mauro Wolf
             Teorias da Comunicação
Teoria Funcionalista

   A estrutura e a função da comunicação na
    sociedade. Texto de 1948.
   Autor: Harold Lasswell (1902-1978)
   Descrição do ato (processo) de comunicação
   Análise da estrutura e análise das funções
   Análise estrutural e Análise funcional
Funcionalismo. Modelo de Lasswell

   Quem?      Emissor       Análise de Controle
   Diz o quê? Mensagem      Análise de Conteúdo
   Em que canal? Meio       Análise dos meios
   Para quem? Receptor      Análise de audiência
   Com que efeito? Efeito   Análise de efeitos
Funções

   Vigilância sobre o meio ambiente
   Correlação das partes da sociedade em
    resposta ao meio
   Transmissão da herança social de uma
    geração para a outra
Funções

   Vigilância: Generalização do conhecimento
    comum ou supervisão do contexto social.
   Os meios de comunicação permitem às
    pessoas disporem dos conhecimentos
    necessários para se conduzir socialmente e
    fazer frente aos problemas comuns.
    RÜDIGER, Francisco. Introdução à Teoria da
    Comunicação. São Paulo: Edicom, 1998.
Funções

   Correlação das partes da sociedade em
    resposta ao meio
   A comunicação permite às pessoas calibrarem
    os contatos, coordenarem seus
    comportamentos e reagirem coletivamente às
    situações sociais.
Funções

   Transmissão da herança social.
   Transmissão do patrimônio cultural de uma
    sociedade.
   A comunicação mantém a coesão social,
    consignando e reforçando o cumprimento dos
    papéis sociais, responsabilizando-se pelo
    processo de socialização (Rüdiger, 1998).
Funções: analogias biológicas

   Vigilância sobre o meio ambiente
        Sentinelas reagem a estímulos. Sinapses
        Condutibilidade total ou nula
   Correlações das partes e resposta ao meio
        Células especializadas mantém a harmonia
        entre interior e exterior
   Transmissão da herança social
        Padrões de comportamento dos animais
Processo de atenção

   Primeiro grupo de especialistas
       Meio político entre Estados, diplomatas e
       correspondentes estrangeiros
   Segundo grupo de especialistas
       Relações do Estado ao meio ambiente,
       editores, jornalistas, oradores ....
   Terceiro grupo de especialistas
       Os educadores na família e na escola
Analogias: sistema nervoso

   Canais aferentes
       Conduzem impulsos que entram no
       sistema nervoso.
   Canais eferentes (de dentro para fora)
   Estabilidade (especializações vegetativas)
   Grau de comunicabilidade
   Fechamento do circuito (resposta da
    audiência)
Funcionalismo
Comunicação de Massa

   Texto: Comunicação de Massa, Gosto Popular
    e a Organização da Ação Social
   Texto de 1948
   Robert K. Merton (1911-2003)
   Paul F. Lazarsfeld (1901-1976)
Comunicação de Massa

1. A preocupação social como os Mass Media
2. O papel social da máquina dos Mass Media
3. Algumas Funções Sociais dos Mass Media
      3.1.Função de atribuição de status
      3.2.Função de reforço das normas sociais
          Terceira função: Ver item 6
Comunicação de Massa

4. A disfunção narcotizante
5. A estrutura de propriedade e de operação
      5.1. O conformismo social
      5.2. O impacto sobre o gosto popular
6. Terceira função: Propaganda com objetivos
  sociais. Três condições.
Comunicação de Massa

6. Terceira função:
      Propaganda com objetivos sociais
      Três condições:
            6.1. Monopolização
            6.2. Canalização
            6.3. Suplementação
Método de estudo

   Fichamento com principais idéias de 1948

   Problematização relacionada ao nosso
    contexto de 2008 em diante ....

								
To top