II A PSICOLOGIA APLICADA AO CONTEXTO ORGANIZACIONAL/ OBJETIVOS

Document Sample
II A PSICOLOGIA APLICADA AO CONTEXTO ORGANIZACIONAL/ OBJETIVOS Powered By Docstoc
					II A PSICOLOGIA APLICADA AO
CONTEXTO ORGANIZACIONAL/
          OBJETIVOS

   •Conceituar psicologia nas
        organizações.


      •Conhecer as áreas de atuação do
         psicólogo nas organizações.


                 •Refletir sobre o diálogo
                indivíduo X organização.
 O QUE É UMA ORGANIZAÇÃO?
Zanelli (2008) define organização como um
  sistema orientado, em essência, para o alcance
  de objetivos comuns. E cita como exemplos:

Fábricas, escritórios de serviços, hospitais,
  escolas, organizações militares, igrejas, clubes
  de recreação, sindicatos, associações de bairro,
  etc.
 O QUE É UMA ORGANIZAÇÃO?


As organizações constituem, segundo Chiavenato
  (2000) grupamentos sociais dos quais
  participamos para satisfazer necessidades que
  não satisfaríamos sozinhos.
 O QUE É UMA ORGANIZAÇÃO?
E ainda Chiavenato
  (2000) acrescenta
  que uma dupla que
  se reúne para realizar
  um trabalho
  acadêmico já constitui
  uma organização
  porque compartilha o
  mesmo objetivo.
O QUE É UMA ORGANIZAÇÃO?



Participamos de organizações desde a mais
tenra idade. A primeira delas é a família.
Nela as pessoas desempenham papéis
específicos e possuem, também, objetivos
comuns.
 O QUE É UMA ORGANIZAÇÃO?

As organizações podem ser informais ou formais,
  dependendo do papel que desempenhamos
  dentro da mesma.

Podemos colaborar na decoração de nossa rua
  para a copa do mundo e sermos colaboradores
  de uma organização de trabalho.
 O QUE É UMA ORGANIZAÇÃO?
As organizações que constituem maior
 desafio para o homem quando adulto são
 as organizações de trabalho.

O maior desafio consiste na satisfação de
 objetivos individuais e organizacionais.
 Quando estes não são muito distanciados
 para o colaborador, acontece a satisfação.
 O QUE É UMA ORGANIZAÇÃO?


Fiorelli observa que cada colaborador ao
  adentrar ao espaço organizacional
  participa da “cerimônia do batismo” onde
  lhe serão informadas várias condições
  para que o mesmo participe, a contento,
  da organização.
 O QUE É UMA ORGANIZAÇÃO?
É a partir deste batismo que o indivíduo
  começa a conhecer a cultura da
  organização e a perceber o quão próximo
  ou distante encontra-se situado na
  mesma.
  INDIVÍDUO X ORGANIZAÇÃO
Se o meio oferece uma cultura muito
 distante da nossa realidade, nos são
 exigidos maiores sacrifícios em prol do
 grupo.
Em muitos casos acontecem as chamadas
 ressocializações.
   INDIVÍDUO X ORGANIZAÇÃO
Quanto mais presentes os sacrifícios maior
 será a probabilidade de existência de
 conflitos no espaço organizacional.


 Mito de Procusto (da Grécia Antiga – o esticador – que
 amputava as pernas dos visitantes que não coubessem
 em sua cama para visitas ou as esticava, de modo que o
 tamanho de corpo e cama fossem exatos. Ninguém
 sobrevivia a gama de sacrifícios impostos por ele.)
 A PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL

A psicologia organizacional, assim intitulada
  com maior frequência em países
  europeus, faz menção aos fatores
  contextuais imediatos do trabalho e do
  comportamento do trabalhador.
(ZANELLI, 2008)
 A PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL

Esta pode ser dividida em seis
 subespecialidades (In Zanelli, 2002):

Psicologia de pessoal: concentra-se no
 estudo das diferenças individuais para
 realização de seleção e treinamento.
 A PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL

• Comportamento organizacional - a
  organização influencia seus colaboradores
  assim como é influenciada pelos mesmos.
  Neste ramo são estudados estilos de
  liderança, comprometimento com os
  objetivos organizacionais, a comunicação
  etc.
 A PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL

• Ergonomia – estuda as relações homem-
  máquina e sua adaptação.
 A PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL

• Aconselhamento de carreira –
  compreende a integração da pessoa ao
  seu posto de trabalho, avaliando
  satisfação e possibilidades de troca de
  posto para maior aproveitamento do
  colaborador.
 A PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL


• Desenvolvimento Organizacional –
  observa o crescimento da organização
  bem como o de seus colaboradores.
  Diagnostica e planeja a resolução de
  problemas encontrados na área do
  trabalho.
 A PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL

• Relações Industriais – trata
  especificamente de problemas que
  envolvem empregados e empregadores.
  O psicólogo e/ou outro profissional que
  cuide desta área deve conhecer a
  legislação trabalhista, interagir com
  sindicatos e intermediar negociações
  entre vários segmentos do trabalho.
   O Desenvolvimento da Psicologia
      Organizacional no Brasil
Ao contrário do que se pensa a psicologia clínica
  tinha espaço no Brasil até a década de 60.
  (ZANELLI,2002)
A psicologia escolar e a organizacional já
  contavam, nesta época, com três décadas de
  existência.
   O Desenvolvimento da Psicologia
      Organizacional no Brasil

Estabelecidas pela Lei 4.119, art.13§1º estão a
  orientação e mensuração psicológica para
  processos de seleção profissional, orientação
  psicopedagógica e solução de problemas de
  ajustamento.
Quanto as questões relativas a ajustamento as
  políticas de RH de cada empresa tendem a
  estabelecer consenso com a cultura vigente na
  mesma.
   O Desenvolvimento da Psicologia
      Organizacional no Brasil
Bastos e Galvão Martins (1990, citados em
  ZANELLI, 2002) apresentam algumas funções
  para os psicólogos atuando dentro das
  organizações:
• Contribuir para a produção teórica sobre o
  comportamento humano no contexto
  organizacional;
• Trabalhar equipes multifuncionais que resolvam
  problemas relativos ao RH;
   O Desenvolvimento da Psicologia
      Organizacional no Brasil
• Analisar as atividades relacionadas a cada
  função para subsidiar elementos que favoreçam
  o desenvolvimento dos colaboradores e a
  modernização administrativa;
• Promover treinamento e desenvolvimento de
  pessoal;
• Realizar avaliação de desempenho;
• Implementar políticas de estágio na
  organização.
   O Desenvolvimento da Psicologia
      Organizacional no Brasil
• Supervisionar as atividades de estagiários,
  quando existirem;
• Construir o perfil profissiográfico para cada
  função em período prévio à atividade de
  recrutamento e seleção.
• Implantar e atualizar planos de cargos a
  salários.
   O Desenvolvimento da Psicologia
      Organizacional no Brasil
• Analisar as atividades relacionadas a cada
  função para subsidiar elementos que favoreçam
  o desenvolvimento dos colaboradores e a
  modernização administrativa;
• Promover treinamento e desenvolvimento de
  pessoal;
• Realizar avaliação de desempenho;
• Implementar políticas de estágio na
  organização.
Psicologia Organizacional, Para quê?



A aplicação de conhecimentos da psicologia e de áreas afins
no contexto organizacional possui críticos severos no sentido
       de questionar sua utilidade ao meio corporativo.
 Faz-se mister entender que onde existem pessoas, existem
 conflitos oriundos do campo o qual tais pessoas transitam.
 Se está com a psicologia uma boa chance de compreensão
  das diferenças e dos atípicos, porque não apostar na sua
              atuação dentro das organizações?

				
DOCUMENT INFO
Shared By:
Categories:
Tags:
Stats:
views:50
posted:11/26/2011
language:Portuguese
pages:25