O B�sico by 99y21K2o

VIEWS: 11 PAGES: 6

									                                                   O Básico


Nomes de alguns acordes

                         C         Dó   maior
                         Cm        Dó   menor
                         C4        Dó   com quarta
                         Cm4       Dó   menor com quarta
                         C6        Dó   com sexta
                         Cm6       Dó   menor com sexta
                         C7        Dó   com sétima
                         C7+       Dó   com sétima maior
                         Cm7       Dó   menor com sétima
                         C9        Dó   com nona
                         Cm9       Dó   menor com nona
                         C9+       Dó   com nona maior


Conhecendo o Cavaquinho

O cavaquinho tem se destacado nos últimos tempos como instrumento principal nos grupos de Samba e
Pagode.
Esta preferência tem sido motivada pela nitidez da sonoridade vibrante na marcação rítmica, que é tão
importante na música popular. O cavaquinho é um instrumento rico em harmonia, oferece grande facilidade
na formação dos acordes devido ao tamanho do braço, e permite formar quase todos os acordes. O banjo-
cavaco aparece no cenário musical, dando sua contribuição com som alto e marcante, oferecendo maior
rendimento no repicar das batidas. A flexibilidade da pele favorece a vibração das cordas, produzindo um
som diferente do cavaquinho, embora o tamanho da escala seja a mesma. Há diferença no som entre
ambos, porém os recursos melódicos e harmônicos são iguais.

Mão direita e esquerda

Dedos da mão esquerda:
1........Indicador
2........Médio
3........Anular
4........Mínimo



Com esta mão aperta-se as cordas para formar os
acordes ou posições. Veja que as unhas deverão estar
bem aparadas para favorecer o posicionamento dos
dedos.

                                                                                            posição correta



Onde deve-se tocar

A mão direita desempenha uma função especial, que é formar o ritmo e as batidas. Para um bom
aproveitamento rítmico a mão deve estar bem posicionada na imediação da boca do cavaquinho.
Como se vê no desenho acima, a palheta fica presa entre os dedos polegar e indicador. Nesta posição a
palheta fere as cordas com exatidão sem agredir o timbre do instrumento. Quando a palheta é usada de
forma incorreta, muda a sonoridade provocando ruídos desagradáveis. Muita força ou movimentos longos
provocam marcas da palheta no tampo do cavaco, por isso deve-se tocar de maneira suave.
Quando o músico toca em outra região além da boca do cavaco, há uma rápida mudança no som em função
da lei física dos harmônicos que se concentram na casa 12 do braço do instrumento. Na região entre as
casas 12 e 17, a palheta entra em contato com a madeira do tampo produzindo ruído semelhante a um
reco-reco e que se mistura ao som das cordas. Além disso, danifica o carro.

Iniciando as batidas

É necessário fazer um pouco de mecânica rítmica, técnica importante porque facilita as batidas junto aos
acordes. Mas por enquanto é bom praticar sem as posições.
O praticante deverá tocar de acordo com as setas e fazendo a contagem rítmica (pronunciando os números),
como mostra o gráfico abaixo.
Posicione o cavaquinho na posição adequada e inicie os movimentos da palheta para cima e para baixo
tocando em todas as cordas de maneira suave.




Estes sete gráficos são suficientes para expressar os ritmos mais usados no cavaco-banjo, nos dando uma
noção geral através das setas. O gráfico nº2 é formado por 3 setas, seguidas dos números 1, 2, 3, 4.
Observe que o nº 3 não há seta, porém deve-se pronunciar o número 3. Para um bom desempenho rítmico,
observe se a seta está para cima ou para baixo.
Os gráficos 5 e 6 podem ser executados sem fazer a contagem.
O gráfico nº 7 merece uma observação especial. Ali temos a palavra "respirar", isto é, há um pequeno
espaço onde você deve aspirar rapidamente e, em seguida, iniciar nova contagem rítmica. Mais uma vez
lembramos: só comece a tocar com acordes quando obtiver prática . O gráfico 7 é um resumo onde são
executados.


                                        Sequência de Acordes

								
To top